FANDOM


Kate Kane
Civil - Batwoman

Kate Kane

Informação
Ocupações Vigilante
Estado atual Viva
Família Jacob Kane (pai)
Gabriele Kane (mãe; morta)
Beth Kane (irmã)
Catherine Hamilton-Kane (madrasta)
Mary Hamilton (meia-irmã)
Thomas Wayne (tio; morto)
Martha Wayne (tia; morta)
Bruce Wayne (primo)
Universo de origem Terra-1
Intérprete Ruby Rose
Alter ego Batwoman
Fonte

Katherine "Kate" Kane[1] (nascida em Janeiro de 1990) é uma indivídua rica, a filha de Jacob Kane e da falecida Gabi Kane, a irmã gêmea de Beth Kane, a enteada da falecida Catherine Hamilton-Kane, a meia-irmã de Mary Hamilton, a prima de Bruce Wayne e a ex-namorada de Sophie Moore. Ao retornar para Gotham City para salvar Sophie da Gangue do País das Maravilhas, ela descobriu sobre a identidade secreta de Bruce como o Batman, e tomou seu manto e começar a operar como a vigilante conhecida como Batwoman.

Biografia

Vida anteriormente

Kate Kane é a filha do Coronel Jacob Kane e de uma mulher sem nome, tendo também uma irmã, Beth Kane. Enquanto crescia, Kate foi muito próxima de seu primo, Bruce Wayne, pessoa no qual ela considerava-o como um irmão mais velho. Quando crianças, ela e sua irmã visitaram a Wayne Enterprises, onde Kate convenceu Beth a entrar no escritório de Bruce. Kate notou o colar de uma mulher sendo mostrado. No momento em que ia tocá-lo, ela foi impedida por Beth, sendo convencida pela mesma a sair do local.

Em algum momento, Kate e Beth tinham um colar com um rubi em seu centro.

Em Janeiro de 2003, Kate e Beth estavam em um carro dirigido por sua mãe, mas o automóvel sofreu um acidente ao ser colidido com um ônibus, roubado pelo Coringa. O carro da família começou a cair, mas foi impedido pela chegada do Batman, que prendeu o carro na ponte, conectados por sua arma de gancho. Acreditando que o carro estava seguro, ele saiu do local para salvar as crianças do ônibus sequestrados. Porém, o ilar da ponte começou a ceder, Kate então escalou o carro e gritou ao Batman, questionando-o do porque estar indo embora. Beth tentou chamar sua mãe, porém não houve respostas. Kate alcançou a mão de sua irmã, mas já era tarde demais; o pilar da ponte cedeu e o carro caiu em um rio abaixo. Por conta disto, Kate começou acreditar que Batman apenas se importava em derrotar os vilões.

Esta tragédia fez com que Kate e seu pai, Jacob, ficassem devastados pelo ocorrido. Durante seu tempo de cura, Bruce confortou sua prima. Em algum momento, o pai de Kate casou-se com Catherine Hamilton, e então ela conheceu sua irmã adotiva, Mary Hamilton.[1]

Estudando na Academia Point Rock

Conhecendo Sophie Moore

Querendo juntar-se à companhia de segurança de seu pai, a Crows Security, Kate estudou na Point Rock Academy, onde conheceu Sophie Moore. Apesar das regras explicitas contra homossexualidade na academia, ambas se apaixonaram e, às vezes, saíam escondidas para namorar.[1]

Expulsa

Algumas semanas antes de sua graduação, Kate e Sophie esconderam-se atrás de uma cabana, onde se beijaram e gravaram seu nome na madeira. Um superior avistou-as, e anunciou sobre sua violação do código de conduta da academia. A academia as fez negar sobre sua paixão, mas Kate desafiou tais ordens e foi expulsa. Porém, Sophie mentiu e permaneceu na academia, querendo-se graduar, e aceitou a oferta proposta pela escola. Por conta de seus diferentes ideais, as duas terminaram.[1]

Treinamento

Jacob sugeriu que Kate saísse de Gotham e treinasse ao redor do mundo, aprendendo diferentes táticas de combates e especialidades em sobrevivência.[1]

Retorno à Gotham

Conhecendo Alice

Em 2018, Kate esteve treinando com um idoso em algum lugar com gelo. Então, ela recebeu uma ligação de Mary, que a informou do sequestro de Sophie pela gangue de Alice. Imediatamente, Kate retornou à Gotham mais cedo do que queria, e então foi direto à sede da Crows Security, onde visitou seu pai. Ela questionou-o sobre o desaparecimento de Sophie e ofereceu sua ajuda, mas seu pai discordou e teve de sair para atender uma ligação.

Querendo respostas, Kate foi até a Wayne Enterprises para usar seu sistema de segurança. Ela escalou o prédio, chegando ao escritório de Bruce e lembrando-se do tempo em que entrou no local com Beth. De repente, o chefe de segurança, Luke Fox, apontou uma arma à Kate. Sabendo que seria algemada, Kate pegou um clipe de papel na mesa. Ela tentou apresentar-se como a prima de Bruce, mas Luke recusou-se acreditar em Kane. Ela então levou-a à sala de vigilância e chamou a polícia, mas Kate se libertou de suas algemas e algemou Luke. Kate entrou no sistema, copiou as filmagens da gangue e saiu do local, deixando as chaves das algemas no chão.

Chegando na casa de seus pai, Kate foi surpreendida por uma festa de boas-vindas. Enquanto conversava com Mary, as irmãs são interrompidas por Catherine, mãe adotiva de Kate, que questionou se podia tirar uma foto. Atrás dela, Kate viu uma foto de seu pai aceitando Sophie na Crowns, e então relembrou-se de sua história turbulenta com Moore. Kate mostrou as filmagens para seu pai, e então rastreou a gangue em Burnside Orphanage. Kate foi até lá primeiro, enfrenando diversos capangas, mas acaba sendo nocauteada. Após acordar, Kate conheceu Alice, a líder da gangue. Alice zombou de Kate por um tempo, e então nocauteou-a novamente, mandando-a para uma clinica ilegal dirigida por Mary. Após seus ferimentos serem fechados por Mary, Kate retornou à Crowns para informar seu pai. Ao invés de ouvi-la, Jacob se irritou, e então Kate desistiu e planejou fazer o resgate por conta própria.[1]

Tornando-se Batwoman

Kate foi novamente até a Wayne Enterprises, onde tentou convencer Luke em chamar Bruce. Antes de fazer, ela notou algo fora do lugar na prateleira de seu primo. Ao mover o objeto, a estante se abriu, revelando um elevador secreto. Apesar das negações de Luke, Kate entrou no elevador e desceu, descobrindo a caverna de Batman, e chegando na conclusão de que seu primo era tal vigilante mascarado. Vendo jornais noticiando o acidente de sua família, Luke explicou que Bruce pensou em ter feito os cálculos certos, mas houve um erro. Kate questiona Luke para concertar o traje do Batman, para que ele sirva em si. Após isto, ela mesma foi emboscar Alice e sua gangue. Ela entrou em confronto com Alice e seus capangas, onde saiu vencedora. Porém, Sophie caiu de um arranha-céu, mas foi pega por Kate e, milagrosamente, ambas caíram numa cama. Kate retornou ao local do confronto, mas Alice já havia fugido, mas notou a faca usada pela vilã cravada na parede. Depois disto, Kate retornou à Crowns, onde foi até Sophie. Elas trocaram elogios até a aparição do esposo de Sophie, Tayler, chocando Kate. Ela então foi até seu pai, que admitiu ter mandado-a embora por medo de perdê-la, semelhante a sua filha e esposa, mas disse que aceitaria caso Kate quisesse entrar na Crowns. Kate retornou à Batcaverna, onde começou a escrever cartas para Bruce. Ela examinou a faca que Alice jogou, reconhecendo a joalheria embutida nela. Kate comparou com a semelhante em seu colar, e descobriu uma chocante revelação: Alice e sua irmã, Beth, são as mesmas pessoas.[1]

Três dias depois, dois membros da Gangue do País das Maravilhas atacam um caminhão da Crows, onde Kate os confrontam como Batwoman e se surpreende ao descobrir que seu traje é à prova de balas. Ela derruba um deles, levanta sua máscara e o questiona da localização de Alice, mas outros carros da Crows chegam ao local e Batwoman foge. A heroína dirigiu através Gotham em sua motocicleta, indo em direção à torre da Wayne Enterprises. Ela pega um elevador para a Batcaverna, onde é confrontada por Luke e questionada por onde esteve. Ele a alertou de que não pode continuar ir às ruas fingindo ser o Batman, mas Kate insiste que quase nem está fazendo isto, como um modo de encontrar Alice e ter certeza se ela é sua irmã, Beth.[2]

No dia seguinte, Kate se encontra com Catherine e Mary para o café da manhã, e Jacob chega dizendo que a Crows não teria matado os membros da gangue caso Kate estivesse lá. Mary levanta o fato de que Sophie está casada com um cara, mas Catherine a adverte e diz para ela esquecer. Kate então diz que Alice é a Beth, explicando que conseguiu uma faca da vilã com uma gema, semelhante na qual Beth tinha. Jacob insistiu de que fatos são fatos, e que Beth estava de fato morta, pois fragmentos de sua caveira haviam sido encontrada anos atrás. Kate disse que iria provar e sai da mesa, retornando à Batcaverna para examinar a faca.[2] 

Túnel do Tempo

Conhecendo outros heróis

Em algum momento após a realidade ser alterada, Batwoman permaneceu no topo de uma torre de relógio em Gotham.[3]

Depois de Oliver Queen, Barry Allen e Kara Danvers serem presos, Kate pagou sua fiança e pediu à um guarda para escoltá-los até a Wayne Enterprises. Após chegarem lá, ela ofereceu ajuda na condição de que saíssem de Gotham, já que ela não queria que "Oliver" causasse mais problemas. Ela os levou até o terraço e lhe entregou equipamentos para procurar quem eles queriam, enquanto a mesma assistia por uma câmera de segurança. Depois de um tempo, Kara entrou. Kara se desculpa por fazer várias questões, percebendo que o nome Bruce Wayne era notável. Kate disse que sabia, já que ela e Bruce são primos. Kara menciona que seu primo é um aminimigo de Bruce, e depois pergunta se manter sua vida privada em segredo havia o quebrado. Kate responde dizendo que assistir a cidade desmoronar, é difícil de se manter inteiro, e que Bruce foi possivelmente forçado a sair. Kara entendeu e lhe pergunta sobre John Deegan. Kate lhe disse que ele trabalha no Asilo Arkham. Após Kara sair, Kate usou um elevador para ir até uma caverna, onde seu traje estava guardado.[4]

Quando Barry e Cisco foram atacados por prisioneiros de Arkham, ela aparece como Batwoman e os salva, derrotando também o Pirata-Psíquico. Ela diz que Kate havia lhes contado para saírem da cidade, e que eles deveriam ter escutado. Ela começa a andar e os deixa para trás.[4]

Depois, quando o Flash e o Arqueiro Verde estavam lutando entre si, ela os neutraliza e os fazem perceber que foram expostos à um gás. No portão do Asilo, ela disse para que saíssem de sua cidade, e têm uma conversa com Supergirl, cuja pessoa ela identifica como Kara Danvers. Elas apertam as mãos e depois vão embora.[4]

Após a realidade voltar ao normal, ela contatou Oliver Queen perguntando se o doutor que eles levaram para o Arkham seria um problea, já que ele fez um novo amigo lá: o Pirata-Psíquico.[5]

Possível futuro

Batwoman pode estar envolvida na Crise de 2019, junto do Flash, Supergirl, Canário Branco, Arqueiro Verde e outros heróis.[6]

Futuro apagado

Quando, originalmente, a Crise de 2019 se passasse na noite de 25 de Abril de 2019, Batwoman, junto de outros heróis, esteve envolvida no evento. No evento, o Flash batalhou contra o Flash-Reverso antes de ambos desaparecerem da linha do tempo. Porém, baseadas em comentários de diversas pessoas, existem versões contraditórias destes eventos (um conto onde o Flash foi ajudado pela Supergirl e o Átomo, uma equipe formada pelo Arqueiro Verde, Batwoman e Homem-Elástico e uma versão onde O Flash foi ajudado por todos estes heróis).[7]

Habilidades

  • Pico da condição física humana: Como vigilante e ex-membra da Academia de Rock Point, Kate está na melhor condição física, forte o suficiente para lançar seus inimigos no ar e rapidamente dominar adversários muito maiores que ela com relativa facilidade. De fato, sua força física parece até um pouco desumana, pois ela conseguiu levantar e conviver com homens crescidos com facilidade. Ela era forte o suficiente para perfurar o gelo debaixo d'água. Kate tem um alto nível de resistência, pois foi capaz de prender a respiração por um longo período de tempo debaixo d'água.
    • Acrobacia: Desde que se tornou Batwoman, Kate desenvolveu habilidades de corrida livre e pode cair de uma altura de vários metros sem se machucar. Suas habilidades permitem que ela se esquive e ataque com fluidez de diferentes direções sem perder o equilíbrio. Ela também mostrou ser capaz de chegar ao topo dos arranha-céus em Gotham. Quando Kate voltou para casa, ela foi capaz de subir facilmente até uma janela do prédio da Wayne Enterprises.
  • Mestra em combate/Artes marciais: Kate é uma combatente desarmada altamente competente e uma artista marcial extremamente qualificada. Ela foi capaz de subjugar rapidamente Oliver Queen, um mestre em artes marciais, e Barry Allen simultaneamente quando a realidade havia sido alterada e eles tinham os poderes e habilidades um do outro, embora isso os pegasse de surpresa. Seu estilo de luta até agora é composto de boxe, tai chi, kung fu, e ela também demonstrou habilidade em lidar com seus oponentes em uma luta. Cisco Ramon se referiu a Kate como "durona" apenas momentos depois de testemunhá-la em ação, e Supergirl chegou a afirmar que ambas formariam um bom time, não muito diferente do relacionamento de seus primos.
    • Mira: Kate mostrou ter grande precisão, quando ela jogou um batarang em um fugitivo do Asilo Arkham e pegou seu batarang, retornando para ela depois de acertar o preso.
  • Intimidação: Como Batwoman, Kate tem uma aparência intimidadora, capaz de incutir medo em amigos e inimigos. Isso foi visto quando um criminoso do Asilo Arkham gritou de medo quando viu a Batwoman.
  • Infiltração: Kate é extremamente reservada, sendo capaz de se aproximar de outras pessoas sem ser vista.

Equipamento

  • Traje de Batwoman: Durante suas ações como a vigilante Batwoman, Kate usa um traje protetor para esconder sua identidade secreta de seus inimigos.
    • Peruca vermelha: Kate usa uma peruca vermelha para poder esconder sua identidade enquanto luta contra criminosos.
  • Batarang: Kate usa um objeto, que pode ser arremessado, em forma de um morcego.
  • Arma de gancho: Kate usa um pedaço de fio monofilamentar preso a um carretel e é usada principalmente para escalar prédios e alvos.

Aparições

Flash

5ª Temporada

6ª Temporada

Arqueiro

7ª Temporada

Supergirl

4ª Temporada

5ª Temporada

Batwoman

1ª Temporada

Galeria

Elseworlds

Curiosidades

  • Kate é vegana.[1]

Por de trás das cenas

  • Na continuidade dos quadrinhos da DC Comics, Kate Kane é a super-heroína conhecida por Batwoman, afiliada com a Bat-Família. A personagem foi criada originalmente sob o nome de Kathy Kane, em 1956, e serviu como um interesse romântico recorrente do Batman até sua retirada dos quadrinhos em meados 1960; ela voltou novamente em 1970, mas foi morta. Em 2006, uma nova versão da personagem, agora chamada de Kate Kane, foi reimaginada como sendo uma personagem LGBT assumida, e introduzida na continuação pós-Crise Infinita. No entanto, a versão original de Kate também foi reintroduzida nos quadrinhos em 2011 na série Batman Incorporated. Esta versão da personagem do Arrowverso é baseada na personagem de 2006.
  • Nos quadrinhos, a Batwoman teve um relacionamento com Maggie Sawyer. As personagens inclusive ficaram noivas, mas a DC Comics optou por não fazer o casamento, e em forma de protesto, os escritores dos quadrinhos da personagem saíram.
  • Diferente de sua contraparte dos quadrinhos, que é ruiva natural, o cabelo vermelho de Kate é apenas parte de seu traje como Batwoman.
  • Nos quadrinhos, antes dos Novos 52, Kate não possuía nenhuma relação com a família de Bruce Wayne.

Referências

  1. 1,0 1,1 1,2 1,3 1,4 1,5 1,6 1,7 "Piloto"
  2. 2,0 2,1 "The Rabbit Hole"
  3. "Elseworlds, Part 1"
  4. 4,0 4,1 4,2 "Elseworlds, Part 2"
  5. "Elseworlds, Part 3"
  6. "Legacy"
  7. "Nora"
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.