Arrowverso Wiki
Advertisement
Para o cientista que teve sua identidade roubada, veja Harrison Wells (Terra-1).

"Esta habilidade de viajar através no tempo me revelou a verdade. Meu destino era me tornar o seu maior inimigo, pois eu nunca seria como o Flash. Então, eu me tornei o reverso de tudo que você é. Quanto mais pessoas você salva, quanto mais você é amado... mais eu tenho que tirar isto de você"
—Eobard Thawne para Barry Allen[fonte]

Professor Eobard Thawne (nascido em 2151),[1] também conhecido como o Flash Reverso, é um antigo velocista meta-humano do século 22, um descendente do falecido Eddie Thawne, um criminoso temporal e o arqui-inimigo de Barry Allen/Flash. Obcecado com o Flash, herói do século 21, Eobard recriou o acidente por trás de seus poderes e acabou se tornando um velocista. No entanto, em sua primeira viagem no tempo, Eobard descobriu que estava destinado a se tornar o pior inimigo do Flash e passou a odiá-lo, tentando provar sua superioridade como Flash Reverso enquanto também se tornava o oposto de seu antigo ídolo. Isso também incluiu criar sua própria versão negativa da Força de Aceleração usando emoções e energia negativa, o que permitiu que ele viajasse no tempo sem ser notado pelo Flash. Desde então, os dois velocistas passaram a se enfrentar por muitos anos, mas nenhum deles era rápido ou forte o suficiente para derrotar um ao outro.

Ao descobrir a identidade secreta do Flash, Eobard viajou no tempo para matar Barry quando criança e apagar seu inimigo da existência, mas seu plano foi frustrado pelo Flash de 2024, que levou sua versão mais jovem para outro lugar. Enfurecido, Eobard matou Nora Allen e culpou Henry Allen pelo crime, e acabou sendo chamado de "Homem de Amarelo" pelo jovem Barry após o incidente. No entanto, a conexão de Eobard com a Força de Aceleração começou a falhar, prendendo-o no século 21. Percebendo que Barry era sua única forma de voltar para casa, Eobard matou Harrison Wells e assumiu sua identidade como diretor dos Laboratórios S.T.A.R., onde passou a criar o acelerador de partículas para garantir que Barry se tornasse o Flash. Se passando por Wells, Eobard ensinou o Flash e se tornou o líder de uma equipe que reuniu para ajudá-lo impedir ameaças meta-humanas, afim de aprimorar a velocidade de seu protegido para que pudesse usá-lo para voltar ao futuro. Quando seu plano foi exposto e consequentemente arruinado, Eobard foi apagado da existência depois que seu ancestral, Eddie, se matou para impedi-lo.

Um ano depois que Eobard foi apagado da existência, Barry preveniu que ele matasse Nora, criando o Ponto de Ignição e mantendo-o preso por meses. Ao perceber seu erro, Barry libertou Eobard, permitindo-o matar Nora novamente para restaurar a linha do tempo. Como resultado de ser tirado da linha do tempo, Eobard foi poupado de seu destino e continuou a existir como um resquício do tempo, enquanto suas ações originais permaneceram intactas. Devido ao seu estado nulo de existência, ele passou a ser caçado pelo Flash Negro, forçando Eobard a procurar a Lança do Destino para restaurar sua existência natural. Incapaz de encontrar o objeto e despistar seu caçador ao mesmo tempo, Eobard formou uma aliança de vilões. Eventualmente, Eobard e seus aliados encontraram a Lança do Destino, usando-a para reescrever a realidade ao seu favor. Apesar de seu sucesso inicial, o plano de Eoabrd foi estragado pelas Lendas depois que eles tiraram os poderes de Eobard, e o velocista foi logo morto pelo Flash Negro.

Alguns anos depois, Eobard retornou misteriosamente como um aliado do Novo Reich da Terra-X. Originalmente, ele tentou ajudar o Fuhrer daquele universo a realizar um transplante de coração em Overgirl. No entanto, quando a derrota do Reich se tornou inevitável, o Flash Reverso abandonou seus aliados.

Em 2034, Eobard foi preso na ala meta-humana de Iron Heights, onde seus poderes foram bloqueados pela adaga de Cicada. Em 2049, ele começou a ensinar Nora West-Allen, afirmando para a garota que queria deixar um legado menos vilanesco antes de sua execução. No entanto, o verdadeiro motivo dele ajudar Nora era para que ela viajasse no tempo e destruísse a adaga, o que resultaria em sua liberdade. Depois que a adaga foi destruída, Eobard foi libertado momentos antes de sua execução. Ele enfrentou Nora e Barry brevemente, mas Nora começou a ser apagada da existência. Quando os dois correram para a Força de Aceleração Negativa para salvá-la, por sugestão do próprio Eobard, ele fugiu.

Depois da Crise nas Terras Infinitas e a criação de um novo multiverso, o espírito de Eobard foi colocado na mente de Harrison Nash Wells junto com os outros Harrison Wells do multiverso pré-crise. Como o corpo de Eobard na Terra-1 era o de Harrison Wells, ele teve facilidade para possuir Nash. Depois de possuí-lo, Eobard tentou fugir de volta ao futuro para recuperar sua velocidade, mas foi impedido por Barry. Com a ajuda de Cecile Horton, Barry e Cisco conseguiram expulsar a consciência de Eobard do corpo do Nash como táquions negativos.

Meses depois, para ajudar Barry a impedir August Heart, a Força de Aceleração reconstruiu o corpo de Eobard para ajudar o Flash a derrotar Godspeed, e Eobard então se aliou ao seu arqui-inimigo para vencer uma ameaça em comum. Ao derrotar seu adversário, e vendo que Barry estava mais rápido que ele, Eobard fugiu, prometendo voltar outro dia.

Mais tarde, Eobard criou a Força Imóvel Negativa, permitindo que ele viajasse no tempo e a manipulasse/alterasse para sua vontade. Usando isso, ele passou a causar o caos na vida de Barry na tentativa de fazê-lo se tornar insano. Ele também matou Joe West e usou o rosto de Barry para atacar Central City, além de matar Barry quando criança. Com isso, Eobard criou o Ponto de Ignição Reverso, onde ele tinha a vida perfeita de seu arqui-inimigo. No entanto, seu plano foi frustrado novamente quando Barry (após fugir de Despero) foi à 2031 e desfez a linha do tempo alternativa com a ajuda de Damien Darhk. Quando a linha do tempo foi desfeita, Eobard começou a ser apagado da existência, e nem mesmo sua conexão com a Força de Aceleração Negativa poderia salvá-lo. Como resultado, ele pediu a ajuda da Equipe Flash. Inicialmente, o grupo esteve disposto a deixá-lo morrer, mas chegaram a uma outra ideia. Barry decidiu salvar a vida de Eobard destruindo sua conexão com a Força de Aceleração Negativa, prevenindo-o de ser apagado e também perdendo sua velocidade. Depois disto, ele foi enviado para uma prisão da A.R.G.U.S..

Uma outra versão de Eobard Thawne foi transformado no protetor de um ponto fixo no tempo, tendo sido ressuscitado pelos Fantasmas do Tempo após sua morte pelo Flash Negro. Ele foi colocado em 1914 para garantir que Franz Ferdinand fosse executado, que resultaria na primeira Guerra Mundial. Após ter sido reeducado e perdido seus poderes, Eobard percebeu que a linha do tempo não deveria ser alterada. Depois de se encontrar com Sara Lance, Eobard concordou em ajudar as Lendas em chamar a atenção da Waverider ao alterar as circunstâncias da morte do Arquiduque. Quando o plano das Lendas deu errado, Eobard foi morto pelo clone robô de Sara Lance. Seu papel como o protetor do ponto fixo foi substituído pelo clone robô de Nate Heywood.

Índice

Biografia

Pré-Crise

Vida pregressa

Sendo parte de uma linhagem familiar com políticos, cientistas e capitães da indústria, Eobard Thawne nasceu no ano de 2151. Um membro distinto dentro de sua própria família, seu primeiro nome, "Eobard", aparentemente o deixava mais distinto de todos.[2] Em sua infância, Eobard aprendeu astro-navegação na escola primária, e cresceu em uma época na qual vacas estavam extintas.[1][3] Eobard também aprendeu muito sobre a história de sua família, incluindo a de Eddie Thawne, apesar de não terem indícios da existência dele. Por conta disto, Eobard considerou seu ancestral como o fracasso de sua família.[2] Em sua vida adulta, Eobard se tornou um cientista, e eventualmente entrou para uma unversidade como professor e passou anos tentando desvendar os mistérios da Força de Aceleração.[3][4][5] Em algum momento, ele também criou uma arma anti-velocista.[3][6]

O Flash, o maior ídolo de Eobard, acabou se tornando seu maio arqui-inimigo.

Depois de passar anos desvendando os segredos da Força de Aceleração, Eobard descobriu a existência do Flash, um herói que operou em Central City no século 21, e passou a idolatrar o velocista, se tornando tão obcecado com o mesmo que desejou a se tornar igual a ele. Após anos de pesquisa, Eobard descobriu como seu ídolo ganhou super poderes e recriou o acidente que concedeu as habilidades de velocidade sobre-humana ao seu ídolo; como resultado, Eobard se tornou um meta-humano velocista e ganhou super-velocidade, além do poder de viajar no tempo. Ele também criou, ou encontrou em algum lugar, um traje semelhante ao do Flash, mas com cores opostas. Usando seus poderes, Eobard, de algum modo, aprendeu como usar seus poderes para viajar no tempo, e viajou até um momento desconhecido no século 21. Para sua infelicidade, ele descobriu que estava destinado a se tornar o "Flash Reverso", o arqui-inimigo do Flash.

Desprezando e odiando o Flash com cada fibra de seu corpo, Eobard ganhou um novo objetivo em sua vida; provar sua superioridade como velocista, indiretamente cumprindo seu destino enquanto ele se tornava insano para provar ao Flash que ele era melhor em todos os aspectos possíveis. Ele jurou que cada vida que o Flash salvasse, Eobard iria matar cada vez mais.[5] Em algum momento, Eobard, ainda focado em sua obsessão de se tornar o oposto do Flash mas também por seu desejo de viajar no tempo sem ser detectado pelo herói, criou a Força de Aceleração Negativa.[7] Em algum momento de suas viagens no tempo, ele se tornou o proprietário de Gideon, uma inteligência artificial programada pelo seu antigo ídolo, e começou a procurar por vários momentos da história para descobrir onde o Flash ainda operava como herói.[5]

Lutando contra o Flash

Busca pelo Velocista Escarlate

Presumivelmente em algum momento em 2180 ou 2190, depois de descobrir que estava destinado a se tornar o arqui-inimigo do Flash, Eobard começou a viajar no tempo na procura de uma época no qual o herói ainda estava em operação, mas suas buscas se tornaram inúteis. Eventualmente, ele acabou viajando para o ano da origem do Flash, onde começou sua guerra pelo tempo com o herói.[5]

Primeiro encontro

Eobard perguntando para Gideon onde ele está.

O Flash Reverso acabou indo parar em Central City, janeiro de 2016.[4] Depois que Gideon confirmou sua localização no tempo, ele começou a procurar pelo Flash. Eobard fez com que um caminhão perdesse o controle e batesse contra um prédio para chamar a atenção do Flash, o que funcionou. Feliz por ter encontrado o momento exato de uma era na qual o Flash estava em atividade, Eobard planejou voltar para casa e começar a preparar o próximo passo de seu plano. Ele invadiu uma das instalações do Laboratório Mercury e procurou por um equipamento que iria ajudá-lo voltar ao futuro. No entanto, Eobard não conseguiu recriar a fonte do protótipo táquion, e então ele procurou a Dra. Tina McGee.

Invadindo seu Laboratório e matando seus guardas, ele confrontou Tina, mas foi interrompido pela chegada do Flash. O Flash Reverso ficou surpreso quando Flash se dirigiu a ele por seu nome verdadeiro, notando que ele e o Velocista Escarlate já haviam se encontrado em algum momento, descobrindo também que havia sido morto. Porém, Eobard agradeceu Barry por revelar seu destino, e disse-o que agora sabia o período do tempo de onde o Flash era originário e que logo iria morrer. Ele nocauteou o herói e sequestrou Tina.

Quando mostrou seu dispositivo, Tina relembrou de quando "o homem no traje amarelo" tentou roubar outro dispositivo táquion no ano anterior. Ao ouvir isto, Eobard percebeu que ele deve ter ficado preso no passado em algum momento no futuro, sendo incapaz de utilizar a energia da Força de Aceleração para retornar. Eobard demandou que Tina acelerasse as proporções energéticas do dispositivo de táquion. Mas quando Tina demonstrou suas dúvidas, Eobard vibrou sua mão e disse calmamente para ela fazer ou morrer.

Linha do tempo vibrada: Após Tina finalizar o dispositivo, Eobard matou-a e utilizou o aparelho para retornar a sua linha do tempo. Por conta de Cisco vibrar esta linha do tempo com 3 horas e 52 minutos de antecedência, o Flash foi capaz de localizá-los.

O primeiro confrontod do Flash Reverso com o Flash.

Linha do tempo alterada: Após Tina finalizar seu serviço, Eobard estava pronto para matá-la quando o Flash chegou, derrotou-o e destruiu a máquina. Inabalado com a sabotagem de seu inimigo em sua viagem para casa, Eobard disse que encontraria outra maneira de viajar para o futuro e se gabou de sua superioridade em relação ao Flash antes de lançar um desafio para pegá-lo. O Flash Reverso e Flash começaram a correr pelas ruas de Central City, mas o Flash conseguiu antecipar seu caminho e o interceptou, culminando com a vitória do herói. Flash começou a golpeá-lo quase até a morte, em um acesso de raiva por suas ações futuras. Apenas relutantemente se impedindo de dar um golpe mortal, Flash o nocauteou e o colocou no pipeline dos Laboratórios S.T.A.R..

Enquanto preso, Eobard conheceu Cisco Ramon e deduziu que seu eu futuro teve uma história com o engenheiro. Em seguida, o Flash (sem sua máscara, mas nas sombras) apareceu diante seu inimigo. Eobard explicou sua obsessão e seu desejo de se tornar seu ídolo, tanto que passou anos descobrindo como ganhar seus poderes e poder replicá-los. Porém, ele revela que descobriu que estava destinado a se tornar o maior rival do Flash. Ele então jurou fazer o reverso das ações do Flash, para cada pessoa que o Flash salvava, Eobard mataria.

Momentos depois, outro indivíduo aproximou e Eobard notou que ser preso havia causado uma ruptura na linha temporal. Porém, Eobard duvidou que o indivíduo soubesse de como enviá-lo de volta para o futuro sem o dispositivo táquion de Tina. Fascinado com tamanha inteligência, Eobard questionou o nome do homem, mas ele recusou-se em revelar sua identidade.

Flash Reverso e Flash prestes a correrem ao redor do acelerador de partículas.

Eobard foi solto de sua cela e informado pela Equipe Flash de haver outro método de enviá-lo ao futuro, na onde o Flash e Eobard correriam em alta velocidade para criar um buraco de minhoca na onde Eobard atravessaria. Eobard também se vangloriou em vencer novamente, zombando do passado, por todas as suas ações futuras. Enquanto se preparavam, Eobard prometeu que se encontrariam novamente e Flash concordou, mas também prometeu detê-lo todas as vezes, e o Flash e o Flash Reverso então começaram a correr em torno do anel do acelerador de partículas. Depois de ganhar velocidade suficiente, o buraco de minhoca foi criado e o Flash lançou o Flash Reverso através do portal e Eobard retornou com sucesso ao seu próprio tempo.[5]

Guerra no passado

Após seu primeiro encontro com o Flash, Eobard continuou a voltar no tempo múltiplas vezes, voltando sempre ao século 21 para lutar contra seu antigo ídolo. Os dois velocistas se enfrentavam em várias épocas diferentes do tempo, mas nenhum conseguia derrotar seu adversário,[1] apesar de Eobard acreditar que ele sempre esteve um passo à frente de seu inimigo. Eobard afirmou que eles "estavam nisso há muito tempo"[8] e de acordo com o Flash, ele descreveu suas lutas como se estendendo ao longo de séculos, o que implica que Flash também pode ter lutado contra o Flash Reverso em seu próprio tempo. O que quer que acontecesse, Eobard sentia como se "nada está perdoado"[9] e às vezes ponderava "qual de nós está certo" em odiar o outro (sendo a possível razão de Flash para odiá-lo por ações futuras que Eobard ainda tinha que cometer). Embora Eobard odiasse Flash durante a guerra, ele parecia ter algum respeito por seu arqui-inimigo, reconhecendo seu antigo ídolo como um herói veterano e um indivíduo inteligente que não usaria a viagem no tempo por motivos egoístas ou tolos, ao contrário de si mesmo.[10]

Eobard descobriu o destino de Cisco como o super-herói "Vibro".

Durante sua viagem no tempo, Eobard descobriu sobre o "grande e honroso" destino de Cisco como o super-herói Vibro.[1] Adicionalmente, Eobard também soube de outros grandes inimigos que o Flash já enfrentou; tais como Clifford DeVoe/Pensador, Savitar e David Hersch/Cicada. Ele também se considerava um grande fã do "trabalho do "Pensador",[11] e chamava Cicada como "aquele que conseguiu escapar".[12] Além de vilões que o Flash já enfrentou, Eobard também descobriu a existência de outros grandes heróis do século 21; tais como o vigilante Oliver Queen/Arqueiro Verde de Star City, que havia morrido aos 86 anos em sua linha do tempo,[13] e também das diversas pessoas que já assumiram a identidade de Canário Negro. Ele também informou a Felicity Smoak que não havia nada a respeito dela no futuro.[14]

Assim como outros velocistas, Eobard teve ao menos um encontro com os Fantasmas do Tempo, criaturas a quais ele passou a temer, e começou a tentar seu melhor para evitar chamar a atenção deles, já que nenhum velocista havia descoberto como era possível matá-los. Devido ao perigo que os Fantasmas do Tempo representava, Eobard se tornou mais estratégico com sua alterações na linha do tempo.[15] Em algum momento, Eobard também se tornou ciente da existência de outras velocistas (ou, ao menos, deve ter se encontrado com uma delas) tais como Jesse Quick, Libby Lawrence e Danica Williams.[15]

Por motivos desconhecidos, o Flash Reverso lutou contra Clark Kent/Superman.

Em algum momento em sua linha do tempo pessoal, Eobard aprendeu a como viajar pelo Multiverso. Ele também soube da existência de Hunter Zolomon/Zoom (da Terra-2)[12] e do herói Jay Garrick/Flash (da Terra-3),[3] isso pode ser atribuído ao reconhecimento de um certo elmo.[1] Eobard também passou a estudar as diversas sósias de Harrison Wells pelo multiverso; como a versão da Terra-1, que foi o responsável pela criação de meta-humanos em 2020,[16] Harry Wells[17] e Harrison Sherloque Wells.[18] Por motivos desconhecidos, o Flash Reverso viajou à Terra-38 e lutou contra Clark Kent/Superman. Eobard admitiu que o Homem de Aço era rápido, mas ele era muito mais. As circunstâncias de sua luta nunca foram reveladas.[14]

Eventualmente, em algum momento, Eobard descobriu o nome verdadeiro de seu arqui-inimigo: Barry Allen. Ele então começou a estudar bem de perto a família de Barry; como seus pais, Henry Allen e Nora Allen,[1] assim como sua esposa Iris West-Allen[2][10] e a filha de Barry e Iris (que, nessa linha do tempo, era chamada Dawn). De alguma forma, ele também descobriu que Savitar era uma versão alternativa de Barry, e achou tal ironia engraçada, e passou a apelidá-lo de "cara de pizza".[12] Eobard então começou a planejar seu último plano para derrotar o Flash, que seria matar seu antigo ídolo quando criança.[1] Mas antes que pudesse fazer isto, Eobard desejava ter um último confronto contra seu arqui-inimigo.

Crise de 2024

O Flash Reverso viajou para 25 de abril de 2024, à meia-noite, e lutou contra o Flash, Arqueiro Verde, Átomo e Mulher-Gavião nas ruas de Central City, causando a maior destruição que a cidade já havia visto. A luta também de alguma forma fez com que o céu ficasse com uma cor carmesim profunda. A luta fez com que vários caminhões vazassem seu conteúdo nas ruas e causou perda de energia em 20 quarteirões da cidade. Os velocistas então começaram a lutar por dois caminhões-tanque capotados, e o raio emitido fez com que o óleo de um deles pegasse fogo. Enquanto soavam por fumaça, os dois velocistas tiveram uma conversa muito acalorada sobre um assunto desconhecido antes de acelerar, deixando o Arqueiro Verde, o Átomo e a Mulher-Gavião para trás. Os dois então continuaram sua luta para cima e para baixo em uma avenida desconhecida antes que Flash e ele desaparecessem sem deixar vestígios em uma explosão de luz.[9]

De acordo com um jornal publicado por Iris em 2049, algumas fontes afirmaram que o Flash Reverso estava controlando um exército de demônios das sombras. Eles também contaram que durante a batalha, o Flash foi auxiliado por outros heróis como Batwoman, Supergirl e o Homem-Elástico.[19]

Viajando para 2000

Flash Reverso e Flash se enfrentando em 2000.

Durante a explosão de luz, Eobard voltou no tempo para a noite de 18 de março de 2000,[20] com o objetivo de assassinar Barry, de 11 anos, e apagar seu inimigo da existência como ele havia planejado antes, mas ele foi perseguido pelo Flash de 2024, atrapalhando seus planos. Os dois lutaram dentro da casa Allen ao redor de Nora, cada um acertando golpes sólidos um no outro, mas suas habilidades eram razoavelmente iguais. Quando Barry de 11 anos entrou na sala, o Flash Reverso avançou para matá-lo, mas Flash interveio e transportou sua versão mais jovem para um lugar seguro a 20 quarteirões de distância, para indignação de Eobard. No entanto, o Flash Reverso rapidamente teorizou outra maneira de atingir seu objetivo: matar Nora e incriminar Henry pelo crime na esperança de que tal tragédia traumatizasse Barry o suficiente para atrapalhar o destino de seu inimigo, e ele estaria livre para retornar a um futuro sem o Flash.[1]

Vida como Harrison Wells

Preso no passado

Eobard fica preso no passado.

O Flash Reverso pegou uma faca e esfaqueou Nora no coração, deixando-a para morrer, e fugiu da cena do crime para retornar a sua época, na onde esperava não haver mais um Flash. Porém, sua conexão com a Força de Aceleração foi interrompida. Após Gideon confirmar que seus poderes estavam em conflito por conta de sua última viagem, Eobard notou que agora estava preso no século 21 sem um modo de voltar para sua casa.

Ele logo notou que sua conexão instável com a Força de Aceleração era por causa de Barry. Por isto, se o Barry não se tornar o Flash, Eobard nunca se tornaria o Flash Reverso no futuro. Com esta revelação, Eobard percebeu que Barry precisava se tornar um velocista para poder retornar a sua época. Por isto, ele viajou à Starling City para observar Harrison Wells e Tess Morgan, sabendo que o casal, em 2020, criaria um acelerador de partículas, dando Barry acesso a seus poderes. Eobard planejou utilizar a reputação de Wells, assim como seu conhecimento do futuro, para criar o acelerador de partículas o mais rápido possível.[16] Ele espionou Harrison em um encontro com Tess, onde ele contava sobre seus planos para a criação dos Laboratórios S.T.A.R..

Se tornando Harrison Wells

Eobard roubando a aparência de Harrison Wells.

À noite, Eobard causou um acidente de carro, automóvel na onde Harrison e Tess estavam. Enquanto Tess morreu no acidente, Eobard arrastou Harrison para fora do veículo e utilizou um dispositivo para replicar a aparência de Wells em si mesmo, na qual o DNA de Harrison tornou-o uma duplicada em um nível genético. Durante o processo, o Harrison verdadeiro morreu[16] e Eobard enterrou seu corpo em um lugar próximo, assumindo o local de Wells no carro.[21] Quando a polícia encontrou-o, Eobard se apresentou como Harrison Wells.[16] Eobard disse as autoridades que o acidente ocorreu por conta de um problema em seu veículo, e deixando o assassinato do verdadeiro Harrison em segredo. Eobard se mudou para Central City, para continuar com seu plano de construir o Laboratório S.T.A.R. lá para garantir que Barry receberia seus poderes. Eobard também clamava que decidiu não mudar para Starling City, dizendo que isto relembrava-o de Tess.[21][22]

Eobard dedicou sua vida para construir o Laboratório S.T.A.R. e seu acelerador de partículas, utilizando seu conhecimento e tomando precauções para que seu plano funcionasse, também observando Barry através de sua vida, colocando câmeras em toda Central City para observá-lo.[9] Eobard passou a gostar do Big Belly Burguer, afirmando que isto havia sido um dos motivos para ficar no século 21, já que as vacas estavam extintas em sua época; porém, ele odiava viver neste século, citando que os seres deste momento eram "bárbaros".[1]

A sala secreta de Eobard.

Durante a construção do Laboratório S.T.A.R., Eobard construiu uma sala secreta, onde seus pertences estavam, incluindo a Gideon, programa na qual utilizava para atualizar-se sobre os eventos futuros, incluindo um artigo de um jornal escrito por Iris sobre a crise de 2024.[23] Este artigo era usado como um prazo para o tempo restante que Eobard tinha para aproveitar a velocidade de Barry, e Eobard ainda usou o artigo para controlar a linha do tempo, e se alguma mudança acontecesse, ele poderia tomar as medidas necessárias para colocar a linha do tempo de volta no caminho certo para seu próprio bem.[23][24] Nessa sala secreta, Eobard mantinha seu traje escondido dentro da parede.[8][25] Eobard também possuía uma mansão, mas não deixava seus pertences do futuro lá por motivo de segurança.[26]

Após isto, ele começou as construções do acelerador de partículas, fazendo alterações para garantir que a matéria escura se espalhasse sobre Central City com o objetivo de criar um raio que acertaria Barry e liberaria seu acesso para a Força de Aceleração, não se importando se outras pessoas tornariam-se meta-humanos ou se morreriam.[26] Para garantir a cooperação de Barry quando a hora chegasse, ele construiu o acelerador para agir como uma máquina do tempo que Barry (quando rápido o suficiente) poderia usar para voltar e impedir a morte de Nora, enquanto Eobard poderia retornar ao seu tempo no buraco de minhoca deixado para trás. Para explicar a possibilidade da velocidade crescente de Barry contra ele, Eobard planejava explorar a velocidade de Barry apenas quando ele fosse rápido o suficiente para viajar no tempo nem um segundo depois, dando-lhe oportunidade suficiente para matar Barry, se necessário.[1] Para motivar Barry quando a hora chegasse, Eobard começou a trabalhar em diversos métodos para restaurar sua conexão com a Força de Aceleração, assim, dando-lhe velocidade significativamente mais rápida do que em comparação com as habilidades então novatas de Barry. Mas por conta de sua conexão instável, estas soluções seriam temporárias e desapareceriam, deixando-o sem poderes.[8][26]

Eobard então começou a observar a vida pessoal de Barry como uma "influência invísivel". Apesar de, inicialmente, observá-lo com ódio (sabendo do que aconteceria no futuro), Eobard passou a gostar da versão mais jovem de Barry (já que ele odiava a versão futura que ele viria a se tornar).[9] As ações de Eobard tiveram profundo impacto na vida de Barry, como suas ações como o "homem em amarelo" (um nome alternativo dado ao Flash Reverso antes do alter-ego verdadeiro de Thawne ser revelado) e sua personificação de Harrison Wells. Como o primeiro, este tornou-se o grande medo de Barry e o fez tornar-se um perito CSI no Departamento de Polícia de Central City, esperando provar a inocência de seu pai. Como Wells, Barry idolatrava Eobard, obcecado com o mesmo mesmo sem conhecê-lo. Eobard também observou seu ancestral Eddie Thawne, tomando precaução para garantir que Eddie continuasse com sua linhagem.[2]

Como Wells, Eobard conheceu diversos CEOS, tais como Simon Stagg e Robert Queen.[27][28] Ele sabia que Simon não era um filantropista, mas sim um homem corrupto e ganancioso.[27] Eobard conheceu Robert em um evento de caridade, onde eles também conversaram a respeito de Oliver.[28] Eobard também pensou em Felicity em sua busca por jovens mentes promissoras para ajudá-lo em seu trabalho, pois previu as "grandes coisas" de Felicity,[29] e também se tornou amigo de uma versão mais jovem de Tina, apesar dela sentir que havia algo diferente em "Wells" após a morte de Tess.[30] Em algum momento após Thomas Snow fingir sua morte, ele se manteve em contato com diversos cientistas, incluindo Eobard, que criou uma conexão de câmeras entre os Laboratórios S.T.A.R. até a instalação no qual Thomas se escondia no Polo Norte.[31]

Para a segurança de Grodd, Eobard encerrou seu acordo com o General Eilling.

Em 2004, o General Wade Eiling questionou Eobard se ele estaria interessado em, juntos, criar um projeto de super-soldados com habilidades, na qual Eobard aceitou. Trabalhando no Laboratório S.T.A.R., Eobard adotou Grodd, um gorila de estimação na qual Grodd via Eobard como seu "pai". Em 2009, Eobard descobriu que Eiling esteve utilizando Grodd como cobaia para o projeto, assim como torturando o animal durante. Quando descoberto, Eobard entrou em discussão com Eiling e cancelou o projeto, mas ainda tinha "grandes planos" para Grodd.[32]

Em algum momento em 2011, Eobard contratou Caitlin Snow, Ronnie Raymond e Hartley Rathaway como funcionários no Laboratório S.T.A.R., onde tornou-se próximo de Hartley durante a construção do acelerador de partículas. Os dois se conectaram através de atividades, como jogos de xadrez, e Hartley era a única pessoa além de Eobard que sabia falar em latim.[26] Ele também contratou Arthur Light, um homem que desenvolveu uma arma letal. Porém, Eobard o demitiu por sua aparente insanidade em 2012.[33]

Em 2013, Eobard encontrou uma versão mais jovem de Cisco Ramon e o contratou, sabendo dos talentos de engenharia do rapaz baseando-se em seu encontro com a versão de Ramon em 2016, e começou a se aproximar do garoto com o desgosto de Hartley. Eobard garantiu que a amizade entre eles continuaria o mesmo.[26] Porém, quando Hartley percebeu que o acelerador de partículas poderia explodir, Eobard o demitiu e ameaçou destruir sua carreira caso Rathway dissesse algo para alguém.[26] Após a demissão de Hartley, Eobard se aproximou mais de Cisco, começando a vê-lo como seu filho.[34]

Explosão do acelerador de partículas

Eobard celebrando a finalização do acelerador de partículas dos Laboratórios S.T.A.R..

Em 11 de dezembro de 2013,[35] Eobard realizou um evento onde ligaria o acelerador de partículas. Ele começou a falar no palco, dizendo que o acelerador iria criar um futuro mais brilhante, trazendo avanços em medicina, assim como a física.[12][23][36] Ao abrir as perguntas ao público, Marlize DeVoe questionou-o se Eobard havia planejado as consequências após a ativação do acelerador. Eobard reconheceu o sobrenome "DeVoe", e percebeu que Clifford estava ali também. Ele disse que era um grande fã do "trabalho" de DeVoe, sugerindo sutilmente o futuro do homem como um dos maiores inimigos do Flash, e desejou boa sorte a Clifford.[11]

Depois da conferência, Eobard voltou ao córtex, onde Cisco o alertou sobre uma tempestade que se aproximava. No entanto, Eobard garantiu a ele que aquilo não afetaria a ativação do acelerador.[36] Conforme se movimentava para ligar o acelerador, Eobard sentiu que havia algo errado. Suas suspeitas provaram-se corretas, já que uma versão do Flash (de 2018) e sua filha haviam viajado até 2013 e entrado nos Laboratórios S.T.A.R.. Eobard saiu e foi até o Cofre do Tempo, onde os dois velocistas tinham vibrado para dentro. Antes que pudesse investigar, Cisco e Caitlin apareceram. Depois que Caitlin saiu, Eobard disse para Cisco que ele iria realizar "grandes coisas" no futuro. Eles então voltaram para o córtex.[12] O acelerador então foi ligado, e enquanto a equipe celebrava, o dispositivo começou a agir estranhamente, como líquidos voando pelo ar e um grande barulho vindo do acelerador. Eobard enviou Ronnie e Cisco para desligarem o acelerador manualmente antes que algo acontecesse.

Eobard, Caitlin, Cisco e Ronnie tentando estabilizar o acelerador.

Após Ronnie ser sido aparentemente morto, Cisco pediu para que Eobard descesse à câmara. Eobard foi até lá, mas antes foi ao Cofre do Tempo para garantir que Barry havia sido atingido por um raio. Quando ver que seu plano funcionou, Eobard se alegrou.[36] A onda de energia de Eobard resultou na explosão que criou diversas meta-humanos, levando também a morte de 16 pessoas.[24] Além de Barry, Eobard também foi garantir que Grodd fosse afetado pelo acelerador combinado com as drogas de Eiling, injetados no animal anos antes, para transformá-lo em um gorila super-inteligente que havia escapado de sua jaula.[2] Eobard também suspeitava que Cisco havia sido afetado pela matéria escura (presumivelmente devido a sua interação com o Cisco de 2016), mas nunca pôde confirmar suas suspeitas pois Cisco não demonstrou ter adquirido poderes.[1]

Após a explosão, Eobard foi levado até o Hospital de Central City. Ele foi diagnosticado pela Dra. Vanessa Ambres, dizendo que ele estava paralisado de sua cintura para baixo. Enquanto era examinado, ele observou o corpo de Barry entrar no hospital.[12] Então, Eobard começou a fingir estar paralisado de sua cintura para baixo, prevenindo-o de ser suspeito de suas futuras ações como o Flash Reverso, e também utilizando uma cadeira de rodas com uma máquina conectada com a Força de Aceleração, onde faria-o se tornar mais rápido que Barry,[13]

Eobard considerando matar Barry.

Após Barry ser posto em um coma por ter sido acertado por um relâmpago, a condição de Allen tornou-se critica. Eobard convenceu Joe West (pai adotivo de Barry) em permiti-lo levá-lo ao Laboratório S.T.A.R.. Porém, Joe nunca confiou completamente em Eobard e soube que algo não estava certo, mas ignorou seu sentimento para poder ver seu filho acordado mais uma vez. Enquanto Barry estava no Laboratório, Eobard comentou um dia como era divertido ver como Barry estava desamparado e como seria fácil matar seu futuro inimigo naquele momento. Ele também observou a ironia de voltar a matar e agora precisava garantir que a existência de Barry para que pudesse retornar ao seu tempo, e notou como era interessante ver Barry crescer. Porém, Eobard afirmou que nada estava perdoado, e que um dia Barry morreria por suas mãos.[9]

Por conta do fracasso do acelerador, a reputação do Laboratório S.T.A.R. foi manchada, e Eobard ordenou que sua filial em Starling City fosse fechada e seus objetos movidos a Central City. Eobard enviou Caitlin e Cisco para verificarem o inventário, quando ambos foram atacados por um membro do exército do Exterminador.[33]

Identidade exposta

Eobard e Cisco assistindo um filme.

Eobard e Cisco passaram um tempo juntos no Laboratórios S.T.A.R. assistindo a filmes antigos de Buster Keaton. Cisco se surpreendeu por Eobard nunca ter visto nenhum filme de Keaton, com Eobard comentando sarcasticamente que eles devem ter saído antes de seu tempo. Ele então aprovou o pedido de Cisco em fazer uma lista de filmes que ele tinha que assistir. Eobard relembrou Cisco do aniversário de Dante Ramon, mas ele não queria ir, afirmando que sua vida havia melhorado após parar de vê-lo. Apesar de Eobard ter se entristecido pelo distanciamento de Cisco com sua família, os dois foram interrompidos por um alerta de invasão no necrotério da cidade. Eobard ficou confuso do motivo de alguém invadir um necrotério.

Linha do tempo original: Quando Barry voltou, eles descobriram que Mark Mardon estava vingando a morte de seu irmão. Eobard deduziu que Mark foi afetado pelo acelerador de partículas assim como Clyde. Mais tarde, Barry contou para Eobard que havia se visto enquanto corria ao necrotério. Eobard garantiu a ele que aquilo podia ser uma miragem do tempo ou ilusão, afirmando que iria investigar aquilo logo após que Mark fosse preso. No entanto, Eobard suspeitava que Barry havia visto uma versão futura de si mesmo. Alguns dias depois, Caitlin levou Eobard ao Jitters. Quando Caitlin insistiu que eles ficassem na lanchonete para tomar seu café, Eobard concordou relutantemente, mas notou que ela estava agindo de forma estranha. Enquanto conversavam, Eobard percebeu que Caitlin estava tentando mantê-lo longe dos Laboratórios S.T.A.R.. Ele sugeriu usarem o satélite para tentar localizar Mark e disse para voltarem e alertarem Cisco. Contudo, Caitlin saiu para pedir que lhe entregassem copos para suas bebidas. Eobard (agora tendo certeza que Caitlin estava o distraindo) saiu, deixando sua cadeira de rodas para trás e revelando seu disfarce para ela.

Para proteger seu segredo, Eobard teve de matar Cisco na linha do tempo original.

Quando Cisco tinha acabado de descobrir um holograma usado na noite que "capturaram" o Flash Reverso, Eobard revelou sua verdadeira identidade ao cientista. Eobard revelou a Cisco que sua intenção original era matar Barry quando criança, e não Nora, explicando que estava o treinando apenas como "meio para um fim", já que a velocidade de Barry era a chave para voltar ao futuro. Cisco se voluntariou para ajudá-lo. Eobard notou que ele era esperto, mas não esperto o bastante para ajudá-lo a voltar para sua época. Eobard então vibrou sua mão pelo peito de Cisco, matando o jovem cientista, e em seguida saiu correndo do prédio.[34] Como Barry viajou no tempo pela primeira vez como um acidente, os eventos acima nunca aconteceram e foram substituídos pelos abaixos.

Linha do tempo atual: Barry parou depois de correr, confundindo Eobard e Cisco e lembrou Barry de ir ao necrotério, mas Barry afirmou ter estado lá ontem, confundindo os dois. Quando Barry voltou, todos disseram que Mark era o assassino e em uma vingança para vingar Clyde e Eobard deduziu que Mark foi afetado pelo acelerador de partículas da mesma forma que Clyde foi. No entanto, Barry terminou a frase de Eobard e adivinhou corretamente quase todas as palavras que Cisco e Caitlin estavam prestes a dizer. Com isso, Eobard percebeu que Barry havia de fato viajado no tempo. Depois de saber que Barry havia viajado de volta um dia, Eobard enfatizou a importância de manter a história intacta, o que significa não contar a ele, e disse a Barry para repetir os eventos do dia novamente e para não contar a ninguém ou alterar qualquer coisa. Eobard entrou em contato com Gideon, mas garantiu que o futuro permaneceria intacto.

Barry, no entanto, ignorou o conselho de Eobard e capturou Mark antes que ele pudesse cometer esses crimes. Eobard (zangado por Barry ter alterado o tempo) lembrou a seu aluno que quaisquer tragédias que o tempo evitou, de alguma forma seriam substituídas por outras ainda piores. Eobard fez Barry correr na esteira em uma tentativa de recriar as condições que permitiram a Barry viajar no tempo em primeiro lugar, mas mesmo suas velocidades mais altas não conseguiram. Depois de saber que Leonard havia retornado com Lisa Snart e sequestraram Cisco, Eobard começou a tentar rastreá-la, mas Barry implorou a Eobard para falar sobre o ontem anterior e Eobard concordou relutantemente. Barry afirmou que Mark estava prestes a destruir a cidade e Iris admitiu ter sentimentos por ele. Eobard lembrou a Barry que os sentimentos estavam enterrados nas profundezas da consciência de Iris e permaneceram irrealizados sem as ações de Mark, os poderes de Barry poderiam causar sérios estragos no mundo.

Flash Reverso ameaçando Mason.

Cisco retornou aos Laboratórios S.T.A.R., onde anunciou sua saída da equipe. Ele explicou que havia revelado a identidade de Barry como Flash a Snart, que ameaçou matar Dante. Eobard relembrou Cisco que ele havia feito a escolha certa, já que família era tudo, e ele decidiu continuar na equipe. Mais tarde, o Flash Reverso foi ao Central City Picture News e atacou Mason, que havia escrito um artigo ligndo Wells (Eobard) com a morte de Stagg e o desaparecimento de Eilling. Ao descobrir que sua pesquisa estava em um pendrive, o Flash Reverso matou o jornalista. Para cobrir seus rastros, o Flash Reverso vasculhou o computador do homem, e descobriu que ele estava mesmo investigando sua vida. Ele arrumou o escritório, moveu o corpo de Mason e destruiu as provas. Nos Laboratórios S.T.A.R., Eobard conversou com Barry sobre sua decisão de deixar Snart ir embora. Quando Barry queria perguntar algo, ele hesitou, e Eobard perguntou qual era a pergunta. No entanto, Barry apenas lhe desejou boa noite.[37]

Quando um terrorista conhecido como Trapaceiro atacou um parque jogando bombas disfarçadas de presentes, Eobard ajudou a equipe na busca por um meio de localizar esse novo indivíduo. No entanto, Eobard percebeu que Barry parecia irritado, mas Joe garantiu a ele que Barry estava apenas tendo uma manhã ruim. Mais tarde, quando o Trapaceiro fez outra transmissão, Barry mostrou mais sinais de angústia em relação a Eobard, mas presumiu que deve ser por causa da visita anterior de Barry a James Jesse na prisão que trouxe de volta as memórias da prisão de Henry. Quando o Trapaceiro carregou uma transmissão informando o público sobre uma bomba na cidade e deixou sua localização difícil, Flash não conseguiu encontrar, mas Eobard percebeu que era um truque, mas Flash se recusou a ouvi-lo, para confusão de todos os outros. Eobard estava certo, pois não havia bomba e era uma distração para que o Trapaceiro, agora identificado como Axel Walker, pudesse tirar Jesse da prisão e fazer Henry como refém.

Eobard suspeitando da mudança de personalidade de Barry.

Quando os dois Trapaceiros agiram para envenenar todos em uma arrecadação de fundos realizada pelo prefeito Bellows, Iris ligou para Joe para dar uma pista e Eobard começou a trabalhar no antídoto para o veneno. No entanto, Flash tinha uma bomba colocada por Axel que explodiria se Flash não corresse a mais de 600 milhas por hora ou tentasse removê-la, então Eobard ensinou Barry a passar por um caminhão que separou Flash da bomba. Depois de conseguir frustrar a trama do Trapaceiro, Barry levou Henry aos Laboratórios S.T.A.R. para atender a todos, onde Henry agradeceu a todos por seus esforços, especialmente Eobard. Quando Eobard comentou como Henry era notável e como Barry tinha sorte, Barry disse o mesmo sobre Eobard. No entanto, Eobard sabia que Barry estava começando a suspeitar de quem ele realmente era.[16]

Eobard ajudou Barry a investigar a estranha morte de Lindsay Kang por abelhas, mas foram interrompidos quando Felicity chegou com seu novo namorado, Ray Palmer, que procurava ajuda para montar seu traje. Depois que as abelhas mataram Bill Carlisle, uma das abelhas seguiu Barry até os Laboratórios S.T.A.R.. Enquanto ele, Felicity e Ray estiveram em um jantar com Iris e Eddie, Eobard, Cisco e Caitlin foram os únicos a ficarem para se defender das abelhas. Quando as abelhas avançaram contra ele, Eobard quase quebrou seu disfarce para se defender, mas Barry apareceu bem a tempo. Eles descobriram que aquilo não era uma abelha de verdade, mas sim um robô, e perceberam que todas as vítimas trabalhavam no Laboratório Mercury. Eobard visitou Tina, e sua "antiga amiga" confirmou que as abelhas eram trabalho de Brie Larvan. Enquanto Barry e Ray se uniam para derrotar Brie e suas abelhas, Eobard e Felicity ajudaram os heróis através dos comunicadores.[30]

Eobard segurando uma arma de choque.

Depois que o Flash falhou em alcançar um ladrão que poderia se transformar em qualquer pessoa de qualquer idade, Eobard ficou preocupado que este meta-humano pudesse copiar a imagem de Barry, então este indivíduo pode ser capaz de copiar a velocidade de Barry e dizer a seu protegido para ficar longe de o criminoso. Depois de confirmar a identidade do meta como Hannibal Bates, Barry e Eddie foram atrás de Bates, mas falharam quando Bates (se passando por Eddie) saiu em uma matança. Enquanto isso, Bates (se passando por Barry) se infiltrou nos Laboratórios S.T.A.R. e chegou perto de matar Iris e Caitlin, mas Eobard descobriu a mentira de Hannibal e usou um taser para forçar Hannibal a ficar inconsciente. Depois que Joe e Cisco voltaram de Starling City, Eobard deu seus cumprimentos a Eddie e conversou com Joe sobre a visita, mas Joe questionou por que ele nunca voltou. Eobard mentiu novamente e alegou que era por causa de Tess, mas refletiu que eles tinham uma característica em comum de serem viúvos, e Eobard se ofereceu para tomar outra bebida com Joe algum dia, o que ele concordou.[21]

Eobard retornou à sua sala para uma atualização de Gideon, mas acreditou que tudo estava bem, sem saber que Barry, Cisco e Caitlin estiveram lá segundos antes. Ele ajudou Cisco e Caitlin na construção de um dispositivo para sonhos lúcidos, na qual clamava ser para psicólogos usarem em pessoas com traumas envolvendo meta-humanos. Eobard informou Barry sobre um incêndio, mas o Flash não foi capaz de salvar todos os civis antes que o fogo saísse do controle. Eobard então ensinou Barry a mexer seus braços em alta velocidade, fazendo com que as chamas se apagassem. Após Eobard retornar de uma conferência, Caitlin informou-o que ela e Cisco descobriram como o Flash Reverso "escapou", e Eobard logo percebeu que seu disfarce havia sido descoberto. Eobard enviou Hannibal para fingir-se como Wells e montar a armadilha que a equipe fez para ele, como um método de conseguirem uma confissão do assassinato de Nora. Após Joe matar Bates, Eobard revelou-se e dirigiu-se a equipe através de um comunicador, admitindo ter usado Bates como uma distração. Enquanto Barry e Caitlin expressavam-se sua raiva por Eobard ter arruinado suas vidas, ele disse que entendi sua fúria, mas garantiu que suas ações haviam melhorado suas vidas. Barry, furiosamente, demandou que Eobard o enfrentasse. Thawne negou, porém disse que o enfrentaria logo.

Eobard revelando sua identidade para Eddie.

Logo após a discussão com a Equipe Flash, o Flash Reverso emboscou Eddie e Iris e atacou seu ancestral, que estava prestes a pedir Iris em casamento. Eobard nocauteou Eddie e avançou para matar Iris, mas antes que pudesse fazer algo, o Flash apareceu e ele correu, sequestrando Eddie no processo.[9] Ele o levou até seu segundo esconderijo, localizado abaixo do acelerador de partículas.[2] Ao descobrir que Eddie sabia que ele não era o verdadeiro Wells, o Flash Reverso decidiu revelar sua verdadeira identidade e parentesco com Eddie. Ele respondeu as perguntas que seu ancestral tinha, e afirmou que não tinha o matado apenas por "segurança".[9]

Para distrair a Equipe Flash, Eobard ordenou que Grodd atacasse-os usando qualquer meio necessário, enquanto Eobard construía o dispositivo para recarregar o acelerador de partículas. Eddie continuou questionando as alegações de Eobard, mas Eobard manteve seu orgulho de ser um membro da família. Ele então revelou que a história praticamente não tinha registro de Eddie. Eobard considerava Eddie o único fracasso em sua família, mostrando a seu antepassado o jornal que revela que Iris estaria destinada a se casar com Barry. Mais tarde, Eobard terminou seu dispositivo e ativou o acelerador de partículas.[2] Antes de partir, Eobard tentou se justificar com Eddie, pedindo para refletir sobre sua própria vida e pensar em todas as coisas que a definem e o que faria se tivesse perdido tudo, se simplesmente aceitasse essa nova vida ou recuperasse tudo perdido.

Flash Reverso enfrentando o Flash pelo Laboratório S.T.A.R..

Após o acelerador de partículas ser reativado, o Flash Reverso fugiu do local e foi perseguido pelo Flash, mas libertou Shawna como uma distração para o restante da equipe. Apesar dos esforços de Barry, o jovem velocista foi incapaz de acompanhar o Flash Reverso. Eobard retornou 36 horas depois, quando o acelerador estava pronto para ser reativado, mas Barry o deteu no lado de fora. Eobard comentou que Barry falhou, mas que o jovem foi valente em mover os prisioneiros meta-humanos para um local seguro, e sendo enganado pelo Capitão Frio momentos antes de ser forçado a trabalhar com ele. Quando Barry questionou-o quais eram seus planos, Eobard convidou seu antigo aprendiz para o lado de fora e mostrá-lo. Eobard questionou o plano de Barry em enfrentá-lo novamente, sendo que falhava toda vez que lutavam. De repente, Nuclear e Al Sah-him (Oliver) chegaram. Apesar de ser apenas um, Eobard esteve confiante que pudesse derrotar os três heróis.

Flash Reverso é derrotado pelo Flash, Al Sah-him e Nuclear.

O Flash Reverso e o Flash colidiram, mas Eobard foi capaz de subjugá-lo e enviar o Nuclear para longe, fazendo com que o Velocista Escarlate fosse salvá-lo. Al Sah-him foi capaz de atingi-lo com uma flecha de nanites (cortesia de Ray), resultando nos poderes de Eobard serem bloqueados por um momento. Oliver e Eobard enfrentaram-se em combate corpo-a-corpo, mas quando recuperou sua velocidade, Thawne arremessou-o ao chão e revelou sua morte original aos 86 anos de idade. Preparando-se para matá-lo, Oliver foi salvo pela chegada de Barry. O Flash Reverso e Flash enfrentaram-se por todo o Laboratório S.T.A.R.. Chegando ao telhado, o Nuclear interveio e conseguiu fazer com que o vilão caísse, recebendo outra flechada de nanites de Oliver, desabilitando sua velocidade e capacidade de recuperar-se rapidamente.[13]

Apagado da existência

Eobard contando para Barry sobre sua rivalidade.

Eobard foi colocado no pipeline. Algum momento depois, Barry foi visitá-lo querendo resposta, chamando "Wells" por seu nome verdadeiro e questionando-o porque matou Nora. Eobard explicou sua rivalidade com o Flash, as circunstâncias e motivos de tê-la assassinada, e que precisava que Barry tornasse-se um velocista para poder gerar energia da Força de Aceleração para fazê-lo voltar para casa, e no processo Barry poderia retornar à noite do assassinato de Nora e impedi-lo de fazer sua vingança. Barry não acreditou, mas esteve aberto ao ouvir o plano de Thawne. Enquanto comia, Eobard explicou que seu plano utilizava o acelerador de partículas e que Barry deveria correr a velocidade de Mach-2 através do acelerador, colidindo com uma partícula de hidrogênio. Ao fazer isto, Barry seria enviado a qualquer momento no tempo e deixaria um buraco de minhoca para trás, na qual Eobard utilizaria para voltar para sua casa. Mas o que Eobard recusou-se a revelar é que ao fazer isto resultaria na criação de uma singularidade. Ele garantiu a Equipe Flash que eles teriam momentos suficientes para realizar seus objetivos, 1 minuto e 52 segundos, e ao fazê-los, eles fechariam o portal.

Construindo uma máquina do tempo para Eobard, Cisco visitou-o para conselhos. Cisco também perguntou como funcionava seu anel (remanescente do primeiro de Eobard com Cisco em 2016). Depois que ele diz a Cisco o que era necessário, Eobard ficou furioso e confuso que Cisco não tivesse tanta simpatia, comparando sua situação presa em um momento diferente ao afastamento da própria família. Cisco então revelou a Eobard que ele havia o matado em uma linha do tempo anterior. Eobard pediu desculpas, não por matá-lo e justificar que tinha um bom motivo, mas por descobrir que Cisco havia se tornado um meta-humano, como ele suspeitava há algum tempo, e informou-o que um "grande destino" o aguardava. Barry finalmente se preparou para o salto e correu na velocidade exigida, e Eobard ensinou como acessar o tempo que o Flash queria, e o tempo saltou com sucesso naquela noite para impedir que a família Allen sofresse as ações de Eobard.

Impedido de voltar para o futuro, o Flash Reverso atacou o Flash.

Após o portal ser aberto, Eobard admirou a Esfera do Tempo de Cisco, admitindo que seu criador original ficaria impressionado. Após um estranho elmo atravessar o portal, Eobard soube que aquela era sua deixa e despediu-se de Cisco e Joe. No momento em que sairia, o Flash retornou e destruiu o equipamento de Thawne. Enfurecido, ele questionou-o do porque não ter salvo Nora, e que isto daria tudo que o herói queria, mas Barry respondeu que já tinha o que queria. O Flash Reverso então começou confrontá-lo. Enquanto a Equipe Flash tentava fechar o portal, o Flash Reverso derrotou o Flash e estava prestes a matá-lo, jurando matar todos que amava, incluindo Henry. Após declarar vitória a si mesmo, Eddie disparou uma bala em seu peito, fazendo com que o corpo do Flash Reverso flua incontrolavelmente quando sua existência começou a desaparecer. Como o coração de Eddie falhou, Eobard começou a desaparecer quando seu rosto voltou à sua forma original, uma vez que Eddie acabara de apagar a família Thawne se matando antes que seu ancestral continuasse sua linhagem.

Eobard Thawne sendo apagado da existência.

Quando Eddie morreu por conta de seus ferimentos, o corpo de Eobard começou a despedaçar-se. Eobard arrogantemente disse a Barry que ele controlou a vida de seu inimigo por tanto tempo e perguntou como Barry se sairia sem ele, pouco antes de seu corpo ser incinerado e sua existência apagada da linha do tempo. No entanto, suas ações permaneceram intactas pela linha do tempo, o que causou um paradoxo que reabriu a singularidade,[1] que também serviu de porta de entrada para a Terra-2.[38]

Confissão em vídeo

No caso de sua morte e seu plano de voltar ao seu próprio tempo fracassarem, Eobard fez uma confissão em vídeo do assassinato de Nora pela liberdade de Henry. Inicialmente, Eobard manteve sua posição ao dizer que Barry nunca seria realmente feliz, mas acreditava que ele mesmo nunca foi realmente o inimigo, mas o verdadeiro inimigo era na verdade o próprio Barry. Eobard então confessou o assassinato de Nora, para choque e alegria de seu ex-aluno.[20]

Ponto de Ignição

Flash Reverso sendo atacado pelo Flash antes de assassinar Nora.

Quando o Flash Reverso pegou uma faca e se preparou para esfaquear Nora, ele acabou sendo atacado por uma outra versão do Flash do ano de 2016, que derrubou-o no chão e começou a socá-lo. O Velocista Escarlate disse que não iria deixá-lo feri-la, nem ela e nem mais ninguém. Depois de nocauteá-lo, o Flash acabou alterando o futuro, desfazendo muito dos diversos crimes cometido pelo Flash Reverso.[39] O Flash então levou seu arqui-inimigo para uma nova versão de 2016, onde construiu uma cela para aprisioná-lo em uma fábrica abandonada. Barry o visitava frequentemente para lhe dar comida. Infelizmente, para ambos velocistas, a ação de Barry acabou criando uma realidade alternativa. Devido a intervenção irresponsável de Barry, uma nova realidade substituiu a qual eles viviam, e Eobard sabia que as memórias de Barry iriam desaparecer para se adaptar a aquela nova linha do tempo. Mas ele decidiu guardar esta informação para si mesmo, querendo ver quanto tempo iria levar para Barry perceber que estava perdendo suas memórias. Eobard acabou ficando preso por três meses, período no qual começou a crescer uma barba.

Quando Barry visitou-o novamente, Eobard prometeu destruir o mundo de Barry. Porém, Allen não levou a palavra de Eobard a sério, relembrando-o de como agora tinha tudo que o Flash Reverso e Zoom roubaram de si. Eobard disse que aquela linha do tempo era apenas uma "miragem", e que seus efeitos iriam destruí-los caso Barry não deixasse-o fazer o que tinha de ser feito. Eobard também relembrou-o de quão egoísta Barry estava sendo, já que agora há outro indivíduo operando como o Flash naquela linha do tempo, colocando-se em perigo apenas para a felicidade de Barry. Porém, Barry zombou das palavras de Eobard. Thawne então disse que ele iria implorar para matar Nora novamente. Quando Barry começou a perder suas memórias, Eobard explicou que esta realidade estava substituindo as memórias da realidade na qual estavam familiarizados, e que Barry logo não se relembraria de sua linha temporal original. Quando Eobard foi questionado do porque não estar perdendo suas memórias, ele respondeu que não tinha certeza, mas soube que é pelo motivo de Barry usar suas habilidades de velocistas, quanto mais rápido Barry corria, mais rápido suas memórias se perderia.

Eobard gritou com Barry, dizendo que o inimigo com quem enfrentou por anos era mais esperto que aquela versão. Thawne declarou que logo Barry esqueceria de suas habilidades, e que nenhum dos dois poderia consertar a realidade enquanto aquela nova linha do tempo se tornava permanente. Barry esteve tranquilo por isto, mas Eobard implorou para Barry levá-lo até 2000 e corrigir a linha do tempo, e que a morte de Nora era necessário para tudo voltar ao normal. Barry gritou para Thawne ir ao inferno, na qual Eobard rebateu dizendo que a arrogância de Allen os deixariam presos em uma realidade que não deveria existir. Enquanto saia, Eobard gritou novamente com Barry, dizendo que agora ele era o vilão.

Eobard concorda em matar Nora.

Quando Barry retornou novamente, desta vez com Iris, após perceber que aquela realidade era perigosa para seus amigos, Eobard foi libertado. Eobard forçou Barry em pedi-lo para matar Nora, e, relutantemente, Barry o fez. Eobard foi libertado e recebeu seu anel de volta. Enquanto Barry desmaiou, Eobard expressou seu desejo de matá-lo, mas desta vez ele teria de ser o herói e levou seu rival de volta a 2000, momentos antes de suas versões jovens se enfrentarem pela segunda vez. Chegando momentos após o Flash do passado ter nocauteado sua versão anterior, o atual Flash Reverso provocou o Flash do passado, dizendo que Nora estava pronta para isso. Como resultado, as versões anteriores dos dois velocistas desapareceram quando o Flash Reverso pegou uma faca de cozinha e esfaqueou Nora no peito, corrigindo as novas mudanças na linha do tempo, antes de se preparar para trazer Barry de volta a 2016.[10]

Vida como resquício do tempo

Caçado pelo Flash Negro

Eobard provocando Barry a respeito de suas alterações na linha do tempo.

Ao invés de restaurar a linha do tempo original, as ações do Flash Reverso criaram uma nova linha do tempo, na qual maior parte dos eventos permaneceram intactos, mas alguns foram alterados[10][40] (como, por exemplo, os Laboratórios S.T.A.R. tendo um laboratório de velocidade aparentemente construído por Thawne).[41] Por ser tirado da linha do tempo, as memórias da cópia paradoxal de Eobard permaneceu intacta, assim como sua velocidade após matar Nora.[3][10] Sem sua barba, já que a linha do tempo em que estavam foi apagada, Eobard devolveu Barry a 2016, alegando que tudo estava de volta ao que era (pelo menos para ele). Ele, provocadoramente, disse que o presente de Barry não seria o mesmo e teria que simplesmente esperar e descobrir. Quando Barry perguntou o que ele queria dizer, Eobard pareceu satisfeito por ter atormentado seu inimigo mais uma vez e simplesmente disse que eles se veriam em breve.[10]

Eobard começou a ser perseguido pelo Flash Negro devido a sua existência como um resquício do tempo.

Momentos depois, Eobard percebeu que estava sendo perseguido pelo Flash Negro, um demônio velocista que servia à Força de Aceleração e era a morte para os velocistas que abusavam de seus poderes e poderiam servir como ameaça para a linha do tempo. Inicialmente, ele o confundiu com um Fantasma do Tempo, mas logo percebeu que o Flash Negro era algo bastante pior que um Fantasma do Tempo. Como resultado, Eobard foi forçado a correr pelo tempo e espaço para evitar o monstro, sendo auxiliado por um relógio que o avisava quando a criatura estivesse por perto. Eventualmente, Eobard percebeu que o Flash Negro estava atrás dele por conta da morte de Eddie em 2015, que o apagou da linha do tempo mas continuou a existir. Por isso, o Flash Negro estava tentando apagá-lo para poder restaurar a ordem na linha do tempo.[42]

Procurando a Lança do Destino

Percebendo que não poderia fugir de seu inimigo para sempre, Eobard iniciou sua busca pela Lança do Destino, uma arma mística com o poder de reescrever a realidade. Porém, a Lança foi dividida em partes, onde estavam sendo guardadas pelos membros da Sociedade da Justiça da América. Para encontrar o objeto místico, Eobard buscou o Amuleto Askaran, um compasso que detalhava a localização dos pedaços e seus guardiões. Porém, Eobard descobriu que o Amuleto estava dividido em duas partes, mas encontrou uma das partes em posse dos Nazistas em 1942, enquanto outra parte estava com a União Soviética em 1987.

Aliando-se aos nazistas

Eobard foi incapaz de prevenir que o Homem-Hora viajasse até 2016 e alertasse as Lendas a respeito de seu destino em 1942.

Eobard foi a 1942, onde começou a ajudar membros de alto escalão do partido Nazista para obter a primeira metade do Amuleto, fornecendo informações futuras e os meios para vencer a Segunda Guerra Mundial em troca do dispositivo. Durante este tempo, ele encontrou-se com a versão de 1942 da SJA, assim como as Lendas do Amanhã, uma equipe de viajantes do tempo. O Flash Reverso foi capaz de matar todas as Lendas, porém o sacrifício dos heróis permitiu que Rex Tyler/Homem-Hora pilotasse a Waverider até 2016, onde impediu que as Lendas fossem até 1942 e mortos por Eobard.[43] Para impedir que seus planos fossem expostos, Eobard retornou mais cedo à 1942 para recomeçar, apagando suas ações anteriores, assim como as mortes das Lendas.

Percebendo que não poderia enfrentar as Lendas, encontrar os dois pedaços do Amuleto Askaran e fugir do Flash Negro sozinho, Eobard fez uma parceria com diversos vilões para encontrar as peças para ele, prometendo alterar os destinos que lhes ocorreriam. Eobard contratou seu primeiro candidato (Damien Darhk) para ajudar Adolf Hitler a construir uma bomba atômica e destruir a Cidade de Nova York, esperando que as Lendas morreriam para prevenir.[44][45]

Aberração temporal: As informações de Eobard permitiram que Damien e Hitler sequestrassem Albert Einstein, forçando-o a construir a bomba atômica na qual destruiu Nova York. As consequências do conflito fariam com que a 2ª Guerra Mundial acabasse em 8 de Outubro de 1947 e causaria a morte de 12 milhões de pessoas. Esta aberração chamou a atenção das Lendas, como planejado.

Eobard salvando Damien dos nazistas.

Linha do tempo certa: Damien foi capaz de construir a bomba, mas sequestrando Mileva Maric ao invés de Einstein. Porém, as Lendas interceptaram o lançamento da bomba e utilizaram a Waverider para bloquear o ataque, fazendo com que os membros da equipe fossem espalhados pelo tempo. Como resultado, o plano de Eobard funcionou, e o primeiro encontro da equipe com o Homem-Hora foi drasticamente alterado. Quando um oficial Alemão tentou matar Damien, o Flash Reverso salvou-o.[44]

Para conseguir a primeira parte do Amuleto Askaran, Eobard começou a trabalhar com Barão Krieger e encontrou-o em Paris. Kreiger disse que o Amuleto estava em Berlim, mas Hitler recusava-se em entregá-lo. Eobard lhe concedeu um aprimorador biomolecular, na qual deveria ser utilizado para criar um exército de super-soldados para enfrentar a SJA.

Flash Reverso mata o Homem-Hora para impedi-lo de interferir em seus planos.

Apesar de Kreiger conseguir recuperar o Amuleto, o Barão foi interceptado e morto pela união da SJA, Lendas e a Força Aérea Americana. Sabendo que a primeira parte do Amuleto estava em posse do Homem-Hora, o Flash Reverso atacou-o no quartel-general da SJA. O Flash Reverso disse ao herói sobre seus "encontros", mesmo que o Homem-Hora lhe dissesse que não o conhecia. Ele então vibrou sua mão pelo peito de Rex Tyler. Enquanto sangrava até a morte, o Flash Reverso roubou o Amuleto antes que Amaya Jiwe/Vixen entrasse na sala. Matar o Homem-Hora nesta parte do tempo também fez com que a sósia futura de Rex, aquela que chegou em 2016 para alertar as Lendas, desaparecesse da existência.[45]

Formando a Legião do Mal

Eobard viajou até 1987 para recuperar a outra parte do Amuleto Askaran, onde ajudou seu "velho amigo" Damien. Eobard ofereceu uma aliança para ajudá-lo, e em troca alteraria o destino de Darhk no futuro. Damien inicialmente recusou, mas Eobard alertou-o que sabia sobre seu plano e suas consequências, prometendo dar-lhe poderes de verdades ao invés de simbolismo dos mesmos. Damien concordou em ajudá-lo, e fez com que Darhk se encontrasse com os Soviéticos para recuperar a segunda parte do Amuleto. Quando as Lendas confrontaram Damien no acordo, o Flash Reverso foi pessoalmente até lá para impedi-los de matarem Darhk e arriscar perder o amuleto.

No momento em que Sara Lance/Canário Branco provocou Damien sobre seus planos para C.Ó.L.M.E.I.A., Eobard tirou Damien da instalação. Quando percebeu que Sara havia roubado a relíquia, Damien demandou que Eobard pegasse-o de volta, mas o velocista admitiu que as Lendas haviam saído desta época e que agora não era possível encontrá-los. Damien reconsiderou a oferta de Eobard, e pediu para que fosse levado ao próximo destino. Eobard mostrou a seu aliado uma Esfera do Tempo. Ao entrar, Eobard correu ao redor do veículo para levá-lo a Força de Aceleração.[46]

Eobard e Damien recrutando Malcolm.

Eobard e Damien foram até 2016 para recrutar seu novo membro, Malcolm Merlyn. Eobard levou Damien e a si mesmo ao apartamento de Malcolm, onde Merlyn havia se rendido ao alcoolismo após perder seu posto na Liga dos Assassinos. Ao ver Damien vivo, Malcolm fica confuso (pois acabara de ver o Arqueiro Verde matá-lo), mas Eobard diz que é do futuro e Damien do passado, e que estavam na busca para alterar seus destinos, oferecendo a mesma oportunidade a Merlyn em troca de seus serviços. Malcolm concordou.[42] Após isto, o trio foi até o Ponto de Fuga, antiga base de operações dos Mestres do Tempo, e começaram a utilizar a ruína do local como seu quartel-general.[47]

Armadilha em Chicago

Planejando causar uma aberração para chamar a atenção das Lendas e roubar o amuleto, a equipe de Eobard viajou até 1927 e ofereceram sua ajuda a Al Capone, um lorde do crime.

Quando os três se aproximaram de Capone, o chefe do crime inicialmente se recusou e tentou matá-los. Quando Eobard massacrou os homens de Capone, Capone ouviu sua proposta. Eobard garantiu a ele que permaneceria fora da custódia da polícia e se tornaria prefeito de Chicago. Em troca, Capone os ajudaria contra as Lendas, e o intrigado senhor do crime concordou. Eobard informou que Capone estava destinado a ser apreendido pelo agente Eliot Ness, e Capone sequestrou Ness e planejou matar o agente. Conforme planejado, as Lendas chegaram e frustraram esse plano. Enquanto as Lendas procuravam por evidências em um dos clubes de Capone, Eobard sequestrou Sara e o Professor Stein. Eobard fez usou o cordão de roubar aparências em Martin, planejando se infiltrar na Waverider e encontrar a segunda metade do Amuleto Askaran.

Tendo a semelhança de Stein, Eobard foi "resgatado" pelas Lendas, embora Eobard mandou Capone atacá-los para evitar suspeitas. A bordo da Waverider, Eobard começou a procurar a segunda metade do Askaran Amulet, mas chamou a atenção de Jefferson Jackson com suas ações. Quando Sara veio falar com ele sobre a filha de Martin ser uma aberração, Eobard questionou as alegações, não tendo conhecimento da filha de Martin e deixando Sara com suspeitas. Então Nate Heywood entrou na biblioteca pedindo para falar com Sara sobre Jefferson, embora Eobard insistisse que Jax poderia esperar, embora Sara imediatamente notasse que ele se referia ao parceiro de Martin como Jax e não Jefferson como Martin tinha uma tendência a fazer.

Percebendo que Nate estava ciente de seu disfarce e estava tentando avisar Sara, Eobard atacou os dois, abandonando seu disfarce e saiu em disparada. No corredor, ele foi subjugado por Jax com uma arma anti-velocista, mas Eobard rapidamente se recuperou e atacou Jax. Antes que ele pudesse matar Jax, Átomo o atacou, mas Eobard acelerou em direção à ponte e se trancou lá dentro. Desativando a tecnologia de camuflagem da nave, Eobard abriu as portas do compartimento de carga e permitiu que os homens de Malcolm e Capone matassem as Lendas enquanto ele continuava procurando pelo amuleto Askaran. Encontrando Mick com uma sacola de objetos de valor que ele acreditava que Rory estava tentando roubar, Eobard acreditou ter encontrado o Amuleto Askaran, mas percebeu tarde demais que Mick o enganou, levando um tiro por trás. Eobard ficou surpreso ao ver Amaya como seu atacante e atacou a vigilante. Antes que ele pudesse matar Amaya, Eobard foi alertado de que o Flash Negro estava perto e acelerou para evitar isso.

Eobard localiza a Lança do Destino.

No entanto, Malcolm conseguiu forçar Sara a desistir da segunda metade do Amuleto Askaran em troca da localização de Martin. Nas docas, Eobard elaborou que o Amuleto Askaran era, na verdade, uma em duas partes, como Malcolm apontou para Damien, exibindo uma bússola holográfica. No entanto, Malcolm inicialmente confundiu a bússola holográfica do Amuleto Askaran com um "planetário portátil", para grande aborrecimento de Eobard. Elaborar que a bússola holográfica é um guia para encontrar a Lança do Destino para Malcolm e Damien. Eobard informou que encontrar a Lança do Destino seria complicado, mas o primeiro passo é localizar o ex-líder das Lendas, Capitão Rip Hunter, um dos protetores da Lança do Destino.[6]

Caça pela Lança do Destino

Legião do Mal confrontando as Lendas.

Localizando Rip em 1967, Eobard enviou Malcolm e Damien capturarem Hunter para que eles pudessem adquirir o pedaço de Rip da Lança do Destino enquanto Eobard fugia do Flash Negro. Depois de conseguir fugir, o Flash Reverso retornou enquanto Malcolm e Damien lutavam contra as Lendas. Enquanto Eobard questionava quem deveria morrer primeiro, Rip se revelou e apontou uma arma para eles, apenas para a chamada arma ser um adereço de filme que divertiu o sindicato de Eobard. Depois que as Lendas recuperaram a peça da Lança do Destino e fugiram para a Waverider, Eobard rapidamente sequestrou Rip antes que as Lendas pudessem recuperar seu antigo capitão. Levando Rip para suas instalações, Eobard exigiu que Rip contasse a ele sobre a Lança do Destino, mas Hunter alegou não saber de nada, então Malcolm e Damien torturaram seu refém para fazê-lo revelar a informação que queriam.[48]

Quando sua paciência começou a acabar, Eobard foi informado por Damien e Malcolm que torturar Rip não funcionaria porque Rip literalmente não conseguia dizer onde estava a Lança do Destino pois suas memórias foram apagadas. Enfurecido, Eobard ridicularizou os dois por perderem o medalhão e abordou Malcolm violentamente quando seus associados apontaram que Eobard também era responsável por perdê-lo. Malcolm lembrou a Eobard que ele precisava dos dois e sugeriu o uso de hipnose em Rip, no entanto, os métodos de Malcolm falharam porque as memórias de Rip foram apagadas completamente. Quando Eobard voltou mais tarde, Damien havia extraído com sucesso um dente de Rip que tinha um símbolo de código de barras para uma conta bancária em na Suíça em 2025, que Eobard teorizou que deveria conter o resto da Lança do Destino. Naquele momento, o relógio de Eobard começou a soar um alarme, levando-o a ordenar que Damien e Malcolm levassem a Esfera do Tempo de volta para 2025 antes de fugir sem uma explicação.

Tendo ultrapassado o Flash Negro, Eobard chegou em 2025 bem a tempo de descobrir que seus associados invadiram o cofre do banco e descobriram que a caixa de Rip continha um arquivo com as memórias de Rip. Enquanto examinava o Arquivo, Malcolm repentinamente selou a porta do cofre, prendendo eles lá dentro e exigindo uma renegociação. Enquanto Eobard divertidamente ameaçou matar Malcolm com uma mão vibrante, ele foi incapaz, pois Malcolm era o único que sabia o código da porta do cofre, enquanto Damien escolheu simplesmente assistir. À medida que seus associados começaram a questioná-lo mais, o relógio de Eobard o alertou da presença do Flash Negro. Visivelmente assustado, Eobard implorou para ser solto ou todos seriam mortos. Quando pressionado sobre quem, Eobard finalmente revelou seu status de resquício de tempo e aquele Flash Negro tentando matá-lo, por isso ele continua desaparecendo. Satisfeito, Malcolm e Damien resolveram ajudar Eobard a escapar de seu perseguidor.

Eobard sendo encarado pelo Flash Negro.

O trio então preparou uma armadilha para o velocista. Eobard acabou se tornando a isca para chamar a atenção do Flash Negro, sendo aconselhado por seus parceiros a não se mover, pois ele se tornaria invisível aos olhos do Flash Negro se não usasse sua super-velocidade. Quando o demônio velocista rugiu em sua cara, Damien e Malcolm o atacaram, distraindo a criatura por tempo suficiente para Eoabrd atacá-lo, socando-o para dentro do cofre. Sabendo que o inimigo não seria contido por muito tempo, o trio decidiu sair do banco. Eobard então passou a reconhecer Damien e Malcolm como parceiros iguais. Após a fuga, Eobard usou o arquivo para restaurar as memórias de Rip, mas reprogramou sua mente e o tornou o quarto membro de sua Legião do Mal. Ele então enviou seu associados à 1776 para matar George Washington na noite do Natal e chamar a atenção das Lendas.[42]

Eobard e Rip viajaram alguns dias antes e Eobard fez uma aliança com o exército britânico, prometendo garantir a vitória na Guerra Revolucionária Americana em troca de ajuda para recuperar a Lança do Destino. Para ajudar os britânicos, Eobard também forneceu aos britânicos rifles de assalto do século 21, que Rip deu a um pelotão de soldados britânicos sob seu comando. Satisfeito em ver que a reprogramação de Rip foi bem-sucedida, Eobard confiou a Hunter para recuperar a peça da Lança do Destino das Lendas e, eventualmente, conseguiu.[49] Depois disso, Rip contou a Eobard sobre os outros fragmentos da Lança do Destino que estão em posse dos membros da SJ. Ele enviou Rip pela primeira vez a Chicago no ano 3000 para recuperar outra peça, matando o Dr. Meia-Noite no processo. Eobard então enviou Rip e Damien para Camelot no ano 503 para recuperar a peça da Stargirl, no entanto, Rip foi capturado e as Lendas conseguiram aquele pedaço.[50]

Eobard lutando contra o Átomo.

Ao descobrir que Henry Heywood escondeu um pedaço da Lança na Apollo-11, Eobard viajou até 1970 e fingiu ser um doutor da NASA para poder ver John Swigert, um dos astronautas que iria até a lua durante uma missão.[51] Eobard assumiu a aparência de Swigert e seu lugar na Apollo-13, aventurando-se no espaço. Já que Eobard consertou o tanque de oxigênio que deveria explodir, ele causou uma aberração que alertou as Lendas. Enquanto a Apollo-13 estava no espaço, Eobard nocauteou os outros astronautas, largou seu disfarce de Swigert e fez os preparativos para o pouso. No entanto, ele descobriu que Átomo se esgueirou a bordo e eles lutaram, embora Eobard fosse incapaz de usar a velocidade em gravidade zero, mas Átomo conseguiu vencê-lo e amarrou-o.

Depois que o Átomo conseguiu o fragmento da Lança do Destino, Ray teve que usar o LEM para voltar a Waverider, mas ele foi danificado e Eobard apontou que ele poderia ajudar Ray a consertá-lo e ofereceu uma trégua temporária, que Ray aceitou de má vontade. Enquanto eles se moviam para consertar a nave, Eobard disse a Ray que era bom trabalhar com um colega cientista novamente, refletindo sobre os tempos com Cisco e Caitlin. Ele também informou a Palmer que era fácil para Ray vê-lo como um monstro, mas ele tinha visto os maiores monstros da história e ele não era um deles. Ray o repreendeu por esta afirmação, já que ele matou Nora duas vezes, matou o Homem-Hora e fez uma lavagem cerebral em Rip para matar o Dr. Meia-Noite. No entanto, Eobard disse que eles eram mais parecidos do que Ray admitia, pois ambos eram cientistas que perseguiam o impossível e que Ray não tinha que ter vergonha de alcançar feitos maiores. Eles conseguiram decolar e se reconectar com a Waverider e Eobard foi rapidamente jogado na nave. Quando a Waverider teve que entrar na atmosfera, Ray foi até Eobard para descobrir o ângulo correto para entrar sem queimar. Eobard deu o ângulo e disse a Ray para confiar nele, pois ele queria viver assim como as Lendas.

Depois que a Waverider voltou para a atmosfera em segurança, Eobard vibrou por sua cela e saiu para procurar pelos pedaços da Lança do Destino, mas encontrou Ray, que apontava a arma anti-velocista nele. Eobard riu na ironia de que foi ele quem construiu a arma. Ray sabia que Eobard tentaria escapar, e afirmou saber que ele era um resquício do tempo devido ao sacrifício de Eddie e que algo estava atrás dele. Eobard confirmou as suspeitas de Thawne, e seu relógio alertou que o Flash Negro estava próximo. Ray disse que ele não tinha tempo para procurar pela Lança na nave toda. Eobard sorriu e garantiu que eles se encontrariam novamente, e em seguida saiu correndo.[3]

Depois de falhar em recuperar o último fragmento da Lança do Destino, Eobard enviou Malcolm e Damien até Calebros para pegar o manuscrito que ativaria a Lança. Enquanto fazia um plano para conseguir localizar as Lendas, ele descobriu que os heróis haviam se infiltrado no Ponto de Fuga e roubou os outros dois pedaços da Lança. Quando Damien voltou e soube do que aconteceu, Eobard foi repreendido por sua imprudência, mas Eobard percebeu que agora que as Lendas tinham todos os fragmentos da Lança do Destino, eles não precisavam mais caçar o objeto sagrado pedaço por pedaço. No entanto, Damien insistiu que, para ter sucesso, eles precisariam aprimorar sua estratégia além de apenas os três.

Legião do Mal usando a Lança do Destino.

Eobard então viajou de volta para 2014 e localizou Leonard Snart antes dele se juntar às Lendas e abandonar os caminhos do crime, revelando que a morte futura do homem era tudo o que eles precisavam para que Snart concordasse em ajudá-los a obter a Lança do Destino. Depois que Leonard manipulou Mick com sucesso para trair as Lendas e roubar a Lança do Destino deles durante a Primeira Guerra Mundial, Eobard acelerou para a zona de guerra e transportou Leonard, Darhk e Mick para o Ponto de Fuga. Após o retorno de Malcolm com o Manuscrito de Celebros, os cinco criminosos seguraram a Lança do Destino enquanto Malcolm lia o encantamento e eles começaram a usar o poder do objeto sagrado para reescrever a realidade de acordo com seus caprichos.[47]

Realidade reescrita

Na realidade reescrita da Legião do Mal, Eobard continuou em 2017, mas agora era o CEO dos Laboratórios S.T.A.R. (sob sua verdadeira identidade), reconhecido mundialmente por usar seu conhecimento do futuro para resolver problema do mundo. Ele também foi um amigo próximo do presidente dos Estados Unidos. No entanto, Eobard não removeu (ou, talvez, não foi capaz) o Flash Negro desta nova realidade, mas construiu uma cela especial que mantinha a criatura presa. Como parte de seu acordo, Eobard também alterou os destinos de seus companheiros. Eobard ressuscitou a esposa e filho de Malcolm, fez com que sua filha fosse parte de sua família, e também deu a Nyssa al Ghul uma "vida miserável em Ohio", e até mesmo restaurou a mão de Merlyn. Eobard transformou Damien no prefeito de Star City e restaurou sua magia, que usou para matar diversos heróis e vigilantes (incluindo o Flash) que foram contra os vilões. Por último, Eobard aprimorou as vidas de Leonard e Mick, que permaneceram criminosos e assaltando bancos, mas eram permitidos a fazer isto pela polícia.

Ele também mudou o destino das Lendas como retribuição pela interferência em seus planos. Ele manteve Rip preso dentro da Waverider, que estava impotente e encolheu e colocou em exibição em sua mesa, deixando Rip louco com nada mais para fazer a não ser assar bolos. Ele tornou Jax e Martin funcionários. Ele também nomeou Ray como zelador do Laboratório S.T.A.R., e reduziu Nate a um teórico da conspiração que ninguém acreditava enquanto vivia com sua mãe, e transformou Sara e Amaya nas assassinas pessoais de Damien. Para garantir que ninguém pudesse reconfigurar a nova realidade, Eobard destruiu o manuscrito e fez com que Martin trabalhasse no desenvolvimento de um reator de fusão equivalente à energia do sol, com a intenção de incinerar totalmente a Lança do Destino.

Enquanto considerava sua parceria com Malcolm e Damien terminada, Eobard ignorou quaisquer ligações de seus dois subordinados. Malcolm finalmente confrontou Eobard pessoalmente, pois ainda havia algumas coisas que Malcolm queria que mudassem, mas Eobard insistiu que a Lança do Destino seria melhor mantê-la em sua posse, pois ele era o único que sabia como usar o objeto sagrado. Eles foram interrompidos por Jax informando-o de que o reator iria demorar mais do que o previsto, mas Eobard, calmamente fez ameaças sutis para motivá-lo. Eobard caiu na gargalhada quando Malcolm o repreendeu por manter as Lendas por perto como "animais de estimação" quando o grupo deveria ser apagado por completo, embora Eobard considerasse sua forma de castigo como justiça poética. Eobard então disse a Malcolm para ir embora e aproveitar sua nova vida enquanto Malcolm partia frustradamente. Temendo que Malcolm pudesse ser um problema, ele pediu a Leonard e Mick que ficassem de olho nele. Antes que pudessem continuar, Nate passou pela segurança, sem saber de Eobard, e disse a ele que a realidade não estava certa. Percebendo que Nate estava começando a entender suas ações, ele ordenou que Leonard e Mick matassem Nate.

Eobard segurando a Lança do Destino sob o reator.

Mais tarde, Eobard verificou quando Martin completou o reator, mas Eobard insistiu que Martin permanecesse para trás até que o reator atingisse a potência máxima. Quando mais tarde alertado por Martin através do alarme silencioso de intrusos, o Flash Reverso entrou no laboratório para encontrar Martin confrontado pelas Lendas com memórias restauradas com sucesso. Flash Reverso refletiu sobre esta revelação antes de desmascarar e segurar a Lança do Destino sobre o reator, pronto para jogar o objeto sagrado dentro. Eobard irritantemente comentou que Malcolm estava certo antes de ser confrontado por seus próprios membros do sindicato exigindo a Lança do Destino. Eobard tentou dizer às Lendas e seus próprios aliados que estava tentando destruir a Lança do Destino por causa deles, mas a arma fria de Leonard atirou nele abruptamente, deixando-o inconsciente.

Algum tempo depois, Eobard acordou e viu as Lendas e a Legião do Mal brigando pela Lança do Destino. Ele tentou pegá-la novamente, mas foi nocauteado por Nate. Ele se levantou mais uma vez depois que Leonard matou Amaya, que estava usando a Lança do Destino para restaurar a realidade. Eobard pegou a Lança e a jogou no reator. Quando as Lendas e a Legião do Mal expressaram desejo para matá-lo, Eobard ignorou suas palavras, garantindo a ambos que seus poderes e armas não eram páreos para sua velocidade. No entanto, Eobard não desejava matar as Lendas, pois acreditava que mantê-los presos naquela realidade era algo pior do que a morte. Ele então conversou com sua equipe, pedindo para que eles vivessem a vida que receberam. No entanto, o Flash Reverso prometeu matar a ambas equipes caso tentassem enfrentá-lo novamente. Ele então exigiu que todos fossem embora do Laboratório S.T.A.R..[52]

Morto pelo Flash Negro

Logo após o confronto, as Lendas restauraram o tamanho normal da Waverider e voltaram até 1916 para impedir Eobard e a Legião do Mal. O Flash Reverso antecipou tudo isso e também voltou até 1916 logo depois que o Átomo encontrou o sangue de Jesus Cristo. Eobard roubou o frasco e o esmagou, afirmando ao herói que seus parceiros estavam certo. Eobard acelerou e removeu o coração de Ray de seu peito, e em seguida viu o Átomo cair morto no chão.

Em seguida, Eobard encontrou Malcolm (procurando pelo manuscrito) e o levou até 1916, onde se encontrou com Snart e Damien. Ele explicou que era de um futuro onde eles conseguiram a Lança do Destino, mas estavam com problemas por conta das Lendas, que estavam naquela época para mudar a linha do tempo. Ao invés de usar Snart para manipular Mick, Eobard ordenou que seus parceiros atacassem a Waverider e roubassem a Lança do Destino. Enquanto o trio fazia aquilo, Thawne voltou no tempo e criou múltiplos resquícios do tempo.

Eobard e seus resquícios do tempo confrontando as Lendas.

Eventualmente, Eobard retornou logo após seus companheiros terem sido derrotados pelas Lendas (mas, apesar disto, eles conseguiram matar Jax, Nate e Mick do futuro). Ele cercou os heróis, do presente  futuro, e começou a correr ao redor deles, matando o Rip do futuro durante isto. Depois que as Lendas se recusaram a entregar a Lança do Destino, Eoabrd ordenou que seus resquícios do tempo atacassem as Lendas enquanto Eobard roubava a Lança das mãos da versão jovem de Sara. Com o objeto em mãos, Thawne riu da derrota deles e prometeu apagá-los da linha do tempo desta vez. No entanto, ao tentar alterar a realidade, Eobard percebeu que Sara já a usou para retirar seus poderes mágicos, deixando a lança nada mais do que uma madeira.

Eobard sendo apagado da linha do tempo depois de ser morto pelo Flash Negro.

Enfurecido, Eobard tentou usar a lança para matar Sara. Quando estava prestes a fazer isto, ele ouviu o rugido do Flash Negro ao fundo. Ele percebeu que como a Lança do Destino estava sem poder, a realidade alternativa que ele e a Legião do Mal criou nunca chegou a existir, e por isso o velocista estava a solta. Adicionalmente, ele não estava usando seu relógio que alertava a proximidade da criatura. Em pânico, Eobard tentou fugir, mas acabou sendo pego pelo Flash Negro, que atravessou sua mão pelo peito de Thawne. Depois disto, Eobard gritou enquanto era apagado da linha do tempo junto com a Lança do Destino. Após isto, os resquícios do tempo do Flash Reverso também começaram a desaparecer.[53]

Crise na Terra-X

Retorno

Eobard foi capaz de se preservar na linha do tempo, e acabou retornando à vida graças a Força de Aceleração Negativa.[54] Ele também manteve as memórias e aparência de Wells, que usou por tantos anos,[55][14] mas não se sabe se ele continuou com as memórias de seu resquício do tempo e sua batalha contra as Lendas.[56] Ele foi até a Terra-X e se encontrou com o Novo Reich, conhecendo Führer/Arqueiro Negro (sósia de Oliver) e os generais SS Kara/Overgirl e Tommy Merlyn/Prometheus. Eobard entrou para as forças SS e modificou seu traje para adicionar uma máscara e um símbolo. Ele foi um dos generais de mais alto nível, planejando a invasão em outros universos e o designer da Wellenreiter.[14]

Invadindo a Terra-1

Eobard criticando Overgirl e Arqueiro Negro.

Depois que o Führer adquiriu a tecnologia de um transportador dimensional, o Novo Reich planejou utilizá-lo para invadir e dominar a Terra-1. Enquanto o Führer focava-se em apenas uma razão, relacionado ao envenenamento de radiação solar de Overgirl e sua condição incurável, Eobard desejava usar o Novo Reich para dominar a Terra-1 e governá-la por suas regras (assim como tentou fazê-lo com a Lança do Destino). Após o Arqueiro Negro e Overgirl retornarem à Terra-X sem o Prometheus, depois de atacarem o casamento de Iris e Barry, Eobard chamou a atenção do casal, chamando-os de tolos por terem atacado sem terem se preparado por completo. O Führer disse que viram uma oportunidade e a aproveitaram-a, mas Eobard disse que isto resultou na captura de Prometheus. Overgirl interrompeu a briga, dizendo para salvar sua raiva a seus inimigos.[57]

Após o suicídio de Prometheus, os três generais do Novo Reich voluntariaram-se para voltar a Terra-1 e roubar um dispositivo necessário para a Wellenreiter. Confrontados por Kara Danvers/Supergirl, Arqueiro Verde e o Flash, os Generais revelaram suas identidades, com Eobard dizendo estar com seu antigo rosto de Wells por seus "velhos tempos" e provocando seu inimigo em ainda estar vivo apesar de suas mortes anteriores. Depois de uma breve luta, os Generais escaparam com o dispositivo. Enquanto trabalhava na Wellenreiter, Eobard foi aproximado por Overgirl, questionando-a de que o Führer se lembre que sua missão principal era dominar a Terra-1 ao invés de focar-se na sobrevivência da General. Em seguida, Eobard ajudou as tropas Schutzstaffel na captura dos heróis da Terra-1 e Supergirl.[55]

Eobard foi encarregado de realizar o transplante de coração de Overgirl no Laboratório S.T.A.R., onde enfraqueceu Kara com uma simulação da luz de um sol vermelho. Em sua cadeiras de roda, Eobard dise que odiou viver aquela vida por quinze anos e o quanto desejava fugir dela. No momento em que iria começar a operação, a energia foi cortada por Iris e Felicity. Após capturar Felicity, Eobard ameaçou matá-la caso o vírus posto no computador não fosse retirado.[14] A queda de energia permitiu que o restante das Lendas chegassem ao Laboratório S.T.A.R., com o Átomo se encolhendo para impedir que Eobard começasse a operação em Kara. Ray se aumentou e atirou contra Eobard e Oliver, derrubando-os e permitindo que ele salvasse Kara, Iris e Felicity.

Flash Reverso e Flash se enfrentando na invasão nazista.

Informando ao Führer que Overgirl não estava mais segura no Laboratório S.T.A.R., foi ordenado que Eobard se reagrupasse com os outros.[58] Durante sua fuga, Eobard se encontrou com a sósia da Terra-2 de Wells. Eobard pretendia vibrar sua mão por seu peito, mas o Wells-2 implantou nanorobôs, que rejeitaria qualquer contato com velocista, em seu corpo, fazendo com que o Flash Reverso fugisse.[17] Ele batalhou os heróis em Central City, enfrentando primariamente o Flash. Durante sua longa luta, Eobard ficou impressionado com seu oponente tentando executar seu velho truque. Eobard gritou com Flash, pedindo que seu inimigo o exterminasse; seja por desejo genuíno de cair nas mãos do Flash ou como parte de algum esquema de psicologia reversa. De um jeito ou de outro, Flash se recusou a matar Eobard, dizendo-lhe para fugir do campo de batalha. Eobard concordou, provocando Flash, imaginando que rosto ele usaria na próxima vez que encontrasse seu inimigo. Sorrindo presunçosamente, o Flash Reverso correu, abandonando seus aliados da Terra-X para suas mortes.[58]

Aprisionado em Iron Heights

Eobard preso em Iron Heights.

Em algum momento em sua linha do tempo pessoal, Eobard viajou para o futuro por motivos desconhecidos, e de alguma forma acabou se tornando um prisioneiro na ala de meta-humanos da Prisão Iron Heights em 2034. É deixado implícito que a DPCC foi o responsável por sua captura.[59] Ele foi forçado a utilizar um macacão, na qual continha a adaga de Cicada, objeto que bloquearia seus poderes, além dos inibidores de poderes em sua cela.[60] Apesar de manter o rosto e voz de Wells, o cabelo de Eobard começou a retomar sua cor natural, além dele estar envelhecendo devido a adaga estar bloqueado seus poderes.[54] Um guarda, Trevor Shinick, entraria em sua cela para lhe torturar. Eobard passou 15 anos preso até a data de sua execução em 2049. Ele também só recebeu uma visita durante seu aprisionamento.[59] Eobard soube que o Cicada era o único vilão no qual o Flash não foi capaz de impedir, e por isto a adaga nunca foi destruída e pretendia utilizar isto como uma vantagem. Eobard relembrou-se de seu encontro com Barry em 2015, na qual Nora afirmou estarem tentando derrotar Cicada, dando-o a ideia de ganhar a confiança de Nora como uma forma de manipular a linha do tempo. Então, Eobard aguardou até o momento em que Nora fosse até ele.[54]

Ensinando Nora West-Allen

Eobard conversando com Nora pela "primeira vez".

Em 2049, dias antes de sua execução, Eobard foi visitado por Nora. Agora que seu plano deu início, ele convenceu Nora de que ele não era uma ameaça por estar preso em uma cela anti-velocista, e com um plano reserva se isto falhasse. Ele ficou confuso quando a CSI queria saber sobre um assalto a um laboratório químico. Eobard rejeitou as perguntas de Nora sobre como parar um velocista, mas rapidamente deduziu que Nora era uma meta-humana por pistas físicas. Quando Nora implorou para que ele ajudasse, Nora foi levada para fora da cela enquanto Trevor entrava. Eobard se ajoelhou e Trevor deu um choque doloroso enquanto Nora observava isso com horror.

Após August Heart matar a melhor amiga de Nora, ela implorou para que Eobard a ensinasse como derrotar o velocista. Ele guiou-a através de comunicadores, dizendo que August precisaria de Velocidade-9 em seu sistema para fazer com que seus poderes tornem-se permanentes. Sabendo que ela não o derrotaria, Eobard deu o mesmo discurso que fez a Barry. Diferente de Allen, Nora não foi capaz de vibrar, então Eobard sugeriu que Nora acertasse August com pulsos eletromagnéticos. Seu plano funcionou e August foi preso. Nora visitou-o novamente enquanto Eobard comia sua refeição, dizendo que poderia aprender com ele. Silenciosamente, Eobard admitiu que não poderia ensiná-la por seu tempo estar quase acabando, faltando apenas uma hora. Nora percebeu que o relógio estava contanto quanto tempo faltava para sua execução, e que o Big Belly Burguer era sua última refeição. Eobard questionou-a sobre o que ela sabia sobre o Flash, guiando para que a jovem velocista fosse até o Cofre do Tempo dentro do Museu do Flash. Na sala, Nora descobriu, através da Gideon, que Barry era o Flash, assistindo a uma mensagem gravada por Allen durante a Crise de 2024.[59]

Eobard ordenou que Nora destruísse o satélite do Pensador para mudar o destino e a identidade de Cicada.

Embora escondendo a verdade sobre as diversas torturas e ameaças nos familiares de Nora, Eobard ensinou-a como viajar no tempo.[61] Ele alertou para que Nora viajasse no tempo para a noite do Esclarecimento e ajudasse Barry a destruir um dos satélites do Pensador, fazendo com que Orlin Dwyer se tornasse uma versão mais fácil do Cicada de derrotar.[62] Eles permaneceram em contato enquanto Nora esteve no passado, escrevendo através de um diário e enviando relatórios para Eobard no futuro e utilizando uma forma específica de "linguagem do tempo", fazendo com que suas anotações ainda existissem mesmo que a linha do tempo fosse alterada.[12]

Após retornar de uma missão com Barry, assim como conhecer Savitar, Zoom e Eobard (como Wells), Nora fez um último relatório, Enquanto o lia, Nora entrou em sua cela para confrontá-lo sobre suas ações passadas. Ele animou-se com a entrada de Nora, e disse que eles precisavam conversar.[12] Ele comentou o quanto Nora esteve longe por muito tempo. Nora ficou enfurecida ao descobrir o quão sem emoção Eobard foi ao matar sua avó. Apesar de expressar "remorso" por suas ações, Eobard disse que suas ações serviram para um bem maior, alterando não apenas o destino de Barry, mas também o de Nora. Ele ofereceu sua ajuda para pagar por seus crimes e consertar seu legado, mas Nora disse que ele apenas importava-se com si mesmo. Nora retornou novamente, dizendo que queria acreditar que havia um lado bom de Eobard e concordou com sua ajuda.[61]

Nora retornou para informá-lo que uma versão detetive de Wells suspeitava dela estar trabalhando com alguém. Eobard garantiu a Nora que Wells ainda não havia descoberto a identidade do parceiro misterioso, caso contrário, Barry viajaria para 2049 e ameaçaria passar a mão pelo coração de Eobard. Nora estava com mais medo de ser odiado por Barry se a verdade surgisse, então Eobard sugeriu distrair Wells, ajudando o detetive a se apaixonar.[18] Depois de redefinir a linha do tempo 52 vezes para impedir Dwyer de matar os membros da Equipe Flash, Nora visitou Eobard para perguntar se ele tinha certeza de que eles não estavam piorando as coisas. Eobard insistiu com raiva que ele era o único velocista que sabia melhor. Acalmando-se, ele encorajou Nora a seguir seu plano, prometendo que Dwyer seria derrotado, a adaga de Cigarra destruída e (aparentemente) salvaria Barry.[63]

Quando Nora visitou mais uma vez para informar Eobard que a cura meta-humana estava pronta para ser usada em Dwyer, ele informou Nora daquele artigo de jornal que descrevia o último confronto público entre o Flash e o Cicada estava mudando lentamente, sugerindo que algo ou alguém colocaria em movimento uma nova linha do tempo.[64] Os medos de Eobard logo se mostraram verdadeiros quando Nora voltou para informá-lo que, embora a Equipe Flash tenha curado com sucesso Dwyer, outro equivalente de Cicada apareceu e levou Dwyer e a adaga. Eobard afirmou que ele já sabia como evidenciado pelo artigo inalterado. Infelizmente ele admitiu que não havia nada que ele pudesse fazer para ajudar e aconselhou fortemente Nora a contar a verdade a Barry.[65]

Eobard conversando com Barry em 2049.

Depois que o segredo de Nora foi revelado, Barry visitou Eobard, demandando saber do porque ele estava tentando 'roubar' Nora. Eobard sorriu com a explosão emocional de Barry, alegando que foi por isso que Nora manteve esse segredo de seu pai. Ele disse que tudo o que Nora realmente queria era vê-lo, e ele o cumpriu como um "pedido final de um homem condenado". Eobard foi amargamente informado por Barry que ele finalmente conseguiria o que merecia, enquanto o relógio que contava a execução de Eobard chegava a dez minutos.[59]

Após Barry deixar Nora em 2049, ela encontrou-se com Eobard e o perguntou de como ele viajava ao passado sem ser detectado. Ele disse que criou uma Força de Aceleração para si mesmo, dizendo que ela poderia ser um pouco "negativa", clamando que ela traria efeito colaterais em Nora. Após ela falhar em entrar ao portal, Nora retornou e tentou discutir com Eobard do motivo de não ter funcionado. Iris apareceu e pediu para que ela se afastasse de Eobard, na qual ele respondeu dizendo que deveria ouvi-la. Nora se irritou com Barry por não estar presente e correu dali, chocando Iris e Eobard. Thawne disse que Nora voltou a 2019, e deu-a um conselho: Nora precisava de sua mãe e seu pai.[7]

Eobard em sua execução.

Depois que seu tempo acabou, indicando que o dia de sua execução havia chegado, Trevor insultou Eobard, contemplando os quinze anos que o velocista passou preso e perguntou como era saber que ele finalmente seria extinto. Eobard, sem vacilar, respondeu que o tempo diria. Trevor notou a falta de Eobard, particularmente as "sessões de reabilitação". Após o último "arrependimento", Trevor comentou sobre a ironia da situação; a mesma coisa por trás dos poderes de Eobard iria matá-lo. Depois que mais guardas entraram em uma câmara especial, projetada para manter Eobard preso durante a execução. ele foi colocado dentro da câmara quando Trevor retirou a parte central do macacão usado por Eoabrd, revelando a adaga de Cigarra dentro.[60]

Fuga

Eobard recupera seus poderes.

No momento de sua execução, foi lhe dado um colar com seu anel preso. Trevor disse que encontrou o objeto no Museu do Flash, acreditando que isto deveria ser morto com Eobard, e disse-o para considerar isto como um "presente de despedida". Logo antes que Trevor puxasse a alavanca para iniciar sua morte, Eobard notou que a adaga desapareceu, percebendo que a Equipe Flash conseguiu destruir o objeto em 2019. Trevor puxou a alavanca, e diversos raios começaram a ir em direção de Eobard. Mas por conta do objeto ser destruído, a conexão de Eobard com a Força de Aceleração Negativa retornou e ele havia recuperado seus poderes. Logo quando os raios estava prestes a matá-lo, Eobard começou a vibrar seu corpo em alta velocidade e destruiu sua câmara.

No momento em que Eobard se libertou, todos os guardas apontaram suas armas para Thawne. Mas ele permaneceu parado, declarando que todos morreriam. Em menos de segundos, Eobard correu por toda a sala e matou todos os guardas presentes, com exceção de Trevor. Recitando todas as vezes que Trevor o ameaçou, Thawne vibrou sua mão pelo peito de seu atormentador, matando-o instantaneamente.

Eobard conversando com Flash e XS.

Eobard removeu seu colar e colocou seu anel. Porém, logo quando estava pronto para vestir seu traje, o tempo começou a se reverter para logo depois que se libertou da câmara. Eobard percebeu que o Flash e XS salvaram os guardas antes de suas mortes, e virou-se para cumprimentar os heróis. Ele também ficou impressionado por XS descobrir como reverter o tempo. XS disse que a Equipe Flash descobriu seu plano, mas Eobard queria ouvir o que eles descobriram. Após o Flash citar o plano detalhadamente, Eobard confirmou, também agradecendo pela ajuda de ambos por revelarem a ele, em 2015, que Cicada seria seu futuro adversário. Eobard então declarou, arrogantemente, que ele sempre ganhava devido a ser o único velocista capaz de manipular a linha do tempo para satisfazer seus desejos. Furiosa com as ações de Eobard, XS disse que eles não precisavam ter uma adaga para detê-lo. Imperturbável pela ameaça, Eobard aceitou o desafio, querendo ver o quanto Barry ensinou a ela sobre ser uma velocista. Ele então vestiu o traje e correu enquanto Flash e XS o perseguiam implacavelmente.

Durante a perseguição, o Flash Reverso criou uma cópia de si mesmo, correndo em direções opostas para separar o Flash e XS. Usando isso a seu favor, Eobard fez com que as duas versões de si mesmas corressem uma contra a outra na lateral de um edifício, mas no final se esquivassem. Durante a esquiva, cada versão do Flash Reverso atingiu um velocista diferente, o que fez com que perdessem impulso e, devido a correr ao lado de um prédio, os dois caíram no chão.

O Flash Reverso então juntou as duas versões em uma e apontou que Barry não era um bom professor como ele. Devido à crise em 2024, Eobard disse a XS que Barry sempre desapareceria, antes de declarar que esse aquele era o legado de seu inimigo. Ele começou a correr na direção dos dois, mas de repente uma esfera do tempo o atingiu, o que o fez cair no chão. O Flash Reversou se levantou e notou a Equipe Flash em pé na frente dele, se preparando para derrubá-lo.

Flash Reverso sendo atacado pela Equipe Flash.

Porém, Eobard permaneceu imperturbável. Ele sentiu-se nostálgico ao ver a equipe, que criou anos atrás, junta, e começou a conversar com cada membro dela. Ele cumprimentou o Homem-Elástico, chamando-o de "novato", mas clamou que ele deveria estar moto (por causa da explosão do acelerador de partículas em 2014, mas como a linha do tempo foi alterada, Ralph foi ressuscitado). Ralph disse que aquilo era algo que ambos haviam em comum, o Flash Reverso riu e declarou que logo Dibny estaria morto de qualquer modo. Ele afirmou que era sempre um prazer rever Iris, e depois cumprimentou Nevasca (alter-ego de Caitlin), nos quais olhos tornaram-se brancos de raiva. Por último, ele conversou com Vibro, mencionando o quão feliz está em vê-lo após tanto tempo. Sarcasticamente, o Flash Reverso desculpou-se por vibrar seu braço no peito de Ramon em uma linha do tempo alternativa em 2015.

Eobard sendo quase morto por XS.

O Flash Reverso sorriu e correu em direção da equipe, pronto para matá-los. Rapidamente, o Vibro abriu um portal, no qual Eobard atravessou. Ele abriu outro atrás, e logo quando saiu ele foi atacado por Nevasca, impedindo-o de correr. Tentando enfrentar os disparos de gelo, Iris disparou em Eobard, fazendo-o cair em outro portal criado por Vibro. Cisco abriu um portal no ar, fazendo com que o Flash Reverso caísse nos punhos gigantes do Homem-Elástico, que socou o velocista para longe. Vibro abriu outro portal, no qual Flash e XS correram para dentro. O Flash Reverso caiu no chão, e quando se levantou foi socado pelos dois velocistas. Após sua derrota, XS agarrou-o pelo pescoço e removeu sua máscara, dizendo que seu legado era que ele desapareceria, e não o Flash. XS se reconectou com a Força de Aceleração Negativa e estava pronta para vibrar sua mão pelo seu peito, mas foi impedida por Barry e Iris. De repente, as mãos de Nora começaram a desaparecer.

Eobard provocando Barry.

Entendendo o que acontecia, Eobard explicou que uma nova linha do tempo havia sido criada depois que a adaga de Cicada foi destruída, e que isto apagaria Nora da existência. Ele desculpou-se por ser o responsável pela morte de Nora, mas disse que teria que ter sua liberdade de qualquer modo. Enfurecido por Eobard se importar apenas consigo mesmo, e por Nora estar desaparecendo por sua causa, o Flash segurou-o pelo pescoço. Eobard explicou que o Flash poderia salvá-la ao levá-la para a Força de Aceleração Negativa, o único local no multiverso imune às alterações da linha do tempo.

Notando que o Flash hesitava, Eobard tentou convencê-lo dizendo Nora desapareceria para sempre se não fizesse aquilo. Percebendo o quão surpreso Barry estava, Eobard explicou que ele também gostava de Nora e que ele realmente a considerava como uma filha, o que deixou o Flash mais irritado. Sabendo que Barry o deixaria ir para salvar Nora, Eobard disse que veria seu inimigo na próxima crise. Como esperado, Barry e Nora fugiram, e Eobard sorriu quando Iris olhou para ele, com Eobard então fugindo do local.[54]

Em algum momento após isto, Eobard descobriu que Nora nunca foi salva e acabou sendo apagada da existência.[66] Uma forma plausível de Thawne ter descoberto isto foi através da Força de Aceleração Negativa, já que ele pode não ter a sentido usando-a e deduziu que ela foi apagada da existência.

Crise nas Terras Infinitas

Mudanças na Crise

Em seu último encontro com Barry, Eobard prometeu que veria seu arqui-inimigo em sua "próxima crise", embora nunca tenha sido esclarecido se ele se referia à Crise nas Terras Infinitas ou algum outro evento que aconteceu na linha do tempo original. Enquanto Eobard ainda estava presente na versão da crise que aconteceu em sua linha do tempo pessoal definida em 2024. antes dele e da luta do Flash na residência de Allen, as mudanças na linha do tempo fizeram com que a data fosse movida de 2024 para 2019, assim como a mais jovem de Eobard o fez lutar contra o Flash, Arqueiro Verde, Canário Branco, Supergirl, Batwoman e vários outros "heróis lendários" antes de desaparecer com o Flash,[54] embora não se saiba se as memórias de Eobard dos dias atuais mudaram para refletir isso ou não. No entanto, isso também foi alterado e na linha do tempo atual Eobard estava completamente ausente na crise e não desempenhou nenhum papel nela.[67]

Destino

Não se sabe o que Eobard estava fazendo, ou mesmo onde estava, após sua fuga de Iron Heights e antes do início da Crise. Porém, pode-se presumir que ele estava em algum momento antes do evento, já que viajar no tempo para além da data da Crise era impossível já que a nova linha do tempo não tinha sido feita.[68] Em 10 de dezembro de 2019, quando uma onda de antimatéria atingiu a Terra-1 e o multiverso foi destruído,[67] o corpo de Eobard também foi dizimado, reduzindo a sua existência a apenas táquions negativos, mas seu espírito e consciência foram preservados na Força de Aceleração Negativa.[66]

Pós-Crise

Vida pregressa

Eobard admirava profundamente o Flash, um herói do século 21, e procurou por meios de ganhar poderes semelhantes aos dele. Foi presumivelmente neste tempo em que ele descobriu a identidade de Mia Queen como Arqueira Verde.[69]

Em algum momento antes de 2221,[69] Eobard foi capaz de construir uma máquina da Força de Aceleração para dar poderes a si mesmo.[70] Depois de ganhar os poderes, Eobard se tornou o "homem mais rápido do mundo". Quando se preparava para se apresentar a uma multidão, o Flash apareceu e salvou as pessoas presentes, a quem Eobard pretendia salvar, de uma tragédia desconhecida. Naquele momento, Eobard passou a odiar o Flash e decidiu dedicar sua vida para se tornar mais rápido que o Velocista Escarlate e destruir sua vida.[69]

Em algum momento, Eobard criou a Força de Aceleração Negativa.[71]

Eobard nunca apareceu na versão atual da Crise na Terra-Prime, indicando que sua batalha com o Flash, no qual ambos voltaram a 2000 e onde o Flash Reverso matou Nora, aconteceu de forma diferente.

Vida como Harrison Wells

As ações de Eobard no século 21 permaneceram a mesma coisa que na Terra-1. Eobard matou Nora no ano 2000 e depois disto passou a se disfarçar como Wells, construindo o acelerador de partículas e fazendo-o explodir em 2013.[72]

Harrison Wells é ressuscitado momentos após sua morte nas mãos de Eobard.

Eobard usou sua super-velocidade para enterrar Harrison Wells depois de matá-lo. Embora não tenha sido esclarecido se isto aconteceu no multiverso pré-crise, pode ser que Eobard tenha mantido um pouco de sua velocidade natural após matar Nora naquele novo universo.[73] No entanto, sem o conhecimento de Eobard, Harrison foi ressuscitado de sua cova segundos depois de ser morto; pois esta foi a forma que o universo encontrou de balancear as coisas após as mortes de todos os sósias de Wells na Crise.[74]

Na nova linha do tempo, Barry aprendeu a arremessar raios um ano antes que originalmente, indicando que foi Eobard quem o ensinou este truque.[75] Tony Woodward e Hannibal Bates estiveram vivos em 2020, significando que os eventos relacionados a eles ocorreram de forma diferente e ambos não foram mortos pela manipulação de Eobard.[72][70] Adicionalmente, Hartley Rathaway nunca se tornou do bem e a batalha na ponte ainda aconteceu (embora com a adição dos capangas de Hartley), dando a ideia de que a viagem de Barry até 2016 e a mudança na linha do tempo aconteceu de forma diferente, ou não chegou a acontecer.[75]

Eddie ainda cometeu suicídio em 2015 e apagou Eobard da linha do tempo por um certo tempo, o que também resultou na criação de uma singularidade.[69][72] Depois de sua morte, Eobard tornou Barry o herdeiro de suas propriedades, incluindo um hangar dos Laboratórios S.T.A.R., onde ele deixou uma criatura chamada Gleek engaiolada.[76]

Protegendo o ponto fixo

Por conta de Barry criar o Ponto de Ignição, uma versão de Eobard foi capaz de evitar sua morte, mas ele eventualmente foi morto pelo Flash Negro. Após isto, no entanto, ele foi ressuscitado pelos Fantasmas do Tempo, que tiraram seus poderes. Ele recebeu um dispositivo que lhe deixaria em um loop temporal permanentemente, mas também lhe permitiria congelar o tempo. Eobard foi reeducado e colocado em 28 de junho de 1914, onde foi encarregado de garantir que o Arquiduque Franz Ferdinand fosse assassinado e a 1ª Guerra Mundial acontecesse. Toda manhã que acordava Eobard se alongava, meditava e tomava seu café da manhã antes de partir para seu trabalho de proteger o ponto fixo. Conforme passava revivendo o mesmo momento múltiplas vezes, Thawne acabou entendendo que a linha do tempo não deveria ser alterada.

Eobard e Sara em um bar.

Eventualmente, Thawne acabou se reencontrando com Sara Lance, que estava tentando prevenir a morte do Arquiduque. Para sua surpresa, ela tinha sido capaz de congelar o tempo, o que deixou Eobard surpreso. Os dois então começaram a lutar, na qual Sara saiu vitoriosa do combate. Eles se sentaram em um bar e começaram a conversar, onde ambos explicaram suas histórias e motivos por estarem lá. Os dois resolveram trabalhar juntos. Eobard permitiu o assassinato fosse atrasado por 40 minutos, o que atraia a Waverider que ela e as Lendas procuravam para roubar. Apesar disso, Eobard prometeu matar não só ela, mas também sua equipe, se fosse necessário. Ele também a fez prometer tomar seu lugar como o guardião do ponto fixo caso morresse.[77]

Sara ao lado do corpo de Thawne.

Eobard foi capaz de atrasar o assassinato de Ferdinand, mas o plano das Lendas começou a dar errado lentamente. Depois que múltiplos viajantes do tempo atacaram as Lendas robô, a equipe robótica decidiu procurar pelos viajantes temporais vivos restantes, incluindo Eobard. Em um outro lugar, Thawne se encontrou com o único assassino de Ferdinand vivo, dando-o conselhos sobre como matar o Arquiduque. Momentos depois que o homem saiu, Eobard foi confrontado pelo clone robô de Sara. Acreditando que aquela era a Canário Branco original, Thawne começou a conversar com ela, mas foi esfaqueado no estômago pela robô, sendo pego de surpresa pelo ataque. Eventualmente, a verdadeira Sara o encontrou caído no chão enquanto sangrava. Antes de morrer, Thawne pediu para que o ponto fixo fosse protegido. Quando ele morreu, o manipulador temporal se soltou de seu pulso.

Sara, porém, não assumiu as atividades de Eobard como a protetora do ponto fixo, mas sim o clone robô de Nate Heywood, quem havia sido enganado pelo verdadeiro Nate em colocar o dispositivo em seus pulsos.[78]

Conflitos com a Equipe Flash

Pode-se presumir que Eobard ainda participou na nova versão da invasão nazista na Terra-Prime em 2017 assim como havia feito na Terra-1, com a diferença sendo que (nesse novo universo), ele viajaram através do tempo ao invés de serem de uma realidade alternativa.[72] O diário de Nora ainda existe na Terra-Prime, contendo informações a respeito da Força de Aceleração Negativa.[66][70] No entanto, a versão atual de XS não é a mesma que escreveu o diário,[79] indicando que a relação entre pai e filha que Thawne teve com Nora foi apagada da linha do tempo assim como na Terra-1.

Estado espectral

Olhos de Eobard brilhando para Nash.

Depois do renascimento do multiverso e na criação da Terra-Prime, Eobard passou a existir como táquions negativos e foi colocado na consciência de Harrison Nash Wells, isto devido a sua aparência como Wells da Terra-1 e de seu DNA em seu organismo. Apesar da situação, Thawne acreditava que aquilo era uma boa oportunidade de recuperar um corpo físico.[66] Enquanto era mantido preso no fundo da consciência de Nash pelos outros sósias de Wells, Harry e Sherloque tentaram fazer com que Nash procurasse a ajuda da Equipe Flash.[80][81] No entanto, Eobard foi capaz de escapar e começou a atormentar Nash fazendo-o reviver a memória dolorosa da perda de sua filha adotiva dentro de sua própria mente, antes que ele pudesse contar a alguém sobre suas "alucinações".[66]

Possuindo Nash e perdendo seu corpo

Depois de assumir o controle do corpo de Nash ao possuir a mente dele, Eobard tentou matar Cisco, mas percebeu que não tinha seus poderes velocistas. Após um breve confronto com Cisco, Eobard foi incapacitado por Cecile Horton e preso no pipeline. Quando interrogado por Barry, Eobard revelou que seu objetivo era matar não apenas o Flash, mas também todas as pessoas com quem ele se importava. Ele também zombou seu arqui-inimigo a respeito da morte da Força de Aceleração e do fato dele ainda ter a Força de Aceleração Negativa para lhe dar poderes.[71]

Barry ameaçando Eobard.

Após passar horas preso no pipeline, Eobard começou a se passar por Nash. Ele foi capaz de enganar a Equipe Flash e convenceu-os a usarem a manopla de Nash, que gerou um pulso de energia que (de algum modo) permitiu Eobard escapar de sua cela. Ele tentou usar uma esfera do tempo para viajar no tempo, mas foi interrompido por Barry. Eobard tentou fazer com que ele usasse seus podere para matá-lo, sabendo que tal ação iria consumir a velocidade restante no corpo dele. Barry estava disposto a matar Thawne, mas foi interrompido por Cisco, que usou um tranquilizante para fazer Thawne desmaiar.

Eobard em forma de táquions negativos.

Ele foi então amarrado em uma maca pelos heróis. Enquanto isso, dentro da mente de Nash, Eobard continuava a torturar Nash com a memória da perda de Maya, estando quase conseguindo controlar seu corpo por completo. No lado de fora, Barry e Cisco, com a ajuda de Cecile, decidiram ajudar Nash a recuperar seu corpo. Os dois foram até a mente de Nash, e enquanto Cisco convencia Nash a confrontar a memória de Maya e superar isto de uma vez por todas, Barry impedia Thawne. Ele zombou de Barry e a perda de Nora, dizendo a ele que seu amor pelas pessoas tornava-o fraco. Barry, no entanto, não se abalou por isso, e afirmou a Thawne que o sentimento lhe deixava mais forte. Eventualmente, Nash recuperou o controle de seu corpo e expulsou Eobard, que foi transformado em táquions negativos.[66]

Guerra Godspeed

"Sentiu a minha falta?"
—Eobard Thawne para Barry Allen[fonte]

Conforme a Guerra Godspeed piorava e a situação não parecia favorável para os heróis, Barry e Iris pediram para que a Força de Aceleração usasse Eobard como uma "carta surpresa" na batalha contra August Heart/Godspeed, quem havia recuperado suas memórias e poderes. Como os poderes de Thawne eram originários da Força de Aceleração Negativa, August não seria capaz de absorvê-los. Por este motivo, a Força de Aceleração se conectou com a Força de Aceleração Negativa e reconstruiu o corpo de Eobard.

Flash Reverso golpeia Godspeed.

Logo após ter recuperado sua forma física, o Flash Reverso correu diretamente contra Godspeed, que estava prestes a matar Barry. Eobard cumprimentou o Flash e o ajudou a se levantar, apesar de Barry dispensar os comentários de Thawne. Ao perceber o que estava acontecendo, August comentou sobre a ironia do desespero de Barry, que chegou até o ponto de se aliar com seu maior inimigo apenas para derrotá-lo. Depois que os três velocistas convocaram espadas de raios, uma batalha se iniciou, dando poderosos golpes uns contra os outros. Eventualmente, August derrubou Barry e ficou sobre ele, conversando com o velocista caído. Aproveitando a brecha e a distração de Heart, Eobard usou sua espada para cravá-la na barriga de Godspeed, que caiu no chão.

Eobard tenta atacar Barry.

Temendo que Eobard possa ter matado August, Barry correu para checar os sinais vitais do velocista, e ficou aliviado ao perceber que ele estava apenas inconsciente. Barry repreendeu a atitude de Eobard, alegando que ele poderia tê-lo matado, embora Eobard raciocinasse que, conhecendo-o, Barry deveria ter se preparado para essa possibilidade quando sua equipe pediu ajuda a ele. Com August inconsciente, Eobard estava ansioso para ter um confronto com Barry novamente, mas Barry o alertou para ir embora. Desafiando tais palavras, Eobard tentou dar um soco em Barry em super-velocidade, apenas para ser lançado para longe quando Barry usou o Flashtime para desviar do ataque. Surpreso que Barry agora era mais rápido do que ele e que eles não eram mais iguais, Eobard, com raiva, perguntou a Barry como ele ficou mais rápido - afirmando que foi ele quem o ajudou e ensinou tudo o que sabia. Barry apenas respondeu que ficou mais rápido. Eobard admitiu que não tinha ficado mais rápido. Embora magoado por esta revelação, Eobard ficou determinado a superar o Flash novamente. Ele disse a Barry para marcar suas palavras que ele voltaria assim que descobrisse como ficar mais rápido, e em seguida correu para longe.[82]

Ponto de Ignição Reverso

Depois de seu último encontro com o Flash,[83] na onde foi humilhado pela velocidade superior de seu inimigo,[82] ficou claro para Eobard que ele não era rápido o suficiente para derrotar seu arqui-inimigo.[83] Eobard então formou uma conexão com a Força Imóvel Negativa para mudar as coisas, que resultaria no Armagedom no futuro. Thawne então usou a Força Imóvel Negativa para alterar a linha do tempo; primeiro, ele plantou provas de que Barry trabalhava com Joseph Carver e o Buraco Negro, em seguida ele causou um vazamento de radiação nos Laboratórios S.T.A.R. e matou Joe West. Para finalizar, ele voltou mais ainda no tempo e matou Barry quando criança. Thawne então assumiu o lugar de Barry como o escolhido da Força de Aceleração e se tornou o Flash na linha do tempo que ele chama de "Ponto de Ignição Reverso".[83] Adicionalmente, ele usou o rosto de Barry (assim como seu traje) e atacou Central City.[84]

Flash (Eobard) e Flash Reverso (Barry) em 2031.

Enquanto realizava um discurso sobre amor em 2031 em seu jantar de ensaio, como um preparativo para seu casamento com Iris West, Eobard e sua Equipe Flash notaram a presença de Barry (que viajou de 2021 até lá).[85] Barry começou a dizer que aquilo estava errado, mas ninguém acreditava nele. Para provar seu ponto, ele usou seu anel para se vestir, mas logo notou que ele era o Flash Reverso daquela realidade alternativa. Barry questionou Thawne o que ele havia feito. Com um sorriso em seu rosto, Eobard revelou que ele não era o Flash e saiu correndo, voltando logo em seguida usando o traje de Flash enquanto afirmava que era ele. Uma batalha então começou, e Eobard e sua Equipe Flash saíram vitoriosos.

Quando Barry levou Iris de volta ao seu apartamento, Eobard o seguiu. Thawne o levou para outro lado da cidade, onde revelou e detalhou seu plano para ao seu arqui-inimigo. Quando Barry notou que suas mãos estavam desaparecendo, Thawne afirmou que após a meia-noite, sua linha do tempo se tornaria permanente. Ele se vangloriou por, enfim, ter vencido e tentou atacá-lo, mas falhou.

Eobard perseguindo Barry enquanto ele desfaz o Ponto de Ignição Reverso.

Após isso, Eobard e sua Equipe Flash começaram a procurar por Barry, mas não conseguiram encontrá-lo em lugar nenhum. Algum tempo depois, quando Barry e Damien Darhk planejaram voltar no tempo para consertar as coisas, Eobard confrontou Barry mais uma vez enquanto ele tentava convencer Iris da verdade. Thawne ordenou que sua "esposa" atirasse em Barry, mas ela hesitou. Depois de alguns segundos, ela então atirou em Eoabrd, paralisando-o temporariamente e permitindo que Barry escapasse. O Flash e Flash Reverso começaram a correr ao redor do mundo, causando o Armagedom e quase destruindo o planeta. No entanto, Barry foi capaz de se reconectar com a Força de Aceleração e desfez o Ponto de Ignição Reverso.

Após mais uma derrota nas mãos do Flash, Eobard, com o traje de Flash Reverso que Barry usou em sua linha do tempo, foi ao Cofre do Tempo em 2021. Furiosamente, ele admitiu que ninguém iria derrotá-lo usando o tempo ao seu favor.[83]

Perdendo sua velocidade

"O que você está pensando que fez?"
"Nós salvamos a sua vida, Thawne. Não nos faça nos arrepender."
"Você acha que salvou minha vida? Você tirou a minha velocidade. Minha velocidade é minha vida! Você tirou a minha vida e me deixou no inferno!
"
—Eobard Thawne e Barry Allen[fonte]

Flash Reverso prestes a matar Arqueira Verde.

Logo após isto, Eobard começou a perceber que estava sendo apagado da existência (já que a pedra temporal de Darhk apagou quaisquer variáveis temporais, restaurando apenas uma única linha do tempo). Notando que não conseguiria lidar com aquilo sozinho, ele decidiu procurar a ajuda da Equipe Flash. Ele foi ao DPCC, onde começou a atacar os policiais na tentativa de chamar a atenção do Flash. Contudo, ele foi atacado por Mia Queen/Arqueira Verde, que exigiu saber onde seu irmão estava, mas Eobard não sabia de quem ela estava falando. O Flash Reverso usou seus poderes para atacá-la e se preparou para matá-la, mas foi impedido pela chegada do Flash. Ele então admitiu para Barry que precisava de sua ajuda.

Transportado sob custódia aos Laboratórios S.T.A.R., ele foi colocado em um campo de força para monitorar sua condição e garantir que não machucasse ninguém. Enquanto a Equipe Flash e Mia discutiam sobre o que fazer com Eobard, ele foi visitado por Caitlin, que o fez saber que tinha 2 horas antes de ser apagado. Exultante por ela estar com a Equipe Flash e o fato de que ela poderia ter vivido em um futuro com seu noivo Ronnie Raymond, ele afirmou ter certeza de que Caitlin não o deixaria morrer porque ela era uma médica, e também notou que ela poderia ter seguido em frente com sua vida mas em vez disso decidiu ficar com a Equipe Flash. No entanto, Caitlin respondeu às provocações de Eobard, comentando que o odiou por 8 anos por causa de Eobard ser o responsável pela morte de Ronnie. Ela também afirmou que a Equipe Flash era sua família, e por isso continuava com eles.

Eobard conversando com Barry.

Após ser confrontado por Caitlin, Barry foi até Eobard e o perguntou se ele criou o Ponto de Ignição Reverso apenas para roubar sua vida, além de questioná-lo do motivo de odiá-lo. Eobard revelou que quase 2 séculos a partir de agora, ele encontraria o Flash pela primeira vez (possivelmente na linha do tempo original antes de Eobard alterá-lo em 2000 ou devido à viagem no tempo), finalmente descobrindo maneiras de possuir velocidade. Quando ele estava prestes a se revelar como o homem mais rápido do mundo, o Flash veio para salvar uma multidão, o que irritou Eobard quando ele afirmou que "roubou seu melhor momento" e o humilhou apesar de admirar o Flash. Enquanto Barry disse a Eobard que ele era apenas um sociopata, "reagindo a algo tão pequeno com esse tipo de raiva", Thawne respondeu que chamou essa raiva de "compromisso" e afirmou que tentaria encontrar novas maneiras de matar Barry se ele o salvasse.

Eobard tendo sua velocidade tirada por Barry.

Enquanto ambos Equipe Flash, Mia e Despero decidiam o destino de Eobard, a Equipe Flash decidiu salvar Eobard apesar de todo o mal que ele fez, enquanto Despero decidiu matá-lo e usou Mia para fazer isso, apenas para ela falhar. Depois que Despero foi derrotado por Barry, Eobard tinha apenas 30 segundos antes de ser eliminado da existência. Barry então usou seu raio para cortar a conexão de Eobard com a Força de Aceleração Negativa, salvando-o. No entanto, Eobard, com raiva e tristeza, gritou com Barry por tirar sua vida e deixá-lo no inferno. Ele foi então transportado para uma prisão da A.R.G.U.S..[69]

Possível futuro

De acordo com uma visão de um possível futuro visto por Despero, Eobard, de alguma forma, restaurou sua conexão com a Força de Aceleração Negativa.[69]

Legado

Pré-Crise

Nos eventos após sua morte, Eobard foi capaz de fazer com que Barry herdasse o Laboratório S.T.A.R.. As ações de Eobard causaram um grande efeito em Barry, que sentiu-se culpado pela morte de Eddie e Ronnie, mas também culpava Eobard por causá-las. Seis meses depois, Barry recebeu uma mensagem de Eobard, onde assumiu a culpa por assassinar Nora.[20] As ações de Eobard deixaram Barry atormentado e acreditava que talvez ele estivesse certo em nunca ser verdadeiramente feliz, pois Eobard conhecia o futuro Flash, no entanto, Joe pensou que era apenas Eobard tentando ter a última palavra.[86] Embora Barry ainda odiava Eobard por tudo o que fez, Barry acabou por perdoá-lo, não querendo mais odiá-lo.[87] As ações futuras de Eobard também ditaram as ações de seu eu mais jovem quando ele chegou em 2016 pela primeira vez e aprendeu muitos fatos importantes sobre seu futuro que mais tarde exploraria.[5] Barry mais tarde percebeu (apesar de tudo o que fez) que Eobard realmente foi uma figura paterna para a equipe.[88]

A decepção de Eobard fez Barry cético em confiar em Hunter. Enquanto o Time Flash confiava em Hunter, Barry não, acreditando que Hunter também estava tentando explorar a velocidade de Barry para o ganho pessoal de Hunter, assim como Eobard, apesar das alegações de Hunter de querer ajudá-los contra o maligno velocista Zoom. Iris convenceu Barry de que nem todo mundo é como Eobard e de não desconfiar das pessoas por causa dessa experiência e, posteriormente, confiaria no Flash da Terra-2.[38] Infelizmente, a Equipe Flash descobriu mais tarde que Hunter realmente era Zoom o tempo todo e estava ali para explorar os poderes do Flash para seu próprio uso, assim Barry se culpou por acreditar na fachada de Hunter e deveria saber melhor após Eobard.[15] Hunter também soube das ações de Eobard, assassinando Henry no mesmo lugar que Eobard assassinou Nora para enfurecer Barry.[89]

As ações de Eobard destruiu completamente a reputação de Wells ao público. Dado que sua decepção era apenas conhecida pela Equipe Flash e seus aliados, isto tornava difícil para que os sósias de Wells ficassem na Terra-1. No entanto, a Equipe Flash ignorou o fato de que Eobard era um mero impostor. A Equipe Flash foi, inicialmente, cético a respeito de confiar em Harry Wells da Terra-2, pois acreditavam que, assim como Eobard, Harry era do mal. Barry foi mais aberto a confiar em Harry do que o resto, especialmente Cisco e Joe, apesar do rosto de Harry relembrá-los da traição de Eobard.[90] Quando a inteligência de Grodd continuava a se expandir, Harry usou o traje de Flash Reverso para se passar por Eobard e salvar Caitlin de Grodd.[25] Eventualmente, a Equipe Flash percebeu que apesar da personalidade forte de Harry, ele não era do mal como Eobard.[88] Por conta da mentira de Eobard, Harry geralmente se mentia em problemas; como, por exemplo, ele foi baleado por Patty Spivot[91] e mais tarde capturado por Griffin Grey, ambas situações em que eles confundiram-o com Eobard.[92]

Os ensinamentos de Eobard foram relembrados por aquele afetados por ele. Quando Wally West recebeu seus poderes de velocista, devido as alterações na linha do tempo feito por Barry e Eobard, Barry se inspirou em seus antigos mentores para treinar Wally, incluindo Eobard.[93]

DeVoe considerava Eobard, assim como outros vilões que o Flash já enfrentou, uma das muitas "crianças" que tiveram conflito com o velocista. Ele acreditava que seu poder de pensamento ilimitado era superior à velocidade de Eobard.[11]

Quando Barry foi infectado por Ramsey Rosso, Eobard apareceu como uma alucinação na consciência de Barry para zombar da capacidade de Nora de entrar para a Força de Aceleração Negativa e disse que todo mundo que Barry já amou está morto. Mais tarde, quando Barry usou o ataque vibratório da mão de Eobard contra a Força de Aceleração quando ela assumia a forma de sua mãe, ele fez uma breve pausa quando percebeu as semelhanças entre o que estava fazendo e como Eobard matou sua mãe.[94]

Em algum momento antes de 2032, o traje de Flash Reverso (equipado com o protótipo táquion) foi colocado em amostra no Museu do Flash junto de outros itens de vilões que o Flash enfrentou e derrotou.[62] No entanto, o papel de Eobard na morte de Nora Allen nunca é mencionado nos registros históricos, porque o museu presumivelmente não conhece a identidade do Flash.[12] Em 2049, Eobard era conhecido por seu nome real, apesar de ainda usar a aparência de Wells, o que implica que o público em geral sabia do assassinato e da representação de Eobard como Harrison Wells.

De acordo com o futuro de Abra Kadabra, o Flash Reverso foi relembrado como um dos maiores inimigos do Flash, junto de Zoom e o Pensador. No entanto, nenhum deles foi tão ruim quanto Savitar.[95]

Pós-Crise

A explosão do acelerador de partículas de Eobard matou Eva McCulloch e prendeu um reflexo dela na Dimensão Espelhada, o que fez Joseph Carver e o resto do mundo acreditar que Eva estava morta, tornando Eobard o responsável pela transformação do reflexo em uma vilã.[80]

Depois da morte da Força de Aceleração, Barry decidiu usar as informações que Eobard ensinou a Nora para construir uma Força de Aceleração artificial, construindo uma máquina semelhante que Eobard usou para dar poderes a si mesmo.[66][70]

Quando Barry foi atacado por Bashir Malik/Psych, cujos poderes colocaram Barry em uma visão, Eobard atacou e zombou Barry.[96]

Personalidade

Na juventude de Eobard, ele era mesquinho, um tanto temperamental e instável. Quando Barry Allen descobriu que o ódio de Eobard era porque ele não podia ser exatamente como o Flash, Barry expressou repulsividade, fazendo Eobard explodir, gritando que ele "se tornou melhor do que" o Flash (arrogantemente) afirmando que ele era o único indivíduo que seu arqui-inimigo não podia parar. Aprendendo que ele causou tanta dor e tristeza mais tarde na vida do Flash deixou Eobard orgulhoso de suas escolhas de vida.

Embora educado, Eobard provou ser bastante arrogante, hipócrita, superconfiante, um tanto cruel e sádico. Essas características foram evidentes durante seu primeiro encontro com o Flash, com Eobard acreditando que o velocita não poderia acompanhá-lo, apesar de sua velocidade superior, Eobard é enganado, espancado até ficar inconsciente e preso. Ao encontrar Cisco Ramon pela primeira vez, Eobard fica impressionado com os poderes dele e até mesmo curioso, mantendo a polidez em sua maior parte. Mas ele ainda sorriu com sarcasmo quando Cisco zombou de sua prisão. Eobard mostra grande alegria em zombar de seus inimigos pelas consequências de suas próprias ações, demonstrado quando Harry Wells veio para libertá-lo para ser enviado de volta ao seu próprio tempo, a fim de reparar os danos na linha do tempo. Eobard também justifica seus assassinatos, afirmando que aqueles que ele matou (como Tess Morgan) já estavam mortos há séculos de sua perspectiva, não se importando com suas vítimas ou vendo como seus atos estavam prejudicando a linha do tempo.

Na juventude de Eobard, ele teve uma obsessão científica com o Flash ao ponto em que ele inverteu a engenharia da reação por trás dos poderes de seu ídolo para dar a si mesmo a habilidade de acessar a Força de Aceleração. Essa obsessão levou Eobard a estudar a Força de Aceleração e experimentar seu potencial depois de ganhar seus poderes. Isso acabou levando-o a desenvolver tecnologias que não só ajudavam a aumentar seus poderes, mas também contra outros velocistas que se opõem a ele. Por meio de seus experimentos, ele acabou descobrindo sua habilidade de viajar no tempo e começou a abusar dessa habilidade a ponto de não ser afetado pelas mudanças que fez no passado.

Outro traço notável é o ódio profundo e insaciável de Eobard pelo Flash. Eobard admitiu que costumava ser um grande fã do Flash, indo tão longe a ponto de descobrir como seu herói veio a ser e como se tornar como ele, conseguindo até mesmo ganhar super-velocidade. Mas perceber que ele estava destinado a ser o maior inimigo de seu ídolo o levou a enlouquecer de ódio e raiva, a ponto de estar determinado a apagar o Flash da existência indo tão longe a ponto de matar Barry quando criança e matar Nora Allen quando falhou em fazer isso, em parte por raiva, mas em parte por seu forte desejo de impedir que seu antigo ídolo fosse o Flash.

Sob a fachada de "Dr. Wells", Eobard foi um gênio científico responsável por inúmeras realizações em diferentes campos da ciência. Wells tinha um grande senso de respeito por parte da comunidade científica e foi o próprio gênio por trás dos Laboratório S.T.A.R. e a existência do acelerador de partículas que orquestrou o acidente por trás dos poderes de Barry Allen. Distanciar seus "contatos antigos" (como Tina McGee) e focar na criação do acelerador de partículas fez com que eles suspeitassem que ele não era o mesmo homem, mas não havia nada definitivo para apoiar essa suposição. No final das contas, ele parecia um tanto torturado, uma combinação de "perder" Tess Morgan, e o número de pessoas mortas por causa do acelerador de partículas.

Eobard é um personagem de dupla identidade em relação a Equipe Flash e a si mesmo, pois ele parece abertamente carinhoso e compassivo, guiando a jornada de Barry como o Flash, mas foi provado que ele estava disposto a matar para garantir a segurança de Barry e disposto a sacrificar o prisioneiros meta-humanos para garantir essa proteção. Eobard também está disposto a sacrificar outras pessoas com a ativação do acelerador de partículas após ser avisado de um possível mau funcionamento sob risco de Central City, tudo para garantir que Barry seja atingido pelo raio ao virar no Flash.

Eobard provou ser um homem muito reservado, já que nem Cisco Ramon ou Caitlin Snow nunca visitaram sua casa. Apesar disto, Eobard demonstrou, em alguns momentos, se importar com a vida da Equipe Flash; como notado quando ele confrontou Farooq Gibran para desviar seu ataque de Barry, Caitlin e Cisco, e protegeu Grodd dos experimentos inumanos de Wade Eilling. Apesar de estar disposto a matar Nuclear inicialmente, Eobard decidiu ajudá-lo a separar os dois indivíduos que formavam o meta-humano, pois isso poderia fazer com que Barry parasse de confiar nele caso matasse Ronnie Raymond. No entanto, ele não teve problemas em entregar Martin Stein para Eilling e usou isto como uma oportunidade para fazer o Nuclear se mesclar novamente. Apesar de ser capaz de enganar as pessoas que conheciam Harrison Wells, suas mentiras não estavam segura de todos. Tina foi capaz de perceber que ele havia se tornado uma "pessoa diferente" desde a morte de Tess.

Eobard pode ser visto como um homem sofisticado, como sua própria coleção particular de uísque, mostrando interesse por orquestra clássica e era capaz de falar latim fluentemente, uma característica que compartilhava com Hartley Rathaway.

Devido a Eobard se esconder atrás de sua identidade de Wells, ele adaptou e evoluiu cada situação para melhor se adequar a sua agenda sob seu disfarce e sendo o próprio Wells por 15 anos. Eobard se tornou ainda mais hábil em conspirar e manipular desde seus anos de viagem no tempo, chegando perto a acreditar em suas próprias mentiras. Ele se apresenta como um benfeitor gentil e humilde, mesmo que seja extensivo a qual situação se adapta melhor à sua personalidade multifacetada e ele é mais do que capaz de agir de forma implacavelmente pragmática para alguém que requer tal comportamento, mesmo às vezes em na frente de seus companheiros de equipe. Ele raramente matava diretamente, mas preferia silenciosamente dobrar os outros e sistematicamente destruir quaisquer ameaças aos seus projetos ou vida usando sua vasta inteligência.

Apesar da composição genética e aparência física de Wells, Eobard permaneceu um tanto sádico e instável, como visto por suas inúmeras ameaças a Joe West, onde Iris West estaria em perigo ou Barry com o resto dos entes queridos de Barry sempre que seus planos começassem a falhar, tentando matar aparentemente por capricho. Ele também continuou a ter grande alegria em zombar de seus inimigos por suas tentativas vãs de pará-lo e não entender seus planos, demonstrado com a personificação de Hannibal Bates e sua reativação do acelerador de partículas. Ele expressou um pouco de remorso por alguns desses assassinatos (como visto com Simon Stagg), embora ele justifique seus assassinatos afirmando que aqueles que ele matou já estavam mortos há séculos de sua perspectiva. Em última análise, não houve o suficiente para dissuadi-lo de voltar para seu próprio tempo por qualquer meio necessário, já que Eobard matou Cisco devido a descobrir seu segredo, apesar de ver Cisco como um filho. Surpreendentemente, Eobard teve uma atitude evidentemente calma em relação à sua situação. Depois de descobrir que a única maneira de retornar à sua linha do tempo era criar um homem que sentia puro ódio, ele achou a situação quase ridiculamente irônica, alegando que esta é a maneira do destino de irritá-lo uma última vez, pois a única razão pela qual ele viajou no tempo foi com o único propósito de matar o jovem que se tornou seu protegido.

Eobard parecia exasperado ao saber que Barry havia viajado acidentalmente no tempo e estava impedindo que certos eventos acontecessem, dizendo a Barry para deixar tudo acontecer da mesma maneira porque as mudanças poderiam ser cataclísmicas. Eobard expressou grande medo dos Fantasmas do Tempo, explicando como ele teve o cuidado de evitá-los ao mudar a linha do tempo. No entanto, visto que outra versão de Eobard mais tarde causaria várias mudanças na história ao ser perseguido pelo Flash Negro, pode-se inferir que ele não se importa inerentemente se a linha do tempo for alterada e só a desaprova quando puder colocar em perigo sua vida ou afetar seus planos.

Quando a verdadeira personalidade de Eobard foi revelada a Equipe Flash, ele afirmou que tudo o que fez melhorou a vida de sua própria equipe, apesar do fato de ter usado Barry de forma egoísta para voltar ao seu próprio tempo e Cisco e Caitlin eram párias do incidente do acelerador de partículas. Isso prova que mesmo depois de 15 anos se escondendo atrás de uma identidade diferente, ele continua sendo um sociopata hipócrita que tenta justificar suas ações imorais. Outro exemplo é quando Eobard descobriu que matou Cisco em uma linha do tempo apagada, mas não se importou nem lamentou porque tinha certeza de que tinha um bom motivo para isso. Apesar disso, ele ainda parecia considerar a Equipe Flash seus amigos e aliados, ou pelo menos falava com eles em um tom casual como se fossem.

Eobard parece ter desprezo por Eddie Thawne, depois de revelar sua relação com Eddie, Eobard deixou claro que Eddie não foi morto porque isso colocaria sua própria existência em risco. Eobard revelou que não havia registros de Eddie na linhagem de sua família, ao contrário dos ilustres políticos, cientistas e capitães da indústria que são os descendentes de Eddie e ancestrais de Eobard. Ironicamente, o suicídio de Eddie significa que Eobard foi derrotado por alguém que ele considerava inferior. Assim, a auto-importância de Eobard poderia ser considerada sua falha fatal, já que ele contou a Eddie sobre a relação deles apenas para que ele pudesse insultá-lo e compará-lo a si mesmo.

Eobard pode ser muito tranquilo sobre o que acontece com ele, embora isso geralmente acontecesse quando ele acreditava que seu plano não seria afetado, mesmo quando confrontado com as forças combinadas de Flash, Oliver Queen e Nuclear, Eobard não mostrou absolutamente nenhum sinal de medo ou preocupação e, em vez disso, sorriu, comentando "isso seria divertido".

Embora Eobard originalmente odiasse o Flash, ele passou a ver Barry como um pouco mais do que um meio para um fim, mas passou a cuidar de seu protegido como estudante e (em alguns aspectos) até mesmo como filho. Eobard acreditava que ele podia compreender e sentir empatia com o amor paternal que Joe e Henry Allen tinham por Barry, inicialmente repugnando seu ex-protegido, embora Barry mais tarde admitisse que Eobard pode ter sido genuíno. Apesar disso, a raiva reprimida de Eobard e o ódio pelo Flash aparentemente ressurgiram quando Barry desistiu do acordo de voltar no tempo para salvar Nora. Isso ficou evidente quando Eobard esmurrou Barry violentamente pouco antes de jurar matar não apenas o Flash, mas os amigos de Barry e Henry também, caso o suicídio de Eddie não tivesse apagado as vidas dos descendentes de Eddie, que também deveriam ser ancestrais de Eobard. Embora aparentemente se acalmou pouco antes de desaparecer, ele ainda usou seus últimos segundos para zombar de Barry sobre como seu inimigo sobreviveria sem ele ali para controlar.

No testamento de Eobard, ele pensou que Barry nunca seria realmente feliz, o que implica que seu desdém por Barry pode nunca ter ido embora completamente, mas ele também reconheceu que os dois nunca foram realmente inimigos, e como um favor, ele confessou assassinato de Nora, que libertou Henry da prisão e permitiu que Barry herdasse os Laboratórios S.T.A.R. oficialmente. Este ato final e póstumo prova que Eobard tem honra nele, apesar de todos os seus traços vilões e mostra que em certo nível (genuinamente) se preocupava com o bem-estar de Barry.

Basta dizer que Eobard tinha uma composição psicológica extremamente complexa, com uma natureza adaptável e maleável, ele variava de um sociopata egocêntrico e egocêntrico da mais alta ordem, a um homem verdadeiramente compassivo e honrado em seus últimos anos, embora com um senso de honra muito distorcido. No geral, ele era um homem muito moralmente cinza, muito menos o monstro que muitas pessoas tendem a vê-lo, e provou ser um homem muito torturado, amaldiçoado a lutar contra seu próprio herói e se tornar seu inimigo. Em última análise, sua motivação para todo o bem e o mal que ele fez ao longo de 15 anos foi reivindicado como um retorno à sua antiga vida no século 22, para deixar o "bárbaro" século 21 e voltar para as pessoas de quem gostava. Em momentos de desespero, quando parecia que seu plano havia falhado, ele rapidamente ficou furioso e não teria nenhum problema em recorrer ao assassinato direto.

Depois de ser retirado do ano de 2000 e lançado em uma versão alterada de 2016, Eobard demonstrou desprezo e ridículo em relação a Barry Allen. Hipocritamente, ele se referiu a Barry como "o vilão" e castigou Barry por mudar o tempo, apesar das ações de Barry serem uma tentativa de consertar os erros das alterações da linha do tempo de Eobard em primeiro lugar. É possível que Eobard nunca tenha se importado inerentemente se a linha do tempo foi alterada ou não e estava apenas dizendo o que podia para convencer Barry a libertá-lo antes que ele perdesse suas memórias ou fosse apagado da existência.

Não querendo deixar nada ficar em seu caminho, Eobard causaria várias aberrações históricas para as Lendas limparem em sua busca para encontrar a Lança do Destino. Eobard mostrou vontade de trabalhar com vários terroristas/criminosos, como Damien Darhk, Malcolm Merlyn e Leonard Snart. Ele havia caído tão baixo na moral que não tinha escrúpulos em se aliar e, posteriormente, trair ou mesmo matar os nazistas em 1942 com suas próprias mãos. Além disso, foi Eobard quem ajudou com os planos de Damien Darhk e Adolf Hitler de destruir a cidade de Nova Iorque em primeiro lugar, por nenhuma razão discernível além da possibilidade de ganhar uma parte do Amuleto Askaran. Ele também estava pronto para fornecer à Alemanha nazista seu potenciador biomolecular meta-humano que poderia permitir que os nazistas ganhassem a guerra, tudo apenas para obter uma parte do Amuleto Askaran do Barão Krieger. Vendo como ele havia entrado em conflito com Rex Tyler em várias variações da linha do tempo, Eobard não se importou com os danos da linha do tempo que matar Rex preventivamente causaria. Por outro lado, Eobard modificou seu cordão de roubo de aparência para permitir que suas vítimas (como Martin Stein e John Swigert) permanecessem vivos, embora seu motivo seja desconhecido. É possível que, como a versão anterior de si mesmo, Eobard justificou suas ações pelo fato de que suas vítimas estavam "mortas há séculos" de seu ponto de vista.

Armado com o conhecimento de possíveis futuros, Eobard demonstraria grande orgulho e arrogância, criando uma aura de mentor onisciente em torno de si para seus inimigos e aliados, pensando nas Lendas como estando abaixo de sua inteligência, muitas vezes chamando-as de "idiotas" e outros nomes semelhantes. Ele também se mostrava ansioso para contar aos outros sobre seu conhecimento de história e mitos, detalhando como o Amuleto Askaran ajudaria seus aliados a encontrar a Lança do Destino. A queda de Eobard veio de ele tomar decisões baseadas em orgulho e arrogância, como escolher manter as Lendas em existência na realidade reescrita e, finalmente, não usar seu relógio que o teria alertado da presença do Flash Negro.

Eobard costumava brincar com seus inimigos, e sua atitude mais distorcida e demente era a mais direta contra Barry. Ele riu loucamente ao perceber que havia de alguma forma evitado os perigos do Ponto de Ignição e ele teve grande prazer em atormentar Barry quando foi liberado para que a linha do tempo fosse "restaurada" (apesar da linha do tempo anterior também ser um produto das maquinações de Eobard). Eobard também provocava as Lendas, mostrando ao grupo como seria fácil massacrar todos eles com todo o seu poder, já que ele ameaçou matar Jefferson Jackson e Amaya Jiwe, mas depois mostrou misericórdia com a equipe e sua própria rebelião co-conspiradores em sua nova realidade para servir como um meio de punir seu desafio, forçando-os a ficarem presos e impotentes, enquanto diz a seus amotinados "lembrem-se dessa misericórdia", e mais tarde matando as versões alternativas das Lendas.

Apesar dos traços arrogantes e superconfiantes de Eobard como um assassino implacável e sociopata, ele também exibiu um lado mais contemplativo e filosófico com um certo grau de humanidade. Ao ser recebido com outra declaração de ódio de Barry, Eobard respondeu que ele também odeia o Flash, mas às vezes ele se pergunta qual velocista está certo. Eobard também alegaria ter boas lembranças do trabalho de seu eu alternativo ao lado de Caitlin Snow e Cisco Ramon, e não se via como um monstro absoluto em comparação com os monstros que testemunhou ao longo dos séculos que viu em viagens no tempo, comentando sobre isso para Ray Palmer. Eobard também não está sem medo, já que ele viu Hunter Zolomon (Flash Negro) como uma besta pior do que até mesmo os Fantasmas do Tempo. Ele provou estar em verdadeiro terror, descrevendo o Flash Negro como "um dos piores monstros da história". Com o conhecimento do suicídio de seu ancestral e de sua própria mortalidade, Eobard agora não queria mais vencer o Flash, mas simplesmente continuar vivendo.

Na realidade reescrita, Eobard interrompeu com sucesso o aquecimento global, derretimento das calotas polares e a extinção dos ursos polares, e se tornou o homem mais poderoso desta realidade. No entanto, a realidade reescrita tinha todos os vários heróis (incluindo o Flash) mortos, e o Flash Negro permaneceu intacto, embora preso por Eobard. Ao contrário da versão anterior de si mesmo, cujo único objetivo era voltar ao seu tempo, Eobard parecia contente com essa realidade que lembrava o século XXI.

Depois de ser preso em Iron Heights, Eobard, aparentemente, refletiu sobre sua vida maligna e sentiu remorso sobre suas ações, afirmando que estava tentando se redimir e deixar um legado menos vilanesco. Ele esteve disposto a ajudar a filha de seu arqui-inimigo, Nora West-Allen, a derrotar o Cicada e prevenir o desaparecimento de Barry na Crise. Eobard expressou culpa, vergonha e remorso quando Nora o confrontou sobre assassinar sua avó materna e tormentar a vida de seu pai, mesmo acreditando que suas ações a salvaram. Eobard até mesmo demonstrou ter se sentido ofendido quando Nora afirmou que ele se importava apenas consigo mesmo. Apesar disso, ele não guardava rancor pela condenação de Nora e rapidamente concordou em ajudá-la quando ela, para seu grande prazer, decidiu lhe dar uma chance.

Quando confrontado por Barry, Eobard não mostrou nenhum ressentimento para com seu inimigo de longa data, apenas tentando colocar Barry em seu lugar por sugerir que ele estava tentando levar Nora para ele, argumentando que ele simplesmente concedeu o desejo de Nora de ver seu pai novamente, embora ele o tenha feito tão zombeteiramente. Isso sugere que seu ódio por Barry desapareceu, ou pelo menos abrandou.

No entanto, o verdadeiro objetivo de Eobard em ser mentor e enviar Nora ao passado era destruir a adaga de Cicada que estava diminuindo seus poderes para que ele pudesse escapar de sua execução. Mesmo assim, Eobard gostava genuinamente de Nora, considerando-a a filha que ele nunca tivera. Ele parecia estar quase orgulhoso do crescimento de Nora como velocista e ficou imediatamente preocupado quando ela começou a desaparecer. Eobard rapidamente se ofereceu para ajudar, fazendo com que Barry levasse Nora para a Força de Aceleração Negativa, chegando ao ponto de implorar a Barry para salvá-la, se desculpando por ter indiretamente causado Nora a fazê-lo. Isso também foi indicado por como Eobard parecia relutante em deixar Nora entrar na Força de Aceleração Negativa, apesar de ser necessário para sua liberdade, já que ele estava preocupado que isso a corromperia como ele. No entanto, enquanto o plano final de Eobard era fazer com que Nora estabelecesse uma conexão com a Força de Aceleração Negativa para promover seu objetivo de fuga, ele também queria dar a Nora a opção de preservar sua existência após seu plano dar certo.

Meses depois de ser expulso do corpo de Harrison Nash Wells, sobrevivendo na forma de táquions negativos, Eobard foi restaurado pela Força de Aceleração em um plano feito por Barry Allen e Iris West-Allen em troca de ajudá-los a derrotar August Heart. Eobard relutantemente ajudou Barry a derrotar Godspeed, apenas porque o próprio Eobard queria ser o único a matar Barry. Depois que August foi derrubado, Eobard estava ansioso para ter um confronto final com Barry novamente, que (educadamente) o avisou para ir embora enquanto ele ainda tinha a chance, mas Eobard (arrogantemente) ignora o aviso de seu arqui-inimigo e tenta atacá-lo. Mas para seu embaraço, ele descobre que Barry finalmente o superou em termos de "velocidade física". Percebendo que não é páreo para a velocidade dele, Eobard recuou para lutar outro dia.

Após o último encontro de Eobard com Barry, ele criou a linha do tempo Ponto de Ignição Reverso não apenas para que ele pudesse usurpar o papel de Barry como o Flash, mas também para feri-lo também. No entanto, Eobard subestimou Barry mais uma vez, porque ele sabia que Barry tinha apenas uma pequena quantidade de energia da Força de Aceleração dentro dele, ele acreditava que ele não seria capaz de mudar a linha temporal de volta ao normal antes de ser apagado da existência.

Depois que Eobard descobriu que estava sendo apagado da existência pela própria linha do tempo como resultado de Barry utilizar o distribuidor de erradicação de partículas para evitar que a linha do tempo do Ponto de Ignição Reverso acontecesse, ele teve a audácia de pedir ajuda a Equipe Flash para salvar sua vida, o que Eobard não merecia, provando que sempre coloca sua autopreservação antes de seus próprios objetivos egoístas. Eobard afirmou que depois que a Equipe Flash o salvou de ser apagado da existência, ele continuará sua obsessão para tentar destruir a vida de Barry, provando que só ele não tem qualidades redentoras, mas Eobard também não tem nenhuma culpa, vergonha ou remorso pelas ações desprezíveis que cometeu ao longo dos anos.

Depois de Barry exigir saber por que Eobard o desprezava tanto, ele revelou que a principal razão pela qual ele odeia Barry não por causa do que aprendeu no Museu do Flash, foi por causa do que aconteceu na linha do tempo original do multiverso original do século 22; que foi a primeira vez que Barry e Eobard realmente se conheceram, onde Barry "roubou" a glória de Eobard.

Depois que Barry cortou a conexão de Eobard com a Força de Aceleração Negativa, salvando-o de ser apagado da existência, mas em vez de ser grato a Barry por salvar sua vida, ele o criticou afirmando que “minha velocidade é minha vida, você tirou minha vida e me deixou no inferno”.

Poderes e habilidades

Poderes anteriores

  • Conexão com a Força de Aceleração-Força de Aceleração Negativa/Fisiologia meta-humana: Replicando as circunstâncias por trás dos poderes do Flash, Eobard ganhou acesso à Força de Aceleração. Mas algum tempo depois, ele criou sua própria versão negativa da Força de Aceleração e se tornou conectado a ela também. Portanto, sua fisiologia foi grandemente aumentada para além do pico do desempenho humano, permitindo-lhe lidar com esforços físicos extremos e desempenho. Sua conexão com a Força de Aceleração e Força de Aceleração Negativa concede a ele o poder não apenas de sentir o Flash e outros velocistas conectados à Força de Aceleração, mas ele também pode permanecer sem ser detectado; sendo este o motivo do Flash nunca poder antecipar a chegada de seu inimigo e suas manipulações do tempo. No entanto, depois da morte de Eobard na crise, ele acabou sendo transformado em táquions negativos, e poderia apenas acessar a Força de Aceleração Negativa caso tivesse um corpo hospedeiro.[66] Quando a Força de Aceleração reconstruiu seu corpo, sua conexão com a Força de Aceleração Negativa também foi, e assim não precisava mais de um corpo hospedeiro.[82] Como um velocista, Eobard é um dos seres mais poderosos do Multiverso. Depois que Barry cortou a conexão de Thawne com a Força de Aceleração Negativa, ele não possui mais nenhum poder, já que agora se tornou um humano normal.[69]
    • Fator de cura acelerado: A Força de Aceleração no sangue de alguém concede propriedades regenerativas. O corpo de Eobard cura muito mais rápido e com mais eficiência do que os humanos normais. Suas feridas pelo ataque desapareceram completamente sem deixar vestígios, que ele encobriu isolando-se para evitar especulações de qualquer tipo. Depois de ser violentamente espancado pelo Flash de 2016 duas vezes, ele foi capaz de se recuperar como se nunca tivesse se machucado.
      • Longevidade sobre-humana: Devido ao fator de cura acelerado de Eobard, ele envelhece muito mais devagar do que os humanos normais. Apesar de ter passado quase 30 anos no passado, sua aparência e desempenho permanecem os mesmos de sempre (embora as alterações de roubar a forma de Harrison Wells possam ter contribuído para isso), enquanto Eobard estava preso na prisão de Iron Heights no futuro, seu cabelo começou ficar cinza ao longo de um período de 15 anos como resultado dele envelhecer naturalmente. No entanto, quando a adaga de Cicada foi destruída no passado e Eobard recuperou seus poderes, seu cabelo voltou à cor preta original.
    • Vibração corporal: Eobard tem a capacidade de vibrar qualquer parte de seu corpo em diferentes frequências sob comando, com efeitos variados. Quando feito, isso é visto como uma névoa que as pessoas normais não conseguem perceber claramente. Também pode distorcer sua voz em um tom profundo para difarçá-la. Ao vibrar rapidamente, Eobard foi capaz de reverter os efeitos de seu cordão de roubar a aparência modificada, o que o dispositivo também podia fazer por ele com o apertar de um botão.
      • Intangibilidade: Eobard pode perfeitamente passar seu braço por um indivíduo, matando-o instantaneamente sem danificá-lo externamente. Ao vibrar as células em seu corpo, Eobard pode passar por outros indivíduos ou objetos ilesos. Como Cisco Ramon se lembrou de sua própria morte nas mãos de Eobard, Cisco descreveu Eobard como tendo esmagado o coração com o punho, executando a mesma técnica em Mason Bridge em 2015 e Rex Tyler em 1942. Este poder parece ter efeitos danosos em equipamentos elétricos, pois causou um curto-circuito no computador de Mason.
    • Eletrocinese: Eobard pode produzir uma poderosa eletricidade vermelha de seu corpo. A intensidade de seus raios é tão grande que, no momento em que ele chegou ao estádio para a primeira luta de Barry com ele, as luzes elétricas e as telas de vídeo começaram a piscar.[8] Eobard também é capaz de fazer seus olhos brilharem em vermelho vivo, o que provavelmente é outro efeito de sua eletrocinese. De uma posição estacionária, Eobard pode gerar um fluxo contínuo de relâmpagos para lançar em um alvo.[54] Ele também pode usar a eletrocinese para criar construções físicas, tais como espadas,[82] e também pode lançar raios.[83]
    • Durabilidade sobre-humana: A durabilidade de Eobard é bem acima da dos humanos normais, já que ele é capaz de suportar ataques e esforços muito mais rápidos do que o normal e sobreviver a impactos que seriam fatais ou pelo menos incapacitantes permanentemente para humanos normais. Em 2015, ele foi capaz de resistir e se recuperar rapidamente de explosões pirocinéticas de Nuclear em várias ocasiões, sendo atingido por várias flechas e sendo golpeado pela força e impulso aprimorados do Flash. Durante sua luta com o Flash, Nuclear e o Arqueiro, ele também dificilmente se intimidou depois de cair de um prédio para outro de vários andares, sem se incomodar por se mover em super velocidade ao mesmo tempo. Depois de ser golpeado pela Supergirl, uma kryptoniana com super-força, Eobard foi capaz de se levantar segundos depois. Ele também foi capaz de resistir às punições brutais e frequentes que recebeu em sua cela de Iron Heights.
    • Processo mental sobre-humano: Os poderes de Eobard também tornaram seu sistema e processamento de pensamento capazes de receber e reter informações com a mesma rapidez e eficiência. Mesmo usando sua velocidade bruta, ele pode claramente pensar, reagir aos eventos e realizar ações muito antes que os humanos normais possam percebê-los.
      • Percepção acelerada: A velocidade de Eobard também se estende aos seus sentidos e capacidades mentais. Ele pode receber informações e processá-las em taxas muito mais rápidas do que um ser humano normal, bem como ver e ouvir claramente quando se move em super-velocidade. Essa habilidade permite que Eobard veja o mundo como se estivesse em câmera lenta, o que, combinado com sua velocidade física, permite que ele execute pensamentos e ações muito antes que um humano normal ao seu redor pudesse percebê-los. Quando Barry estava correndo em Mach 2, Eobard era capaz de seguir esses movimentos com facilidade, e faz isso novamente quando Barry viaja ao passado sob sua orientação.
    • Eobard Thawne correndo em velocidade sobre-humana, emitindo seus raios vermelhos.

      Velocidade sobre-humana: Eobard é capaz de se mover em níveis de velocidade bem acima de Mach 2.2, ultrapassando facilmente o limite de Barry Allen durante 2014-2015. Usando essa velocidade, ele pode mover-se facilmente em estruturas verticais e tetos. Barry disse que ele é tão rápido que poderia matar todos na delegacia em segundos, descrevendo-o como "alguém que nem eu consigo acompanhar". Mais tarde, foi revelado que sua tremenda velocidade era muito influenciada por partículas de táquion em seu corpo. Conforme revelado por Caitlin Snow, isso permite que Eobard passe menos tempo no chão a cada passo, impulsionando-o para frente muito mais rápido, semelhante a Hunter Zolomon com os soros de Velocidade.[15] Mais tarde, após de alguma forma retornar, sua velocidade também aumentou consideravelmente, capaz de acompanhar o Flash de 2017.[22] No entanto, Eobard também afirmou que sua velocidade era igual à velocidade do Flash de 2024,[1] então também é possível que ele simplesmente percebeu que Barry havia atingido esse potencial e correu usando toda a extensão de sua velocidade. Eobard afirmou que ele é ainda mais rápido que o Superman.[14] Embora Eobard ainda fosse excepcionalmente rápido depois que a Força de Aceleração reconstruiu seu corpo, sua velocidade provou ser inferior à de Barry, que finalmente ultrapassou seu antigo mentor em termos de velocidade física.[82]
      • Aerocinese: Usando sua velocidade, Eobard pode gerar fluxo de ar em vários níveis. Ele pode criar ondas violentas e vácuos de ar sacudindo uma parte do corpo muito rápido. Seu vácuo de velocidade é muito poderoso, pois ele foi capaz de lançar Nuclear girando apenas uma mão em 2015.
      • Viagem interdimensional: Eobard é capaz de usar sua velocidade para quebrar as barreiras entre universos paralelos, permitindo-o viajar entre eles. Ao fazer isso, ele foi capaz de viajar para a Terra-X, onde usou seu conhecimento da Terra-1 e Terra-38 para ganhar a confiança do Fuhrer daquele univero.
      • Miragem do tempo: Usando sua velocidade tão rapidamente, Eobard pode criar imagens residuais, fazendo parecer que ele está em dois lugares ao mesmo tempo, não importa a distância que estejam um do outro. Esta imagem é tão realista que a mente humana não consegue perceber a diferença. Eobard também pode criar projeções de velocidade enquanto mantém sua velocidade, como demonstrado quando ele enfrentou Barry e Nora.
      • Agilidade sobre-humana: Eobard possui coordenação corporal desumana, equilíbrio e destreza. Ele é capaz de mudar de direção imediatamente, o que lhe permite fazer curvas fechadas nas ruas da cidade sem escorregar ou perder o equilíbrio.
      • Momento sobre-humano: Eobard pode gerar uma quantidade desumana de força física de qualquer parte de seu corpo, especialmente ao usar a super velocidade. Isso lhe permitiu exercer força física com facilidade, comumente para conter o oponente em super-velocidade e imobilizando-o com pouco esforço, bem como para matar seus oponentes por meio de colisão em alta velocidade. Ao canalizar essa força para seus ataques, até mesmo o Flash foi rapidamente golpeado e tornou-se incapaz de lutar. Quando ele enfrentou o Flash Negro em 2025, Eobard deu um soco com força suficiente para enviar a criatura voando por várias salas antes de bater contra a parede oposta.
      • Reflexos sobre-humano: A velocidade de Eobard também aumenta seu tempo de reação, permitindo que ele reagisse ao perigo e outros eventos mais rápido que um humano normal.
      • Viagem no tempo: Usando a Força de Aceleração Negativa, velocistas como o Flash Reverso são capazes de conduzir a cronocinesia ou manipulação temporal, o que permite que ele viaje ao longo do tempo. Ao contrário dos usuários da Força de Aceleração, a capacidade de Eobard de viajar e manipular o tempo é mais refinada em comparação com outros velocistas, pois ele é facilmente capaz de alterar drasticamente a história e apagar completamente as pessoas da existência (outros velocistas não podem mudar o passado sem consequências dramáticas). Essa habilidade também permitiu que Eobard continuasse existindo, apesar de ter sido apagado da existência na linha do tempo atual. No entanto, ao usar a Força de Aceleração, Eobard tem efeitos colaterais, como observar os Fantasmas do Tempo e o Flash Negro.
        • Criação de resquício do tempo: Ao voltar momentaneamente no tempo, Eobard é capaz de "criar" um resquício do tempo. Como cada um é tão real quanto o outro, isso permite que Eobard domine seus inimigos com várias cópias de si mesmo. Ele também o protegeu de quaisquer alterações na linha do tempo e garantiu sua existência quando ele não deveria existir, tornando-se ele mesmo um resquício do tempo. Como um resquício do tempo, ele também foi capaz de criar seus próprios resquícios do tempo, mas eles são meras extensões de si mesmo e sob seu controle direto, como ficou evidente quando o Flash Negro apagou Eobard da existência, todos os seus resquícios do tempo desapareceram logo após ele.
        • Imunidade temporal: Devido à conexão de Eobard com a Força de Aceleração Negativa, ele existe fora do tempo. Por exemplo, quando seu ancestral, Eddie Thawne, cometeu suicídio que apagou todos os futuros membros da linhagem Thawne da linha do tempo, Eobard ainda continuou a existir.
        • Retrocognição: Quando existia como um resquício do tempo, Eobard reteve memórias de sua vida anterior disfarçado de Wells, como visto quando se lembrou de ter trabalhado com Cisco e Caitlin.[3] Quando Barry visitou uma versão de Eobard, ele estava bastante familiarizado com Savitar, embora Savitar presumivelmente não fizesse parte da linha do tempo original.[12] Eobard também parecia não ter sido afetado pelas mudanças na linha do tempo do pós-Ponto de Ignição, já que sua versão do pós-Ponto de Ignição estava ciente da morte de Ralph Dibny, um evento da linha do tempo do pré-Ponto de Ignição.[54]
      • Resistência sobre-humana: O corpo de Eobard pode lidar com o estresse de corridas sobre-humanas sem angústia perceptível. A resistência aprimorada de seu corpo permite que ele funcione por muito mais tempo do que um ser humano normal, sem ficar cansado ou fraco. Portanto, ele também está adaptado às quantidades extremas de força exercidas sobre ele enquanto ele está se movendo em super velocidade, bem como às temperaturas extremas e quantidade reduzida de ar respirável.
      • Força sobre-humana: Devido à tremenda quantidade de energia da Força de Aceleração em seu corpo, Eobard exibe um grau de força sobre-humana, exercendo quantidades inumanas de força sem usar sua velocidade. Ele também foi visto socando Mason, o que fez Bridge subir todo o caminho até o telhado e quando o homem caiu, ele mais uma vez socou sua vítima, fazendo Mason atravessar todo o quarto. De uma posição estacionária, ele foi capaz de lançar o Flash a vários metros de distância com um braço. Como meio de intimidação ou restrição, ele tem demonstrado repetidamente ser capaz de segurar, ou mesmo pegar, um adulto com uma única mão, geralmente pelo pescoço. Ele também foi capaz de quebrar o pescoço de um homem sem esforço. O método de intimidação/restrição de Eobard foi feito em Rex em 1947 e Malcolm Merlyn no Ponto de Fuga, e o método de quebrar o pescoço de um homem foi feito em vários funcionários do Mercury Labs e no CCPD em 2014-2016, e em agentes do governo enquanto protegiam Damien Darhk em 1987.
    • Conexão com a Força Imóvel Negativa: Em algum momento, após ter sido humilhado pela velocidade superior do Flash, Eobard formou uma conexão com a Força Imóvel Negativa para poder manipular o tempo e seus eventos com mais facilidade. Ele usou esta vantagem para arruinar a vida de Barry; como plantar evidência dele ter trabalhado com Joseph Carver, matar Joe West e usar o rosto de Barry para atacar Central City.
    • Possessão: Após a morte de Eobard na crise, ele foi reduzido a uma forma de táquions negativos (como sua forma física não foi mais preservada). Como táquions negativos, ele tinha o poder de possuir humanos. No entanto, ele não poderia assumir o controle do corpo e se conectar à Força de Aceleração Negativa até que seu hospedeiro fosse totalmente dominado por ele.[66] No entanto, depois de receber seu corpo pela Força de Aceleração, Eobard não tem mais este poder.

Habilidades

  • Intelecto de nível genial/Grande perspicácia para negócios/Tático mestre/Líder: Eobard é considerado um gênio mesmo na era mais avançada do final do século 22, tendo aprendido astro-navegação na escola primária, tornando-o potencialmente mais inteligente do que todos os indivíduos do início do século 21 (além de Clifford DeVoe), ele demonstrou um conhecimento profundo e compreensão da viagem no tempo como os Mestres do Tempo. Com isso, ele foi capaz de evitar efetivamente qualquer encontro com um Fantama do Tempo e viajar com confiança por mais de 150 anos para mudar o passado sem medo de afetar seu próprio futuro, bem como dar às Lendas problemas para equilibrar a linha do tempo. Eobard é um grande estrategista, empresário e líder, tendo fundado pessoalmente os Laboratórios S.T.A.R. e o comandou com muito sucesso por 14 anos, e foi capazes de liderar efetivamente a Equipe Flash e rapidamente apresentar planos para ajudar Barry Allen a derrotar os meta-humanos enquanto, simultaneamente, cometia vários crimes para cumprir sua própria agenda e os impedia de descobrir que ele era o Flash Reverso por quase um ano. Além disso, seu domínio dos planos de contingência também foi visto pela maneira como ele estabeleceu as ferramentas necessárias para forçar todos a voltarem ao pipeline, portanto; forçando a Equipe Flash a ajudá-lo a voltar ao seu tempo, mesmo depois de ter sido derrotado por Barry, Oliver e Nuclear. Depois de reescrever a realidade com a Lança do Destino, Eobard mais uma vez provou ser capaz de administrar os Laboratórios S.T.A.R., tornando-se uma figura de destaque no mundo dos negócios. Eobard provou ter grande inteligência sobre a Força de Aceleração e seu uso. Ele sabia que o Amuleto Askaran era um artefato judaico-cristão que agia como uma bússola para a Lança do Destino, bem como conhecia as capacidades divinas do objeto Seu conhecimento e compreensão sobre a Força de Aceleração parecem estar entre os maiores (senão o maior) entre os velocistas devido a ele ser do futuro. Eobard está entre os indivíduos mais inteligentes do multiverso e o indivíduo mais inteligente da Terra-1.
    • Conhecimento médico: Embora nunca tenha declarado explicitamente a excelência na área médica, Eobard ainda era um bom médico para realizar cirurgias complexas, já que foi encarregado de transplantar o coração saudável de Supergirl para Overgirl.[14]
    • Especialista em computadores/Hacker de computador habilidoso: Eobard é um hacker de computador habilidoso, sendo capaz de hackear os sinais de rádio de vários carros para destruir as armas de Hartley Rathaway.[26]
    • Cientista mestre: Tendo aprendido astro-navegação na escola primária e dedicado sua vida a aprender os segredos da Força de Aceleração, Eobard é um cientista muito experiente e engenhoso especializado em vários campos da ciência. Ao longo de sua vida, Eobard foi um professor genial, especialmente um físico, do avançado século 22 e, quando preso no século 21 como Harrison Wells, enquanto dirigia os Laboratórios S.T.A.R., ele foi capaz de atuar efetivamente como um dos maiores líderes científicos daquele tempo e fazer um grande avanço para vários campos científicos. Ele tem um conhecimento excelente da bioquímica meta-humana e da estrutura molecular, criando um intensificador biomolecular. Quando recebeu a fórmula da Velocidade-9, Eobard foi capaz de identificar rapidamente uma maneira de desativar a velocidade artificial. Seu maior feito da ciência foi a replicação bem-sucedida do acidente do Flash para replicar os poderes de seu antigo ídolo/futuro arqui-inimigo e ele até criou seu próprio método de ser um velocista e viajar no tempo criando/aproveitando a Força de Aceleração Negativa, uma força sugando poder da Força de Aceleração e alimentada por emoções negativas e táquions negativos, a fim de ser um velocista ainda indetectável pelo Flash, bem como um meio para ser protegido de sua existência ser apagada da morte de seu ancestral.
    • Mestre da enganação/Manipulador: Eobard é altamente talentoso em enganar as pessoas, já que foi capaz de trabalhar em estreita colaboração com a Equipe Flash por meses como Harrison Wells sem que eles soubessem quem ele realmente era e até mesmo enganar aqueles próximos que conheceram o verdadeiro Harrison Wells, todos exceto Tina McGee.[30] Ele é também um excelente manipulador, sendo capaz de manipular Tony Woodward e Hannibal Bates para ajudá-lo. Ele até mesmo manipulou Nora West-Allen para confiar nele, dizendo à ela para ajudar o Flash a destruir o satélite de DeVoe para que a linha do tempo criasse um Cicada que a Equipe Flash conseguisse derrotar para destruir a adaga que o vilão usava, que estava acorrentada em seu peito no futuro.[54]
    • Engenheiro mestre: Eobard é altamente proficiente na arte da engenharia devido ao seu conhecimento consumado da tecnologia futurística do século 22, pois ele criou e modificou com sucesso o acelerador de partículas com apenas os recursos do século 21, recriou o dispositivo táquion em um divisor quântico com a ajuda de Cisco e foi capaz de criar o anel que contém seu traje, o Cofre do Tempo, armas anti-velocistas e o cordão que rouba a aparência, que ele conseguiu modificar para não ser letal para a pessoa cuja aparência está sendo imitada, permitindo-lhe para manter Martin Stein vivo. Eobard, enquanto servia como General SS na Terra-X, até mesmo projetou e construiu a Wellenreiter principalmente por conta própria.
  • Combatente corpo-a-corpo experiente: Embora tenha sofrido uma surra nas mãos do Flash em 2016 em seu primeiro encontro, Eobard acabou se tornando um especialista experiente em combate corpo-a-corpo, sendo capaz de lutar no mesmo nível do Flash de 2024 e derrotou facilmente o Flash mais jovem de 2014-2015 em várias lutas, junto com mais tarde ganhando duas lutas com o Flash de 2017, cuja velocidade se igualou à dele, antes de ser derrotado em sua luta final. Enquanto o novato Flash de 2014-2015 dependia principalmente da velocidade para subjugar oponentes mais lentos com golpes aleatórios, o Eobard mais velho provou ser um combatente muito metódico, usando sua velocidade para golpear de maneira contínua e rápida em pontos precisos para sistematicamente cansar seu oponente. Mesmo sem sua velocidade, as habilidades de luta de Eobard por si só se mostraram formidáveis, capazes de derrotar Ray Palmer em seu Exoesqueleto A.T.O.M. quando eles estavam em uma área sem gravidade, o que efetivamente o tirou de sua velocidade, com habilidades de luta apenas superiores, rapidamente mudando a maré depois que Ray o subjugou brevemente para espancá-lo e chutá-lo para longe. Ele ainda conseguiu se defender contra o extremamente habilidoso Oliver Queen, que já havia sido treinado por Ra's al Ghul, por tempo suficiente para recuperar sua velocidade, capaz de se esquivar e bloquear alguns dos golpes de Oliver antes de ser derrotado. Quando no corpo de Nash e não tendo seus poderes, Eobard ainda foi capaz de derrotar Cisco, facilmente derrubando-o e restringindo-o e escapando de suas garras depois de ser atingido e derrubando-o em uma mesa e, finalmente, subjugando-o após bloquear facilmente seu ataque. Como seu rival Barry Allen, Eobard também era rápido para se adaptar na batalha, como mostrado quando eles usaram suas espadas relâmpago recém-criadas contra o Godspeed temporariamente muito mais rápido, com seus esforços combinados provando ser um páreo para ele.
    • Lutador de faca habilidoso: Ao lutar contra Ray, Eobard foi capaz de usar uma faca para cortá-lo duas vezes antes de ser desarmado.
    • Especialista em combate com bastão: Ao lutar contra Oliver, Eobard foi capaz de empunhar uma vara de metal contra o vigilante que empunhava um arco, se segurar por um tempo e até acertá-lo, embora claramente tenha pego Oliver desprevenido.
  • Intimidação: Como Flash Reverso, Eobard possui uma presença intimidadora que forçaria outros indivíduos a revelarem informações que ele estivesse procurando. Damien Darhk notou que não tinha medo de Eobard, mas sim de sua velocidade.

Fraquezas

  • Instabilidade mental: Eobard é incrivelmente arrogante, cruel, instável e delirante. Ao descobrir que estava destinado a se tornar um dos maiores inimigos do Flash, notando que nunca poderia ser um herói igual ao seu ídolo, ele desenvolveu um ódio (irracional e injustificado) por Barry Allen. Sua raiva se intensificou ainda mais quando Eobard se preparou para se revelar como um velocista ao público do século 22, apenas para ser superado pelo Flash, que salvou a multidão de um desastre desconhecido. Desde aquele momento, Eobard se tornou obcecado em destruir a vida de Barry, acreditando firmemente que era superior a ele. Em realidade, Eobard não demonstra ter nenhuma moral ou quaisquer formas de honra. Eobard tem o hábito de subestimar seus oponentes (até mesmo o próprio Flash, apesar das diversas batalhas que os velocistas tiveram pelo tempo), o que levou a sua derrota nas mãos de seu arqui-inimigo múltiplas vezes. Sua obsessão em destruir a vida de Barry também quase custou sua vida. Ele criou o Ponto de Ignição Reverso não apenas para roubar o papel de Barry como Flash (assim como sua vida), mas também para machucá-lo. Depois que a linha do tempo foi desfeita, Eobard começou a ser apagado da existência, e nem mesmo sua conexão com a Força de Aceleração Negativa poderia salvá-lo. Apesar de tudo que Eobard havia feito a ele, Barry decidiu salvá-lo ao danificar a conexão de Thawne com a Força de Aceleração Negativa.
  • Conexão com a Força de Aceleração Negativa: Como os poderes de Eobard são derivados de sua conexão com a Força de Aceleração Negativa, ele poderá perdê-los caso sua conexão com ela seja desfeita. Barry danificou a conexão de Thawne com a Força de Aceleração Negativa para prevenir que ele fosse apagado da existência.

Fraquezas anteriores

  • Arma anti-velocista: As Lendas possuem um arsenal de armas para usarem contra velocistas, inventadas pelo próprio Eobard. A arma permite que seu usuário desacelere algum velocista por um breve tempo. No entanto, Eobard demonstrou ser um tanto quanto resistente a sua criação, já que seus poderes foram "desativados" apenas momentaneamente.
  • Distribuidor de erradicação de partículas: Depois que Barry Allen usou este dispositivo para prevenir que o Ponto de Ignição Reverso fosse criado, Eobard começou a ser apagado pela própria linha do tempo, que de algum modo conseguiu alcançá-lo até mesmo na Força de Aceleração Negativa. Para que Eobard continuasse a existir, Barry teve que danificar a conexão de Thawne com a Força de Aceleração Negativa.
  • Táquions positivos: Como a Força de Aceleração Negativa é o oposto da Força de Aceleração, é teorizado que os táquions positivos podem enfraquecer os poderes de Eobard. No entanto, os táquions negativos também podem sugar os táquions positivos para extrair energia. Isso sugere que muitos táquions positivos podem compensar os táquions negativos.
  • Temperaturas baixas: Assim como outros velocistas, Eobard parece ficar enfraquecido, ou pelo menos momentaneamente atordoado, quando exposto a um ambiente extremamente frio. Isso foi provado quando a arma de Leonard Snart deixou Eobard inconsciente por um curto período de tempo.
  • Gravidade irregular: Eobard é incapaz de acessar sua velocidade enquanto está no espaço ou na lua. Enquanto Ray sugere que isso é devido à falta de gravidade, Eobard ainda é incapaz de se transformar ou vibrar enquanto estivesse na lua, que possui uma força gravitacional. No entanto, isso pode ser simplesmente por causa das forças gravitacionais diferentes da Terra e da lua, o que significa que Eobard seria capaz de se transformar naquele nível de gravidade específico. Além disso, ele precisava restaurar manualmente sua aparência normal com o cabo que roubava a aparência em vez de vibrar por conta própria. Ele pode, no entanto, ainda acessar suas habilidades de velocidade quando a gravidade ao nível da Terra é artificialmente replicada (por exemplo, na Waverider).[3]
  • Nanites: Quando Eobard foi atingido por uma flecha nanite, ele perdeu seus poderes por um curto período de tempo, embora Oliver tivesse dito que isso diminuiria sua velocidade por "um bom tempo", e ele poderia vibrar um pouco; permitindo que ele eliminasse os nanites de seu corpo, restaurando instantaneamente seus poderes.[13]
  • Alterações de tempo: Embora esteja disposto a dar grandes saltos no tempo e também interferir nos eventos,[16] Eobard tem um grande medo da manipulação do tempo feita de forma imprudente por outras pessoas.[15][37] Isso se deve à existência de Fantasmas do Tempo, que agem como guardiões da energia da Força de Aceleração. Embora existisse como um resquício do tempo quando seu eu passado fosse apagado da existência, Eobard foi forçado a correr constantemente, até mesmo através da própria linha do tempo, para evitar ser morto pela caça implacável do Flash Negro, que Eobard tinha pavor de enfrentar.[42] Após seu retorno de algum lugar desconhecido, Eobard parecia ter resolvido seu problema com o Flash Negro, pois ele parecia indiferente quando confrontado com seu apagamento anterior.[55] Ele afirmou ter descoberto que "a linha do tempo é maleável" e foi capaz de prever a linha do tempo com facilidade.[12][54] No entanto, por causa da habilidade da pedra temporal de anular qualquer variável de tempo, ele começou a desaparecer lentamente da existência quando a pedra foi usada.[69]
  • Adaga de Cicada: A adaga de Cicada possui o poder de desativar as habilidades meta-humanas que indivíduos que ganharam seus poderes através da exposição à matéria escura, o que inclui Eobard. Em 2049, ela foi usada para impedir que Eobard fugisse enquanto ele aguardava sua morte.[60] Depois que a Equipe Flash enviou a adaga para a Dimensão Espelhada em 2019,[75] ela acabou desaparecendo de 2049, permitindo que Eoabrd recuperasse seus poderes.[54]
  • Conexão com a Força de Aceleração: Como os poderes de Eobard são originários da Força de Aceleração, ele poderia perdê-los caso se desconectasse dela. Depois de descobrir que estava destinado a se tornar o inimigo do Flash, ele criou sua própria versão negativa da Força de Aceleração, e desfez sua conexão com a Força de Aceleração original.
  • Fluxo de conexão da Força de Aceleração: De acordo com Gideon, Eobard danificou gravemente sua conexão com a Força de Aceleração por ter viajado de volta no tempo e matado a mãe de Barry, Nora Allen. Mesmo quando o ancestral de Eobard, Eddie, cometeu suicídio para eliminar Eobard da existência, a Força de Aceleração Negativa continuou a existir apesar de Eobard ser o criador, então isso implica que a Força de Aceleração Negativa era realmente imune às mudanças na linha do tempo. Embora mais tarde tenha recuperado sua supervelocidade e a maioria de seus poderes relacionados devido ao ajuste da linha do tempo de volta ao curso através da explosão do acelerador de partículas levando Barry a se tornar o Flash, ele ainda não tinha uma conexão estável com a Força de Aceleração, tornando-o incapaz de viajar no tempo e encalhado no passado distante. Ao mesmo tempo, sua velocidade recuperada era instável, funcionando aleatoriamente, e também parecia afetar sua capacidade de andar. Para compensar um pouco, Eobard confiou no protótipo táquion para estabilizar seus poderes por um período mais longo. No entanto, a versão que existia após a linha do tempo Ponto de Ignição nunca experimentou esses eventos prejudiciais, portanto, ele era capaz de usar seus poderes ao máximo com facilidade. Mais tarde, a versão original que usava a aparência de Harrison Wells de alguma forma conseguiu estabilizar sua conexão.
  • Falta de forma física: Como táquions negativos, Eobard não tem uma forma estável e deve possuir uma pessoa para se manter estável assim como a conexão com a Força de Aceleração Negativa. Além disso, quando ele possui alguém, ele tem que fazê-lo ceder totalmente às suas emoções negativas (como o desespero e a culpa de Nash Wells por ter perdido Maya) para assumir completamente o controle de seu corpo. Até que ele seja totalmente controlado por seu hospedeiro, ele não pode acessar a Força de Aceleração Negativa.[66] Depois de receber um corpo físico graças a Força de Aceleração, Eobard não apresenta ter mais esta fraqueza.[82]

Equipamento

Pré-Crise

  • Anel de Flash Reverso: Eobard possui um anel contendo o símbolo do Flash Reverso, que pode ser usado para abrir uma porta do Cofre do Tempo.[8] O objeto também contêm o traje de Eobard dentro dele, que pode ser disparado para fora para que Eobard, usando sua super velocidade, possa vesti-lo.[13]
  • Traje de Flash Reverso: Eobard usa um traje protetor enquanto opera como o Flash Reverso, para poder esconder sua identidade de suas vítimas. A roupa também serve para protegê-lo de sua velocidade. Ele é semelhante ao traje que o Flash usa no futuro, tendo suas cores invertidas (vermelho para amarelo e branco para preto).
    • Fones de ouvido: Na máscara de seu traje, há dois fones de ouvido na forma de relâmpagos, semelhante aos trajes de Flash usado por Barry. O traje tem recursos de comunicação sem fio através de seus fones de ouvido embutidos, embora não esteja claro para que Eobard os usa, já que ele não tem outros aliados além de Gideon e Grodd. É possível em sua atual iteração pós-Ponto de Ignição que ele o use para se comunicar com seus companheiros de equipe Malcolm Merlyn e Damien Darhk, embora Eobard prefira usar uma jaqueta de couro preta em vez de seu traje e, como tal, tende a usar fones de ouvido Bluetooth para se comunicar com eles.
    • Interface holográfica: O traje tem uma conexão semelhante a um computador com Gideon, dando ao usuário acesso portátil ao I.A.. Possui uma projeção holográfica de Gideon no centro da palma da mão do traje.[16]
    • Máscara retrátil: Eobard, quando reapareceu na Terra-X, usou uma máscara nanotecnológica que cobre apenas a boca em seu traje, deixando os olhos vermelhos brilhantes expostos. Por razões desconhecidas, ele não o usou desde então.
  • Várias tecnologias do futuro: Eobard tem vários dispositivos de sua época à sua disposição. Alguns foram exibidos e suas funções foram mostradas, embora existam aqueles que ainda são desconhecidos.
    • Dispositivo de roubo de aparência: Este dispositivo tem dois cordões que estão conectados a dois organismos, corroendo um enquanto transfere a genética daquele (especialmente fenótipos) para o outro, permitindo que o sobrevivente se assemelhe fisicamente ao outro em todos os sentidos. Eobard usou isso para se tornar fisicamente Harrison Wells. Depois do Ponto de Ignição, Eobard modificou este dispositivo (ou um idêntico) para ser usado sem matar a pessoa com quem ele o usa, apenas causando dor à vítima e permitindo que ela volte à sua aparência normal quando desejar, para que não fique preso a qualquer uma aparência. Eobard usou o dispositivo modificado em Martin Stein e outros durante sua busca pela Lança do Destino. Eobard sugere ter usado isso para obter a aparência de Harrison Wells mais uma vez em seu retorno à Terra-1.
    • Potenciador biomolecular de Eobard Thawne: Eobard entregou isto aos nazistas em 1942 como uma barganha. Ele foi usado para transformar Baron em uma fera.[45] Mais tarde, Ray Palmer modificou o potenciador em uma cura para a hemofilia de Nate Heywood. Como resultado, Nate recebeu poderes meta-humanos semelhante ao de Tony Woodward.[97]
    • Relógio: Eobard usou um relógio para que pudesse detectar quando o Flash Negro estivesse por perto.[42]

Equipamento anterior

  • Gideon: Eobard usou uma inteligência artificial criada por Barry Allen para ajudá-lo em suas viagens no tempo e monitorar a linha do tempo.
  • Dispositivo táquion: Depois que sua conexão com a Força de Aceleração começou a apresentar defeitos, ele roubou este dispositivo dos Laboratórios Mercury, usando-o para se tornar mais rápido e estabilizar sua conexão por longos períodos de tempo. Como os efeitos do dispositivo não o afetavam mais, Eobard o transformou no divisor quântico para o Nuclear.
  • Cadeira de rodas: Depois que o acelerador de partículas explodiu, Eobard fingiu que suas pernas foram paralisadas para esconder sua identidade da Equipe Flash. Adicionalmente, um dispositivo posicionado abaixo da cadeira de rodas permitia que ele recarregasse sua velocidade. Quando sua identidade foi exposta, Eobard deixou de usá-la.
  • Lança do Destino: Eobard foi o portador da Lança do Destino, uma relíquia bíblica, e foi capaz de alterar a linha do tempo a usando, além de ganhar outros poderes sobrenaturais.[6] Depois que Sara Lance usou o objeto para retirar seus poderes, Eobard deixou de usá-la.[53]

Pós-Crise

  • Traje de Flash Reverso: Eobard usa um traje protetor enquanto opera como o Flash Reverso, para esconder sua identidade de seus inimigos e protegê-lo de seus poderes.

Equipamento anterior

  • Manipulador temporal: Depois de ser ressuscitado pelos Fantasmas do Tempo e ter perdido seus poderes, Eobard recebeu um dispositivo que ficou preso em seu pulso, prendendo-o em um loop temporal todos os dias para que pudesse proteger o ponto fixo do assassinato do arquiduque Franz Ferdinand. O dispositivo também permitia que Eobard congelasse o tempo.[77]

Equipamento de uma linha do tempo alternativa

Aparições

Arqueiro

2ª Temporada

3ª Temporada

6ª Temporada

7ª Temporada


Flash

1ª Temporada

2ª Temporada

3ª Temporada

4ª Temporada

5ª Temporada

6ª Temporada

7ª Temporada

8ª Temporada


Lendas do Amanhã

1ª Temporada

  • "À Prova de Falhas(mencionado)
  • "Lendário(mencionado indiretamente)

2ª Temporada

3ª Temporada

7ª Temporada


Supergirl

3ª Temporada

Quadrinhos

The Flash: Season Zero

  • "The Strongman Cometh" (flashbacks)
  • "Who Let the Chimps Out?"
  • "Big Top Brawl"
  • "A Captive Audience"
  • "Showtime"
  • "The Big Finale"
  • "Smoak Signals part 1"
  • "A Little Help from Some Friends"
  • "The Impossible Mission"
  • "Mentors and Meltdowns part 1"
  • "Mentors and Meltdowns part 2"


Galeria

Artes conceituais

Imagens promocionais

Flash

1ª Temporada
8ª Temporada

Crossovers

Crise na Terra-X

Curiosidades

  • Como notado por Cisco Ramon, ele e Eobard compartilham um gosto semelhante para filmes. Eobard aparenta ser fã da trilogia De Volta Para o Futuro,[98] do filme Caça-Fantasmas[99] e dá a entender que ele já assistiu, ao menos uma vez, o filme A Felicidade Não Se Compra.[10]
  • Apesar de suas ações terem arruinado a reputação de Wells, é possível que isto tenha sido desfeito. No futuro, Trevor Shinick o chama de "Thawne" apesar dele estar usando o rosto de Wells. É possível que em algum momento de 2034 até 2049, Central City tenha descoberto sobre o que aconteceu.
  • Como vacas estavam extintas em sua época, Eobard aparenta ser um grande fã da comida do Big Belly Burger.[1] Essa característica também pode ser vista em outros sósias de Wells, como Harry Wells e H.R. Wells.
  • De acordo com Eobard, ele era capaz de acompanhar a velocidade de Barry em 2024.[1]
  • Mesmo depois de ter tido sua identidade exposta, a Equipe Flash continuou a chamar Eobard de "Wells". Essa atitude acabava aborrecendo Harry.
  • É revelado por Grodd em "Surge Grodd" que Eobard odeia armas.
    • Ironicamente, Eobard, no futuro, criou uma arma capaz de neutralizar os poderes de um velocista temporariamente.
  • Eobard já demonstrou diversas vezes que, apesar de ser do mal, havia gostado de ter trabalhado com a equipe dos Laboratórios S.T.A.R. e sentia falta de trabalhar ao lado de cientistas.[9][3] No entanto, isso aparenta ter mudado, já que em "Crise na Terra-X, Parte 3" ele afirma para Kara Danvers que odiou cada minuto que passou nos Laboratórios S.T.A.R..
  • Por modos desconhecidos, Eobard possui conhecimento de cada sósia de Harrison Wells que já ajudou a Equipe Flash.[18]
  • Eobard é um dos vilões mais recorrentes de todo o Arrowverso. Ele foi o antagonista principal da primeira temporada de Flash, um vilão recorrente na segunda e sexta temporada, um antagonista no episódio "Ponto de Ignição", um anti-herói no episódio "O Coração da Questão, Parte 2", o antagonista principal da segunda temporada de Lendas do Amanhã, um dos antagonistas principais de Crise na Terra-X e o antagonista principal de Armagedom.
  • Eobard já apareceu em quase todas as séries relacionadas ao Arrowverso (sendo eles Flash, Arqueiro, Lendas do Amanhã e Supergirl).
  • Eobard foi o primeiro antagonista de Flash a ser morto por outro antagonista de sua série.
  • Ele é o único antagonista do Arrowverso a aparecer em todas as temporada de sua série, Flash.
  • Eobard foi o primeiro personagem a ser o antagonista principal por duas temporadas diferentes (primeira de Flash e segunda de Lendas do Amanhã), com o segundo sendo Lex Luthor.
  • Eobard foi apagado duas vezes da linha do tempo, ambas situações no qual ele tentou matar um protagonista do Arrowverso (Barry Allen e Sara Lance, respectivamente). A primeira ele foi apagado da existência depois que Eddie se matou, e na segunda ele foi morto pelo Flash Negro.

Por de trás das câmeras

  • Nas histórias em quadrinhos da DC Comics, Eobard Thawne é o grande inimigo de Barry Allen que opera sob o codinome "Professor Zoom", também conhecido pelo seu título de "Flash Reverso". Depois da história Flash: Renascimento, Eobard foi o responsável pela morte de Nora Allen. Ele é originário do século 25, diferente da série, que é do século 22.
    • Diferente de sua versão nos quadrinhos, Eobard nunca foi chamado de "Zoom" ou "Professor Zoom", mas apenas de "Flash Reverso". Nos quadrinhos, Eobard Thawne é o segundo Flash Reverso. Seu papel como antagonista do Flash foi continuado por Hunter Zolomon (também conhecido como o novo "Flash Reverso" e o segundo "Zoom"). Na série, a continuidade entre os personagens foi apagada.
  • Eobard Thawne, se passando por Harrison Wells, aparenta ser uma mistura de diversos personagens dos quadrinhos.
    • Nos quadrinhos, Garrison Slate é o fundador e CEO dos Laboratórios S.T.A.R..
    • Um vilão conhecido apenas como "Dr. Wells" apareceu em The Flash TV Special, um quadrinho especial da série The Flash. Curiosamente, ambos os personagens apresentam diversas características semelhantes (como usarem cadeira de rodas e um traje amarelo, vermelho e preto em seu alter-ego).
  • Uma versão do Flash Reverso baseado na do Arrowverso já apareceu na versão móvel do vídeo-game Injustiça: Deuses Entre Nós.

Referências

  1. 1,00 1,01 1,02 1,03 1,04 1,05 1,06 1,07 1,08 1,09 1,10 1,11 1,12 1,13 1,14 "Rápido o Bastante"
  2. 2,0 2,1 2,2 2,3 2,4 2,5 2,6 "Surge Grodd"
  3. 3,0 3,1 3,2 3,3 3,4 3,5 3,6 3,7 3,8 "Viagem à Lua"
  4. 4,0 4,1 "Energia Potencial"
  5. 5,0 5,1 5,2 5,3 5,4 5,5 "O Retorno do Flash Reverso"
  6. 6,0 6,1 6,2 "O Jeito de Chicago"
  7. 7,0 7,1 "Bando da Neve"
  8. 8,0 8,1 8,2 8,3 8,4 "O Homem de Uniforme Amarelo"
  9. 9,0 9,1 9,2 9,3 9,4 9,5 9,6 9,7 "A Armadilha"
  10. 10,0 10,1 10,2 10,3 10,4 10,5 10,6 "Ponto de Ignição"
  11. 11,0 11,1 11,2 "Logo Existo"
  12. 12,00 12,01 12,02 12,03 12,04 12,05 12,06 12,07 12,08 12,09 12,10 "O Passado é um Prólogo"
  13. 13,0 13,1 13,2 13,3 13,4 "Acerto de Contas"
  14. 14,0 14,1 14,2 14,3 14,4 14,5 14,6 "Crise na Terra-X, Parte 3"
  15. 15,0 15,1 15,2 15,3 15,4 "Flash Back"
  16. 16,0 16,1 16,2 16,3 16,4 16,5 16,6 "Os Trapaceiros"
  17. 17,0 17,1 Cena deletada de "Crise na Terra-X, Parte 4"
  18. 18,0 18,1 18,2 "Goldfaced"
  19. "Nora"
  20. 20,0 20,1 20,2 "O Homem Que Salvou Central City"
  21. 21,0 21,1 21,2 "Quem é Harrison Wells?"
  22. 22,0 22,1 "Surge o Flash"
  23. 23,0 23,1 23,2 "Piloto"
  24. 24,0 24,1 "Queda de Energia"
  25. 25,0 25,1 "Guerra do Gorila"
  26. 26,0 26,1 26,2 26,3 26,4 26,5 26,6 "O Som da Fúria"
  27. 27,0 27,1 "O Homem Mais Rápido do Mundo"
  28. 28,0 28,1 "Flash vs. Arqueiro"
  29. "Ficando Rouge"
  30. 30,0 30,1 30,2 "Heróis"
  31. "The Icicle Cometh"
  32. "Plastique"
  33. 33,0 33,1 "O Homem Embaixo do Capuz"
  34. 34,0 34,1 "Fórum do Tempo"
  35. "Broken Arrow"
  36. 36,0 36,1 36,2 "O Que Não Dá para Ultrapassar"
  37. 37,0 37,1 "O Retorno dos Ladrões"
  38. 38,0 38,1 "Flash de Dois Mundos"
  39. "A Corrida de Sua Vida"
  40. "Paradoxo"
  41. "Magenta"
  42. 42,0 42,1 42,2 42,3 42,4 "Legião do Mal"
  43. "Lendário"
  44. 44,0 44,1 "Sem Tempo"
  45. 45,0 45,1 45,2 "A Sociedade da Justiça da América"
  46. "Comprometido"
  47. 47,0 47,1 "Fraternidade da Lança"
  48. "Caçadores da Arca Perdida"
  49. "Vira-Casaca"
  50. "Camelot 3000"
  51. "Terra dos Perdidos"
  52. "Mundo Clandestino"
  53. 53,0 53,1 "Aruba"
  54. 54,0 54,1 54,2 54,3 54,4 54,5 54,6 54,7 54,8 54,9 "Legado"
  55. 55,0 55,1 55,2 "Crise na Terra-X, Parte 2"
  56. Embora Eobard afirme que 'viu' Hitler e seus homens em 1945 em "Crise na Terra-X, Parte 2", ele pode estar se referindo a eles em um sentido histórico geral em vez de ter estado lá, como o resquício do tempo de Eobard era anteriormente conhecido apenas em 1942 e 1947, não em 1945.
  57. "Crise na Terra-X, Parte 1"
  58. 58,0 58,1 "Crise na Terra-X, Parte 4"
  59. 59,0 59,1 59,2 59,3 "Vai Com Deus"
  60. 60,0 60,1 60,2 "A Garota com Raio Vermelho"
  61. 61,0 61,1 "Flash e Furiosos"
  62. 62,0 62,1 "A Morte do Vibro"
  63. "Causa e XS"
  64. "Failure is an Orphan"
  65. "Bomba Relógio"
  66. 66,0 66,1 66,2 66,3 66,4 66,5 66,6 66,7 66,8 66,9 "O Exorcismo de Nash Wells"
  67. 67,0 67,1 "Crise nas Infinitas Terras: Parte Três"
  68. "O Clarão de um Relâmpago"
  69. 69,0 69,1 69,2 69,3 69,4 69,5 69,6 69,7 "Armagedom, Parte 5"
  70. 70,0 70,1 70,2 70,3 "Libertação"
  71. 71,0 71,1 "Morte da Força de Aceleração"
  72. 72,0 72,1 72,2 72,3 "Maratona"
  73. "A Velocidade do Pensamento"
  74. "Mãe"
  75. 75,0 75,1 75,2 "Pague o Flaustista"
  76. "Crise nas Infinitas Terras: Parte Cinco"
  77. 77,0 77,1 "The Fixed Point"
  78. "Rage Against The Machines"
  79. "O Coração da Questão, Parte 1"
  80. 80,0 80,1 "A Garota Chamada Sue"
  81. "Grodd Me Aceitou Como Amigo"
  82. 82,0 82,1 82,2 82,3 82,4 82,5 "O Coração da Questão, Parte 2"
  83. 83,0 83,1 83,2 83,3 83,4 83,5 "Armagedom, Parte 4"
  84. "Armagedom, Parte 2"
  85. "Armagedom, Parte 3"
  86. "Acionando Zoom"
  87. "Correndo Para Ficar Parado"
  88. 88,0 88,1 "Pista Rápida"
  89. "Invencível"
  90. "Uma Luz na Escuridão"
  91. "Lendas de Hoje"
  92. "De Volta ao Normal"
  93. "Intocável"
  94. "A Última Tentação de Barry Allen, Parte 1"
  95. "Abra Kadabra"
  96. "Tenham Medo de Mim"
  97. "Shogun"
  98. "Chuva Radioativa"
  99. "A Vingança dos Ladrões"
Advertisement