Arrowverso Wiki
Advertisement

"Você me ajudou a lidar com meus problemas. Confrontar o meu passado, parar de encobrir o que não queria ver. E eu fiquei mais forte por isso. E eu sou muito grata, obrigada."
—Maggie Sawyer para Alex Danvers[fonte]

Detetive Margarita "Maggie" Sawyer[1] (nascida em 29 de março de 1987)[2] é uma detetive do Departamento de Polícia de National City. Ela é a filha distanciada de Oscar Rodas e de uma mulher sem nome, a sobrinha de uma mulher sem nome e a ex-noiva de Alex Danvers.

Maggie conheceu Alex quando as duas começaram a trabalhar juntas no caso de Roleta. Com o passar do tempo, Alex começou a sentir interesse em Maggie, mas como ela não havia se assumido para sua família, Maggie não estava pronta para um relacionamento com ela e a dispensou. No entanto, eventualmente, Maggie também começou a gostar de Alex e as duas começaram um relacionamento.

Depois da invasão daxamita, Alex pediu Maggie em casamento, o qual ela aceitou. Após reencontrar seu pai, Maggie informou Alex que não queria ter filhos. Como um dos desejos de Alex era ser mãe, as duas terminaram sua relação.

Biografia[]

Pré-Crise[]

Vida pregressa[]

Filha de Oscar Rodas e uma mulher sem nome, Maggie nasceu em 29 de março de 1987.[2] Ela foi criada na cidade de Blue Springs, em Nebraska, sendo parte de uma família conservativa. Por conta de sua herança como latina, Maggie teve uma infância difícil e era, constantemente, caçoada por outras pessoas.[3] Enquanto crescia, ela idolatrava seu pai e desejava ser uma policial igual a ele.[1]

Aos 14 anos, Maggie percebeu que era lésbica quando começou a gostar de uma amiga, Elisa Wilkey. Acreditando que o sentimento era mútuo, Maggie escreveu uma carta de dia dos namorados para ela, expressando seus sentimentos, e o colocou em seu armário. No entanto, Elisa mostrou o cartão para seus pais, que então confrontaram os pais de Maggie.[4]

Ao voltar para casa naquele dia, Maggie descobriu que seu pai havia feito suas malas e exigiu que entrasse no carro. Enquanto seu pai dirigia, Maggie assistiu o gelo no lado de fora, em silêncio por estar com medo de dizer algo. Timidamente, ela perguntou o que havia feito de errado, ao que Oscar declarou que ela "me envergonhou". Ele então deixou Maggie e suas malas na rua, próxima da casa de sua tia.[1] Maggie viveu com sua tia pelos próximos três anos e não teve nenhum contato com seus pais. Por conta disso, ela passou a odiar o dia dos namorados.[4]

Quando adulta, Maggie namorou com Emily por cinco anos. No entanto, Maggie a traiu com outra mulher, e eventualmente as duas terminaram. Durante a discussão, Emily disse coisas horríveis para Maggie, incluindo que ela não merecia ser feliz, algo que ficou preso em sua cabeça por anos.[5]

Maggie então entrou para a polícia e se tornou uma detetive. Durante esse tempo, ela resolveu um caso de 18 anos seguindo detalhes que seu pai havia lhe ensinado.[1] Ela então foi transferida para divisão científica do Departamento de Polícia de National City, que lidava com casos alienígenas. Em algum momento, ela encontrou um bar alienígena e teve uma breve relação com uma de suas atendentes.[3]

Trabalhando com Alex[]

Alex conhecendo Maggie

Maggie e Alex se conhecendo.

Depois que uma tentativa de assassinato contra a Presidente Olivia Marsdin foi feita, Maggie começou a coletar evidência do aeroporto quando Alex Danvers, uma agente do FBI, se aproximou e a questionou o que fazia em sua cena do crime. Maggie explicou que era da divisão científica do DPNC, e seu trabalho era investigar tudo envolvendo alienígenas. Alex tentou tirá-la da investigação, mas Maggie provou que seu intelecto era tão afiado quanto o dela.

Mais tarde, Maggie, seguindo uma pista, foi até um armazém abandonado. Quando Alex e um batalhão de homens armados entraram no prédio, ela ergueu suas mãos, mas foi liberada por Alex. Maggie então comentou sobre o fato de Alex ser uma agente do D.O.E. e ter mentido dizendo que era do FBI. Elas foram ao bar alienígena, onde Maggie apresentou Alex para sua ex-namorada, Darla. Com o "incentivo" de Alex, as duas descobriram que o alienígena que procuravam estava tentando entrar em contato com seu planeta natal.

Maggie sequestrada por Scorcher

Maggie sequestrada por Scorcher.

No dia seguinte, Maggie e Alex compareceram à cerimônia onde a Presidente Marsdin assinaria o ato de anistia alienígena. No entanto, o evento foi interrompido pelo ataque de Scorcher, que tentou assassinar a Presidente. Maggie e Alex tentaram impedi-la, mas Scorcher escapou e sequestrou Maggie. Ela foi amarrada em uma fábrica abandonada, mas foi salva pela Supergirl e Alex. Depois que a alienígena foi incapacitada, Maggie a nocauteou com um pedaço de cano de metal.

Maggie foi levada até a sede do D.O.E., onde uma médica a analisou. Após isso, ela elogiou o prédio e agradeceu Alex por salvá-la. Em troca, Alex a agradeceu por relembrá-la de que nem todos os alienígenas são perigosos. Maggie então disse que tinha um encontro com uma garota e foi embora.[3]

Alex e Maggie no clube de luta

Maggie e Alex no clube de luta ilegal.

Alguns dias depois, Maggie levou Alex, acompanhada pela Supergirl, até uma cena do crime e lhe mostrou o cadáver de um alienígena. Ao notar os ferimentos em seus punhos, Maggie concluiu que ele havia lutado por sua vida. Mais tarde, as duas foram até a casa do principal suspeito, mas o viram ser sequestrado e colocado em uma van. Naquela noite, Maggie e Alex se infiltraram em um clube de luta ilegal organizado por Veronica Sinclair, onde os alienígenas são forçados a lutar por dinheiro. Quando a Supergirl apareceu, Maggie e Alex atiraram para cima, dispersando o público.

Depois que a Supergirl descobriu o novo endereço onde Roleta organizava mais um clube de luta, Maggie e Alex apareceram lá com outros policiais e a prenderam. No entanto, ela conseguiu escapar graças a seus contatos. Após isso, Alex convidou Maggie para beber, mas ela recusou e saiu com sua namorada.[6]

Ajudando Alex a se assumir[]

Maggie e Alex em uma cena do crime

Maggie e Alex em uma cena do crime.

Algum tempo depois, Maggie terminou com sua namorada, que a culpava de se focar muito em seu trabalho. Enquanto bebia no bar alienígena, Alex apareceu e tentou animá-la. Mais tarde, Maggie e Alex se encontraram novamente após um assalto a uma joalheria. Alex convidou Maggie para ir a um bar ou restaurante. Quando Maggie recusou, Alex tentou persuadi-la em aceitar o convite. Maggie comentou que não sabia que Alex gostava de mulheres, o que a deixou chocada e afirmou que não gostava. Maggie se desculpou pelo mal entendido, ao que Alex garantiu que estava tudo bem e foi embora.

Depois que uma gangue foi presa, Maggie os colocou na viatura. Quando um dos membros da gangue, Chet Miner, começou a dizer quem havia fornecido as armas anti-gravidade, as orelhas dos homens começaram a sangrar e eles morreram na frente de Maggie. Impactada por isso, Maggie foi ao bar alienígena, onde começou a beber. Alex a encontrou e perguntou se estava tudo bem. Maggie se desculpou por ter presumido que ela era lésbica, mas Alex confessou que não parava de pensar sobre isso e acreditava que poderia ser verdade.[7]

Alex beijando Maggie

Maggis sendo beijada por Alex.

Alguns dias depois, Maggie sugeriu que Alex se assumisse para sua família, prometendo que poderiam sair para beber após fazer isso. Na noite seguinte, Alex voltou ao bar e disse para Maggie que havia se assumido para Kara. As duas se beijaram, iniciativa iniciada por Alex, mas após o momento, Maggie gentilmente disse que não poderia namorar com alguém que havia acabado de se assumir, pois nunca terminava bem. Sentindo-se envergonhada, Alex foi embora.[8]

Alguns dias depois, Maggie encontrou Alex no bar alienígena e a perguntou como estava. Alex fingiu que estava tudo bem e que poderiam ser só amigas.

Maggie ouvindo Alex dizer sobre seus sentimentos

Maggie ouvindo Alex dizer sobre seus sentimentos.

No dia seguinte, Maggie conseguiu um mandado de prisão para o Guardião e anunciou isso na televisão. Mais tarde, Alex confrontou Maggie e exigiu que ela parasse de caçar o vigilante, afirmando que estava indo atrás da pessoa errada. Maggie pediu por mais detalhes, mas Alex se recusou em contar. Ela revelou que ainda estava magoada e que não poderiam ser só amigas.

Naquela tarde, Maggie visitou Alex no apartamento de Kara e lhe disse que esperava que pudessem continuar sendo amigas, pois não conseguiria imaginar sua vida sem ela. Alex concordou em continuar com sua amizade. Na noite seguinte, elas se encontraram em um bar e jogaram sinuca.[9]

A pedido de Alex, Maggie foi ao prédio da L-Corp com um batalhão da polícia. Ao chegar, ela encontrou a Supergirl lutando contra o Superciborgue e abriu fogo contra o homem. De repente, uma brecha se abriu. Maggie e os policias pararam de atirar, surpresos pelo evento. Quando o ciborgue se distraiu, Kara o derrubou. No entanto, Henshaw usou seu olho laser para atirar no ombro de Maggie e fugiu.

Alex e Maggie se beijando

Maggie e Alex se beijando.

Maggie foi levada ao D.O.E., onde Alex cuidou de seus ferimentos. Ela informou Maggie que havia se assumido para sua mãe, e agradeceu Maggie por ter aberto seus olhos. Alex afirmou que agora sentia-se normal. Na noite seguinte, Maggie visitou Alex em seu apartamento, onde confessou seus sentimentos por ela. As duas então começaram a se beijar.[10]

Relacionamento com Alex[]

As duas então iniciaram um relacionamento, e Maggie começou a passar mais tempo com Alex. Após acordarem em uma manhã, o casal decidiu não ir trabalhar. Naquela tarde, Maggie visitou Alex no D.O.E., mas sua namorada disse que não poderiam sair pois a Supergirl havia desaparecido. Maggie estranhou Alex estar agindo daquela forma, mas ela insistiu que sua prioridade fosse encontrar a heroína.

Depois que a Supergirl foi resgatada de Maaldoria, Maggie visitou Alex em seu apartamento. Lá, ela revelou que sabia que Kara era a Supergirl, explicando que havia chegado naquela conclusão após ver sua preocupação com o bem-estar da heroína. Alex contou que sempre cuidou de sua irmã por anos, e, às vezes, isso a atrapalhava em criar sua própria vida. Maggie garantiu que ela não iria a lugar algum e que Alex merecia ser feliz.[11]

Maggie e Alex na cela de Curto-Circuito

Maggie e Alex na cela de Curto-Circuito.

Em uma noite, Maggie e outros policiais encontraram alguns criminosos amarrados, cortesia do Guardião. Depois que a Curto-Circuito fugiu da prisão, Maggie analisou sua cela e conversou com Alex sobre o ocorrido. Depois que a Supergirl encontrou Curto-Circuito, que havia sido sequestrada, e a deixou fugir, Maggie conversou com Kara e Alex no D.O.E.. Quando sozinhas, Maggie celebrou sua vitória na aposta com Alex e comemorou que iriam tomar sorvete vegano.[12]

Algum tempo depois, Maggie conseguiu ingressos para o show de uma banda. Ela se encontrou com Alex no bar alienígena e informou alegremente sua namorada que tinha trocado as entradas para ingressos VIP. As duas então se despediram de Kara e foram embora.[13]

Maggie prendendo Lena

Maggie prendendo Lena.

Quando Lillian Luthor e John Corben fugiram da prisão, Maggie analisou as visitas de Lillian e descobriu que sua filha, Lena, foi sua única visitante na noite antes da fuga. A polícia também tinha adquirido uma gravação de Lena tirando kryptonita de um cofre. Com as provas em mãos, Maggie e o DPNC foram até a L-Corp, onde apreenderam Lena na frente de Kara.[14]

No dia dos namorados, Alex sugeriu que elas fizessem algo especial, mas Maggie criticou o feriado e disse que não gostava daquele dia. No entanto, naquela noite, Alex tentou surpreendê-la com um gesto romântico, mas Maggie não gostou nada daquilo. Ela explicou o motivo de odiar tanto aquele dia e foi embora do apartamento.

Alex e Maggie comemorando o Dia de São Valentim

Maggie e Alex no dia dos namorados.

No dia seguinte, Maggie foi ao D.O.E. para se desculpar com Alex. Ao encontrar Kara, ela explicou que Alex nunca queria machucá-la, mas apenas passar o dia dos namorados juntas. Naquela noite, Maggie decidiu fazer seu próprio gesto romântico para Alex e fez um baile de dia dos namorados unicamente para elas. Ela então enviou um vestido vermelho para Alex, com um cartão contendo o endereço de onde estaria. Quando Alex chegou, Maggie se desculpou por deixar seu passado afetar o presente, e disse que estava animada para o próximo dia dos namorados. As duas se beijaram e começaram a dançar juntas.[4]

Quando Jeremiah Danvers foi encontrado pelo D.O.E. após ter sido declarado morto por 12 anos, Maggie foi ao apartamento de Kara para cumprimentá-lo, participando da celebração que comemorava seu retorno. Depois que Jeremiah traiu a todos em nome do Projeto Cadmus, Maggie foi vistar Alex. Ela impediu que sua namorada continuasse bebendo e a consolou enquanto Alex chorava.[15]

Depois que Alex foi suspensa do D.O.E., ela contou para Maggie que precisava encontrar e proteger seu pai. Maggie entendeu seus motivos e concordou em ajudá-la. Elas foram atrás de um alienígena registrado, e quando o Cadmus apareceu para sequestrá-lo, as duas interviram e derrubaram os homens da organização. Quando Alex encontrou o esconderijo do Cadmus, Maggie se ofereceu para acompanhá-la, mas Alex disse que tinha que ir sozinha. As duas então se beijaram e Alex foi embora.[16]

Maggie interrogando Winn

Maggie interrogando Winn.

Quando uma pintura foi roubada do museu da cidade, Maggie chamou Winn Schott para a delegacia, já que ele havia sido visto na noite do roubo. Ela rapidamente percebeu que Winn havia tomado as consequências pelas ações de sua namorada, Lyra, e Alex e James convenceram Maggie em deixá-lo em custódia por um dia enquanto procuravam por provas para inocentá-lo. Eventualmente, a inocência de Winn foi provada. Depois que a pintura foi recuperada, Maggie decidiu não prestar queixa contra Lyra e seu irmão.[17]

Um dia, Maggie convenceu Alex a fazer uma aula de ioga com ela. Enquanto voltavam, elas se encontraram com Emily, a ex-namorada de Maggie. Após a conversa, Alex convenceu Maggie a convidar Emily para jantar com elas. No entanto, apesar de ter aceitado o convite, Emily não apareceu para o jantar. Maggie então admitiu para Alex sobre seu término com Emily.[5]

Sequestro de Alex[]

Maggie reclamando da intervenção da Supergirl

Maggie reclamando da intervenção da Supergirl.

Quando um grupo de criminosos fizeram reféns no estádio da cidade, Maggie esteve ao telefone tentando negociar a libertação dos inocentes. No entanto, quando a Supergirl apareceu, Maggie desligou o celular. Kara comentou que havia feito sua boa ação bem a tempo do jantar. Durante o jantar com Alex, Kara e Mon-El, Maggie reclamou sobre a intervenção de Kara, já que isso iria permitir que os criminosos usassem a "defesa Supergirl" ao seu favor. Kara notou que deixou Maggie chateada e foi embora. Alex pediu para que ela se entendesse com Kara. Maggie explicou que se entendia com a Kara, mas era a Supergirl que a tirava do sério. Alex então saiu para ir atrás de Kara.

No dia seguinte, Maggie procurou Kara na CatCo Mídia Internacional e perguntou se ela havia visto Alex, mas ela negou. Ela também informou que Alex não tinha dado entrada no D.O.E.. Kara recebeu uma ligação de um homem, que revelou ter sequestrado Alex e exigiu a libertação de Peter Thompson da prisão. No D.O.E., Maggie e os Superamigos se reuniram para discutir seu próximo passo. Como não sabiam quem era o sequestrador, Maggie sugeriu que descobrissem a conexão entre Thompson e o "fantasma" que sequestrou Alex.

Maggie, Kara e J'onn J'onzz foram visitar Thompson na prisão, mas Peter não sabia de nada sobre Alex ou seu sequestrador. Winn informou que Thompson tinha um filho, Rick Malverne, e descobriu seu endereço. Kara o reconheceu como um antigo colega de classe dela e Alex em Midvale.

Maggie e Supergirl ouvindo Rick Malverne

Maggie e Supergirl ouvindo Rick Malverne.

Kara levou Malverne para o D.O.E.. Com permissão de J'onn, Maggie e Kara interrogaram Rick, que explicou sua história e como se preparou para seu plano. Durante o interrogatório, Kara perdeu a paciência e prendeu Malverne contra a parede, que continuava insistindo que seu pai fosse libertado em troca de Alex. Enquanto saiam, Malverne comentou que estava animado para ver qual das duas amava mais Alex. No lado de fora, Maggie impediu que Kara entrasse na sala de novo, pois acreditava que não tinham conseguido nenhuma informação relevante. No entanto, Maggie percebeu que a chave para trazer Alex de volta era Thompson.

Maggie e J'onn tentaram enganar Rick fazendo o Caçador de Marte se transformar em Thompson. No entanto, Malverne não caiu no plano e havia descoberto tudo. Enquanto continuava o interrogatório, Kara entrou na sala e informou que Winn havia encontrado Alex. Maggie notou que Rick não tinha demonstrado reação alguma e tentou impedir que Kara fosse até a possível localização de Alex, mas ela foi mesmo assim.

Maggie interrogando Rick Malverne

Maggie interrogando Rick Malverne.

A possível localização de Alex era mentira, e isso acabou ativando uma armadilha na cela onde Alex estava sendo mantida presa, fazendo com que começasse a inundar. Quando Kara voltou ao D.O.E., Maggie conversou com Alex através de um computador. Alex tentou se despedir, mas Maggie a impediu e pediu para que aguentasse mais até que pudessem encontrá-la. Ela disse que tinham uma vida toda para viver juntas, e muitos "primeiros" para viver. Depois que a tela desligou, Maggie criticou Kara por ter se precipitado e colocado a vida de Alex em perigo. Maggie voltou até a sala de interrogatório, onde disse a Malverne que ambos iriam perder. Rick admitiu que havia julgado Kara mal, mas não Maggie, que tinha a coragem necessária para fazer as coisas que todos tinham medo de fazer.

Maggie tirando Thompson da prisão

Maggie tirando Thompson da prisão.

Não tendo muito tempo de sobra, Maggie decidiu tirar Peter Thompson da prisão. Ela usou um dispositivo para camuflar as câmeras de segurança, e outra para destrancar a porta da cela de Thompson. O homem a questionou o que estava fazendo, e Maggie revelou que estava levando-o para seu filho. Enquanto andavam pelo corredor, Maggie usou a arma de Alex para destruir as câmeras. A Supergirl apareceu, impedindo-a de continuar. Maggie concordou que a heroína estava certa e admitiu que, às vezes, palavras não funcionavam. No entanto, Kara também admitiu que socar também não. Kara explicou o que Malverne estava fazendo, mas o tempo tinha acabado. Thompson então contou sobre o possível lugar para onde seu filho podia ter levado Alex.

Kara e Maggie salvam Alex

Maggie e Kara salvam Alex.

Elas foram até lá e descobriram que a cela de Alex estava cheia de água. Kara rapidamente atravessou a sala e socou o vidro para tirar Alex. Elas ficaram aliviados ao descobrir que Alex havia usado seu treinamento para tentar ganhar mais tempo para que pudessem encontrá-la. Alex foi então levada de volta ao D.O.E., onde elas descobriram que J'onn iria apagar a identidade da Supergirl da mente de Rick. Alex concordou com isso e então deu um soco no rosto de Rick. Maggie então agradeceu a Kara por impedi-la de cometer um erro, mas Kara disse a Maggie que ela apenas a lembrou do que ela havia dito antes de nem sempre ser capaz de carregar seus poderes e que ela estava certa. Em seguida, elas compartilharam um abraço.[18]

Invasão daxamita[]


Esta seção está incompleta. Você pode ajudar a expandi-la adicionando algumas informações.

Se preparando para o casamento[]

Maggie conversando com Alex sobre a Supergirl

Maggie conversando com Alex sobre a Supergirl.

À noite, Maggie e Alex perseguiram um criminoso, Robert DuBois, por National City. Quando o o homem puxou uma arma, a Supergirl apareceu e as salvou. Assim que a heroína derrotou DuBois, ela saiu voando, ignorando uma criança que a elogiou. Maggie comentou para Alex que a Supergirl não parava mais para dar autógrafos. Mais tarde, Maggie e os Superamigos se reuniram no bar alienígena e conversaram sobre Kara. Notando que Alex estava abalada, Maggie foi conversar com ela.

No dia seguinte, durante a inauguração da estátua da Supergirl, Maggie e Alex patrulharam o porto de National City, aguardando pelo ataque de DuBois. As duas então conversaram sobre sua cerimônia de casamento. Naquela noite, depois que DuBois foi preso, Maggie e os Superamigos se reuniram no bar alienígena para comemorar. Quando Kara apareceu, todos comemoraram e celebraram.[19]

No D.O.E., Maggie e Alex discutiram sobre terem DJ ou banda na festa de casamento. Mais tarde, o DPNC foi ao banco de National City quando receberam alerta de um assalto. Ao descer no cofre, Maggie encontrou Kara tendo um ataque de pânico e começou a tranquilizá-la. Em seguida, ela o levou ao D.O.E., onde foi analisada por J'onn.

Depois que a Supergirl derrotou Psi, Maggie assistiu, à distância, Alex conversar com uma criança. Quando sua noiva se aproximou, Maggie comentou sobre seu dom com crianças. Ela então a informou que não queria ser mãe. Pega desprevenida, Alex disse que iriam conversar sobre o assunto mais tarde.[20]

Confrontando seu passado[]

"Essa menininha, tão desesperada pra conquistar o amor do pai, você a deixou... no meio da estrada. Todos esses anos eu fui essa menininha. Desejando que meu papa voltasse pra mim... rezando pra que, um dia, ele viesse e me amasse como eu sou. Obrigada por vir à festa, você me deu um presente incrível. Me mostrou que eu não sou mais essa menininha assustada da foto. Eu sou uma mulher adulta, feliz com a minha própria vida. E eu sou tão abençoada por estar rodeada de pessoas que me valorizam e me amam. Eu finalmente entendo que eu não preciso que você me veja, me entenda ou que goste de mim... eu... eu não preciso de nada de você. Eu já estou satisfeita. Adeus, papa."
—Maggie Sawyer para seu pai, Oscar Rodas[fonte]

Durante um jantar com Eliza, sua sogra perguntou sobre sua relação com seus pais. Alex tentou mudar de assunto, mas Maggie garantiu que estava tudo bem e prosseguiu contando a história sobre como seu pai a expulsou de casa após ter descoberto que era lésbica. Ao voltar para o apartamento, Maggie conversou com Alex sobre o assunto. Com o encorajamento de Alex, Maggie ligou para seu pai e o convidou para seu chá de panela.

Maggie conversando com Oscar sobre um caso

Maggie conversando com Oscar sobre um caso.

No dia seguinte, Maggie se encontrou com seu pai no ponto de ônibus e os dois deram um abraço embaraçoso. Ela o convidou para almoçar, já que tinham duas horas livres até a festa, mas ele queria fazer check-in no hotel onde ficaria. Enquanto caminhavam até o hotel, os dois conversaram sobre um antigo caso que Maggie resolveu. Ela explicou que solucionou o caso seguindo um conselho que Oscar havia lhe dito.

Mais tarde, Maggie foi ao chá de panela no apartamento de Kara. Lá, Eliza a levou até uma cadeira, onde começou a responder corretamente perguntas sobre Alex. Quando chegou a hora de abrir os presentes, Maggie disse para Alex que ela era o melhor presente que poderia receber. Após beijá-la, ela viu seu pai sair furiosamente do apartamento.

Maggie se despedindo de seu pai

Maggie se despedindo de seu pai.

Maggie seguiu Oscar e o parou na rua. O homem afirmou que poderia viver da maneira que quisesse, mas pediu para que não o fizesse ver aquilo. Ele então foi embora, deixando Maggie, em lágrimas, para trás. Mais tarde, Maggie encontrou Oscar na rodoviária e lhe devolveu sua foto de criança. Então, ela finalmente lhe disse as palavras que estiveram presas em sua garganta por anos, e então foi embora.

Voltando ao apartamento de Alex, Maggie afirmou para sua noiva que ela era sua única família que precisava. Alex disse que agora poderiam ter filhos, mas Maggie a impediu, afirmando que sua decisão de não querer ter filhos não vinha do trauma de sua família.[1]

Terminando com Alex[]

"A gente se esbarra, Danvers."
"É, a gente se vê, Maggie."
"Você vai ser uma mãe muito boa.
"
—Maggie Sawyer e Alex Danvers[fonte]
Maggie e Supergirl conversando sobre o Culto de Rao

Maggie e Supergirl conversando sobre o Culto de Rao.

Em uma noite das garotas, Maggie e Alex disseram para Kara, Lena e Samantha Arias que não iriam ter filhos. Ainda naquela noite, Maggie se encontrou com a Supergirl depois que um incendiário ateou fogo a um prédio de propósito. Kara explicou que um homem, Thomas Coville, estava incentivando as pessoas a se colocarem em perigo para entrarem no culto que a venerava. Maggie explicou que Coville não estava infringindo a lei, pois estava protegido pela liberdade de expressão e religiosa.[21]

Após Alex descobrir que não gostaria de ter filhos, as duas passaram dias conversando sobre o assunto. No entanto, o casal nunca chegava a uma conclusão. Quando questionada se, algum dia, gostaria de ter filhos, Maggie ficou em silêncio e disse apenas que queria ela. Alex hesitou em terminar a relação, mas Maggie pediu para que o fizesse. Enquanto arrumavam suas coisas, Maggie e Alex começaram a dançar e foram para a cama.

Maggie olhando para Alex

Maggie olhando para Alex.

Depois de transarem, Maggie perguntou a Alex se ela queria mesmo terminar. Alex então contou uma história de sua infância, explicando a certeza desde jovem que queria ser mãe. Depois de ouvir, Maggie expressou o quanto queria mudar, mas sabia que não conseguiria. Após arrumar suas coisas, Maggie agradeceu Alex por ajudá-la. Antes de ir embora, ela lhe disse que seria uma ótima mãe e fechou a porta.[22]

Crise nas Terras Infinitas[]

Quando a Crise nas Terras Infinitas começou em 10 de dezembro de 2019, Maggie, assim como todos os seres do multiverso (com exceção dos sete Paragons), foi morta quando uma onda de antimatéria destruiu a Terra.[23] No entanto, graças aos esforços dos Paragons e do Espectro, Maggie foi ressuscitada em um novo universo um mês depois.[24]

Pós-Crise[]

A vida de Maggie na Terra-Prime permaneceu o mesmo.

Em algum momento, Maggie e Alex se tornaram noivas, mas eventualmente terminaram.[25]

Personalidade[]

Maggie é um dos poucos humanos que não tem uma visão anti-aliens em geral. Maggie também tem um exterior duro, mas uma vez que você derruba suas paredes, ela é um completamente sensível; ela apoiou Alex Danvers conforme ela gradualmente aceitava sua sexualidade. Certa vez, ela traiu sua ex-namorada, Emily, mas expressou extrema culpa por isso, sabendo que estava errada e provando que ela tem uma bússola moral.

Depois que os pais de Maggie a rejeitaram quando ela se assumiu lésbica, Maggie se fechou para aqueles ao seu redor. Ela não confiava facilmente e não gosta de falar sobre si mesma e seus problemas, principalmente por medo de ser rejeitada por quem ela é. Depois que ela começou a namorar Alex Danvers, ela começou a ajudá-la a se curar e a superar esse medo de ser rejeitada e a ajudá-la a não se fechar para os mais próximos.

Maggie é calma e paciente sempre mantendo suas emoções. Ela é capaz de convencer os ladrões de banco mesmo depois de dezessete horas de negociação. No entanto, quando sua investigação foi comprometida pela interferência de Kara Danvers, ela acabou perdendu sua paciência pela primeira vez e discutiu com ela sobre as intervenções da Supergirl. Mais tarde, quando sua namorada Alex foi sequestrada e restava apenas algumas horas antes de se afogar, ela comprometeu suas crenças e ajudou um criminoso a escapar da prisão para salvar sua namorada. Quando Kara intervém, ela expressa que não quer perder Alex e estava disposta a fazer o que fosse necessário para salvá-la. No final, Maggie devolveu Peter Thompson à prisão.

Habilidades[]

  • Intelecto de alto nível/Detetive especialista: Como detetive de polícia do Departamento de Polícia de National City, Maggie provou ser uma detetive altamente qualificada. Usando o conselho de seu pai, Oscar Rodas, Maggie resolveu um caso de assassinato frio de 18 anos.[1] Ela foi capaz de descobrir que Alex Danvers não era uma agente do FBI, mas sim do D.O.E., e que sua irmã adotiva era a Supergirl.[11]
    • Bilíngue: Maggie sabe falar espanhol.
  • Especialista em combate corpo-a-corpo: Como detetive da polícia, Maggie é uma combatente corporal altamente qualificada. Junto com Alex, ela foi capaz de se defender contra um lutador alienígena.
    • Atiradora especialista: Por conta de seu treinamento na polícia, Maggie é altamente qualificada no uso de armas de fogo.

Equipamento[]

  • Armas: Por conta de seu treinamento na polícia, Maggie sabe como usar uma arma de fogo.

Equipamento anterior[]

Aparições[]

Supergirl[]

2ª Temporada

3ª Temporada

4ª Temporada

6ª Temporada


Arqueiro[]

6ª Temporada[]

Flash[]

4ª Temporada[]

Lendas do Amanhã[]

3ª Temporada[]

Curiosidades[]

  • Ela gosta de ioga.[5]
  • Maggie gosta de sorvete vegano[12] e tiramisu.[4]
  • Maggie gosta de beber scotch e café.[4]
  • Quando adolescente, Maggie fumava cigarro e gostava de filmes de terror.[4]
  • Maggie era fã do programa de Leslie Willis.[12]

Por de trás das câmeras[]

  • Nas histórias em quadrinhos da DC Comics, Maggie Sawyer foi uma policial que trabalhou em Gotham City e Metrópolis. Ela também foi o interesse romântico de Kate Kane/Batwoman. Sua primeira aparição ocorreu em Superman #4 (abril de 1987).
    • Tradicionalmente, Maggie era uma mulher caucasiana loira. No Arrowverso, ela foi adaptada como latina.

Referências[]

Advertisement