Jordan Kent
Jordan Kent.png
Informação
Ocupações Estudante
Estado atual Vivo
Família Clark Kent (pai)
Lois Lane (mãe)
Jonathan Kent (irmão gêmeo)
Jor-El (avô paterno; morto)
Lara Van-El (avó paterna; morta)
Sam Lane (avô materno)
Jonathan Kent Sr. (avô adotivo paterno; morto)
Martha Kent; morta (avó adotiva paterna)
Lucy Lane (tia materna)
Kara Danvers (prima paterna)
Universo de origem Terra-Prime
Intérprete Alex Garfin
Fonte

Jordan Kent (nascido em 2007[1]) é o filho de Clark Kent e Lois Lane, o irmão gêmeo de Jonathan Kent, o primo paterno de Kara Danvers, o sobrinho de Lucy Lane e o neto do falecido Jor-El, da falecida Lara Van-El e de Sam Lane. Ele também é o neto adotivo de Martha e Jonathan Kent Sr.. Depois que seus poderes foram descobertos por sua família, ele foi apelidado de Superboy por Jonathan.

Biografia

Vida pregressa

"Clark, precisa vir pra Metrópolis agora. São os meninos."
"Os meninos?"
"É, amor, seus filhos.
"
Lois Lane e Clark Kent[fonte]

Como resultado da união da Terra-38, Terra-1 e a Terra-RN para formar a Terra-Prime, a linha do tempo foi drasticamente alterada. Alguma dessas mudanças foi no relacionamento de Clark Kent e Lois Lane, fazendo com que o casal tivesse filhos gêmeos ao invés de apenas um único filho.[2] Ambos nasceram em 2007,[1] diferente de seu filho único que, na linha do tempo anterior, havia nascido em 2019.[3]

Quando criança, Jordan tinha explosões destrutivas e acessos de raiva frequentemente enquanto seu irmão, Jonathan Kent, era uma criança atlética e feliz. Um dia, Clark e Lois levaram seus filhos para passarem o verão em Smallville, onde os gêmeos acabaram conhecendo Sarah Cushing. No final da tarde, enquanto Jordan brincava e Clark e Lois o assistia, Jordan ficou sentado nos degraus da escada escrevendo em seu diário.

Lois acalmando Jordan.

Em sua adolescência, as explosões destrutivas e acessos de raiva de Jordan continuaram. Um dia, quando ele estava tendo uma dessas crises, Lois subiu até seu quarto para acalmá-lo, abraçando-o no chão enquanto ele chorava em seus braços. Eventualmente, Jordan foi diagnosticado com transtorno de ansiedade social. Para aprender a conviver com isso, ele começou a tomar pílulas, além de sua família começar a participar de sessões de terapia apara ajudá-lo com sua saúde mental.

Em sua vida, Jordan não foi muito próximo de seu pai, apesar de ambos viverem sobre o mesmo teto, já que Clark costumava viajar a "trabalho", sem estar ciente que Clark é na verdade o Superman. Devido a isso, Jordan se tornou mais próximo de sua mãe.[1]

Manifestando seus poderes

Morte de Martha Kent

Depois que Clark perdeu uma sessão de terapia familiar, Jordan ficou chateado. Ele então subiu para seu quarto e começou a jogar vídeo-game enquanto escutava uma música alta. Quando seu pai foi visitá-lo, ele abaixou o volume e, acreditando que ele estava jogando como, elogiou seu filho dizendo que ele era um bom Superman. Jordan, contudo, disse que o Homem de Aço é "chato", dizendo que estava jogando com Raiden, o adversário do personagem durante a partida. Clark tentou conversar com seu filho sobre o primeiro dia de aula, que começava no dia seguinte, mas Jordan não foi muito de dar ouvidos. Enquanto ele estava prestes a sair, Jordan pediu para que seu pai aumentasse o volume da música.

No dia seguinte, quando percebeu como seu irmão estava vestido para o primeiro dia de aula, Jonathan comentou sobre sua roupa. Em resposta, Jordan perguntou se deveria se vestir como ele para ganhar um "prêmio de participação". Lois interrompeu a discussão para apressá-los e fazerem-os irem para a escola.

Jordan protegendo Jonathan.

Quando sua avó e mãe adotiva de Clark, Martha Kent, morreu devido a um derrame, Jordan e a família Kent foi até Smallville para seu funeral. Jordan acompanhou seu pai enquanto ele jogava uma rosa no caixão de sua mãe. Depois do enterro, todos voltaram para a fazenda. Enquanto mexia em seu celular, Jonathan se aproximou e entregou algo para ele comer, já que ele tinha que tomar seu remédio às uma da tarde. Jordan perguntou se ele era sua mãe, e seu irmão respondeu dizendo que alguém tinha que cuidar dele. Em seguida, quando Sarah e sua família chegaram, Jon comentou para que ele mudasse de roupa para ser uma "pessoa totalmente diferente". Os gêmeos e seus pais cumprimentaram Sarah, Lana Lang, Kyle e Sophie Cushing. Depois que os adultos saíram, os gêmeos e Sarah foram até o celeiro para reiniciar o modem da internet, que estava em uma parte alta. Quando Jordan conseguiu reiniciá-lo, ele acabou escorregando e caiu, sentindo uma força em si. Quando canos de metais começaram a cair, Jonathan correu para protegê-lo. Contudo, Jordan fez o mesmo e subiu em cima de seu irmão, fazendo com que os canos caíssem nele. Depois disso, Clark apareceu para ajudá-los.

À noite, paramédicos foram até a fazenda para examiná-los, surpreendendo a ambos que não estavam feridos seriamente. Os dois subiram no quarto e Jordan respondeu a uma mensagem de Sarah. Depois que Jonathan apareceu, Jordan começou a se questionar como eles estavam vivos. Ele teorizou que algo estranho estava acontecendo e que seus pais estavam escondendo algo, e sugeriu que eles investigassem sobre.[1]

Descobrindo a verdade de seu pai

Jordan segurando um cristal.

Depois que Clark e Lois saíram para discutir sobre o futuro da fazenda com Lana, Jordan e Jonathan voltaram para o celeiro. Enquanto discutiam sobre como Clark havia conseguido retirar o cano de metal tão rápido em cima deles, Jordan disse que isso era suspeito, já que seu pai não conseguia montar uma árvore de natal sem cair da escada. Enquanto procuravam, Jordan encontrou algo no chão. Eles tiraram o feno de cima e encontraram uma porta, e usaram um pé-de-cabra para quebrar o cadeado. Eles desceram as escadas que levaram-os para baixo, encontrando uma lona cobrindo algo grande. Os irmãos a puxaram e descobriram que se tratava de uma espaço-nave, o que deixou ambos surpresos. Quando Jordan tentou tocá-la, a nave reagiu. Ao se aproximar novamente, a nave retirou um cristal de lá de dentro. Quando Jonathan questionou o que era aquilo, Jordan disse que não sabia, mas aquilo definitivamente não era do Kansas.

Jordan e Jonathan vendo Clark voar.

Depois que seus pais chegaram, Jordan e Jonathan foram confrontá-los. Apesar de seu irmão ter permanecido mais calmo, Jordan foi quem não conseguiu segurar suas emoções. Clark admitiu que as coisas que contava era uma mentira. Ele então explicou que aquela nave o trouxe de Krypton até a Terra, e explicou sobre seus poderes também. Quando ele terminou, os dois garotos ainda estavam inconformados de que seu pai era o Superman. Para mostrar que estava dizendo a verdade, Clark retirou seus óculos e ergueu seu carro com sua super força, e em seguida começou a flutuar no céu enquanto segurava o carro sobre sua cabeça, deixando ambos irmãos surpresos.

Jordan discutindo com Lois e Clark.

Quando Lois tentou defendê-lo, Jordan disse que todas as vezes que ele não estava com sua família, ele estava mentindo para todos. Lois disse que ele estava salvando pessoas, mas mesmo assim, Jordan disse que aquilo não tornava a verdade menor. Ele prosseguiu dizendo que sua mãe tinha mentido para protegê-lo, fazendo-o pensar de que estava louco e que havia sido colocado sobre pílulas. Ele questionou se ele é meio-humano, ele perguntou o que Clark é. Seu pai intrometeu, dizendo para descontar sua raiva nele, já que era ele quem não queria que seus filhos soubessem da verdade. Quando questionado o porque, Clark esclareceu que não queria que nenhum dos dois se ofendesse caso algum gêmeo ganhasse poderes, enquanto o outro não. Jordan então percebeu de que aquilo tudo se tratava sobre Jonathan, já que ambos acreditavam que ele foi o motivo de terem sobrevivido depois do acidente. Jordan disse que ele pode ter sido enviado à Terra para ser um herói, mas ser um pai não é um de seus objetivos.[1]

Salvando Jonathan

Depois da discussão, Jordan recebeu uma mensagem de Sarah sobre um festa. Ele usou um aplicativo de motorista para chegar até lá. Ao chegar, ele cumprimentou Sarah, que ainda estava em dúvida sobre como ele e seu irmão foram capazes de sobreviver ao acidente. Jordan mudou de assunto, dizendo que ela havia prometido "problema" para ele.

Jordan usando sua visão de calor.

Enquanto conversavam, Sarah contou um pouco sobre sua vida e o impacto que o trabalho de seu pai tem em sua família. Contudo, Jordan entendeu a mensagem errada e acabou beijando a garota. Depois que o beijo acabou, Sarah se afastou e perguntou o que ele estava fazendo. O namorado dela, Sean, o empurrou do tronco onde estavam sentados. Apesar de Sarah tentar explicar que havia sido um erro, o garoto continuou a tentar atacá-lo. Quando Sean estava prestes a fazer isso, Jonathan apareceu, empurrando o garoto para longe. Vendo seu irmão caído no chão e apanhando, Jordan manifestou sua visão de calor, fazendo com que a fogueira atrás dele explodisse para salvá-lo.

Depois do incidente, o corpo de bombeiros foi chamado no local para apagar o incêndio, incluindo o pai de Sarah. Jordan, depois de manifestar seus poderes, ficou completamente chocado. Quando seu pai chegou, os dois olharam um para o outro, e Clark percebeu o que havia acontecido apenas de olhar para seus olhos.

Jordan e Clark se abraçando.

Ao voltarem para a casa, Jordan explicou o que havia acontecido, tanto na fogueira quanto no incidente com os canos metálicos. Depois que Jonathan fez uma piada com a manifestação de seus poderes, Jordan saiu da cozinha. Depois que Jonathan se desculpou, Clark foi até o lado de fora para conversar com Jordan. Ele se sentou ao seu lado e começou a contar sobre sua vida quando criança, incluindo quando seus poderes se manifestaram pela primeira vez, dizendo que seu pai e mãe estavam lá para apoiá-lo. Clark acabou concordando com o que Jordan havia dito anteriormente, e que iria começar a ser mais presente na vida de sua família.

No dia seguinte, quando Lana foi visitá-los, Jordan e Jonathan conversaram com Sarah sobre o incêndio. Jordan e Sarah então conversaram em particular, onde ele se desculpou por tê-la beijado. Ele então prometeu guardar segredo sobre o ocorrido. Depois que ela saiu, Jordan foi até Jonathan para conversar sobre os poderes e ver se estava tudo bem entre eles. Seu irmão o tranquilizou, dizendo que estava tudo bem, e que como seu irmão havia herdado os poderes Kryptonianos de seu pai, a habilidade dele no campo de futebol era legítimo. Clark e Lois perguntaram o que eles achavam sobre permanecer em Smallville permanentemente, mas que iriam discutir mais sobre isso no jantar em família. Em seguida, a família Kent foi até o celeiro para consertar um trator.[1]

Se mudando para Smallville

Jordan e Jonathan vendo seu pai consertar o telhado da casa.

Jordan e sua família retornaram uma última vez para Metrópolis, onde empacotaram seus pertences para levá-los à Smallville. Ao retornarem, Jordan ajudou a colocarem as coisas no lugar. Quando seu pai precisou fazer reparos no telhado da casa, Jordan ajudou-o segurando a caixa de ferramentas. Ele, ao lado de seu irmão, ficou admirando, em surpresa, seu pai voando para realizar essa tarefa. No fim da tarde, Jordan se sentou na varanda de sua casa lendo uma revista em quadrinho.

À noite, durante um jantar em família, Jordan reclamou do fato de ter sido colocado apenas nas duas matérias que escolheu, além de colocá-lo erroneamente nas aulas de espanhol ao invés de francês. Quando Jonathan disse que não havia visto a dele, Jordan disse que ela deve ser ruim quanto a sua. Seus pais então revelaram que ele não iria para a escola, pelo menos por enquanto, até aprender a controlar seus poderes para não ferir ninguém. Jordan não gostou disso, dizendo que ele continuaria sendo a "aberração de sempre" até mesmo no lugar que haviam se mudado para começar uma nova vida.

Jordan na Fortaleza da Solidão.

No dia seguinte, quando Jonathan estava indo para a escola, ele comentou que aquela seria a primeira vez em que estaria indo sem ele. Jordan concordou, dizendo que era estranho. Clark apareceu e retirou o celular de sua mão, entregando-o um casaco. Jordan perguntou se eles voariam para algum lugar, e seu pai disse que "era preciso". Eles foram para o Ártico, onde Clark levou-o até a Fortaleza da Solidão para poder ajudá-lo a compreender seus poderes. Uma voz invisível começou a contar a história sobre a primeira cidade de Krypton, Kryptonópolis. Depois do fim da história, Clark apresentou a inteligência artificial de seu pai, seu avô, cujo nome é em homenagem a ele: Jor-El, que disse ao garoto que ele irá expandir a herança kryptoniana.

Jordan e Jonathan ouvindo Lois confrontar Morgan Edge.

Ao voltar, Jordan correu até Jonathan para contar sobre sua experiência. Ele perguntou a seu irmão como foi o dia na escola sem ele, algo que Jon disse ter sido legal e que deveriam ter feito isso anos atrás. Lois levou seus filhos para uma reunião na prefeitura. Ao chegarem, eles se encontraram com Sarah, que perguntou a ele do porque estar lá, já que Jonathan havia dito que ele estava doente. Jordan explicou que já estava se sentindo um pouco melhor. Ele também ouviu-a dizer algo para Jonathan sobre algo que havia acontecido na escola, despertando sua curiosidade. Jordan e seu irmão ouviram sua mãe confrontar Morgan Edge, que estava para comprar as minas de Smallville, apesar dela ter prometido para Clark que não iria fazer tal coisa, e colocaram suas mãos sobre seus rostos.

Jordan olhando para Clark.

No dia seguinte, Jordan foi até Jonathan para contar que iria até a Fortaleza para fazer alguns testes. Ao perceber que seu irmão estava agindo de forma estranha, ele perguntou sobre o manual que estava em suas mãos, livro no qual ele não tinha recebido anteriormente, mas Jonathan lhe respondeu de forma fria. Na Fortaleza, Jordan continuou a explorar o lugar enquanto seu pai e a IA de seu avô discutiam sobre seus testes. Ele então ouviu os dois conversarem sobre suas capacidades limitadas, e que não poderá realizar algo semelhante a Clark devido ao seu DNA humano. Depois que a conversa acabou, Jordan se revelou, olhando de uma forma decepcionante para seu pai.

Ao voltar para casa, Jordan disse que não iria para o churrasco da família Cushing. Lois perguntou o que havia acontecido na Fortaleza, e ele disse que descobriram o que sempre sabiam, que ele não é especial. Quando Jonathan apareceu, ele descontou sua raiva em seu irmão, dizendo que, por beijar Sarah há algum tempo, o namorado dela e o time de futebol estavam atrás dele. Lois interrompeu a discussão, dizendo que todos iriam para a casa dos Cushing querendo ou não.

Jordan conversando com Jonathan sobre seu dia.

Ao chegarem, eles foram cumprimentados por Lana na porta. Eles se encontraram com Sarah, e Jordan ouviu seu irmão conversar com ela sobre o dia difícil que teve na escola. Jordan disse que o beijo foi culpa dele, e que Sean deveria estar bravo com ele e não Jonathan. Sarah ficou em silêncio, e mudou de assunto perguntando se ele iria para a escola logo. Jordan disse que sim se seus pais deixassem, explicando que não tinha controle sobre seus "problemas". Ela saiu para pegar comida. Sozinhos, Jon perguntou o que aconteceu na Fortaleza, e Jordan disse que descobriu que ele é ruim como kryptoniano tanto quanto humano. Para levantar seu ânimo, os dois saíram para comer algo. Mais tarde, eles perceberam seu pai sair escondido para lidar com um assunto envolvendo o Superman.

Jordan ouvindo Jonathan dizer que irá ajudá-lo.

De volta a sua casa, à noite, Jordan agradeceu por Jonathan ter se mudado à Smallville por ele, algo que seu irmão disse que não precisava agradecer. Ele perguntou se ele era kryptoniano, mas Jordan explicou que não. Apesar dos fatos contra a seu favor, Jonathan disse que sabia que seu irmão tinha "algo especial", dizendo que se ninguém iria ajudá-lo a descobrir o que era isso, e como lidar, ele iria.

Na manhã do dia seguinte, seu pai entregou um comunicador especial para chamá-lo quando necessário. Jordan perguntou se poderia ir para a escola, apesar de Clark dizer que eles ainda precisavam vigiar seus poderes, ele disse que sim.[4]

Teste para a equipe de futebol

Jordan desafiando Clark.

Jordan esteve presente quando Lois estava pintando a parede de sua nova casa, indecisa sobre qual cor escolher, e ele tentou apressá-la para escolher qualquer uma. Quando sua mãe e Jonathan começaram uma guerra de tinta, Jordan pegou dois pincéis e pintou o braço de seu pai, dizendo para Clark que ele não podia usar seus poderes naquele momento. Quando avançou para atacá-lo, os braços de Jordan foram colocados contra suas costas por seu pai. Incapaz de se defender, Jonathan começou a pintar a camiseta dele enquanto Lois fazia o mesmo com seu esposo. Clark o soltou e Jordan continuou a guerra com sua mãe e irmão. Os três pararam e perceberam Clark parado, e em seguida vendo que ele usou sua super velocidade para ir a algum lugar como Superman.

Depois que seu pai voltou, a família se sentou para o café da manhã. Jordan e Jonathan perguntaram sobre a super audição de seu pai. Ele perguntou a diferença sobre quais sons são o que, e seu pai explicou que conseguiu a dominar isso treinando na Fortaleza. Jordan disse que preferia ter super audição do que seus "olhos loucos", e em seguida listou as "regras" que vinham com seus poderes kryptonianos, algo que seu pai disse ser para seu próprio bem, mencionando que as regras eram para dar uma vida normal a eles. Jordan disse que se uma "vida normal" é ser excluído, então sua escola já fez isso.

Jordan controlando sua visão de calor.

Na Smallville High, Jordan notou que Sarah havia perdido a primeira aula. Ao vê-la no corredor, ele perguntou se estava tudo bem, algo que a garota quis se desviar da pergunta dizendo que é só um "drama familiar". Quando ele tentou chamá-la para sair depois da escola, Sarah o cortou, dizendo que iria se atrasar para sua próxima aula. Jonathan, que havia notado, se aproximou, desejando-o sorte na próxima vez. Enquanto andava pelo corredor, Jordan foi confrontado por Sean Smith, o namorado de Sarah, que o empurrou para o armário e começou a questioná-lo do motivo dele andar tanto com sua namorada. Jordan cerrou seus punhos e seus olhos começaram a brilhar, indicando que sua visão de calor poderia se manifestar a qualquer instante. Jonathan tentou mantê-lo calmo, mas a briga só acabou quando Clark apareceu nos corredores da escola. Quando Sean o soltou, Jordan disse para seu irmão que não precisava de sua ajuda. Quando Clark disse que queria ver como seus filhos estavam indo na escola, Jordan percebeu que seu pai estava espionando eles com seus super poderes.

Na fazenda Kent, Jordan e Jonathan, que estavam bravos por serem espionados por seu super-pai, confrontaram-o sobre isso.

Enquanto iam para a escola no dia seguinte, os gêmeos foram parados por seu pai, que disse a eles que não iria usar seus poderes para espioná-los.

Jordan no campo de futebol.

Na escola, Jordan ouviu Sarah terminando com Sean. Sem perceber com as suas costas, ele foi derrubado por Timmy Ryan, que disse para tomar cuidado. Jordan mais tarde foi até o campo de futebol, pretendo fazer um teste para poder entrar à equipe. Ao chegar, ele foi parado por Jonathan, que o questionou sobre seus poderes, mas Jordan o acalmou dizendo que iria com calma. Quando seu irmão perguntou o motivo de estar lá, já que Jordan odiava esportes, ele explicou que estava cansado do bullying de Sean e de seus amigos, e que agora ele iria atacar de volta. O treinador Gaines decidiu dar-lhe uma chance. Durante o treinamento, Jordan usou sua super força para derrubar seus adversários mais facilmente. Ele derrubou Timmy, dizendo que ele deveria tomar cuidado. Depois que o treino acabou, o treinador da equipe o agradeceu. Jordan percebeu que Gaines havia mandado Jonathan correr pelo campo depois que ele não contou sobre o "prodígio" que ele era.

Jordan e Jonathan ouvindo a discussão entre Lana e Sarah.

Quando saíram da escola, os gêmeos foram a uma lanchonete com Sarah. Quando questionado sobre suas habilidades de futebol americano, Jordan disse que Jonathan o treinava no quintal de sua casa. Ele citou o que houve entre ela e Sean anteriormente, algo que ela disse ter sido o certo a se fazer. Quando Lana apareceu, os garotos a cumprimentaram. Eles assistiram silenciosamente uma discussão entre a mãe e filha. As duas saíram e Clark chegou, perguntando a seus filhos o que havia acontecido. Jordan e Jonathan explicaram que as duas acabaram de discutir sobre um assunto familiar. Quando seu pai perguntou se algo interessante apareceu na escola, Jordan disse que o treino de futebol foi interessante. Afim de não querer contar o que fez, além de querer ajudar a motivar Jonathan, ele disse que o treinador da equipe estava começando a notar as habilidades de seu irmão, algo que Clark disse ser muito legal.

Ao voltarem para casa, Jordan ficou jogando vídeo-game em seu quarto. Em um instante, Jonathan apareceu e retirou o controle de sua mão, questionando-o sobre o motivo de ter mentido. Jordan explicou que não mentiu, mas estava seguindo o exemplo dele. Seu irmão tentou persuadi-lo a desistir da equipe de futebol, pois temia que seus poderes poderiam machucar alguém. Jordan disse que estava cansado de ser tratado como uma bomba-relógio, e que não está fazendo nada de errado. Jon desistiu e devolveu o controle para seu irmão.

Jordan discutindo com Clark.

Na manhã seguinte, na escola, Jordan estava no campo de futebol quando Sean o escolheu para ser seu adversário no treinamento. Quando o treinador seu o início, Jordan usou sua super-força para empurrar seu adversário para longe. Quando o treino acabou, Jordan foi até Sean, se desculpando por ter beijado Sarah e estendeu sua mão para ajudá-lo a se levantar. Sean se levantou, agradecendo. Jordan percebeu que seu pai estava presente, assistindo tudo a uma distância. Ao voltar para casa, Jordan e seu pai entraram em uma discussão, dizendo que seus poderes são uma droga e que não conseguiria ter as mesmas capacidades que seu pai. Quando a discussão se esquentou, Jordan acabou dizendo para Clark que gostaria que ele voltasse a ser ausente e que tudo que ele tenta fazer é um erro. Seu pai mandou ele subir para seu quarto, o que Jordan obedeceu.

Jordan convidando Sarah para o jogo de futebol.

No dia seguinte, Clark contou sobre como queria ser parte da equipe de beisebol da escola, mas percebeu que estava fazendo aquilo para impressionar uma garota. Ele perguntou para Jordan se ele realmente gostaria de entrar para a equipe, algo que ele não tinha certeza inicialmente, mas que estava gostando. Clark perguntou se poderia controlar seus poderes, e Jordan disse que sim. Então, Clark deixou que seu filho permanecesse na equipe. Na escola, Jordan disse para Sarah que Jonathan ajudou seu pai a deixá-lo permanecer ao time. Ele convidou Sarah para ir ao primeiro jogo, convite que ela aceitou. Jordan "ajudou" seu pai a carregar água, que havia conseguido o emprego de treinador assistente da equipe, dizendo que ele estava exagerando com a atuação.[5]

Personalidade

Jordan sofre de transtorno de ansiedade social, como resultado, ele mostrou-se agressivo quando estressado tanto na infância quanto na adolescência, é melhor descrito como um solitário, que não se socializa muito com crianças de sua idade e não tem interesse em o que os outros pensam dele. Apesar de tentar permanecer fechado para os outros, ele mostrou momentos genuínos de conexão como com sua paixão de infância, Sarah Cushing e por seu irmão gêmeo, Jonathan Kent, vê-lo ser atacado por outros adolescentes na fogueira é o que fez Jordan ativar sua visão de calor pela primeira vez.

Jordan parece estar mais próximo de sua mãe, Lois Lane, do que de seu pai, Clark Kent, já que ela esteve mais presente em sua vida enquanto Clark salvava o mundo como Superman. Ela foi capaz de confortá-lo durante um ataque de ansiedade e Jordan se sentiu particularmente traído por ela saber sobre a identidade secreta de seu pai e não contá-lo, Jordan se distanciou de seu pai porque ele sempre estava viajando para "trabalhar" e isso causou ressentimento em relação a ele. No entanto, essa fenda possivelmente começou a ser curada, pois Clark foi capaz de confortar Jordan após o surgimento de seus poderes e prometendo estar lá para ele quando precisasse.

Poderes e habilidades

Poderes

  • Fisiologia híbrida de humano-kryptoniano: Devido a estrutura híbrida de Jordan, quando em contato com um sol amarelo, ele receberá todos os poderes que um Kryptoniano normal possuí, semelhantes aos do Superman.
    • Absorção de energia solar: Enquanto os poderes de Jordan dependem do espectro de energia de um sol amarelo, a energia armazenada permite que ele use seus poderes.
      • Força sobre-humana: Embora a força de Jordan não seja tão grande quanto a de seu pai devido à sua capacidade limitada de armazenamento de energia solar em seu corpo, sua força ainda é elevada para os padrões humanos. Ele é um jogador de futebol nato, já que foi visto parando outros membros da equipe com facilidade.
      • Durabilidade sobre-humana: Com as células de Jordan sobrecarregadas com energia solar, seu corpo é consideravelmente mais invulnerável do que o de um ser humano normal; ele sofreu apenas uma leve concussão por cair gravemente a 9 metros e ter vários canos de metal grandes caindo diretamente sobre ele. No entanto, sua consistência é desconhecida, já que ele é visto sendo derrubado, espancado e sangrando por socos e chutes de humanos normais, o que põe em questão a extensão de sua capacidade de armazenar raios solares em suas células.
      • Visão de calor: Quando Jordan concentra a energia solar armazenada em seu corpo, ele pode emitir feixes de energia vermelha de intenso calor variável de seus olhos. Jordan usou o poder pela primeira vez quando ficou chateado por ter sido intimidado pelo namorado de Sarah por um erro, e também para ajudar a salvar seu irmão de uma briga.

Fraquezas

  • Transtorno de ansiedade social: Jordan tem ansiedade severa, que se manifestou pela primeira vez como acessos de raiva e terror noturno quando era criança. Ele toma benzodiazepínicos como medicamento e está em terapia para sua ansiedade. No entanto, ficou implícito que essas explosões foram seus sentidos superiores aparecendo esporadicamente. Seu temperamento inconstante e ansiedade social limitam suas interações com os indivíduos.[1]
  • Instabilidade de poder/DNA misto: Por conta de ser meio-humano, Jordan não possuí acesso constante aos seus poderes kryptonianos. De acordo com a inteligência artificial de Jor-El, Jordan pode ter instâncias espontâneas de poder, como visão de calor, mas ele não será capaz de manifestar nada além de uma condição física aprimorada logo acima da de humanos normais; já que suas células não podem armazenar energia solar adequadamente. No entanto, é possível que sua idade tenha algo a ver com isso, pois ele ainda não amadureceu totalmente.[4]

Aparições

Lendas do Amanhã

5ª Temporada

Superman & Lois

1ª Temporada

Galeria

Imagens promocionais

Superman & Lois

1ª Temporada

Curiosidades

  • O nome de Jordan é uma homenagem a Jor-El.[4]

Referências

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.