Arrowverso Wiki
Advertisement

"Quando eu soube da sua vida e do seu trabalho, a sua generosa luta pela justiça, sua devoção em proteger os outros, tudo simplesmente se encaixou. O seu exemplo deu propósito à minha vida, e eu não nem dizer o que significa pra mim conhecer você pessoalmente."
—Imra Ardeen para Supergirl[fonte]

Imra Ardeen é uma saturniana do século 31 com vastos poderes psíquicos. Seu "planeta" natal é Titã, a maior lua de Saturno. Ela é um integrante da Legião dos Super-Heróis conhecida como Moça de Saturno, e também é a ex-esposa de Mon-El e uma aliada de Kara Danvers/Supergirl.

Biografia[]

Pré-Crise[]

Vida pregressa[]

Imra nasceu no século 30 ou no início do século 31 em Titã, a lua de Saturno. Ela também tem uma irmã chamada Preya, e as duas eram muito próximas uma das outras.[1] Em algum momento de sua vida, Imra entrou para a Legião dos Super-Heróis depois de se inspirar na história e lenda da Supergirl. Em algum momento depois disto, ela se casou com Mon-El.[2] No meio-tempo, Preya, a irmã de Imra, se tornou infectada pela Blight e morreu devido a doença da alienígena.[1] Imra, junto de outro membro da Legião chamado Querl Dox/Brainiac-5, fez um plano de voltar no tempo e ir até o século 21 para impedir que Pestilência se tornasse a "Blight".

Depois que o planeta Winath foi consumido pela Blight, a Legião e Ayla foram investigar. Brainiac-5 havia conseguido encontrar uma forma de impedir a Blight e destruí-la para sempre. Porém, antes que pudessem usá-lo, a Blight começou a persegui-los. A Legião decidiu esconder a informação em seu próprio DNA, o lugar mais seguro que eles poderiam pensar, já que não podia ser roubado ou perdido.[3]

Imra e Brainy mantiveram escondido de Mon-El, já que ele poderia querer não voltar ao seu período do tempo. Para poder continuar com sua missão, Imra, Mon-El, Brainiac-5 e três outros Legionários viajaram 12,000 anos no passado. Eles então se colocaram em um crio-sono para sobreviver através dos milênios, mas foram acordados em 2017 quando um torpedo atingiu a nave da Legião.[4]

Despertando no século 21[]

Mon-El verificando a respiração de Imra

Mon-El verificando a respiração de Imra.

Por conta de um torpedo ter atingido sua nave, a câmara de Imra perdeu energia e ela começou a se afogar. Mon-El, que havia despertado, percebeu isto e tentou libertá-la socando o vidro da câmara, mas não foi capaz de quebrá-lo. A Supergirl foi capaz de despedaçar o vidro, prevenindo que Imra se afogasse e Mon-El retirasse-a da câmara. Depois de confirmar que ela estava viva, Imra foi levada ao D.O.E. para mais testes. Ele então revelou a identidade de Imra como uma super-heroína. Mais tarde naquela noite, Imra acordou e se reuniu com Mon-El, e o beijou apaixonadamente. Ela então foi apresentada para Kara Danvers, a super-heroína conhecida como Supergirl.[2]

Imra e Mon-El começaram a conversar com os Superamigos sobre a ameaça que lidavam no futuro. A Legião estava em uma missão, mas sua nave foi derrubada em um buraco de minhoca e eles despertaram 12,000 anos atrás. Eles decidiram se colocar em crio-sono para que pudessem acordar no século 31, mas foram acordados depois do torpedo. Imra disse para Kara que ela é uma das pessoas que pode ajudá-los. Kara convidou Imra e Mon-El para sua festa de Natal. Apesar de Imra se interessar, Mon-El rapidamente recusou o convite, esclarecendo que tinham que consertar a nave.

Imra e Mon-El em um encontro

Imra e Mon-El em um encontro.

Apesar de estarem presos no século 21, Imra e Mon-El decidiram passear por National City. Eles foram a um encontro em um bar alienígena, onde dividiram algumas costelas. Winn Schott e Kara apareceram, e Imra disse a eles como é divertido viver esses tempos antigos, como comer com as mãos. Ela e Mon-El estão visivelmente felizes e aproveitando seu encontro, enquanto Kara e Winn parecem desconfortáveis. Winn então perguntou a Imra se ela já experimentou cerveja, ao que ela responde "Vai com costelas?", e Winn a levou a para o bar.

No D.O.E., Imra se voluntariou para ajudar os Superamigos na busca de uma kryptoniana desconhecida, mencionando que é uma "versão do século 31 de um fira", o que Winn corrigiu como "tira". Imra pediu para conversar com Kara em particular, onde disse que sabia sobre seu passado com Mon-El. Imra garantiu a Kara que Mon-El a amou de verdade, mas depois de perceber que não podia voltar ao século 21, ele seguiu com sua vida. Enquanto o D.O.E. estava trabalhando para rastrear uma kryptoniana misteriosa, Imra e Mon-El treinaram juntos para passar o tempo. O treinamento deles vai de sério para lúdico quando Imra começou a lutar contra Mon-El. Ela acertou o flanco dele antes que ele bloqueie o segundo e a abraçasse por trás.

Depois da luta da Supergirl contra Régia, Imra foi vista verificando ela. Mais tarde, Imra garantiu a Mon-El que Kara ficaria bem.[4]

Enfrentando as Destruidoras de mundos[]

Legião conversando com os Superamigos sobre intervir

Legião conversando com os Superamigos sobre intervir.

Imra testemunhou Brainy ajudar Kara a sair de seu estado de coma. Ela explicou para J'onn e o D.O.E. que o tanque onde Kara está é extremamente poderoso, e será capaz de curá-la usando seus poderes de cura. Tudo que Kara tem que fazer é relaxar e deixar o tanque fazer seu trabalho. Em seguida, com a Supergirl fora de campo, o D.O.E. não tinha nenhuma vantagem contra Régia. Winn sugeriu que a Legião os ajudassem, mas Mon-El foi contra se envolver. Imra o interrompeu, e disse que podiam ajudar de outras formas. Mon-El revelou sobre sua missão e também que a Supergirl sobreviveria ao seu estado atual, e que, eventualmente, Régia iria embora. Brainy revelou que, no futuro, a Terra perderá grande parte de sua história, e Imra explicou que Mon-El os ajudou a saber de outras coisas do passado.

Quando a Supergirl foi retirada do tanque, Imra ouviu Brainiac-5 explicar que se a heroína não acordasse logo, seu estado poderia ser permanente. De repente, uma luz vermelha começou a piscar, sinalizando a Legião de que Régia estava atacando novamente. Eles descobriram que a Régia atacou um laboratório de metanfetamina, e também os policiais que chegaram no local. Visivelmente abalada com o que viu, Imra implorou não verbalmente a Mon-El que eles ajudassem. Mon-El ainda se recusou e, em vez disso, ele e Imra compartilham sua missão na Legião com Alex Danvers.

Imra e Mon-El vendo a Supergirl em coma

Imra e Mon-El vendo a Supergirl em coma.

Régia faz outro ataque e o D.O.E. foi atrás dela. Alex foi ferida e Imra correu para a ala médica, perguntando se ela estava bem. Em seguida, vemos Imra e Mon-El cuidando de Kara, que ainda estava em estado de coma. Imra tentou novamente convencer Mon-El a ajudar na luta contra Régia. Mon-El afirmou que havia pessoas que contam com eles no futuro e que não podem se envolver. Semi-distraída com a relutância persistente do marido, Imra tentou persuadi-lo trazendo à tona Tommy e Gina (personagens de uma música do Bon Jovi) como uma forma de chegar até ele. Mon-El riu de seu uso do Bon Jovi e quando Imra perguntou se era tudo mentira, ele responde que "não, ele [Bon Jovi] fala a verdade". Imra disse que sabe que eles tinham um plano, mas eles fizeram um juramento e juraram proteger as pessoas e que essas pessoas precisam de sua ajuda agora, "é quem nós somos", diz ela. Mon-El finalmente cedeu e concordou em ajudar.

A Legião

Imra, Brainy e Mon-El se preparando para lutar contra Régia.

Com a Régia atacando novamente, o D.O.E. tentou descobrir um meio de derrubá-la. Finalmente, a Legião intervém e se ofereceu para ajudar. Eles aparecem na prisão onde Régia estava causando estragos. A Legião atacou Régia, com Imra e Mon-El a pé e Brainy manejando o cruzador da Legião. Quando o cruzador é danificado, Imra atacou Régia telecineticamente levantando pesos próximos e jogando-os contra ela. Régia destruiu os pesos antes que eles a alcançassem, mas enquanto ela estava fazendo isso, Mon-El correu contra ela na esperança de injetá-la com uma seringa de kryptonita. Régia o interrompeu soprando seu hálito de congelamento para ele. Imra foi rápido para salvá-lo criando mentalmente uma bolha protetora ao redor dele, que o prendeu dentro de uma bolha de gelo. O Caçador de Marte apareceu para distrair Régia

Quando Imra correu para ajudar a libertar Mon-El de sua bolha de gelo, Régia desfere um golpe em Imra, fazendo-a voar pelo asfalto. Quando Imra estava abatida, Régia se aproximou dela, ameaçando matá-la por ela ser uma pecadora. Brainy apareceu no cruzador da Legião com Supergirl ao seu lado na hora certa. O cruzador explodiu a bolha de gelo de Mon-El e Supergirl atacou Régia, ferindo-a gravemente com a kryptonita.

De volta ao D.O.E. Imra estava na ala médica com Mon-El enquanto seu ferimento era tratado. Supergirl chegou para agradecer pela ajuda e Imra respondeu que foi uma honra.[5]

Imra, Supergirl, Psi e Curto-Circuito

Moça de Saturno, Supergirl, Curto-Circuito e Psi.

O D.O.E. conseguiu novas informações sobre Régia, incluindo uma pista que está no Forte Rozz, que atualmente estava orbitando próximo a uma estrela azul. Estrelas azuis são venenosas para as pessoas com o cromossomo-Y, então Kara decidiu ir sozinha até lá, mesmo sem seus poderes. J'onn foi contra isso, e Imra disse que acompanharia Kara na missão. Kara recusou, dizendo que não pediria a Imra fazer isto, mas ela respondeu que ela não está perguntando, mas sim se oferecendo. J'onn sugeriu que Kara e Imra não iriam conseguir fazer a missão sozinha, então a Supergirl foi pedir a ajuda de Leslie Willis/Curto-Circuito e Gayle Marsh/Psi. Com as mulheres reunidas, o quarteto andou em direção da nave. Quando Mon-El começou a "ensinar" Imra como pilotar o cuzador, Imra o interrompeu e disse que já foi capitã mais vezes do que ele, e que sabia pilotar a nave.

Supergirl e Imra aprendendo sobre o Forte Rozz

Supergirl e Imra aprendendo sobre o Forte Rozz.

Na nave, Imra perguntou para Kara se o Forte Rozz era o lugar para onde sua mãe enviou todos os criminosos. Kara confirmou e disse que ninguém iria cumprimentá-la com "boas maneiras" no momento em que entrassem na prisão. Imra respondeu dizendo que, pelo menos, elas tinham a "equipe dos sonhos", o que fez Kara rir. Ao chegarem na prisão, Imra usou seus poderes para abrir a porta principal, já que a estrela azul deixou Kara sem sua super-força. Ao entrarem, Imra, Curto-Circuito e Psi protegeram a Supergirl de uma prisioneira brava. Psi foi atingida na cabeça, e quando Imra correu para ajudá-la, Gayle usou seus poderes nela, embora acidentalmente. Supergirl correu para ajudá-la, percebendo que Imra estava incapacitada temporariamente pelos poderes de Psi. Na nave, Imra aparentou estar bem. Quando o Forte Rozz foi atingido por uma explosão solar e foi empurrada para fora de órbita levando a nave da Legião com ela, a prisão começou a cair na estrela azul. Supergirl decidiu dividir a equipe e levou Curto-Circuito com ela para encontrar Jindah Kol Rozz, dizendo a Imra para ficar na nave com Psi e restabelecer uma conexão com o D.O.E., o que Imra concordou.

Quando Imra estava tentando consertar a nave, Psi notou que Régia havia chegado. Quando as conexões foram restabelecidas, Imra alertou o D.O.E. que Régia estava em Forte Rozz, com Winn dizendo a ela para ir proteger a Supergirl. Porém, Brainy foi contra isso, e disse para Imra ficar na nave e fazer com que o Forte Rozz voltasse para sua órbita original. Com a Supergirl em perigo iminente, Imra decidiu ajudar a Garota de Aço e removeu o bloqueador de poderes de Psi para que ela ajudasse, enquanto ela ficava na nave.

A missão foi um sucesso e a Supergirl foi salva, apesar de Curto-Circuito ter sacrificado sua vida para salvá-la. O trio voltou ao D.O.E., onde Imra correu para os braços de Mon-El. Ele a parabenizou pelo bom trabalho. Ela perguntou se estava preocupado com ela, mas Mon-El disse que sabia que ela ficaria bem o tempo todo. Supergirl apareceu e disse que Imra foi de grande ajuda.[6]

A missão da Legião[]

Depois de uma discussão entre Imra e Mon-El, o casal ficou sem se falar por algum tempo. Quando J'onn, Mon-El e Winn estavam consertando a nave da Legião, Imra se voluntariou para ajudá-los, mas foi pedido para que saísse. Depois que Mon-El saiu para ajudar a Supergirl enfrentar Pureza, Imra e Winn começaram a reparar a nave, conseguindo consertá-la completamente, para a surpresa de Mon-El. Assim que o homem voltou e surgiu a oportunidade, o casal decidiu falar francamente um com o outro. Mon-El admitiu que não tem certeza se ainda sente algo por Kara e, portanto, se sente desconfortável no século 21. Imra entendeu o homem e admitiu que eles não vieram aqui por acaso, revelando o verdadeiro propósito da missão, que Brainiac 5 também conhecia.[7]

Quando Kara e Mon-El encontraram pássaros mortos caindo do céu, eles descobriram que isto havia sido obra de outra destruidora de mundos - Pestilência. Imra quis que eles a matassem ao invés de derrotá-la, mas a Supergirl foi altamente contra esta opção, dizendo que deveriam optar por tentar conversar com sua adversária, argumentando que não queria cometer o mesmo erro que fizeram com Julia Freeman em assustá-la.

Imra cria um campo de força ao redor da prefeitura

Imra cria um campo de força ao redor prefeitura.

Depois que os heróis foram investigar um ataque na prefeitura, Imra criou um campo de força psíquico ao redor do lugar, se recusando a permitir que Pestilência escapasse. Isso aborreceu a Supergirl, mas Imra retirou o campo de força depois que a heroína lhe pediu. Depois, ela, Brainiac-5 e Mon-El começaram a trabalhar em uma cura para combater o veneno da Pestilência, onde o casal argumentou sobre as mentiras e o propósito da missão. Quando o D.O.E. conectou a Pestilência com Grace Parker, Imra saiu para cuidar da mulher. Apesar dos melhores esforços da Legião e da Supergirl, que foi infectada pela Pestilência, os heróis perderam. Imra conseguiu prendê-la, em último segundo, dentro de uma bolha psíquica e injetou um agente letal em seu pescoço. Em seguida, a adversária conseguiu escapar com Pureza. Apesar de perderem, eles conseguiram o DNA da alienígena, permitindo que uma vacina fosse desenvolvida.

De volta no D.O.E., Alex e Winn foram curados. Imra se desculpou com a Supergirl e contou a história de sua irmã. A conversa foi interrompida quando duas Destruidoras começaram a atacar a L-Corp. Os Superamigos foram até lá, onde descobriram que Samantha Arias é Régia, e que estava sendo tratada por Lena Luthor, que a estudava pro um longo tempo. As Destruidoras apareceram e conseguiram libertar Régia, e em seguida fugiram.[1]

Voltando para o século 31[]

Os heróis levaram Lena para a sede do D.O.E., onde a interrogaram e descobriram que a mulher estava tentando salvar Sam Arias de Régia por várias semanas. Logo depois, foi revelado que as destruidoras de mundos estavam trazendo um apocalipse para a Terra, começando com um eclipse solar, durante o qual Supergirl perdeu a consciência por um momento. Quando ela acordou, a garota revelou que estava em um vale escuro e viu Sam. Lena imediatamente confirmou que este é algum tipo de mundo alternativo em que Arias existe quando Régia assume o controle. Portanto, a heroína bolou um plano para chegar lá e ajudar sua amiga. Graças a nave da Legião e a ajuda de Imra, Mon-El e Querl, suposições se tornaram possíveis, e as ações da heroína levaram a receber um sinal de Sam no meio do deserto. Supergirl foi acordada e logo em seguida a protagonista encontrou a Fortaleza do Santuário, onde uma luta gigantesca com as destruidoras de mundo aconteceu. Como resultado, Pureza e Pestilência foram mortas, mas seu poder foi absorvido por Régia, que escapou antes que os heróis pudessem fazer qualquer coisa.

Depois de voltarem para o quartel-general do D.O.E., Imra ficou alegre que conseguiram mudar o futuro com a morte de Pestilência, e insistiu que poderiam voltar ao seu período de tempo.[8]

A Legião começou a se preparar para retornar ao futuro se despedirem de amigos. Imra se atreveu a dizer adeus a Kara pessoalmente e deu a Mon-El a chance de fazê-lo sozinho. Eles partiram logo depois, mas na nave, depois de percorrer uma longa distância e se encontrar na frente da lacuna tempo-espaço, Brainy calculou a probabilidade de que os heróis na Terra perderiam para Régia por três vezes sua força. Isso fez com que o daxamita considerasse cada vez mais retornar. Foi então que Imra permitiu que ele saísse da nave para ajudar seus amigos. Ela acreditava que se ele fizesse seu trabalho e ficasse ali, também seria seu destino. Apesar de tudo, ela acreditava internamente no retorno do homem.[9]

Batalha final contra Régia[]

Imra impedindo uma maré

Imra impedindo um tsunami.

Imra e Brainy voltaram ao século 21 para ajudar os Superamigos em sua batalha final contra Régia e as Filhas de Juru. Imra usou seus poderes para impedir que uma maré destruíssem National City, permitindo que a Supergirl e sua mãe, Alura Zor-El, congelassem a água e destruíssem-a. Mais tarde, Imra e Brainy ajudaram a Supergirl enfrentar Régia. Porém, durante a batalha, as duas kryptonianas acabaram colidindo com a nave e a fizeram cair, explodindo e, presumivelmente, matando Imra e Brainy. Porém, a Supergirl usou o anel de Mon-El para voltar no tempo e prevenir a morte de seus aliados (incluindo Imra, Brainy, Mon-El, Alura, J'onn e Sam).

Depois que Régia foi derrotada permanentemente, Imra percebeu, durante seu tempo distante de Mon-El, que seu casamento nunca foi o que deveria ter sido, e se desculpou por não ter lhe contado sobre a missão. Os dois foram embora, apesar de não serem mais casados, eles ainda partiram como amigos.[10]

Crise nas Terras Infinitas[]

Mesmo estando no futuro, Imra, assim como todos os seres do multiverso (com exceção dos sete Paragons), foi morta por uma onda de antimatéria quando a Crise nas Terras Infinitas começou em 10 de dezembro de 2019.[11] Porém, graças aos esforços dos Paragons e do Espectro, ela foi trazida de volta à existência em um novo universo um mês depois.[12]

Pós-Crise[]

Na Terra-Prime, a vida de Imra permaneceu o mesmo.[13]

Personalidade[]

Imra é uma mulher forte, independente, bem-sucedida e poderosa. Ela é uma aliada poderosa e leal de Kara Danvers, a quem idolatra, embora seja a ex-namorada de Mon-El.

Em muitas ocasiões, Imra provou ser atenciosa, compassiva e corajosa, ela foi uma poderosa aliada na luta contra Régia. Ela provou ser leal e heroica, e em várias ocasiões provou a Kara Danvers que havia mais do que apenas uma maneira de pensar e fazer as coisas, até mesmo convencendo-a de que seria mais seguro para todos em todo o multiverso se ela matasse Régia. Ela tem uma ética e moral fortes e boas, e valoriza seus votos matrimoniais. Imra provou ser respeitosa, humilde, honesta e fará de tudo para garantir que ela possa salvar o máximo de pessoas que puder.

No entanto, quando se tratava de lidar com Pestilência, Imra estava disposta a tomar qualquer medida para matá-la, para a desaprovação de Kara que era contra matar e elas frequentemente batiam de frente por isso. Isso foi impulsionado por sua irmã morta, Preya Ardeen, que morreu para uma Pestilência evoluída no futuro conhecida como Blight.

Depois de estar no século 31 por algum tempo, o tempo de Imra longe de Mon-El a faz perceber que o casamento deles nunca foi o que deveria ter sido e ela se desculpou por não ter contado a ele sobre a missão.

Poderes e habilidades[]

Poderes[]

"Ela é de Titã."
Mon-El[fonte]
  • Fisiologia saturniana: Como a maioria dos saturnianos, Imra possuí grandes poderes psíquicos.
    • Telepatia: Como mencionado por Mon-El, Imra é conhecida por suas habilidades telepáticas. Ela é capaz de ler a mente das pessoas e se comunicar com outros indivíduos mentalmente, e também é capaz de projetar seus pensamentos em outros.
      • Disparos psiônicos: Sendo uma telepata, Imra pode conjurar "disparos mentais" poderosos que podem atingir seu alvo mentalmente e deixá-los inconscientes.
      • Projeção psíquica: Sendo uma telepata, Imra pode conjurar ilusões realistas nas mentes de outras pessoas, e fazê-los passar por algo que não está acontecendo fisicamente.
      • Detecção mental: Imra é capaz de detectar a mente de outras pessoas, e também suas intenções, emoções e estados mentais.
      • Escudo mental: Ela é capaz de criar um escudo mental ao redor de si mesma ou de outras pessoas sem nenhum esforço, prevenindo que outros telepatas possam escanear suam ente.
      • Tradução psíquica: Imra é capaz de usar seus poderes para traduzir outros idiomas.
    • Imra utilizando sua telecinese para atacar Régia

      Imra utilizando sua telecinese para atacar Régia.

      Telecinese: Como notado durante sua luta contra Régia, Imra possui habilidades telecinéticas. Ela demonstrou ser capaz de arremessar diversos objetos pesados contra a kryptoniana. Imra é capaz de levitar objetos, impulsioná-los ou manipulá-los como deseja. Ela pode erguer a si mesma e a outras pessoas pelo ar para simular voos, gerar força telecinética contundente como explosões ou rajadas e criar escudos de proteção ou contenção.
      • Campos de força: Durante sua luta contra Régia, ela foi capaz de usar suas habilidades para criar um campo de força. Seus campos de força são capazes de conter os outros e também de proteger a si mesma e aos outros. Imra é capaz de criar campos de força do tamanho de um humano médio até vários metros de altura.
      • Ondas de choque: Com seus poderes telecinéticos, Imra é capaz de projetar ondas de choque telepáticas para acertar, impulsionar, esmagar ou cortar um alvo.
      • Telecinesia tátil: Durante a sessão de treinamento com Mon-El, ela foi capaz de feri-lo com um soco, sugerindo superforça ou um uso preciso de sua telecinesia para imitá-la.
        • Força sobre-humana: Durante a sessão de treinamento de Imra com Mon-El, quando ela deu um soco em seu abdômen, ele sentiu e ficou com dor por alguns segundos, sugerindo que ela tinha algum tipo de força sobre-humana capaz de afetar um Daxamita.[4]

Habilidades[]

  • Combatente corpo-a-corpo: Imra é uma combatente corpo-a-corpo formidável. Ela demonstrou suas habilidades durante seu treinamento com Mon-El,[4] e mais tarde durante sua batalha contra Pestilência, apesar de ter perdido o combate contra a destruidora de mundos.
  • Pilotagem: Imra é uma piloto extremamente habilidosa. Ela foi capaz de dirigir o cruzador da Legião até o Forte Rozz e depois voltar para a Terra sem problemas.[6]

Fraquezas[]

  • Bloqueador psíquico: Como Imra herdou seus poderes psíquicos de forma natural, ela perderá seus poderes caso utilize este objeto.[6]

Equipamento[]

Pré-Crise[]

  • Legion of Super-Heroes

    Os anéis da Legião.

    Anel da Legião: O anel da Legião de Imra permite que ela voe, se comunique com os outros legionários que estejam usando o anel, tenha independência de oxigênio e, por certas circunstâncias, viaje através do tempo.[5]
  • Traje da Legião: Imra utiliza um traje protetor enquanto opera como Moça de Saturno em suas batalhas.[5]

Pós-Crise[]

Aparições[]

Supergirl[]

3ª Temporada

4ª Temporada

5ª Temporada


Por de trás das câmeras[]

  • Nas histórias em quadrinhos da DC Comics, Imra Ardeen é uma telepata poderosa conhecida como Moça de Saturno (também chamada Satúrnia), e um membro fundador da Legião dos Super-Heróis. Sua primeira aparição foi em Adventure Comics #247 (abril de 1958).
    • Enquanto na série Imra era a esposa de Mon-El, nos quadrinhos ela geralmente tinha um relacionamento com Garth Ranzz, o Relâmpago.
    • Nas histórias recentes da DC, a Moça de Saturno não consegue falar devido a falta de cordas vocais (típico de sua espécie pós-DC Renascimento).

Referências[]

Advertisement