FANDOM


Para outras versões da personagem, veja Kara (desambiguação).
Kara Danvers
Civil - Supergirl

Kara Danvers

Informação
Ocupações Repórter de CatCo Worldwide Media
Vigilante (em segredo)
Líder de sua equipe (em segredo)
Assistente pessoal de Cat Grant (anteriormente)
Garçonete no Noonan's (anteriormente)
Estagiária no Midvale Newspaper (anteriormente)
Babá a tempo parcial dos Quinton's (anteriormente)
Estado atual Viva
Família Zor-El (pai, falecido)
Alura Zor-El (mãe, falecida)
Jor-El (tio paterno, falecido)
Lara Van-El (tia paterna, falecida)
Astra (tia materna, falecida)
Non (tio materno)
Kal-El (primo paterno)
Jeremiah Danvers (pai adotivo)
Eliza Danvers (mãe adotiva)
Alex Danvers (irmã adotiva)
Universo de origem Terra Trinta e Oito
Intérprete Melissa Benoist
Malina Weissman (2003)
Izabela Vidovic (2007)
Alter ego Supergirl
Fonte
"Eu sempre irei tomar minhas decisões. Eu não sou humana. Tentei ser, mas não sou. Kara Danvers foi um erro."
—Kara Danvers para Alex Danvers

Kara Danvers (nascida em 1966[1] como Kara Zor-El) é a filha do cientista Zor-El e da judiciadora Alura. Kara foi enviada à Terra de seu planeta, Krypton, para proteger seu jovem primo, Kal-El. No entanto, por conta da explosão de Krypton, a cápsula de Kara foi desviada de seu curso e enviada para a Zona Fantasma, onde permaneceu adormecida e sem envelhecer por vinte e quatro anos. Sua cápsula escapou e ela chegou na Terra, onde foi encontrada por um Kal-El adulto, conhecido pelos humanos como "Clark Kent", e posta sobre a proteção da família Danvers. Ela é a irmã adotiva de Alex Danvers e a melhor amiga de Lena Luthor. Ela foi a assistente pessoal de Cat Grant na CatCo Worldwide Media até ser promovida para repórter. Para o restante do mundo, ela é conhecida como a super-heroína Supergirl, estilizada como a "Garota de Aço", a "Donzela do Poder" e a "Última Filha de Krypton".

Biografia

Vida Anteriormente

Kara foi nascida em 1966[1] no planeta Krypton na prestigiosa Casa de El. Seus pai, Zor-El, era um cientista, enquanto sua mãe, Alura Zor-El, era uma juíza. Em sua casa ela tinha um quarto que dava vista para a cidade.[2] Quando criança, Kara saia em férias com seus pais e indo a diversos planetas[3] como Starhaven[4] e Sedenach.[5]

Em uma noite, Kara ficou acordada até tarde esperando ver sua mãe. Questionando-a porque ter chegado tão tarde, Alura responde que um Hellgrammite foi solto na cidadela. Quando Kara disse que queria ajudar as pessoas como Alura fez, sua mãe responde que ela irá, já que ela possuí um coração de herói. Após sua mãe ter dito para ela descansar, ela pesquisou mais sobre os Hellgrammites.[6]

Kara ganhou de presente de sua tia, Astra, um spy beacon, que poderia ser usa-lo para chama-la. Quando Astra desapareceu, Kara a chamou e Astra chegou, dizendo que Krypton estava morrendo. Sem conhecimento de Kara, isso era um plano de Alura para prender Astra por seus crimes.[7]

Zona Fantasma

Quando Kara tinha treze anos de idade[1], seu planeta, Krypton estava morrendo. A Casa de El tinha um plano de mandar seus mais jovens membros para sobreviver na Terra. Kara foi escolhida para criar e proteger seu primo bebê, Kal-El. Antes de partir, sua mãe lhe disse que por conta do sol amarelo da Terra ela iria ter poderes extraordinários e fazer coisas maravilhosas. Mas, quando Krypton explodiu, sua capsula foi desviada do curso e caiu na Zona Fantasma, um lugar onde o tempo não passa.[1] Ela esteve acordada durante a maior parte do tempo, já que se lembra de ficar presa e sozinha dentro de sua capsula.[8] Ela dormiu lá por 24 anos até que ela acordou e percebeu que o painel de sua capsula possuía uma logo com três pontos em forma de triângulo, antes de Forte Rozz ser ativado.[9]

Vida na Terra

A capsula de Kara aterriza na Terra em 2003.[1] Por conta do tempo não passar na Zona Fantasma, ela ainda possuía a aparência de uma garota de treze anos de idade. Ela foi encontrada por seu primo, Kal-El, que cresceu anos depois e se tornou o herói conhecido como Superman. Kal-El, querendo que ela tenha uma infância humana segura como ele teve, ele a levou para viver com Jeremiah e Eliza Danvers, um par de cientistas que uma vez o ajudou a compreender seus poderes.[1] Quando ela pousou na Terra, ela começou a ter ataques de pânicos frequentes. A sua claustrofobia foi causada por ter ficado presa em sua capsula por tantos anos.[8]

Kara e Alex na escola

Kara e Alex na escola.

Kara começou a frequentar a escola Midvale Junior High School, junto com sua irmã adotiva Alex. Ela ficou admirada por tanta beleza que seu novo planeta trazia, tanto por sua população, comida e animais. Um dia, Kara, Alex e sua turma fizeram uma excursão á praia, onde Kara ficou admirando os pássaros, já que em seu planeta natal, eles não haviam esse tipo. Um acidente de carro aconteceu, e Kara, usando sua Super Velocidade, foi até o local do acidente e retirou uma mulher e seu bebê que estavam presos, após isso, o carro explodiu, acertando Alex na cara. Na casa dos Danvers, Kara e Jeremiah tiveram uma conversa e decidiram esconder os poderes de Kara até segunda ordem, depois disso, ela ganhou um par de óculos.[10] Uma noite, no telhado da casa dos Danvers, Kara convenceu Alex de sair e voar com ela, após negar nas primeiras vezes. Kara e Alex foram pegas entrando na casa por Jeremiah e Eliza, que as proibiram de fazer isso. Depois, alguém bate na porta da casa, e Eliza manda as irmãs irem para o quarto, e alertando Kara para não usar sua super audição para ouvir a conversa. Um ano depois, seu pai adotivo 'morreu' tentando proteger um marciano, do diretor do D.E.O. Hank Henshaw[11][10], mas sua mãe adotiva disse para elas que seu pai morreu em um acidente de avião.[3]

Kal-El convidou Kara várias vezes para ir á Fortaleza da Solidão, mas ela recusou todas as ofertas, falando que se lembraria de Krypton.[9] Após tantos anos, Kara e Alex construíram uma relação tão forte, que nenhuma das duas conseguiria viver sem a outra.[2]

Winn meeting Kara for the first time

Kara conhece Winn em seu primeiro dia na CATCO.

Após decidir que a Terra não precisava de outro herói, Kara escondeu seus poderes e decidiu viver uma vida normal.[1] Na escola, Kara ficou grande amiga de Kenny Li, até sua morte. Kara também sofria bullying de uma garota na mesma escola, chamada de Belinda[12] e, durante o baile de formatura, Kara acidentalmente pisou no pé de seu parceiro, quebrando três dedos de seu pé.[13] Após se formar, Kara foi para o Stanhope College[12] e depois para a Universidade de National City, onde cursou Marketing. Ela passou seu verão na Midvale Newspaper e mais três anos trabalhando como garçonete no Noonan's Restaurant[14]. Kara fez uma entrevista de emprego para a CatCo Worldwide Media e conhecendo Winn Schott antes de sua entrevista, e usou seus poderes durante a entrevista para conseguir a vaga.[10]

A vida amorosa de Kara não foi uma das fáceis, tendo dificuldade para beijar, onde conseguiu quebrar o nariz de quatro garotos, por não conseguir controlar sua força, na qual ela revela para o seu interesse amoroso, Mon-El.[15]

Revelando seus poderes

Kara Revelando Seus Poderes

Kara se revelando ao mundo.

Alex iria pra Geneva para uma reunião, e seu voo era o número 237. Durante um encontro desastroso, Kara viu que o voo de sua irmã deu um problema na turbina, e que iria colidir com o chão, causando assim, sua morte. Kara saiu do encontro e correu em direção ao avião, ela enfrentou dificuldades para voar, já que passou anos guardando para si seus poderes, mas depois de tentativas, ela conseguiu voar. Usando sua força, ela guiou o Avião até a água e deixou sua irmã (e os outros passageiros) em segurança. Mais tarde, sua irmã foi até o apartamento de Kara e a confrontou por se revelar ao mundo, Kara disse que estava cansada de guardar seus poderes e decidiu se tornar uma super-heroína. No dia seguinte, Kara confiou seu segredo para o seu melhor amigo, Winn Schott, e juntos, eles fizeram um uniforme. Kara foi capaz de deter um roubo a banco e uma perseguição de carro.

Supergirl depois de derrotar Vartox

Supergirl após derrotar Vartox.

Enquanto tentava apagar um incêndio, Kara foi acertada por um dardo de Kriptonita e levada ao D.E.O, onde conheceu o diretor Hank Henshaw. Foi revelado que, quando Kara saiu da Zona Fantasma, trouxe consigo o Fort Rozz, uma prisão de alta segurança para os piores criminosos de Krypton e de outros planetas. Kara ofereceu sua ajuda, a qual foi recusada pelo diretor. No diaseguinte, Kara confronta sua chefe, Cat Grant por nomear a heroína como Supergirl. Kara então encontra um fugitivo da Prisão, conhecido como Vartox, os dois lutam mas Kara perde. Mais tarde, Kara convence o Diretor Hensahw a lhe dar uma segunda chance na qual depois ela ganhou. Mais tarde foi revelado que seu primo, Kal-El, enviou James Olsen para National City para vigiar Kara por ele. Ela ficou confusa, e perguntou a James porque seu primo não falou para ela se revelar ao mundo, James então responde que era por escolha dela, querer ou não, se tornar uma super-heroína, igual a como ele fez anos atrás. James entrega o cobertor que Kal-El veio á Terra, como um presente dele (Clark) para ela (Kara) usar como um capa.[1]

Kara talking to James and Winn

Kara conversa com James e Winn.

Uma semana depois, seu treinamento com o D.E.O. começa. Mais tarde, houve um incêndio no Porto de National City e Supergirl foi lá para impedir. No trabalho, sua chefe, Cat Grant, demanda uma entrevista com a heroína de National City.

Kara e Astra lutandp

Kara e Astra lutando.

Kara então conversa com James e recusa a oferta, falando que sua chefe a reconheceria de primeira. Supergirl é chamada pelo D.E.O a ir ao Plastino Chemicals, onde houve um ataque por outro prisoneiro do Fort Rozz, Kara mais tarde reconhece o prisioneiro como um Hellgrammite. Alex chama sua irmã adotiva para um treinamento corpo-a-corpo, para Kara não depender muito de seus poderes durante uma luta, a heroína perde facilmente, já que a sala era revestida por Kriptonita. No outro dia de trabalho, Kara aceita o conselho de Cat Grant a pensar grande, então, ela convida seus amigos para começarem a trabalharem juntos, então, eles montam uma base de operação em seu apartamento. Depois, Kara foi chamada por Henshaw ao D.E.O. e revela que sua irmã foi capturada pelo alienígena. Kara, junto com o D.E.O. localiza Alex, que estava sendo mantida em cativeiro. E lá, Kara descobre que sua tia Astra estava viva esse tempo todo e as duas começam a lutar. Hank, depois, salva as duas. De volta ao D.E.O., Henshaw revela uma sala com uma I.A. igual a mãe de Kara, Alura. Após isso, Supergirl levanta o carro de Cat Grant e pergunta se ela queria falar com a heroína.[6]

Clemência Negra e a morte de Astra

Curto-Circuito, Banshee Prateada e Flash

Supergirl e Flash

Supergirl conhecendo o Flash.

Kara e Winn levaram Siobhan para o D.O.E. após a mesma cair de um prédio e ter exibido seu poder para se salvar. Mais tarde na CatCo, Kara é lançada para fora da empresa quando Siobhan usou seu grito sônico para fazê-la cair do prédio. No entanto, o Flash salva Kara e a leva para um deserto. Kara sai de lá voando, mas para no meio do caminho para conversar. Introduzindo-se e dizendo ser de outro universo, ele explica à Kara que precisa de ajuda para voltar. Kara leva Barry à sua mini-sede montada na CatCo, onde foi introduzido à Winn e James e explicou o conceito do multiverso a todos. Prometendo ajudá-lo, Kara diz que precisa da ajuda de Barry com Curto-Circuito e Siobhan. Kara o leva ao D.O.E. e o introduz para a diretora Lucy Lane. Eles localizam Curto-Circuito e Siobhan em uma fábrica abandonada. Apesar de seu fracasso de captura-las, Barry sugere que Kara precisava se acalmar e parar de se esforçar muito, dizendo por experiência própria. De volta ao D.O.E., James liga para Kara e diz que Cat Grant foi sequestrada por Curto-Circuito e Siobhan, agora nomeada de Banshee Prateada. Usando um novo dispositivo, as vilãs foram facilmente derrotadas, junto com a ajuda dos cidadãos de National City e o Departamento de Bombeiros da cidade. Depois, Kara e Barry retornaram ao deserto. Combinando suas velocidades, Kara e Barry apostam uma corrida e Kara o arremessa através de um portal que foi criado. Mais tarde em seu apartamento, Kara e James se beijam, com Kara ficando surpresa com nenhuma reação de James. James sai do apartamento e Kara vai até sua janela de seu apartamento, vendo todos os cidadãos de National City sendo controlados por Miríade.[16]

Miríade

A Chegada de Superman

Lidando com Mon-El

Vírus Medusa

The Darkest Place

Supergirl presa em Cadmus.

Depois que Mon-El foi capturado por um grupo de agentes de Cadmus que o entregaram a uma de suas bases secretas, colocando-o em uma gaiola, Supergirl é informada por Cadmus em uma frequência especial que eles têm o Daxamita e prometeram matá-lo se ela não os encontrarem. Quando Supergirl chega em Cadmus, ela conhece o verdadeiro Hank Henshaw, revivido como um Cyborg, que foi capaz de superá-la e prendê-la na cela ao lado de Mon-El. Lá, Lillian Luthor se revela para Supergirl como líder do Projeto Cadmus, e ameaça matar Mon-El caso ela não forneça sua energia da luz do sol a um dispositivo específico; Embora Mon-El desaprove isso, Kara é obrigada a faze-lo, depois Lilian coleta um pouco de sangue de Supergirl para obter informação sobre "Medusa" antes de manda-la de volta a cela.

Deixados sozinhos nas celas, Mon-El e Kara ligaram e discutiram seus medos, e o que acontece se eles não sobreviverem a essa provação. Felizmente eles foram resgatados por Jeremiah Danvers, que teve acesso a Cadmus IDs, e optou por ficar para trás por razões desconhecidas. Mais tarde naquela noite, Kara, Mon-El e seus amigos comemoraram seu retorno no apartamento de Kara e ela informa a Alex que Jeremiah está vivo e bem; então ela disse a Mon-El que ele era corajoso durante todo o suplício, ao qual ele respondeu qualquer coragem que tivesse, ele aprendeu com ela.

No dia seguinte, Kara retornou para seu apartamento segurando inúmeras sacolas, quando entrou, ela encontrou Barry Allen e Cisco Ramon lá dentro, esperando que ela fizesse um favor para eles.[17]

Lutando contra os Dominadores e reencontrando Barry Allen

Chegando na Terra-1 para ajudar contra os Dominadores, Barry introduziu Kara para todo mundo e começaram seu treinamento enfrentando-a, onde todo mundo perdeu por conta de sua quase-invencibilidade. Barry contou para todos sobre a criação do Ponto de Ignição e de como ele estragou a vida de todos, e pediu para não ser confiado e deixado para trás, juntamente de Oliver. Kara e os outros heróis chegaram em um armazém onde os Dominadores estavam. Só que se tratava de uma armadilha, onde os Dominadores controlavam as mentes dos heróis, fazendo-os enfrentarem o Flash e o Arqueiro Verde. Pensando rápido em um plano, o Flash fez com que Supergirl o seguisse de volta ao armazém para destruir o dispositivo que controlava suas mentes. Após libertar a mente de todos, Supergirl começou a escanear Central City em busca de mais aparelhos como este.[18]

Supergirl e o Flash foram até Star City ajudar a Equipe Arqueiro em rastrear Laura Washington, uma cientista que havia roubado um dispositivo que a equipe precisava para decodificar a tecnologia alienígena. Kara se aliou ao Flash, e juntos conseguirem derrotar Laura facilmente e rapidamente.[19]
The heroes take on the Dominators in a final showdown

Os heróis na batalha final.

Quando os Dominadores ameaçaram soltar uma bomba que mataria todos os meta-humanos e vidas humanas na Terra, Supergirl e o Flash correram ao redor do mundo implantando dispositivos, que Lilly e Martin Stein construíram, em todos os Dominadores presentes na Terra. Após Felicity ativá-lo, este aparelho fez com que os Dominadores sofressem uma enorme dor, e após Nuclear transformar a bomba em água, os Dominadores fugiram da Terra. Após vencerem os Dominadores, Kara esteve presente na festa de comemoração e sugeriu para a nova Presidente dos E.U.A. da Terra-1 construir sua própria versão do D.O.E. Antes de partir, Cisco lhe entregou um extrapolador interdimensional como um presente, permitindo-a poder viajar entre dimensões em qualquer momento que quisesse.[20]

De volta à Terra Trinta e Oito

Sentimentos por Mon-El

Retorno de Jeremiah Danvers

Mon-El; O Príncipe de Daxam e atacada por Music Meister

Caçada

De volta ao jornalismo

O sequestro de Alex

Invasão Daxamita

Em conflito com sua identidade secreta

Crise na Terra-X

Kara e Alex passaram a noite no apartamento de Kara, bebendo e conversando sobre seus relacionamentos passados. Elas concordaram que chorariam, comeriam e ficariam triste. Quando foi até a cozinha, Alex avistou o convite de casamento de Barry Allen e Iris West . Quando questionada por Alex, Kara respodneu que ela não iria por conta de seu término recente. Alex concordou com sua irmã e se sentou ao sofá. Kara se levantou e mudou de ideia, abrindo a gaveta perto de seu sofá e pegando seu Extrapolador Interdimensional . Quando Alex perguntou o que estava fazendo, Kara respondeu que elas iriam ao casamento. Na manhã seguinte, Kara, trajada como Supergirl, e Alex, carregada nos braços de Kara, saíram por um portal e chegaram na Terra-1.

Em seguida, Kara participou de tradições pré-casamentos, como por exemplo, fazer as unhas com Iris, Caitlin e Felicity . No entanto, por conta de seus genes Kryptonianos e super-força, Kara acabou danificando o aparador de unhas. Ela mentiu dizendo que tomava muita queretina, mentira no qual as outras garotas a apoiaram.

No jantar de ensaio, Kara e Barry conversaram sobre Alex beber com Sara, com ela dizendo que ninguém conseguiria tirar Alex daquela mesa. Ela brevemente explicou que sua irmã estava passando por um pós-término, no qual Barry entendeu. Barry então pergunta sobre Mon-El. Kara explica o que houve, dizendo que aceitou em que não era humana e que amor não é para ela. Barry discordou de seu ponto de vista e disse que conseguiu convencer Oliver de que ele podia amar, e agora terá de convencer Kara também. Barry então pergunta para Kara se ela poderia cantar no casamento no dia seguinte, no qual ela concorda.

Kara passou a noite na casa de Joe West , junto de outros convidados. Ela dormiu no chão da sala de estar e acabou voando enquanto dormia, coisa que Felicity achou legal. No dia seguinte, ela esperou por Alex fora da igreja. Quando ela aparece, Kara a questiona na onde ela estava em uma diferente e estranha Terra. Alex, clarmente estava de ressaca, mentiu para Kara sobre o que fez na noite passada. Sara então chega e pergunta para Alex como estava sua bunda, já que ela havia escutado Alex cair para fora da cama na manhã, e Alex respondeu que estava tudo bem. Após Sara sair, Alex olha embaraçada para Kara. Alex comentou que se sentiu mal pelo que fez e se comparou com um homem, Kara logo em seguida disse que não hvia problema. Kara disse que Alex é uma mulher saúdavel e solteira e que não havia nada de errado no que ela tinha feito. As irmãs então entraram na igreja e ocuparam seus assentos, com Kara ficando de pé em um microfone para cantar um canção.

Durante o ataque Nazista no casamento, Kara e os outros heróis se uniram para proteger os não super-poderosos e enfretaram soldados como Prometheus, Arqueiro Negro e Overgirl. Kara enfrentou Overgirl nos céus de Central City. Durante a luta, Kara foi capaz de machucar Overgirl e a arremessa devolta na igreja e usa seu super-apaluso nela. Overgirl foi arremessada para trás e os soldados Nazistas recuaram, deixando Prometheus para trás.

Depois de Arqueiro Negro, Flash-Reverso e Overgirl roubarem uma bateria de energia, a equipe dos Laboratórios S.T.A.R. localiza o trio maligno por conta da radiação solar que Overgirl está sugando para si mesma. Kara se junta à Oliver e Barry e juntos os três vão ao encontro dos vilões, onde eles lutam. Os Superamigos descobrem a identidade secreta dos vilões Overgirl e Arqueiro Negro, sendo eles Oliver Queen e sua própria doppelgangers vindos da Terra-X. Enquanto Barry e Eobard correm, Kara ajuda Oliver e descobrem a relação amorosa que seus doppelgangers possuem. O trio maligno escapam mas são localizados novamente em um armazém abandonado. Metade dos heróis dos Laboratórios S.T.A.R. e Kara vão até lá batalhar contra os Nazistas, mas no processo, o Arqueiro Negro se infiltra no Laboratório e captura os heróis que ficaram para trás e os prendem no Acelerador de Partículas. Na luta no armazém abandonado, tudo estava indo bem até a chegada de Metallo, da Terra-X, e de Overgirl. Com os heróis derrotados e levados para a Terra-X, Kara é levada de volta ao Laboratório S.T.A.R. para uma cirurgia de coração para sua doppelgangers não morrer. Iris e Felicity, que estavam livres, tentaram impedir mas foram pegas pelo Metallo-X.

Prestes à começar a cirurgia, os heróis capturados e levados à Terra-X retornam, e juntamente com os restantes das Lendas e da Equipe Arqueiro, enfrentam Metallo enquanto Oliver enfrenta Arqueiro Negro para resgatar Kara. Após se reagruparem, os heróis, juntamente com a Supergirl recarregada de energia solar, se reúnem na Waverider e declaram que irão recuperar sua Terra. Enquanto todos os heróis enfrentam os Nazistas no chão, Supergirl confronta Overgirl, que estava na versão Nazista da Waverider, a Wellenreiter, pessoalmente e as duas batalham no céu. Antes de Overgirl explodir, por conta de alta absorção de energia solar, Supergirl a leva para o espaço mas é pega pela explosão e cai, mas é pega pelo Homem de Aço da Terra-1 Nate Heywood, formando uma cratera no processo.

Enfrentando Régia

Após voltar da Terra-1, Kara descobre que Régia têm deixado seu símbolo marcado nos prédios da L-Corp por toda National City. A fim de encontrar pessoalmente a Kryptoniana, Kara deixa seu símbolo no prédio da CatCo. Régia responde ao chamado e vai em direção ao prédio, mas antes de poder sair do D.E.O. e ir ao encontro da vilã, Kara é impedida por Kara. Embora Alex têm falado para Kara abraçar seu lado humano, essa nova ameaça a assusta, e diz para Supergirl ser totalmente Kryptoniana e sombria para esta luta.

No topo do prédio da CATCO, Kara se encontra com Régia mas não consegue identificá-la como Samantha, por conta da máscara cobrindo seu rosto, alterador de voz e batom preto. Régia diz que veio de um lugar onde os fracos não tem espaço, e pede para que Kara se renda.

Supergirl nega a oferta de Régia e as duas começam a lutar, interrompendo uma festa de Natal que estava acontecendo ali por perto. Durante vários golpes, Régia lança Supergirl no meio de National City, Kara tenta avisar todos para se afastarem, mas é atacada por Régia, que segurava um bloco de concreto, fazendo a heroína sangrar.

Régia lança uma porta de carro, que estava em chamas, em Supergirl e a derruba, logo em seguida sendo acertada por uma visão de calor e lançada até um terraço. Régia segura Kara, sangrando e com olho roxo, pelo pescoço e a solta, fazendo com que Supergirl caísse em forte impacto no chão. Kara estava largada e apagada no chão destruído, "Ela está morta?" pergunta uma criança no meio da multidão. Após localizar Kara, o DEO a leva para a sede, onde Alex e outros médicos fazem de tudo para trazê-la de volta à vida, enquanto seus amigos, assustados, olham.

Pós-Regia

Kara é levada à nave de Mon-El, onde é conectada em um pod por Brainiac-5. Brainy também se conecta à mente de Kara, para poder ajudá-la a se recuperar fisicamente e mentalmente. Enquanto estão em um mundo criado pela mente de Kara, os dois conversam e tentam descobrir o que impede Kara de sair do coma. Ela consegue acordar e enfrenta novamente Régia, juntamente com a Legião, no Alcatraz, e consegue machucá-la.

Investigando Régia

Depois de lutar com Régia, Supergirl começa a investigar o surgimento da vilã na mitologia Kryptoniana e encontra uma possível informante chamada de Jindah Kol Rozz, uma sacerdotista que está presa em Forte Rozz, que estava pairando sob uma Estrela Azul, que poderá fazer ela perder seus poderes temporariamente. Supergirl então recruta Imra, Livewire e Psi para protegê-la, já que ela não seria capaz de levar J'onn ou Winn, já que essa Estrela é tóxica aos homens. Régia segue o quarteto e confronta Kara em Forte Rozz, mata Jindah e diz que existe mais duas Destruidoras de Mundos. Livewire se sacrifica para poder proteger Supergirl. Psi consegue proteger Kara, usando seus poderes telepáticos para incapacitar Régia e fazer com que o quarteto conseguisse escapar e voltar para casa.

Procurando por Morgan Edge

Após sofrer um acidente de carro, Morgan Edge culpa Lena por isso. Quando a Luthor é envenenada, Kara leva sua amiga as pressas para o DEO, onde consegue ser estabilizada e levada de volta à CATCO antes que acordasse. Mais tarde, em uma festa organizada por Morgan Edge, Kara ajuda Lena a passar pelos seguranças para poder confrontar Edge e gravar uma confissão. Quando um drone de Lilian Luthor atacou a festa em procura de vingança por Lena, Kara tentou proteger, mas a mesma mais tarde apareceu com Kryptonita. Além da Kryptonita, Kara enfrentou Lilian, que estava usando uma armadura de Lex, pelos céus enquanto Winn e Mon-El hackeavam o drone para poder desativá-lo. Com a ajuda de Guardião, Morgan confessa o que fez a Lena.

Pureza

Depois de derrotar Morgan Edge, Winn encontra várias pessoas que poderiam ser Destruidoras de Mundo. Kara identifica Julia Freeman de uma visão que ela teve. Ela e o DEO vão até sua casa onde a identidade Destruidora de Julia aparece. O DEO consegue capturá-la e a leva até uma cela para contê-la, onde ela é interrogada por Kara e Alex. Enquanto Kara tenta apelar para seu lado humano, Alex se recusa a ver o que há de bom em Julia depois do que Régia fez a Kara. Julia eventualmente escapa do confinamento e corre do DEO depois de pegar um cristal que Winn recuperou de sua casa. Kara a persegue e a encontra no metrô, onde consegue que Julia ressurja, mas é incapaz de impedir Régia de levá-la quando Julia se entrega em troca da vida de todos lá.

Mãe de Winn

No funeral do pai de Winn, a mãe de Winn, Mary, volta para tentar se reconectar com o filho. Enquanto estava lá, o caixão explode e Kara rapidamente muda e protege os civis da explosão, levando Mary de volta ao DEO para proteção. Quando macacos voadores atacam o DEO e tentam matar Mary, Kara ajuda a destruir os macacos, achando que armas grandes e pesadas são muito eficazes. Quando Mary encontra uma pista para quem está por trás dos ataques, ela pega uma arma do arsenal para enfrentar o culpado e é capturada. Kara ajuda a resgatar Mary e fica presa em um plástico e tem que ser resgatada por Mon-El antes de salvar Mary.

Ataques psíquicos de M'yrnn

Após a descoberta de uma doença em M'yrnn, M'yrnn começa a usar um processo marciano para preservar sua memória, mas a decadência e a força de seus poderes causaram vazamentos psíquicos que começaram a afetar outro alienígena psíquico que entra em fúria. M'yrnn é transportado para o DEO na esperança de proteger os outros dos vazamentos, mas outro acontece, afetando muitos agentes do DEO, bem como Kara, que ataca Mon-El enquanto ele tenta treiná-la em manobras de cabo. Eventualmente, ela enfrenta o que está dentro dela, não apenas o que M'yrnn acidentalmente fez e fala sobre isso com Mon-El, na esperança de resolver seu conflito interno.

Pestilência

Depois que pássaros mortos caem do céu, Kara e o DEO tentam rastrear Pestilência, mas não antes que as pessoas comecem a ficar doentes em um prédio de escritórios na cidade. Kara, Alex, Winn e J'onn investigam a doença, mas Alex e Winn também foram infectados. Antes de Winn adoecer, ele encontra um possível culpado, mas quando ela investiga, Kara encontra Imra com o suspeito morto. Enquanto estava llá, Kara encontra arranhões nela semelhantes a outras vítimas da doença que a fazem humana. Através de uma investigação mais aprofundada, o DEO achou Grace Parker MD como sendo Pestilência do assassino do mundo e Kara a perseguiu com Mon-El e Imra, que injeta Pestilência um vírus que começa a matá-la antes que Pureza apareça. Imra recupera o frasco com o sangue de Pestilência, para que Brainy use para encontrar uma cura para o vírus que salvaria Alex, Winn, Kara (que foi infectada durante a luta) e outros infectados.

Logo após Pureza salvar Pestilência, as duas se reúnem na L-Corp, onde Sam estava sendo tratado de Régia por Lena. Kara, Mon-El e J'onn correm para salvar Lena onde eles encontram Sam. As outras duas Destruidoras ajudam Régia a escapar e as três desaparecem em uma luz azul.

A Trindade Destruidora de Mundos

Após a fuga das Destruidoras, Kara leva Lena ao DOE para questiona-lá como foi capaz de conter Sam. Após dizer que usou Kryptonita, a confiança de Kara em Lena é quebrada, ela até pergunta para James invadir o prédio da L-Corp e conferir se ela possuí mais Kryptonitas. Após um eclipse ser feito pelas destruidoras, Kara, juntamente com Alex e Lena, são enviadas ao Vale Negro. No vale, as três lutam contra demônios Kryptonianos e encontram Sam e Julia. Elas ajudam Sam a manter o controle, mas isso faz com que Régia apareça no vale com elas. Régia ataca as três e quase mata Lena, mas com um sinal de Sam, Brainy tira todas de lá. Kara então voa até a Fortaleza do Santuário com a Legião, Alex e J'onn para parar as destruidoras.

Na fortaleza, os heróis enfrentam as Destruidoras, com Supergirl enfrentando Régia até o eclipse acontecer. Kara perde seus poderes e é machucada por Régia, mas Supergirl consegue convencer Julia a tomar o controle. Julia luta com Régia e Pestilência, apenas para mais tarde ser morta por Pestilência e Julia conseguir matar a mesma em seguida. Isso faz com que o eclipse acabe, restaurando os poderes de Kara. Os heróis saem da fortaleza antes de que a mesma entre em colapso.

A caça de Reign por Ruby

Depois de Lena descobrir o plano de Régia para matar Ruby, ela informa o DOE sobre as intenções da vilã e diz onde ela colocou Ruby após descobrir que Sam era Régia, na mansão de Lex. Para proteger outro alvo, a mãe de Sam, Kara e J'onn vão até a antiga casa de Sam para poder enganar Régia e conseguir captura-lá. No entanto, Régia consegue matar Patricia, e a dupla descobre que agora Régia possuí os poderes das antigas três destruidoras. Lena então entrega uma Kryptonita feita em casa para Supergirl, o que irrita a mesma e diz para Lena destruir a formula do elemento, Lena pergunta o porque de Supergirl estar com tanto medo da única coisa que pode matá-la, enquanto os humanos estão em riscos todos os dias.

Depois de Ruby tentar ligar para sua mãe, Régia ouve o chamado e consegue localizá-la na mansão de Luthor. Chegando lá, ela ataca Ruby e Alex, que estava lá para cuidar e fazer companhia à Ruby. Kara, J'onn e Mon-El voam até a mansão, com a Kryptonita de Lena, para deter Régia. Durante a luta, Kara conversa com Régia sobre matar Ruby, usando seu próprio código de honra contra ela. Isso distraí Régia o suficiente para que Mon-El esmague a Kryptonita (o elemento não afeta sua espécie) em formas de balas e atira em Régia com uma metralhadora, incapacitando-a e a levando de volta ao DOE.

A Quarta Destruidora de Mundos

Enquanto Lena procura por uma cura para Sam, uma integrante do culto de Coville, que agora venera Régia, encontra-se com Supergirl para dizer que o Livro de Rao pode conter informações de como deter Régia. No livro, ela lê sobre Yuda-Kal e Haren-El, e após visitar a antiga sede do culto, ela encontra uma sombra na parede, e então percebe-se que o culto está tentando criar uma nova destruidora. Mon-El se voluntaria para ser capturado e descobrir a localização atual do culto. Após um sinal ser enviado, Kara voa até a localização e encontra uma integrante do grupo se tornando uma destruidora. Supergirl a enfrenta, mas é incapaz de remover o Haren-El dela, já que é tóxica para sua espécie. No entanto, com a ajuda de Mon-El, ela foi capaz de reverter o processo e consegue transformar a integrante do culto de volta ao normal.

Levando o Haren-El para Lena, para que ela pudesse fazer um antídoto para Sam, Lena descobre que a pedra não possuí poder agora, mas com a ajuda de Winn, ela consegue localizar um meteoro cheio de Haren-El. Kara e Mon-El pegam a nave de J'onn e vão em direção do meteoro, encontrando uma cidade em sua superfície.

Reencontrando seu povo

Kara e Mon-El ficam chocados ao rastrear o sinal da radiação da rocha para uma cidade em forma de cúpula. E não apenas qualquer cidade, mas Argo City, a cidade natal de Kara. Eles “pegam emprestado” mantos de um mercado a céu aberto para se misturarem. Mas Kara não está entusiasmada por ela estar disfarçada mesmo aqui. Mon-El diz que ele pode ser ele mesmo no futuro, sem identidade secreta como Legionário, ainda é exaustivo. Então Kara fica chocada ao encontrar um rosto familiar: sua mãe Alura. Alura também está chocada que sua filha ainda está viva, e ela imediatamente reconhece Mon-El como o príncipe de Daxam (Ele é rápido em apontar que ele é apenas Mon-El agora).

Alura explica que eles lançaram Kara e Kal-El antes que eles soubessem que a cúpula salvaria a cidade da destruição de Krypton, e desde então, Harun-El, a rocha negra que eles procuram, tornou a atmosfera recém-inóspita habitável para os kryptonianos. Argo City. Como tal, dar a Kara até mesmo o pequeno pedaço que ela precisa para parar Régia encurtaria os momentos de ar respirável para as pessoas da cidade de Argo. Como tal, dar a Kara o que ela procura exigirá a permissão do Alto Conselho.

Enquanto esperam que o Conselho se reúna, as duas mulheres passam o tempo se conhecendo e se desculpando por presumir que o outro não sobreviveu. Kara está emocionada ao ver uma flor de Dar-Essa, que costumava estar em seu quarto quando criança. Ela preenche Alura em sua família adotiva, o acidente de Fort Rozz e o eventual destino de Astra e Non. Alura identifica Forte Rozz como um de seus muitos erros.

Então eles são chamados antes do Alto Conselho de Argo City, que conta em seus membros o Kryptoniano Negro visto nas visões de Régia, desconhecido por qualquer pessoa onde Kara apresenta seu caso ao Conselho. Ela convence o Conselho de que os humanos têm ideais semelhantes aos kryptonianos e estão sendo afetados pelos pecados de Krypton, que incluem Régia. O Conselho votou a favor de ajudar Kara, incluindo Selina, a Kryptoniana Negra. Kara e Mon-El então levam o Haren-El de volta à Terra, assim como Régia escapa.

Kara e Mon-El lutam contra Régia enquanto Lena faz o antídoto. Mon-El injeta o antídoto em Régia, o que faz com que Sam e Régia sejam separadas em duas. Régia se desintegra enquanto Kara protege Sam com sua capa.

Argo

Depois da suposta derrota de Régia, Kara decide retornar à Argo brevemente. o D.O.E. e a CatCo fazem uma festa de despedida para Supergirl e Kara respectivamente. Mon-El vai junto com Kara, a fim de encontrar ajuda para retornar ao século 31 usando um artificio que Argo possuí. Enquanto estão lá, um prédio quase cai em cima de Kara. Ela escapa com vida, mas vê que um indivíduo sai de lá voando, ela mais tarde vê a mesma sombra em um jantar. Ela confronta o suspeito, que diz que não tem nada haver com isso. A melhor amiga de infância de Kara, Thara, responde por ela. Enquanto todos acreditam que as acusações de Kara são por conta de permanecer muito tempo na Terra, Mon-El, que acredita nela, entrega seu anel da Legião para que ela pudesse voar.

Mais tarde em um jardim, Kara e Mon-El são atacados, e os dois voam para que possam perseguir o suspeito. Ela captura o suspeito e revela-se de que se trata de uma Sacerdotista Negra, e que Selena é sua Suma Sacerdotista. Kara descobre que a nave de J'onn foi roubada por Selena e outras duas Kryptonianas negras.

O ataque das Sacerdotistas Kryptonianas

Enquanto as Kryptonianas negras tentavam ressuscitar Régia na Terra, Kara, Mon-El e Alura investigam a casa de Selena. Na casa de Selena, um holograma da mesma começa aparece diante dos três, explicando que ela precisava de que Sam e Régia se separassem, já que Sam se provou ser mais forte do que ela imaginava. A casa explode, mas os três conseguem sair em segurança. Kara percebe que Selena deve ter outro meio de saída, caso ela não usasse a nave de J'onn. Alura leva Kara para o laboratório de Zor-El onde encontra um portal. Usando um holograma de Alura na Terra, Kara envia uma mensagem ao D.O.E. para que Winn pudesse conectar o portal deles com os seus. Antes de que Winn pudesse ativar o portal, o DOE é atacado pelas Kryptonianas, que estavam em busca do sangue de Pestilência e Pureza para que pudesse ressuscitar Régia. Kara usa o holograma de Alura para enganar uma delas, com o portal ativado, Kara, Alura e Mon-El o atravessam e juntam-se à batalha.

Winn recupera o sangue das destruidoras e o protege com a ajuda de Demos, mas o mesmo é morto com três rajadas de visão de calor em seu corpo, mas consegue entregar o sangue nas mãos de Kara. Kara tenta destruir o sangue com sua própria visão de calor, mas o sangue é derramado em Selena. O sangue é usado para trazer Régia de volta á vida, e então Régia começa a terraformar. No D.O.E., Kara e Alura conseguem um plano para derrotar Régia usando Sam e uma fonte no Vale Negro para dar poderes à Sam e destruir Régia. Kara ajuda Sam ir ao Vale antes de sair e proteger a cidade dos efeitos da terraformação de Régia juntamente com J'onn, Alura, Alex e Mon-El.

Enfrentando Régia pela última vez

Enquanto J'onn e M'yrnn tentam parar a terraformação de Régia, Kara e seus amigos protegem National City e seus cidadãos dos terremotos. Kara, juntamente com Alura, conseguem congelar um tsunami que estava em direção da cidade, Imra e Brainy, que retornaram do futuro, também ajudam. Após ser congelado, Kara diz para Brainy que "barra limpa garoto, vamos explodir logo isto e ir pra casa." e depois é dito que eles não mostraram "nenhum Star Wars" . Após M'yrnn fundir-se com a Terra, a terraformação para e a cidade está salva. No D.O.E., eles recebem uma ligação da nave de J'onn que havia sido ligada por Coville e sendo usada pelas Kryptonianas negras na Fortaleza.

Com J'onn, Alex e Mon-El lutando contra as bruxas Kryptonianas, Kara enfrentou Régia, mas ela foi superada pela mesma antes da chegada de Samantha. Sam esfaqueou Régia com a Espada de Juru e arremessada no caldeirão por Kara, mas em seus momentos finais, Régia usou sua visão de calor e matou Mon-El, Alura e Alex, Kara, usando o anel da Legião de Mon-El, voltou no tempo e usou o Harun-El para mandar a si mesma, Sam e Régia para o Vale Sombrio, onde Samantha poderia derrotar sua contraparte em segurança usando a água da fonte. Após a derrota de Régia, Kara decidiu ficar na Terra e ajudou em uma festa de despedida para Winn, que escolheu tomar o lugar e Brainy na Legião e em sua nova missão, deter um parente distante de Brainiac-5 que estava causando destruição no século 31 com sua habilidade de controlar tecnologia. Com o século 31 sendo perigoso para Brainy, ele decidiu ficar no século 21 por um tempo.

Depois de Kara voltar no tempo, o Harun-El criou uma trilha de névoa onde levava até a Sibéria, criando uma cópia que havia pousado lá.[21]

Protetora da Terra

Enquanto seu primo, Clark Kent, esteve passando um tempo em Argo City, Kara tornou-se a nova protetora de toda Terra.[22]

Filhos da Liberdade

Para ser adicionado.

Demitida do D.O.E.

Por conta de demando público, Kara recebeu a direta ordem do presidente Baker de revelar sua identidade de cidadã americana, para que os serviços de alienígenas não-nomeados não interferissem mais. Supergirl recusou, dizendo sobre seu medo de que a vida de seus parentes e amigos próximos estariam correndo perigo caso seus inimigos descobrissem seu segredo. Como resposta, Baker demitiu Kara do D.O.E., e em seguida deu uma ordem para que a coronel Lauren Haley iniciasse uma investigação sobre a identidade secreta da Supergirl. Após descobrir esta informação, Haley forçou Kara à entrar em serviço militar involuntário, mas ela foi nocauteada por Alex Danvers e teve sua mente apagada por J'onn J'onzz.[23]

Túnel do Tempo

Ajudando Barry e Oliver

Kara decide tirar uma folga de seu trabalho como jornalista e super-heroína e foi até o Rancho Kent, em Smallville. Junto de Clark Kent, e sua namorada Lois Lane, Kara ajudou-os a concertar um trator que os pais adotivos de Clark usam. Após Clark e Lois descordarem sobre algo, Lois chama a ajuda de Kara, e a mesma responde dizendo que não deveria se envolver em um debate com Lois. Lane pergunta à Kara sobre a sensação de escrever uma história, mas Kara acaba concordando. Clark e Lois continuaram a conversar sobre seu tempo juntos em Argo, e após isto, ela foi para dentro do celeiro segurando um martelo.

Kara e Clark conversaram sobre o presidente Baker forçar Kara em revelar sua identidade, com Kara perguntando se fez a decisão certa, Clark respondeu que suas identidades secretas são importantes. Porém, Kara fica triste ao lembrar que ela havia deixado Alex sozinha no D.O.E., dizendo que ela havia falhado com ela. No momento em que Clark iria falar algo importante, ele é interrompido pelo grito de Lois. Preocupados, Kara e Clark vão ao celeiro pra ver o que havia acontecido. Chegando lá, eles encontram Lois ameaçando Barry Allen e Oliver Queen, da Terra-1. Kara acalma Lois, explicando que eles são amigos. Após perceberem que Kara os chamou pelos seus verdadeiros nomes, eles ficam aliviados pela teoria de Barry ter funcionado. Kara apresenta Clark aos seus amigos, com Barry chamando-o de "super primo", e em seguida Lois também se apresenta á eles. Kara questiona o por que dela não os reconhecerem, e então, Oliver demonstra que ele está com os poderes de Barry, chocando os três que estavam ali presentes.

De longe, Kara observou Barry e Oliver treinarem, porém eles acabam discutindo. Em seguida, Kara agradece pelos homens terem se resolvidos, dizendo que sua super-audição havia permitido que ela escutasse a conversa de ambos. Kara sugere que eles devem "entrar no papel", dizendo que Oliver (que era chamado de Barry) deveria sorrir mais e que Barry (que era chamado de Oliver) deveria se tornar mais sério. Enquanto zombava de Oliver, Cisco Ramon aparece por uma brecha. Ele diz que agora todos da Equipe Flash acreditam que eles estão dizendo a verdade, e que agora precisam de suas ajudas. Kara questiona à Clark se ele gostaria de ir à Terra-1 junto com eles, com Lois respondendo que se ele não fosse, ela iria, e o chamou de "Smallville". Cisco questiona quem é Clark e ele responde com uma simples frase, "um amigo", e abre sua camiseta para revelar o símbolo de seu traje.

De uma brecha, Kara e Clark saem voando, Oliver sai correndo e Barry usa uma motocicleta. Os heróis começam a atacar A.M.A.Z.O. com todos os seus poderes, não deixando que o robô possa escaneá-los para roubar seus poderes. Kara usa sua visão de calor para retardar o robô, enquanto Clark ganhava impulso para afundar o robô no chão. Os heróis acreditavam que haviam o derrotado, porém o robô surge novamente em seguida e consegue escaneá-los, roubando seus poderes. Clark tenta atacá-lo, mas ele usa a vibração dos poderes do Flash para escapar de seus golpes. Após arremessá-lo, o robô usa a visão de calor para atacar Supergirl. Barry (trajado como Arqueiro Verde) diz que havia pensado em um plano e pediu para que os primos Kryptonianos segurassem-o após Oliver retornar com ele. Posicionado lado-a-lado, Supergirl e Superman esperavam por A.M.A.Z.O., e após perceber que ele se aproximava, Kara o soca, lançando-o para longe. Em seguida, Supergirl, Superman e Flash (Oliver) seguram A.M.A.Z.O., impedindo-o de que pudesse vibrar para que Barry possa dar o golpe final, arremessando uma flecha de Kryptonita implantada com um vírus. Após acertar seu alvo, o robô explode e os heróis saem vitoriosos de sua batalha.

Kara é levada aos Laboratórios S.T.A.R., onde explicou que, apesar de terem suas vidas, e poderes, trocados, eles se saíram bem interpretando uns aos outros. Kara concorda após Clark dizer que precisava voltar à Metrópolis e em seguida ela discute sobre a vibração que Cisco havia vislumbrado após Barry e Oliver terem suas vidas trocadas. Após retornarem da vibração de Cisco, Kara questiona o que eles haviam visto. Oliver usou sua super-velocidade para desenhar o que ele tinha visto, e em seu desenho havia um prédio da Wayne Enterprises ao fundo. Após Kara dizer que não reconhecia o individuo desconhecido no alto retrato, Oliver diz que isto não era importante pois sabia para onde ir em seguida: Gotham City.[24]

Entrando em contato com as Lendas

Em algum momento após isto, Kara, junto de Barry e Oliver, tentaram entrar em contato com as Lendas para conseguir sua ajuda com esta situação. Porém, eles não receberam uma resposta.[25]

As Melhores do Mundo

Salvando a realidade da Terra-1

Possível futuro

Supergirl esteve envolvida nos eventos de 2024, onde o Flash enfrentou o Flash-Reverso antes de desaparecer da linha do tempo. No entanto, baseado em diferentes testemunhas, existe versões contraditórias do evento (uma no qual o Flash foi ajudado pela Supergirl e o Átomo, ou uma equipe formada pelo Arqueiro Verde, Batwoman e o Homem-Elástico).[26]

Futuro apagado

Em algum momento do futuro, de onde Nora West-Allen veio, Kara foi uma das heroínas que tentou impedir Cicada, mas acabou falhando.[27] Porém, na nova linha do tempo no qual Orlin Dwyer (e, em seguida, Grace Gibbons) se tornou o Cicada ao invés de David Hersch, a Equipe Flash foi capaz de derrotá-lo sem a ajuda da Supergirl.

Personalidade

Kara Danvers

Kara em sua forma civil..

Quando criança, Kara estava muito curiosa, pois ela aprendeu tanto sobre as espécies e culturas alienígenas quanto possível, ela também olhou para ambos os pais, acreditando que eles eram heróis (inconscientes de suas verdadeiras naturezas na época), diante a destruição de Krypton, ela ficou devastada pela destruição de um mundo natal e pela morte da maioria dos membros de sua família.

Como um adolescente, Kara não se dava bem com sua irmã adotiva, Alex Danvers (no momento), este foi devido a arrogância, a imaturidade de Alex e injustamente culpando-a pela aparente morte de Jeremiah, Kara uma vez afirmou a um amigo Kenny Li (antes para sua morte) que ela perdeu as pessoas com quem se preocupava, mas ela não vai atacar o mundo inteiro ou culpar os outros por problemas.

Como uma adulta, Kara é gentil, carinhosa, altruísta, inteligente, corajosa e tem um senso de justiça, honra e boa moral, no entanto, quando ela comete erros, ela sente culpa e remorso por suas ações. Ela também é uma repórter dedicada, disposta a fazer o que for necessário para resolver uma história e arrumar os vilões.

Supergirl

Kara como Supergirl.

Por conta de ser uma nova heroína, Kara infelizmente não possuía a confiança que seu primo Clark Kent tinha. Ela também é na maioria das vezes temperamental, e deixa suas emoções a dominarem. Mas depois de ser heroína por um ano, ela consegue ganhar mais confiança em si mesma e em suas habilidades e conseguir controlar suas emoções nas batalhas.

Kara também é muito indulgente e está disposta a dar às pessoas várias chances na esperança de ajudar sua tia Astra a encontrar a redenção, embora no final não tenha tido a chance porque Alex a matou. No entanto, apesar de sua irmã adotiva matar sua tia, Kara escolheu perdoá-la. Ela também está disposta a olhar além dos laços de Lena Luthor com a família Luthor, vendo-a como sua própria pessoa, enquanto muitos não estão dispostos a olhar além de sua relação com Lex Luthor.

Apesar de viver na Terra, Kara também tem alto conhecimento sobre outras raças alienígenas e suas culturas ao redor do universo.

Sob o efeito da Kryptonita Vermelha, Kara se tornou bastante cruel e imperdoável, já que ele joga Cat Grant de um prédio, tentou matar Alex e atacou vários civis; e ela não mostrava nenhum remorso quando a isso.

Apesar de amar seus pais quando criança, desde que se tornou a Supergirl, Kara aprendeu muito mais sobre as pessoas que realmente eram e ficou bastante enojada e enfurecida com eles. Ela aprendeu que Alura a usou como um meio de prender Astra por seus crimes que, ironicamente, eram uma tentativa de salvar Krypton, pois Alura era uma das muitas que se recusaram a aceitar seu destino iminente, isso fez Kara especialmente ressentida com sua mãe, embora ela logo considerou que sua mãe acreditava que a alternativa de usar Miríade para controlar a população era antiética e uma ação não vale a pena, mas não a ponto de defender ações indescritíveis de sua mãe, ela também aprendeu que o pai, Zor-El, desenvolveu o vírus Medusa como um meio de matar todas as formas de vida que não sejam kryptonianas, como um meio de defender Krypton da invasão; quanto mais ela aprende sobre as verdadeiras naturezas de seus pais, mais Kara se sente envergonhada de ser sua filha.

Kara tem uma boa relação com seus pais adotivos; Jeremiah e Eliza Danvers, embora os chamem pelo seus primeiros nomes ao invés de "pai" e "mãe". Ela esteve devastada quando soube da suposta morte em relação a seu pai adotivo e ficando feliz ao descobrir que ele estava vivo. Apesar de sua afeição, Kara não é cega por causa disso, já que seus pais biológicos a traíram no passado.

Kara também demonstrou lealdade a seus amigos. Por exemplo, quando todo mundo pensava que Lena soltou sua mãe adotiva da prisão e a culpava por isso, ela se recusava a aceitar que sua amiga era culpada. Quando a maioria dos integrantes das Lendas, Time Arqueiro e Cisco Ramon não confiava mais em Barry por conta das alterações no tempo, Kara, Oliver, Jefferson Jackson e Martin Stein ainda acreditavam nele; Kara também disse que faria a mesma coisa caso estivesse no estado emocional em que Barry se encontrava, sem pensar direito. Kara também se importa muito com seus familiares e amigos, confortando-os caso eles estivessem tristes e salvando suas vidas caso estivessem em perigo.

Kara também está disposta a morrer por seu mundo adotivo e que está disposta a fazer o que precisa ser feito para salvá-lo, seja sacrificando sua própria vida, desistindo de sua própria felicidade, ou até mesmo, lamentavelmente, matando alguém. Por exemplo, ela deu a Parasita mais uma chance de se levantar e desistir, mas ele estava longe demais e, depois de ver o quão perigoso ele era e não ter os meios para contê-lo, ela teve que sobrecarregá-lo com tanta energia o destruiu. Outro exemplo é quando Rhea quebrou sua promessa de deixar o planeta e começou a destruir National City, matar a população e ameaçou aniquilar o resto do planeta, com a bênção de Mon-El, ela ligou o dispositivo de Lex enchendo a atmosfera da Terra com chumbo o que tornava impossível que todos os Daximitas pudessem sobreviver na Terra.

Depois de enviar Mon-El embora durante a Invasão Daxamita, Kara ficou arrasada e distraída, já que estava se tornando completamente Supergirl. Isso criou um buraco em suas relações pessoais, e começou a cair embora da companhia de seus amigos e seu emprego. Kara também desiste de encontrar o seu amor verdadeiro, já que ele acredita que como não é humana, ela está acima disso. Mas, depois de um tempo ela começa a se superar de Mon-El e volta a ser o seu antigo eu. Além disso, Kara aceita o fato de ser uma Kryptoniana e nunca poder ser uma humana.

Adicionalmente, Kara também é boa em aceitar as coisas, aceitando sua irmã adotiva sendo lésbica. Ela depois também aceitou o fato de Mon-El estar casado com Imra Ardeen, e que os dois nunca estarão juntos novamente. Ela também continua a ser gentil com Imra apesar de sua dor.

Poderes e habilidades

Poderes

  • Fisiologia Kryptoniana: Normalmente, como todos os kryptonianos, as capacidades de Kara não são maiores do que um ser humano normal de seu condicionamento físico. No entanto, uma vez carregada pela energia de um sol amarelo e metabolizada em seu corpo, ela ganha uma variedade de habilidades tremendas. Embora genérica para sua raça, ter crescido metade de sua vida com esses poderes permitiu que ela usasse essas habilidades com um controle muito maior e um nível de poder bruto igualmente maior em comparação com outros Kryptonianos. Quando Superman estava sob os efeitos da Kryptonita Prateada ele lutou com ela sem restrição e ainda assim ela era capaz de, embora mal, melhor sua prima mais poderosa e experiente em sua luta, usando sua raiva para lutar contra ele; no entanto, deve-se notar que Clark e Kara estavam à beira da exaustão na época.
    • Absorção de energia solar: Enquanto os poderes de Kara dependem do espectro de energia de um sol amarelo, seu corpo é capaz de absorver constante e passivamente tal energia enquanto exposto a ela, essencialmente mantendo suas reservas totalmente carregadas quase constantemente. A exposição direta à luz do sol também acelera a recuperação de qualquer lesão que ela consiga sustentar.
      • Fator de cura acelerado: O metabolismo de Kara é tremendamente aumentado pela energia solar, permitindo capacidades de cura aceleradas e queimando calorias rapidamente, tornando-a praticamente imune a se tornar gorda ou obesa. Ao ser atingida por um martelo de guerra alienígena que penetrava na pele de seu braço, quando a peça foi removida, ela se curou instantaneamente. Ela muitas vezes gosta do luxo de comer uma variedade de alimentos sem medo de se tornar obeso.
        • Imunidade continua: Kara tem imunidade contra todas as formas de doenças e contaminantes na Terra. No entanto, apesar de ser incapaz de ser inebriada ou intoxicada por drogas ou álcool da Terra, ela mostrou-se ter uma tolerância particularmente baixa ao álcool alienígena.
    • Voo: Kara é capaz de manipular seu próprio campo gravitacional para gerar impulso e impulsionar-se através do ar, muitas vezes em velocidades hipersônicas, muito mais rápido do que ela pode viajar a pé. Como tal, ela é capaz de levitar e voar através da atmosfera da Terra e perto da órbita do planeta. James uma vez descreveu ela como sendo ainda mais rápida que Clark.
    • Visão de calor: Ao concentrar cada reserva de energia solar que ela tem em seu corpo, Kara pode emitir raios de energia azul de intensidade variável e temperatura de seus olhos. Devido ao seu controle sobre as vigas, ela demonstrou ser capaz de queimar pedra e metal de solda, causando pequenas explosões e incêndios, e repelindo fisicamente inimigos com durabilidade semelhante, tornando-a útil em combate. Na potência máxima, as vigas poderia sobrecarregar um alvo com energia, como fez com o machado de Vartox e Tornado Vermelho, bem como danificar inimigos altamente duráveis, como ela foi capaz de usá-lo para deixar Non cego e aparentemente inconsciente quando ela subjugou sua própria visão de calor. No entanto, ela o utilizou pessoalmente para usos mais mundanos, como aquecer bebidas e cozinhar alimentos.
    • Invulnerabilidade: Kara é essencialmente invulnerável a todas as armas humanas, com balas simplesmente ricocheteando sempre que entram em contato com sua pele. No entanto, sua durabilidade provou ser um pouco mais fraca do que a de seu primo, Clark Kent. Isso provavelmente se deve ao fato de ele ter passado mais tempo sob o sol amarelo da Terra do que Kara. Ela é imune a maioria das formas de punição extrema, como mostrado quando ela estava completamente afetado por ataques com do Exoesqueleto de Átomo, e a arma de fogo de Mick Rory. Ela também foi capaz de resistir aos relâmpagos do Flash apesar de ter nocauteado tanto Nuclear quanto Átomo, embora isso possa ser porque não foi tudo direcionado a ela. Caitlin Snow até afirmou que Kara era "invencível" enquanto ela controlava a mente para lutar contra Barry. No entanto, sua quase imunidade a danos e forças externas não a protegeu do dispositivo de controle mental do Dominador, o que a forçou a se voltar contra seus aliados. Sua invulnerabilidade foi posta à prova quando Overgirl explodiu em uma supernova à queima-roupa, e Kara foi enviada caindo de volta ao chão, mas sobreviveu sem nenhum dano. No entanto, sua invulnerabilidade, embora incrível, pode ser quebrada se ela lutar contra seres de força igual ou até superior, como quando ela lutou com Superman, pois os ataques ferozes de sua prima foram capazes de confundi-la e deixá-la inconsciente, embora ela o derrotasse. e depois Régia, que conseguiu machucá-la e sangrar muito durante a luta
    • Longevidade: Como um Kryptoniano, o tempo de vida de Kara é consideravelmente mais longo do que um ser humano normal e, da mesma forma, envelhece muito mais devagar.
    • Super sopro: Kara é capaz de exalar fortes rajadas de ar de sua boca que são semelhantes a ventos fortes. Ela também pode fazer com que a temperatura de sua respiração diminua, portanto, capaz de congelar quase qualquer coisa.
    • Super audição: Kara tem ouvidos super-sensíveis que podem perfeitamente captar sons a quilômetros de distância e até mesmo através de estruturas.
    • Super velocidade: Kara possui a capacidade de se mover em velocidades hipersônicas, tanto por voo quanto a pé. Uma vez que ela começou a usar seus poderes de uma forma menos contida, ela foi facilmente capaz de mover-se a velocidades supersônicas ainda maiores a ponto de quase alcançar um velocista reforçado por táquion como Barry Allen, embora seja importante notar que Barry poderia então, e agora pode ser desarmado, facilmente ir mais rápido que Mach 13, enquanto a velocidade máxima de Kara fica em torno de Mach 6-7. Ela geralmente usa sua velocidade para aparecer e desaparecer mais rápido do que as pessoas podem notar, assim como para de alguma forma mudar dentro ou fora de seu traje Supergirl em segundos.
    • Super força: A força de Kara é aumentada sob um sol amarelo, o suficiente para matar facilmente um ser humano normal se ela fosse atacá-lo diretamente. Depois de abraçar seus poderes como Supergirl, o verdadeiro potencial de Kara começou a se manifestar, permitindo que ela parasse um trem se movendo em Mach 1, ou levantasse mais de um milhão de toneladas de material estelar condensado. Embora não seja ilimitado, a extensão de sua super força é indeterminada; tornando-a entre os mais fortes seres terrestres no multiverso conhecido ao lado de seu primo e J'onn J'onzz e ser forte o suficiente para prejudicar e eventualmente dominar Clark, apesar de sua força superior, quando ela teve a vantagem de ter foco total, enquanto ele não estava em estado de extrema ferocidade. Apesar de sua força, Kara ainda deve se esforçar fisicamente ao lutar contra outros seres superpoderosos com níveis similares de força e durabilidade, como outros Kryptonianos fortalecidos, bem como para levantar ou pressionar objetos ou estruturas maiores que ela, como aviões ou navios.
    • Super resistência: Kara pode correr, lutar ou voar por longos períodos sem se cansar. Sua resistência é aparentemente ainda maior do que a de seu primo, Clark, ela foi capaz de derrotá-lo em seu confronto (quando ele estava sob a influência de Kryptonita Prateada na época) devido a Kara perdê-lo em termos de resistência.
    • Imunidade à telepatia: Kara é imune à maioria das formas de poderes telepáticos, mesmo de alguém tão poderoso quanto J'onn J'onzz , mas não do dispositivo Dominator, Psi ou M'yrnn J'onzz.
    • Visão de Raio-X: Kara tem a capacidade de ver através dos objetos, exceto pelo chumbo.

Habilidades

Fraquezas

  • Kryptonita: Como todos os Kryptonianos, mesmo em sua força extrema, Kara é vulnerável a exposição de Kryptonita, um mineral radioativo de seu planeta natal Krypton. Dependendo da cor do elemento, ele pode causar diferentes efeitos nela;
  • Extrema energia: Extrema exposição a energia, como o traje de Reactron ou os raios de Curto-Circuíto, podem matar Kara.
    • Alta absorção de energia solar: Se Kara consumir bastante energia solar, isso irá agir como um veneno e poderá mata-la.
  • Energia solar vermelha: Kara é fraca em exposição a luz do sol vermelho.
  • Energia solar azul: Kara é fraca em exposição a luz do sol azul.
  • Chumbo: Mesmo com sua Visão de Raio-X, Kara não pode enxergar através de chumbo.
  • Altas frequências: Embora considerada uma força, a audição de Kara tem suas desvantagens. Como sua audição é mais sensível do que a de um ser humano normal, ruídos de tom mais altos (gritos sonoros, etc.) podem desorientá-la e causar dor em seus ouvidos, deixando-a vulnerável em uma briga. Portanto, inimigos com poderes baseados em som, como Banshee Prateada, podem ser poderosos o suficiente para fazer as orelhas de Kara sangrarem.
  • Tecnologia de amortecimento de som: As frequências projetadas pelo DEO bloqueiam a superaudição e causam uma leve dor ao Kara ao tentar usá-lo em áreas protegidas pela tecnologia.

Equipamento

  • Roupa de Supergirl: Kara usa um traje de proteção como seu alter-ego, Supergirl, para esconder sua identidade de seus inimigos, quando ela sai lutando contra o crime. Ele foi projetado por seu amigo Winn Schott e, embora também seja desconhecido o que materiais é feita a partir, é mostrado para ser tão imune a danificar como um kryptoniano, tendo apenas sido perfurado por tecnologia alienígena, como o machado de Vartox, e por Kryptonita. Kara é capaz de mudar seu traje em segundos com sua velocidade, geralmente mantendo-a sob suas roupas civis.
  • Óculos a base de chumbo: Quando adolescente, Kara recebeu um par de óculos de chumbo para ajudá-la a controlar seus poderes visuais.
  • Extrapolador Interdimensional: Dada a ela como um presente de Cisco, ela pode criar pequenas brechas para permitir a viagem entre a Terra Um e a Terra Trinta e Oito a qualquer hora que ela quiser. Também possui funcionalidade de comunicação que pode permitir o contato entre universos.
  • Traje protetor: Kara usa uma armadura dada à ela por Lena Luthor, para que sobreviva ao ar da Terra, que foi infectado por kryptonita.
  • Anéis de Vôo da Legião: Durante sua estadia em Argo City, Mon-El lhe deu um anel da Legião para Kara. Após derrotarem Régia, Mon-El devolve o anel para Kara, para ligar pra Legião caso necessitasse de ajuda.

Aparições

Supergirl

1ª Temporada

2ª Temporada

3ª Temporada

4ª Temporada

5ª Temporada


Flash

2ª Temporada

3ª Temporada

4ª Temporada

5ª Temporada

Arqueiro

5ª Temporada

6ª Temporada

7ª Temporada

DC's Legends of Tomorrow

2ª Temporada

3ª Temporada

4ª Temporada

Quadrinhos

Adventures of Supergirl


TV Guide Comic-con edition

The Chronicles of Cisco

Galeria

Artes conceituais

Curiosidades

  • Fisicamente, Kara possuí 25 anos no começo da série. No entanto, por conta de ter 13 anos quando saiu de Krypton, passando 24 anos na Zona Fantasma (e não envelhecendo), e escondendo seus poderes pelos próximos 12 anos na Terra, cronologicamente dizendo, Kara possuí 49 anos no começo da série.
  • Kara é a única protagonista do Arrowverso em não ser originária da Terra-1, mas sim da Terra-38.
    • Ela também é a única heroína do Arrowverso em não ter um segundo traje, e não possuir um traje criado por Cisco Ramon.
  • Kara é a primeira de duas personagens que aparecen em Arqueiro e DC's Legends of Tomorrow, com a outra sendo Alex Danvers. Ela também é um das sete personagens de Supergirl que apareceram em Flash, com os outros sendo J'onn J'onzz, Alex Danvers, Clark Kent, Lois Lane, Eve Teschmacher e Mon-El.
  • Kare teve seu primeiro celular quando tinha 16 anos de idade.[28]
  • Kara normalmente acorda às 6:45 da manhã.
  • Por conta de suas habilidades em canto, Alex diz que ela colocou o "Kara" em karaokê.[29]
  • Kara gosta de comedias românticas e musicais.
  • Ela odeia ópera.[31]
  • Kara é fã da franquia Star Wars.[32]
  • Kara uma vez disse que esteve em 12 planetas diferentes entre seu caminho de Krypton até a Terra.
  • Até agora Kara só teve três interesses românticos; James Olsen, Adam Foster e Mon-El. Winn Schott também teve sentimentos por ela, mas eles não foram correspondidos, e Winn seguiu em frente.
    • Adicionalmente, Sara Lance, Mick Rory e Mr. Mxyzptlk estiveram atraídos por Kara.
    • Aparentemente, Kara teve quatro ex-namorados antes dos eventos da série, com seus narizes sendo quebrados quando iam se beijar, por conta de sua força.
  • Ela é fã da banda dos anos 90, NYSYNC.
  • Seu "OTP" é Justin Timberlake e Britney Spears.[33]
  • Kara é destra.
  • Kara chegou na Terra em 2003, já que a série começa em 2015, assim como notado por um prisioneiro de Forte Rozz dizendo que eles se esconderam na Terra por doze anos.[1] "Medusa" se passa no Dia de Ação de Graça, e durante "The Martian Chronicles", que se passa em Dezembro já que "Sr. e Sra. Mxyzptlk" se passou no Dia dos Namorados, Kara celebra seu 13º aniversário na Terra.[34] Podemos dizer que, Kara pousou na Terra em algum momento de Dezembro de 2003.

Por de trás das câmeras

  • Por conta do papel de Brandon Routh como Superman no filme de 2006, Ray Palmer diz que Kara se assemelha a sua prima.
  • Kara Zor-El fez sua estreia em Action Comics #252 (Maio de 1959), como prima de Superman, lançada antes da destruição de Argo City. Ela mais tarde morreu durante os eventos de Crise nas Infinitas Terras (Outubro de 1985). Kara mais tarde foi re-introduzida no segmento do universo DC em Superman/Batman #8 (2004). Ela foi criada por Otto Binder e Al Plastino.
  • Nos quadrinhos, Supergirl usou diversos nomes para sua identidade secreta; Kara Kent, Linda Lang, Claire Connors e o mais famoso Linda Lee Danvers, que mais tarde foi adaptado para ser uma personagem separada. O nome de Supergirl na série, "Kara Danvers" é uma combinação de alguns nomes, sendo mais tarde adquirido nos quadrinhos.
  • Supergirl marca a terceira adaptação de Kara Zor-El; aparecendo anteriormente no filme de 1984 sobre a Supergirl (interpretada por Helen Staler), e em Smallville (interpretada por Laura Vandervooth). Ambas as atrizes já apareceram na série.
  • As habilidades de canto de Kara é por conta de sua atriz, Melissa Benoist, ter interpretado a a personagem Marley Rose na série musical Glee.

Referências


O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.