FANDOM


"Está na hora de acabar com a era de heróis... e de tudo o que vocês estimam."
Mobius falando através de uma Precursora possuída

"Crise nas Infinitas Terras: Parte Três", é o nono e o final de meia-temporada da sexta temporada de Flash, assim como o centésimo vigésimo terceiro episódio em geral. Ele foi exibido nos Estados Unidos em 10 de Dezembro de 2019, tendo sua estréia no Brasil em 19 de Janeiro de 2020.

Este episódio é a terceira parte do crossover Crise nas Infinitas Terras.

Sinopse

Pariah pede a ajuda de Raio Negro para impedir Anti-Monitor após Flash-90 compartilhar seu conhecimento da batalha de Elseworlds. Com a ajuda de Raio Negro, Flash, Cisco e Nevasca criam um plano que pode salvar a todos. Enquanto isso, Iris tem uma conversa sincera com Ryan Choi, ao mesmo tempo em que Oliver e Diggle retornam para um lugar conhecido.[1]

Enredo

Terra-203 - Nova Gotham
Uma tonalidade rosa envolve completamente o céu e todas as áreas circundantes, até onde os olhos podem ver. Uma mulher, com cabelo e traje pretos, corre pelos telhados tentando conversar com alguém em seus comunicadores. Ela está desesperadamente tentando comunicar-se com a Oráculo, mas a estática da comunicação a impede de ouvir as informações relativas. Uma luz brilhante começa a consumir a cidade. A mulher, chamada de Caçadora, fica devastada ao perder o contato com sua amiga. Em questões de segundos, ela também desaparece.

Terra-1 - Waverider
Dentro da Waverider, os sete heróis ouvem Mar Novu relembrá-los que necessitam encontrar mais três Paragons. Ray insiste que está fazendo um trabalho difícil e está se esforçando o máximo que pode. O lugar brilha com a chegada do restante do Time Flash. Ray se anima ao ver Cisco, que agora poderia ajudá-lo a finalizar o localizador de Paragons. Ralph está surpreso em ver o Superman, enquanto Nevasca diz para todos ignorarem-o por este ser seu primeiro crossover. Novu interrompe, relembrando a todos que a onda está se movendo rapidamente, e a Terra-1 será o último universo a ser destruído. J'onn informa que Alex e Brainy, assim como os habitantes resgatados da Terra-38, estão salvos. Eles decidem levar o máximo de pessoas do multiverso para a Terra-1. J'onn diz que pode utilizar sua habilidade para manter todos em contato com a Waverider, mas Lois opta por permanecer na nave e atualizar a todos com cada informação que conseguir.

Todos são interrompidos com a animação de Ray e Cisco, anunciando que seu trabalho com o localizador de Paragons havia finalizado. A Batwoman questiona o porque da máquina estar demorando, e Cisco lhe diz para esperar para que ela carregasse. É revelado que o Flash é o "Paragon do Amor", J'onn o "Paragon da Honra" e o Dr. Ryan Choi é o "Paragon da Humanidade". Isto significa que a única pessoa que não localizaram é o Dr. Choi, que, por sorte, seria encontrado em Ivy Town. Iris, Ray e Ralph decidem ir buscá-lo. Eles são interrompidos por Leonard, anunciando a chegada de Diggle na nave.

Na enfermaria, Diggle fica furioso ao encontrar Oliver desmaiado. Sara tenta acalmá-lo, mas Digg insiste que devia estar lá para tido protegê-lo. Sara revela que estão procurando um meio de trazê-lo de volta no mesmo método que a trouxeram. Apesar de não gostar da opção, ele insiste em ir junto. O Monitor chega e informa que a Precursora havia desaparecido. Dig perde sua paciência e confronta Novu, dizendo que não poderia perder sua esposa ou seu melhor amigo. O Monitor admite que ela pode estar com seu adversário, o Anti-Monitor.

Na sala de controle, Nevasca e Cisco conversam sobre sua determinação em encontrar a fonte de energia da onda. Eles descobrem que há uma localização subterrânea próximo deles. Ele diz a Nevasca para encontrá-lo. Cisco se encontra com O Monitor, dizendo que havia acabado de vê-lo na sala de controle. O Monitor informa que está na hora de Cisco tornar-se o Vibro novamente. Mesmo dizendo que não deseja isto, Novu transforma Cisco em Vibro e desaparece.

O Flash e a Iris se despedem, com ela demonstrando sua preocupação de perder seu marido na Crise. Iris o questiona se ele quer mesmo que ela vá à Ivy Town, mas ele insiste que vá.

Terra-1 - Central City
Cisco vibra um portal para os esgotos, e Barry utiliza sua super-velocidade para fazer um perímetro. Vibro e Nevasca encontram uma parede com diversos símbolos, sete no total. Ambos são interrompidos pela chegada do Pária, se re-apresentando ao grupo e insistindo que não é mais o Nash Wells e que está lá para testemunhar a tragédia. Cisco se surpreende ao ver que ele possuí um novo nome e traje. Quando questionado o que havia acontecido com ele, Pária admite que esteve nos túneis procurando por Mar Novu para matá-lo e expô-lo como um falso deus, mas havia sido controlado por outro deus, o Anti-Monitor. Ele diz que o Anti-Monitor havia plantado uma trilha perfeita para ele, fazendo-o segui-lo e levá-lo a este universo. Eles questionam Pária se ele se lembra de como abrir a porta, mas afirma que não. Pária relembra Cisco que poderia vibrar as antigas memórias de Nash. Isto funciona e Cisco consegue desbloquear a porta.

Terra-1 - Waverider
A Supergirl e Batwoman conversam enquanto o aprisionado Lex Luthor escuta. A Supergirl o questiona se é possível restaurar a Terra-38, mas ele se recusa em dar uma resposta direta. A Batwoman se irrita e tira o campo de força da cela de Lex, pressionando o homem contra parede e ameaçando quebrar seu braço. Lex faz mais piadas, e Kate pressiona seu braço cada vez mais forte. Lex admite que para utilizar o Livro do Destino, você deve focar em algo que quer. Supergirl diz que Lex havia focado seu ódio pelo Superman, e Luthor confirma. Lex diz que matar alguém é fácil, mas ressuscitar um universo inteiro iria levar esta pessoa à loucura, assim como Deegan. Kate coloca Lex de volta em sua cela invisível, e demonstra sua desaprovação em Kara utilizar o Livro, já que não se sabe o que pode acontecer caso o utilize.

Terra-666 - Los Angeles
John Constantine, Mia Smoak e Diggle caminham juntos através de um beco. John bate em uma porta, que é respondida por Lúcifer Morningstar com duas lindas mulheres ao seu lado. Ele se surpreende ao ver Johnny, e pede para que as moças saíssem de lá para que ele pudesse fazer seu trabalho. É claramente demonstrado que os dois possuem uma historia e, após se apresentar, hipnotiza Mia para fazê-la revelar qual era seu desejo. Ela confirma que está lá para encontrar seu pai. John explica a importância disto, e Lúcifer diz que irá ajudá-lo, pois lhe devia isto. Lúcifer entrega um cartão, explicando que eles teriam que encontrar seu amigo até que a imagem nele (o diabo tocando piano) desapareça. Feliz por finalizar seu serviço, ele entra e fecha a porta. Mia se irrita ao fato de que ele nunca mencionou de como ir ao Purgatório, mas Constantine assume que sabe como ir para lá.

Purgatório
Os três se encontram em uma réplica da ilha de Lian Yu. Diggle se surpreende, mas Mia o relembra que o nome da ilha significa, de fato, purgatório. John menciona para que tomem cuidado, pois um homem sem sua alma não é muito fácil de se lidar, e Oliver não se lembrará deles.

O tempo passa rápido, e o time acelera sua busca por Oliver. Eles são surpreendidos quando Oliver os ataca, nocauteando Diggle e prendendo Constantine em um mata-leão. Diggle insiste em tentar conversar com seu amigo, se desculpando por não ter conseguido salvá-lo e dizendo que serão irmãos até o fim. Oliver se acalma e solta Constantine, e abraça seu antigo amigo e sua filha.

John diz que precisam sair imediatamente, mas o grupo é interrompido pela chegada de Jim Corrigan. Ele os informa que era um antigo policial, dizendo que abandonou sua profissão por ter sido chamado por algo maior, que era se tornar um espectro. Brevemente, seus olhos brilham. Mia diz para que ele saia, mas Jim se vira para Oliver e diz que agora era sua vez de servir a um propósito maior, e que seu destino seria salvar a todos, ou se não todo o universo iria perecer. Oliver acredita no homem e concorda. Ele se despede de seus amigos e filha, ficando sozinho com Corrigan no local.

Nexo
Barry retorna e confirma que não há nenhuma torre quântica. Eles entram no local subterrâneo e encontra uma sala com uma aparência futurística. Cisco diz que a sala possuí uma imensa frequência vibracional ao seu redor. Pária explica que este é a conexão entre o universo de antimatéria e o seu mundo. No meio dele, há uma luz branca sendo lançada ao céu, cercada por relâmpagos vermelhas e um vermelho escuro brilhando em sua frente. Esta é a fonte de energia da onda de antimatéria. Nevasca questiona se o borrão está vivo. Barry utiliza sua super-velocidade e descobre que o borrão é o Barry Allen da Terra-90, utilizando sua velocidade para carregar a esteira. O Flash da Terra-90 o pede para que pare, mas Barry não reage à tempo e colide com o campo de energia ao redor do velho vigilante. Pária os relembra na última vez que enfrentaram o Monitor, que fez o velocista desaparecer. O Anti-Monitor encontrou Barry e o utilizou para carregar seu canhão de antimatéria, dizendo que a arma havia testado para destruir a primeira Terra, a Terra-2. Neste momento, todos percebem que Harry e Jesse morreram. Quando percebem, o Pária havia desaparecido.

O Flash insiste em retirar Barry-90 da esteira. Ele convence que é por isso que o Monitor devolveu os poderes para Cisco, para que ele pudesse retirar o antigo Flash da arma. O Vibro abre uma brecha na frente do velocista e o retira de sua prisão. Barry agradece, mas insiste que deve retornar. O canhão começa a soltar diversas energias. Barry revela que, se parasse de correr, o canhão iria destruir todas as Terras ao mesmo tempo.

Neste momento, todos se surpreendem ao ver que um homem com uma roupa azul, um relâmpago desenhado em seu corpo e botas douradas entra na sala. Ele demanda saber onde está e quem são eles. Acreditando em serem inimigos, ele os ataca. Pária reaparece e os apresenta a Jefferson Pierce/Raio Negro, dizendo que havia o resgatado antes que seu universo fosse destruído para ajudá-los. O Raio Negro confronta Pária, dizendo que deveria ter salvo sua família ao invés dele. O Barry-1 diz que entende como se sente, mas que agora precisavam de sua ajuda para salvar o universo que estão. O Raio Negro concorda em ajudá-los e começa a absorver a eletricidade que o canhão está soltando.

Percebendo que estão ficando sem tempo, ambos Barry's utilizam o Flashtime para se comunicar. O Barry-1 confessa que está preocupado, e que não pode perder sua esposa. Barry-90 revela que havia sido casado uma vez. Seu nome era Tina, e todo dia ela o relembrava para que continuasse correndo, o que continuou fazendo nos últimos 30 anos. Isto fez com que Barry-1 percebesse algo, especificamente o que O Monitor havia lhe dito no Cofre do Tempo. Ele percebeu que este era a hora de desaparecer na Crise. Cisco informa que se correr no lado oposto da esteira, a antimatéria seria sugada de volta para a máquina e a destruiria.

Barry começa a se despedir de seus amigos, comentando que Caitlin e Cisco foram as primeiras pessoas a ver quando abriu seu olho, ele também diz que não conseguiria ser um herói sem a ajuda deles. Ele diz para que falassem a Iris e Joe o quanto os amava, e ambos concordam. Ele é interrompido por sua sósia mais velha, que se desculpa por, momentaneamente, roubar sua velocidade. Ele diz que quando se é um velocista por muito tempo, ele aprende alguns truques. Barry-1 o questiona o por que de estar fazendo isto, e o Barry-90 diz que o Monitor havia dito que o Flash deveria morrer durante a Crise, mas nunca disse qual deles. Ele tira um momento para conversar com Jefferson, dizendo o quão um incrível herói ele é. Ele instruí Cisco para abrir uma brecha, mas ele hesita. Barry-90 o relembra que se não fizer isto, seu melhor amigo morrerá. Barry-1 implora para que não faça isto, mas Cisco abre uma brecha para que o Barry-90 a atravessasse. Na esteira, ele começa a correr. Cisco abre outra brecha para que escapassem. Agora sozinho e em seus últimos momentos, o Barry-90 se relembra de sua esposa Tina. Ele começa a desaparecer, sendo capaz de reverter a onda para a máquina e destruí-la. Tudo o que sobrou do velocista veterano foi o símbolo de seu traje.

Terra-1 - Ivy Town
Com o canhão de antimatéria destruído, os céus da Terra-1 transformaram-se na mesma cor avermelhada do que os outros universos antes de sua destruição. O grupo encontra Ryan Choi sozinho em seu laboratório, conversando com sua esposa através de seu telefone. Ele nota que seu maior ídolo, Ray Palmer, está lá e desliga o telefone rapidamente. Ele fica surpreso e chocado ao vê-lo, insistindo conversar com o mesmo sobre a densidade subatômica e seu trabalho. Iris o interrompe, dizendo que era necessário que fosse com eles. Ray diz que eles são heróis, mas Ryan não acredita. Ralph estica seus braços, e Ryan rapidamente nota que ele é o Homem-Elástico. Eles revelam que Ryan é o Paragon, e que era necessário para salvar o universo. Ryan se assusta e sai da sala, desejando passar seus últimos momentos com sua esposa e filha.

Enquanto guardava suas coisas, Iris entra para conversar com ele. Ela o parabeniza pela bela família que tinha, e Ryan diz que não é nada como os outros dois e que era apenas um humano qualquer. Ela também diz que é apenas uma humana. O doutor repara o anel de Iris em seu dedo, e a questiona se ela não desejava estar com seu marido. Ela menciona que seu esposo não é como ela, mas sim um herói. Que passa dia e noite lutando pelo que é certo. Ele concorda em ajudá-los, e Ray informa a iris que Lois havia confirmado que mais seis Terras havia desaparecido.

Terra-1 - Waverider
Assistindo a um monitor, ela fica devastada ao testemunhar a destruição da Terra-73 pela onda. O Monitor chega, e ela o informa que apenas sete mundos continuava a viver. Lois diz o quão irônico a situação é, o maior evento da história ocorre e ninguém poderá ler sobre isto. O Monitor diz que as Terras não são a única coisa destruída, seu mundo também havia morrido e, com seu universo, sua família. Ele diz que eles eram tudo para ele, desejando ter passado mais tempo com ele do que focado em seu trabalho. Eles são interrompidos pela chegada do Superman. Ele soca o chão, devastado por não ter conseguido salvar as pessoas do universo em que estava. Ela pergunta se a sósia de seu marido precisava descansar, mas ele ignora a pergunta da mulher e começa a fazer um discurso sobre o motivo de utilizar o brasão de sua família. Ela questiona o motivo de ter transformado o 'S' em preto. Ele explica que, mesmo nos momentos mais escuros, a esperança sempre dá um jeito de permanecer. Ele pede para ser enviado a outra Terra. Lois comenta sobre sua bravura com o Monitor, mas nota que ele havia sumido também e que estava falando sozinha.

A Supergirl segura o Livro do Destino, se preparando par abri-lo quando é impedida por Kate. Sua amiga questiona o que está fazendo, e Kara insiste que ela fará qualquer coisa que pode para trazer seu mundo de volta, assim como todos os outros. Kate insiste que está não é a resposta, mas Kara se torna cada vez mais irritada. Ela não suporta ver que todas aquelas pessoas inocentes estão morrendo. A Supergirl diz que ela têm de fazer isto, e a Batwoman responde dizendo que irá impedi-la. Kara promete que Kate não será capaz. Racionalizando, se Kara fizer isto e não funcionar, eles poderão perdê-la, e sem a "Paragon da Esperança" tudo estará perdido. A Supergirl sai, deixando Kate sozinha.

Kate encontra novamente Kara, dizendo que entende o motivo de querer trazer todas as pessoas de volta e que ela é a pessoa com o maior coração que já conheceu. Mas, se ela se ferisse, eles poderão ser derrotados facilmente. Kara elogia Kate por ser a "Paragon da Coragem", admitindo que era necessário muita coragem para se posicionar contra um Kryptoniano. Kate vê que a Supergirl é uma boa pessoa, e decide entregar a Kryptonita que havia pegado de Bruce. Kara diz que não precisava, e que confiava o minério a Kate.

Superman e Lois notam a chegada do grupo que havia ido ao Purgatório, e revelam que Oliver não voltará com eles. Diggle se desculpa com Sara. Eles dão a notícia que Barry havia impedido a onda de antimatéria, e agora a Terra-1 era o único universo restante.

Em outra sala, Barry encontra Jefferson. Ele tenta consolá-lo, mas acredita que não ficará bem. O Flash diz que o Barry da Terra-90 se parecia com seu pai, que havia sido preso pelo maior inimigo de Barry por culpá-lo pelo assassinato de sua mãe. Jefferson diz que seu pai era um repórter e um homem bom, admitindo que ele havia sido assassinado quando tinha apenas 12 anos de idade. Ele então fez questão de continuar o legado que seu pai havia o ensinado quando criança. Ambos concordam que seus pais não eram desistentes, e que deveriam honrar suas memórias. Ambos apertam suas mãos e se apresentam novamente.

Leonard anuncia o retorno de Iris, Ralph e Ray com o Dr. Choi. Iris se reencontra com seu marido, aliviada por vê-lo vivo. Barry revela que o Flash da Terra-90 havia se sacrificado em seu lugar. Barry introduz o Raio Negro para todos, e se surpreende ao ver ambos Supermen presentes. Com todos reunidos, eles são interrompidos pela chegada inesperada da Precursora. Diggle corre para abraçá-la, agradecido por ela estar bem. Ela diz que havia ido fazer reconhecimento, mas havia desaparecido e não se lembra de onde estava. O Time Flash se preocupa que o Anti-Monitor queria Lyla presente na nave, e que, possivelmente, a esteve controlando por toda Crise. Eles se tornam ainda mais preocupados pelo surgimento do Pária, pois sua presença significa que algo terrível irá acontecer.

A Precursora se vira para todos e seus olhos começam a brilhar. Possuída pelo Anti-Monitor, ela diz que estava na hora da era dos heróis acabar. O Superman e Raio Negro tentam enfrentá-la, mas são rapidamente derrotados. Ela consegue fazer todos, com exceção de Nash, na sala ficarem imóveis. Ela diz que Novu havia sido um tolo por tentar impedi-lo, e o Monitor responde que havia sido tolo por ter tido deixá-lo viver. Os dois seres começam a se enfrentar. Infelizmente, Mobius vence o confronto e consegue matar Mobius, sugando seus poderes. Antes de morrer, O Monitor diz para Pária fazer o certo quando a hora chegasse.

A Waverider alerta que a Terra-1 havia sido destruída, e que agora eles eram as únicas pessoas vivas de todo o multiverso. Com exatos 28 segundos para a antimatéria atingir a nave, Pária percebe o que deve fazer. Antes de serem atingidos, ele faz com que os sete Paragons desapareça. J'onn tenta alertar a todos, mas também desaparece; seguido por Sara na ala médica, que estava ao lado do corpo de Oliver, Kara com o Livro do Destino, Kate e Superman. Mobius, através de Lyla, questiona para onde enviou os escolhidos. Pária diz que havia colocado eles em um lugar onde ele nunca os encontrará. Superman, Lois, Raio Negro, Iris, Diggle e Ralph permanecem na nave, determinados a morrerem posicionando-se contra Mobius. Antes de desaparecer, o Superman dá um aceno com a cabeça para Iris, acreditando que tudo ficará bem.

Ponto de Fuga
O Superman questiona de onde estão, e Sara explica que estão no Ponto de Fuga, um lugar fora do espaço-tempo. Ela se relembra de sua última visita ao lugar anos atrás, onde foi destruída por Leonard Snart. Eles notam que Pária os mandou para o lugar pois o Anti-Monitor não poderia alcançá-los. Barry começa a entrar em pânico, dizendo que precisavam voltar. O Superman o impede, mas seu corpo começa a brilhar em vermelho. Ele sente algo de errado. Enquanto a Supergirl o segurava, ele o implorava por ajudá-lo. Ele desaparece e é substituído por Lex Luthor, assustando a todos. Ele diz que está feliz por ser plano ter funcionado, e que havia substituído o Superman como  "Paragon da Verdade". Ele admite que havia roubado uma página do Livro do Destino e alterado a realidade, decidindo escrever seu nome ao invés o de Superman. Agora, ele é uma das sete pessoas vivas no universo.

Elenco

Estrelando

Aparição especial de

Estrelas convidadas especiais

Convidados especiais

Apresentando

Não creditados

Produção

As gravações para Crise nas Infinitas Terras começaram em 24 de Setembro de 2019.[2]

Curiosidades

  • Anteriormente, o episódio foi chamado de "Crisis on Infinite Earths: Hour Three".[3]
  • Esta é a segunda vez que um personagem faz um sacrífico para salvar a vida de outro. O primeiro foi H.R. Wells, que sacrificou sua vida para salvar Iris de ser morta pelo Savitar.
  • Dina Meyer possuí um papel não creditado como Bárbara Gordon/Oráculo da Terra-203, dublando sua personagem no início do episódio.
  • Quando estava absorvendo a energia do Canhão de Antimatéria, Jefferson estava recitando o lema de sua escola.
  • Barry dizendo à Iris que iria correr de volta para ela é uma referência a música "Runnin' Home to You".
  • Nevasca dizendo que "este é o primeiro crossover" de Ralph é uma piada e quebra à quarta parede, referenciando ao fato que este é o primeiro crossover de Hartley Sawyer.
  • Lúcifer errando o nome de Constantine é uma referência aos quadrinhos, já que aquela é a pronuncia correta do nome do personagem.
  • Kara segurando o Clark da Terra-96 enquanto morre é uma referência à história da Morte do Superman em Superman #75.
  • Ao fim do episódio, os personagens sobreviventes possuem algumas semelhanças:
  • Tom Ellis filmou seu cameo no crossover antes da quinta temporada de Lúcifer começar suas gravações.

Referências

  1. "CW divulga sinopses de três capítulos de “Crise nas Infinitas Terras”" - O Vicio
  2. Marc Guggenheim (@mguggenheim) - Twitter (em Inglês)
  3. Paula Bonucchi (@PaulaBonucchi) - Twitter
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.