Para outros usos da palavra "Batman", veja Batman (desambiguação).
Bruce Wayne
Civil - Batman

Bruce Wayne.png

Informação
Ocupações Pré-Crise:
CEO da Wayne Enterprises (anteriormente)
Filantropista
Vigilante (em segredo; anteriormente)
Pós-Crise:
CEO da Wayne Enterprises (anteriormente)
Vigilante (anteriormente)
Estado atual Vivo
Família Thomas Wayne (pai; morto)
Martha Wayne (mãe; morta)
Jacob Kane (tio materno)
Gabi Kane (tia materna por casamento; morta)
Catherine Hamilton-Kane (tia materna por casamento; morta)
Kate Kane (prima materna)
Beth Kane (prima materna)
Universo de origem Terra-1
Intérprete Warren Christie
Alter ego Batman
Fonte

Bruce Wayne (nascido em 19 de Fevereiro)[1] é um bilionário conhecido, filantropista, playboy e o antigo proprietário da Wayne Enterprises. Ele é o filho dos falecidos Thomas e Martha Wayne, o sobrinho de Jacob Kane e o primo de Kate e Beth Kane. Como Bruce, ele apresentava-se como um playboy irresponsável e mulherengo.[2] Em algum momento após o assassinato de seus pais, Bruce jurou vingança contra os criminosos e um senso de justiça,[3] treinando, tanto fisicamente e intelectualmente, para tornar-se o protetor de Gotham City conhecido como Batman, também chamado de Morcego e estilizado como o "Cavaleiro das Trevas".[1]

Em 2015, Bruce saiu de Gotham após matar o Coringa,[4] fazendo com que o crime da cidade aumentasse e seu Bat-Sinal fosse desligado em 2018 para significar sua ausência permanente. Após descobrir sua identidade secreta, Kate assumiu o manto de seu primo e se tornou a Batwoman.

Biografia

Pré-Crise

Vida pregressa

Bruce Wayne nasceu em 19 de Fevereiro na cidade de Gotham City, sendo parte da estimada família Wayne e filho dos bilionários Thomas e Martha Wayne. Em uma noite, seus pais foram assaltados por um bandido, que roubou o colar de Martha antes de assassiná-los, deixando um jovem Bruce traumatizado como o único sobrevivente.[1][2] Após esta tragédia, a única pessoa em que confiava quando crescia era Alfred Pennyworth.[5]

Bruce teve poucos amigos em sua infância, com um deles sendo seu melhor amigo Tommy Elliot.[6]

Se tornando o Batman

Bruce fez um juramento para livrar a cidade do mal que havia tirado a vida de seus pais[3] e, anos depois, se dedicou para proteger Gotham City e tornou-se um vigilante, assumindo um alter-ego inspirado em um morcego ao enfrentar o crime e colocar o medo no coração dos criminosos.[1] Eventualmente ele ficou conhecido como o Batman, onde muitas pessoas consideravam sua existência como uma lenda urbana.[7]

O Bat-Sinal, o icônico sinal de socorro que Gotham City costumava ligar sempre que precisava da ajuda de Batman.

Inicialmente, o Batman possuía uma relação tensa com a força policial de Gotham, onde o Comissário Loeb enviava grande parte do Departamento de Polícia de Gotham City para capturá-lo.[8] Mas ao passar do tempo, Gotham e o DPGC[9] começaram a confiar no vigilante, ao ponto de que um Bat-Sinal, uma lâmpada que projetaria a silhueta de um morcego nos céus quando fosse ligado, foi construído como uma forma de contatá-lo quando o Batman fosse necessário.[1]

A presença do Batman na cidade fez com que novos vilões surgissem, não apenas ladrões simples ou gangues envolvidos em crimes organizados, mas personalidades mais dinâmicas como o Coringa,[9] Crocodilo,[2] Charada[10] ou o Espantalho.[11]

Durante sua carreira, Bruce se associou com um grande número de indivíduos. O mais notável sendo Lucius Fox,[6] o criador de grande parte de seu arsenal, um jovem conhecido como "Robin",[12] e a filha espiã de Alfred, Julia Pennyworth.[5]

Assumindo a empresa da família

Em algum momento, Bruce tornou-se o CEO da empresa de sua família, a Wayne Enterprises, e tornou-a uma das mais proeminentes corporações de bilhões de dólares do planeta e se tornou um dos homens mais ricos do mundo.[6]

Bruce passou anos procurando o colar de pérolas de sua mãe, e gastou mais de $1,000,000 em um leilão para comprá-lo de volta.[2] Ele colocou-o em um recipiente quadrado de vidro em forma de pirâmide em seu escritório. Aquilo também funcionava como a entrada de um elevador que levava à uma base subterrânea, onde ele mantinha o traje e os acessórios do Batman. As primas maternas mais jovens de Bruce, Beth e Kate Kane, de quem ele era muito próximo, costumavam visitá-lo e tentavam entrar furtivamente em seu escritório.[1]

Enfrentando Ra's al Ghul

Batman têm um passado com Talia al Ghul e seu pai.

Em algum momento de sua vida, Bruce também enfrentou Ra's al Ghul, a Liga dos Assassinos e a filha de Ra's, Talia,[13] que aparentemente se tornou uma inimiga recorrente dele,[14] mas que também lhe providenciou um antigo traje místico conhecido como o Traje das Dores, que uma vez pertenceu a uma facção da Ordem de São Dumas.[13]

De acordo com diversas lendas, o Traje das Dores pode aprimorar a força e a velocidade de seu portador, mas também iria corromper aqueles que o coração e a alma não fossem puros. Inicialmente, o Cavaleiro das Trevas duvidava disto, mas começou a demonstrar um comportamento agressivo enquanto utilizava o traje em patrulhas. Ele descobriu que o traje pertenceu a um cavaleiro chamado Sir Geoffrey de Cantonna, que massacrou diversas pessoas em uma vila em 1190. Com isto, o traje é um dos troféus em amostra na Batcaverna, para relembrar Bruce que ele deve estar sempre vigilante não apenas em sua cruzada contra o crime, mas também a si próprio. Eventualmente, ele deu para o novo Azrael, que aparentemente era capaz de usá-lo sem contra-efeito.[13]

Acidente da família Kane

Batman tentando salvar Kate, Beth e Gabi Kane.

Depois de ter sido Batman o tempo suficiente para que o público o conhecesse, Bruce estava em busca de um ônibus escolar que havia sido sequestrado pelo Coringa em 26 de janeiro de 2003.[15] Por acaso, o ônibus colidiu com o carro onde estava Kate, Beth e sua mãe, Gabi, fazendo-o bater com a ponte. Bruce disparou dois ganchos de sua arma para impedir que o automóvel caísse, permitindo que Kate escapasse e saindo do local para continuar sua perseguição. Bruce foi capaz de capturar o Coringa, levando-o a julgamento nos meses seguintes. No entanto, a parte do carro de Gabi à qual agarrou Bruce se separou do resto, fazendo com que ela e Beth caíssem no rio abaixo.

As investigações de Bruce a respeito do acidente da família Kane.

Sentido-se culpado por fracassar em salvar sua tia e prima, Bruce ficou assombrado por anos e passou horas procurando por seus corpos mas, não importa o quanto tentava, não foi capaz de encontrá-los. Com Kate pensando que Batman não se importava com o resto de sua família, provavelmente aprofundando sua culpa, Bruce decidiu confortar sua prima, o que ela apreciou muito. No entanto, Bruce nunca disse a Kate sua identidade secreta.[1]

Salvando a mãe de Tommy Elliot

Dois anos depois, em 2005, Bruce salvou a mãe de Tommy de um acidente de carro que reivindicaria a vida de seu pai. No entanto, Tommy se ressentia de Batman por salvar sua mãe, porque ele era incapaz de reivindicar sua herança e passaria os próximos 13 anos sendo uma babá para ela.[6]

Contratando Luke Fox

Eventualmente, Luke deu um emprego a Luke Fox, o filho de Lucius, como o chefe da Segurança Wayne e revelou sua identidade para ele. Presumivelmente, devido a uma violação de sua confiança, no entanto, ele uma vez demitiu Luke, apesar de eventualmente restabelecê-lo.[1]

Últimos anos em Gotham

Em 2013, logo após sua prima ser expulsa da Academia Point Rock e ser enviada para viajar ao redor do mundo por Jacob Kane, Bruce pediu para que Julia cuidasse de Kate quando estivesse em Londres.[5]

De acordo com Luke, em seus últimos meses como o Batman, Bruce achou mais fácil ser seu alter-ego do que a si mesmo.[2] Em algum momento em 2015, Lucius Fox foi morto[9] por Miguel Robles.[4] Após muitos encontros brutais com o Coringa, Bruce matou seu arqui-inimigo.[4]

Desaparecimento

Logo após isto, Bruce saiu de Gotham,[7] presumivelmente por conta de quebrar seu código de não matar,[4] e também deixou sua identidade como Batman para trás.[1]

Em algum momento após sua partida, o conselho de diretores de Bruce aceitou acordos de enriquecimento rápido, mas foram enganados, fazendo com que as empresas Wayne falissem, embora suas subsidiárias parecessem todas ainda em funcionamento.[7] Sua prima Kate foi deixada como responsável pelas propriedades de Bruce em Gotham, enquanto Luke ainda permanecia responsável pela segurança da Torre Wayne.[1]

Em 2017, Oliver Queen mencionou Bruce em uma conferência a respeito da identidade do Arqueiro Verde, alegando que um falsificador poderia colocar a cabeça de alguém no corpo de Arqueiro Verde, até o de Bruce. Ele então perguntou, brincando, se Bruce deixou Gotham para passar um tempo em Star City recentemente, mas depois disse que não havia acontecido, sugerindo indiretamente sua ausência na cidade.[16]

Um manequim com o traje de Batman é deixado para dar uma mensagem intimidadora.

O desaparecimento do Batman fez com que o crime aumentasse. Seu icônico sinal, o Bat-Sinal, foi desligado em 2018 pelos cidadãos da cidade para representar sua ausência permanente.[1] Depois que Kate Kane começou a atuar como vigilante, muitos acreditavam que Batman finalmente retornou a Gotham, fazendo com que seus ex-inimigos a enviassem mensagens intimidadoras para desafiá-la, até que Kate decidiu mudar de roupa e agir publicamente como "Batwoman".[6]

Crise nas Terras Infinitas

Durante a Crise nas Terras Infinitas, Bruce, assim como todos os seres do multiverso e com exceção dos sete Paragons, foi morto por uma onda de antimatéria em 10 de Dezembro de 2019,[17] mas um mês depois foi restaurado quando os Paragons e o Espectro criaram um novo universo.[18]

Pós-Crise

Como resultado da união da Terra-38 e da Terra-RN com a Terra-1, a linha do tempo foi alterada, fazendo com que Bruce dividisse alguns traços com sua sósia da Terra-38.[19] Em algum momento de seu passado, Bruce se encontrou com Clark Kent, conseguindo ganhar a confiança de mesmo ao ponto de que Clark entregasse um pouco de Kryptonita a ele.[8]

Legado

"Sentado naquela mesa, observando pela janela, vendo a cidade onde crescemos apodrecer completamente, você encontra um jeito de aguentar. O Bruce não foi embora daqui sem lutar."
Kate Kane para Kara Danvers[fonte]

A existência do Batman nunca foi confirmada completamente ao público, tornando-o assim um mito. Alguns indivíduos (como Barry Allen) acreditavam em sua existência, enquanto outros (como Oliver Queen) acreditava que Batman nunca foi real, mas uma lenda urbana criada pelo DPGC para assustar os criminosos da cidade.

Habilidades

  • Pico da condição física humana: Como Batman, Bruce possuí uma condição física extraordinária, tendo um corpo incrivelmente poderoso de anos intensos de treinamento extenuante e combatendo o crime em Gotham City por mais de uma década, fazendo até mesmo que Oliver Queen ficasse com inveja, e Barry Allen dizendo que as habilidades de Oliver não eram comparadas aos do Batman. Luke também notou que Kate é uma vigilante inferior se comparada com o Batman. A infame força física de Bruce é tão desumana que, depois de ver Kate levantar e derrubar homens adultos com facilidade, Kara Danvers afirmou que ela é realmente como ele. Ele é rápido o bastante para entrar/sair de uma sala sem ser notado, seus reflexos e agilidades permitem-o arremessar e/ou pegar um batarang com tremenda precisão. A durabilidade e a resiliência de Bruce também são notáveis, pois seu traje que veste não absorve completamente a dor dos tiros de bala.
    • Acrobacia: Como Batman, Bruce desenvolveu habilidades de corrida livre e pode cair de uma altura de vários metros sem se machucar, perseguir e ultrapassar inimigos por vários terrenos sem esforço ou tempo desperdiçado ou correr de telhado em telhado com facilidade. Suas habilidades permitem que ele se esquive e ataque com fluidez de diferentes direções sem perder o equilíbrio.
    • Sentidos aprimorados: Bruce tem audição e visão nítidas, além de habilidades aguçadas de percepção. Ele é capaz de enfrentar um perigo e reagir extremamente rapidamente. Luke Fox afirmou que os sentidos de Bruce são tão intensos que ele não precisa de óculos de visão noturna para ver no escuro.
    • Natação: Bruce é um nadador impressionante e sofreu longos períodos de mergulho livre sem equipamento adequado ou parada para respirar, ele também projetou um equipamento para aumentar ainda mais seu desempenho em mergulho.
  • Estrategista/Liderança/Tático: Bruce é um indivíduo extraordinariamente inteligente e um estrategista especialista, pois ele foi capaz de combater o crime em Gotham City por vários anos com uma eficiência tremenda - que segundo Luke excedeu em muito a de Kate quando ela assumiu o manto - tudo sem expor suas atividades reais ao público ou seus familiares vivos, a ponto de quando ela encontrou sua caverna, Kate ficou profundamente chocada com sua identidade secreta, Bruce é um dos indivíduos mais inteligentes da Terra-Prime e em todo o multiverso. Durante suas missões, ele pode pensar rápido e sem problemas calcular as variáveis ​​de todas as situações em sua cabeça para prever os resultados de suas ações e reagir rapidamente como achar necessário com enorme eficiência, com Luke Fox observando em um ponto que quase todos os seus cálculos eram perfeitos, com a única exceção sendo o único erro de cálculo da engenharia defeituosa do carro de Gabi Kane e o ângulo dos ganchos que ele atirou para prendê-lo quando tentou salvá-la, Kate Kane e Beth Kane de um acidente de carro causado por o Coringa, que ao salvar Kate, falhou tragicamente em impedir que Gabi fosse morta e quase matou Beth também. As habilidades táticas de Bruce são tão completas que ele planejou contingências para suas contingências, caso seus planos dessem errado, pois ele não apenas projetou uma arma ferroviária para penetrar em seu traje se caísse nas mãos erradas, mas também projetou um botão para neutralizá-la e incorporou-o na luva do traje. Ele também é um empresário e líder excepcional, pois conseguiu administrar e supervisionar com êxito as atividades diárias da Wayne Enterprises por anos, atuando efetivamente como CEO e mantendo seu status de empresa multibilionária, apesar de seu heroísmo, sem nenhuma dificuldade perceptível. Bruce acumulou uma quantidade tão significativa de riqueza que, mesmo após seu desaparecimento, ele ainda mantinha a reputação de ser o homem mais rico do planeta, o que levou Tommy Elliot, com sua própria empresa Elliot Estates, anos ("metade da vida") para finalmente superar, embora fosse apenas porque Bruce não estava presente em Gotham por mais de três anos.
    • Manipulação: Bruce é um mestre extraordinariamente habilidoso das artes do engano e da manipulação, pois conseguiu manter com sucesso sua identidade de Batman em segredo por muitos anos, não apenas do público, mas também de seus familiares remanescentes. Além disso, ele também exibe uma fachada falsa de ser um playboy e mulherengo arrogante; para evitar que outras pessoas suspeitem que ele é o Batman, os únicos que conhecem sua identidade secreta são Alfred Pennyworth, Lucius e Luke Fox, Mar Novu, Kate Kane, um "charada", Tommy Elliot, Julia Pennyworth e Ray Palmer, respectivamente, com Kate apenas descobrindo seu segredo devido a encontrar sua caverna por acidente, enquanto Tommy só descobriu com a charada e Ray descobriu com Novu. Além disso, mesmo o altamente inteligente Oliver Queen duvida da existência de seu alter-ego, Batman, demitindo-o como uma "lenda urbana inventada pelo Departamento de Polícia de Gotham City para assustar criminosos", o primeiro continuou a acreditar que ele era um mito mesmo depois de ver o Bat-Sinal e ouvindo uma confirmação de sua existência por Kate. No entanto, no caso de Oliver, sua recusa em reconhecer a existência de Batman é por ciúmes; devido ao fato de que ele não é o primeiro vigilante original. Kate observou que as habilidades de fraude de Bruce são muito superiores às suas próprias habilidades.
    • Engenharia: Bruce é um engenheiro extremamente qualificado, tendo sido capaz de desenvolver tecnologias que seriam consideradas por Luke Fox e Kate Kane como as melhores de todo o planeta, além de ser excepcionalmente habilidoso no uso de aparelhos, transportando efetivamente e usando toneladas deles para combater o crime, ele disparou dois ganchos para prender o carro de Gabi Kane, porque sabia que ele atravessaria a ponte, até o altamente inteligente Luke, bem como a intuitiva Kate, não sabem como operar a maioria dos dispositivos de Bruce, de fato, suas habilidades de engenharia são comprovadamente maiores que as de Lucius Fox, pois ele foi capaz de construir uma arma ferroviária capaz de penetrar kevlar de nível militar, tecido com nanotubos de carbono enriquecidos. o design deste último, considerado a arma mais letal que ele já desenhou. Ele também construiu um botão projetado para parar o canhão ferroviário. Note-se também que a Hamilton Dynamics levou anos para desenvolver um dispositivo com recursos semelhantes.
    • Tortura: Como Batman, Bruce possuí um histórico de tortura em seus inimigos, para fazê-los revelar informações que necessita. Ele também levava-os a Batcaverna para torturá-los durante dias.
  • Combate corpo-a-corpo/Artes marciais: Por conta de lutar contra o crime em Gotham por mais de uma década, Bruce é altamente treinado em combate corpo-a-corpo e artes marciais, fazendo até mesmo Oliver Queen ficar com inveja (mesmo que tenha sido treinado por Ra's al Ghul).
    • Manejar/Atirar facas: Batman tem grande precisão quando joga os batarangs, sua arma não letal de assinatura, ao inimigo.
    • Atirador: Como Batman, Bruce possui uma mira quase infalível, como comprovado quando ele usa sua arma de agarrar, tanto para o transporte, a fim de subir telhados, como para puxar indivíduos ou objetos, como o carro de Gabi Kane.
  • Vontade indomável/Alta tolerância à dor: Um indivíduo determinado, Bruce é quase destemido e quase nunca desiste na maioria das situações. Ele permaneceu em Gotham City após a morte de seus pais, lutando contra o crime, mesmo quando testemunhou a putrefação da cidade em que cresceu, enquanto seguia um rigoroso código não letal. Por isso, ele "não deixou Gotham sem lutar". Ele nunca parou de procurar os restos de Beth Kane depois que ele não salvou ela e sua mãe, e ele nunca parou de procurar o colar de pérolas de sua mãe até encontrá-lo em um leilão e comprá-lo de volta por US $ 1.000.000. A vontade de Bruce é forte o suficiente para surpreender até Kate.
  • Mestre em furtividade/Infiltração/Fuga: Bruce é extremamente secreto, sendo capaz de abordar outras pessoas sem ser notado. Ele pode desaparecer rapidamente de vista depois de realizar suas ações heroicas e conseguiu ser vigilante por mais de uma década, com pouquíssimos indivíduos que realmente o viram. Ele também é um artista de fuga, capaz de se libertar de vários confinamentos, como algemas, pois depois de testemunhar Kate realizando tal ato, Luke afirmou que agora podia ver a semelhança entre os dois primos.
  • Intimidação: Como Batman, Bruce possuí uma presença intimidadora, fazendo até mesmo os criminosos temê-lo, até mesmo a criminosa Alice, uma psicopata perigosa, fica assustada com a ideia de cruzar seus caminhos com ele, quando demonstrou quando pensou que a Batwoman fosse o Cavaleiro das Trevas. De acordo com Kate e Luke, o que fazia Bruce tão assustador é que ele jogava de acordo com suas próprias regras, o que assustava criminosos e até mesmo os civis. Sua mera sombra coloca o temor na maioria dos indivíduos, porque eles sabem que o morcego segue logo depois.

Equipamento

Anteriores

  • Traje de Batman: Enquanto lutava o crime em Gotham, Bruce utilizava um traje em forma de morcego, utilizando-o para assustar seus inimigos, assim como proteger usa identidade secreta. Após desaparecer, ele abandonou sua roupa e ele foi logo modificado por Luke Fox para que Kate Kane utilizasse-a como Batwoman. O traje custou US $10.8 milhões para ser criado, e é composto por kevlar de nível militar trançado em nanotubos de carbono enriquecidos, tornando-o completamente à prova de balas; ele também pode ser utilizado para esconder-se nas sombras, e é equipado com um desfibrilador ativado remotamente, pode adaptar a temperatura do corpo do usuário ao ambiente circundante, possui uma capa que permite recursos semelhantes a planadores, e um capuz com visores infravermelhos que se encaixam perfeitamente em suas fendas oculares, bem como uma conexão direta à Batcaverna.
  • Batmóvel: Bruce utilizava um veículo, apelidado de "Batmóvel", quando saía em patrulha como Batman.
  • Cinto de utilidades: Como Batman, Bruce carregava um cinto de utilidades, consistindo principalmente de uma cinta e fivela, que abriga muitas bolsas ou cartuchos cilíndricos presos à parte externa, cada um contendo um de seus vários aparelhos.
    • Batarangs: O Batman usa uma arma não letal de arremesso em forma de morcego. Esta arma serve como um instrumento de desarmação, distração ou simplesmente para alertar que o Homem-Morcego está presente.
      • Gravador: Bruce possuí um Batarang com um gravador de voz construído dentro, no qual utilizava para ouvir as conversas de criminosos e durante suas investigações.
    • Arma de gancho: Como Batman, Bruce usa um pedaço de fio de monofilamento preso a um carretel. Pode ser usado para fazer uma rápida subida a um telhado ou ofensivamente para puxar pessoas ou objetos.
    • Transmissor subdérmico: Batman usava um dispositivo de rastreamento subdérmico do tamanho de um microchip para localizar e perseguir alguns criminosos.
    • Filtro de voz: Bruce utilizava um filtro de voz para disfarçar sua voz.
    • Bastão expansível: Bruce possuía um bastão de alta tecnologia que pode ser estendido.

Aparições

Arqueiro

6ª Temporada

7ª Temporada

Batwoman

1ª Temporada


Lendas do Amanhã

5ª Temporada

Galeria

Artes conceituais

Curiosidades

  • Dado que Bruce iniciou sua carreira como Batman antes de 2003 e continuou como super-herói nos próximos 12 anos, ele é o primeiro vigilante conhecido na Terra-1 e um dos super-heróis mais experientes no multiverso.
  • Bruce não possuí um nome do meio.[1]
  • Bruce e Clark, da Terra-38, possuem uma coisa em comum: ambos possuem uma prima que tornaram-se vigilantes, inspirando-se pelos atos heroicos de seus primos.

Por de trás das cenas

  • Na continuidade principal da DC Comics, Bruce Wayne é o super-herói conhecido como Batman, o protetor de Gotham City e um homem que veste-se de morcego que põe terror nos corações dos criminosos ao redor do mundo. Ele é o antigo mentor de Dick Grayson/Asa Noturna. Ele também é um dos maiores aliados de Clark Kent/Superman.
    • Diferente da versão do Arrowverso, o Bruce dos quadrinhos possuí um nome do meio, Thomas.
  • No roteiro original de "Tributo", o nome de Bruce Wayne não era citado. Stephen Amell sugeriu que Wayne fosse citado após receber a aprovação de Kevin Tsujihara (CEO da Warner Bros. Entertainment), Greg Berlanti e Geoff Johns (executivo da DC Entertainment).
  • O busto de William Shakespeare visto no escritório de Bruce em "Túnel do Tempo, Parte 2" é uma referência ao seriado Batman de 1960, onde continha um botão para entrar na Batcaverna.

Referências

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.