FANDOM


Para outras versões do personagem, veja Harrison Wells.
Harrison Nash Wells
Civil - Pária

Harrison Nash Wells

Informação
Ocupações Geologista
Estado atual Vivo (corpo possuído por Eobard Thawne)
Universo de origem Desconhecido
Intérprete Tom Cavanagh
Alter ego Pária
Fonte

Dr. Harrison Nash Wells é uma versão alternativa de Harrison Wells de uma Terra desconhecida. Ele é um geologista e um caçador de mitos. Nash esteve perseguindo O Monitor por acreditar que seus avisos sobre a iminente Crise são falsos, e quer espalhar medo pelo multiverso. A intenção de Nash é impedir o reino de terror do Monitor. Ele rastreou o Monitor na Terra-1, onde, inicialmente, entrou em conflito com a Equipe Flash e encontrou um portal para o reino do Monitor. Sem seu conhecimento, o Anti-Monitor o enganou para libertá-lo. Amaldiçoado como Pária, ele foi forçado a testemunhar a destruição durante a crise.

Antes de ser destruído pela antimatéria, Pária teleportou os Paragons ao Ponto de Fuga. Após a restauração do multiverso, Nash vive na Terra-Prime e suas memórias originais foram restauradas por J'onn J'onzz. Sabendo de seus erros, e se arrependendo deles, Nash ajudou os heróis a derrotar o Anti-Monitor uma vez por todas.

Após Cisco Ramon sair do Time Flash para explorar a nova Terra, Nash entrou para a equipe. Atualmente, seu corpo está em posse de Eobard Thawne.

Biografia

Pré-Crise

Vida anteriormente

Em algum momento antes de 2019, Nash começou a viajar através do multiverso com o objetivo de matar um ser cósmico chamado Mar Novu, também conhecido como O Monitor, por acreditar que seus avisos de uma crise iminente são falsas, com a intenção de espalhar medo.[1][2] Durante suas viagens, Nash soube ou conheceu o Conselho de Wells. Porém, ele os consideram como uns idiotas.[3]

Conhecendo Maya

Fotografia de Nash e Maya

A fotografia de Nash e Maya.

Em 2012, Nash conheceu Maya na Terra-719 enquanto procurava por um diamante. Após ela mostrar o verdadeiro prêmio, Maya pediu por uma recompensa. Após revelar ser uma órfã, Nash ofereceu um trabalho para acompanhá-lo pelo multiverso como uma aventureira.[4] Em algum momento, eles tiraram uma fotografia.[5]

Morte de Maya

Em 2019, Nash foi à Terra-13 com Maya para encontrar uma célula de memória. Localizada em uma colina, eles foram capazes de pegar o objeto, mas Maya acaba perdendo seu equilíbrio e acaba caindo do penhasco. Sua morte traumatizou Nash, também culpando-se por sua morte.[4]

Procura pelo Monitor

Chegada à Terra-1

Em 2019, Wells viajou à Terra-1 na procura de eternium. Ele invadiu a Tecnologias McCulloch na procura do elemento. No dia seguinte, ele foi encontrado por Iris West-Allen e Cisco Ramon, que foram capazes de rastreá-lo. Ele confrontou Cisco, e detectou eternium ao redor de Iris e se aproximou da mulher. Rapidamente, ela o nocauteou com uma arma-laser, e levaram-o ao The Central City Citizen. Ele acordou, explicando que esteve na procura de partículas eternium, no qual ele havia rastreado em Iris. Cisco tentou fazer amizades com Nash, dizendo que ele e Harry Wells tiveram um começo difícil, mas eventualmente tornaram-se amigos. Wells rejeitou a simpatia de Cisco, e jogou uma bomba de fumaça no chão e fugiu. Após fugir, Nash encontrou algumas partículas eternium num bueiro.[3]

Enquanto Barry Allen e Cisco discutiam nos Laboratórios S.T.A.R., Nash chegou e revelou sobre seu conhecimento de que Barry é o Flash desta Terra, e propôs um acordo para ambos, dizendo que soube da descoberta da identidade de Allen após colocar um microfone em Cisco. Ele os levou até a Tecnologias McCulloch, e quando Barry e Cisco foram cercados por seguranças, Nash se escondeu, e retornou momentos depois para nocautear os guardas. Ele levou os amigos até um local onde teriam o que procuravam, porém descobrem que o objeto não está lá. Percebendo que mais guardas estavam chegando, Wells utilizou um dispositivo para transportá-los de volta ao Laboratório S.T.A.R. Após colaborar com eles, Nash demandou a colaboração de ambos na construção do aparelho que pediu. Após Cisco finalizá-lo, Nash encontrou um local subterrâneo onde Mar Novu se escondia e tentou abri-lo.[6]

Enquanto fazia isto, ele foi confrontado por Joe West. Revelando estar observando Nash, Joe demandou em saber suas intenções neste universo, mas Wells recusou em esclarecer as coisas e tentou atacá-lo. Seu ataque em Joe fez com que ambos ficassem presos abaixo da cidade. Sem nenhuma escapatória e seu oxigênio esgotando-se rapidamente, Wells tentou explodir as rochas que bloqueavam seu caminho, apesar dos alertas de Joe de que isto os matariam e que deveriam aguardar a chegada da Equipe Flash. Nash tornou-se irritado pelo otimismo de Joe, e então ele revelou sobre a morte de Barry na Crise de 2019 e revelando o encontro da Equipe Flash com Mar Novu, chocando Nash. Neste momento, Ralph Dibny chegou e resgatou ambos.

Enquanto se recuperavam no Laboratório S.T.A.R., Nash ainda recusou em revelar seus planos. Porém, após a Equipe Flash oferecer seu auxílio, Nash, relutantemente, instruiu a equipe em encontrá-lo na manhã seguinte nos túneis, dizendo que sabia como salvar a vida de Barry.[7]

Tornando-se o Pária

Nash após libertar o Anti-Monitor

Nash se submete ao Anti-Monitor e se torna o Pária.

Após Allegra Garcia ajudá-lo a encontrar os eternium na parede[8], Nash foi capaz de perfurá-lo e encontrou um código, que o levaria até o reino do monitor e que sua caçada pelo "vilão" através do multiverso havia acabado.[9] Ele comentou que viajou por anos através de mundos para matá-lo, mas em uma virada, ele revela que O Monitor, sobre circunstâncias desconhecidas, o salvou. Nash ouviu uma voz, dizendo-o para "submeter-se e começar uma nova vida." Nash pediu para mostrá-lo, mas a voz disse que o conhecimento já está em si. Enquanto os símbolos da porta brilhavam, apertando-os em uma específica ordem, ela se abriu. Uma ofuscante luz saiu dela e sugou Nash para dentro.[1][2]

No processo de abertura, Nash libertou o Anti-Monitor de seu confinamento, forçando-o a transformá-lo em outro ser, Pária, para poder concertar seu erro.[10]

Crise nas Terras Infinitas

Testemunhando a morte de Oliver Queen

Após Átomo, Flash, Batwoman, Supergirl, Superman, Mia Smoak e o Arqueiro Verde batalharem para salvar a Terra-38 de uma onda de antimatéria, Oliver sacrificou sua vida para salvar bilhões de residentes do universo. Teleportado à Arrowcave, Pária assistiu a morte de Oliver. Após ser confundido com Nash por Barry, Pária explicou que ele costumava a ser Nash Wells, mas mudou após libertar o Anti-Monitor. Após Oliver morrer, Pária notou que os eventos estão alterados do que originalmente, proclamando que tudo e todos que existem estão destinados à morte.[10]

Recrutando Raio Negro

Pária apareceu novamente nos esgotos, no local onde recebeu seus poderes. Reencontrando com a Equipe Flash, eles questionaram o que houve e ele explicou que ele foi a pessoa que acusou o início da Crise ao libertar o Anti-Monitor de seu confinamento. Para entrar no covil do Anti-Monitor, Cisco vibrou as antigas memórias de Pária antes de sua transformação. Lá dentro, Pária desapareceu e teleportou Jefferson Pierce antes de ser morto durante a destruição de sua Terra.[11] Ele persuadiu Jefferson para que ajudasse-os a impedir a onda de antimatéria. Pária observou Barry Allen, da Terra-90, sacrificar sua vida para destruir a esteira que era a fonte das ondas de antimatéria. Ele desaparece logo em seguida, e é novamente obrigado a testemunhar a morte de diversos mundos.

Salvando os Paragons

Ele retorna na Waverider, segundos depois a Precursora também aparece. O Superman da Terra-96, Barry e o próprio Pária questionam o retorno repentino de Lyla. Ela então revela seu disfarce, que está sendo controlada pelo Anti-Monitor. Ela derrota todos os heróis na espaço-nave, e uma onda de antimatéria destrói a Terra-1. Enquanto a Precursora batalhava contra o Monitor, Mar Novu diz para Pária que ele saberá o que fazer quando a hora chegar. Ele morre. Antes da antimatéria atingir a Waverider, Nash teleporta os sete Paragons para o Ponto de Fuga, um local fora do multiverso onde o Anti-Monitor não poderia machucá-los. Antes da antimatéria atingir a nave, Pária, Iris West-Allen, Superman, Homem-Elástico, John Diggle e o Raio Negro se posicionaram contra o Anti-Monitor, dizendo que os sete escolhidos irão derrotá-lo. A antimatéria alcança a Waverider, evaporizando primeiro a Precursora e, em seguida, o restante dos heróis.[12]

Pós-Crise

Batalha em Star City

Em Janeiro de 2020, Nash foi encontrado nos esgotos de Central City e levado para os Laboratórios S.T.A.R., onde suas memórias do multiverso original foram restauradas por J'onn J'onzz. Ele se culpou pelo início da Crise. Quando sua luva detectou a aproximação da antimatéria na Terra-Prime, Nash ajudou Ray Palmer e Ryan Choi a construir um dispositivo para derrotar o Anti-Monitor.[13]

Entrando para o Time Flash

Nash quis ajudar o Time Citizen em sua investigação sobre o Buraco Negro, mas Cisco recusou-se em deixá-lo ajudar. Cisco esteve bravo por Nash por conta de seu papel na Crise, mas o perdoou e ofereceu seu lugar no Time Flash enquanto saía para explorar a Terra-Prime.

No Dia dos Namorados, Nevasca ligou para Nash e o agradeceu por ajudá-la a conversar com Allegra. Ela suspeitou sobre Nash guiar Allegra, dizendo que ele está sendo muito 'parental'. Após Nevasca sair, ele viu o Harrison Wells da Terra-2.[5]

Nos arquivos do Laboratório S.T.A.R, Nash acabou se encontrando com "Iris West-Allen". Ao questioná-lo o que fazia lá, Nash respondeu que Cisco o pediu para checar o inventário. Quando Nash perguntou a "Iris" o que ela fazia lá, ela disse que havia perdido o diário de Nora West-Allen. Após "Iris" sair, Nash revelou que não estava lá para chegar o inventário, mas pegar o diário de Harry Wells.[14]

Perseguido

Assombrado pelo fato de ser o motivo da aparente morte de todos os Harrison Wells que já ajudaram o Time Flash, Nash começou a ver imagens de Harry e Sherloque, provocando-o por esconder seu passado e mantê-lo em segredo. As alucinações pioraram, e "Sherloque" confrontou Nash alertando-o que "ele" está vindo.[15]

Quando Cisco retornou, Nash o perguntou sobre as visões, mas Ramon se recusou em ajudá-lo pois queria se focar na procura por Frida Novikov. Ele foi possuído por Eobard Thawne, e quando Cisco decidiu ajudá-lo, Thawne tentou matá-lo, mas percebeu que estava sem poderes. Com a ajuda de Cecille Horton, Nash/Thawne foi neutralizado.[16]

Na mente de Nash, Thawne o tormentava sobre o ocorrido com Maya, tentando convencê-lo em ser sua culpa. Cisco e Barry, com a ajuda de Cecille, foram capazes de ir a mente de Nash e libertá-lo de Thawne. Cisco demonstrou seu apoio ao relembrar sua dor com a morte de Cynthia. Após ser libertado, ele e Cisco conversaram sobre a situação, com Ramon o motivando a ser amigo de Allegra.[4]

Personalidade

Nash é agressivo, argumentativo e uma pessoa que foca-se em seus objetivos ao invés de relacionamentos. Ele também é ateísta, e não acredita no sobrenatural, mas volta seu conhecimento aos fatos e ciência, assim como suas outras sósias. Nash também é aventureiro.

Como Harry, no começo, Nash não demonstra ter uma opinião sobre suas sósias do multiverso, considerando o Conselho de Wells, um grupo das maiores mentes do multiverso, como idiotas.

Nash está procurando por Mar Novu, que aparentemente é uma fonte em sua busca por Eternium.

Poderes e habilidades

Poderes

  • Conexão com todos os Harrison Wells: Após o multiverso ser restaurado durante a Crise, as ondas cerebrais dos Harrison Wells do multiverso pré-Crise foram colocados na mente de Nash. Isto foi descoberto por Caitlin Snow, quando viu um scan tridimensional das ondas cerebrais de Nash. Por conta disto, Nash vê imagens de diferentes Harrison Wells, dando-o sugestões. Porém, no começo, Nash acreditou que fossem fantasmas que estavam o perseguindo por ser o motivo, indireto, da destruição do multiverso. Após ser possuído por Eobard Thawne, Nash entendeu o motivo das ilusões que via, dizendo que irá fazer bom uso disto.

Poderes anteriores

Habilidades

  • Roubo/Fuga: Nash consegue seguir seu alvo sem ser notado, e rapidamente desaparecer de vista até mesmo na luz do dia. Ele também usa seus aparelhos para criar explosões e fumaças para mascarar suas fugas, como demonstrado ao ser confrontado por Iris West-Allen e Cisco Ramon.
  • Acrobacia: Wells foi capaz de escalar o terraço dos Laboratórios S.T.A.R.
  • Rastreador: Aparentemente, Nash esteve rastreando Mar Novu por um tempo, sendo capaz de seguir o ser universal pelas diferentes Terras que ele visitou.

Equipamentos

  • Manopla: Nash utiliza uma manopla em seu braço, utilizando-o para diversas coisas.
    • Dispositivo rastreador: Nash utiliza um rastreador em seu braço, no qual o utiliza para detectar partículas eternium. Ele também é utilizado para detectar partículas de raios ultravioleta. Ela também é capaz de localizar traços de antimatéria.
  • Bomba de fumaça: Ele utilizou uma bomba de fumaça para escapar de Iris West-Allen e Cisco Ramon.
  • Gancho: Nash utilizou um zipline, agarrado a um gancho, ao preparar-se para atacar Cisco.

Equipamento anterior

Aparições

Flash

6ª Temporada

Batwoman

1ª Temporada

Supergirl

5ª Temporada

Arqueiro

8ª Temporada

DC's Legends of Tomorrow

5ª Temporada

Galeria

Imagens promocionais

Crise nas Infinitas Terras

Curiosidades

  • Por conta do papel de Nash no crossover Crise nas Infinitas Terras, ele apareceu em mais séries do Arrowverso do que qualquer outra versão de Harrison Wells. O personagem apareceu em todas as séries do multiverso compartilhado, com exceção de Raio Negro, na qual foi visto como apenas um feixe de luz.

Por de trás das cenas

  • Nos quadrinhos de Crise nas Infinitas Terras, publicadas pela DC Comics, Pária foi um cientista que ignorava sua família para procurar os segredos do universo, observando-os através de um portal que ele bariu. Infelizmente, as ações de Pária chamaram a atenção do Anti-Monitor, que utilizou o portal aberto por Pária para lançar uma onda de antimatéria e dizimar o universo de Pária, assim iniciando a crise. Pária foi salvo pelo Monitor, que colocou-o para rastrear cada passo do Anti-Monitor. De algum modo, Pária iniciou um laço com o Anti-Monitor, sendo forçadamente teleportado de realidade-em-realidade antes que este seja destruído pelo vilão.

Referências

  1. 1,0 1,1 "A Mad Tea-Party"
  2. 2,0 2,1 "The Wrath of Rama Khan"
  3. 3,0 3,1 "Dead Man Running"
  4. 4,0 4,1 4,2 "The Exorcism of Nash Wells"
  5. 5,0 5,1 "Maratona"
  6. "There Will Be Blood"
  7. "Kiss Kiss Breach Breach"
  8. "License to Elongate"
  9. "The Last Temptation of Barry Allen, Pt. 1"
  10. 10,0 10,1 10,2 10,3 "Crisis on Infinite Earths: Part One"
  11. 11,0 11,1 "The Book of Resistance: Chapter Four: Earth Crisis"
  12. 12,0 12,1 "Crisis on Infinite Earths: Part Three"
  13. "Crisis on Infinite Earths: Part Five"
  14. "A Girl Named Sue"
  15. "Grodd Friended Me"
  16. "Death of the Speed Force"
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.