Arrowverso Wiki
Advertisement
Para a indivídua que acredita ser Circe Sionis, veja Kate Kane.

Circe Sionis[1] (morta em 2020) foi a filha de Roman Sionis.

Biografia[]

Vida pregressa e aprisionamento[]

Circe assassinou o CEO de uma empresa colocando palitos de dente em seus olhos e arrancando-os.[2] Em algum momento depois de 2018, Circe foi capturada pela Segurança Corvos e aprisionada no Asilo Arkham.[3] Enquanto estava presa em Arkham, Rato e Alice conheceram Circe.[2]

Morte[]

Em 2020, Circe foi morta quando Alice começou um incêndio em Arkham.[4][2]

Legado[]

Roman começou a usar uma máscara como forma de um símbolo e a liderar uma gangue com o objetivo de vingar a morte de Circe. Quando questionado pela nova Batwoman o objetivo de usar uma máscara, ele explicou sua origem e a morte de sua filha. Roman tentou matar essa nova heroína, pela justificativa dela usar o símbolo da assassina de sua filha.[3]

Ryan pediu a Luke Fox para usar as informações que ela havia reunido sobre a filha de Roman para determinar a identidade secreta de Máscara Negra, mas ele não pôde, citando que a Batwoman original nunca a matou.[5]

Kate Kane como Circe Sionis

Kate Kane como Circe Sionis.

Após cerca de seis semanas de terapia e hipnose, Enigma deu as memórias e personalidade de Circe a Kate Kane para substituir a mulher falecida.[1]

Roman Sionis começou a mentir, dizendo às pessoas que salvou Circe do incêndio de Arkham. No entanto, Alice sabe o contrário, porque viu Circe morrer, tendo pisado no corpo sem vida da mulher ao sair do hospício.[2]

Aparições[]

Batwoman[]

2ª Temporada[]

Por de trás das câmeras[]

  • Nos quadrinhos da DC Comics, o Máscara Negra têm, de fato, uma conexão com uma indivídua chamada Circe. A mulher tem seu rosto desfigurado e ela é forçada a usar uma máscara para se esconder. Diferente de Batwoman, esssa Circe é sua ex-amante ao invés de sua filha.

Referências[]

Advertisement