Arrowverso Wiki
Advertisement

"Reincidência é a probabilidade de um criminoso violento cometer outro crime violento quando for solto. É isso que estou tentando evitar. Mas eu acredito que todo mundo aqui tem direito a redenção. Até pessoas como você."
—Jarrett Parker para Oliver Queen[fonte]

Doutor Jarrett Parker (morto em novembro de 2018) foi o chefe de psiquiatria do segundo nível da Prisão de Segurança Máxima de Slabside. Ele foi morto por Talia al Ghul.

Biografia[]

2015[]

Em 2015, Jarrett Parker cuidou de Robert Goodman depois que após alguns ataques violentos de raiva. Parker prometeu aos pais dele que iria torná-lo "dócil". Após suas sessões, Robert começou a sofrer de amnésia e, com o passar do tempo, a amnésia se tornou cada vez mais frequente ao ponto de eventualmente, fazê-lo perder toda sua identidade. De acordo com Laurel Lance, houve mais oito casos semelhantes aos de Robert.[1]

Tratando de Oliver Queen[]

Oliver conversando com Jarret Parker

Jarrett conversando com Oliver.

Ao receber um novo paciente, Oliver Queen, Jarrett o isolou dos outros detentos para que pudesse determinar se ele era um perigo para os outros prisioneiros ou não. Eventualmente, ele foi visitá-lo na cela. Após se apresentar, Parker começou a questioná-lo, mas Oliver ignorava suas perguntas. Cansado da resistência de seu paciente, Jarrett injetou um "soro da verdade" em Oliver, que o obrigaria a responder tudo que perguntasse. Ao descobrir sobre o sacrifício de seu pai, assim como o assassinato de outro homem para salvar sua vida, Jarrett tentou convencê-lo de que seu pai era apenas um assassino como os outros, e a promessa que havia feito a Robert, assim como seu vigilantismo, seriam uma péssima influência para seu filho.

Apesar disso, Oliver continuou recusando a se esquecer de seu passado. Jarrett então o colocou em uma máquina que o fez interagir diretamente com seu passado, manipulando suas memórias para realizar uma simulação mental. Quando Oliver foi colocado na mesma situação do passado com ele sendo seu pai e William sendo seu eu mais jovem, ele fez exatamente a mesma coisa que seu pai fez e ao mostrar isso, ele disse a ele para acabar com o ciclo que seu pai iniciou para seu próprio filho.[2]

Morte[]

Quando Oliver e Talia al Ghul lutaram, os dois foram levados até Parker. Jarrett decidiu usar um novo método em Oliver, mas antes que pudesse fazer isso, ele escapou e ajudou Talia a fugir. Depois que os crimes de Jarrett foram expostos por Felicity Smoak, ele foi demitido de Slabside. Enquanto saía, Jarrett foi atacado por Talia, que o matou como vingança.[1]

Personalidade[]

Como psiquiatra, Parker era um indivíduo calmo que nunca deixaria suas emoções tomarem conta dele, exceto quando Oliver o chamou de monstro, ele quase perdeu a paciência, mas se recuperou rapidamente. Ele sempre tentava usar uma abordagem pacífica ao lidar com um paciente. Mas, ele recorreria a uma abordagem forçada e violenta se o paciente não estivesse disposto a cooperar.

Ao lidar com Oliver, Parker parecia ser muito astuto e manipulador, sempre atingindo os lados vulneráveis dos indivíduos. Ele era fortemente contra o vigilantismo, pois estava completamente determinado a fazer Oliver desistir de sua identidade de Arqueiro Verde, fazendo muitas tentativas, muitas vezes utilizando métodos antiéticos.

Parker parece desumanizar os presidiários chamando-os pelos números de presidiário em vez de seus nomes reais e não deixou Oliver sair de seu confinamento mais profundo até que ele admitisse que "Detento 4587" era seu nome "real".

Aparições[]

Arqueiro[]

7ª Temporada[]

8ª Temporada[]

Por de trás das câmeras[]

  • Nas histórias em quadrinhos da DC Comics, Jarrett Parker foi um terapista que se encontrou com o Flash quando eles ficaram presos em outra dimensão. Sua primeira aparição ocorreu em Flash #10 (março de 1988).

Referências[]

Advertisement