Arrowverso Wiki
Advertisement
Arrowverso Wiki
Jordan Kent
Jordan Kent.png
Informação
Ocupações Estudante
Estado atual Vivo
Família Clark Kent (pai)
Lois Lane (mãe)
Jonathan Kent (irmão)
Jor-El (avô paterno; morto)
Lara Lor-Van (avó paterna; morta)
Tal-Rho (tio paterno)
Sem nome (bisavô materno)
Natalie Lane (bisavó materna)
Sam Lane (avô materno)
Jonathan Kent, Sr. (avô adotivo paterno; morto)
Martha Kent (avó adotiva paterna; morta)
Sem nome (tia materna)
Kara Danvers (prima paterna)
Lucy Lane (tia materna)
Universo de origem Terra-Prime
Intérprete Alex Garfin
Voz no Brasil Charles Emmanuel
Fonte
"Eu pensei que vir pra cá era uma chance de recomeçar, mas eu tô vendo que vou ser esquisito como sempre."
—Jordan Kent[fonte]

Jordan Kent (nascido em 2007)[1] é o filho de Clark Kent e Lois Lane, o irmão gêmeo de Jonathan Kent e um estudante na Smallville High School. Ele também é o primo paterno de Kara Danvers, o sobrinho de Lucy Lane, o neto do falecido Jor-El, da falecida Lara Lor-Van e Sam Lane, o neto adotivo do falecido Jonathan Kent, Sr. e da falecida Martha Kent, e o namorado de Sarah Cushing.

Depois de se mudar para Smallville e começar a desenvolver seu poderes, Jordan foi apelidado de Superboy por Jonathan.[2]

Biografia

Vida pregressa

Como resultado da fusão da Terra-38 com a Terra-1 e a Terra-RN para a formação da Terra-Prime, a linha do tempo foi alterada, fazendo com que Lois e Clark tivessem filhos gêmeos[3] ao invés de um único filho.[4]

Jordan criança em Smallville.

Filho de Clark Kent e Lois Lane, Jordan e seu irmão gêmeo, Jonathan, nasceram em 2007.[1] Quando criança, Jordan tinha explosões destrutivas e acessos de raiva frequentemente enquanto seu irmão, Jonathan Kent, era uma criança atlética e feliz. Um dia, Clark e Lois levaram seus filhos para passarem o verão em Smallville, onde os gêmeos acabaram conhecendo Sarah Cushing. No final da tarde, enquanto Jordan brincava e Clark e Lois o assistia, Jordan ficou sentado nos degraus da escada escrevendo em seu diário.

Lois acalmando Jordan.

Em sua adolescência, as explosões destrutivas e acessos de raiva de Jordan continuaram. Um dia, quando ele estava tendo uma dessas crises, Lois subiu até seu quarto para acalmá-lo, abraçando-o no chão enquanto ele chorava em seus braços. Eventualmente, Jordan foi diagnosticado com transtorno de ansiedade social. Para aprender a conviver com isso, ele começou a tomar pílulas, além de sua família começar a participar de sessões de terapia apara ajudá-lo com sua saúde mental.

Em sua vida, Jordan não foi muito próximo de seu pai, apesar de ambos viverem sobre o mesmo teto, já que Clark costumava viajar a "trabalho", sem estar ciente que Clark é na verdade o Superman. Devido a isso, Jordan se tornou mais próximo de sua mãe.[5] Jordan também tinha aulas de piano, mas as abandonou depois que sua ansiedade começou a afetá-lo profundamente.[6]

Quando estudava em uma escola de Metrópolis, Jordan sofria bullying de diversos alunos, incluindo Jimmy Cutter.[7]

Manifestando seus poderes

Descobrindo o segredo de Clark

Jordan jogando vídeo game.

Depois que Clark perdeu uma sessão de terapia familiar, Jordan ficou chateado. Ele então subiu para seu quarto e começou a jogar vídeo-game enquanto escutava uma música alta. Quando seu pai foi visitá-lo, ele abaixou o volume e, acreditando que ele estava jogando como, elogiou seu filho dizendo que ele era um bom Superman. Jordan, contudo, disse que o Homem de Aço é "chato", e explicou que estava jogando com Raiden, o adversário do personagem durante a partida. Clark tentou conversar com seu filho sobre o primeiro dia de aula que começava no dia seguinte, mas Jordan não foi muito de dar ouvidos. Enquanto ele estava prestes a sair, Jordan pediu para que seu pai aumentasse o volume da música.

No dia seguinte, quando percebeu como seu irmão estava vestido para o primeiro dia de aula, Jonathan comentou sobre sua roupa. Em resposta, Jordan perguntou se deveria se vestir como ele para ganhar um "prêmio de participação". Lois interrompeu a discussão para apressá-los e fazerem-os irem para a escola.

Jordan e sua família no funeral de Martha.

Quando sua avó e mãe adotiva de Clark, Martha Kent, morreu devido a um derrame, Jordan e a família Kent foram até Smallville para seu funeral. Jordan acompanhou seu pai enquanto ele jogava uma rosa no caixão de sua mãe. Depois do enterro, todos voltaram para a fazenda. Enquanto mexia em seu celular, Jonathan se aproximou e entregou algo para ele comer, já que ele tinha que tomar seu remédio às uma da tarde. Jordan perguntou se ele era sua mãe, e seu irmão respondeu dizendo que alguém tinha que cuidar dele. Em seguida, quando Sarah e sua família chegaram, Jon comentou para que ele mudasse de roupa para ser uma "pessoa totalmente diferente". Os gêmeos e seus pais cumprimentaram Sarah, Lana Lang, Kyle e Sophie Cushing.

Depois que os adultos saíram, os gêmeos e Sarah foram até o celeiro para reiniciar o modem da internet, que estava em uma parte alta. Quando Jordan conseguiu reiniciá-lo, ele acabou escorregando e caiu, sentindo uma força em si. Quando canos de metais começaram a cair, Jonathan correu para protegê-lo. Contudo, Jordan fez o mesmo e subiu em cima de seu irmão, fazendo com que os canos caíssem nele. Depois disso, Clark apareceu para ajudá-los.

À noite, paramédicos foram até a fazenda para examiná-los, surpreendendo a ambos que não estavam feridos seriamente. Os dois subiram no quarto e Jordan respondeu a uma mensagem de Sarah. Depois que Jonathan apareceu, Jordan começou a se questionar como eles estavam vivos. Ele teorizou que algo estranho estava acontecendo e que seus pais estavam escondendo algo, e sugeriu que eles investigassem sobre.

Jordan segurando um cristal.

Depois que Clark e Lois saíram para discutir sobre o futuro da fazenda com Lana, Jordan e Jonathan voltaram para o celeiro. Enquanto discutiam sobre como Clark havia conseguido retirar o cano de metal tão rápido em cima deles, Jordan disse que isso era suspeito, já que seu pai não conseguia montar uma árvore de natal sem cair da escada. Enquanto procuravam, Jordan encontrou algo no chão. Eles tiraram o feno de cima e encontraram uma porta, e usaram um pé-de-cabra para quebrar o cadeado. Eles desceram as escadas que levaram-os para baixo, encontrando uma lona cobrindo algo grande. Os irmãos a puxaram e descobriram que se tratava de uma espaço-nave, o que deixou ambos surpresos. Quando Jordan tentou tocá-la, a nave reagiu. Ao se aproximar novamente, a nave retirou um cristal de lá de dentro. Quando Jonathan questionou o que era aquilo, Jordan disse que não sabia, mas aquilo definitivamente não era do Kansas.

Jordan e Jonathan vendo Clark voar.

Depois que seus pais chegaram, Jordan e Jonathan foram confrontá-los. Apesar de seu irmão ter permanecido mais calmo, Jordan foi quem não conseguiu segurar suas emoções. Clark admitiu que as coisas que contava era uma mentira. Ele então explicou que aquela nave o trouxe de Krypton até a Terra, e explicou sobre seus poderes também. Quando ele terminou, os dois garotos ainda estavam inconformados de que seu pai era o Superman. Para mostrar que estava dizendo a verdade, Clark retirou seus óculos e ergueu seu carro com sua super força, e em seguida começou a flutuar no céu enquanto segurava o carro sobre sua cabeça, deixando ambos irmãos surpresos.

Jordan discutindo com Lois e Clark.

Quando Lois tentou defendê-lo, Jordan disse que todas as vezes que ele não estava com sua família, ele estava mentindo para todos. Lois disse que ele estava salvando pessoas, mas mesmo assim, Jordan disse que aquilo não tornava a verdade menor. Ele prosseguiu dizendo que sua mãe tinha mentido para protegê-lo, fazendo-o pensar de que estava louco e que havia sido colocado sobre pílulas. Ele questionou se ele é meio-humano, ele perguntou o que Clark é. Seu pai intrometeu, dizendo para descontar sua raiva nele, já que era ele quem não queria que seus filhos soubessem da verdade. Quando questionado o porque, Clark esclareceu que não queria que nenhum dos dois se ofendesse caso algum gêmeo ganhasse poderes, enquanto o outro não. Jordan então percebeu de que aquilo tudo se tratava sobre Jonathan, já que ambos acreditavam que ele foi o motivo de terem sobrevivido depois do acidente. Jordan disse que ele pode ter sido enviado à Terra para ser um herói, mas ser um pai não é um de seus objetivos.

Depois da discussão, Jordan recebeu uma mensagem de Sarah sobre um festa. Ele usou um aplicativo de motorista para chegar até lá. Ao chegar, ele cumprimentou Sarah, que ainda estava em dúvida sobre como ele e seu irmão foram capazes de sobreviver ao acidente. Jordan mudou de assunto, dizendo que ela havia prometido "problema" para ele.

Enquanto conversavam, Sarah contou um pouco sobre sua vida e o impacto que o trabalho de seu pai tem em sua família. Contudo, Jordan entendeu a mensagem errada e acabou beijando a garota. Depois que o beijo acabou, Sarah se afastou e perguntou o que ele estava fazendo. O namorado dela, Sean, o empurrou do tronco onde estavam sentados. Apesar de Sarah tentar explicar que havia sido um erro, o garoto continuou a tentar atacá-lo. Quando Sean estava prestes a fazer isso, Jonathan apareceu, empurrando o garoto para longe. Vendo seu irmão caído no chão e apanhando, Jordan manifestou sua visão de calor, fazendo com que a fogueira atrás dele explodisse para salvá-lo.

Depois do incidente, o corpo de bombeiros foi chamado no local para apagar o incêndio, incluindo o pai de Sarah. Jordan, depois de manifestar seus poderes, ficou completamente chocado. Quando seu pai chegou, os dois olharam um para o outro, e Clark percebeu o que havia acontecido apenas de olhar para seus olhos.

Jordan e Clark se abraçando.

Ao voltarem para a casa, Jordan explicou o que havia acontecido, tanto na fogueira quanto no incidente com os canos metálicos. Depois que Jonathan fez uma piada com a manifestação de seus poderes, Jordan saiu da cozinha. Depois que Jonathan se desculpou, Clark foi até o lado de fora para conversar com Jordan. Ele se sentou ao seu lado e começou a contar sobre sua vida quando criança, incluindo quando seus poderes se manifestaram pela primeira vez, dizendo que seu pai e mãe estavam lá para apoiá-lo. Clark acabou concordando com o que Jordan havia dito anteriormente, e que iria começar a ser mais presente na vida de sua família.

No dia seguinte, quando Lana foi visitá-los, Jordan e Jonathan conversaram com Sarah sobre o incêndio. Jordan e Sarah então conversaram em particular, onde ele se desculpou por tê-la beijado. Ele então prometeu guardar segredo sobre o ocorrido. Depois que ela saiu, Jordan foi até Jonathan para conversar sobre os poderes e ver se estava tudo bem entre eles. Seu irmão o tranquilizou, dizendo que estava tudo bem, e que como seu irmão havia herdado os poderes Kryptonianos de seu pai, a habilidade dele no campo de futebol era legítimo. Clark e Lois perguntaram o que eles achavam sobre permanecer em Smallville permanentemente, mas que iriam discutir mais sobre isso no jantar em família. Em seguida, a família Kent foi até o celeiro para consertar um trator.[5]

Se mudando para Smallville

Jordan e Jonathan vendo seu pai consertar o telhado da casa.

Jordan e sua família retornaram uma última vez para Metrópolis, onde empacotaram seus pertences para levá-los à Smallville. Ao retornarem, Jordan ajudou a colocarem as coisas no lugar. Quando seu pai precisou fazer reparos no telhado da casa, Jordan ajudou-o segurando a caixa de ferramentas. Ele, ao lado de seu irmão, ficou admirando, em surpresa, seu pai voando para realizar essa tarefa. No fim da tarde, Jordan se sentou na varanda de sua casa lendo uma revista em quadrinho.

À noite, durante um jantar em família, Jordan reclamou do fato de ter sido colocado apenas nas duas matérias que escolheu, além de colocá-lo erroneamente nas aulas de espanhol ao invés de francês. Quando Jonathan disse que não havia visto a dele, Jordan disse que ela deve ser ruim quanto a sua. Seus pais então revelaram que ele não iria para a escola, pelo menos por enquanto, até aprender a controlar seus poderes para não ferir ninguém. Jordan não gostou disso, dizendo que ele continuaria sendo a "aberração de sempre" até mesmo no lugar que haviam se mudado para começar uma nova vida.

Jordan na Fortaleza da Solidão.

No dia seguinte, quando Jonathan estava indo para a escola, ele comentou que aquela seria a primeira vez em que estaria indo sem ele. Jordan concordou, dizendo que era estranho. Clark apareceu e retirou o celular de sua mão, entregando-o um casaco. Jordan perguntou se eles voariam para algum lugar, e seu pai disse que "era preciso". Eles foram para o Ártico, onde Clark levou-o até a Fortaleza da Solidão para poder ajudá-lo a compreender seus poderes. Uma voz invisível começou a contar a história sobre a primeira cidade de Krypton, Kryptonópolis. Depois do fim da história, Clark apresentou a inteligência artificial de seu pai, seu avô, cujo nome é em homenagem a ele: Jor-El, que disse ao garoto que ele irá expandir a herança kryptoniana.

Jordan e Jonathan ouvindo Lois confrontar Morgan Edge.

Ao voltar, Jordan correu até Jonathan para contar sobre sua experiência. Ele perguntou a seu irmão como foi o dia na escola sem ele, algo que Jon disse ter sido legal e que deveriam ter feito isso anos atrás. Lois levou seus filhos para uma reunião na prefeitura. Ao chegarem, eles se encontraram com Sarah, que perguntou a ele do porque estar lá, já que Jonathan havia dito que ele estava doente. Jordan explicou que já estava se sentindo um pouco melhor. Ele também ouviu-a dizer algo para Jonathan sobre algo que havia acontecido na escola, despertando sua curiosidade. Jordan e seu irmão ouviram sua mãe confrontar Morgan Edge, que estava para comprar as minas de Smallville, apesar dela ter prometido para Clark que não iria fazer tal coisa, e colocaram suas mãos sobre seus rostos.

No dia seguinte, Jordan foi até Jonathan para contar que iria até a Fortaleza para fazer alguns testes. Ao perceber que seu irmão estava agindo de forma estranha, ele perguntou sobre o manual que estava em suas mãos, livro no qual ele não tinha recebido anteriormente, mas Jonathan lhe respondeu de forma fria. Na Fortaleza, Jordan continuou a explorar o lugar enquanto seu pai e a IA de seu avô discutiam sobre seus testes. Ele então ouviu os dois conversarem sobre suas capacidades limitadas, e que não poderá realizar algo semelhante a Clark devido ao seu DNA humano. Depois que a conversa acabou, Jordan se revelou, olhando de uma forma decepcionante para seu pai.

Ao voltar para casa, Jordan disse que não iria para o churrasco da família Cushing. Lois perguntou o que havia acontecido na Fortaleza, e ele disse que descobriram o que sempre sabiam, que ele não é especial. Quando Jonathan apareceu, ele descontou sua raiva em seu irmão, dizendo que, por beijar Sarah há algum tempo, o namorado dela e o time de futebol estavam atrás dele. Lois interrompeu a discussão, dizendo que todos iriam para a casa dos Cushing querendo ou não.

Ao chegarem, eles foram cumprimentados por Lana na porta. Eles se encontraram com Sarah, e Jordan ouviu seu irmão conversar com ela sobre o dia difícil que teve na escola. Jordan disse que o beijo foi culpa dele, e que Sean deveria estar bravo com ele e não Jonathan. Sarah ficou em silêncio, e mudou de assunto perguntando se ele iria para a escola logo. Jordan disse que sim se seus pais deixassem, explicando que não tinha controle sobre seus "problemas". Ela saiu para pegar comida. Sozinhos, Jon perguntou o que aconteceu na Fortaleza, e Jordan disse que descobriu que ele é ruim como kryptoniano tanto quanto humano. Para levantar seu ânimo, os dois saíram para comer algo. Mais tarde, eles perceberam seu pai sair escondido para lidar com um assunto envolvendo o Superman.

Jordan ouvindo Jonathan dizer iria ajudá-lo.

De volta a sua casa, à noite, Jordan agradeceu por Jonathan ter se mudado à Smallville por ele, algo que seu irmão disse que não precisava agradecer. Ele perguntou se ele era kryptoniano, mas Jordan explicou que não. Apesar dos fatos contra a seu favor, Jonathan disse que sabia que seu irmão tinha "algo especial", dizendo que se ninguém iria ajudá-lo a descobrir o que era isso, e como lidar, ele iria.

Na manhã do dia seguinte, seu pai entregou um comunicador especial para chamá-lo quando necessário. Jordan perguntou se poderia ir para a escola, apesar de Clark dizer que eles ainda precisavam vigiar seus poderes, ele disse que sim.[8]

Jordan desafiando Clark.

Jordan esteve presente quando Lois estava pintando a parede de sua nova casa, indecisa sobre qual cor escolher, e ele tentou apressá-la para escolher qualquer uma. Quando sua mãe e Jonathan começaram uma guerra de tinta, Jordan pegou dois pincéis e pintou o braço de seu pai, dizendo para Clark que ele não podia usar seus poderes naquele momento. Quando avançou para atacá-lo, os braços de Jordan foram colocados contra suas costas por seu pai. Incapaz de se defender, Jonathan começou a pintar a camiseta dele enquanto Lois fazia o mesmo com seu esposo. Clark o soltou e Jordan continuou a guerra com sua mãe e irmão. Os três pararam e perceberam Clark parado, e em seguida vendo que ele usou sua super velocidade para ir a algum lugar como Superman.

Depois que seu pai voltou, a família se sentou para o café da manhã. Jordan e Jonathan perguntaram sobre a super audição de seu pai. Ele perguntou a diferença sobre quais sons são o que, e seu pai explicou que conseguiu a dominar isso treinando na Fortaleza. Jordan disse que preferia ter super audição do que seus "olhos loucos", e em seguida listou as "regras" que vinham com seus poderes kryptonianos, algo que seu pai disse ser para seu próprio bem, mencionando que as regras eram para dar uma vida normal a eles. Jordan disse que se uma "vida normal" é ser excluído, então sua escola já fez isso.

Jordan controlando sua visão de calor.

Na Smallville High, Jordan notou que Sarah havia perdido a primeira aula. Ao vê-la no corredor, ele perguntou se estava tudo bem, algo que a garota quis se desviar da pergunta dizendo que é só um "drama familiar". Quando ele tentou chamá-la para sair depois da escola, Sarah o cortou, dizendo que iria se atrasar para sua próxima aula. Jonathan, que havia notado, se aproximou, desejando-o sorte na próxima vez. Enquanto andava pelo corredor, Jordan foi confrontado por Sean Smith, o namorado de Sarah, que o empurrou para o armário e começou a questioná-lo do motivo dele andar tanto com sua namorada. Jordan cerrou seus punhos e seus olhos começaram a brilhar, indicando que sua visão de calor poderia se manifestar a qualquer instante. Jonathan tentou mantê-lo calmo, mas a briga só acabou quando Clark apareceu nos corredores da escola. Quando Sean o soltou, Jordan disse para seu irmão que não precisava de sua ajuda. Quando Clark disse que queria ver como seus filhos estavam indo na escola, Jordan percebeu que seu pai estava espionando eles com seus super poderes.

Na fazenda Kent, Jordan e Jonathan, que estavam bravos por serem espionados por seu super-pai, confrontaram-o sobre isso. Enquanto iam para a escola no dia seguinte, os gêmeos foram parados por seu pai, que disse a eles que não iria usar seus poderes para espioná-los.

Jordan no campo de futebol.

Na escola, Jordan ouviu Sarah terminando com Sean. Sem perceber com as suas costas, ele foi derrubado por Timmy Ryan, que disse para tomar cuidado. Jordan mais tarde foi até o campo de futebol, pretendo fazer um teste para poder entrar à equipe. Ao chegar, ele foi parado por Jonathan, que o questionou sobre seus poderes, mas Jordan o acalmou dizendo que iria com calma. Quando seu irmão perguntou o motivo de estar lá, já que Jordan odiava esportes, ele explicou que estava cansado do bullying de Sean e de seus amigos, e que agora ele iria atacar de volta. O treinador Gaines decidiu dar-lhe uma chance. Durante o treinamento, Jordan usou sua super força para derrubar seus adversários mais facilmente. Ele derrubou Timmy, dizendo que ele deveria tomar cuidado. Depois que o treino acabou, o treinador da equipe o agradeceu. Jordan percebeu que Gaines havia mandado Jonathan correr pelo campo depois que ele não contou sobre o "prodígio" que ele era.

Jonathan e Jordan durante a discussão entre Lana e Sarah.

Quando saíram da escola, os gêmeos foram a uma lanchonete com Sarah. Quando questionado sobre suas habilidades de futebol americano, Jordan disse que Jonathan o treinava no quintal de sua casa. Ele citou o que houve entre ela e Sean anteriormente, algo que ela disse ter sido o certo a se fazer. Quando Lana apareceu, os garotos a cumprimentaram. Eles assistiram silenciosamente uma discussão entre a mãe e filha. As duas saíram e Clark chegou, perguntando a seus filhos o que havia acontecido. Jordan e Jonathan explicaram que as duas acabaram de discutir sobre um assunto familiar. Quando seu pai perguntou se algo interessante apareceu na escola, Jordan disse que o treino de futebol foi interessante. Afim de não querer contar o que fez, além de querer ajudar a motivar Jonathan, ele disse que o treinador da equipe estava começando a notar as habilidades de seu irmão, algo que Clark disse ser muito legal.

Ao voltarem para casa, Jordan ficou jogando vídeo-game em seu quarto. Em um instante, Jonathan apareceu e retirou o controle de sua mão, questionando-o sobre o motivo de ter mentido. Jordan explicou que não mentiu, mas estava seguindo o exemplo dele. Seu irmão tentou persuadi-lo a desistir da equipe de futebol, pois temia que seus poderes poderiam machucar alguém. Jordan disse que estava cansado de ser tratado como uma bomba-relógio, e que não está fazendo nada de errado. Jon desistiu e devolveu o controle para seu irmão.

Jordan discutindo com Clark.

Na manhã seguinte, na escola, Jordan estava no campo de futebol quando Sean o escolheu para ser seu adversário no treinamento. Quando o treinador seu o início, Jordan usou sua super-força para empurrar seu adversário para longe. Quando o treino acabou, Jordan foi até Sean, se desculpando por ter beijado Sarah e estendeu sua mão para ajudá-lo a se levantar. Sean se levantou, agradecendo. Jordan percebeu que seu pai estava presente, assistindo tudo a uma distância. Ao voltar para casa, Jordan e seu pai entraram em uma discussão, dizendo que seus poderes são uma droga e que não conseguiria ter as mesmas capacidades que seu pai. Quando a discussão se esquentou, Jordan acabou dizendo para Clark que gostaria que ele voltasse a ser ausente e que tudo que ele tenta fazer é um erro. Seu pai mandou ele subir para seu quarto, o que Jordan obedeceu.

Jordan convidando Sarah para o jogo de futebol.

No dia seguinte, Clark contou sobre como queria ser parte da equipe de beisebol da escola, mas percebeu que estava fazendo aquilo para impressionar uma garota. Ele perguntou para Jordan se ele realmente gostaria de entrar para a equipe, algo que ele não tinha certeza inicialmente, mas que estava gostando. Clark perguntou se poderia controlar seus poderes, e Jordan disse que sim. Então, Clark deixou que seu filho permanecesse na equipe. Na escola, Jordan disse para Sarah que Jonathan ajudou seu pai a deixá-lo permanecer ao time. Ele convidou Sarah para ir ao primeiro jogo, convite que ela aceitou. Jordan "ajudou" seu pai a carregar água, que havia conseguido o emprego de treinador assistente da equipe, dizendo que ele estava exagerando com a atuação.[9]

Enquanto Jordan se tornava o astro de futebol e um garoto popular em sua nova escola, sua saúde mental foi aprimorada consideravelmente, e ele até mesmo parou de ter ataques de ansiedade. Jordan participou no primeiro jogo com os Corvos de Smallville e derrotou todos os seus oponentes, e foi aplaudido por sua família e amigos. Depois do jogo a vitória foi comemorada no vestiário da escola. No dia seguinte. Sam Lane disse aos gêmeos para que não distraíssem seu pai de suas atividades como Superman. Ele e seu irmão foram a uma festa no na casa de lago de Corey Wellnitz, onde se encontraram com Sarah. Durante a festa, Jordan e Jon seguiram Tag Harris para a floresta depois que ele fugiu. Eles perceberam que o garoto estava vibrando incontrolavelmente e sentia muita dor. Jordan acreditou que ele era o motivo daquilo estar acontecendo.

Jordan tentando ajudar Tag.

Jon queria chamar Clark para ajudá-los, mas Jordan o relembrou do aviso de Sam. Se culpando pela situação de Tag, Jordan tentou ajudá-lo. Porém, Tag acabou arremessando Jordan para longe, nocauteando-o. Jon usou um dispositivo para chamar seu pai. O Superman voou com Tag até o céu, fazendo-o desmaiar. De volta em casa, Jonathan garantiu que Jordan não era o responsável pela situação de Tag, o que foi provado verdade quando Sam explicou que os cientistas do governo determinaram que os poderes de Tag vieram de ser exposto a uma fosforescência amarela próxima das minas. Quando Clark perguntou pelo motivo de não tê-lo chamado assim que souberam sobre Tag, os irmãos revelaram que Sam pediu para que eles não incomodasse Clark com seus problemas, o que deixou seus pais irritados.[10]

Com o Festival da Colheita de Smallville se aproximando, Jordan começou a trabalhar na fazenda com sua família. Mais tarde, ele e Jon foram para escola, onde Sarah perguntou se Jordan gostaria de ir com ela ao Festival, o que ele aceitou por insistência de Jon. Seu irmão então recebeu uma ligação de sua namorada, Eliza, que terminou com ele. Quando voltaram para casa, Jordan contou aos seus pais o que aconteceu. No Festival, seu encontro foi interrompido quando Jon, Timmy Ryan e outro garoto chegaram, bêbados, e zoaram de Jordan e seu primeiro encontro. Enojada com o comportamento deles devido ao alcoolismo de seu pai, Sarah foi embora. No dia seguinte, ela disse a Jordan que não estava pronta para namorar ninguém no momento, mas pediu que continuassem amigos, o que ele concordou. Enquanto Jordan caminhava para casa, ele foi emboscado por Tag Harris, exigindo saber o que havia acontecido com ele.[2]

Perdendo o controle de seus poderes

Jordan usou um ELT para chamar pelo Superman. Quando o Homem de Aço chegou, Tag fugiu. Antes de persegui-lo, Clark perguntou se Jordan estava bem, o que ele afirmou. Apesar de seu melhor esforço, Tag conseguiu escapar de Clark. Depois do ataque, Jordan voltou para casa e começou a sofrer de dor em seu ouvido e enxaqueca, que era devido ao desenvolvimento de sua super audição. Na escola, Jordan começou a ter estas mesmas dores novamente. Eles foram ao banheiro, onde Jon conseguiu acalmar Jordan. Ele queria alertar seus pais, mas Jordan pediu para que não o fizesse, já que eles não iriam deixá-lo participar em um jogo em Metrópolis.

Jordan usando sua visão de calor nas mãos de Clark.

Durante o jogo em Metrópolis, no qual os Corvos estavam competindo contra o antigo time de Jonathan (que tinha os garotos que costumavam fazer bullying com Jordan), Jordan foi incapacitado temporariamente por sua enxaqueca e não foi capaz de proteger o quarterback de seu time. Jon foi enviado para substituí-lo, e os irmãos foram capazes de fazer sua equipe ganhar o jogo. Nos últimos minutos, Jordan foi atacado por Jimmy Cutter e os membros da equipe adversária. Jordan acabou perdendo o controle de sua visão de calor, mas Clark usou sua mão para segurar o poder.

No quarto de hotel, Clark perguntou a Jordan o que estava acontecendo, fazendo com que Jonathan contasse a verdade sobre as dores de cabeça de Jordan. Ele acabou sendo repreendido por seu pai por não ter contado sobre isto mais cedo. Depois que Lana ligou e Clark saiu, outros membros da equipe dos Corvos apareceram para convidar os gêmeos a comemorar. Apesar de hesitar inicialmente, Jordan concordou em ir.

Jordan percebendo que quebrou a mão de Jonathan.

Enquanto comemoravam sua vitória nas ruas da cidade, os Corvos foram confrontados pela equipe de Metrópolis. Cutter começou a zombar de Jordan e chamou-o para uma luta, apesar de Jonathan tentar acalmá-lo. Quando Jordan estava prestes a socar o rosto de Cutter, Jon bloqueou o golpe com sua mão, fazendo com que os ossos se quebrassem. Jordan usou o ELT para dizer a seu pai que Jonathan havia se ferido. De volta à Fazenda Kent, eles contaram a seus pais o que tinha acontecido e Jordan se desculpou, mas Jonathan se recusou a aceitar e seus pais ficaram desapontados por ele usar seus poderes dessa forma.

No dia seguinte, Sarah disse a Jordan o que aconteceu quando Tag a sequestrou, na teoria de que ele deu a Tag os poderes. Jordan disse a ela que não tinha ideia do que Tag estava falando. Depois de tudo o que aconteceu, Jordan começou a chorar e disse a Lois que gostaria de não ter poderes. Então ele começou a ter outra enxaqueca e caiu no chão tendo uma convulsão. Então Clark chegou e o levou para a Fortaleza da Solidão.[7]

Jordan treinando sua super audição com Clark.

A inteligência artificial de Jor-El disse para Clark que Jordan iria sentir dor até que pudesse controlar sua super audição. Ao voltar para casa, Jordan começou a ouvir tudo ao seu redor, e então passou a usar um fone de ouvido para bloqueá-los. Clark tentou ensiná-lo a controlar esta habilidade e pediu para que Jordan se focasse no som da água pingando na pia, mas ele não foi capaz de fazer isso e colocou o protetor de volta em suas orelhas. Ele se desculpou e saiu, dizendo que poderiam tentar novamente no dia seguinte.

Mais tarde, Jordan tentou controlar sua super audição novamente. Ele e focou na voz de Sarah e a ouviu conversar com Jonathan. Acreditando que seu irmão estava flertando com Sarah, Jordan se irritou e socou a parede de seu quarto, criando um buraco nela. Quando Jon voltou para casa, Jordan o confrontou. Os dois discutiram e quando seu irmão começou a gritar com ele, Jordan passou a ter dor de cabeça e desmaiou quando Jon bateu na parede.

Mais tarde, Jordan ouviu Clark sendo atacado pelo Estranho e disse para Jonathan sobre isso. Eles pegaram a caminhonete de sua família e dirigiram até lá, enquanto Jordan focava sua audição em seu pai. Ao chegarem, eles foram capazes de impedir o indivíduo de atacar Clark atropelando-o. Quando Jordan foi tentar ajudar seu pai, ele foi incapacitado pelas luzes vermelhas ao redor dele. Quando voltaram para a Fazenda Kent, Jordan se desculpou com Jon por tudo que havia feito. Eles se desculparam e seus pais falaram que haviam decidido não manter mais nenhum segredo, estando dispostos a responder suas perguntas. Jordan perguntou a eles para que explicassem quem era o estranho.[11]

Doente de kryptonita

Jordan ouviu Lois falar sobre a situação que estavam lidando enquanto seu pai consertava a caminhonete amaçada. Quando seu pai lhe disse que o treinador Gaines havia pedido os uniformes da equipe de futebol de volta, Jordan disse que estava tranquilo com isso, e que aquela deveria ter sido sua última vez em uma escola normal. Quando seu pai partiu para o Departamento de Defesa, Jordan voltou para dentro da casa.

Quando foi para a escola devolver seu uniforme, Jordan encontrou Sarah encarando papéis de inscrições para um teste para o musical da escola. Ele a perguntou se ela era uma "garota do teatro", o que Sarah respondeu rapidamente que não. Jordan a incorajou a se inscrever apesar dela ter medo de palco. Ele revelou que tocava piano quando mais jovem, mas sua ansiedade o atrapalhou. Antes de partir, ele disse para se inscrever e para avisá-lo quando fizesse isso, e ele iria ir para ajudá-la.

Jordan e Jonathan nos testes do musical da escola.

Jordan foi até o ginásio de sua escola, onde as audições estavam acontecendo. Ao sentar-se na cadeira, Jon apareceu e pediu para conversar. Percebendo a seriedade de seu irmão, Jordan perguntou o que aconteceu, o que Jonathan disse que nem sabia por onde começar. Jordan o tranquilizou dizendo que estavam naquilo juntos. Quando chegou a vez de Sarah, ela começou a entrar em pânico por seu pai não estar lá, já que ele iria ajudá-la no teste. Jordan se voluntariou a tocar o piano, o que ela concordou.

Ao voltar para casa, Jordan continuou a tocar o piano enquanto ouvia Jon reclamar sobre John Henry Irons estar na fazenda. Ele acreditava que o homem não era tão perigoso se estava em sua casa, mas Jon não se convenceu. Depois disso, Jordan saiu da sala para que seu irmão e Lois pudessem conversar.[6]

Jordan e Jon conversando com Kyle.

Depois que ouviu seu pai chamar, Jordan e Jon desceram as escadas. Enquanto arrumava sua mochila, Jordan ouviu sua mãe dizer que ela e Clark chegariam tarde devido ao seu trabalho. Jordan disse que estava tudo bem, e explicou que ele e Jon iriam ver a apresentação de Sarah à noite. Seu pai disse que eles estavam passando muito tempo mesmo sendo "amigos", mas Jordan disse que estava apenas a apoiando. Depois disso, Jordan e seu irmão saíram para ir pegar o ônibus. Ao chegarem, os gêmeos foram parados por Kyle, que agradeceu a Jordan por ajudar Sarah na audição. Ele disse que não foi nenhum problema.

Jordan falando sobre sua doença de kryptonita com Lois e Clark.

Enquanto ensaiavam para a apresentação, Jordan e Sarah começaram a flertar um com o outro. Porém, quando ele espirrou, Jordan percebeu que acabou saindo gelo de seu nariz. Ele limpou sua mão na blusa e se levantou, dizendo que tinha alergia a algo e saiu correndo do palco, deixando Sarah para trás enquanto ela gritava por seu nome. Nos corredores, Jordan espirrou novamente e cobriu sua mão de gelo. Ele usou o ELT para chamar por Clark, e quando seu pai chegou ele disse que algo estava errado. Jordan foi levado para casa, onde descobriu que seu pai havia sido afetado por um gás de kryptonita e também estava doente. Jordan tentou dizer que não estava tão ruim, mas quando espirrou, ele sentiu dor em seu peito. Enquanto Jordan se enrolava no cobertor, ele ouviu sua mãe confrontar Sam.

Jordan tendo a kryptonita queimada de seu corpo.

A doença de Jordan começou a piorar, fazendo com que ele usasse roupas de frio para se manter quente. Quando Jon apareceu para falar sobre Sarah, Jordan tentou se levantar e sair, mas foi empurrado de volta para sua cama por Lois. Ele então começou a ter problemas para respirar, e Clark levou-o para a Fortaleza e ser analisado. A inteligência artificial analisou-o e determinou que a kryptonita em seus pulmões havia causado uma infecção respiratória e seus pulmões estavam se enchendo de líquido. A infecção também havia desencadeado sua respiração congelada e o fluido estava começando a se solidificar, o que o mataria. O único tratamento era queimar a kryptonita dentro dele. O procedimento foi extremamente doloroso, mas Jordan suportou-o com a ajuda do pai. Clark ouviu que Lois e Jon estavam com problemas, então ele voltou para a fazenda com Jordan para ajudá-los. Depois que seus vizinhos possuídos por kryptonianos os atacaram, o exército e Sam Lane decidiram ficar em Smallville para protegê-los.[12]

Procurando por seu pai

Jordan ouviu seu pai dizer que Morgan Edge, cujo nome verdadeiro é Tal-Rho, é seu meio-irmão. Depois da história, Jordan perguntou o que ele queria, e Clark explicou que ele queria os kryptonianos ressuscitados novamente; fazendo Jordan perceber que Tal-Rho queria tornar a Terra em um "novo Krypton".

Jordan começou a mandar mensagem para Sarah, preocupado com ela. Ele perguntou para Jon, que olhava pela janela, como as coisas ficavam loucas cada vez mais. Jordan perguntou se seu irmão estava bem, e ele começou a falar sobre seus medos. A pedido de Lois e Lana, Jordan e seu irmão foram conversar com Sarah sobre o que estava acontecendo, onde ela revelou suas frustrações com seu pai. Jon revelou toda a verdade para ela, apesar de Jordan não querer que fizesse isso. Depois que Jon revelou a verdade, Jordan disse que ela deveria ver Kyle pessoalmente.

Quando Jordan, Jon e Sarah tentaram ver Kyle pessoalmente, eles foram barrados por um soldado. Depois que seu irmão conversou com Sam, o general permitiu que eles entrassem. Porém, ao entrar, o kryptoniano possuindo o corpo de Kyle zombou de Sarah. Jordan então tirou Sarah da tenda. Ao voltarem para a lanchonete, Jordan perguntou o que eles iriam fazer. Jon disse que ele não iria fazer nada, e que Sarah estava chateada e era ele quem deveria consolá-la. Ele explicou que não iria se desculpar por contar a verdade. Jordan foi se sentar com Sarah e lhe entregou uma bebida. Ele se desculpou pelo que estava acontecendo, e disse que "as pessoas espertas" estão tentando consertá-lo. Ele segurou a mão dela, dizendo que tinha esperança de que tudo iria dar certo.

Jordan, Jon e Sarah vendo os kryptonianos voar.

Jordan se desculpou por não ter comparecido a sua apresentação, e Sarah se desculpou por ter sido uma "idiota" com ele. Sua conversa foi interrompida quando um dos garçons saiu de lá com pressa, usando sua super velocidade. Jon, Sarah e Jordan foram ao lado de fora, onde perceberam que diversos civis de Smallville estavam voando pelos céus. Jon e Jordan viram o Superman se aproximar. Percebendo que Sarah havia desaparecido, Jordan perguntou onde ela havia ido, mas Jon não soube responder. Depois disso, eles correram para um lugar seguro e viram algo explodir no céu.[13]

Jordan e Sarah se beijando.

Depois do incidente, todos voltaram para a fazenda Kent. Jordan se sentou na sala com Jonathan e Sarah, que começou a contar sobre como todos estavam mentindo para ela, fazendo com que Jordan e Jon se olhassem. Quando Jon saiu, a pedido de Sarah, Jordan começou a se desculpar por não ter contado tudo, mas foi interrompido por um beijo de Sarah. A garota disse que não queria ser apenas amiga dele, o que Jordan continuou e os dois continuaram a se beijar. Depois disso, ele e Jon acompanharam Sarah até a porta.

Jordan atacando Tal-Rho.

Depois que os Cushing partiram, Jon perguntou para Jordan se ele e Sarah estavam realmente namorando, o que ele disse que parecia que sim. Lois comentou que ela e Clark teriam que conversar com Jordan sobre isso. Quando ouviu algo no céu, Jon comentou que ele havia voltado. Porém, a pessoa quem chegou não era Clark, mas sim Tal-Rho. Jordan mandou Morgan ir embora e o atacou com sua visão de calor, mas foi facilmente derrotado e derrubado. Ele e Jon assistiram seu pai ir embora com Tal-Rho depois que se rendeu para que sua família pudesse sobreviver.[1]

Depois que seu pai foi embora com Tal-Rho, Jordan perguntou para Jon o que deveriam fazer, mas nem ele mesmo soube responder. Sua conversa foi ouvida por Lois, que os tranquilizou e falou para irem dormirem. No dia seguinte, Jordan esteve pensando quando Jon se aproximou e perguntou se havia comido algo, o que ele respondeu que não estava com fome. Seu irmão questionou-o se ele havia ouvido o que os soldados tinham dito, e Jordan explicou que não tinham encontrado seu pai. Ele ironizou a situação, dizendo que tinham a maior tecnologia e não conseguiam fazer nada. Jon sugeriu que eles usassem sua super audição para encontrar Clark, e apesar de Jordan hesitar inicialmente, ele concordou. Os dois então saíram para um lugar mais silencioso.

Jordan usou sua super audição, mas não conseguiu ouvir seu pai. Jon perguntou até onde ouviu, e ele disse que tinha ouvido até Austrália ou Nova Zelândia, mas não foi capaz de distinguir os sotaques. Jordan revelou sua insegurança, já que era o único com poderes e falhou em enfrentar Edge. Jonathan o acalmou, dizendo que ele iria conseguir encontrá-lo, só precisava se concentrar. Enquanto procurava, Jordan ouviu Tal-Rho e seu pai conversando. Depois disso, ele e Jon saíram para procurar alguém.

Lois, Jon e Jordan esperando por Clark e John Henry Irons.

Eles correram até a base do exército em Smallville, dizendo para sua mãe que precisavam conversar. Depois de dizerem onde haviam encontrado Clark, Jon explicou que Edge os ameaçou, dizendo que não seria Clark quem iriam encontrar caso enviassem alguém para procurá-lo. Depois disso, os gêmeos saíram para que Sam e Lois pudessem conversar. Eles foram até o Gazette, onde encontraram Lois. Jordan perguntou se era tarde demais, mas Lois respondeu que não sabia. Depois disso, Lois e seus filhos voltaram para a fazenda Kent enquanto aguardavam Clark e John Irons. Ela disse para Jon e Jordan que sabia que a pior sensação era esperar, mas tinham de ser pacientes. Quando Clark voltou, Jordan e Jon o abraçaram.[14]

Namoro com Sarah Cushing

Jordan em um encontro com Sarah.

Depois do café da manhã, Jordan e Jon foram para a escola. Ao chegarem, Jordan comentou que o dia seria horrível. Sarah chegou e disse que se sentia julgada por todos. Depois que ela saiu, Jordan foi atrás dela. Ele a seguiu até a floresta, onde ouviu Sarah contar sobre como ela e sua família estavam sendo julgados por todos, principalmente seus pais. Em um encontro com Sarah, Jordan revelou que se sentia seguro com Sarah, e disse que ela poderia sentir um mesmo com ele, Jon e os Kents e os Cushing. Os dois começaram a se beijar, mas foram interrompidos por policiais e presos. Jordan e Sarah foram soltos por Lana e Lois. Quando ele tentou se explicar, sua mãe lhe disse para não falar nada ainda. Depois disso, ele e Jon foram colocados em castigo por terem matado aula.[15]

Três semanas depois de Tal-Rho escapar da prisão, Jordan continuou a passar mais tempo com Sarah. Ele mais tarde foi para uma festa na casa de seus amigos jutno com Jonathan. Quando Tal-Rho, que se tornou o próprio Erradicador, e Leslie Larr começaram a atacar Metrópolis, Jordan recebeu uma ligação de Sam, mas os gêmeos ignoraram-o, acreditando que não era algo tão importante. Durante a festa, os dois, junto de todos os outros adolescentes presentes, assistiram uma transmissão do ataque de Metrópolis. Eles viram sua mãe quase ser morta por Leslie Larr, mas foi salva por John Henry Irons.

Jordan recebendo a consciência de Zeta-Rho.

Naquela mesma noite, Sam foi até a casa onde a festa estava acontecendo para levar Jordan e Jon de volta à fazenda, onde estariam seguros. Jordan perguntou se Sarah podia ir com eles, o que Sam acabou concordando depois de hesitar brevemente. Enquanto voltavam, eles foram atacados por Tal-Rho, que causou um acidente e fez Jon quebrar seu braço. Jordan foi levado pelo Erradicador, e, em um lugar desconhecido, foi possuído pela consciência de Zeta-Rho.[16]

Personalidade

Jordan sofre de transtorno de ansiedade social, como resultado, ele demonstrou ter ataques quando estressado. Ele é mais bem descrito como um solitário, que não se socializa muito com as pessoas de sua idade e não tem interesse em o que os outros pensam dele. Ele também tem um pequeno senso de autoconfiança que foi abalado ainda mais quando soube pela inteligência artificial de Jor-El que ele não seria tão especial quanto seu pai. No entanto, ele começou a melhorar quando ele entrou para o futebol e começou a fazer amizade com seus companheiros de equipe. Apesar de tentar permanecer fechado para os outros, ele mostrou uma conexão instantânea com sua paixão de infância, Sarah Cushing, e um forte vínculo com seu irmão gêmeo, Jonathan Kent, ao vê-lo ser atacado por crianças na fogueira foi o que fez Jordan ativar sua visão de calor pela primeira vez.

Jordan parece estar mais próximo de sua mãe, Lois Lane do que de seu pai, Clark Kent, já que ela esteve mais presente em sua vida enquanto Clark salvava o mundo como Superman. Ele foi capaz de confortá-lo durante um ataque de ansiedade e Jordan se sentiu particularmente traído por sua mãe saber sobre a identidade secreta de seu pai e não contar a ele, Jordan se distanciou de seu pai porque ele estava sempre viajando para "trabalhar" e isso causou ressentimento em relação a ele. No entanto, essa fenda possivelmente começou a ser curada depois que Clark foi capaz de confortar Jordan após o surgimento de seus poderes e prometer estar lá para ele.

Poderes e habilidades

Poderes

"Eu sou meio fortinho, e daí?"
"Você é muito forte.
"
—Jordan Kent e Clark Kent[fonte]
  • Fisiologia híbrida humano-kryptoniano: Devido a genética híbrida de humano-kryptoniano de Jordan, os mesmos poderes potenciais de um kryptoniano quando exposto a energia de um sol amarelo.
    • Absorção de energia solar: Apesar dos poderes de Jordan serem dependentes no espectro de energia de um sol amarelo, a energia armazenada permite que ele use seus poderes mesmo quando não exposto diretamente ao sol, como à noite.[5]
      • Força sobre-humana: Apesar da força de Jordan não ser semelhante ao de seu pai, Clark Kent, devido a sua absorção limitada de energia solar, a força de Jordan ainda é elevada do que muitos outros humanos. Ele é um jogador de futebol nato, e é capaz de empurrar seus adversários com extrema facilidade, geralmente lançando-os a alguns metros de distância.[9] Durante o treinamento com seu pai, Jordan foi capaz de deixar a marca de seu punho em um pedaço de madeira. Ele também, embora acidentalmente, quebrou os ossos do pulso de Jonathan Kent quando ele tentou dar um soco em Cutter, golpe o qual Jon parou com sua mão. Ele também socou a parede do quarto com raiva de seu irmão ao ouvi-lo conversar com Sarah Cushing.
      • Durabilidade sobre-humana: Com as células de Jordan carregadas com energia solar, seu corpo é consideravelmente mais invulnerável do que o de um ser humano normal. Ele sofreu apenas uma leve concussão por cair a 9 metros e ter várias vigas de metal grandes caindo diretamente sobre ele.[5] No entanto, sua consistência é desconhecida, pois ele é visto sendo derrubado, espancado e sangrando de socos e chutes de humanos normais, o que põe em questão a duração de sua capacidade de armazenar raios solares em suas células. É possível que sua durabilidade não se estenda a todas as partes de seu corpo ou ainda não esteja no mesmo nível de seu pai, Clark. Jordan foi vulnerável a Tag Harris, devido à força e velocidade ampliadas dele. Ele foi capaz de perfurar a parede de seu quarto sem receber um arranhão.
      • Sentidos sobre-humanos: Os sentidos de Jordan são altamente desenvolvidos. Sua audição é muito sensível, e os sons comuns são muito mais prejudiciais para ele, causando-lhe enxaquecas. Ele ouviu os ossos de Jonathan estalar quando ele acidentalmente quebrou o pulso. Até que ele possa controlar o que ouve, cada som que ouvisse seria acompanhado de dor e exigiria prática para se concentrar. Ele foi capaz de se concentrar brevemente apenas nas vozes de Sarah e seu irmão, mas perdeu o foco quando os ouviu se aproximando um do outro. Mais tarde, ele replicou isso para localizar seu pai que estava a vários quilômetros de distância, e mais tarde, quando tentou encontrá-lo novamente, conseguiu ouvir Austrália ou Nova Zelândia até ouvir seu pai gritando dos Badlans.

Jordan usando sua visão de calor pela primeira vez.

      • Visão de calor: Jordan pode emitir feixes de energia vermelha de intenso calor de seus olhos. Jordan usou este poder pela primeira vez quando estava sob estresse por ter sido intimidado, e seu irmão estava sendo espancado pelo namorado de Sarah por um erro.[5] Aparentemente, ele conseguiu dominar esta habilidade, já que foi capaz de usá-lo instantaneamente para atacar seu meio-avô.[1]
      • Respiração congelante: A primeira experiência de Jordan com kryptonita o deixou doente e ele resfriou rapidamente o ar ao espirrar, resultando na formação de gelo. Depois que a kryptonita foi queimada de seu sistema, ele ganhou algum controle sobre este poder.[12]
      • Fator de cura acelerado: Jordan pode se curar mais rápido do que a maioria dos humanos. Ele se recuperou rapidamente depois de ser atacado por Tag e por um time de futebol rival.

Habilidades

  • Músico habilidoso: Jordan costumava a tocar piano quando mais jovem, mas parou de fazê-lo depois que sua ansiedade começou a aparecer. Apesar disso, ele ainda manteve sua capacidade de tocar o piano, e ajudou Sarah em sua audição para um musical ao tocar "Little Light" no instrumento.

Fraquezas

  • Transtorno de ansiedade social: Jordan sofre de ansiedade severa, que se manifestou pela primeira vez como acessos de raiva e terror noturno quando era criança. Ele toma benzodiazepínicos como medicamento e está em terapia para sua ansiedade. No entanto, ficou implícito que essas explosões foram seus sentidos superiores aparecendo esporadicamente. Seu temperamento inconstante e ansiedade social limitam suas interações com os indivíduos.[5]
"Foram eventos aleatórios. Ele nunca terá poder suficiente para conduzir habilidades sob comando. O DNA humano dele é limitador demais."
—Inteligência artificial de Jor-El[fonte]
  • Instabilidade de poder/DNA misto: Devido a ser metade humano, Jordan não possuí acesso constante a seus poderes. Segundo a inteligência artificial de Jor-El, Jordan pode ter acessos instantâneos de poderes, como sua visão de calor, mas não poderá manifestar qualquer coisa além de uma condição física aprimorada logo acima da de humanos normais; já que suas células não podem armazenar energia solar adequadamente. No entanto, é possível que sua idade esteja associada a isso, pois ele ainda não está totalmente amadurecido.[8]
    • Sensividade ao som: Devido a sua audição aprimorada, barulhos altos, como um sino tocando ou fechar a porta de um armário, podem deixar Jordan desorientado e lhe causar dor de cabeça.[7]
    • Energia de um sol vermelho: Jordan perde seus poderes quando é exposto a energia de um sol vermelho.
  • Kryptonita: Devido a sua fisiologia híbrida-kryptoniano, até mesmo com seus poderes, Jordan se torna vulnerável quando exposto a Kryptonita, um mineral radioativo do planeta Krypton. Dependendo da natureza de tal Kryptonita, Jordan sofrerá efeitos diferentes.
    • Kryptonita Verde: A kryptonita verde não só fere Jordan fisicamente, mas também enfraquece seus atributos físicos, tornando-o equivalente a um ser humano normal. Se ele for exposto a Kryptonita Verde por muito tempo, ele acabará morrendo.

Equipamento

  • ELT: Depois que começou a desenvolver poderes kryptonianos, Clark entregou um comunicador para Jordan, para que pudesse contatá-lo em caso de emergência.[8]
  • Fones de ouvido: Enquanto Jordan aprende a controlar sua audição sobre-humana, ele têm que usar fones de ouvidos para bloquear os sons de todos os lugares.[11]

Aparições

Lendas do Amanhã

5ª Temporada

Superman & Lois


Galeria

Imagens promocionais

Superman & Lois

1ª Temporada

Curiosidades

  • O nome de Jordan é uma homenagem a Jor-El, o pai biológico de Clark e seu avô paterno.[8]

Referências

Advertisement