FANDOM


Para sua persona Destruidora de mundos, veja Pureza.

Julia Freeman era uma destruidora de mundos kryptoniana. Ela foi vista nas visões de Kara como uma das Destruidoras de mundos conhecida como Pureza e sua persona assassina mundial agora emergiu, desencadeada por uma combinação do despertar de Régia e um acidente de carro onde ela foi esmagada entre dois deles e também foi capturada por Régia para despertar totalmente Pureza.

Biografia

Após sobreviver um acidente de carro, ela descobre que apenas sobreviveu por descobrir suas novas habilidades sobre-humanas.

Depois foi a sua casa para escutar músicas, sem saber que Supergirl e sua equipe estavam cercando o local, ela ficou assustada quando os viu, e pediu para não ser machucada, mas quando ameaçada por Alex Danvers, que não confia nos instintos civis dos Destruidoras de Mundos, irritou o lado "Pureza" de Julia. Ela derrota os agentes do D.E.O. mas J'onn consegue captura-la.

Após isso, ela é enviada ao D.E.O. e interrogada por Supergirl e Alex, separadamente, na esperança de conseguir informações sobre Régia e a terceira Destruidora de Mundos ainda não identificada. Por fazerem perguntas nas quais ela não possuí uma resposta certa, ela ficava provocando as irmãs Danvers, retrucando suas perguntas e usando suas inseguranças e vulnerabilidades contra elas, até mesmo sua versão civil que é a Julia, dizendo que ela era apenas uma "máscara que precisava usar" até o chamado de Pureza. Ela principalmente provocava Alex, que em troca respondia com ódio e agressividade contra a Destruidora capturada, não demorou muito para Pureza descobrir o motivo da agente estar a atacando; lá no fundo, Alex ainda estava machucada e para fugir disso, ela descontava suas frustrações em cima da prisioneira.

Purity Escapes D.E.O.

Pureza escapa do D.E.O. com seu cristal.

Isso machucou Alex, que a obrigou a sair da sala onde Pureza se encontrava para poder secar suas lágrimas. Vendo como sua irmã estava arrasada, Kara confronta Pureza e concorda com a perspectiva de Alex - alguma coisa dedicada apenas para destruição. Como Supergirl, Kara jura que isso não irá acontecer. Ela e Pureza (que estava contente por ter entrado na cabeça de seu inimigo) começam a insultar uma a outra em Kryptoniano. Nesse ponto, o próprio cristal de Pureza para a Fortaleza do Santuário do Juru subitamente ativou-se no laboratório de Winn, cortando toda a rede elétrica do estabelecimento do D.E.O. e permitindo que Purity usasse novamente seus poderes sonoros. Usando-os para se libertar de sua prisão e da Supergirl incapacitada, a Destruidora de Mundos procedeu ao dito laboratório para recolher seu cristal. Ela então voou após a recuperação.

Mas, ela foi seguida até a estação de trem por Supergirl e seus aliados que, embora estejam usando os bloqueadores sônicos que Winn inventou para eles, foram derrotados um por um até que Alex estendeu a mão para a parte dela que ainda é Julia, desculpando-se por sua teimosia e por impedi-la de reconhecer isso. Régia chegou depois da descoberta de Julia e ameaçou a vida de Alex. Julia ofereceu sua vida por Alex ser poupada. Régia admite a oferta de Julia, uma vez que a recuperação deste último era a prioridade do primeiro (no momento) de qualquer maneira; ela se dirige a seu parente agora inativo como "irmã", dizendo a Julia que eles encontrarão juntos o terceiro de seu triunvirato, Pestilence, e se tornarão imparáveis ​​assim que o fizerem. E agarrando ela, Régia então levou Julia embora.

Depois que Pestilência se tornou ativa, Pureza veio para ela, feliz por elas estarem juntas antes de partirem para a L-Corp pegar Régia.

Poderes e habilidades

Poderes

  • Fisiologia kryptoniana alterada: Embora normalmente suas capacidades não sejam maiores do que um ser humano normal de seu condicionamento físico, uma vez fortalecida, ela se torna capaz de realizar uma variedade de talentos sobrenaturais. Ainda mais, a fisiologia kryptoniana de Julia foi geneticamente ampliada a partir de séculos de experimentação por cientistas kryptonianos. Devido a isso, seus poderes são naturalmente maiores do que qualquer Kryptoniano normal movido a energia solar. Não se sabe se ela é mais poderosa que o Superman, mas é provável que ela seja tão poderosa quanto ele, como ela esteve na Terra por pelo menos 35 anos; o mesmo número de anos que o Superman passou sob o sol amarelo da Terra, mas aumentou poderes muito mais potentes, fazendo de Julia um dos seres mais poderosos do multiverso.
    • Grito sonoro: Como Siobhan Smythe, Julia pode vocalmente emitir um grito sonoro de alta freqüência focado que é poderoso o suficiente para derrubar um Kryptoniano completamente crescido em uma parede. Ela também foi capaz de bater em Supergirl inconsciente com seu grito; Após análise feita por Winn, ele confirma que Julia emite uma freqüência sonora específica, destinada a ser particularmente prejudicial para os Kryptonianos (presumivelmente normais). Dito isto, também é provavelmente tão eficaz contra os daxamitas, vendo como o próprio Mon-El reagiu depois de ter se tornado receptor da explosão vocal aumentada dos destruidoras de mundos na casa de Julia. Seu grito também pode ser usado como um projétil de força, já que ela conseguiu derrubar toda uma estação de trem apenas gritando.
      • Indução sonora/projeção sonora: Com um leve aperto de mãos, Julia consegue induzir vertigens, vibrações e um som sonoro em sua vizinhança imediata, estendendo-se para fora em sentido omnidirecional, em uma forma de esfera em expansão, de onde ela estava. Ela foi capaz de agitar e vibrar todo o D.E.O.. facilidade, e fazer com que alguém próximo a ela sinta os efeitos de uma enxaqueca e tenha um zumbido nos ouvidos. Os efeitos da habilidade até mesmo permitem que ela atordoe, exploda e empurre vários objetos de uma só vez, e até atordoar humanos normais, como mostrado quando ela quase nocauteou Winn enquanto usava essa habilidade.
    • Empatia: Julia diz que é capaz de "ver" as pessoas, e é capaz de ler as personalidades das pessoas e olhar profundamente em suas psiques - embora não se saiba se isso é meramente uma percepção perceptiva de sua parte quando ela mentalmente traça um indivíduo que ela conhece. Ao contrário de um telepata, ela não pode ver em suas mentes, ou ler pensamentos, mas é capaz de sentir emoções, experiências e personalidades de pessoas em questão de minutos, assim como fez com Alex Danvers, observando que a humana estava antagonizando-a em cativeiro por causa da bagagem emocional que Alex estava carregando (de seu rompimento com Maggie) e que depreciar alguém tão poderoso quanto uma destruidora de mundos, apesar de ser humana, era a maneira do agente de anular sua própria vulnerabilidade.
    • Super força: Julia demonstrou um alto nível de super força, como ela foi capaz de quebraras pernas da Supergirl, batendo-as no chão, depois de competir com e, eventualmente, superando Supergirl em uma briga cara-a-cara, e conseguiu quase sufocá-la até a morte, bem como perfurar Mon-El em uma posição, que quebrou no impacto. Não se sabe se sua super força é tão poderosa quanto a de Régia, mas de suas demonstrações de super força, ela é provavelmente mais forte que Supergirl.
    • Voo: Julia tem a capacidade de se autopropulsar pelo ar em tremendas velocidades hipersônicas. Embora ela só tenha sido vista usando essa habilidade uma vez, está implícito que ela pode voar em velocidade tão rápida quanto a Supergirl, e tem mostrado ser capaz de pairar e levitar como outra aplicação de sua habilidade de voar.
    • Invulnerabilidade: Julia conseguiu dar vários socos em Mon-El e Supergirl, sem se incomodar. Ela foi capaz de voar através de uma parede de vidro rígido sem mostrar sinais de danos também. Ela também sobreviveu a ser esmagada por dois carros.
    • Ligação de Destruidoras de mundos: As destruidoras de mundos parecem ter uma ligação uma com a outra usando Régia como um ponto de nexo. Isso é evidente, pois nenhuma destruidora de mundos acordou até que Régia o fizesse. Julia não tem filhos, então isso não inibiu o desenvolvimento de seus poderes como Régia e só despertou depois que Régia o fez.

Habilidades

  • Combatente especialista: Julia, como Pureza, é mostrada para ser uma lutadora capaz. Ela foi capaz de continuar com Supergirl, efetivamente esquivando-se de correntes de visão de calor a curta distância, e Mon-El em combate corpo-a-corpo - culminando até mesmo em derrotá-los; A pureza até mesmo consegue colocar o primeiro através de um movimento de quebra-cabeça que danificou as pernas do outro Kryptoniano e comprometeu sua locomoção, tornando Kara virtualmente impotente e colocando-a fora da luta no momento da chegada de Reign .
  • Cantando: Julia é adepta de cantar.
  • Multilingue: Julia é capaz de falar fluentemente inglês e depois de despertar, Kryptoniano também.

Fraquezas

  • Dupla personalidade: os plenos poderes de Julia não estão verdadeiramente disponíveis a seu próprio critério. Além de sua invulnerabilidade, somente em momentos de estresse extremo ela pode acessar alguns de seus outros poderes, e não a plena capacidade. Uma vez que sua programação foi despertada, como Pureza, ela tem acesso total aos seus poderes, mas fica completamente inconsciente disso. Sua persona separada como a destruidora de mundos é completamente desprovida de todas as suas lembranças do passado, como Julia e depois de voltar para o seu eu normal, permanece completamente alheio a todas as ações como Pureza. Embora de acordo com a Pureza, Julia é totalmente consciente, mesmo quando o primeiro está no controle; o último simplesmente não se lembra quando a consciência de Julia ressurge.
  • Cordas vocais: se alguém conseguir apertar a garganta com força suficiente, suas cordas vocais ficarão inoperantes e ela não poderá gritar.
  • Amortecedor sônico: Esta tecnologia poderia amortecer o grito sonoro de Julia, mas devido a sua fisiologia aumentada, provavelmente não irá amortecer totalmente este poder.

Aparições

Supergirl

3ª Temporada

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.