FANDOM


Para outras versões da personagem, veja Kara (desambiguação).
Kara
Civil - Overgirl

Kara (Terra-X)

Informação
Ocupações General SS do Novo Reich (anteriormente)
Lider dos Novo Reichsmen (anteriormente)
Estado atual Falecida
Família Oliver (esposo; falecido)
Sem nome (irmã adotiva; falecida)
Universo de origem Terra-X
Intérprete Melissa Benoist
Alter ego Overgirl
Fonte
"O mundo não é melhorado ao proteger os fracos, é melhor feito para se livrar deles"
—Kara[src]


Kara (morta em 28 de Novembro de 2017), apelidada de Overgirl, foi uma General Kryptoniana Nazi SS vinda da Terra-X e a líder dos Novo Reichsmen. Ela também era esposa do Führer Oliver e uma co-líder do Novo Reich. Juntamente com o seu esposo, eles governaram a Terra-X.

Biografia

Vida anteriormente

Pousando na Terra de seu planeta em uma capsula, Kara foi adotada por uma família que, provavelmente, idolatrava os conceitos de perfeição do Nazismo. Isto, e ao fato de sua origem alienígena, ajudou Kara em subir nos ranks de Schutzstaffel da Nova Pátria. Eventualmente, Kara se tornou uma co-general ao lado de Führer Oliver, cuja pessoa no qual ela se apaixonou e se casou. Paralelamente em algum momento, a irmã adotiva de Kara tentou matá-la, mas não conseguiu.

Em algum momento, Kara tornou-se enfraquecida pela radiação solar excessiva em seu sangue após voar tantas vezes próxima ao Sol, necessitando um transplante de coração. Depois de diversas pesquisas, ela colocou sua atenção em sua doppelgänger da Terra-38, Supergirl.[1]

Guerra contra a Terra Um

Kara e seu esposo, em aliança com Eobard Thawne da Terra-1, lançaram um ataque no casamento de Barry Allen e Iris West, evento no qual sua sósia esteve presente. Kara usou sua visão de calor para incinerar o padre. Após batalhar sua sósia, Kara foi derrotada. Seu esposo mandou todos recuarem. Eles retornaram à Terra-X, onde Kara se recuperava de seu encontro com sua sósia da Terra-38. Lá, eles foram confrontados por Thawne, dizendo que seu ataque havia lhes custado Tommy Merlyn/Prometheus. Enquanto Thawne e seu esposo argumentavam, Kara disse para ambos economizarem sua raiva para os heróis, assegurando-os de que eles iriam ganhar.[2]

Eles retornaram para a Terra Um quando Oliver soube da morte de Tommy. Kara o confortou, e logo em seguida, ele ficou furioso após Thawne insultar sua morte, resultando em uma discussão entre os dois. Kara alertou Thawne que ela quebraria todos os ossos de seu corpo caso o velocista não soltasse Oliver. Eles se acalmaram e Thawne os deixou sozinhos. Kara se desculpou pelo que houve com Tommy, e Oliver prometeu que a morte de seu amigo iria ser valorizada. Em seguida os dois se beijaram.

O trio foi até um laboratório e roubaram um aparelho chamado de O Prisma, onde foram confrontados pela Supergirl, Arqueiro Verde e o Flash. Os três removeram suas máscaras para revelarem suas identidades aos heróis, chocando-os. Supergirl os chamou de perverso, mas Kara disse para sua contraparte que ela era mesma a perversão, já que sua capsula caiu em um lugar onde a tornaram mais forte e ela podia ser quem era de verdade. Enquanto os dois velocistas começaram a correr, o Arqueiro Verde apontou uma flecha para Kara, no qual ela riu. No entanto, a flecha penetrou em sua pele, já que se tratava de uma flecha de Kryptonita. Supergirl usou seu super-sopro para arremessar sua contraparte, no qual Oliver correu para ver se ela estava bem. Irritada, Kara seguiu as instruções de Oliver e usou sua visão de calor para desestabilizar uma construção próxima. Enquanto os heróis salvavam as vidas dos inocentes, os vilões escaparam com o Prisma.

Eobard então começou a trabalhar no aparelho e Kara perguntou se o aparelho ficaria pronto e ele a assegurou que sim. Mas, ele disse que precisaria de uma fonte de poder maior, e ela respondeu que o marido dela estava trabalhando nisso. Thawne então disse que estava preocupado ao fato de seu marido estar completamente cego em sua afeição por ela e e que ele poderia mudar o plano de dominar a Terra Um em conta de salvar sua vida. Kara disse que isso não aconteceria com Oliver, e caso acontecesse, ele iria escolher a Reich ao invés dela. Thawne perguntou como ela tinha tanta certeza, Kara disse que se fosse necessário, ela mesmo iria tirar essa decisão das mãos de seu marido.

Sua base foi atacada pela Supergirl, Arqueiro Verde, Flash, Nuclear, Canário Branco e Alex Danvers. Kara e Thawne ficaram lá junto com seus soldados para ocupá-los, enquanto Oliver foi aos Laboratórios S.T.A.R.. As coisas estavam indo bem até Metallo chegar e ajudar a nocautear todos os heróis que estavam presentes. Kara chegou e viu os heróis amarrados e Thawne ameaçando eles, o que ela pediu para que ele pare. Oliver chega e Kara entra em colapso alegando que a dor estava ficando pior. Ele disse para aguentar mais um pouco já que agora eles tem a Supergirl. Quando Alex pergunta porque eles queriam sua irmã, Kara disse que precisava da vida dela (Supergirl) para poder salvar a sua. Eles revelam que Overgirl estava morrendo e que precisavam de um novo coração, o de Supergirl. O Prisma foi roubado foi roubado para criar energia artificial do Sol Vermelho para enfraquecer Kara para que pudessem opera-la.

Supergirl - Aryan Perfection

Overgirl conversa com Supergirl.

Kara então leva Supergirl para os Laboratórios S.T.A.R. e riu de como sua contraparte fica fraca perto dos raios solares vermelhos. Supergirl reprendeu Kara sobre quantas pessoas ela precisou matar para chegar até ela, no qual Kara riu e disse que elas deveriam se sentir honradas por morreram para salvar sua vida. Ela começa a insultar Supergirl sobre perder seu tempo em proteger os fracos e que isso a fez se tornar fraca ao invés de se tornar uma verdadeira deusa. Assim como ela percebeu que Supergirl estava sozinha no casamento e que ela não iria se importar caso pegasse seu coração, já que ela não estava o usando, Supergirl disse para ela que ao contrário dela, que pelo menos ela tinha um.

Quando Supergirl estava totalmente vulnerável, Kara foi posta em anestesia para que ela não possa ver a operação que Thawne iria fazer. Seu marido lhe deu um último beijo e disse que quando ela acordasse, iria ser mais forte ainda. Mas, quando ela acorda, ela sabe que Iris West, Felicity Smoak e Ray Palmer haviam interferindo soltando sua contraparte e fugindo com ela. Ainda fraca, ela foi pega pelo Arqueiro Verde e a usou como uma refém para que seu marido não matasse Felicity. Ela gritou com seu marido para que a matasse mesmo com uma flecha sobre sua garganta, para fazer isso pela Novo Reichsmen, mas os ambos os dois foram pegos por Thawne.

Morte

Oliver leva Kara à Wellenreiter, onde a I.A. da nave deduziu que ela possuía algumas horas de vida. Enfurecida pela negação dos heróis em entregar Supergirl, o Novo Reich iniciou um ataque em Central City e Kara permaneceu na nave assistindo. Porém, os heróis não estavam prontos para desistirem tão facilmente e revidaram os Nazistas. Supergirl voa para a parte frontal da nave, provocando-a. Zangada, Overgirl voa pela janela para enfrentá-la. As sósias se enfrentaram nos céus até o momento em que a energia solar absorvida por Overigirl tornou-se demais para seu corpo, iniciando o processo de sua morte. Supergirl a leva ao espaço, onde seu corpo explode. Em seguida, seu marido também enfrentou a morte nas mãos do Arqueiro Verde, que atravessou uma flecha em seu coração.[3]

Legado

A queda do Novo Reich

Após as mortes de Kara, Oliver, Tommy e Metallo e a deserção de Eobard Thawne, o Novo Reich teve seu fim graças aos Defensores da Liberdade, encerrando a terrível tirania de Kara e Oliver na Terra-X.

Vingança de Sereia-X

Após a queda do Novo Reich, Laurel jurou encontrar e matar os responsáveis pelas mortes de seus aliados, incluindo Kara. Quando Laurel perseguiu Leo Snart da Terra-X até a Terra Um, ela lutou contra a Equipe Flash e tentou destruir o Departamento de Polícia de Central City em uma forma de vingança pela destruição do Novo Reich. Eventualmente, Laurel foi detida pelo Flash e presa na Terra-X, encerrando o regime do Novo Reich.

Personalidade

Ao invés de sua contraparte da Terra Trinta e Oito, que possui compaixão, bondade, misericordiosa e humildade, a Kara da Terra-X é dedicada ao Nazismo: cruel, sádica, homicida e arrogante. Ela claramente também gosta de machucar os outros (ela estava alegre enquanto assistia a versão Nazista da Waverider atacar Central City). Ela também gosta de ameaçar seus oponentes, como disse ao Arqueiro Verde que ela "odiaria" machucar o "rostinho perfeito" dele, já que ele se parece com o marido de Overgirl, e também zombando Supergirl já que ela salva vidas, ela disse que "obviamente" desistiria de sua vida para poder salvar a de Overgirl, e a ameaçando de novo quando Supergirl estava sendo preparada para o transplante de coração.

Poderes e habilidades

Poderes

  • Fisiologia Kryptoniana: Como todos os Kryptonianos, a capacidade de Kara são muito mais além de uma fisiologia ou de uma força humana. Mas, quando sobrecarregada de energia solar vindo do Sol Amarelo ou Azul em seu corpo, ela pode apresentar "falhas".

Habilidades

Fraquezas

Equipamento

  • Traje de Overgirl: Kara usa um traje protetor quando se torna sua alter-ego, Overgirl.
  • Máscara removível: Kara usa uma máscara de proteção eletrônica e intimidadora para disfarçar sua identidade, deixando apenas seu capelo exposto. Ela também usa um modificador de voz.

Aparições

Supergirl

3ª Temporada

Arqueiro

6ª Temporada

Flash

4ª Temporada

DC's Legends of Tomorrow

3ª Temporada

Freedom Fighters: The Ray

De trás das câmeras

  • Na continuidade da DC Comics, Overgirl é uma garota de uma Terra paralela onde os Nazistas venceram a 2ª Guerra Mundial. Foi dado a ela material genético de Overman, que veio a considera-la como prima, e adquiriu super poderes. Ela foi criada por Grant Morrison, tendo a primeira aparição em Final Crisis #3 (Setembro de 2008)

Referências

  1. "Crise na Terra-X, Parte 2"
  2. "Crise na Terra-X, Parte 1"
  3. "Crise na Terra-X, Parte 4"
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.