Arrowverso Wiki
Advertisement

"Eu só queria salvar vidas, e então fui acusada de ser uma assassina em massa."
—Lynn Stewart para Lauren Caruso[fonte]

Doutora Lynn Stewart é uma neurocientista no Colégio Bowman. Ela é também a irmã de John Stewart, a mãe de Anissa e Jennifer Pierce e a esposa de Jefferson Pierce.

Biografia[]

Pré-Crise[]

Vida pregressa[]

Enquanto crescia, Lynn costumava ir caçar com seu pai.[1]

Em algum momento, Lynn conheceu e se apaixonou por Jefferson Pierce e, eventualmente, os dois se casaram.[2] Ao descobrir sobre os poderes de seu esposo, Lynn lhe disse que seus dons eram "uma bênção de Deus". [3]

O casal então teve sua primeira filha, Anissa Pierce, em 28 de junho de 1994.[4] Quando Anissa se assumiu lésbica para Lynn e Jefferson, houve um silêncio por alguns minutos. Logo após isso, os dois a abraçaram.[5]

Em 7 de outubro de 2001, Lynn teve sua outra filha, Jennifer Pierce.[4]

Lynn com Jeff ensanguentado

Lynn encontra Jeff ensanguentado.

Quando Jefferson voltava de suas atividades como o vigilante Raio Negro, Lynn geralmente o encontrava em um estado deplorável. Em uma noite, ela encontrou seu esposo ensanguentado em uma banheira, completamente ferido. Ela se ajoelhou perto dele e pediu para que parasse, ao que Jefferson disse que aquela havia sido a última vez.

No entanto, Jefferson quebrou sua promessa e continuou operando como Raio Negro, retornando mais uma vez sangrando para casa. Jennifer o viu ferido, mas Lynn a tirou do banheiro. Ela então anunciou que queria o divórcio.

Após se divorciarem, Lynn e Jefferson dividiam as custódias de suas filhas, embora elas vivessem com seu pai.[2]

Retorno do Raio Negro[]

Em 2018, Lynn compareceu a um evento beneficente na Escola Garfield High, onde conversou com Jefferson sobre suas filhas e também flertou com seu ex-esposo. Na manhã seguinte, Lynn foi até a casa dele para acalmar Jennifer, que tinha passado por problemas no Clube 100. Quando Jeff voltou, Lynn se preparou para sair e o perguntou se o Raio Negro estava de volta, pois foi ele quem resgatou sua filha na noite anterior, mas ele negou. No próximo dia, Lynn foi até a escola depois que Anissa e Jennifer foram sequestradas por Will. Quando Jefferson saiu, afirmando que iria resgatá-las, Lynn deu seu apoio, percebendo que ele iria agir como Raio Negro para salvá-las. Naquela noite, as duas acabaram sendo levadas para casa por Bill Henderson, e então Lynn e Jeff as abraçaram.[2]

Lynn conversando com Gambi sobre Jefferson

Lynn conversando com Gambi sobre Jefferson.

Enquanto dormia com Jennifer, que ainda estava abalada por seu sequestro, Lynn ouviu um barulho e encontrou Jefferson caído no banheiro se contorcendo de dor. Ela o ajudou e o confortou, enquanto ele lhe assegurava de que o Raio Negro estava aposentado. No dia seguinte, no lado de fora da casa com Jen, sua filha foi atacada por Malik, que entregou uma mensagem de Lala ao sujá-la com tinta vermelha. Lynn se levantou e a tranquilizou. À noite, Lynn esteve bebendo vinho quando Jefferson apareceu e os dois tiveram um momento íntimo. No entanto, após a morte de Lawanda White, Jefferson decidiu reassumir suas atividades como Raio Negro, o que irritou Lynn. No dia seguinte, Lynn foi até Peter Gambi, culpando-o pela decisão de Jefferson. Porém, o homem rebateu as acusações, sugerindo que ela era o vício de Jefferson ao invés de seus poderes, e que a decisão era dele para ser tomada. Ao voltar para casa, Jeff reafirmou sobre sua decisão.[3]

Lynn compareceu ao funeral de Lawanda junto com sua família. Pela noite, ela jantou com Jefferson e Jennifer. Sua filha disse que planejava transar com seu namorado, Khalil Payne, naquele fim de semana, deixando-os sem palavras. Na manhã seguinte, Lynn se encontrou com Jeff em seu escritório na Garfield High, sugerindo que ela conversasse com Jen sobre sua decisão. Naquela noite, Lynn e suas filhas participaram da manifestação do Reverendo Jeremiah Holt contra a Gangue 100. O evento acabou chegando ao fim depois que o Reverendo Holt e Khalil foram baleados. No hospital, enquanto Anissa confortava Jen, Lynn conversou com Jefferson, admitindo a ele que o perigo continuava a existir, independendo de seu vigilantismo. Ela então foi conversar com Anissa, que revelou ter terminado com Chenoa. Lynn percebeu que algo continuava errado, e garantiu a sua filha de que poderia conversar com ela quando estivesse pronta.[6]

Quando Jennifer havia chegado em casa, Lynn e Jeff a pararam e a chamaram para conversar. Eles sugeriram que sua filha parasse de ver Khalil, pois estava interferindo com suas notas. Naquela noite, Lynn, Jeff e Anissa jantaram com Bill e sua esposa, Veretta Henderson e acabaram discutindo sobre o retorno do Raio Negro. Na noite seguinte, Lynn recebeu uma ligação de Jefferson, mas desligou. Ela retornou mais tarde, se desculpando e dizendo que o amava.[7]

Depois que Jeff desmaiou, Lynn foi ao Santuário para cuidar dele, fazendo-o prometer não ir às ruas até que descobrissem o que estava de errado consigo. Quando Jen quebrou o pulso de uma garota, Lana, a mãe e tia da garota foram à casa Pierce, furiosas pelo ocorrido. Lynn garantiu que eles assumiriam a responsabilidade. Após a família sair, Lynn colocou Jennifer de castigo.[8]

Lynn lendo o raio-X de Jefferson

Lynn lendo o raio-X de Jefferson.

Pouco depois, Gambi chamou Lynn mais uma vez para cuidar de um Jefferson inconsciente. Quando ele tentou flertar, ela começou a expressar o que sentia, alegando que ele a estava amarrando de volta a uma vida perigosa. No dia seguinte, no trabalho, o assistente de pesquisa de Lynn, Kam Yuen, mostrou a ela uma varredura do cérebro de um paciente viciado em Luz Verde, que ela comparou a uma varredura do cérebro de Jefferson. Na manhã seguinte, quando ela voltou ao trabalho, Lynn foi confrontada por Gambi, que implorou a ela para ajudar a falar com Jefferson, pois ele planejava matar Tobias Whale, mas ela estava totalmente hesitante e sem vontade. No final do dia, ela foi visitada por Anissa, que pediu que ela testasse alguns produtos químicos para ela, inicialmente se recusando a contar o que estava acontecendo, mas prometendo avisar sua mãe quando pudesse.

Na noite seguinte, Lynn falou com Anissa pelo telefone, dizendo-lhe que tinha feito progressos com os produtos químicos. Anissa perguntou se poderia ir ao Colégio Bowman para revelar tudo, mas Lynn foi interrompida por uma ligação de Gambi. Ele pediu que ela falasse com Jefferson, a quem ele então a encaminhou. Lynn falou com Jefferson, que estava prestes a matar Tobias Whale, lembrando-lhe que ele tinha duas filhas que dependiam dele. De repente, criminosos invadiram seu trabalho em busca de sua pesquisa, amarrando-a. Eles foram interceptados por Anissa, que exibiu seus poderes de força diante de Lynn. Antes que ela pudesse desamarrá-la, Raio Negro apareceu, sem saber, e começou a lutar com própria filha. Percebendo o que ele havia feito, os dois conseguiram que Gambi a ajudasse a transportá-la para casa, onde cuidaram de seus ferimentos, estando lá para ela quando ela acordasse.[4]

Na manhã seguinte, Lynn foi interrogada por um desenhista do Departamento de Polícia de Freeland antes de ser interrogada pelo inspetor Henderson. Ela e Jefferson saíram, discutindo a caixa de pesquisa que Anissa havia dado a Lynn. Eles também discutiram os poderes de Anissa, especulando sobre a possibilidade de Jennifer manifestar alguns. Lynn posteriormente se mudou para o porão da Alfaiataria Gambi para sua própria segurança, sendo visitada por Anissa, que trouxe algumas coisas para ela. Elas conversaram, e Lynn acidentalmente revelou a razão por trás da separação inicial dela e de Jefferson. Mais tarde naquela noite, Lynn pediu a Jefferson para treinar Anissa, vendo isso como uma forma de protegê-la. A fim de promover isso, Lynn pediu a Gambi para fazer um traje de vigilante para Anissa, ao qual ele obedeceu. Mostrando seus planos para Anissa, Lynn apenas pediu que ela ficasse o mais segura possível.[5]

Lynn conversando com Gambi sobre a vacina

Lynn conversando com Gambi sobre a vacina.

Lynn e Jefferson conversaram sobre suas filhas, principalmente relembrando a infância de Anissa e como ela sempre foi teimosa. Mais tarde, ela foi para o trabalho, onde Jennifer a ajudou a limpar seu laboratório após a invasão anterior. Ela notou que alguns documentos estavam faltando, mas permitiu que Jennifer fosse embora. Por causa dos arquivos perdidos, ela se dirigiu ao Laboratório PlasmaCorp, esperando obter os resultados da amostra que ela havia enviado. Ela os recebeu, determinando que o pó que obteve da pesquisa de Alvin Pierce continha os mesmos ingredientes ativos que a Luz Verde. Ela ligou para Jefferson para contar a ele, antes de visitar Gambi na esperança de conversar com alguns de seus contatos para acompanhamento. Depois que ele recusou, ela percebeu que ele tinha algo a ver com isso, e então disse que ele precisava falar com Jefferson. Quando Jefferson voltou para casa, ela o mandou para Gambi.[9]

No dia seguinte, Lynn e Jefferson entraram enquanto Jennifer surtava com a revelação de que seu pai era o Raio Negro. Os dois repreenderam Anissa por ter sido desrespeitosa e ter contado abertamente a ela. Anissa se desculpou, antes de sair do quarto. Lynn expressou suas dúvidas quanto à segurança de suas filhas, mas Jefferson fez o possível para tranquilizá-la. Depois disso, Lynn foi ao quarto de Jennifer, assegurando-lhe que elas poderiam conversar quando ela se sentisse pronta. Alguns dias depois, tendo o suficiente, Lynn sentou Jennifer, pedindo desculpas tanto quanto podia. Jennifer admitiu que ela só queria viver uma vida normal, ao contrário de sua irmã. Ela então caiu em lágrimas, enquanto Lynn a confortava.[10]

Depois de ter descoberto a localização das crianças desaparecidas da década de 1980, Jefferson foi conversar com Lynn sobre isso, antes que ela descobrisse que ele tinha "visão elétrica", provocando que ele pudesse ver por baixo de suas roupas. Pouco depois, ela trouxe Jennifer depois que ela teve uma explosão com seus poderes. Colocando-a em uma máquina de ressonância magnética, Lynn acabou descobrindo que suas células estavam criando energia pura, tornando-a efetivamente como um gerador. Pouco depois, a A.S.A. descobriu a identidade de Jefferson, fazendo com que a família tivesse que se esconder na casa de infância de Jefferson.[11]

Algum tempo depois que Jefferson foi falsamente preso por posse de drogas, Lynn tentou vê-lo na delegacia, mas como ela não era a esposa de Jefferson, não conseguiu. Henderson, no entanto, interveio, assegurando-lhe que estava trabalhando para libertar Jefferson. Ela saiu para entrevistar alguns advogados de defesa de Jeff. Pouco depois, Henderson atualizou Lynn, dizendo a ela que os federais estariam transferindo Jefferson. Após a maioria das entrevistas, Lynn consolou Jennifer, que acreditava que seu pai talvez nunca mais voltasse, mas Lynn assegurou-lhe que voltaria. Naquela noite, Jefferson foi finalmente exonerado, para grande surpresa de sua família. Quando foram comer, Gambi chegou, juntando-se a eles para o jantar.[12]

Lynn chamou Jefferson para seu apartamento onde eles fizeram sexo e discutiram sobre a série de eventos que aconteceram. Mais tarde, Lynn esteve recebendo amostras de Jennifer e garantindo que tudo ficaria bem com os poderes, e então apresentou possíveis soluções sobre como controlar os poderes de Jennifer. Então, Lynn e Jefferson discutiram sobre Jeff acreditar que Lynn estava tentando curar Jen de seus poderes. Lynn conversou com sua filha e afirmou que não estava tentando consertá-la, mas sim ajudar a dar opções. Lynn viajou com Gambi, Jennifer, Anissa e um Jefferson inconsciente para uma cabana deserta na floresta, usando o kit médico no gabinete para ajudar Jefferson.[13]

Lynn analisou para os sinais vitais de Jefferson e continuava a se preocupar com ele. Lynn consolou Jeff e expressou seus sentimentos, implorando que ele acordasse e voltasse para ela. Ao notar que Jeff estava acordando, ela o beijou e alertou aos outros sobre o despertar dele. Então, Lynn viu que os poderes de Jeff não estavam funcionando. Ela confirmou a Jeff que seus sinais vitais estavam de volta ao normal, mas Gambi revelou que a A.S.A. havia os encontrado. Lynn tentou tranquilizar Jennifer, que conseguiu restaurar os poderes de Jefferson. Quando os agentes da A.S.A. começaram a invadir a cabana, Lynn atirou em alguns agentes antes de fugir com sua família.

Lynn e a família aparecem no complexo da A.S.A. para confrontar Martin Proctor, e testemunhou Gambi atirar no homem, matando-o efetivamente. Lynn foi até os computadores próximos e olhou os sinais vitais das pessoas presas nas cápsulas, acreditando que poderia ajudá-las. Depois de tudo isso, a família Pierce voltou para sua casa.[1]

Trabalhando na A.S.A.[]

Lynn se reuniu com Jefferson na Cova e os dois começaram a se beijar apaixonadamente, mas Odell os interrompeu. O agente informou que nenhum deles poderia ir embora, pelo menos por enquanto. Mais tarde, Jeff revelou que era capaz de ver através das paredes e conversaram sobre Tobias e Issa. Lynn, em uma reunião com Odell, pediu por uma oportunidade para se despedir de Issa. Enquanto via o corpo do jovem meta e chorava por sua morte, Odell apareceu e garantiu que sua família estava segura em suas mãos.[14]

Lynn cuidando de Maryam

Lynn cuidando de Maryam.

Enquanto analisava dados, Lynn conversou com Jefferson sobre o quanto suas filhas haviam crescido. Jeff acreditava que Odell tinha segundas intenções, o que Lynn concordou, mas não poderia deixar meta-humanos jovens morrer por causa disso. Em seguida, eles foram levados para seu novo quarto, onde acabaram tendo uma discussão. Lynn cuidou de Maryam Luqman e prometeu deixar nada acontecer com ela. Enquanto testava os poderes dela, a garota acabou desmaiando e Lynn correu para ajudá-la, verificando seu pulso. Analisando alguns dados, Odell começou a questioná-la sobre os picos de energia de Jefferson, mas Lynn afirmou não saber de nada. Voltando para sua cela, Lynn e Jefferson acabaram discutindo após descobrir que ele havia interrogado Maryam.[15]

Odell pediu ajuda de Lynn para criar uma cura para um vírus que se espalhava. Ao descobrir que tal vírus poderia matar suas filhas, ela, hesitantemente, concordou em ajudar. Após analisar o vírus, Lynn foi capaz de deduzir que Helga Jace foi a criadora do vírus. O agente exigiu que ela criasse uma cura rapidamente, mas Lynn o relembrou de que estava apenas o ajudando, e não era uma funcionária. Mais tarde, Odell reuniu Lynn e Jefferson, informando-os de que eles poderiam voltar para casa. Ela então se reencontrou com Anissa e Jennifer, abraçando-as alegremente.[16]

Viciada em Luz Verde[]

Conforme continuava com sua pesquisa, mais meta-humanos acabavam morrendo em suas mãos. Se lembrando da ligação entre a Luz Verde e as vacinas de anos atrás, Lynn decidiu usar Luz Verde para se tornar mais inteligente. Ela acabou removendo as propriedades viciantes da droga, acreditando que isso poderia ajudá-la a chegar em uma resposta o mais rápido possível. Enquanto tratava de um meta-humano, eles conversaram sobre seu passado. Quando o homem esperava morrer, Lynn prometeu que não iria desistir dele e que poderia ajudá-lo. Ela então inseriu um líquido no homem. Richard acabou morrendo, mas ressuscitou alguns segundos depois, curado do vírus. Lynn então entregou a informação para Odell, que informou que pessoas estavam em perigo. Ela pediu por um carro.[17]

Acreditando que poderia ter chegado a uma possível resposta para a estabilização do meta-humanos, Lynn explicou para Odell sua pesquisa. Porém, ela informou que, para conseguir a estabilização, ela precisaria do único sobrevivente dos testes da Doutora Jace: paciente 49. Naquele dia, Lynn recebeu o paciente conforme solicitado. No entanto, para sua grande surpresa e desagrado, ele era ninguém menos que Tobias Whale, que estava com sua aparência verdadeira. Ela acabou inserindo o soro MB4 no criminoso para que pudesse trabalhar nele.

Após Tobias recuperar sua aparência jovem, Lynn explicou o motivo dele ter sido escolhido e como realizaria sua cirurgia. Ao ser provocada pelo criminoso, que ameaçou matar Jefferson, ela acabou inserindo a agulha sem aplicar uma anestesia, fazendo-o gritar de dor. Mais tarde, Lynn criticou Odell por não ter lhe avisado sobre Tobias. Ela então pediu que, quando terminasse com o criminoso, o fizesse "desaparecer pra sempre". O agente pediu apenas para que mantivesse informado.[18]

Lynn provocando Tobias

Lynn provocando Tobias.

Lynn compareceu ao funeral de Tavon com Anissa e Jefferson. Ao voltar para casa, ela discutiu com seu ex-esposo por ignorá-la antes de fazer algo, repreendendo-o por uma atividade imprudente como Raio Negro na noite anterior. Na A.S.A., Lynn foi verificar Tobias para ver como estava seu processo de cura e acabou o provocando. O vilão a ameaçou, mas Lynn não se abalou por isso. Ele então ameaçou expor o segredo de sua família se eles não fossem "amigos". Temendo pela segurança de sua família, Lynn perguntou o que ele queria, ao que o vilão pediu por uma lista dos meta-humanos presos.

Apesar do risco, Lynn começou a imprimir os arquivos. Enquanto aguardava a finalização, ela tomou uma dose de Luz Verde. Juntando-os em uma pasta, Lynn desativou temporariamente as gravações da cela de Tobias e lhe entregou os arquivos. Lynn ouviu Tobias fazer comentários desagradáveis enquanto aguardava ele terminar de ler os arquivos. À noite, Lynn voltou para casa e arrumou suas coisas para ir embora.[19]

Lynn foi chamada ao Santuário por Gambi, que pediu para que o ajudasse a invadir os computadores da A.S.A.. Ela estudou Erica Moran, mas ela demonstrou sinais de exaustão. Quando Major Grey exigiu que aprimorasse sua resistência, Lynn pediu para que tivesse acesso aos arquivos de mais meta-humanos. Depois que a mulher foi embora, Lynn comentou que ela a fazia "sentir falta do Odell". Ela então escaneou seu crachá com o dispositivo que Gambi lhe entregou.

Lynn e Gambi encontram Khalil

Lynn e Gambi encontram Khalil.

Enquanto Lynn e Gambi andavam pelo complexo, eles encontraram Khalil, para a grande surpresa dela. Embora Gambi lhe avisasse que aquele não era mais Khalil, Lynn o ativou e descobriu, para seu horror, que ele mesmo havia matado a mãe de Khalil. Gambi sugeriu que o desativassem, mas Lynn jurou que iria ajudá-lo, pois estava cansada de perder as pessoas. Antes de que Peter fosse embora, ela pediu para que não contasse sobre aquilo para Jennifer.[20]

Alguns dias depois, Lynn recebeu Tobias para mais testes. O criminoso a alertou que a A.S.A. pretendia transformar os meta-humanos em armas para seu exército. Lynn acabou encontrando uma sala repleta de algo que a organização pretendia usar, o que a deixou chocada. Voltando até Tobias, ela confirmou que havia percebido o quão vil a A.S.A. era, e que Tobias iria ajudá-la querendo ou não. Mais tarde, Gambi a informou de que a A.S.A. pretendia prendê-la na Cova depois que o Raio Negro se juntou à Resistência de Freeland. Antes de ir, ela colocou alguns potes de Luz Verde em sua bolsa e foi guiada por Gambi através do complexo. No entanto, ao chegar em uma van de fuga, ela acabou derrubando sua bolsa.[21]

Crise nas Terras Infinitas[]

Família Pierce e Gambi conversando sobre a situação de Jen

Família Pierce e Gambi conversando sobre a situação de Jen.

Quando uma tempestade de antimatéria tomou conta de Freeland, o corpo de Jennifer ficou instável, fazendo-a aparecer e desaparecer de seu universo. Lynn e a família Pierce se reuniram na casa de Anissa e conversaram com Gambi sobre o que estava acontecendo com sua filha. Henderson ligou pedindo ajuda, mas Jeff se recusou a ir. No entanto, Lynn, que culpava Jefferson pela disputa, exigiu que ele fosse enquanto tomavam conta de Jennifer.

Anissa revelou que Khalil estava vivo, mas Lynn não se abalou por aquilo, pois já tinha o visto antes. Quando sua filha sugeriu que deveriam matá-lo, Lynn se surpreendeu ao ouvir isso, e optou por tentar ajudá-lo. Anissa teve que ir quando Gambi informou que a ASA pretendia usar meta-humanos na batalha.

Eventualmente, Raio Negro e Tormenta retornaram. O corpo de Jennifer acabou se desfazendo, deixando apenas partículas laranjas no ar. Lynn tentou chamá-la, mas não recebeu uma resposta. Jefferson, então, desapareceu em um clarão de luz. Logo em seguida, Lynn, Anissa, Gambi e todo o universo foram mortos pela onda de antimatéria.[22]

Graças aos esforços dos Paragons e do Espectro, Lynn foi ressuscitada em um novo universo um mês depois.[23]

Pós-Crise[]

Na Terra-Prime, Lynn cresceu em uma família militar ao lado de seu irmão, John. Diferente dele, ela não seguiu uma carreira militar e optou por se tornar uma cientista.[24]

Guerra por Freeland[]

Sequestrada[]
Jefferson descobre que Lynn está viciada

Lynn discutindo com Jefferson.

Enquanto no Colégio Bowman, Lynn acabou se assustando com Jennifer e derrubou alguns frascos de Luz Verde, fazendo-a gritar com sua filha e começar a chorar pelo líquido. Em seguida, ela se desculpou, mas Jen garantiu que estava tudo bem. Quando um terremoto começou, ela entregou um pouco da injeção meta para que ela pudesse dar a seu amigo. Ela voltou para casa e começou a procurar por mais Luz Verde, mas Jefferson a encontrou. Os dois começaram a discutir e ele soltou o frasco no vaso sanitário. Irritada por aquilo, Lynn o estapeou. Quando seu esposo ficou distraído, Lynn começou a procurar pelo frasco, mas Jeff a tirou de lá. Em seguida, ela fugiu da casa.[25]

Enquanto em seu apartamento, Gambi apareceu e pediu por um soro da estabilização. Ela entregou, mas pediu por acesso aos meta-humanos na Cova. Naquela tarde, Lynn se encontrou com o Sargento Grayle, que entregou sua bolsa. O homem revelou que um doutor tentou recriar o soro, mas acabou resultado na morte de três metas. Lynn decidiu libertar Tobias para que pudesse criar mais soros de estabilização. Na sede da ASA, Lynn testou um meta-booster em Grayle, permitindo que ele ficasse invisível. Em seguida, ela inseriu o mesmo meta-booster em Tobias, fazendo-o ficar invisível. Eles ficaram juntos até conseguirem sair, onde Tobias tentou atacá-la, mas Lynn revelou que ela também estava com poderes e o nocauteou. Em um momento de distração, Lynn e Grayle foram derrubados por um markoviano, que sequestrou ela e Whale.[26]

Em Markovia, Lynn atacou Helga Jace ao acordar, mas Yuri Mosin usou um dispositivo elétrico para derrubá-la, exigindo que criasse um soro de estabilização meta para os markovianos. Ele também revelou que a ASA era o verdadeiro culpado por seu vício em Luz Verde, o que deixou Lynn em um estado de choque. Por não ter usado a Luz Verde por muito tempo, o corpo de Lynn começou a reagir a abstinência. Helga a informou que se não tomasse a Luz Verde, ela iria morrer, e nenhuma droga poderia substitui-la. Embora hesitante, Lynn tomou uma pequena dose da droga.[27]

Equipe do Raio Negro sendo confrontados por Gravedigger

Lynn e a equipe do Raio Negro sendo confrontados por Gravedigger.

Horas depois, Yuri, descobrindo que Lynn ainda se recusava a criar o soro de estabilização, começou a eletrocutá-la novamente, mas Tyson Sykes/Gravedigger apareceu e o impediu. O meta-humano usou seus poderes para forçá-la a criar o soro. Lynn usou outra dose de Luz Verde, conseguindo se livrar do controle de Gravedigger. Ela sugeriu a Dra. Jace que enganassem o homem. Gravedigger retornou e Lynn tirou seu sangue, mais tarde injetando-o em seu sistema após alterá-lo e conseguindo os mesmo poderes que ele. Ela fugiu e se encontrou com Rajada nos corredores. Ao chegar no avião, Gravedigger ameaçou matá-los se não o seguisse. Lynn cumpriu as ordens, mas o Raio Negro apareceu e o derrubou. Lynn correu até Jefferson e o beijou, dizendo que o amava. Em seguida, todos embarcaram no avião de volta à Freeland.[28]

Ataque markoviano[]

Enquanto cozinhava, Lynn quase desmaiou, mas Jefferson a segurou e os dois começaram a conversar. Naquela noite, Lynn conversou com Anissa, que lhe demonstrou apoio. Após sua filha sair do banheiro, Lynn retirou um pote de Luz Verde escondido debaixo da pia e se preparou para tomar uma pílula, mas parou. Durante o jantar, Lynn revelou sobre o frasco escondido, mas sua família não a criticou e reafirmaram seus apoios. Mais tarde naquela noite, Lynn e Jefferson foram ao Santuário, onde Gambi explicou a história de Tyson Sykes e a origem de seus poderes.[29]

Em seu laboratório, Lynn e Jace estudaram o genoma de Gravedigger. Continuando a estudar, ela decidiu testar o DNA de Tyson e Jefferson, descobrindo, para sua surpresa, que os dois eram parentes; o que explicaria o motivo dele, Jen e Anissa serem os únicos metas estáveis em Freeland. Ela então voltou para casa e informou Jefferson sobre isso. Notando que Jeff estava abalado pela informação, Lynn conversou com seu ex-esposo a respeito disto. Naquela noite, Anissa e Grave convidaram a equipe para um jantar em seu apartamento, onde revelaram que pretendiam se casar. Lynn conversou com Anissa e, após ouvi-la, deu seu apoio. A cerimônia foi interrompida ao serem informados que Gravedigger havia chegado em Freeland.[30]

Lynn começou a trabalhar em uma cura para desativar os poderes de Gravedigger. De repente, Carson Williams apareceu, informando-a que havia matado Jace e tinha ordens para matá-lo. Lynn começou a conversar com ele, se aproximando do homem e lhe deu um tapa. O golpe foi tão fatal que acabou o matando. Ela descobriu, através do comunicador, sobre a morte de Henderson. Quando o Raio Negro apareceu, Lynn afirmou que não queria conversar sobre a morte de Carson.

Equipe do Raio Negro

Lynn e sua família deixando o tribunal.

Enquanto o Raio Negro enfrentava Gravedigger, Lynn aproveitou o momento de distração e atirou a cura no meta-humano, permitindo que Jefferson o derrotasse. Quando a Cova começou a ser destruída, a equipe foi embora. Após o combate, Lynn tratou de Grace, informando Anissa de que sua namorada estava em coma. Alguns dias depois, Lynn e sua família foram à Gotham City para depor sobre a Guerra por Freeland, onde ela também teve uma recaída e tomou uma dose de Luz Verde. Os juízes decidiram dissolver a A.S.A.. Após isso, a família Pierce saiu do tribunal em vitória.[31]

Um ano depois[]

Frequentando terapia[]

Após a guerra por Freeland, Lynn e Jeff começaram a frequentar terapia familiar para lidar com seus problemas, como o vício de Lynn, os problemas de raiva de Jefferson e a falta de comunicação entre eles como um casal. Enquanto isso, Lynn também continuou a cuidar de Grace, que estava em coma. Trabalhando no colégio Bowman, ela assistiu a um noticiário.

Lynn operando como vigilante

Lynn operando como vigilante.

À noite, Lynn, Jeff e Anissa se reuniram para conversar sobre o retorno de Tobias à cidade. Sua filha estava desejando matá-lo, o que Lynn apoiou. Mais tarde, Lynn, usando uma máscara, preveniu que dois homens sequestrassem uma mulher. Voltando para a van, ela gravou o processo de sua pesquisa. Depois que Jen foi ferida em campo, Lynn cuidou dela no Santuário, onde Jefferson criticou Anissa por serem descuidadas. Lynn sugeriu que ele deveria acompanhá-las, mas ele negou em se fazer isso.

Em casa, Lynn se sentou com Jefferson e conversou sobre seu luto pela morte de Henderson. No dia seguinte, enquanto trabalhava, Lynn foi parada por sua chefe e "apresentada" a Tobias Whale, que a elogiou por seu trabalho. Ela ficou perplexa pela presença do criminoso no laboratório, mas, mantendo as aparências, agradeceu por sua "doação generosa".[32]

Pela manhã, Lynn encontrou Jeff desmaiado no lado de fora, mas ele não quis falar sobre isso. Voltando para casa, ela encontrou uma carta fechada para Jen, mas sua filha também não quis conversar sobre o assunto. Mais tarde, Lynn foi à uma sessão de terapia, onde comentou que não tinha muitos amigos. Pela noite, Lynn conversou com Jennifer, que pretendia se focar unicamente em ser a Rajada. Ela precisou sair para lidar com um tiroteio, então Lynn a seguiu, onde a viu ser ferida e voar para a ionosfera. Durante o tiroteio, Lynn acabou sendo derrubada. Chegando em casa, ela foi questionada por Jefferson. No dia seguinte, Anissa e Jennifer a visitaram enquanto trabalhava, pedindo para que ela parasse de segui-las em campo pois, por não ser uma meta-humana, ela era apenas uma "desvantagem". Ela demonstrou se sentir ofendida por aquilo e foi embora. Mais tarde, Lynn injetou mais meta-gene em si mesma.[33]

Tobias em um jantar com Lynn

Lynn em um jantar com Tobias.

Lynn testou os poderes de cura de Jennifer na banheira, e acabou sendo criticada por Jefferson. Depois, ela, Anissa e Jennifer assistiram a um noticiário reportando uma ação da Rajada, mas a filmagem estava editada. No dia seguinte, Lynn participou de mais uma sessão terapêutica. Pela manhã, Lynn recebeu um vaso de flores de alguém. Acreditando que elas tinham sido enviadas por Jefferson, ela se preparou para o encontro. Naquela noite, Lynn chegou ao restaurante, onde descobriu, para seu desagrado, que Tobias Whale foi quem havia enviado as flores. Contra sua vontade, ela se sentou, e o criminoso pediu por sua ajuda para criar uma cura para a ELA.[24]

Três dias se passaram e Lynn não contou sobre seu jantar com Tobias para Jefferson. Ao descobrir que Jefferson frequentava um clube de luta, Lynn o confrontou quando voltou para casa. Jeff revelou que sabia sobre seu jantar com Whale, e os dois acabaram discutindo. Mais tarde, os dois se desculparam. Lynn lhe assegurou de que não iria trabalhar com o criminoso, mas Jefferson pediu que o fizesse, acreditando que poderia ajudá-los em sua guerra contra ele.[34]

Condição de Jennifer[]

Depois que Jennifer explodiu na ionosfera, Lynn e a equipe se reuniram no Santuário, discutindo sobre suas opções. Jefferson acreditava que ela, apesar de perder seu corpo, continuava viva, mas Lynn não estava tão esperançosa. Com a ajuda de um amigo de Jeff, eles construíram uma máquina que poderia restaurar o corpo de Jen. O que faltava era suas partículas. Ele subiu até a ionosfera para as partículas de Jennifer, mas ele acabou não aguentando a força e desmaiou. Lynn e Anissa pediram para que ele acordasse enquanto despencava de volta à atmosfera, mas ele recuperou seus sensos e foi capaz de impedir sua queda.

Embora a máquina funcionasse, Lynn sugeriu que se preparassem para o pior. Em uma conversa com Jefferson, os dois acabaram discutindo mais uma vez, com ela colocando a culpa pelo ocorrido com Jen sobre seus ombros. Precisando de um tempo para si mesma, Lynn voltou para casa e começou a beber. Anissa apareceu e as duas começaram a conversar. No dia seguinte, os dois se encontraram e se desculparam pelas palavras que ambos haviam dito.

Equipe do Raio Negro vendo a nova Jennifer

Lynn e os outros vendo a nova Jennifer.

Após receberem uma mensagem de Gambi alertando-os sobre o processo, Lynn e Jefferson retornaram ao Santuário. Quando a máquina chegou a 100%, uma mão tocou no vidro, fazendo Lynn exclamar alegremente de que sua filha estava viva. O dispositivo se abriu, mas, para a grande surpresa de todos, Jennifer havia assumido uma aparência completamente diferente.[35]

Depois de todos os testes que fizeram, os resultados davam a mesma resposta: aquela era a verdadeira Jennifer. Apesar de sua aparência diferente, Lynn afirmou que ainda a amava e, ao lado de Anissa, a abraçou. No entanto, Jefferson foi embora sem dizer uma única palavra.

No dia seguinte, Lynn analisou Jen em seu laboratório, e pediu para que lhe avisasse caso houvesse algo de errado. Quando Val Seong, amiga de Tobias apareceu, Lynn apresentou Jennifer como "JJ Stewart", sua "sobrinha". Enquanto analisava Val, Lynn descobriu que ela era uma meta-humana. Jeff apareceu e teorizou que ela esteve envolvida no assassinato do prefeito Billy Black, já que Tobias havia anunciado sua candidatura. Ele sugeriu que usasse um meta-booster. Lynn ficou aborrecida com isso, pois Jefferson se importava mais com aquilo do que com sua sobriedade. Ela então o mandou embora.[36]

Personalidade[]

Lynn mostrou ser gentil, carinhosa, altruísta, compassiva e inteligente. Além disso, Lynn é ferozmente protetora de sua família e fará de tudo para protegê-los. A certa altura, ela estava cansada de Jefferson ser o Raio Negro devido a ele estar ferido o tempo todo e temia que um dia ele estivesse em campo e fosse encontrado morto.

Lynn também não tem medo de se arriscar. Mesmo sem poderes, ela seguia suas filhas no campo de batalha para que pudesse protegê-las. Apesar disso, a paciência de Lynn é completamente miníma, e ela pode acabar se estressando rapidamente quando provocada. Durante sua abstinência de Luz Verde, esse traço foi o mais predominante em Lynn; ela ficava descontrolada procurando pela droga, e, por conta disso, não tinha medo de ofender os sentimentos de alguém. Uma vez que esse sintoma passasse, Lynn voltava a sua personalidade gentil e ficava arrasada por sua própria grosseria.

Poderes e habilidades[]

Poderes anteriores[]

  • Fisiologia meta-humana: Lynn recebeu seus poderes devido à ingestão de pequenas micro-doses de Luz Verde, que aumentou seus processos neurológicos.
    • Aumento do processamento neurológico: Lynn era capaz de aumentar seus processos neurológicos para pensar e resolver problemas mais rapidamente. Ela usou essa habilidade em várias ocasiões, como quando conseguiu criar uma cura para um surto de meta-vírus que ocorreu em Freeland. No entanto, ela era obrigada a tomar a Luz Verde periodicamente para manter esse poder.
  • Habilidades através de meta booster: Lynn desenvolveu um soro que lhe permitia usar poderes meta-humanos específicos. Ela também poderia usá-lo para roubar poderes de outros meta-humanos. No entanto, as habilidades que Lynn poderia usar eram apenas temporários.
    • Poderes de Erica Moran:
    • Poderes de Tyson Sykes:
      • Indução de comando: Lynn era capaz de manipular mentalmente as outras pessoas, obrigando-os a fazer o que desejava. Ela foi capaz de forçar o guarda ao laboratório markoviano a se chocar até a inconsciência.
    • Poderes de Wendy Hernandez:
    • Poderes de Jennifer Pierce:
      • Fator de cura acelerado: Lynn tinha um fator de cura acelerado, permitindo que ela se cure de feridas muito mais rápido do que os humanos normais.

Habilidades[]

  • Intelecto de nível gênio: Lynn possui vasto conhecimento de neurociência, pois afirmou que sabia tudo sobre o cérebro. De acordo com Jennifer, ela também tem um PhD e um MD. Lynn é uma neurocientista muito respeitada, que com suas habilidades é capaz de ajudar meta-humanos e entender suas condições. O conhecimento de Lynn sobre o DNA meta-humano alcançou grande sucesso para que ela pudesse estabilizar os bebês da luz verde usando a medula óssea de Tobias Whale, que era o paciente zero experimentos originais de Freeland.
    • Médica especialista: Lynn é uma especialista em cuidados médicos, pois ela é médica há muitos anos.
  • Combatente corpo-a-corpo experiente: Lynn é uma combatente corpo-a-corpo habilidosa. Ela foi capaz de surpreender e subjugar rapidamente Helga Jace durante uma luta, e foi capaz de nocautear Tobias Whale com um único soco.
  • Atiradora especialista: Tendo crescido caçando com seu pai, que foi um soldado do exército dos EUA, Lynn é capaz de empunhar uma espingarda e conseguiu matar um agente da A.S.A. que veio atrás de sua família.

Fraquezas[]

  • Vício em Luz Verde: Lynn tinha começado a usar Luz Verde para ajudá-la em seu trabalho, acreditando que havia removido a parte viciante da droga para que pudesse deixá-la seguro para usá-la. No entanto, Lynn percebeu que estava errada e começou a ficar viciada na droga. Ao voltar de Markovia, sua família a convenceu em parar de usar a Luz Verde.[29] No entanto, enquanto em Gotham City, Lynn teve uma recaída e usou a Luz Verde.
    • Abstinência: Após desistir da Luz Verde, Lynn começou a ter abstinência de drogas. Por exemplo, ela acabava se tornando violenta e enfurecida com as pessoas ao seu redor, incluindo sua própria família.
  • Uso de meta boosters: Como um substituto para a Luz Verde, Lynn começou a usar meta-boosters. Porém, ela logo parou de usá-los também.

Equipamento[]

  • Arma: Lynn usou uma arma quando agentes da A.S.A. foram atrás de sua família e também quando enfrentou Gravedigger.
  • Máscara holográfica: Enquanto ia às ruas como uma vigilante para proteger suas filhas, Lynn usava uma máscara holográfica em frente de sua boca.

Equipamento anterior[]

  • Luz Verde: Para poder ajudá-la em seu trabalho, Lynn modificou a Luz Verde, acreditando que havia removido a parte viciante da droga. No entanto, isso não aconteceu e ela começou a ficar viciada em Luz Verde. Ao voltar de Markovia, sua família a convenceu em parar de usá-la.
  • Meta boosters: Um substituto para a Luz Verde, Lynn usava meta-boosters para dar poderes a si mesma, o que também acabava piorando seu vício. Ela parou de usá-los quando decidiu ficar limpa.

Aparições[]

Raio Negro[]

1ª Temporada

2ª Temporada

3ª Temporada

4ª Temporada


Flash[]

6ª Temporada[]

8ª Temporada[]

Galeria[]

Imagens promocionais[]

Raio Negro[]

1ª Temporada[]
2ª Temporada[]
3ª Temporada[]

Curiosidades[]

  • De acordo com Jennifer, Lynn tem PhD e um MD.[9]

Por de trás das câmeras[]

  • Nas histórias em quadrinhos da DC Comics, Lynn Stewart é a ex-esposa do Raio Negro e a mãe de suas filhas, Tormenta e Rajada. Sua primeira aparição nos quadrinhos foi em Raio Negro #3 (julho de 1977).
  • Essa é a primeira adaptação live-action de Lynn Stewart.

Referências[]

  1. 1,0 1,1 "Sombra da Morte: O Livro da Guerra"
  2. 2,0 2,1 2,2 "A Ressurreição"
  3. 3,0 3,1 "LaWanda: Uma Mensagem de Esperança"
  4. 4,0 4,1 4,2 "Três Setes: O Livro de Thunder"
  5. 5,0 5,1 "Equinócio: O Livro do Destino"
  6. "LaWanda: O Livro do Sepultamento"
  7. "Jesus Negro"
  8. "Então, o Diabo trouxe a Praga: O Livro da Luz Verde"
  9. 9,0 9,1 "Livro do Apocalipse"
  10. "O Livro das Mentirinhas Negras"
  11. "Pecados do Pai: O Livro do Êxodo"
  12. "Jesus Negro: O Livro da Crucificação"
  13. "Ressurreição e Luz: O Livro da Dor"
  14. "O Livro da Ocupação - Capítulo 1: Nasce o Pássaro Negro"
  15. "O Livro da Ocupação - Capítulo 2: O Tasbih de Maryam"
  16. "O Livro da Ocupação - Capítulo 3: O Sonho Impossível do Agente Odell"
  17. "O Livro da Ocupação - Capítulo 4: O Ouroboros de Lynn"
  18. "O Livro da Ocupação - Capítulo 5: O Réquiem de Tavon"
  19. "O Livro da Resistência - Capítulo 1: Batendo na Porta do Céu"
  20. "O Livro da Resistência - Capítulo 2: Opus de Henderson"
  21. "O Livro da Resistência - Capítulo 3: A Batalha de Franklin Terrace"
  22. "O Livro da Resistência - Capítulo 4: Terceira Pedra a Partir do Sol"
  23. "Crise nas Infinitas Terras: Parte Quatro"
  24. 24,0 24,1 "O Livro da Reconstrução - Capítulo 3: Apesar de Toda a Minha Raiva..."
  25. "O Livro de Markovia - Capítulo 1: Bênçãos e Maldições Renascem"
  26. "O Livro de Markovia - Capítulo 2: O Vício de Lynn"
  27. "O Livro de Markovia - Capítulo 3: Sem Mãe"
  28. "O Livro de Markovia - Capítulo 4: Segure Firme"
  29. 29,0 29,1 "O Livro de Guerra - Capítulo 1: Festa de Boas-Vindas"
  30. "O Livro de Guerra - Capítulo 2: Liberdade Não é de Graça"
  31. "O Livro de Guerra - Capítulo 3: Libertação"
  32. "O Livro da Reconstrução - Capítulo 1: Dano Cerebral"
  33. "O Livro da Reconstrução - Capítulo Dois: Perdas Inaceitáveis"
  34. "O Livro da Reconstrução - Capítulo 4: Uma Luz na Escuridão"
  35. "O Livro da Ruína - Capítulo Um: Juntando as Peças"
  36. "O Livro da Ruína - Capítulo Dois: O Navio de Teseu"
Advertisement