FANDOM


"Vocês dois estão comigo desde que eu virei a Supergirl. Nos meus melhores e, especialmente, nos piores momentos. Isso significa tudo pra mim."
Kara Danvers explicando o significado de seus amigos em sua vida.

"É uma Super Vida" é o décimo terceiro episódio da quinta temporada de Supergirl, e também o centésimo episódio em geral. Ele foi exibido originalmente em 23 de Fevereiro de 2020, tendo sua estréia no Brasil em 08 de Março de 2020.

Sinopse

Mxyzptlk está de volta com uma proposta para Kara – e se ela voltasse no tempo e dizer para Lena seu segredo antes de Lex, as coisas seriam diferente? Revendo os principais momentos da série, Kara deve decidir se está opta por alterar a história para se tornar amiga de Lena novamente. Rostos familiares retornam neste episódio especial.[1]

Enredo

Continuando na onde o episódio anterior parou, o Sr. Mxyzptlk promete que agora está diferente e que está lá para concertar as coisas. Kara demonstra sua dúvida, assim como Alex. E, como um modo de fazê-la confiar em si, Mxy entrega um dispositivo que diz seu nome ao contrário e o bane de volta à Quinta Dimensão. Logo em seguida, J'onn chega com pizza. E os três chegam na conclusão de que iriam aceitar a proposta de Mxy. Para isto, Mxyzptlk diz que isto aconteceria melhor com apenas duas pessoas, e bane Alex e J'onn para uma partida interdimensional de paintball.

Kara está feliz com sua vida, mas percebe que as coisas poderiam ter sido melhores para Lena, convencendo-se de que, caso tivesse revelado seu segredo, elas ainda seriam amigas. O Sr. Mxyzptlk começa a revisitar diversos momentos da amizade de Kara e Lena, como a vez de que Lena acreditou ter salvo a ela e Kara de uma possível queda de avião ("A Verdadeira Sra. Tessmacher Pode Se Levantar?"). Enquanto almoçavam juntas ("Consequências"), Kara decide que é uma boa hora para revelar que é a Supergirl. Mas quando o caos se instala em outro lugar, ela sai da L-Corp para resolver a situação e, ao voltar, Lena não está mais lá. Ela havia ido à Metrópolis para ver Samantha Arias. Imediatamente, Lena diz que Kara é a Supergirl e que está surpresa por serem a mesma pessoa, e começa a pensar que Kara acha Lena ser uma vilã igual aos outros membros de sua família. Sam tenta garantir de que ela é uma boa pessoa. Nesta linha do tempo, a Supergirl morre após o Agente Liberdade espalhar Kryptonita na atmosfera ("Homem de Aço"), e Lena não foi capaz de salvá-la a tempo. Pedindo para Mxy, Kara foi retirada desta linha temporal.

Kara agora opta por impedir que Lena e a Supergirl discutam por causa da Kryptonita, e tenta intervir no momento em que discutem sobre o minério. Como Supergirl, Kara se revela e imediatamente se desculpa com Lena por não ter dito mais cedo. Lena chora dizendo que não fazia nem menos de três semanas ao descobrir que sua melhor amiga era uma homicida Kryptoniana, e de como esteve lidando com isto sozinha e que Kara não esteve lá por ela. Supergirl se desculpa novamente, insistindo que estava tentando protegê-la. Lena se recusa em ser uma parceira de alguém que não confia nela. A Supergirl desmaia quando o eclipse causado pelas Destruidoras de Mundos começa, admitindo que esqueceu disto após ser retirada da realidade ("Trindade").

Enquanto procurava por mais chances de dizer a verdade, ela vê uma gravação de Mon-El e pede para que fosse colocada nesta realidade para conversar com ele. Ele diz que ela é uma pessoa generosa e carinhosa, e que nunca machucaria alguém com intenção. Kara o agradece mas são interrompidos por outro ataque. Lena acredita que é capaz de impedir Régia com uma arma. A Kryptoniana cai e todos comemoram. Porém, ela se levanta e mata Lena. Mon-El avança e consegue matá-la, mas também é morto durante isto. Enquanto a mãe de Sam lamentava a morte de sua filha adotiva, Kara pede para que fosse retirada desta linha do tempo ("Abrigo da Tempestade").

Agora Kara então decide contar desde o começo que é a Supergirl, logo na primeira vez em que se conheceram ("As Aventuras da Supergirl"). Com o passar do tempo, após a revelação da identidade de Kara, a amizade com Lena cresceu mais do que originalmente. Nesta realidade, enquanto testemunhava contra Lex Luthor, Lena se recusa em revelar a identidade da Supergirl. No lado de fora, ela se encontra com Ben Lockwood. Ben diz que foi forçado a fechar sua fábrica após seu pai, esposa e filho se jogarem de um telhado, acreditando que a Supergirl os salvariam. Lena se desculpa, e Ben demanda que a jovem Luthor revele a identidade da heroína. Ao recusar, ele e Otis Graves a sequestram. Supergirl procura a ajuda de Winn para rastrear Lena. Minutos depois, eles vêem um vídeo do sequestrador dizendo que iria libertá-la se a Supergirl revelasse sua identidade em uma hora. Kara opta por fazer isto e revela sua identidade ao mundo. Após listo, o Agente Liberdade e seus seguidores matam todos os amigos da Supergirl, incluindo membros de sua família e sua antiga chefe.

Em uma linha do tempo onde a Supergirl e o Superman nunca a salvaram do seu ataque de avião ("As Aventuras da Supergirl"), toda National City foi destruída. Ela e Mxy entram na realidade, mas não são capazes de sair. Robôs os atacam, mas são salvos pela Sonhadora. Eles vão à Torre, onde se reúnem com Alex, J'onn, Mon-El e Kelly Olsen. Mon-El reconhece Mxy e o confronta, mas Kara, assim como Mxy, o convencem de que ele havia mudado. Em um comunicado oficial, Lena alerta a toda cidade que a Supergirl é uma terrorista fugitiva, e está trabalhando com um ser da quinta dimensão. Eles chegam ao plano de roubar um chapéu com conexão à Quinta Dimensão, mas são interrompidos pela chegada de Régia e Brainiac-5. Os Superamigos confrontam os vilões separadamente; Nia, Kelly e Alex confrontam Brainy; Kara vai visitar Lena na CatCo; J'onn confronta Régia e Mon-El e Mxy vão atrás do chapéu. Kara percebe que Lena é a nova Metallo, transformada por sua mãe, e é atacada por uma rajada de Kryptonita. Felizmente, ela é salva em segundos quando Mxy consegue recuperar o chapéu e leva ele e Danvers de volta a verdadeira realidade.

No apartamento, Mxy tenta convencer Kara em tentar novamente, mas ela percebe que dizer a verdade para Lena sempre trará consequências piores. Ela sempre ficará brava com Kara. Ela então decide permanecer na linha do tempo atual, e lidar com as consequências conforme a situação se desenrola. Ela diz a Mxy que ele a ajudou, e o liberta de seus afazeres de ajudar as pessoas. Ele revela que estava solitário e que não gostava muito de si mesmo, por isso que em seu primeiro encontro ele tentou persuadi-la a casar-se com ele. Ele agradece Kara por uma segunda chance, assim como sua nova amizade com a heroína. Mxy se despede de Kara e volta para 1780.

Kara faz uma visita, como Supergirl, a Lena. Informando que se é responsável por suas próprias ações, e se continuar trabalhando com Lex e virar uma vilã, Kara irá detê-la como se ela fosse qualquer vilão que já enfrentou. Kara retorna ao seu apartamento e explica sua aventura com Mxy, esperando que algum dia Lena iria capaz de perdoá-la.

Elenco

Estrelando

Estrelas convidadas especiais

Convidados especiais

Curiosidades

  • Originalmente, o título é uma referência ao filme It's a Wonderful Life (A Felicidade Não Se Compra).
  • Os produtores da série, Jessica Queller e Robert Rovner, revelaram em uma entrevista que queriam os retornos de Calista Flockhart e Mehcad Brooks para o episódio como Cat Grant e James Olsen, mas eles foram incapazes de aparecerem por conta de conflitos em suas agendas.[2]
    • Uma fotografia de Cat apareceu e menções a personagem foram feitas, enquanto James teve reutilização de filmagens de episódios passados.
  • Diversos momentos da série são revistados neste episódio, especialmente aqueles que envolvem a amizade de Kara e Lena. Os episódios são:
  • Mxy utilizando o "Mxyflyx" é uma clara referência a rede de streaming Netflix. "Beta-Mxy" é uma referência a Betamax.
  • São feitas algumas referências ao antigo seriado Friends, exibido de 1994 até 2004, no episódio.
    • A fita que Kara segura ao final do episódio possuí o título de "The One Where Lena Decided To Work With Lex", que em tradução literal ficaria "Aquele Onde Lena Decidiu Trabalhar Com Lex". O seriado de 1994 possuí "The One...", em tradução literal seria "Aquele...", em todos os seus episódios.
      • As fitas que possuem "The One..." como título são:
        • "The One Where Lena Decided To Work With Lex" ("Aquele Onde Lena Decidiu Trabalhar Com Lex"), uma referência ao episódio "O Episódio da Garrafa".
        • "The One Wheres Lena Moves to National City" ("Aquele Onde Lena Se Muda Para National City"), uma referência ao episódio "Mulheres de Confiança".
        • "The One Where Lillian Admits She Loves Lena" ("Aquele Onde Lillian Admite Que Ama Lena")
        • "The One Where Supergirl and Lena Fight The Nanobot Lady" ("Aquele Onde a Supergirl e Lena Enfrentam a Moça Nanobot")
    • Ao final do episódio, a Supergirl confronta Lena sobre suas ações e diz "I'll be there for you", que em tradução literal ficaria "Estarei lá por você", caso a jovem Luthor decida perdoá-la. A frase em inglês faz parte da música-tema da série, cantada pelo grupo The Rembrandts.

Referências

  1. "SUPERGIRL'S 100TH EPISODE SYNOPSIS" - Supergirl.tv (em Inglês)
  2. "Supergirl bosses unpack that decisive Kara-Lena scene in the 100th episode" - Entertainment Weekly (em Inglês)
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.