FANDOM


Para ver o homem que ele personificou, veja Hank Henshaw.

J'onn J'onzz (nascido em 1699), comumente conhecido como "Caçador de Marte", é um dos dois últimos marcianos verdes. Nascido e criado no planeta Marte, J'onn é o único sobrevivente de um "holocausto marciano" instigado pelos marcianos brancos que também mataram toda a família. J'onn fugiu para a Terra e ficou escondido por séculos até que ele foi descoberto pelo Diretor do D.O.E., Hank Henshaw. Depois que Jeremiah Danvers sacrificou-se para salvar J'onn matando Hank, o Marciano começou a se apresentar como diretor Henshaw para reformar o D.O.E. para o propósito pretendido e se tornou um aliado de Kara Danvers/Supergirl. Eventualmente, J'onn encontra-se forçado a revelar sua verdadeira identidade e se tornou um fugitivo, no entanto, depois de ter ajudado a salvar o mundo de Non e Indigo, ajudando Supergirl a vencê-los, J'onn recebeu um perdão presidencial de Olivia Marsdin e foi reintegrado como diretor do D.O.E., continuando a usar a aparência de Hank por causa de conveniência. Devido a sua identidade tornar-se pública, como o "último Marciano Verde" J'onn é também uma das criaturas mais procuradas aos olhos do império dos Marcianos brancos. Mais tarde foi descoberto que ele não era o último Marciano Verde, já que ele descobre que seu pai, M'yrnn J'onzz, estava vivo e mantido como prisioneiro por 300 anos. Depois dos eventos que envolveram as Destruidoras de Mundos e a morte de seu pai, J'onn deixa o D.O.E. e coloca Alex Danvers em seu lugar como Diretor. Em seguida, ele abriu sua própria empresa de investigações, tornando-se um detetive e operando sobre o nome de John Jones.

Biografia

Antiga vida

J'onn nasceu em algum momento entre 1425 e 1640[1][2] no planeta Marte, filho do líder religioso M'yrnn J'onzz.[3] Ele veio de uma raça de meta morfos psiquicos conhecidos como Marcianos Verdes, vivendo em paz com sua família. Ele e sua esposa, M'yri'ah, foram casados por 77 anos, tendo duas filhas, K'hym e T'ania, em algum momento. Depois de se tornar pai, J'onn descobriu sua vocação de proteger os outros e se juntou a polícia Marciana, se tornando assim um caçador.[4]

Sua vida feliz foi curta quando a superfície de seu mundo foi atacada pelos Marcianos Brancos, uma raça subterrânea. Eles caçaram todos os Marcianos Verdes, incluindo sua família, no evento chamado de "Holocausto Marciano".[5]

Mas, J'onn de algum jeito conseguiu escapar e fugiu para a Terra.

Chegada na Terra e descoberto

Depois de chegar a Terra, J'onn passou décadas viajando pelo mundo e se escondendo da sociedade, e nas suas primeiras tentativas de se comunicar com humanos, lhe causou pânico;[6] mas, no fim do ano de 1800, J'onn encontra um monge com quem aprende técnicas para meditação.[7]

Em algum momento (300 anos depois de sua chegada a Terra), J'onn teve pelo menos um encontro com o herói Kryptoniano da Terra conhecido como Superman, e em algum desses encontros deve ter resultado em uma briga, com os motivos sendo desconhecidos, e que isso foi o bastante para que o Superman chamasse J'onn de "o ser mais poderoso da Terra"[8]

C-0

J'onn conhece Jeremiah Danvers.

Em 2005, depois de ser descoberto por uma unidade local em Peru, o D.O.E. foi atrás dele. Mas, Jeremiah Danvers salvou a vida de J'onn de Hank Henshaw, fazendo com que J'onn prometesse que cuidaria de suas filhas, Alex e Kara Danvers. Se disfarçando de Hank Henshaw, J'onn se tornou o Diretor do D.O.E. e o repaginando para ser uma força do bem.[9]

Se desentendendo com Superman

Em algum momento depois disso, J'onn se encontrou novamente com Superman e ajudou o D.O.E. a descobrir um meteoro alienígena, composta por uma esmeralda-verde Kryptoniana. J'onn a chamou de "Kryptonita" e resolveu guardar no D.O.E. para medidas de segundo plano, fazendo com que o Kryptoniano se irritasse e cortando sua amizade com o Marciano.[10]

Conhecendo Kara

J'onn se transformou em Alura Zor-El para poder convencer Kara para que mante-se seus poderes em segredo e para que não os usa-se. Também se conectando a ela em forma de um agente do FBI. Até mesmo fingindo não entender quando Kara conversou em Kryptoniano. Depois de ter certeza de que Karan ão usaria seus poderes de novo, ele sai. Se transformando de volta em Hank Henshaw e saindo de Midvale.

Diretor do D.O.E.

Revelando seu segredo para Alex e Kara

Tomando a culpa pela morte de Astra

Identidade revelada

Miríade

A chegada de Superman

Conhecendo M'gann M'orzz

Descobrindo o segredo de M'gann

O vírus Medusa

Personalidade

Como Hank Henshaw,

Sob o disfarce de Hank Henshaw, J'onn aparenta ser frio e calculista.

Como Caçador de Marte

Depois que revelou sua verdadeira identidade para Alex e Kara, respectivamente, J'onn é realmente gentil, atencioso, altruísta, inteligente, tem um senso de justiça, honra e boa moral. Ele também tem uma inteligência muito afiada e foi mostrado cuidando de Alex e Kara Danvers como se fossem suas próprias filhas ao ponto em que Clark o acusou de não se importar com o bem-estar de Kara, J'onn atacou dizendo a Clark para tomar cuidado com o que diz; no entanto, ele recuou imediatamente quando Clark declarou (de forma intimidadora) "ou o quê?", já que ele não está disposto a entrar em um confronto com o kryptoniano, já que J'onn está aterrorizado com o segundo.

Normalmente, J'onn é muito calmo, equilibrado e paciente, já que ele raramente perde a paciência, no entanto, ele não tem tolerância para aqueles que desrespeitam seus companheiros. J'onn também é frio para as pessoas que ele não gosta por boas razões; como Sam Lane, devido às suas características arrogantes, rudes, desrespeitosas, ingratas, egoístas e imorais.

J'onn foi inicialmente muito relutante em usar seus poderes, pois ele acredita que as pessoas vão se machucar se ele usá-las. No entanto, depois de sua identidade como o Caçador de Marte foi revelado ao D.O.E., ele gradualmente se tornou mais confiante de sua capacidade e herança alienígena e começa a usar seus poderes com mais freqüência.

Há um lado negro de sua personalidade; como J'onn pode ser frio, cruel, implacável e vingativo, isso é evidenciado pelo fato de que quando ele se depara com um Marciano Branco, ele teria matado o último, se Kara e Alex não o tivesse convencido a poupa a vida. J'onn tem um profundo ódio pelos marcianos brancos, devido ao fato de terem eliminado toda a sua raça e matado toda a sua família sem motivo aparente; simplesmente para satisfazer seus próprios desejos belicistas. Isso tornou difícil para J'onn aceitar que nem todos os marcianos brancos, como [[M'gann M'orzz]], são maus.

J'onn é cauteloso, mas ao mesmo tempo míope, como ele decidiu armazenar Kryptonita no D.O.E. como uma contingência, para salvaguardar contra Kryptonianos potencialmente desonestos, levando assim a um desentendimento entre ele e Clark Kent, que acreditava que a Kryptonita, do D.O.E., poderia cair nas mãos erradas e ser eventualmente usada contra ele ou sua prima Kara, um fato que J'onn não considerou. Esse medo dele se mostrou correto, embora a situação estivesse resolvida quando toda a Kriptonita do D.O.E. lhe foi confiada.

Apesar de ser um alien e querer que o planeta Terra seja um lugar seguro onde humanos e alienígenas possam viver em paz, J'onn é um hipócrita e tem problemas em confiar em outros alienígenas, quando a presidente Olivia Marsdin estava planejando iniciar o ato de anistia alienígena. , um decreto sobre conceder aos estrangeiros os direitos dos cidadãos americanos, ele estava inseguro sobre isso, alegando que alguns alienígenas tirariam proveito da boa vontade de Olivia; no entanto, o último colocou J'onn em seu lugar, lembrando-o de que a mesma coisa já foi dita sobre ele, quando sua identidade como "Caçador de Marte" foi revelada ao D.O.E., como J'onn estava sendo hipócrita.

Aparições

Supergirl

1ª Temporada

2ª Temporada

3ª Temporada


Flash

3ª Temporada

Quadrinhos

Adventures of Supergirl

Galeria

Imagens promocionais

Supergirl

Primeira Temporada
Segunda Temporada

Erro de citação: existem marcas <ref>, mas nenhuma marca <references/> foi encontrada
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.