FANDOM


Mobius
Anti-Monitor
Informação
Estado atual Vivo (encolhendo por toda eternidade)
Intérprete LaMonica Garrett
Fonte
Mobius[1], conhecido como o Anti-Monitor, é um ser supremo e malevolente, com o desejo de erradicar todo o multiverso por qualquer meio necessário, no qual foi capaz de realizar. Ele é o oposto de sua contraparte, o Monitor.

Graças aos esforços dos Paragons e Oliver Queen, um novo multiverso foi criado para substituir seu anterior. Em sua última tentativa de derrotar os heróis, ele confrontou-os na Terra-Prime ao aumentar seu tamanho. Apesar de quase conseguir, Mobius foi derrotado por um aparelho que o encolherá por toda eternidade.

Biografia

Criação

Quando Mar Novu entrou no universo de antimatéria por acidente, uma sósia de si mesmo foi criado.[2] Mar Novu conheceu Mobius e deixou-o viver, uma decisão na qual se arrepende desde sempre.[1]

Aprisionamento

Procurando destruir o multiverso com suas ondas de antimatéria, o Anti-Monitor foi selado em sua câmara, onde construiu um Canhão de antimatéria para completar seus esquemas. Quando Barry Allen, da Terra-90, correu para atacar Mar Novu, ele foi repelido.[3] Ele foi encontrado por Mobius, que o aprisionou e o forçou a correr em uma esteira para carregar sua arma. Durante um dos testes, o canhão destruiu a Terra-2.[1]

Crise de 2019

Alertando Nash Wells

Em 9 de Dezembro, Nash Wells confundiu o Anti-Monitor com Mar Novu, e ficou parado na morta do Anti-Monitor ameaçando-o, dizendo que não acreditava em falsos deuses. O Anti-Monitor argumentou com Nash, quando de repente ele foi atacado por um dos aliados de Ramsey Rosso. Após um tempo, Ramsey e seu exército foram impedidos graças à Allegra Garcia, mas Nash acreditou que "o Monitor" havia o salvado.[4] Às 23:58, no momento em que Nash estava prestes a abrir o portal para qual acreditava ser uma passagem para o reino do Monitor, o Anti-Monitor notou o quanto Wells queria a verdade e lhe ofereceu tudo o que queria, e em troca ele deveria ajudá-lo. O Anti-Monitor disse para parar de tentar matá-lo e começar uma nova vida. Quando Nash demandou mostrá-lo, o Anti-Monitor disse que "o conhecimento" já estava em si. Após Nash resolver o código, o Anti-Monitor abriu a pedra e o puxou para dentro em um clarão de luz.[4][5][6][7]

Liberdade

Por conta de Nash abrir a porta, o Anti-Monitor foi libertado e a Crise foi iniciada.[4][5][6][7]

Corrompendo a Precursora

Algum momento depois, o Anti-Monitor se comunicou com a Precursora por meios desconhecidos e, apesar de seus apelos, levou-a até seu esconderijo. Ao chegar, o Anti-Monitor se apresentou. Após dizer que mundos estavam caindo em seu poder e que cada morte permitia-o roubar poder de sua contraparte, o Anti-Monitor demandou a cooperação da Precursora, proclamando que havia trabalho para ser feito.[8]

Cartada final

Após conseguir possuir a Precursora e de todas as Terras do multiverso serem destruídas, a Terra-1 foi a única que permaneceu intacta, agora como refúgio para diversos habitantes dos universos apagados da existência. Mobius teleportou a Precursora para a Waverider, e tentou enganar os heróis ali presentes. Porém eles foram capazes de perceber a armadilha, e tentaram atacá-lo. Ele superou os heróis, com sua onda de antimatéria destruindo a Terra-1 e ele matando seu "irmão", Mar Novu, enquanto heróis assistiram horrorizados. Quando a onda de antimatéria se aproximava da nave, Pária teleportou a última linha de defesa do multiverso para um lugar onde o Anti-Monitor não poderia encontrá-los, deixando-o irritado. Antes de morrerem, os heróis que ficaram ali, com seu último suspiro, se posicionaram contra o Anti-Monitor, alertando-o que isto não iria acabar da forma que ele pensa e que os salvadores iriam derrotá-lo. A antimatéria alcança a Waverider, e mata todos a bordo da nave.[1]

Confronto final

Batalha no Início dos Tempos

Nos meses seguintes após a destruição do multiverso, os Paragons ficaram com dificuldades em saber o que fazer. Após Jim Corrigan ensinar Oliver em como usar seus poderes de Espectro, Queen foi ao Ponto de Fuga para resgatar seus amigos e desbloquear o verdadeiro potencial de Barry. Com sua velocidade aumentada, Barry correu através da Força de Aceleração mas foi atacado no mesmo local, onde perdeu Sara, Kate e J'onn, mas foi capaz de deixar Kara, Ryan e Lex em Maltus, que foram capazes de impedir Novu de completar seu experimento.

Após Barry reencontrar todos, eles foram ao Início dos Tempos, onde encontraram por Mobius esperando-os. O Anti-Monitor alertou-os que algumas coisas são inevitáveis: apesar de impedir uma versão de Mar Novu em completar seu experimento, sempre haveria outra versão do mesmo que não deixaria sua ambição de lado, resultando em seu descobrimento sobre o multiverso. Então, ele liberta seu exército de demônios das sombras para atacá-los.

Antes do confronto se iniciar, Oliver aparece e pede para que o escute, e que este era o motivo nas quais eles eram Paragons. Quando Ryan demonstrou dúvida sobre o que tudo significa, Queen disse que eles são poderosos o bastante para distraí-lo, enquanto o universo era renascido. Ele então diz que o início dos tempos é o único lugar onde isto pode acontecer, e que ele irá acender a faísca, mas eles precisariam espalhar a chama.

Com o encorajamento de Oliver, os Paragons correram para sua batalha e enfrentaram os demônios das sombras, enquanto Oliver e o Anti-Monitor observava-os de cima. Mobius diz a Oliver que é tarde demais, e que após 10,000 anos, ele finalmente será vitorioso. Oliver diz que ele não ganhará, e acredita que toda sua vida foi uma preparação para esta batalha. O Anti-Monitor clama que toda a vida está acabada, e que apenas a morte será eterna.

Oliver tira seu capuz e entra em um confronto com o Anti-Monitor, com o destino de toda existência em jogo. Oliver diz que Mobius "falhou com esse universo", e utiliza seus poderes para restaurar o multiverso, com os Paragons dando-o ajuda através da página roubada por Lex do Livro do Destino. E, aparentemente, destruído o Anti-Monitor.[9]

Batalha em Star City

O Anti-Monitor foi capaz de sobreviver ao seu confronto com o Espectro. Ryan e Ray Palmer notaram que Mobius não pode ser morto, pois é feito de antimatéria, mas eles poderiam desestabilizar sua forma física fazendo-o encolher por toda eternidade. Ele envia os demônios das sombras para confrontar os heróis em Star City, revelando-se pra os heróis do novo universo e seu plano de destruição.

Ele diz que resistir é inútil, e que deveriam se render. Os heróis dedicaram esta batalha em nome do nobre sacrifício de Oliver, e correram para o confronto. Porém seus esforços são inúteis, pois Mobius conseguiu defender-se de cada ataque que os heróis faziam. O Anti-Monitor diz que a Era de Heróis acabaria ali, e aumentou seu tamanho.

Supergirl, Superman e o Caçador de Marte levaram o confronto ao céu para atacar o gigantesco Anti-Monitor, enquanto Ryan, Ray e Nash construíram a bomba que derrotaria o Anti-Monitor. Mobius é capaz de segurar o Superman e começa a esmagá-lo. Vendo seu primo em perigo, a Supergirl voou em direção do vilão para salvar um dos membros de sua família, mas é impedida pela chegada do Átomo e a bomba encolhedora. Ray encolhe Clark e Kara arremessa o aparelho em Mobius, enviando-o ao microverso. Com isto, o Anti-Monitor é derrotado, e seu reino de terror chega ao fim.[10]

Poderes e habilidades

Poderes

  • Fisiologia de entidade cósmica: É dito que o Anti-Monitor pode ser mais poderoso que Mar Novu, um ser cósmico notório e dito pelo próprio Novu.
    • Telepatia: De dentro de sua prisão, ele foi capaz de se comunicar com Harrison Nash Wells quando o mesmo ficou no lado exterior de sua prisão.[4][5][6][7] Ele também foi capaz de se comunicar com a Precursora.[8]
    • Telecinese: O Anti-Monitor foi capaz de puxar Nash para o portal.[4][5][6][7]
    • Possessão: Mobius assumiu o corpo da Precursora, e utilizou-a para matar Mar Novu e absorver sua essência para este corpo.[1]
    • Disparos de energia: Através da Precursora, Mobius foi capaz de projetar disparos de energia para lutar contra Mar Novu, superando-o após o mesmo resistir por pouco tempo.[1]
    • Absorção de essência: Mobius foi capaz de absorver a essência de sua contraparte, Mar Novu, matando-o no processo.[1]
    • Projeção de antimatéria: Mobius induziu a antimatéria que destruiu a Terra-1, mesmo após o Canhão de Antimatéria ser destruído.[1]

Habilidades

  • Manipulação: Foi demonstrado que o Anti-Monitor é um ótimo manipulador, sendo capaz de convencer Nash Wells a libertá-lo.[4][5][6][7]

Fraquezas

  • Paragons: Mar Novu previu que os sete Paragons são as únicas pessoas que podem derrotar o Anti-Monitor.[8][1]
  • Ponto de Fuga: Mobius é incapaz de alcançar o Ponto de Fuga, pois o local existe for do tempo-espaço.[1]
  • Mar Novu: Como dito por Novu e Mobius, ambos são diferentes uns dos outros, assim como seus poderes. Novu se dedica em preservar a vida e o multiverso, enquanto Mobius faz o oposto. Se Mar Novu e o Multiverso permanecerem, os poderes de Mobius começarão a enfraquecer.[8][1]

Aparições

Arqueiro

7ª Temporada

8ª Temporada

Batwoman

1ª Temporada

Supergirl

5ª Temporada

Flash

6ª Temporada

DC's Legends of Tomorrow

5ª Temporada

Galeria

Artes conceituais

Crise nas Infinitas Terras

Imagens promocionais

Crise nas Infinitas Terras

Referências

  1. 1,00 1,01 1,02 1,03 1,04 1,05 1,06 1,07 1,08 1,09 1,10 "Crisis on Infinite Earths: Part Three"
  2. "Crisis on Infinite Earths: Part Five"
  3. "Túnel do Tempo, Parte 2"
  4. 4,0 4,1 4,2 4,3 4,4 4,5 "The Last Temptation of Barry Allen, Pt. 2"
  5. 5,0 5,1 5,2 5,3 5,4 "A Mad Tea-Party"
  6. 6,0 6,1 6,2 6,3 6,4 "The Wrath of Rama Khan"
  7. 7,0 7,1 7,2 7,3 7,4 "Purgatory"
  8. 8,0 8,1 8,2 8,3 "Crisis on Infinite Earths: Part Two"
  9. "Crisis on Infinite Earths: Part Four"
  10. "Crisis on Infinite Earths: Part Five"
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.