Arrowverso Wiki
Advertisement
Clifford DeVoe
Civil - Pensador

Clifford DeVoe.png

Informação
Ocupações Criminoso
Profesor de história na Universidade de Central City (anteriormente)
Professor na Universidade de Oxford (anteriormente)
Estado atual Morto
Família Marlize DeVoe (esposa; afastada)
Universo de origem Terra-1 (pré-Crise)
Terra-Prime (pós-Crise)
Intérprete Neil Sandilands
Kendrick Sampson (no corpo de Dominic Lanse)
Sugar Lyn Beard (no corpo de Becky Sharpe)
Miranda MacDougall (no corpo de Izzy Bowin)
Arturo Del Puerto (no corpo de Edwin Gauss)
Hartley Sawyer (no corpo de Ralph Dibny)
David Ramsey (como John Diggle)
Voz no Brasil Márcio Dondi
Alter ego Pensador
Fonte
"Você fez maravilhas todos esses anos batendo em gorilas com poderes telepáticos, atirando em loucos que atiravam gelo. Eram crianças, com armas de brinquedos. Savitar, Zoom, Thawne, os poderes deles não são nada comparados ao poder de pensamento ilimitado."
—Clifford DeVoe para Barry Allen[fonte]

Professor Clifford DeVoe (8 de maio de 1975[1] – 22 de maio de 2018[2]), apelidado de o Pensador por Cisco Ramon, foi um antigo professor de história da Universidade de Central City e um criminoso que também era um inimigo extremamente inteligente de Barry Allen/Flash.

Um extremista humanitário que acreditava que a tecnologia estava corrompendo e matando a população da Terra, DeVoe trabalhou ao lado de Marlize DeVoe, agora sua ex-esposa afastada e antiga parceira de crime, a quem conheceu na Universidade de Oxford. Eventualmente, DeVoe transferiu sua consciência entre os diversos "metas do ônibus" e roubou seus poderes para si mesmo. Ele também conseguiu assumir o controle do corpo de Ralph Dibny, cujo poderes tornaram-o imune aos efeitos negativos que seu corpo sofria devido ao seu intelecto extraordinário.

Usando o corpo de Dibny e suas habilidades elásticas, DeVoe reverteu a aparência deste corpo para o de sua forma original. Ele então tentou completar seu objetivo de reiniciar a inteligência de todas as pessoas do planeta, conhecido como o "Esclarecimento". Marlize, depois de perceber o quão insano este plano era, se aliou ao Time Flash para ajudá-los a impedir seu ex-esposo. Depois de Ralph recuperar o controle de seu corpo, DeVoe conseguiu transferir sua consciência para sua cadeira voadora, mas acabou falecendo de uma vez por todas quando Marlize removeu a fonte de poder da cadeira.

Biografia

Pré-Crise

Estudos e ensinamentos

Clifford DeVoe nasceu em 8 de maio de 1975, e foi criado na África do Sul. Quando se tornou adulto, ele estudou história e econometria na Universidade de Johannesburg.[3]

A vida de Clifford DeVoe.

Clifford assumiu um cargo de professor na Universidade de Oxford, especializando-se em história da guerra e estratégia militar, concentrando-se principalmente no início da Idade Média. Na universidade, Clifford conheceu Marlize, os dois se apaixonaram e se casaram. Por volta de 2006, enquanto estava em Oxford, DeVoe foi um membro da sociedade de debates, debatendo a moralidade de Sun Tzu e os princípios de Maquiavel. Naquela época, ele também deu uma série de palestras na Universidade de Central City sobre a fragmentação política japonesa no século 15 em 13 de junho, a Restauração Menji de 1868 em setembro e a Batalha de Hakusukinoe em outubro.

Em 2013, DeVoe aceitou o convite para se tornar um professor na Universidade de Central City, e então se mudou para a cidade de Central City, Estados Unidos.[4]

Se tornando o Pensador

DeVoe e Marlize, agora vivendo em Central City, trabalharam na adaptação de suas novas vidas e viu o progresso para o desenvolvimento humano através da aceleração da mente, com DeVoe pensando que seu próprio gênio não era suficiente para cumprir seu plano de "distribuir conhecimento" por toda a sociedade.

DeVoe sendo atingido pela matéria escura.

Coincidentemente, o casal acompanhou o andamento dos Laboratórios S.T.A.R. sob o comando do Dr. Harrison Wells, especificamente acelerador de partículas. Usando as plantas de DeVoe, Marlize desenvolveu uma máquina para amplificar sua inteligência, usando a matéria escura da explosão do acelerador de partículas para alimentar seu "Chapéu de Pensamento". No lançamento, Wells respondeu a uma pergunta de Marlize e afirmou ser fã do "trabalho" de DeVoe, além de lhe desejar "sorte" com seu projeto. Como o casal previu, o acelerador de partículas funcionou mal e explodiu, criando vários relâmpagos intensificados, um dos quais atingiu o Chapéu, tornando DeVoe "iluminado". Embora o experimento fosse um sucesso, DeVoe começou a sofrer degeneração em seu corpo, paralisando lentamente e causando-lhe convulsões e dor; com seu corpo tentando manter o vasto intelecto de seu cérebro aprimorado, o resto de seu corpo não estava recebendo a energia de que precisava para funcionar. Assim, Marlize construiu DeVoe uma cadeira flutuante que se conectou a seu cérebro para desacelerar a deterioração de seu corpo.[4]

Assim que o Flash surgiu em Central City, DeVoe observou as atividades do velocista, assim como também da Equipe Flash. Eventualmente, Clifford foi capaz de descobrir a identidade do Flash: Barry Allen, além da existência do multiverso. Com seu corpo piorando a cada dia, Clifford começou a formular um plano para adquirir um novo. Ele então começou a observar Ramsey Deacon, Becky Sharpe, Ralph Dibny, Mina Chaytan, Sylbert Rundine, Dominic Lanse, Neil Borman, Izzy Bowin, Matthew Kim, Janet Petty e Edwin Gauss. Ele manipulou os eventos da vida de todos esses indivíduos para que estivessem em um único só lugar na mesma hora.

Desenvolvendo o Esclarecimento

Reunindo os meta-humanos

Clifford conversando com Marlize a respeito do retorno do Flash.

Em outubro de 2017, DeVoe e Marlize construíram um samurai androide para forçar o Flash (que estava preso na Força de Aceleração naquela época) a retornar para Central City.[5] Quando o Flash saiu de sua prisão, ele fez com que um ônibus (que continha os 12 indivíduos que DeVoe estava a manipular) fosse atingido pela matéria escura da Força de Aceleração, transformando todos dentro do veículo em meta-humanos.[6] Depois que o robô foi destruído pelo Flash, DeVoe usou-o para cumprimentar o Flash, desejando-o as boas-vindas a Central City. Depois de construir outro Samuroid em seu esconderijo, ele se surpreendeu em como tudo estava em andamento de acordo com seu plano. Com o retorno do Flash concluído, DeVoe começou a planejar seu próximo passo.[5]

Mais tarde, DeVoe levantou-se de manhã cedo, pesquisou todas as mais de 600 obras de Schubert e usou esse conhecimento para terminar sua oitava sinfonia inacabada, tocando-a em um piano holográfico. Marlize se aproximou dele, refletindo sobre como ela gostava da música quando criança. DeVoe pediu a ela uma atualização sobre os meta-humanos, aos quais ela mostrou que conseguiu localizar Ramsey Deacon trancado na prisão Iron Heights. DeVoe então decidiu que era hora de localizar os outros.[7]

Pouco depois, enquanto DeVoe e sua esposa vigiavam Becky Sharpe (que estava presa), Marlize comentou sobre como a Equipe Flash a encontrou significativamente mais rápido do que eles esperavam, sugerindo que eles eram mais espertos do que eles haviam pensado originalmente. DeVoe, no entanto, tinha certeza de que era mais inteligente, revelando um feed ao vivo dos Laboratórios S.T.A.R., onde o Flash e seus aliados estavam sendo vigiados pela cabeça decapitada do Samuroid.[6]

Sabendo que o Prefeito Anthony Bellows estava tendo um caso com outra pessoa, DeVoe, em algum momento, pediu para que Ralph Dibny investigasse-o.[8]

DeVoe teorizou que, em algum momento, a humanidade de Marlize iria fazê-la traí-lo. Afim de impedir que isso acontecesse, ele então localizou um meta-humano a quem chamava de "Sujeito 4" uma semana depois, e lhe disse que passou por muitos problemas para criá-lo e que ele não iria deixá-lo morrer até que sua tarefa fosse cumprida.[9]

Identidade descoberta
"E então é assim que vamos começar o jogo perverso que você planejou."
"Não, senhor Allen. Você já perdeu, mas ainda não percebeu.
"
Barry Allen e Clifford DeVoe[fonte]

Quando Marlize veio até ele dizendo que precisavam conversar, DeVoe respondeu que tudo terminaria da única maneira que poderia; com sua vitória. Ela parecia confusa e ele disse que teriam que levar a conversa para longe. Ela então alertou DeVoe para o fato de que a Equipe Flash estava perto de descobrir sua identidade antes do previsto. Ele garantiu a ela que estava tudo bem, pois ele havia calculado todas as variáveis possíveis, bem como todos os resultados possíveis da conversa e como ela terminaria. Quando ela perguntou como tudo terminaria, ele repetiu sua declaração anterior de que tudo terminaria com sua vitória.

Não muito depois, eles foram visitados por Joe West e Barry Allen, que pediram para falar com Clifford, que apareceu em roupas simples e em uma cadeira de rodas elétrica, longe de sua cadeira suspensa mecanizada.[3]

Clifford e Marlize sendo questionados por Barry e Joe.

Depois de deixar Joe e Barry em sua casa para serem questionados, ele negou conhecer qualquer um dos meta-humanos que estavam no ônibus no dia em que Barry saiu da Força de Aceleração, exceto Mina Chaytan, mas ele explicou sua vida anterior e como ele conheceu sua esposa Marlize na última universidade em que lecionou. Depois de algumas perguntas, Joe e Barry decidiram ir embora, no qual Barry não confia em DeVoe e continuou sua investigação sobre ele.

DeVoe estava ensinando em uma sala de aula na Universidade quando viu Barry novamente. Quando os alunos foram dispensados, Barry fez várias perguntas a ele sobre seu paradeiro em 7 de janeiro de 2014 (a data da explosão do acelerador de partículas). Clifford alegou que não tinha ideia de onde estava naquela noite. Barry perguntou a ele se ele pegava algum transporte público (se perguntando se DeVoe era uma meta de ônibus) e DeVoe disse que só recebia caronas de pessoas que sabia serem "adaptadas para cadeiras de rodas". DeVoe também perguntou a Barry por que ele estava perguntando tais informações. Barry disse que não tinha liberdade de revelar o motivo e entregou-lhe seu cartão de contato, enquanto secretamente furtava com rapidez a caneca de Clifford para conduzir um teste de DNA para determinar se DeVoe era um meta-humano.

Horas depois, DeVoe foi até o DPCC e reclamou de Barry para o capitão David Singh. Ele mentiu, dizendo que Barry estava perseguindo ele e sua esposa. Algum tempo depois, Barry foi chamado ao DPCC, onde foi forçado a se desculpar para Clifford e Marlize por perturbá-los.

No dia seguinte, Barry invadiu a casa de DeVoe e descobriu que ele estava espionando a Equipe Flash. Marlize posteriormente foi a Singh novamente para lidar com o comportamento de Barry. Barry foi suspenso do trabalho por duas semanas, e os DeVoes conseguiram uma ordem de restrição contra Allen, proibindo-o de entrar em contato com eles.

DeVoe se revelando para Barry.

Mais tarde, Barry desafiou a ordem e procurou DeVoe mais uma vez, perguntando quem ele realmente era. DeVoe revelou a Barry que conhece sua identidade de super-herói, sobre como o Flash "nasceu", e que ele, Clifford DeVoe, "nasceu" naquela mesma noite, e que ele é mais inteligente do que Barry e todos os seus amigos juntos, até mesmo o Conselho de Wells (a quem chamou-os de "palhaços"). DeVoe disse especificamente a Barry que embora ele possa ser o homem vivo mais rápido, ele é "a mente mais rápida". Quando os alunos começaram a entrar, Barry se retirou. Enquanto o homem caminhava para fora da sala, DeVoe parabenizou-o por seu casamento, dizendo que estaria pensando nele.

DeVoe contou a Marlize sobre seu encontro com Barry e falou sobre seus amigos até que suas convulsões recomeçaram, devido a não se conectar com sua cabeleira por um longo período. Marlize tirou sua peruca, revelando seu cérebro e conectou-o à sua cadeira flutuante. Enquanto assistia a uma filmagem ao vivo de Barry e Iris sentados no sofá juntos, Marlize perguntou ao marido se ele iria deixá-los se casar. DeVoe respondeu: "O que é conhecimento sem amor?".[4]

Evolução do Pensador

Pensador atacando o Flash.

Não muito depois do casamento de Barry e Iris, DeVoe atacou Barry usando sua cadeira flutuante. Durante o ataque, inclusive, o homem parabenizou Iris por seu casamento. Ele foi capaz de capturar Barry e levá-lo para seu covil, onde colocou Barry em uma armadilha de velocista. Ele confrontou Barry e disse que estava lá para ensiná-lo que finais felizes não existem. Quando Joe West e Harrison Wells chegaram à casa de DeVoe, DeVoe os encontrou, mas não mostrou nenhuma hostilidade real para com eles e permitiu que olhassem em sua casa. Depois que os dois homens foram embora, ele voltou para Barry, mas descobriu que ele havia sumido. Chocado que Barry pudesse ter escapado, ele desativou a armadilha, apenas para descobrir que Barry não se moveu, mas ficou parado tão rápido que seu próprio olho não conseguia enxergá-lo. DeVoe tentou ativar a armadilha de volta, mas foi muito lento e Barry escapou.

O Pensador prestes a roubar o corpo de Dominic.

Barry confrontou DeVoe, que teletransportou os dois sobre a cidade. No ar, DeVoe tentou usar seus braços mecânicos para capturar Barry, mas acidentalmente danificou sua cadeira, o que o jogou na água. DeVoe sobreviveu e quando Dominic Lanse foi trazido a ele por Marlize, ele então transferiu sua consciência para Dominic, assumindo totalmente o controle de seu corpo. No corpo de Dominic, DeVoe compareceu à festa de Natal de Joe West, tendo plantado seu corpo anterior no apartamento de Barry e Iris e o esfaqueado com uma faca que Barry segurava antes. Ele fez o alarme disparar no apartamento para que Barry fosse lá. Ele o contatou e disse que assumiu o corpo de Dominic. Ele disse adeus ao resto da Equipe Flash antes de se reunir com Marlize. Eles se beijaram e colocaram sua aliança de casamento em seu dedo. DeVoe então disse a ela que a era da iluminação estava para começar e os dois partiram em seu carro enquanto Barry era preso pelo "assassinato" de DeVoe.[10]

DeVoe então usou sua cadeira para tirar a vida e os poderes dos quatro metas-humanos do ônibus, que estavam presos em Iron Heights, matando-os. Quando Gregory Wolfe tentou detê-lo, DeVoe o matou também após levar o corpo de Becky Sharpe. Ele provocou o Flash sobre seu fracasso em salvar Sharpe e se teletransportou.[11]

DeVoe então pegou o corpo de Izzy Bowin, ou a Violinista, com a ajuda dos poderes de alterar a sorte de Becky. Durante este incidente, Izzy colocou o inibidor cerebral que Harry Wells construiu na testa de Sharpe, mas DeVoe simplesmente declarou: "Me chame de Kilg% re". Ele queimou o inibidor neural e tomou o corpo de Bowin, escapando depois de provocar a Equipe Flash mais uma vez, especialmente Harry, por causa da falha de seu dispositivo. Depois, ele se apresentou usando o violino de Izzy em seu santuário com sua esposa aplaudindo seu trabalho, perguntando a ele qual é o próximo passo, e DeVoe respondeu afirmando que há mais três metas para encontrar.[12]

DeVoe, no corpo de Edwin, absorvendo Ralph.

Harry Wells criou um cetro sônico para gerar ondas sônicas que, como eles descobriram quando conheceram Izzy Bowin, podem ferir o Pensador. Enquanto a Equipe Flash procurava por Edwin Gauss, Clifford enviou um Samuróide para esfaquear Caitlin. O Samuróide foi facilmente destruído por Barry, mas enviou comentários irritantes. Quando Caitlin foi curada e Edwin estava supostamente seguro, os principais agentes de campo foram para a dimensão do bolso para atacar o Pensador, mas ele não estava realmente lá e apenas colocou uma miragem lá. Clifford e Marlize atacaram os Laboratórios S.T.A.R. enquanto outro Samuróide lutou contra Joe sem sucesso e Marlize enfrentava Iris em um duelo de espadas. Para distrair Ralph Dibny, DeVoe enviou a estrutura óssea de um T-Rex para atacá-lo enquanto ele roubava os poderes de Matthew Kim e Janet Petty, então levou o corpo de Edwin Gauss. Ralph Dibny parecia ter enganado o Pensador ao colocar algemas nele, mas DeVoe usou os poderes de Kilg% re nas algemas antes de colocá-las nele, tornando-as ineficazes. Ele então imobilizou Barry prendendo-o no chão com os poderes de dobra de gravidade de Nula e assumiu o corpo de Ralph enquanto fazia com que todos assistissem. Caitlin e Cisco foram atacá-lo sem sucesso, e DeVoe usou os poderes de Lanse em Caitlin, impedindo-a de acessar seu lado Nevasca.[13]

Iniciando o Esclarecimento

Depois de humilhar a Equipe Flash, DeVoe e Marlize comemoraram. Ele usou as habilidades de transformação de Ralph Dibny para recuperar sua semelhança inicial, o que levou Marlize e ele a se beijarem apaixonadamente. A ideia de Harry Wells de pedir a Gideon para colocar matéria escura em seu chapéu de pensamento saiu pela culatra para ele, pois DeVoe obteve uma amostra de matéria escura do cofre do tempo (um elemento-chave para "O Esclarecimento") e Harry foi gradualmente perdendo sua inteligência.

DeVoe provocando Leo Snart e Barry.

A mudança de DeVoe, entretanto, não significava que ele era o homem amoroso que costumava ser; ele rejeitou os planos de Marlize de agradá-lo e também rejeitou o amor. DeVoe pretendia interceptar o transporte de Neil Borman. Ele foi até a localização deles, e quando Barry e Leo Snart o enfrentaram, foi mostrado que o cetro não era mais eficaz contra ele depois que ele pegou o corpo de Ralph. DeVoe imitou a voz de Ralph dizendo "Certo, novato". Isso quebrou Barry e fez com que todos se distraíssem da Canário-X, que pegou a todos desprevenidos e sequestrou Neil. DeVoe ficou frustrado por Barry ter permitido que a sósia nazista da Canário Negro escapasse com Fallout, mas Marlize o fez perceber que ele não havia levado as emoções humanas em consideração desde que Barry ficou cara a cara com o homem que matou seu amigo e companheiro de equipe na frente dele enquanto estava indefeso para prevenir isso.[14]

Abandonado por sua esposa
"O Esclarecimento vai chegar pra você também, Marlize. Eu serei o único restante."
"Ah, Clifford. Você não é nada sem mim.
"
—Clifford DeVoe e Marlize DeVoe[fonte]

DeVoe estrangulando Cigana.

Ainda tentando roubar itens para o Esclarecimento, para preocupação de Marlize, Clifford estava disposto a matar. Mais tarde, Clifford confrontou a Equipe Flash e Cigana no suporte de transporte no porto. DeVoe transportou Barry para outro lugar e empurrou Cisco e Cigana antes de fugir. Tentando tomar PCs quânticos, os dois DeVoes são abordados pela Equipe Flash e Cigana. Enquanto Caitlin tentava trazer Nevasca de volta, DeVoe utilizou suas forças para derrotar cada membro da Equipe Flash. Ele então começou a estrangular Cigana com seus poderes. Marlize se levantou e não queria ver DeVoe massacrar outro indivíduo inocente, e foi capaz de convencer seu esposo a deixar Cigana viva.

DeVoe ouvindo Marlize confrontá-lo.

Depois de voltar para seu esconderijo, DeVoe permitiu que Marlize usasse sua cadeira para se curar. Ele ordenou que sua esposa se preparasse para o Esclarecimento e pediu para que ela preparasse os satélites. Quando a mulher se recusou a obedecê-lo, DeVoe descobriu que sua esposa estava o deixando. Quando ele tentou ir até ela, um campo de força o proibiu de entrar em contato com ela. Enquanto seu esposo a assistia, Marlize disse que Clifford havia sido a primeira vítima do Pensador. Depois disso, ela usou a cadeira flutuante para escapar enquanto DeVoe tentava penetrar no campo de força.[15]

Enquanto Clifford estava estupefato com a traição de sua esposa, seus planos foram interrompidos. Enquanto a Equipe Flash tentava descobrir os motivos da demora, Iris West começou uma investigação sobre as atividades de DeVoe para compilar materiais para um artigo que ela acabou publicando em seu blog "Salva pelo Flash", após consultar seu marido e o restante da equipe. A investigação de Iris deu às pessoas informações sobre as atividades de DeVoe e foi recebida positivamente por seus leitores, que imediatamente começaram a coletar informações sobre eles próprios, trazendo à seção de comentários de Iris os avistamentos do cientista louco.[16]

Esquema final e morte

"Eu te falei que o Esclarecimento ia acontecer, Marlize, e vai. Você lembra? Eu pensei em tudo. Até nesse momento."
—As últimas palavras de Clifford para Marlize DeVoe[fonte]

DeVoe atacando uma instalação da A.R.G.U.S.

Usando suas habilidades de transformação, DeVoe se passou como John Diggle para invadir a instalação da A.R.G.U.S. que estava guardando Fallout. Ele encolheu um dos soldados da organização, e em seguida o pisoteou. Depois que Barry destruiu um dos satélites do Esclarecimento, DeVoe usou o Fallout, que havia sido encolhido, como uma bateria no Cofre do Tempo, que lhe concedeu controle sobre um dos satélites dos Laboratórios S.T.A.R., permitindo que DeVoe começasse a última fase de sua missão. Marlize, que havia abandonado DeVoe e se aliado a Equipe Flash, estabeleceu uma conexão mental para que Barry entrasse na mente de DeVoe (usando os poderes telepáticos de Cecile Horton) para que ele pudesse encontrar o lado bom de seu esposo e trazê-lo para fora.

Na mente do Pensador, Barry descobriu que Ralph ainda vivo e a dupla saiu para encontrar o "DeVoe do bem" apenas para descobri-lo morto em sua sala de aula. Sabendo que Ralph escapando da mente de DeVoe faria com que este deixasse de existir, a dupla tentou escapar, mas clones de DeVoe tentaram impedir isso, pois DeVoe queria prender Barry dentro de sua mente, afirmando que a conexão de Barry com a Força de Aceleração também lhe dá o controle sobre ele. Barry e Ralph escapam da mente de DeVoe pensando em outras coisas para que os clones de DeVoe não pudessem ler suas mentes. Quando Barry acordou, DeVoe estava estrangulando Cecile com os poderes de Null. DeVoe começou a enfraquecer e desabou no chão enquanto também ativava um plano secundário nas costas de sua cadeira. DeVoe gritou de frustração por ter sido enganado e derrotado, mas Marlize o lembrou mais uma vez de sua incapacidade de considerar os sentimentos humanos. Ralph recuperou o controle de seu corpo, aparentemente derrotando DeVoe para sempre.

No entanto, usando os poderes de Kilgore, ele voltou por meio de um holograma. O interruptor foi ativado depois que Marlize puxou a fonte de energia da cadeira, derrotando DeVoe de uma vez por todas. A morte de DeVoe ativou o referido interruptor, tirando um dos satélites dos Laboratórios S.T.A.R. de órbita, mas os esforços combinados de Cisco, Ralph, Barry e Nora West-Allen foram capazes de impedir que o satélite caísse na Terra, frustrando o esquema final de Clifford, mas acabou resultando na existência de outro vilão.[2]

Linha do tempo alternativa

Os eventos a seguir ocorrem em uma linha do tempo onde o Ponto de Ignição nunca aconteceu.

Em 2018, Clifford se tornou o Pensador e enfrentou o Flash. No entanto, devido ao Flash brincar com as leis das probabilidades, Clifford não conseguiu determinar nenhum dos movimentos do velocista com clareza, resultando em sua prisão em Iron Heights, onde se iluminou.[17]

Pós-Crise

Na Terra-Prime, os eventos que envolvem DeVoe ocorreram de forma diferente que na Terra-1. Apesar de Clifford estar morto, muitos dos meta-humanos que ele havia matado originalmente agora estão vivos.[18] Isso quer dizer que DeVoe roubava seus poderes através de outros métodos.

O inibidor cerebral, apelidado de MAD 2.0., foi usado em algum momento para entrar na mente de DeVoe.[19]

Legado

Como resultado do Esclarecimento e a tentativa de DeVoe em usar os satélites dos Laboratórios S.T.A.R., aos quais Barry foi forçado a destruir, a Equipe Flash provou ter muita dificuldade para localizar Gridlock e outros meta-humanos após os eventos do Esclarecimento, já que eles usavam os satélites para encontrar os metas em Central City. Iris, em particular, acreditou que isso foi um "presente de despedida de DeVoe".

O fracasso do Esclarecimento também foi responsável pelos poderes de Orlin Dwyer/Cicada (ou David Hersch na linha do tempo original), que foi atingido por um pedaço do satélite com matéria escura. Além disso, Grace Gibbons foi colocada em um coma pela destruição do já mencionado satélite, o que motivou o ódio de Cicada pelos meta-humanos.

Apesar do fracasso do Esclarecimento, outros quatro satélites ainda se mantiveram em órbita, e Cisco os hackeou para substituir os satélites do Laboratórios S.T.A.R. destruídos.

Eventualmente, Caitlin foi capaz de quebrar o bloqueio mental que DeVoe colocou nela, permitindo que Nevasca retornasse.

Ralph usou sua experiência de Clifford invadindo sua mente e assumindo o controle de seu corpo para se conectar com Nevasca, deixando-a saber o que ela está passando quando está dentro da cabeça de Caitlin Snow, quando ela tem o controle.

Em algum momento do futuro, Eobard Thawne e Abra Kadabra se tornaram cientes do papel de DeVoe como um dos inimigos do Flash. Com Thawne, inclusive, se tornando um fã do "trabalho" de Clifford.[4]

De acordo com o futuro de Abra Kadabra, o Pensador (junto do Flash Reverso e Zoom) é considerado como um dos maiores inimigos do Flash. Contudo, nenhum deles é tão cruel quanto Savitar.[20]

Devido a suas ações, DeVoe ganhou um espaço no Salão dos Vilões no Museu do Flash, onde sua cadeira voadora também está em amostra.

De um certo modo, DeVoe foi parcialmente responsável pela Crise nas Terras Infinitas acontecer mais cedo do que o esperado. A destruição da adaga de Cicada foi o catalisador para que a Crise ocorresse em 2019 ao invés de 2024, e já que a destruição do satélite dos Laboratórios S.T.A.R. criou a adaga, o fracasso de DeVoe teve um pequeno papel para o adiantamento da Crise.

Ironicamente, quando a Equipe Flash tentou prevenir-se de repetir os erros do passado, Barry se tornou (embora brevemente) semelhante a DeVoe depois de ser "recarregado" pela máquia da Força de Aceleração artificial, uma vez que o projetaram para produzir zero precipitação emocional. Seu intelecto pode até ter sido superior ao de DeVoe, já que Barry foi capaz de invadir facilmente o banco de dados de segurança da McCulloch Technologies sem ter uma habilidade como a tecnopatia de DeVoe. Embora não fosse completamente sem coração, Barry estava a caminho de se tornar DeVoe, apenas se preocupando com a eficiência e o sucesso de seu plano. Felizmente, Barry recuperou suas emoções depois de perceber que seu plano de salvar Iris da Dimensão Espelhada acabou ferindo-a.

Personalidade

Clifford em sua forma civil.

Antes de sua transformação, Clifford era um homem bastante comum, mas socialmente desajeitado que genuinamente ansiava por conhecimento e queria alcançar as pessoas para que pudesse transmitir seu amor pelo conhecimento a outros, ficando frustrado com a forma como tão poucos de seus alunos pareciam realmente respeitar ou ouvir para o que ele estava tentando ensinar-lhes. Ele, ao mesmo tempo, tinha uma visão relativamente extrema da vida. Acreditando que tais avanços tecnológicos corromperam a moralidade e reduziram o impulso pessoal do homem, ele se tornou bastante sincero em seu desdém por tal uso excessivo da tecnologia, até mesmo escrevendo uma tese sobre como o mundo seria melhor sem a tecnologia. Sentindo que suas mentes haviam se tornado muito pequenas, enquanto sua própria habilidade de transmitir informações efetivamente estava faltando, Clifford começou seus esforços para construir o "Chapéu Pensador" com sua esposa em nome de trazer uma "era de iluminação".

Clifford como o Pensador.

Desde que se tornou "o Pensador", a personalidade de Clifford mudou; embora ainda desejasse conhecimento, ele agora era mais implacável e brutal em sua disposição de machucar inocentes para conseguir o que deseja. Clifford era um homem calculista e paciente, muito focado em seu objetivo atual o tempo todo, não tendo muitas reações emocionais ao fazê-lo. Ele estava muito confiante em suas habilidades e não hesitou em enfatizar o quão completamente ele levou em consideração todas as possibilidades e todos os resultados, até mesmo para sua própria esposa.

Clifford também possuía uma natureza ambiciosa mesmo antes de sua transformação, desejando =avançar a consciência humana para instilar mudanças na humanidade. Seja como fachada ou não, ele pode ser uma pessoa legal com outros, especialmente com seus alunos, mas ele também tira proveito dessa característica quando mentiu para David Singh sobre Barry Allen assediando ele e sua esposa, quando Allen estava realmente investigando ele.

No entanto, mesmo no pior momento de Clifford, ele tinha um lado romântico; ele sente a necessidade de ser o grande homem de que sua esposa precisa, apesar de sua condição, e observou que não seria nada sem ela. Ele também permitiu que Barry e Iris West se casem sem qualquer intervenção, pelo menos de sua parte.

Devido à inteligência sobre-humana de Clifford, ele era bastante arrogante ao ponto de ter um ego enorme; por exemplo, depois que Barry o confrontou, como ele queria saber quem ele realmente era, ele não apenas revelou a este último que sabia que ele era o Flash, mas Clifford também se gabou de que não tinha nada a temer de Barry, ele mesmo (arrogantemente) acredita ser superior a Eobard Thawne, o falecido Hunter Zolomon e o falecido Savitar respectivamente, ignorando completamente o fato de que todos os três são incrivelmente poderosos meta-humanos em seus próprios direitos; esse seu intelecto recém-descoberto também faz com que ele às vezes subestime seus oponentes, como Barry.

Clifford mantém um tom educado, apesar de sua arrogância, até mesmo se referindo a seus adversários como "senhor" e "senhora", embora com vários níveis de condescendência.

No final das contas, a arrogância e o ego de Clifford levaram à sua queda; nas mãos de Barry e da Equipe Flash, respectivamente.

Parece que a mudança constante do corpo de Clifford pode estar afetando sua mente, conforme teorizado por Marlize. Isso ficou evidente pelo fato de Clifford parecer cruel com sua esposa, especialmente quando ela aponta falhas potenciais nele, algo que Clifford nunca fez no passado. Sua natureza imoral e egoísta chegou até mesmo a ver sua esposa como nada mais do que uma ferramenta para suas necessidades, indo ao ponto de alterar repetidamente suas memórias para mantê-la dócil.

No entanto, Clifford provou ser ainda mais cruel com sua esposa depois que ela descobriu sobre ele a drogando e apagando suas memórias e ele surge do nada para contar tudo que fez a ela e quando ela estava prestes a se voltar contra ele, ele usa o seu cadeira para disparar uma das garras para apunhalá-la na lateral do pescoço drogando-a e deixando sua esposa inconsciente no chão e mais tarde ela acorda tendo-a ao seu lado como parceira. Ele também não estava acima de matar e poderia até sentir um prazer sádico nisso, como fazia com Gregory Wolfe, sem motivo. No final das contas, sua discussão sobre o mundo evoluiu para acreditar que foram as visões emocionais e os laços pessoais que enfraqueceram a compreensão das pessoas.

Depois de ser ejetado do corpo de Ralph, DeVoe usou outro dos poderes de Klig% re para transferir sua consciência para sua cadeira como um holograma. Ele provocou a Equipe Flash e Marlize, antes que ela removesse a fonte de energia da cadeira para matá-lo de uma vez por todas. Isso fez com que os satélites dos Laboratórios S.T.A.R., que estavam em orbita ao redor da Terra, caísse sobre Central City, mas os civis foram salvos por Barry, Cisco, Ralph e Nora West-Allen.

Poderes e habilidades

Poderes

  • Fisiologia meta-humana (apenas no cérebro): Depois de ser atingido pela matéria escura da explosão do acelerador de partículas do Laboratório S.T.A.R. enquanto usava seu "Chapéu de Pensamento", as capacidades mentais de DeVoe foram aprimorados para níveis super-humanos. O Chapéu de Pensamento o protegeu da exposição direta ao meta-gene, assim permitindo que DeVoe mantivesse seu DNA humano normal, apesar de sua fisiologia avançada, sendo capaz de escondê-la do teste meta-humano do Laboratórios S.T.A.R..[4]
    • Inteligência sobre-humana: Os parâmetros amplamente aumentados da mentalidade de DeVoe aumentaram sua capacidade de processar, reagir, memorizar, deduzir e analisar em níveis surreais e super, capazes de acessar qualquer pensamento muito mais rápido e mais eficiente do que os níveis humanos normais, incluindo até mesmo um velocista. Antes de ganhar seu intelecto aprimorado, DeVoe foi um professor de história bem conhecido e realizado em todas as suas formas.[4] Ainda mais, seu intelecto está se expandindo continuamente, possivelmente classificando-o como a maior mente do multiverso, ultrapassando Eobard Thawne que veio do século XXII, fazendo com que o intelecto de outros gênios reconhecidos parecesse patético em comparação a ele. Para seu crédito, ele resolveu muitos mistérios com sua inteligência, incluindo a hipótese de Riemann, o 15º problema de Hilbert e a verdadeira identidade de Jack, o Estripador.[4] DeVoe afirma que pode calcular e deduzir a resposta para quase todas as perguntas e antecipar qualquer resultado potencial, e para seu crédito, antecipou cada ação que seus inimigos deram vários passos à sua frente. Ele é ainda capaz de condicionar seus padrões de pensamento e atividade cerebral geral para imitar os outros, permitindo-lhe realizar proezas como completar a oitava sinfonia inacabada de Schubert extrapolando os movimentos restantes depois de se familiarizar com o corpo de seus outros 600 trabalhos em uma única manhã. Os poderes meta-humanos de DeVoe estão implícitos em sua mente meta-humana, já que Ralph Dibny não exibia sinais de quaisquer poderes além dos seus, uma vez que a consciência de DeVoe foi apagada e ele recuperou o controle de seu corpo. DeVoe demonstrou ser um especialista em vários outros assuntos, como matemática e engenharia; isso se tornou até mesmo notável desde que atingiu seu intelecto sobre-humano. Como engenheiro, DeVoe foi capaz de criar os esquemas dos desenhos dos robôs samurai e do "Chapéu de Pensamento". Apesar de seu crescente conhecimento e conjunto de habilidades, ele reconhece abertamente sua esposa como uma engenheira superior.[5] Ele admitiu que seria necessário ter uma conexão com a Força de Aceleração para ganhar onisciência[2]
    • Poderes absorvidos: Entre transferir sua consciência e poderes atuais para outros corpos ou desviar os poderes de outras pessoas para seu corpo atual, DeVoe expandiu gradualmente o número de meta-habilidades que possui. Entre a assimilação contínua de matéria escura extra e seus parâmetros mentais elevados, o controle, alcance e versatilidade de DeVoe no uso dessas habilidades roubadas excedem em muito seus proprietários originais. Ele também revelou ter retido as memórias e o conhecimento de cada indivíduo que ele absorveu por meio da tecnologia de transferência. De acordo com Marlize, as manipulações de eventos de DeVoe incluíram o cálculo da combinação exata de poderes específicos necessários para se opor a quaisquer aliados que o Flash possa pedir ajuda (embora não se saiba se isso é verdade ou não).
      • Tecnopatia: Com os poderes de Ramsey Deacon, DeVoe podia sentir a presença e controlar qualquer forma de tecnologia imprimindo sua própria criptografia como um vírus biológico. Ao fazer isto, seus olhos e toda a eletricidade afetada por seu poder irá se transformar em roxa. Não se sabe se Deacon poderia controlar apenas um alvo de cada vez dentro das imediações, mas DeVoe conseguiu controlar toda tecnologia de uma única área, como demonstrado quando ele tomou controle da tecnologia dos Laboratórios S.T.A.R..[11]
        • Reencarnação tecnológico: DeVoe podia duplicar e transferir sua consciência, além de todos os seus poderes, para qualquer tecnologia próximo de si. Porém, sem um corpo físico, ele não poderá usar seus poderes além dos da tecnopatia. Além disto, caso a fonte de poder da tecnologia fosse destruído, ele também seria.[2] DeVoe usou um fail-safe com os poderes de Kilg%ore. DeVoe fez uma cópia de sua mente e, usando a tecnopatia, derrubou um dos satélites do Laboratórios S.T.A.R... Ele se projetou na cadeira como um holograma.
      • Manipulação dimensional/Criação de portal: Com os poderes de Edwin Gauss, DeVoe é capaz de criar portais para outras dimensões de bolso, essencialmente "dobrando" os limites entre eles. Esta ação também serve como uma forma de defesa, pois ele poderia absorver algum ataque com um portal e simultaneamente redirecioná-lo através de outro. DeVoe usava esta capacidade para entrar e sair de seu esconderijo, que se encontrava em uma dimensão de bolso.
      • Manipulação/Simulação de DNA: Com os poderes de Matthew Kim, DeVoe conseguia dissolver as ligações do DNA de um sujeito ao entrar em contato físico com eles. DeVoe conseguiu manipular seu DNA para simular/sobrescrever o DNA de outra pessoa a tal ponto que qualquer teste de DNA que aparecer em seu caminho pode ser enganado. Quando usado com suas habilidades de metamorfose, ele seria genética e fisicamente indistinguível do indivíduo que está personificando.
        • Transferência de poderes: DeVoe pode manipular os marcos de DNA meta-humano de indivíduos, permitindo-o transferir poderes de um hospedeiro para outra pessoa, incluindo a si mesmo.
      • Animação de efígie: Com os poderes de Mina Chaytan, DeVoe pode, temporariamente, animar qualquer efígie ao deixar uma impressão psíquica de sua matéria escura no nível molecular do alvo, controlando seus movimentos como se estivessem genuinamente vivos. Ele pode continuar controlando essas animações de uma distância considerável e até mesmo fora de seu campo de visão.[11] DeVoe também pode controlar cadáveres, pois eles se tornam uma efígie ao morrer, permitindo que ele reanime suas formas.[21]
      • Gravitocinese: Com os poderes de Janet Petty, DeVoe pode manipular a gravidade. Enquanto Petty apenas demonstrou a habilidade de remover a gravidade natural de uma pessoa para torná-la sem peso por meio do contato físico, DeVoe também pode aplicar esse poder de maneira oposta, aumentando o peso do alvo. Ele também é capaz de aplicar esse poder sem contato direto. Além disso, DeVoe parece ser capaz de controlar a direção da gravidade, pois conseguiu congelar Ralph no lugar.[13] O uso desta habilidade pode ser confundida com telecinese, já que ele foi capaz de parar Cigana em pleno ar enquanto usava uma gravidade intensa ao redor de sua garganta para enforcá-la.[15]
      • Manipulação de probabilidade: Com os poderes de Becky Sharpe, DeVoe pode emanar um campo quântico, dando boa sorte a si mesmo, ao mesmo tempo que espalha o azar a qualquer um que esteja próximo dele.[11]
      • Manipulação de tamanho: Com os poderes de Sylbert Rundine, DeVoe pode modificar o tamanho de qualquer alvo ao manipular o espaço entre seus átomos.[11]
        • Compensação de massa: Quando DeVoe encolhe um objeto, ele também compensa a maior parte da massa do objeto para torná-lo leve o suficiente para ser coletado e armazenado em seu bolso, até mesmo objetos tão grandes quanto um edifício.
      • Manipulação do som: Com os poderes de Izzy Bowin, DeVoe pode projetar ondas de som, capaz de focalizá-los como ondas de choque poderosas ou vibrações ensurdecedoras que subjugam os inimigos em angústia. Além disso, ele pode controlar e direcionar qualquer aspecto baseado em som projetado na direção desejada em qualquer faixa de decibéis que ele possa imaginar. Isso ficou evidente quando ele usou os gritos de um guarda deficiente como arma contra os soldados da A.R.G.U.S. enquanto invadia a organização, para onde Neil Borman fora levado para mantê-lo a salvo de Clifford.[21]
      • Telepatia: Com os poderes de Dominic Lanse, DeVoe ganhou poderes telepáticos. Embora Dominic poderia apenas identificar pensamentos de pessoas próximas de si, DeVoe pode detectar a presença de todos, como ele percebeu imediatamente que Ciso Ramon estava tentando "vibrá-lo". Ele também pode mergulhar em suas mentes, permitindo-lhe alterar as memórias das pessoas. Alternativamente, ele pode lançar rajadas psiônicas em pessoas, capazes de repelir seu alvo ou mesmo causar danos físicos às suas mentes, como produzir um aneurisma.[11] Ele também pode manipular os movimentos das pessoas próximas a ele. DeVoe também foi capaz de usar esse poder para colocar um "bloqueio" na mente de Caitlin Snow, tornando mais difícil para ela alcançar seu lado Nevasca. Devido à natureza desse bloqueio, foi inicialmente suspeitado pelo Time Flash que DeVoe tinha usado os poderes de Matthew Kim para tirar Nevasca completamente, mas eles descobriram mais tarde que este não era o caso.[22]

Poderes anteriores

  • Elasticidade: Com os poderes de Ralph Dibny, as estruturas das células de DeVoe foram polimerizadas, tornando-as elásticas para formar uma ligação inquebrável em um nível atômico, permitindo-lhe esticar, contorcer e remodelar suas moléculas em uma miríade quase infinita de escolhas. No entanto, como Ralph ainda podia usar seus poderes de alongamento depois de recuperar o controle de seu corpo (forçando DeVoe a sair dele), DeVoe presumivelmente perdeu sua capacidade de usar os poderes de Ralph.
    • Durabilidade sobre-humana: A elasticidade de DeVoe também tornou seu corpo extremamente resiliente, mitigando praticamente qualquer impacto que ele possa receber com poucas consequências conforme seu corpo se expande e se contrai para tornar esses impactos obsoletos. A pura resiliência desse poder em seu corpo também permite que ele até mesmo suporte a devastação causada por outros poderes que ele está ocupando simultaneamente.
    • Mudança de forma: Se ele desejar, os poderes elásticos de DeVoe permitem que ele assuma a semelhança física de tudo o que deseja e até mesmo reproduza perfeitamente a voz da pessoa, já que escolheu fazer seu novo corpo de Dibny assumir a forma de seu corpo original, em sua saúde pré-meta estado, e torná-lo seu padrão. DeVoe pode até imitar as vozes dos outros sem assumir sua aparência, já que ele usou a voz de Ralph enquanto ainda assumia sua forma original.

Habilidades

  • Mestre da enganação/Manipulação: DeVoe pode ser bastante enganador. Ele foi efetivamente capaz de convencer David Singh que Barry estava o assediando, fazendo com que o homem fosse injustamente/incorretamente suspendido de seu trabalho no DPCC. Ele também foi capaz de plantar evidências e fazer Barry ser culpado por seu assassinato.
  • Mestre tático: A inteligência de DeVoe o torna um planejador quase perfeito, capaz de avaliar e explicar as inúmeras variáveis, tanto eventos naturais quanto a reação instintiva das pessoas, e a partir disso manipular efetivamente a situação para que se desenrole como ele achar adequado.[5][8] Seu talento de planejar eventos permitiu-o preparar diversos passos, estando frente até mesmo do Time Flash, conseguindo antecipar até mesmo quando eles descobririam sua identidade[3][4] e que Barry procuraria Leo Snart para ajudá-lo a mover Neil Borman até uma instalação da A.R.G.U.S., incluindo a intromissão da Canário-X.[14]
  • Poliglota: DeVoe é capaz de falar Japonês, Francês, Italiano, Mandarim e outros idiomas.[4]

Fraquezas

  • Falta de empatia: Com sua mentalidade imoral crescente, DeVoe tornou-se incapaz de sentir/formar conexões emocionais com outras pessoas. Com isto, ele acabou se tornando frio, fazendo Marlize desfazer sua aliança com seu marido enquanto ele tentava realizar o "Esclarecimento". Incluindo, apesar de sua habilidade milagrosa de calcular diversos potenciais para qualquer evento, ele não consegue contar a parte emocional disto. Embora seja capaz de antecipar o padrão geral de pensamento de um indivíduo, ele não consegue perceber como alguém processaria emoções mais complexas, como a angústia pessoal. Um exemplo disso é, ao calcular que o Flash derrotaria Canário-X em seu primeiro encontro, a culpa de Barry por perder Dibny conflitou com o resultado deduzido de DeVoe e, em vez disso, ele perdeu para vilã. DeVoe também foi incapaz de prever a traição de Marlize por ele, pois ela conseguiu escapar facilmente.
  • Instabilidade mental: Como consequência da matéria escura absorvida dos diversos meta-humanos que absorvia, e também devido à seu intelecto em constante desenvolvimento, DeVoe se tornou arrogante, errático, cruel e instável. Acreditando ser muito maior em comparação com o resto do mundo e tão comprometido com o "Esclarecimento", ele abandonou todas as formas de contenção e moralidade sem nem mesmo um grama da menor hesitação ou arrependimento. Até mesmo seu amor por sua esposa evoluiu para uma atitude possessiva e controladora, em que ele diz abertamente à esposa que ela não é nada sem ele. Além disso, ele também se tornou cada vez mais impaciente e perfeccionista, tornando-se tão absolutamente confiante em sua percepção que não toma mais cuidados além de seus planos iniciais e fica muito desequilibrado caso algo aconteça além de suas expectativas.
  • Consciência: Desde que sua mente foi transferida para Dominic Lanse, DeVoe se tornou algo como um parasita. Ele mantém a consciência de seu corpo hospedeiro vivo até a próxima aquisição; no caso de Ralph Dibny, como ele precisa para controlar seu corpo. À medida que ele acumulava mais e mais matéria escura ao absorver os poderes dos metas do ônibus, sua arrogância aumentou a ponto de não ter nenhum problema em matar o "bom DeVoe", perdendo assim qualquer chance de ser redimido ou de permanecer fisicamente vivo. Essa fraqueza prova ser sua ruína, já que Ralph foi capaz de retomar o controle de seu corpo com a ajuda de Barry e limpar DeVoe completamente.

Equipamento

  • Anel de transferência de consciência/essência: Clifford criou um anel portátil que permite que ele transfere sua consciência para qualquer pessoa sem precisar utilizar sua cadeira. Enquanto lutava com Ralph para obter o controle de seu próprio corpo, DeVoe conseguiu tocar em sua cadeira com o anel, assim criando uma cópia holográfica de sua mente e derrubando um dos satélites do Laboratórios S.T.A.R. na esperança de destruir Central City. Depois de se despedir de seu esposo, Marlize arrancou um componente-chave da cadeira flutuante, destruindo o holograma.

Equipamento anterior

  • Chapéu de Pensamento: Em 2014, antes da explosão do acelerador de partículas do Laboratórios S.T.A.R., DeVoe desenvolveu um chapéu de pensamentos para aprimorar sua inteligência. Ele pediu para que sua esposa o construíssem e vestiu-o antes da explosão, sendo atingido por um raio. É desconhecido o que aconteceu com o chapéu depois disto.
  • Cadeira de rodas: Devido a sua doença, DeVoe teve de usar uma cadeira de rodas quando era preciso que ele aparecesse em sua forma civil ao público.[3] Depois de assumir o controle dos corpos de meta-humanos, e também fingir sua própria morte, ele não precisa mais utilizar esta cadeira de rodas, já que seu novo corpo não precisa disto.
  • Cadeira flutuante: Clifford usava uma cadeira mecânica que estava conectada com o sistema de computador de seu esconderijo. A cadeira era capaz de pairar no ar, teletransportar-se para o covil de DeVoe, que está localizado em uma dimensão de bolso. Ela é controlada pelos pensamentos do usuário, e é capaz de gerar um escudo de contenção impenetrável que é projetado para manter qualquer pessoa dentro ou fora, tem sistema médico para manter DeVoe vivo e tem capacidades ofensivas na forma de lasers. Após uma batalha com o Time Flash, Marlize o roubou. Depois de ser injetado para fora do corpo de Ralph, DeVoe usou um fail-safe com os poderes de Kilg%ore. DeVoe fez uma cópia de sua mente e colocou-se na cadeira, usando sua tecnopatia para derrubar um dos satélites do Laboratórios S.T.A.R..
    • Tentáculos: Vários tentáculos podem ser invocados de trás para atordoar ou atacar os inimigos de Clifford.
      • Capacetes de transferência mental: Uma das habilidades primárias da cadeira era transferir o subconsciente do Pensador para os dos metas do ônibus e ganhar suas habilidades. Esse recurso tornou-se obsoleto depois que Clifford começou a usar um anel que pode fazer o mesmo apenas tocando um meta nos ombros.

Aparições

Flash

3ª Temporada

4ª Temporada

5ª Temporada

6ª Temporada


Livros

Galeria

Imagens promocionais

Flash

4ª Temporada

Curiosidades

  • O Pensador é o primeiro antagonista de Flash a não ser um velocista.
    • Ao mesmo tempo, ele é o primeiro antagonista principal casado e também o primeiro a não ter entrado para o Time Flash antes que eles descobrissem sua identidade.
    • Diferente de outros antagonistas de Flash, a identidade de Clifford como vilão foi revelado para a audiência bem no início da quarta temporada, enquanto o Time Flash descobriu sua identidade no episódio "Logo Existo".
  • Diferente de outros meta-humanos, cujo DNA e fisiologia são aprimorados para sustentar seus novos poderes, Clifford não foi diretamente exposto à matéria escura quando ganhou seus poderes, mas sim apenas seu Chapéu de Pensamento, o motivo dele ter ganhado seus poderes. Como sua anatomia não foi alterada para que pudesse produzir energia e assim sustentar seu cérebro avançado, DeVoe desenvolveu a doença ELA.[4]
  • Clifford divide muitas semelhanças com Damien Darhk:
    • Ambos foram mencionados duas vezes na terceira temporada de suas respectivas séries, e também se tornaram os antagonistas principais na temporada seguinte.
      • Diferente de outros vilões, Darhk e DeVoe foram revelados como os vilões principais logo no início da temporada.
    • Ambos são os primeiros vilões de suas séries a não terem um traje, usando apenas trajes escuros simples na maior parte do tempo.
    • As esposas de ambos compartilhavam as mesmas ambições e ajudaram seus esposos em suas cruzadas malignas. Além disto, Darhk e DeVoe perderam suas esposas próximo ao fim da temporada, o tornaram-os niilistas, mas prosseguiram com seu plano de qualquer jeito.
    • Ambos acreditaram que causar uma catástrofe global (Gênesis e o Esclarecimento) seria o melhor para a humanidade.
    • Clifford usava seus poderes de manipulação de gravidade para enforcar os outros, assim como Darhk usava sua telecinese.
    • Ambos vilões se fingiram como civis normais antes de serem expostos pelos protagonistas principais de suas séries.
    • Darhk matou Laurel Lance, afetando profundamente a Equipe Arqueiro e fazendo Oliver Queen se culpar pela morte dela. DeVoe "matou" Ralph Dibny, afetando profundamente o Time Flash e fazendo com que Barry Allen se culpasse por isto.
      • Apesar de Ralph ter "voltado à vida", DeVoe foi capaz de remover alguém do Time Flash quando usou sua telepatia para criar um bloqueio mental no cérebro de Caitlin Snow e proibi-la de usar a Nevasca.
    • Darhk obteve seus poderes em Lian Yu, onde Oliver treinou para se tornar o Capuz. Semelhantemente, DeVoe adquiriu seus poderes da explosão do acelerador de partículas, o que também deram os poderes a Barry e permitiram-o tornar-se o Flash.
    • Os atores que interpretaram os personagens, Neal McDonough e Neil Sandilands, possuem nomes que são pronunciados na mesma forma, mas com escrita diferente.
  • Clifford também possui semelhanças a Eobard Thawne/Flash Reverso:
    • Ambos eram vilões que se passavam por gênios benevolentes cadeirantes ao público.
    • Ambos deram super-poderes para humanos. Thawne usou a explosão do acelerador de partículas, e DeVoe usou um ônibus e um portal da Força de Aceleração, gerado quando Barry saiu dela.
    • Ambos deram poderes a um meta-humano que se tornaria uma parte essencial de seu plano. Thawne deu poderes a Barry para levá-lo de volta ao futuro, e DeVoe deu poderes a Ralph para que ele fosse seu último hospedeiro.
    • Ambos passaram anos preparando seu plano contra o Time Flash.
  • DeVoe também compartilha algumas semelhanças com Ben Lockwood/Agente Liberdade.
    • Ambos foram professores de história antes de serem corrompidos.
    • Eventualmente, ambos perderam suas famílias enquanto tentavam alcançar seus objetivos.
    • Os objetivos de ambos envolviam "salvar" a humanidade. Ben queria se livrar de todos os alienígenas da Terra-38, afim de prevenir que eles ferissem humanos. DeVoe queria reiniciar o cérebro da humanidade para "esclarecer" a raça humana e os perigos da tecnologia.
  • DeVoe admitiu que, em um dos diversos futuros cenários que previu com sua inteligência, um dos nomes que Cisco Ramon inventaria para ele seria "O Professor".[4]
  • Na ordem de restrição que Clifford tem contra Barry, mostrada no episódio "O Julgamento do Flash", é revelado que o aniversário de DeVoe é em 8 de Maio de 1975. Neil Sandilands, o ator que interpreta Clifford, nasceu uma semana antes que seu personagem, em 1 de Maio de 1975.
    • Apesar de que no episódio é mostrado a data de aniversário de DeVoe, em "Não Corra" Marlize diz que Clifford divide seu aniversário com Jesus Cristo, ou seja, no Natal. Porém, é possível que isto seja uma alusão ao "renascimento" de Clifford como o Pensador na noite em que o acelerador de partículas explodiu.
  • Ele parece gostar de música dos períodos Barroco, Clássico e Romântico.[7][12]
  • Clifford é o único antagonista a ser, em algum momento, interpretado por outro ator principal de outra série do Arrowverso. David Ramsey interpretou brevemente DeVoe no episódio "Pensa Rápido", quando Clifford impersonificou John Diggle.
  • DeVoe é o único antagonista de Flash a ser morto por seu antigo cúmplice, neste caso, Marlize.
  • Clifford é o primeiro antagonista de Flash a não ser a causa direta da morte de algum personagem importante.

Por de trás das câmeras

  • Nas histórias em quadrinhos da DC Comics, Clifford DeVoe foi o primeiro vilão conhecido como o Pensador, um gênio inventor corrompido por Hunk Norvock e o arqui-inimigo de Jay Garrick. O "Chapéu de Pensamento", invenção para aprimorar seu cérebro, acabou adquirindo uma inteligência artificial e se tornou um inimigo de Wally West, quando este operou como Flash, usando o alter-ego de DeVoe depois de sua morte, causada pelos efeitos negativos do chapéu em seu corpo através dos anos. Assim como nos quadrinhos, esta versão de DeVoe está com dificuldades em manter seu corpo funcional devido a sua mente em desenvolvimento estar lentamente o matando, e depois de perder seu corpo ele se tornou uma inteligência artificial em sua cadeira flutuante.
    • Apesar de que, nos quadrinhos, DeVoe era um advogado falido antes de se tornar do mal. Na série, ele era um professor de história casado.
  • A versão do Arrowverso também possui uma semelhança com outro vilão da DC Comics - Ultra-Humanoide, o primeiro vilão a enfrentar o Super-Homem. Assim como DeVoe, o Ultra-Humanoide era um homem com uma mente incrível, mas com seu corpo deteriorando-se, que tentou reiniciar a humanidade. Adicionalmente, ambos desenvolveram técnicas de transferir suas mentes para o corpo de outras pessoas.
  • DeVoe tomou o lugar de Eobard Thawne como o homem quem o Flash é culpado por assassinato no arco "O Julgamento do Flash". Porém, a diferença importante é que, nos quadrinhos, o próprio Flash foi julgado pelo crime ao invés de Barry. Na série, acontece o inverso.
  • Clifford DeVoe foi o antagonista principal da quarta temporada de Flash.

Referências

Advertisement