Arrowverso Wiki
Advertisement
Para outras versões da personagem, veja Oliver (desambiguação).
Para outros usos de Capuz, veja Capuz (desambiguação).
Para outros usos de Arqueiro, veja Arqueiro (desambiguação).
Para outros usos de Arqueiro Verde, veja Arqueiro Verde (desambiguação).

"Morrer é a parte fácil. Os mortos estão em paz, os verdadeiros heróis são aqueles que tem que continuar vivendo."
—Oliver Queen para Barry Allen[fonte]

Oliver Jonas "Ollie" Queen (16 de maio de 1985[1] - 10 de dezembro de 2019;[2] ressuscitado em 10 de dezembro de 2019 - início dos tempos)[3] foi um bilionário e antigo playboy que se tornou o super-herói de Star City e líder da Equipe Arqueiro, que mais tarde morreu como o salvador do multiverso. Ele foi o filho do falecido Robert Queen e Moira Queen, o meio-irmão paterno mais velho de Emiko Adachi, o meio-irmão materno mais velho de Thea Queen, o esposo de Felicity Smoak e o pai de William Clayton e Mia Queen. Ele foi também o ex-namorado/amigo próximo da falecida Laurel Lance, Sara Lance e Shado. Ele foi também o melhor amigo de Tommy Merlyn e John Diggle e um amigo próximo de Barry Allen, Quentin Lance, Anatoly Knyazev, Roy Harper, Kara Danvers, Ray Palmer, Dinah Drake e Rene Ramirez.

Depois que o íate de sua família naufragou, Oliver se perdeu da sociedade. Ele foi parar na ilha de Lian Yu, onde embarcou em uma missão de auto-descoberta e sobrevivência. Ele viajou para a China e Rússia enquanto realizava missões para a A.R.G.U.S. e se tornou membro da Solntsevskaya Bratva conhecido como Kapot (russo para Capô de Carro), e o vigilante Luchnik/Kapiushon (russo para Arqueiro/Capuz). Eventualmente, Oliver retornou para casa após ter sido declarado como morto cinco anos atrás, e iniciou sua missão de salvar Starling City do crime e da corrupção. Ele então se tornou o vigilante conhecido como o Capuz, o Vigilante de Starling City,[4][5] ou simplesmente o Vigilante.

Depois que o Empreendimento causou a morte de Tommy, Oliver decidiu honrar a promessa que havia feito ao seu melhor amigo: evitar matar pessoas. Ele então continuou com seu vigilantismo, e foi renomeado para o Arqueiro, estilizado como o "Arqueiro Esmeralda".[6] Oliver entrou em conflito com Slade Wilson, que havia conhecido durante seu tempo na ilha e havia retornado para se vingar da morte de Shado. Apesar de Slade ter assassinado sua mãe, Oliver se recusou matá-lo e o prendeu em Lian Yu. Após o Cerco, o Arqueiro foi declarado um herói pelo povo de Starling City.

Oliver se reencontrou com Sara, mas ela acabou sendo morta. Então, Ra's al Ghul, o líder da Liga dos Assassinos, ordenou que Oliver encontrasse o assassino de Sara, caso contrário Starling City seria destruída. No entanto, ao descobrir que Thea, manipulada e drogada por Malcolm Merlyn, foi a responsável pela morte de Sara, Oliver assumiu a culpa para poder lutar contra Ra's, mas acabou perdendo e foi quase morto. Por lei, Oliver devia se tornar o próximo Ra's al Ghul, mas se recusou em fazer isso. Como vingança, Ra's revelou a identidade de Oliver como o Arqueiro para o público, mas Roy assumiu a culpa.

Para poder forçá-lo a aceitar o título, Ra's atacou Thea, deixando-a em um estado crítico. Quando os hospitais não puderam fazer mais nada por ela, Oliver decidiu se tornar Ra's al Ghul com a condição de que sua irmã fosse curada pelo Poço de Lázaro em Nanda Parbat. Em seguida, Oliver entrou para a Liga do Assassinos como Al Sah-him (árabe para Arqueiro), e começou a trabalhar com Malcolm em uma forma de desfazer a organização de dentro dela. Quando Ra's ordenou que Oliver destruísse Starling City, ele abandonou a Liga dos Assassinos e ajudou a Equipe Arqueiro a derrotá-lo. Depois que Ra's foi morto, Oliver decidiu se aposentar do vigilantismo e foi embora para Ivy Town com Felicity.

Cinco meses após se aposentar, Oliver voltou à Star City e assumiu um novo codinome, Arqueiro Verde, para continuar lutando pelo povo da cidade. Ele também lutou contra Damien Darhk e sua organização terrorista, a C.O.L.M.É.I.A.. Depois de matar Damien e impedir seu plano, Oliver realizou um discurso para Star City. Suas palavras ganharam o apoio das pessoas e, logo, ele foi eleito como o prefeito da cidade.

Durante seu tempo como prefeito, Oliver entrou em conflito com Adrian Chase/Prometheus, um serial killer que queria vingar a morte de seu pai e arruinar a vida de Oliver. Apesar de Adrian ter sido derrotado e preso, seu plano não havia terminado. Ele sequestrou os amigos e a família de Oliver e os levou à Lian Yu. Ao lado de Nyssa al Ghul, Digger Harkness (que mais tarde o traiu), Slade e Malcolm, Oliver partiu para resgatá-los. Enquanto Oliver e seus aliados conseguiram resgatar todos, incluindo o filho ilegítimo dele, William Clayton, Adrian se matou. A morte de Chase acionou diversas bombas espalhadas por Lian Yu.

As bombas acabaram deixando Thea em um coma e mataram Samantha Clayton, a mãe de William. Como havia prometido a Samantha, Oliver passou a cuidar de William. Enquanto tentava se esquivar da investigação do FBI, que suspeitava de Oliver ser o Arqueiro Verde, ele também teve que lidar com Cayden James, que planejava destruir Star City por acreditar que Oliver havia matado seu filho. Porém, Oliver conseguiu derrotá-lo. Após a derrota de James, Ricardo Diaz, usando os recursos de James, assumiu o controle de Star City. Desesperado para poder derrotar Diaz e salvar a cidade, Oliver pediu a ajuda do FBI, prometendo se entregar caso conseguissem capturá-lo. Apesar de terem falhado em capturar Diaz, Star City foi salva. Cumprindo sua palavra, Oliver confessou publicamente que era o Arqueiro Verde.

Oliver foi preso na Prisão de Segurança Máxima de Slabside, onde se tornou conhecido como o Detento 4587. Ele acabou sendo perseguido pelos criminosos que havia apreendido anteriormente, mas acabou formando uma amizade com Ben Turner, que o ajudou a se defender. Após conseguir uma pista de Talia al Ghul, Oliver descobriu que Diaz continuava vivo. Ricardo tentou matá-lo dentro da prisão, mas Oliver conseguiu derrotá-lo. Assim que Diaz foi preso, Oliver foi solto de Slabside.

Após ser solto de Slabside, Oliver foi informado que alguém estava se passando pelo Arqueiro Verde, e eventualmente descobriu que o farsante era Emiko Adachi, sua meia-irmã paterna. Ele também passou a fazer parte do DPSC como um vigilante aprovado pela autoridade. Para sua infelicidade, Oliver descobriu que Emiko fazia parte do Nono Círculo e queria arruinar seu legado como Arqueiro Verde como vingança por ter sido abandonada pela família Queen. Depois que Emiko e o Nono Círculo foram derrotados, Oliver e Felicity saíram de Star City para se esconder e proteger sua filha recém-nascida, Mia.

Oliver então recebeu a visita de Mar Novu, recrutando-o para ajudá-lo em suas missões de preparação para a Crise nas Terras Infinitas. Assim que a crise começou, Oliver ajudou outros heróis a proteger a Terra-38. Apesar da batalha ter sido perdida, Oliver se recusou a ir embora e sacrificou sua vida para permitir que as pessoas fugissem do universo. Ele então foi ressuscitado através de um Poço de Lázaro na Terra-18, e Mia, Diggle e John Constantine foram ao Purgatório para restaurar sua alma. Ao descobrir que tinha outro papel a desempenhar, Oliver decidiu ficar e treinou com Jim Corrigan. Quando dominou seus novos poderes, Oliver se tornou o Espectro. Ele recrutou os Paragons e os ajudou na batalha no início dos tempos, onde sacrificou sua vida durante uma luta contra o Anti-Monitor para criar um novo multiverso.

Oliver continuou seu trabalho como Espectro enquanto também seguia as regras que vinham com tal responsabilidade. No entanto, em 2023, quando Ramsey Rosso planejou espalhar sua infecção pelo multiverso para dominá-lo, Oliver interferiu em seus planos e se aliou a Barry, Diggle e Wally West para derrotá-lo. Assim que o Hemoglobina foi derrotado e o multiverso salvo mais uma vez, Oliver se despediu de Barry e Diggle.

Em 2040, Oliver se reencontrou com Felicity no pós-vida.

Biografia

Pré-Crise

Vida pregressa

Filho dos bilionários Robert e Moira Queen, Oliver Queen nasceu em 16 de maio de 1985 na cidade de Starling City.[1] Quando ele tinha sete anos, Oliver conheceu e se tornou amigo de Tommy Merlyn. Ele também conheceu Laurel Lance algum tempo depois.[7] Após o nascimento de sua irmã, Thea, Oliver não ficou muito feliz por ter que dividir a atenção de seus pais, mas aprendeu a amá-la com o passar do tempo.[8] Oliver se tornou próximo e muito protetor de Thea. Quando criança, ele chegou a apelidá-la de "Speedy", pois sempre corria atrás dela.[9] Todo Natal, Oliver e Thea apostavam para ver quem conseguia comer mais doces.[10]

Oliver prestes a atacar um paparazzi

Oliver, bêbado, atacando um paparazzi.

Enquanto aprendia a dirigir, Oliver danificou a lateral da Maserati de seu pai.[11] Ao entrar em sua adolescência/início dos 20 anos, Oliver passou a dormir com diversas mulheres e começou a se envolvendo em escândalos e polêmicas, sozinho ou com Tommy, incluindo atacar um paparazzi,[9] dirigir enquanto estava bêbado, urinar em um policial[12] e usar um helicóptero para tentar impressionar uma mulher.[13] Em algum momento, Oliver e Tommy conheceram McKenna Hall[14] e a irmã mais nova de Laurel, Sara. A vida escolar de Oliver também era caótica; ele acabou abandonado quatro escolas da Ivy League[9][15] e, segundo si mesmo, o único livro que chegou a ler foi a Odisseia.[16]

Apesar da falta de interesse em sua vida acadêmica, Oliver tinha certas habilidades em engenharia, pois vivia trabalhando com seu pai, que era um piloto aspirante, e, às vezes, o ajudava nos consertos de carros. Oliver também aprendeu a como pilotar um avião.[17] Quando adolescente, Oliver usou essas habilidades para ligar o carro de Malcolm Merlyn através de conexão direta quatro vezes. Quando seus pais descobriram isso, Oliver ficou de castigo por um verão todo.[18]

Em algum momento de 2004, Oliver roubou a namorada de Simon Morrison.[19] Em outro momento, ele "dormiu" com Vesper Fairchild, uma jornalista, quando ela esteve expondo crimes cometidos pelas famílias ricas dos Estados Unidos, na tentativa de provar que a Corporação Queen não era como as outras.[20]

Em 2005, Oliver começou a namorar Laurel.[21] No entanto, o pai de Laurel, Quentin, desaprovava a relação e, uma vez, ameaçou atacar Oliver com um taser após flagrá-los na cama. Apesar disso, Oliver gostava de passar tempo com Laurel e sua família.[22] Secretamente, Oliver gostaria de ganhar a aprovação de Quentin.[23]

Oliver e sua mãe

Oliver dizendo para sua mãe que havia engravidado uma mulher.

Em algum momento após começar sua relação com Laurel, Oliver acabou a traindo ao dormir com Samantha Clayton ainda em 2005.[24][25] Durante uma relação sexual com Samantha, Oliver acabou a engravidando acidentalmente. Preocupado com seu futuro, Oliver confessou para sua mãe sobre o incidente, acreditando que seu pai iria matá-lo por seu descuido. Ao descobrir que Samantha havia sofrido um aborto, Oliver ficou alegre e triste pelo ocorrido.[24] No entanto, sem seu conhecimento, Samantha havia dado a luz ao seu filho e havia sido pago por Moira para ir embora de Starling City e mentir para Oliver sobre o aborto.

Em 2007, Laurel sugeriu que ela e Oliver fossem morar juntos. Inicialmente, Oliver concordou com isso, mas começou a ter dúvidas sobre a decisão.[26] Ao invés de conversar com Laurel sobre isso, Oliver entrou em pânico e começou a traí-la mais uma vez em suas tentativas de terminar o relacionamento. Ele danificou sua relação com Laurel após dormir com Sara, que gostava dele na época.[9]

5 anos no Inferno

Preso em Lian Yu

Oliver convidou Sara para uma viagem de três semanas no Queen's Gambit.[9] Antes de embarcar no iate, Laurel visitou Oliver para se despedir e lhe entregou uma foto de si mesma, para que ele pudesse ver quando se sentisse sozinho em alto-mar.[26]

Oliver e Robert

Oliver e seu pai após Queen's Gambit afundar, momentos antes do suicídio de Robert.

Naquela noite no Queen's Gambit, Oliver esteve na cama com Sara, bebendo e flertando, quando, de repente, o iate (que havia sido sabotado) explodiu. Um buraco foi aberto no quarto onde os dois estavam. Oliver tentou segurar a mão de Sara, mas não conseguiu alcançá-la a tempo e a assistiu ser puxada pela correnteza abaixo. Eventualmente, Oliver foi também puxado pela correnteza, mas acabou surgindo na superfície. Robert o puxou até o bote-salva-vidas em que estava com Dave Hackett. Oliver queria voltar para procurar por Sara, mas seu pai afirmou que já era tarde demais para salvá-la. Depois de dias à deriva no mar, Robert percebeu que havia o suficiente para talvez uma pessoa e decidiu dar a seu filho uma chance de sobrevivência. Ele revelou a Oliver que a riqueza de sua família havia sido construída com o sofrimento de outras pessoas e que ele não era o homem que seu filho pensava que era. Robert exortou seu filho a corrigir seus erros e ser melhor do que ele. Ele então sacou uma arma e atirou em Hackett, para horror de Oliver, antes de apontá-la para si mesmo. Robert disse a Oliver uma vez pela última vez, "Sobreviva", antes de atirar em si mesmo em meio aos apelos de seu filho.[9]

Oliver na ilha

Oliver chega à ilha.

Algum tempo depois, Oliver desembarcou em uma ilha, onde construiu uma cabana improvisada para passar a noite. Na manhã seguinte, Oliver viu pássaros descendo no corpo de seu pai e correu para protegê-lo, apenas para vomitar ao tocar a mão de Robert. Enquanto enterrava seu pai, Oliver encontrou um caderno com um símbolo estranho cheio de páginas aparentemente em branco no bolso dele. Imediatamente depois, um homem encapuzado chamado Yao Fei Gulong emboscou Oliver e atirou uma flecha no ombro dele. Oliver gritou de dor antes de desmaiar.[12]

Algum tempo depois, Oliver acordou no acampamento de Yao Fei, onde suas feridas foram tratadas pelo homem. Quando o homem adormeceu, Oliver tentou fugir, mas ativou uma armadilha. Yao Fei chegou e cortou das amarras que Oliver estava preso, também alertando-o dos perigos da ilha antes de partir. Oliver não teve outra opção se não segui-lo. Após partirem, a armadilha chamou a atenção de um grupo de homens armados.[15] Nos próximos dias, Oliver passou grande parte de seu tempo observando a foto que Laurel havia lhe dado. Yao Fei lhe trouxe um pássaro preso em uma gaiola, dizendo repetidamente "Shēngcún", e gesticulando para Oliver matar o animal para comer. Inicialmente, Oliver recusou, mas devido a sua fome, ele relutantemente quebrou o pescoço do pássaro. Quando comia, Yao Fei disse que "Shēngcún" significava sobreviver. Yao Fei alertou que Oliver seria forçado a tirar mais vidas no futuro e o aconselhou a esquecer Laurel se ele quisesse sobreviver na ilha.[27]

Yao Fei e Oliver

Oliver observando Yao Fei.

Oliver acompanhou Yao Fei durante uma caçada. Quando Yao Fei matou um coelho para o jantar, Oliver recusou-se tocar o corpo do animal e, seguindo as instruções do homem, tentou atirar com seu arco. Ele foi capaz de lançar a flecha, mas errou seu alvo, que era uma árvore. Oliver foi pegar a flecha e o coelho, mas foi emboscado e capturado por um grupo e homens armados, que o aprisionaram-o em uma jaula. Aterrorizado, Oliver começou a implorar por sua vida, mas não obteve respostas.

Eles levaram Oliver para seu acampamento, onde foi interrogado por seu líder, Edward Fyers. Fyers mostrou-o uma foto de Yao Fei e questionou a Oliver se ele havia visto o homem, e também revelou o nome da ilha: Lian Yu ("purgatório" em Mandarim). Para proteger Yao Fei, Oliver negou que havia encontrado o moço. Não acreditando em Oliver, Fyers ordenou que um de seus homens extraísse informações dele. O homem torturou Oliver, cortando seu torso com uma katana. Apesar da dor, Oliver se recusou a revelar a verdade. Após um período de tempo, Yao Fei se infiltrou no acampamento e resgatou Oliver, levando-o de volta à caverna. Ele então saiu para impedir que os homens de Fyers encontrassem seu esconderijo, mas dizendo para Oliver que ele deveria sobreviver, e bloqueou a entrada da caverna para impedir que Oliver o seguisse.[1]

Ferido e sozinho na caverna, Oliver começou a queimar as páginas do livro de seu pai para manter o fogo aceso. De repente, ele começou a alucinar com Robert dizendo para ele sobreviver, apesar de Oliver ter considerado o suicídio, caso contrário, o sacrifício de Robert teria sido por nada. Depois de acordar, Oliver arrancou outra página do livro, mas quando ele estava prestes a jogá-la no fogo, o calor das chamas faz com que as letras apareçam no papel. Ele passou a fazer o mesmo com outras páginas, e vários nomes começaram a aparecer nas páginas. Oliver então prometeu à alucinação de seu pai que ele cumpriria essa responsabilidade.[28]

Yao Fei voltou um tempo depois, trazendo consigo Fyers. Ele disse a Oliver que Fyers tinha um avião que poderia tirá-los da ilha. Eles seguiram pela floresta até serem emboscados pelos homens de Wintergreen e Fyers, com Fyers admitindo como parecia conveniente que Yao Fei o capturasse com tanta facilidade. Yao Fei disse a Oliver para correr e começou a lutar contra os homens. Infelizmente, ele foi derrotado por Billy. De uma distância segura, Oliver os assistiu pegar Yao Fei e depois fugiu.[10]

Um dos homens de Fyers continuou a procurar Oliver depois que Yao Fei foi capturado. Armado apenas com uma faca, Oliver acabou sendo forçado a confrontá-lo. A escaramuça fez com que caíssem em um riacho. O soldado caiu em uma pedra enquanto Oliver na água. Ele conseguiu nadar e vestiu o uniforme do homem morto, encontrando um conjunto de chaves e um mapa da ilha em um dos bolsos.[29] Usando o mapa, Oliver encontrou o caminho para o acampamento onde Fyers e seus homens estavam. Lá, ele conseguiu chegar até onde Yao Fei estava preso, mas uma vez lá, Fyers derrubou Oliver e o colocou em uma das celas. Quando ele chegou, Fyers disse que sabia quem ele era por causa de seus olhos, o que conta tudo sobre uma pessoa, e foi por isso que todos os seus homens usavam balaclavas. Fyers então repreendeu Oliver por confiar em pessoas erradas, especificamente Yao Fei. Ele fez um gesto para o soldado ao lado dele, que havia sido o primeiro a falar com Oliver após sua chegada ao campo. O soldado tirou sua balaclava e revelou-se de fato Yao Fei, que começara a trabalhar para Fyers.[11]

Aparentemente, Yao Fei foi capaz de "matar" Oliver em um círculo de luta, mas havia utilizado uma técnica para fingir sua morte. Ao ser jogado para a água, Oliver despertou e nadou até a terra. Em seu bolso, ele encontrou um mapa marcado até o avião. Oliver seguiu as instruções e chegou até um avião abandonado.[14]

Oliver conhece Slade

Oliver conhece Slade Wilson.

Antes de poder fazer alguma coisa, um homem se revelou e ameaçou matá-lo. Oliver disse que havia sido enviado por Yao Fei, e o homem abaixou suas armas e se apresentou como Slade Wilson. Slade então disse a Oliver que havia um campo de pouso, e ele e Yao Fei estavam observando há meses e que iriam sair juntos da ilha. Ele então jogou uma espada para Oliver e disse a ele que acreditava que Yao Fei havia enviado Oliver para ele, porque sabia que não podia pegar o campo aéreo sozinho. Slade então desafiou Oliver para uma breve luta de espadas, a fim de avaliar as habilidades de luta de Oliver. Ele não se impressionou, derrotou Oliver de forma significativa e contou como ele lutou muito pior do que uma garota. Slade então o nocauteou.

Oliver acordou amarrado a uma cadeira. Slade, a fim de manter sua localização em segredo, decidiu matar Oliver, no entanto, Oliver conseguiu escapar das amarras quebrando seu dedão e depois deu um soco no rosto de Slade. Slade pensou que poderia haver um lutador dentro de Oliver depois de tudo e decidiu treiná-lo. Quando Oliver foi escolher uma arma, encontrou uma máscara de tecido preto e laranja bicolor, idêntica à usada pelo homem que o torturara sob as ordens de Fyers. Quando questionado sobre isso, Slade explicou que ele e seu antigo parceiro, e ex-amigo, usavam a mesma máscara, que haviam vindo à ilha para resgatar Yao como uma missão do Serviço Secreto Australiano de Inteligência.

Oliver e Slade na torre de comunicação

Oliver e Slade na torre de comunicação.

Os dois lutaram progressivamente por um período de tempo. Oliver quase desistiu, mas foi motivado por Slade. Quando chegou a hora, os dois fizeram foram ao acampamento de Edward. Eles montaram o acampamento, e Oliver tentou acender o fogo por várias horas, até que Slade puxou um isqueiro e o ajudou. Em troca, Slade relembrou a chegada dele e de seu parceiro, Billy Wintergreen, à ilha. Um dia depois, Oliver acidentalmente pisou em uma mina terrestre. Slade correu para se esconder quando um grupo de soldados se aproximou de Oliver. Oliver explicou sua situação, como Slade o abandonara, e eles examinaram a mina. De repente, Slade pulou de seu esconderijo, cortando os soldados com sua espada, substituindo Oliver por um deles. Eles continuaram em direção ao acampamento. Oliver, auxiliado pelos disparos de Slade, correu furtivamente para a torre de comunicações. Ele tentou matar silenciosamente o único homem lá dentro, mas falhou. Ele tentou atacá-lo, mas a técnica não deu certo. Felizmente, Slade o alcançou bem a tempo, esfaqueando o homem através do intestino. Eles conseguiram entrar em contato com o avião, permitindo que ele desembarcasse.

Slade deixou Oliver sozinho e Oliver, vendo sua chance, pegou um telefone e ligou para Laurel, na esperança de compensar seus erros. Antes que ele pudesse falar, Slade voltou e o deteve, lembrando-o de que poderia ser monitorado. Após uma breve discussão, Oliver foi encontrar Yao Fei e resgatá-lo. Yao Fei explicou que ele estava ficando apenas por uma pessoa. Fyers e Wintergreen entraram na barraca, obrigando Yao Fei a nocautear Oliver. Quando Oliver acordou, ele foi forçado a entrar no meio de um círculo. Depois de questionar Fyers, ele descobriu que queria que Wintergreen o matasse. Antes que isso acontecesse, Slade causou uma distração para que ele pudesse matar vários soldados. Oliver assistiu Slade e Wintergreen se enfrentarem, com Slade dominando seu ex-amigo. Quando eles estavam saindo, Slade foi baleado. Oliver ajudou a protegê-los quando eles saíram, finalmente nocauteando seu primeiro soldado com o movimento que Slade havia mostrado antes. Quando chegaram ao avião de Slade, Oliver ajudou a remover a bala no braço de Slade. Ele então brincou que seu único amigo na ilha se chamava "Wilson".[16]

Mais tarde, Oliver foi conferir a ferida de Slade e descobriu que ela estava infectada. Ele se lembrou das ervas que Yao Fei havia lhe dado que impediam a infecção de sua flecha e se ofereceu para buscá-las. Slade disse que ele não duraria uma hora lá fora, e Oliver acreditava que ele poderia pegá-los em 45 minutos. Ele então foi à caverna de Yao Fei, descobrindo um homem amarrado lá. O homem explicou que ele era o único sobrevivente de um naufrágio, como Oliver, e descobriu os soldados de Fyers, que o espancaram e o levaram para a caverna. Oliver, acreditando que era uma armadilha, pegou as ervas e deixou o homem lá, retornando a Slade com as ervas.[30]

Oliver começou a trabalhar em um transmissor de rádio quebrado para encontrar uma maneira de sair da ilha com Slade. Depois de trabalhar um pouco, eles conseguiram ouvir conversas entre rádios, mas não conseguiram se comunicar. Depois de ouvir um pouco, os dois descobriram que Fyers havia ordenado o envio de um lançador de mísseis grande o suficiente para destruir um exército inteiro.[17] Oliver e Slade conseguiram se infiltrar no complexo de Fyers, onde roubaram o chip de ignição do lançador. Eles ligaram para Fyers e disseram que devolveriam o chip em troca de uma saída da ilha.[31]

Oliver puxando um arco

Oliver puxando um arco.

Oliver e Slade se encontraram com Fyers, que recusou a oferta dizendo que ele mataria Shado, filha de Yao Fei, caso os homens não entregassem o chip. Oliver percebeu que era por ela que Yao Fei havia se juntado à causa de Fyers. Oliver e Slade escaparam com Shado, mas logo souberam que os homens de Fyers haviam encontrado o chip durante o encontro. Shado então contou a eles como sabia do plano de Fyers.[32] Shado decidiu começar a ensinar arco e flecha para Oliver, a fim de ajudá-los a derrotar Fyers. Ela começou a levá-lo a encher uma tigela com água e depois a estapear continuamente. Depois de um tempo, Oliver ficou frustrado e perguntou a Shado o objetivo do exercício, e ela mostrou que, como havia passado tanto tempo batendo na água, ele tinha força nas mãos para puxar um arco.[33]

Ela então lhe disse que ele tinha que aprender a atirar, durante o qual os dois se aproximaram romanticamente, embora Oliver confessasse que estava apaixonado por Laurel. Depois de aprender a atirar, os três ficaram chocados ao ver Yao Fei chegar ao seu complexo. No entanto, ele foi prontamente forçado a revelar que havia trazido os soldados de Fyers junto com ele.[22]

Os soldados levaram o trio ao complexo de Fyers, onde Oliver viu que um dos soldados era um homem que havia conhecido na caverna anteriormente. Fyers revelou que o motivo de estar na ilha era porque seus homens foram contratados para derrubar um avião que iria até a China. Fyers então ameaçou matar Shado caso Yao Fei não filmasse um vídeo assumindo a responsabilidade pelo ataque terrorista. Embora relutante, Yao Fei aceitou, e entregou uma faca para Oliver. Após gravar o vídeo, Fyers atirou na cabeça de Yao Fei, matando-o. Quando Fyers e seus homens se prepararam para disparar o míssil, Oliver cortou suas amarras utilizando a faca entregado por Yao Fei e ele, Slade e Shado enfrentaram Fyers e seus homens.

Oliver ameaçando Fyers

Oliver apontando ameaçando Fyers com um arco e flecha.

No entanto, Fyers foi capaz de ativar o míssil, e Oliver e Shado foram redirecioná-lo manualmente enquanto Slade os protegia. Quando Shado esteve prestes a colocar o chip, ela foi atacada por de trás, mas Oliver foi capaz de direcioná-lo e mandá-lo de volta ao complexo de Fyers, com Slade e Shado ainda lá. Oliver foi procurá-los e encontrou Slade, mas viu que Fyers também estava lá e com Shado em sua custódia. Oliver encontrou o arco de Yao Fei e o apontou para Fyers, que refletiu sobre como seu plano meticulosamente executado nos últimos dois anos foi desfeito por um garoto naufragado e admitiu que o teria tirado da ilha se Oliver parasse de mexer em seus planos. Antes de Fyers poder fazer algo, Oliver disparou uma flecha no pescoço dele, matando-o.[34]

Mirakuru
Oliver treinando com Slade

Oliver treinando com Slade.

Meses depois, Oliver aprimorou suas técnicas de combate, como notado por Slade e Shado. O trio notou outro grupo na ilha, e partiram para rastreá-los. Porém, Shado foi sequestrada pelo grupo, fazendo com que Oliver e Slade fossem resgatá-la. Eles encontraram-a sendo interrogada por um grupo de piratas, questionando-a se havia encontrado alguns "corpos". Slade disse para Oliver aguardar seu sinal, mas Oliver, incapaz de ver Shado ser torturada, atacou por impulso. Enquanto Slade enfrentava os piratas, Oliver assassinou brutalmente o líder, chocando Slade e Shado.[35]

Slade sugeriu que Shado conversasse com Oliver, pois estava preocupado por Queen estar perdendo a cabeça. A conversa dos dois levou a ambos fazerem uma relação sexual, para a clara irritação de Slade, que disse a Oliver que Shado era uma distração e que ela iria levá-lo à morte. Os três encontraram ossos de soldados Japoneses da 2ª Guerra Mundial,[6] deduzindo que estes eram os corpos que os piratas procuravam. Eles também deduziram que mais pessoas provavelmente os seguiriam, e então levaram um dos corpos de volta ao avião. Enquanto Shado examinava o corpo, Slade e Oliver foram procurar um ponto estratégico para observar se mais piratas aparecessem. Slade enfatizou seu ponto de vista sobre Shado, embora Oliver o ignorasse. Quando finalmente os dois chegaram ao topo de uma montanha, descobriram que os piratas tinham vindo de um grande navio ao largo da costa de Lian Yu. Eles logo avistaram vários mísseis vindos do navio, claramente apontados para seu complexo. Oliver e Slade correram de volta para o avião, no entanto, assim que se aproximaram, ambos foram nocauteados pela explosão de mísseis. Oliver rapidamente viu Slade a alguma distância com as mãos e o rosto em chamas, depois desmaiou.

Oliver logo despertou aprisionado em uma cela, cercado por diversas outras pessoas.[36] Quando acordou, piratas, que haviam interrogado Shado anteriormente, começaram a cercá-lo. Um homem questionou quem ele e os seus amigos eram, e se sabiam a localização das tumbas. Após recusar-se a responder, o homem lhe deu duas opções: respondê-lo ou ser torturado, apesar de ambas opções resultarem em sua morte. Oliver continuou a recusar, e então o homem atirou em seu estômago, e foi entregue ferramentas medicinais para que ele pudesse removê-la. Oliver questionou ao prisioneiro ao lado do motivo disto ter ocorrido. Ele explicou que era para ver se ela forte o bastante pra sobreviver, e mostrou uma cicatriz de um mesmo ferimento. Apesar de sua imensa dor, Oliver removeu a bala, e o pirata retornou para encontrá-lo vivo.

Oliver reencontrando com Sara

Oliver se encontrando com Sara após um ano.

"O Capitão" questionou-o novamente se ele sabia sobre a localização dos corpos dos soldados Japoneses. Apesar de Oliver não dizer nada, o Capitão inferiu que eles estavam de fato na ilha. Em seguida, algumas pessoas levaram Oliver para fora de sua cela, dizendo que seus dias de gritaria haviam começado. Ele foi arremessado a uma sala e uma mulher entrou pela outra porta. Oliver ficou chocado ao vê-la, descobrindo que a mulher era Sara Lance e que, de algum modo, ela havia sobrevivido ao naufrágio do Queen's Gambit.[37] Oliver tentou conversar com ela, mas Sara o chutou, afirmando a Oliver que "prisioneiros não falam".

Um homem entrou e se apresentou como Ivo, e perguntou qual era seu nome. Sara sinalizou para que mentisse. Oliver notou isso e disse que seu nome era Tommy e que era o único sobrevivente de um naufrágio. Quando Ivo questionou-o se ele havia ido para a ilha a respeito do submarino japonês, Oliver informou que não. Ivo revelou que durante a Segunda Guerra Mundial, os Japoneses criaram um soro chamado "Mirakuru", que aprimoraria a força física e a regeneração humana. Ele explicou que o soro foi transportado por um submarino que foi atacado em algum lugar em Lian Yu, e que graças a Oliver ele sabia que estava na ilha certa. "Tommy" disse com raiva a Ivo que ele matou seus amigos, e Ivo respondeu dizendo que, devido a seus amigos estarem mortos, cabia a Oliver ajudá-lo a encontrar o submarino.

Oliver sendo tirado de sua cela por Sara

Oliver sendo tirado de sua cela por Sara.

Sara visitou-o mais tarde, alertando para que não falasse a respeito de que se conheciam, ou senão ambos seriam mortos. Oliver queria avisar seus amigos, acreditando que eles ainda estavam vivos, então mais tarde naquela noite, Sara destrancou a cela de Oliver, dizendo-lhe para segui-la. Ao sair, o prisioneiro com quem ele conversou anteriormente pediu que ele não os esquecesse, seguido por Oliver prometendo que ele retornaria. Sara o levou a uma sala com um transmissor de rádio dentro e mostrou que ela poderia operá-lo. Oliver chamou seus amigos e Shado respondeu, mas antes que ele pudesse revelar sua localização, Sara desconectou o rádio. Ivo e o Capitão entraram na sala, com Ivo revelando que Oliver confirmou que seus amigos estavam vivos e, portanto, ainda eram uma ameaça. O capitão achou que Oliver não tinha mais utilidade e apontou uma arma na direção da cabeça. No entanto, Sara interferiu, argumentando que Oliver ainda poderia ser útil. Ivo concordou, dizendo a Oliver que ele voltaria para a ilha e o chamou por seu verdadeiro nome, revelando que Sara aparentemente o estava manipulando o tempo todo.[38]

Oliver foi levado até o cemitério de aviões da ilha, onde o Capitão começou a se preparar para a explosão. Conforme se aproximavam do túmulo dos soldados japoneses, Ivo questionou Oliver sobre o hōzen que havia encontrado, mas ele não o respondeu. Enfurecido, Ivo ordenou que Oliver fosse ao lado de fora para ser torturado. Antes do Capitão começar a torturá-lo, Shado e Oliver o salvaram. Eles pegaram Oliver e Sara e saíram correndo. Após tomarem uma distância segura, Oliver questionou-os sobre o hōzen. Shado explicou que havia transformado o objeto em um pingente, pois ele a fazia se lembrar de seu pai. O grupo percebeu que os arranhões no lado do hōzen indicavam as coordenadas do submarino. Oliver sugeriu usar o Mirakuru para salvar Slade.[39]

Oliver e Sara observnado Slade

Oliver e Sara observando Slade.

Presumivelmente concordando que o soro poderia salvar Slade, os quatro começaram a caminhar pela ilha em direção às coordenadas inscritas. Durante a jornada, Shado questionou Oliver sobre como ele conhecia Sara e ele admitiu que ela era irmã de Laurel. Desanimado com a resposta dele, Shado começou a se distanciar dele. Eles finalmente encontraram o submarino e entraram nele, deixando um Slade enfraquecido perto da entrada para encontrar o soro. Quando o fizeram, Sara revelou que precisava dar a Slade um sedativo antes de injetá-lo com soro, mas outro exame da área revelou que não havia sedativos no submarino. Oliver tomou a decisão de usar o soro em Slade de qualquer maneira, e antes de ser injetado, Slade revelou que ele estava apaixonado por Shado o tempo todo que ela e Oliver estavam juntos. Dito isto, Oliver deu a ele o soro, e ele, Shado e Sara ficaram horrorizados quando isso pareceu matá-lo mais rápido. Antes que eles pudessem começar a lamentar Slade, Ivo e seus homens chegaram, sequestrando os três.[40]

Ivo forçando Oliver a escolher

Oliver sendo forçado a escolher entre Sara e Shado.

Após coletarem o soro, Ivo fez seus homens levarem-os de volta à ilha, onde Sara brincou com a afeição de Ivo por ela para convencê-lo a deixar Oliver e Shado irem. Embora Ivo admitisse se importar com ela, ele forçou Oliver a escolher quem iria viver, Sara ou Shado. Com apenas trinta segundos, Oliver tentou convencer Ivo a deixá-los sozinhos, mas foi forçado a proteger Sara após Ivo ameaçar atirar nela. Aceitando isto como a escolha de Oliver, Ivo atirou em Shado, fazendo Oliver entrar em choque e ser consumido pela culpa. De repente, Slade apareceu e atacou todos. Ivo fugiu e deixou seus homens para morrer. Quando Slade encontrou o corpo de Shado e questionou-os sobre como ela havia morrido, Sara mentiu e disse que Ivo atirou nela sem nenhum motivo.[41]

Oliver, Slade e Sara enterraram Shado ao lado de Yao Fei e Robert Queen. Durante o funeral, Oliver declarou que esperava que ela estivesse com o pai. Slade deu o capuz verde de Shado a Oliver, e inicialmente ele não o quis, mas o manteve depois de ser lembrado por Slade de seu relacionamento antes de sua morte.

Mais tarde, enquanto caminhavam, Oliver estava perto de dizer a Slade o verdadeiro motivo pelo qual Shado foi morta, mas Sara se aproximou dele e o aconselhou a não fazê-lo, pois Slade ainda tinha Mirakuru nele, e eles não tinham ideia dos efeitos disso. Eles perguntaram a Slade para onde estavam indo e ele respondeu que eles estavam voltando para o avião, a fim de se prepararem antes de matarem Ivo e seus homens. Antes que Oliver pudesse impedi-lo de continuar seu plano de matar Ivo, Slade levantou Oliver um pé do chão, sufocando-o. Sara bateu em Slade com um galho, fazendo-o soltar Oliver e perceber o que tinha feito. Oliver simplesmente assumiu que o Mirakuru estava mexendo com a cabeça dele. Naquela noite, Ivo os contatou através de um rádio, dizendo que eles tinham dez dias para entregar o Mirakuru a ele, prometendo em troca uma passagem segura para fora da ilha. Eles se voltaram para consultar Slade, apenas para perceber que ele havia desaparecido.[42]

Oliver sendo ameaçado por Slade

Oliver sendo ameaçado por Slade.

Os dois correram para os lançadores de mísseis o mais rápido possível e encontraram Slade inserindo os cálculos. Oliver tentou parar Slade, mas ele ameaçou atirar se ele atrapalhasse. Antes que ele pudesse, Oliver admitiu que Shado realmente amava Slade, talvez não romanticamente, mas de maneira platônica, e gostaria que ele voltasse para casa. Sabendo disso, Slade decidiu não atirar, para não deixar Shado morrer em vão, e Oliver garantiu que ajudaria seu amigo naquele momento difícil.[43]

Depois que Slade voltou a si mesmo, os três decidiram observar o cargueiro e debateram sobre como poderiam embarcá-lo. Enquanto conversavam, eles ouviram um avião. Quando a aeronave se tornou visível, os três começaram a fazer barulho para sinalizar sua presença, mas a aeronave foi derrubada por um míssil. O trio correu até o local da queda e encontraram o piloto morrendo. Sara sugeriu que Oliver pegasse o kit médico no acampamento deles. Oliver e Slade foram até o acampamento e voltaram até o local da queda, embora tivessem chegado tarde demais para salvar o homem.[44]

Oliver treinou suas habilidades e Slade o elogiou, comentando que ele estava melhorando, mas Oliver o relembrou de que árvores não eram a mesma coisa que inimigos vivos. Oliver sugeriu que destruíssem o Mirakuru, plano que Slade apoiou. Enquanto o queimavam, Sara explicou que ele deveria matar Ivo, e não Slade. Naquela noite, enquanto bebiam, Oliver conversou com Sara.

Slade, Oliver e Sara

Oliver, Sara e Slade se preparando para a batalha.

Pela manhã, Oliver acordou Sara e Slade. Após vestir o capuz de Shado, os três se aventuraram pela floresta. Oliver se preparou para atirar uma flecha flamejante em uma fogueira que eles construíram. Ele falhou inicialmente na primeira vez, mas acertou à queima-roupa na segunda. Slade comentou que eles estavam deixando a ilha como irmãos (em contraste com eles se encontrando como estranhos) e Oliver se despediu dele. Na praia, dois dos homens de Ivo avistaram Oliver. Ele começou a correr pela praia, apenas para tropeçar em uma raiz de árvore e ser capturado pelos homens. No navio, Oliver foi colocado de volta em uma cela. Ele começou a conversar com um homem que se apresentou como Thomas Flynn. Não muito tempo depois, Ivo chamou Oliver ao seu quarto. Recusando-se a responder às perguntas de Ivo, Oliver foi injetado com pentatol de sódio ou soro da verdade. Aparentemente atordoado, Oliver começou a responder às perguntas de Ivo e aparentemente revelou todo o seu plano.

Ele foi levado de volta para sua cela, mas no caminho derrubou os guardas e pegou suas chaves. Oliver se encontrou com Sara e Slade do lado de fora e recebeu seu arco e flecha. Eles soltaram os prisioneiros e Oliver foi até Ivo. Apontando uma flecha para ele, Oliver culpou Ivo pela morte de Shado. Ivo tentou explicar como era, de fato, culpa de Oliver. Quando Oliver finalmente admitiu seus sentimentos de culpa, ele ameaçou matar Ivo, no entanto, Ivo o alertou sobre a presença de Slade na sala, e ele se virou para encarar Slade. Oliver finalmente admitiu que a morte de Shado foi sua culpa e Slade começou a lutar contra ele, deixando Ivo escapar. Antes que Slade pudesse sufocá-lo até a morte, houve uma explosão que fez Slade voar. Oliver aproveitou para correr, pulando do lado do navio logo após Anatoly, Thomas e Sara, apenas para ser agarrado pelo tornozelo por Slade. Slade então o colocou em uma cela, anunciando que ele era o novo capitão do Amazo, após matar o anterior.

Oliver durante a tortura

Oliver durante a tortura.

Mais tarde, Slade ordenou que Oliver fosse trazido. Ele deu uma arma a Ivo, pedindo-lhe para matar Oliver assim como havia matado Shado. Quando ele não fez isso imediatamente, Slade cortou seu braço. Ivo foi levado embora, e Slade alegou que não deixaria Oliver morrer até que ele conhecesse o desespero completo.[45] Enquanto estava sob custódia, Slade torturou Oliver severamente pela tripulação do navio, eletrocutando-o antes de finalmente marcá-lo com a mesma tatuagem que Shado tinha.[46]

Mais tarde, como parte de um acordo de troca entre Slade e Sara, Oliver foi devolvido à ilha com Ivo em troca de Hendrick, um ex-companheiro de cela de Oliver. Oliver interveio quando Slade apontou sua arma para Sara, e Slade previu que eles passariam o resto de suas vidas na ilha, antes de partir. Ao sair, ele ameaçou que assim que tivesse o navio em movimento, iria fazer a família de Oliver sofrer.[47]

Algum tempo depois, Sara cuidou dos ferimentos de Oliver. Ivo revelou que havia uma cura para o Mirakuru e uma forma de impedir Slade. Ele prometeu dizê-los onde a cura estava em troca de uma morte rápida. Depois que Ivo contou a localização da cura, Oliver usou uma arma para matá-lo.[48] O grupo foi até o submarino, mas não conseguiram sair com ele. Peter se voluntariou para ativar os torpedos do submarino, sabendo que isso iria resultar em sua morte. Oliver conversou com Peter enquanto ele se preparava. Ele tentou se comunicar com Sara, mas ela não o respondia.[49]

Oliver foi até a superfície, mas não encontrou Sara. Ele teorizou que os homens de Slade tinham a sequestrado. Anatoly informou que o Amazo havia começado a se mexer, então Oliver sugeriu que atacassem a embarcação com um torpedo. Antes de invadir o navio, Oliver se despediu de Anatoly. Oliver invadiu o navio e tirou Sara de sua cela, mas ele foi interceptado por Slade, que revelou estar com a cura.[50]

Enquanto eram forçados a assistir Slade injetar o Mirakuru no sistema de inúmeros prisioneiro,s Oliver tentou conversar com Slade, argumentando que Shado iria querer que os dois voltassem para casa vivos. Antes que Slade pudesse atirar em Oliver, Anatoly disparou os torpedos. O navio começou a afundar e Oliver agarrou uma flecha, usando-a para matar os homens de Slade. Antes que Slade pudesse chegar ao Mirakuru, Oliver chegou primeiro. Slade, no entanto, agarrou Sara e a jogou no buraco aberto no navio, aparentemente matando-a mais uma vez.

Oliver esfaqueia o olho de Slade

Oliver esfaqueia o olho de Slade.

Os dois começaram a lutar e logo Slade conseguiu levantar Oliver, sufocando-o. Oliver tirou a máscara de Slade, mas Slade simplesmente o derrubou. Quando Oliver se levantou, eles começaram a correr um para o outro, mas perderam o equilíbrio e grandes pedaços de destroços caíram sobre Slade, prendendo-o. Tendo a escolha entre curar ou matá-lo, Oliver decidiu matar Slade apunhalando uma flecha em seu olho depois que ele ameaçou matar sua família. Uma nova explosão derrubou Oliver. Um ou dois dias depois, Oliver acordou em uma cama. Dois homens de terno ordenaram que ele os seguisse e, uma vez fora, Oliver foi recebido por Amanda Waller, que revelou que ele estava em Hong Kong.[51]

Trabalhando para a A.R.G.U.S.

Esta seção está incompleta. Você pode ajudar a expandi-la adicionando algumas informações.

Voltando para a ilha

Esta seção está incompleta. Você pode ajudar a expandi-la adicionando algumas informações.

Caçando Konstantin Kovar

Esta seção está incompleta. Você pode ajudar a expandi-la adicionando algumas informações.

Início do vigilantismo

Oliver olhando para Starling

Oliver olhando para Starling.

Ao voltar para casa, Oliver foi examinado no hospital da cidade. Ele então abraçou sua mãe e, em seguida, voltou para casa, onde reencontrou Thea, Tommy e conheceu seu novo padrasto, Walter Steele. Naquela noite, Oliver jantou com sua família e Tommy pela primeira vez em anos, e também conversou com sua mãe sobre sua nova relação com Walter.

No dia seguinte, Oliver visitou Laurel, que estava cuidando do caso de Adam Hunt, para poder se desculpar por ter a traído e também pela morte de Sara. No entanto, Laurel não se importou com suas palavras, pois ainda estava decepcionada e com raiva. Enquanto estava com Tommy, Oliver e ele foram sequestrados por três homens, que também mataram um civil. Oliver e Tommy foram levados até um lugar abandonado, onde os homens questionaram Oliver se Robert havia sobrevivido e perguntaram se ele havia lhe dito algo. Oliver conseguiu se soltar e matou dois dos sequestradores. Ele perseguiu o último até o telhado e o desarmou. O homem implorou por sua vida, mas Oliver o relembrou que ele havia matado um civil. Ele quebrou o pescoço do indivíduo, declarando que ninguém poderia saber seu segredo.

Capuz confrontando Adam Hunt

Capuz confrontando Adam Hunt.

Mais tarde, enquanto era interrogado pela polícia, Oliver disse que ele e Tommy foram salvos por um "homem de capuz verde". Com seu sequestro, Oliver decidiu iniciar seu vigilantismo, mas a preocupação de Moira após o incidente a fez contratar um guarda-costas para seu filho, John Diggle. Depois de despista Diggle, Oliver montou seu esconderijo em uma fábrica abandonada da Corporação Queen nos Glades, onde ele treinou e forjou suas flechas. Naquela noite, Oliver confrontou Adam Hunt, que estava roubando dinheiro das pessoas. Ele emboscou o criminoso e exigiu que ele retornasse todo o dinheiro que havia extorquido.

Usando a festa de boas-vindas de Tommy como desculpa, Oliver aguardou o fim do prazo para confrontar Hunt novamente. Durante a festa, Oliver viu que Thea estava comprando drogas e, quando ela não estava olhando, jogou-os no lixo. Ele então se encontrou com Laurel, dizendo para ela que ficar preso na ilha não havia o mudado e que continuava sendo o mesmo de antes. Em seguida, Oliver invadiu a Hunt Multinacional, onde lutou contra os seguranças de Adam. Ao chegar até ele, Oliver foi confrontado por Drakon, mas conseguiu matá-lo. Quando o Departamento de Polícia de Starling City chegou na empresa, Oliver fugiu.

Oliver foi confrontado por Quentin na festa de Tommy, mas ele explicou que nunca havia saído de lá. Mais tarde, Oliver, usando uma flecha especial que havia deixado na Hunt Multinacional, retirou os 40 milhões na conta da empresa e os devolveu para as vítimas. Ele então riscou o nome de Hunt na lista.[9]

Oliver e Thea olhando para os túmulos

Oliver e Thea olhando para os túmulos.

Uma semana depois, Oliver compareceu ao julgamento que revogou sua morte. Naquela noite, ele confrontou outro indivíduo da lista, Martin Somers, que estava envolvido no caso que Laurel havia assumido no momento. Querendo ajudá-la, Oliver exigiu que Martin testemunhasse no julgamento e confessasse seu crime. No dia seguinte, Oliver recusou a oferta de trabalhar de Moira e Walter de trabalhar na Corporação Queen. Em seguida, ele e Thea visitaram os túmulos que sua família havia feito para ele e Robert.

A pedido de Thea, Oliver visitou Laurel naquela noite, tentando se reconectar com ela. Enquanto conversavam, Oliver percebeu que algo estava errado. Eles então foram atacados pela Tríade Chinesa, que estavam lá para matar Laurel. Diggle lutou contra os assassinos e Chien Na Wei, mas acabou perdendo e foi salvo por Oliver, que havia arremessado uma faca para desarmá-la. Mais tarde, Oliver, como Capuz, atacou Somers na doca da cidade, onde matou seus seguranças e gravou uma confissão dele. Depois de riscar o nome de Somers da lista, Oliver se fingiu de bêbado na inauguração do Centro de Ciências, expressando sua crença de nunca iria ser como seu pai. Oliver então visitou e falou com o túmulo de Robert no terreno da mansão. Acreditando que não poderia defender o nome de seu pai e honrar seus desejos ao mesmo tempo, Oliver lamentavelmente admitiu que precisaria desonrar a memória de Robert por causa de sua cruzada.[12]

Algum tempo após isso, o Capuz foi atrás de James Holder, que esteve vendendo detectores de fumaça estragados. Durante o confronto, Holder foi morto por um sniper, que feriu Oliver com uma bala envenenada. Oliver voltou para seu esconderijo e conseguiu curar seu ferimento usando ervas especiais de Lian Yu. Após analisar a bala, Oliver descobriu que o projétil pertencia a um assassino conhecido como "Pistoleiro". Oliver então usou sua conexão com a Bratva para pedir pela identidade do criminoso.

Capuz alertando Quentin

Capuz alertando Quentin.

Enquanto esteve jantando com Tommy, Oliver recebeu um telefonema de seu contato e conseguiu a identidade do Pistoleiro. Ele o localizou em um motel e invadiu seu quarto, onde se envolveu em um tiroteio com o criminoso. Lawton conseguiu escapar, mas Oliver roubou seu notebook. Ele levou o dispositivo para Felicity Smoak, que recuperou a informação contida no aparelho. Oliver descobriu que Lawton havia sido contratado por Warren Patel, que havia o instruído a matar as pessoas que realizassem uma oferta no leilão das Indústrias Unidac. Percebendo que não poderia lidar com isso sozinho, o Capuz foi até Quentin Lance e lhe passou informações sobre o Pistoleiro. Ele também deixou o notebook ao detetive como prova de que estava falando a verdade.

Capuz lutando contra o Pistoleiro

Capuz lutando contra o Pistoleiro.

No leilão, Oliver ficou de olho em sua família enquanto o DPSC prendia Patel e procurava Lawton. Ele ficou chocado ao ver Thea no leilão e tentou persuadi-la a sair com sua mãe e Diggle. De repente, Lawton atacou o evento e tentou matar os ocupantes. Oliver pegou seu traje na escada e lidou pessoalmente com o assassino. Ele finalmente atirou uma flecha no olho direito de Lawton, cegando-o quase completamente e aparentemente matando-o. Só então, Oliver descobriu que Diggle, que o estava seguindo, levou um tiro com curare. Ele imediatamente levou Diggle para seu covil para curá-lo com as ervas Lian Yu.[15]

Oliver aguardou Diggle acordar sem seu capuz. John tentou atacá-lo, mas por causa do seu ferimento acabou caindo. Oliver o segurou e o ajudou a manter-se de pé. Ele convidou Diggle para se unir a ele em sua cruzada, mas Diggle recusou a oferta. Naquela noite, enquanto dormia, Oliver teve pesadelos. Ele foi até a sala da mansão, onde conversou com Thea, que também não conseguia dormir.

Capuz conversando com Laurel

Capuz conversando com Laurel.

No dia seguinte, Oliver descobriu que Diggle havia se demitido. Após descobrir sobre o caso de Peter Declan, Oliver acreditava que sua esposa trabalhava para Jason Brodeur, cujo nome estava na Lista. Como o Capuz, Oliver foi até Laurel, que reagiu com hostilidade. Após tranquilizá-la e garantir de que não iria feri-la, ele pediu por sua ajuda para provar a inocência de Peter.

Na noite seguinte, Oliver se encontrou com Diggle no Big Belly Burger para tentar convencê-lo a reconsiderar sua oferta. Ele contou a Diggle a verdade sobre o sacrifício de seu pai e explicou seu objetivo de corrigir os erros de sua família. Revelando como ele derrotou Floyd Lawton, que assassinou o irmão de Diggle, Oliver afirmou que queria ajudar aqueles que foram prejudicados pela injustiça e corrupção em Starling City.

Oliver então se encontrou com Laurel, que revelou que o supervisor da esposa de Peter mentiu no caso. Depois de interrogar o homem, Oliver obteve um arquivo de provas incriminatórias contra Brodeur, ao qual Laurel agradeceu. Quando Peter não foi libertado devido a evidências insuficientes, Oliver decidiu ir diretamente a Brodeur e obter uma confissão. Ao confrontá-lo, Oliver descobriu que Brodeur estava organizando uma rebelião na prisão de Iron Heights para silenciar Laurel e Peter. Infiltrando-se na prisão depois de roubar o uniforme de um guarda, Oliver resgatou os dois e conseguiu provar que Brodeur incriminou Peter pelo assassinato de sua esposa. No entanto, ele ficou desanimado com a forma como os métodos do Capuz alienaram Laurel.

Oliver sendo preso

Oliver sendo preso.

No dia seguinte, Oliver recebeu a visita de Diggle na mansão. A conversa acabou sendo interrompida quando Quentin e o DPSC invadiram a residência. Enquanto era apreendido por Lance, o detetive revelou que estavam o levado em custódia por suspeitarem de que ele era o Capuz.[27]

Oliver foi levado imediatamente para o DPSC, onde foi processado. Ele então foi interrogado por Quentin, que lhe mostrou imagens de Oliver pegando o traje do Capuz durante o tiroteio no leilão da Unidac. Oliver se defendeu dizendo que havia ido para as escadas para se esconder e acabou encontrando a roupa sem querer. Quando Moira e Walter apareceram, Oliver pediu para que eles contratassem Laurel como sua advogada, já que ela o conhecia melhor do que ninguém.

Durante seu julgamento, Oliver se preparou para se defender e declarou-se inocente. Laurel entrou e interrompeu a audiência, apresentando-se como a advogada de defesa de Oliver, para sua alegria e surpresa. Laurel conseguiu soltar Oliver, mas sob prisão domiciliar. Mais tarde, para provar sua inocência, Oliver sugeriu que passasse por um detector de mentiras na frente de Quentin, o que funcionou. Ao descobrir que Leo Mueller pretendia transformar os Glades numa zona de guerra, Oliver, sabendo que não poderia agir, pediu para que Diggle se passasse pelo Capuz. Naquela noite, Oliver fez uma festa na mansão.

Capuz atacando Leo Mueller

Capuz atacando Leo Mueller.

Quando Oliver foi para uma sala para ficar sozinho, um homem não identificado tentou matá-lo com uma pistola com silenciador. Oliver conseguiu detê-lo e eles começaram a brigar. Durante a luta, a tornozeleira de Oliver caiu e isso alertou Quentin Lance, que foi investigar. O homem conseguiu pegar sua pistola durante a luta, mas antes que pudesse atirar em Oliver, ele levou dois tiros de Quentin. Oliver também compartilhou um momento íntimo com Laurel ao revelar suas cicatrizes para ela. Oliver fez Diggle, disfarçado de Capuz, atacar a venda inicial, "provando" a inocência de Oliver. Oliver então atacou a venda e matou Mueller logo depois.[1]

Algum tempo depois, Oliver foi atrás de Justin Claybourne, um indivíduo na Lista cuja empresa havia comprado e aumentado o preso de Dycloseral, uma cura da tuberculose. Após avisá-lo, Oliver descobriu que Claybourne estava conectado com uma empresa que havia causado um surto de tuberculose em uma cidade, e por isso decidiu matá-lo. Diggle tentou alertar Oliver de que suas ações poderiam causar uma repercussão, mas Oliver não se importou. Depois que Felicity encontrou o endereço que procurava, o Capuz confrontou Claybourne e o matou.[13]

Um pouco depois disso, a gangue Royal Flush roubou o banco de Starling e atirou em um policial de folga, Stan Washington. Diggle tentou convencer Oliver a derrotar a gangue, mas ele estava focado na Lista. Diggle levou Oliver até o hospital e mostrou Stan em um coma, convencendo-o a derrotar a Gangue Royal Flush. Depois de reunir as informações necessárias para rastreá-los, Oliver rapidamente identificou a gangue Royal Flush como uma família, não uma gangue. Uma pesquisa mais aprofundada de Felicity revelou que eles foram uma das muitas famílias que perderam suas casas por causa da venda da empresa de Robert onde o patriarca, Derek Reston, trabalhava. Oliver ofereceu a Derek outro emprego, mas acabou sendo recusado. Oliver então decidiu derrubar a gangue Royal Flush enquanto eles tentavam roubar outro banco, resultando em um segurança atirando fatalmente em Derek. Oliver revelou sua identidade a Derek antes de morrer. Diggle garantiu a Oliver que Robert ficaria orgulhoso dele por tentar dar uma segunda chance à família Reston. Depois, Oliver levou sua mãe para jantar no hambúrguer Big Belly para se reconectar.[28]

Oliver conversando com Helena

Oliver conversando com Helena.

Pouco tempo depois, Oliver viu Moira ser baleada por um motociclista e tentou rastrear o motociclista, mas não conseguiu. Oliver então visitou Frank Bertinelli em nome de Moira para um negócio, que enviou sua filha, Helena, para jantar com Oliver no Russo's para solidificar o negócio. Oliver e Helena acabaram se conectando com seus passados. Depois, uma gangue atacou o restaurante, mas Oliver interveio. Ele correu para o motoqueiro que atirou em Moira, apenas para descobrir que era Helena. Posteriormente, eles foram capturados pelo braço direito de Frank, Nick Salvati, que havia assassinado o noivo de Helena, Michael Staton, porque acreditava que ele estava fornecendo evidências contra a família Bertinelli para o FBI, mas na verdade era Helena. Oliver e Helena mataram todos os membros da gangue para manter suas identidades secretas seguras. Após uma conversa com Thea, Oliver visitou Helena em seu apartamento, onde ela revelou que conhecia Oliver como o Capuz. Eles então dormiram juntos.[4]

Oliver treinando Helena

Oliver treinando Helena.

Quando Helena encurralou o líder Tríade Chinesa e se preparou para matá-lo, o Capuz preveniu que Helena realizasse o tiro. Oliver ofereceu sua ajuda para cumprir sua missão, mas ela recusou. Ele a visitou no dia seguinte e, após conversar sobe seu passado, convenceu Helena a aceitar sua oferta. Em seguida, ele a levou para sua base e os dois treinaram. Depois que Helena saiu, Diggle admitiu que não confiava em Helena, embora Oliver tentasse convencê-lo de que ela era alguém confiável.

Naquela noite, Oliver levou Helena para ir atrás de Anthony Venza. Antes de partirem, ele exigiu que nenhuma pessoa inocente fosse machucada durante a missão. Antes de irem, ele presenteou Helena com um traje e uma besta. Os dois encurralaram Venza e enfrentaram seus capangas, conseguindo capturá-los com sucesso. Após a missão, Helena admitiu que havia gostado daquilo.

Oliver então levou Helena para jantar com Tommy e Laurel, no entanto, as coisas acabaram saindo do controle. Depois do jantar, Oliver notou que Helena estava magoada e foi atrás dela. Helena disse que estava magoada por Oliver ainda, aparentemente, gostar de Laurel e por manipulá-la a deixar sua vingança para trás. Enquanto se preparava para uma missão, Oliver conversou com Diggle e admitiu que não poderia convencê-la a não passar dos limites, pois ela já havia passado.

Oliver e Helena discutindo

Oliver e Helena discutindo.

O Capuz foi atrás de Helena e a impediu de matar seu pai. Os dois acabaram lutando e, durante o duelo, Helena foi baleada por uma flecha de sua besta, disparada por seu pai. Oliver então a levou para seu esconderijo. Quando Helena acordou no esconderijo, os dois acabaram discutindo sobre o dilema de justiça e vingança. Em seguida, Oliver conversou com Diggle no Big Belly Burguer. Depois disso, Oliver recebeu a visita de Tommy, que se desculpou por sua atitude no jantar.[7]

Ao descobrir que sua família não celebrava o Natal desde sua aparente morte, Oliver decidiu realizar uma festa. No entanto, um arqueiro desconhecido começou a matar os antigos alvos de Oliver. Percebendo que não poderia rastrear esse novo arqueiro, Oliver entrou em contato com Quentin, entregando-o um telefone para que pudesse se comunicar como o Capuz. Oliver recebeu uma flecha desse novo arqueiro e pediu para Felicity analisá-lo, mas não o levou a lugar algum. Eventualmente, o novo arqueiro sequestrou reféns e ameaçou matá-los se o Capuz não o encontrasse. Oliver finalmente chegou e libertou os reféns. Ele lutou contra o arqueiro, mas quase foi morto no confronto. Oliver mal escapou nocauteando seu adversário. Diggle levou Oliver ao hospital, dizendo que ele havia sofrido um acidente de moto.[10]

Seis semanas depois, um bombeiro foi morto durante uma missão, mas seu destino acabou levantando uma discussão no qual as pessoas teorizavam se ele havia sido assassinado. Laurel passou esta informação para o Capuz. Algum tempo depois, Diggle localizou o carro que o assassino estava usando. Oliver foi até a localização e salvou outro bombeiro de um prédio em chamas. Ele então confrontou Garfield Lynns, mas ele conseguiu escapar. Para chamar sua atenção, Oliver decidiu organizar um evento para bombeiros na Verdant. Garfield caiu na armadilha e foi até o evento, mas Oliver conseguiu preveni-lo de matar alguém. No entanto, Lynss se matou ao se jogar em um incêndio.[29]

Capuz e Diggle se ameaçando

Capuz e Diggle se ameaçando.

Algum tempo depois, Oliver foi atrás de Ted Gaynor, que, apesar do nome estar na Lista, não era alguém rico. O Capuz o encurralou no trabalho, mas acabou sendo confrontado por Diggle. Oliver disparou uma flecha no computador e fugiu. Em seu esconderijo, os dois acabaram discutindo. Diggle revelou que havia trabalhado com Gaynor durante sua carreira militar e argumentou que ele não era igual aos outros, o que Oliver discordava, afirmando que para seu nome estar na Lista, ele deveria ter feito algo. Eventualmente, Diggle percebeu que Oliver estava certo sobre Gaynor. Quando John o confrontou, o Capuz atirou uma flecha em Ted, matando-o.[11]

Depois que Thea foi presa por dirigir sob a influência de Vertigo, uma nova droga, Oliver, com a ajuda de McKenna Hall, descobriu que o fabricante da droga era Cecil Adams. Oliver organizou um encontro com Adams, mas a polícia falhou em capturá-lo. Consequentemente, Oliver acabou sendo drogado com Vertigo. Ele levou uma amostra da droga para Felicity e ela foi capaz de descobrir onde era feita. Apesar de ainda sofrer com os efeitos, Oliver foi até a fábrica, onde, em um momento de fúria, acabou fazendo Cecil ter uma overdose com sua própria droga. Após isso, com a ajuda de Laurel, Oliver conseguiu tirar Thea da prisão.[14]

O Capuz foi atrás de Cyrus Vanch, que estava protegido em sua mansão com guardas armados. Após isso, o vigilante contatou Laurel para lhe entregar algumas informações. No entanto, o telefone havia sido grampeado por Quentin, que tentou montar uma armadilha para capturar o Capuz, mas falhou. Depois disso, Quentin contatou o Capuz e pediu por sua ajuda para resgatar Laurel, que havia sido sequestrada por Cyrus. Oliver então a resgatou.

Capuz confrontando Moira

Capuz confrontando Moira.

Após isso, Diggle encontrou provas de que Moira estava envolvida no desaparecimento de Walter, e possivelmente com algo muito maior do que isso. Sentindo-se traído e decepcionado pelas ações de sua mãe, Oliver decidiu confrontá-la. O Capuz invadiu seu escritório e, após derrotar os seguranças, afirmou que ela havia falhado com aquela cidade.[52] Durante o interrogatório, Moira apelou pela simpatia do vigilante ao mencionar seus filhos. Oliver acabou abaixando a guarda, permitindo que ela atirasse contra ele. Oliver conseguiu escapar até o carro de Felicity e pediu para que ela dirigisse até o esconderijo. Após ser tratado, Oliver acordou no dia seguinte.[16]

Depois que Felicity entrou para o grupo, ela tentou convencer Oliver a mudar sua tática, pois estava incomodada pela violência. Porém, quando recusou-se em ouvi-la, Felicity decidiu sair da equipe. No dia seguinte, Oliver e Diggle encontraram Felicity no trabalho para tentar acalmá-la. Para convencê-la a voltar para a equipe, Oliver prometeu que iria atrás de um criminoso cujo nome não estava na Lista. A pedido de Felicity, Oliver plantou uma escuta no telefone de McKenna, para poder descobrir mais informações sobre o criminoso que estavam procurando. Ele também a convidou para jantar. Durante o encontro, McKenna fez algumas perguntas sobre a ilha, algo que deixou Oliver visivelmente desconfortável. Para chamar a atenção do criminoso, Oliver decidiu organizara um evento. Durante a festa, Felicity revelou que estava usando um colar explosivo, plantado nela pelo criminoso. Oliver saiu do evento e perseguiu Dodger. Após a perseguição, Oliver o atacou para preveni-lo de ativar o colar explosivo de Felicity.[30]

Quando Guillermo Barrera, um assassino, chegou à Starling City em um helicóptero, o Capuz o atacou e o matou. Ao voltar para seu esconderijo, Oliver pediu para que Felicity hackeasse o celular de Guillermo para descobrir quem ele estava atrás. No dia seguinte, Oliver e McKenna foram ao aniversário de Tommy. Naquela noite, os dois foram a um encontro, mas Oliver teve que ir embora depois que Diggle o informou que haviam descoberto o nome do alvo de Guillermo.

ArrowE16

Oliver e Tommy salvando a vida de Malcolm.

Durante uma cerimônia, o Capuz lutou contra a Tríade Chinesa e China White. Embora derrotasse China, o vigilante foi encurralado por McKenna, que havia apontado uma arma para ele. Oliver consegue escapar atirando em um extintor de incêndio, criando uma distração. O Capuz encontrou Tommy e Malcolm Merlyn, que havia sido ferido pelas balas de curare. Oliver revela sua identidade para convencer Tommy a ajudá-lo salvar a vida de seu pai. Ao visitar Malcolm no hospital, Oliver se encontrou com McKenna, que sugeriu que eles deveriam tentar ter um relacionamento. Ao sair, Tommy perguntou para Oliver se ele planejava lhe dizer a verdade, ao que ele negou.[17]

Algumas semanas depois, Helena voltou para Starling City após descobrir que seu pai havia feito um acordo com o FBI para testemunhar contra a família da Costa Leste em troca de proteção. Recusando-se a deixar isso acontecer, Helena chantageou Oliver para ajudá-la a encontrar Frank. Oliver concordou relutantemente. Eles atacaram as vans, uma carregando Frank e a outra uma isca. No entanto, ambos veículos eram uma armadilha e Helena foi presa. Oliver então libertou Helena do DPSC e ofereceu a ela a oportunidade de começar uma nova vida em outro lugar, oferta que ela recusou.

Capuz confrontando Helena

Capuz confrontando Helena.

Helena sequestrou Felicity e a ameaçou para obrigá-la a encontrar a localização do esconderijo onde seu pai estava escondido. Oliver resgatou Felicity e perseguiu Helena, permitindo que Frank escapasse mais uma vez. Durante a batalha, Helena atirou no fêmur de McKenna depois que ela chegou ao local, deixando-a temporariamente paralisada. Posteriormente, McKenna teve que se mudar para Coast City para receber fisioterapia e terminou com Oliver. Oliver então conversou com Tommy, sentindo que nunca terá uma vida normal enquanto for um vigilante.[31]

Oliver foi atrás de John Nickel, um imobiliário que construiu casas perigosas e de baixa qualidade nos Glades. No entanto, Nickel foi sequestrado por Joseph Falk, um aspirante a vigilante que o executou. No dia seguinte, Falk capturou Gavin Carnahan. Felicity falhou em rastreá-los, resultando na morte de Carnahan. Depois, Falk foi atrás do namorado de Thea, Roy Harper. Diggle percebeu que Falk estava operando no metrô desativado de Starling City, permitindo que Felicity o encontrasse. A intervenção de Oliver salvou a vida de Roy, mas ele foi forçado a matar Falk no processo. Após essa experiência, Oliver começou a repensar suas escolhas de estilo de vida em relação a manter distância das pessoas ao seu redor; ele garantiu a Felicity que ela sempre poderia falar com ele e começou a procurar Laurel.[32]

O Capuz matou Webb, um doutor que havia começado a vender Vertigo usando o sangue de Cecil Adams.[33] Não muito tempo depois, Oliver protegeu Laurel e Taylor Moore, um órfão, depois que o assassino dos pais de Taylor atacou o apartamento de Laurel. Quando o assassino invadiu a Mansão Queen atrás de Laurel e Taylr, Oliver o matou. Depois que a situação se resolveu, Tommy confrontou Oliver após perceber que ele ainda gostava de Laurel. Oliver admitiu que era verdade, mas por causa do seu vigilantismo, não poderia ir atrás dela.[22]

Caupz resgatando Walter

Caupz resgatando Walter.

Oliver decidiu continuar procurando por Walter e começou a interrogar as pessoas, mas não conseguia chegar a lugar algum. Eventualmente, ele descobriu que o gerente de um casino corrupto poderia ter a informação que procurava. Ao descobrir que Walter havia "morrido", Oliver repassou a informação para sua mãe. Desconfiando que Moira estaria envolvida com algo, Oliver a seguiu até uma reunião com Malcolm, onde os dois discutiram sobre o "Empreendimento". Depois que Felicity descobriu que Walter estava, de fato, vivo, o Capuz foi até sua localização e o resgatou. Enquanto visitava Walter no hospital, Oliver admitiu para Laurel que ainda a amava.[26]

Oliver pediu para que Diggle se disfarçasse como Capuz para forçar Moira a revelar tudo que sabia sobre o Empreendimento, descobrindo que pretendia destruir os Glades com uma máquina. Ele então invadiu o Grupo Global Merlyn para procurar pelo dispositivo Markov. Enquanto fazia isso, Oliver percebeu que seu pai estava tentando prevenir o Empreendimento antes de morrer. Oliver foi até o apartamento de Laurel, onde os dois se beijaram e transaram. Ele saiu para ir confrontar Malcolm, que revelou ser o Arqueiro Negro. Os dois lutaram, mas Malcolm venceu.[53]

Por ele ter salvado sua vida, Malcolm decidiu poupar Oliver e o amarrou em uma fábrica abandonada. Eventualmente, Oliver conseguiu escapar com a ajuda de Diggle. Ao voltar para casa, Oliver confrontou sua mãe. Laurel mais tarde chegou à Mansão Queen, preocupada que Oliver estivesse ficando com medo de seu relacionamento novamente. Oliver então explicou como esse não era o caso e disse a ela que ela sempre viu o melhor nele e a ilha trouxe a pessoa que ela sempre viu. Após se beijarem, Oliver pediu para ela ficar longe dos Glades naquela noite.

Oliver encontra Tommy ferido

Oliver encontra Tommy ferido.

Oliver e Diggle tentaram parar Malcolm enquanto Felicity ajudou o Detetive Lance a localizar e desarmar o dispositivo. Enquanto os três lutavam, Malcolm machucou Diggle e Oliver e Malcolm lutaram mais uma vez. Depois que Malcolm dominou seu adversário, Oliver pegou uma de suas flechas e se empalou com ela para matar Malcolm. Quando Malcolm morreu, foi revelado que ele tinha uma segunda máquina como backup, fazendo com que ela partisse para causar a destruição dos Glades. Oliver correu para salvar Laurel, mas encontrou Tommy, que foi perfurado por um pedaço de metal. Enquanto os dois amigos se reconciliavam, Tommy admitiu que estava com ciúmes de Oliver por sua dedicação em salvar pessoas e perguntou se ele matou seu pai, mas Oliver mentiu. Quando Tommy morreu, Oliver começou a se culpar, acreditando que deveria ter morrido em seu lugar.[34]

Enquanto se preparava para o funeral de Tommy, Oliver ficou acordado a noite toda escrevendo um discurso, mas não conseguiu lê-lo no dia do evento. Oliver compareceu ao funeral à distância e assistiu Laurel ler seu discurso. Após o funeral, Oliver visitou Laurel, confessando seu fracasso. Uma semana depois, ele a visitou novamente e os dois conversaram sobre o tempo em que cresceram com Tommy. Sentindo-se culpado pela morte de Tommy e por fracassar em salvar Starling City, Oliver decidiu se isolar em Lian Yu para que pudesse lidar com seu luto. Ele escreveu uma carta para Laurel e devolveu a foto que ela havia lhe dado antes de embarcar no Queen's Gambit.[54]

Retorno de Slade Wilson

Oliver salvou Felicity depois que ela pisou em uma mina terrestre. Levando-os ao seu abrigo, os dois pediram para que voltasse à Starling. Inicialmente, Oliver negou, mas após ouvir como sua família estava com problemas, ele concordou em voltar. Ao chegar na cidade, Oliver visitou Thea na Verdant e pediu para que fosse ver sua mãe em Iron Heights. Naquela noite, depois que um evento foi atacado pelos Capuzes, Oliver foi até lá para conversar com Laurel. Na saída, Diggle tentou convencer Oliver a vestir o capuz para ir atrás do grupo, mas ele afirmou que havia abandonado o vigilantismo.

Oliver segurando o arco

Oliver segurando seu arco.

No dia seguinte, Oliver foi uma reunião da Corporação Queen. Quando os Capuzes invadiram a reunião tentando sequestrá-lo, ele fugiu com Felicity. Depois que Thea foi sequestrada pelo grupo, Oliver decidiu voltar ao vigilantismo. Ele foi apresentado ao novo esconderijo e, naquela noite, se tornou o Capuz mais uma vez. Ele lutou contra os Capuzes e conseguiu salvar Thea. Ao invés de matá-los, ele os deixou serem presos pela polícia. No dia seguinte, Oliver, com a ajuda de Walter, conseguiu recuperar o controle da Corporação Queen de Isabel Rochev. Após isso, Oliver declarou para Felicity e Diggle que, se fosse continuar no vigilantismo, não iria mais matar pessoas para honrar a memória de Tommy.[35]

Enquanto tentava convencer Roy a parar de tentar ser um herói, Oliver descobriu que alguém estava roubando remédios do hospital dos Glades. Ao montar uma armadilha, Oliver descobriu que o responsável por trás dos assaltos era a Tríade Chinesa. O Arqueiro confrontou China White e seu novo parceiro, Tigre de Bronze, mas foi forçado a deixá-los fugir quando a polícia apareceu. No dia seguinte, Oliver foi atacado por Sebastian Blood, que estava usando o envolvimento de sua família no Empreendimento para impulsionar sua campanha para prefeito. Enquanto trabalhava, Sebastian visitou o escritório de Oliver para se desculpar. Ele sugeriu que fizessem um evento de caridade para os Glades, o que Blood aceitou.

Arqueiro cercado pela polícia

Arqueiro cercado pela polícia.

Quando o evento começou, Oliver não pôde comparecer pois China White estava roubando mais remédios. Oliver a confrontou e conseguiu derrotar ela e seus capangas. Após isso, o Arqueiro visitou Roy e pediu para que fosse seu informante nos Glades. Em seguida, o vigilante foi visitar Laurel para tentar convencê-la de que Roy não era um criminoso, mas acabou caindo em uma armadilha.[6] Antes que a polícia pudesse capturá-lo, o Arqueiro foi salvo por uma mulher mascarada. Ao voltar para a caverna, Oliver admitiu que havia feito um erro em tentar conversar com Laurel, e pediu para que Felicity encontrasse a mulher misteriosa.

Quando Barton Mathis escapou da prisão e começou a sequestrar e matar mulheres aleatórias, Quentin pediu ajuda do vigilante para capturá-lo. Enquanto procurava Mathis, o Arqueiro pediu para Roy que também tentasse encontrar a mulher misteriosa. A equipe decidiu usar Felicity como isca, mas Barton sequestrou Laurel. O Arqueiro foi resgatá-la e, com a ajuda da mulher misteriosa, conseguiu derrotar Mathis. Quando encurralou seu alvo, a mulher acabou o matando e escapou.[36]

Depois que Felicity sugeriu que a mulher estava seguindo Laurel e não o Arqueiro, Oliver começou a vigiá-la. A teoria de Felicity acabou provando-se correta e Oliver encurralou a mulher mascarada, prendendo-a com uma de suas flechas. Ao desmascará-la, Oliver descobriu, para seu grande choque, que ela era Sara Lance. No dia seguinte, Oliver conversou com Sara sobre o que ela têm feito nos últimos anos. A conversa foi interrompida por Quentin, que pediu para Oliver conversar com Laurel, que havia voltado a beber.

Arqueiro e Canário

Arqueiro e Canário.

Como pedido, Oliver tentou conversar com Laurel, mas ela o dispensou. Quando um traficante de armas começou a roubar armamento militar, Oliver, em sua tentativa de capturá-lo, e Sebastian Blood fizeram um evento anti-armas, que foi atacado pelo criminoso. Com a ajuda de Sara, Oliver confrontou o criminoso e recuperou as coisas roubadas. Oliver se encontrou com Sara mais uma vez após o combate e tentou convencê-la a se revelar para sua família.[37]

Ao descobrir que Laurel foi nomeada a vice da promotoria no julgamento de sua mãe, Oliver tentou convencê-la a abandonar o caso, mas ela respondeu que não podia. Enquanto conversava com Sara sobre seu passado, os dois foram atacados por alguém que usava uma roupa semelhante ao de Malcolm. No entanto, ao desmascará-lo, Oliver descobriu que aquele não era Merlyn. Oliver levou Sara para seu esconderijo, onde ela explicou que aquele era Al-Owal, membro da Liga dos Assassinos. Quando Al-Owal foi localizado, o Arqueiro o confrontou, exigindo que deixasse Sara em paz. O homem não se assustou por sua ameaça e convocou mais assassinos, que Oliver e Sara enfrentaram e conseguiram derrotar. Após o ocorrido, Oliver convidou Laurel para jantar. Enquanto a levava para casa, Oliver ouviu Laurel admitir que tinha medo de ser abandonada novamente. Embora prometesse que nunca iria deixá-la, Laurel não acreditou em suas palavras.[55]

Graças a uma informação de Roy, o Capuz interceptou um traficante. Ao voltar para base, Diggle pediu por alguns dias de folgas para resgatar Lyla Michaels, que estava capturada na Rússia. Oliver decidiu ajudá-lo e o acompanhou até Moscou. Oliver e Diggle se encontraram com Anatoly, que revelou que Lyla estava em uma prisão, mas poderia ajudá-los a se infiltrar lá. Enquanto Diggle foi resgatá-la, Oliver ficou para trás para distrair Isabel, que havia os acompanhado na viagem. Durante isso, os dois acabam dormindo juntos. Ao voltar para casa, Oliver conversa com Felicity sobre isso.[38]

Oliver confrontando Cecil Adams

Oliver confrontando Cecil Adams.

Oliver e Thea compareceram ao julgamento de sua mãe, mas Oliver teve que ir embora após descobrir que Diggle havia sido envenenado com Vertigo, e que a mesma coisa havia acontecido com o promotor. Após uma transmissão de Cecil Adams, Oliver conseguiu salvar o promotor. No dia seguinte, Moira revelou que havia tido um caso com Malcolm anos atrás. Durante o julgamento, Oliver recebeu uma ligação de Cecil, que não apenas revelou sua identidade, mas que também havia sequestrado Felicity. Em seu escritório, vestido como o Arqueiro, Oliver atirou em Cecil, mas ele conseguiu desviar. Adams ameaçou Felicity com seu injetor, e embora Oliver tivesse baixado seu arco como pedido, Adams tentou matá-la de qualquer maneira. Oliver acertou três flechas em seu peito, fazendo-o cair do prédio, quebrando a regra de não matar de Oliver. Quando Felicity agradeceu e tentou se desculpar, Oliver garantiu a ela que não havia outra escolha.[39]

A Corporação Queen foi invadida por uma figura misteriosa. Após uma breve investigação policial, Oliver conheceu o perito forense Barry Allen, de Central City, que afirmou estar trabalhando com casos semelhantes e que o suspeito, teoricamente, possuía habilidades sobre-humanas. Oliver inicialmente se sentiu incomodado com a presença de Barry devido a sua proximidade com Felicity. Após resultados da investigação, Oliver foi atrás do suspeito, que estava de posse de um caminhão. Durante o confronto, o adversário provou ter uma enorme força e resistência, e venceu facilmente Oliver, enquanto dirigia o veículo em movimento.

Oliver confrontando Barry

Oliver confrontando Barry com a verdade.

Oliver revelou para sua equipe que durante sua estadia na ilha, havia enfrentado inimigos com tais habilidades, porém o soro que dava esses poderes foi destruído. Oliver realizou uma festa para comemorar a libertação de sua mãe e também descobriu que Barry era, na verdade, um cientista forense assistente e que não foi enviado a Starling City por seus superiores. Após analisar o sangue do criminoso, Oliver se dirigiu a um depósito onde o indivíduo cometeria um novo furto. Durante o confronto, Oliver foi derrotado e gravemente ferido.[40]

A vida de Oliver acaba sendo salva por Barry. Após acordar e descobrir que Barry estava em seu esconderijo, Oliver criticou a decisão de Felicity em revelar sua identidade para ele. Quando voltou para casa, Oliver descobriu que Thea não saía de seu quarto. Ele então removeu a flecha que havia atirado em Roy, dizendo para ele que Diggle iria cuidar de seu ferimento. Com o passar do dia, Oliver começou a alucinar com Shado. Com as alucinações piorando, Oliver pediu para que Barry analisasse seu sangue, e descobriu que o veneno usado estava lhe fazendo alucinar. A equipe conseguiu identificar o atacante de Oliver como Cyrus Gold.

Oliver alucinando com Slade

Oliver alucinando com Slade.

Mais tarde, Oliver decidiu praticar com seu arco, porém começou a ter alucinações de Slade e brigou com ele. Depois disso, Barry disse a Oliver que as alucinações eram puramente psicológicas, e Diggle disse a ele que aquela era uma mensagem que ele deveria entender. Depois que a unidade de Quentin foi quase toda morta por Cyrus, Oliver recebeu permissão de Quentin para matá-lo. Oliver foi até a suposta localização de Cyrus e encontrou o Irmão Blood injetando uma dose de Mirakuru em Roy, que havia sido capturado. Inicialmente, Cyrus Gold estava ganhando a luta, mas uma alucinação de Tommy ajudou Oliver a recuperar sua força e motivação. Depois que Cyrus foi morto, Oliver ajudou Roy.

Ao voltar para seu esconderijo, Oliver encontrou um presente: uma máscara feita por Barry, que havia ido embora.[41]

Sebastian conversando com o Arqueiro

O Arqueiro visita Sebastian Blood.

Com o passar das próximas cinco semanas, o Arqueiro continuou procurando pelo Irmão Sangue interrogando múltiplos criminosos dos Glades, mas nunca conseguia chegar a lugar algum. Ao mesmo tempo, Oliver, durante o dia, continuava a apoiar a campanha de Sebastian. Quando um terrorista começou a explodir os prédios de Starling CIty, o Arqueiro decidiu pausar sua busca pelo Irmão Sangue para ir atrás do criminoso. Oliver também teve um desentendimento com Felicity, que ficava viajando à Central City para visitar Barry, que estava em um coma após ter sido atingido por um raio. Depois que Scheffer atacou uma manifestação organizada por Sebastian, o Arqueiro tentou convencê-lo a não realizar outra, o que não funcionou. Quando Mark atacou o evento, o Arqueiro o derrotou. Depois que a situação foi resolvida, Sebastian ofereceu uma aliança ao Arqueiro, acreditando que poderiam salvar a cidade juntos. O vigilante aceitou a oferta.[42]

Conforme sua busca pelo Irmão Sangue continuava, Laurel informou o Arqueiro que Sebastian conhecia Cyrus Gold, e que ele havia matado seus próprios pais. Querendo provar a especulação de Laurel, Oliver pediu para que Felicity encontrasse qualquer arquivo referente a isso. Ela encontrou o que procurava, mas apenas um promotor como Laurel poderia acessá-lo. O Arqueiro então pediu a ajuda de Laurel para recuperar o arquivo, mas ele estava vazio. Oliver decidiu ir investigar Sebastian pessoalmente, mas não conseguiu nada.

Oliver também começou a vigiar Roy, que havia sido infectado pelo Mirakuru anteriormente. Depois que Laurel foi presa por posse de drogas, Oliver a visitou em seu apartamento, mas eles foram atacados pelo Irmão Sangue, que sequestrou Laurel. O Arqueiro encontrou o Irmão Sangue e lutou contra ele, mas acabou perdendo. Laurel então usou uma arma para atirar no Irmão Sangue, mas quando eles o desmascararam, ficaram surpresos ao descobrir que aquele não era Sebastian. Ao descobrir que Roy havia hospitalizado um homem, o Arqueiro o visitou e se voluntariou para treiná-lo.[21]

Arqueiro treinando Roy

Arqueiro treinando Roy.

Usando as técnicas que aprendeu com Shado em Lian Yu, o Arqueiro começou a treinar Roy, que, assim como ele anos atrás, ficava perdendo a paciência com os métodos ensinados. Oliver também contou sua história com Slade e o Mirakuru para Diggle e Felicity, que estavam curiosos pela insistência dele com o treinamento de Roy, explicando a importância de não falhar com o garoto. Quando o Tigre de Bronze escapou da prisão e invadiu a casa de Malcolm procurando pelas plantas da máquina de terremoto, o Arqueiro se preparou para confrontá-lo. Roy insistiu que o acompanhasse e Oliver cedeu ao pedido. No entanto, Roy acabou perdendo o controle e atacou um segurança enquanto Oliver enfrentava Turner, que conseguiu escapar com o protótipo.

Acreditando que Roy estava inapto a acompanhá-lo em campo, Oliver o preveniu de segui-lo durante as missões. Enquanto se preparava para ir atrás de Turner novamente, Oliver recebeu uma ligação de Thea, que lhe contou que Laurel estava causando problemas na Verdant. Ao chegar no estabelecimento para tranquilizá-la, Oliver descobriu que ela havia perdido seu emprego. Depois de chamar um táxi para ela, Oliver ligou para Sara e explicou que sua irmã precisava dela. Mais tarde, o Arqueiro encontrou e atacou Turner e Milo Armitage, mas foi emboscado e esfaqueado. Roy apareceu e o salvou, mas acabou perdendo o controle mais uma vez e atacou Turner furiosamente, permitindo que Armitage ligasse o dispositivo durante seu acesso de raiva. Oliver revelou sua identidade a Roy para convencê-lo a parar de atacar Turner para que o ajudasse a destruir o dispositivo. Depois que a situação foi resolvida, Oliver levou Roy para seu esconderijo e o apresentou para Diggle e Felicity.[43]

Oliver esteve presente enquanto Walter e Mark Francis debatiam sobre a campanha de Moira, mas teve que sair após ser informado que Laurel havia sido hospitalizada. Ao chegar no hospital, Oliver percebeu que os olhos dela estavam estranhos. Mais tarde, Oliver se encontrou com Sara para tentar convencê-la a não ir embora novamente. Naquela noite, o Arqueiro seguiu Sara e a viu se encontrar com Nyssa al Ghul. Ele acabou se revelando, ao que Nyssa revelou que estava lá para levá-la de volta à Liga dos Assassinos.

Arqueiro segurando Nyssa

Arqueiro segurando Nyssa.

Mais tarde, Oliver descobriu que Laurel havia sido envenenada por Nyssa para atrair Sara à Starling City, para que assim pudesse forçá-la voltar para a Liga dos Assassinos. O Arqueiro e a Canário seguiram Nyssa e seu lacaio, mas descobriram que eles haviam sequestrado a mãe de Sara. Durante a campanha de Moira, Felicity informou Oliver que Malcolm Merlyn era o pai biológico de Thea. À noite, o Arqueiro lutou contra Nyssa depois que Sara se envenenou. Ele a derrotou, mas não a matou por pedido de Sara. Oliver conseguiu salvá-la usando as ervas especiais de Lian Yu. Ao voltar para casa, Oliver confrontou Moira por seu segredo.

Oliver então foi treinar no esconderijo quando Sara apareceu, revelando a reação nada positiva de Laurel por ela estar viva. Oliver admitiu para Sara que sua mãe não era quem ele pensava. Depois que os dois tiveram um momento, Oliver e Sara se beijaram. Oliver organizou uma festa de boas-vindas para Sara na Mansão Queen e teve que fingir que não sabia de sua sobrevivência, assim como os outros. Oliver também ligou para Laurel para pedir que ela comparecesse, mas Quentin disse que ela não iria. Ele também confessou a Oliver que havia sido muito duro e fora de linha com ele no ano passado e os dois se reconciliam. Oliver também fez o possível para evitar Moira, mas Thea começou a perceber que os dois não conversavam.[56]

Arqueiro e Canário se encontrando com Quentin

Arqueiro e Canário se encontrando com Quentin.

Algumas noites depois, o Arqueiro e a Canário se encontraram com Quentin. A dupla foi informada que um criminoso havia roubado algo chamado "chave mestra". O Arqueiro explicou que aquilo era um dispositivo feito pela Corporação Queen, mas que havia sido descontinuado depois que Oliver percebeu o perigo que aquilo representava. O Arqueiro e o Canário seguiram uma pista da localização do criminoso e encontraram um banco já roubado. Suas comunicações foram interrompidas por um desconhecido que lhes disse que um ônibus estava prestes a colidir com um trem, obrigando o Arqueiro a parar o ônibus enquanto o Canário partia atrás do homem em questão e tirou seu sangue quando ela o atingiu, descobrindo mais tarde que era William Tockman. Os vigilantes seguiram outra pista sobre o paradeiro de Tockman, mas foi uma distração enquanto o criminoso invadia a segurança do bunker e fritava os computadores.

Enquanto Felicity trabalhava para consertar os computadores, Oliver acompanhou Sara a um jantar em família na casa de Laurel, que foi desajeitadamente interrompido por Laurel depois que ela descobriu que Oliver e Sara estavam juntos novamente e saiu furiosa. Oliver foi atrás dela e a confrontou sobre seus problemas, mas quando ela o ignorou, Oliver criticou Laurel, afirmando friamente que não a amava mais antes de voltar para dentro. Mais tarde, Oliver, Sara e John foram atrás de Felicity. Depois que Tockman foi derrotado, Oliver e Sara estiveram conversando no bar quando ele recebeu uma mensagem de Thea, informando que havia uma emergência na casa, mas descobriu-se que era um truque para fazer Oliver e Moira conversarem. Antes que Oliver pudesse sair, Moira o apresentou a Slade Wilson, que estava vivo e bem, para horror de Oliver.[44]

Oliver encarando Slade

Oliver encarando Slade.

Slade continuou socializando com Oliver e Moira enquanto, secretamente, provocava Oliver sobre os eventos de Lian Yu. Oliver ligou para o esconderijo, e não muito tempo depois, Sara e Roy apareceram na mansão. Oliver perguntou o que Slade queria fazer em seguida, ao que ele respondeu que estava pronto para ir embora. Oliver o acompanhou para fora, mas Slade revelou que havia lidado com Diggle, prometendo-o que o homem estava vivo. Oliver perguntou o que Slade queria. Slade afirmou que iria cumprir a promessa que havia feito na ilha, e em seguida foi embora.[45]

Não muito tempo depois, Oliver começou a ter pesadelos com a morte de Shado. Querendo encontrar Slade a qualquer custo, Oliver pediu ajuda de Alexi Leonov, mas ele se negou em cooperar até que ele fizesse um favor. Oliver derrotou seus guarda-costas, obrigando-o a cooperar. Mais tarde, o Arqueiro perseguiu alguns criminosos que haviam roubado um banco, mas encontrou os indivíduos mortos. No telhado, ele encontrou a máscara que Slade usou na ilha. Eventualmente, Oliver recebeu a pista de Alexi. Sara tentou convencê-lo a não ir atrás de Slade, mas Oliver a ignorou. Ele levou Sara e Roy, mas quando chegaram ao escritório de Slade, viu que Alexi estava morto. Ele voltou para o bunker e confessou seus medos para Sara.[57]

Oliver visitou Amanda Waller e pediu pelas informações que ela possuía sobre Slade. Ao ouvir a história de um mercenário chamado "Exterminador", Oliver percebeu que ele e Slade eram as mesmas pessoas. Em Starling, Oliver ajudou Sara a proteger Quentin durante seu protesto, que foi atacado por Hugo Mannheim. Quando um tiroteio começou, o Arqueiro derrotou Mannheim e seus capangas. Durante isso, o vigilante observou Frank Bertinelli correr para longe da briga. Oliver então disparou uma flecha na perna do homem como um aviso. Quando os reforços começaram a surgir, o Arqueiro foi embora. No bunker, Oliver explicou a história de Helena.

Arqueiro apontando uma flecha para Roy

Arqueiro apontando uma flecha para Roy.

Oliver e a equipe descobriram que Helena havia alugado um carro e estava voltando para Starling. Antes de irem atrás dela, ele perguntou para Roy se estava pronto para voltar ao campo. O Arqueiro, Canário e Roy emboscaram Helena, mas descobriram que não era ela quem estava dirigindo o carro, mas sim um homem. Quando Roy perdeu o controle de si mesmo, o Arqueiro apontou uma flecha para ele e, chamando-o de "Speedy", exigiu que parasse. Oliver interrogou o homem, que explicou que havia sido pago por uma mulher para pilotá-lo. No bunker, Felicity explicou o passado do indivíduo. Sara sinalizou para que Oliver fosse conversar com Roy, algo que ele fez e, por conta de sua fúria incontrolável, pediu para que se distanciasse de Thea.

Ao descobrir que era Laurel quem iria liderar a acusação contra Frank, Oliver foi ao tribunal para tentar convencê-la desistir do caso. No entanto, a Caçadora atacou o prédio, encurralando seu pai. Oliver tentou dialogar com ela, mas Helena o ameaçou. Quando um tiroteio entre a polícia e a Caçadora começou, Oliver salvou Laurel e Frank. Quentin ligou para o celular do Arqueiro e exigiu que se encontrassem. Quando recebeu seu equipamento, ele se encontrou com Quentin. Oliver então instruiu Sara a tirar Laurel do prédio, que havia sido cercado por Helena e seus capangas.

Oliver conversando com Helena no DPSC

Oliver conversando com Helena no DPSC.

Quando Sara foi jogada pela janela por Helena, Oliver a salvou. Helena aproveitou a distração para sequestrar Laurel, e ligou para Oliver exigindo seu pai em troca da mulher. Durante a troca entre os reféns, os policiais atacaram os vigilantes e Frank acabou sendo morto no tiroteio. Depois que Helena foi presa, Oliver a visitou no DPSC. Os dois se desculparam um com o outro e admitiram seus erros. Em seguida, Oliver se encontrou com Sara e os dois se beijaram.[46]

Enquanto ensinava arquearia para Roy, Felicity informou Oliver sobre uma reunião entre Isabel e a Corporação Queen. Oliver foi à empresa 30 minutos antes da reunião, e enquanto aguardava, Moira apareceu para questioná-lo se iria ao debate entre ela e Sebastian. Oliver garantiu friamente que sim. Antes do debate, Oliver tentou conversar com Thea, mas não conseguiu. O debate acabou sendo interrompido por um vídeo do Exterminador, que havia sequestrado Thea. Oliver nomeou Isabel como a presidente temporária da Corporação Queen para que pudesse se focar no resgate de sua irmã.

Arqueiro e Roy confrontando Slade

Arqueiro e Roy confrontando Slade.

Oliver discutiu com o policial Frank Pike após descobrir que o DPSC não havia conseguido nada. Depois que Felicity encontrou o armazém de Slade, o Arqueiro, Canário e Roy foram confrontá-lo. Oliver ameaçou matá-lo, mas Slade o provocu dizendo que se o fizesse, não conseguiria encontrar Thea. Oliver usou uma flecha tranquilizante para fazê-lo desmaiar e pediu para Roy chamar a polícia. Embora Slade tivesse sido preso em flagrante, ele possuía um álibi, permitindo-o que fosse solto. Oliver e sua equipe perseguiram-o depois que Slade saiu do DPSC, mas o perderam de vista.

Enquanto Moira lamentava pelo sequestro de Thea, Oliver garantiu que aquilo não era sua culpa. Os dois se reconciliaram e se desculparam por seu desentendimento. Ao voltar para o bunker, Oliver confrontou Roy, que estava enforcando Diggle enquanto Sara apontava uma flecha para o peito dele. Roy declarou que estava cansado daquilo e foi embora.

Felicity descobriu que Isabel havia assumido o controle da empresa após uma reunião de emergência do conselho e passou a deter 60% do capital. Oliver a confrontou sobre isso, e Isabel revelou que conhecia seu segredo e estava trabalhando com Slade. Os dois lutaram, mas Oliver dominou Isabel e conseguiu a localização de Thea. Isabel o alertou para ir sozinho ou Thea morreria. O Arqueiro então atacou o armazém, mas não encontrou Thea. Felicity informou-o que ela havia acabado de chegar no DPSC. Enquanto lá, Sara e Diggle revelaram que Slade havia sequestrado alguns criminosos de Iron Heights, fazendo a equipe perceber que o sequestro foi apenas uma distração. Oliver e Moira reencontraram com Thea, mas ela revelou que Slade havia lhe dito que Malcolm Merlyn era seu pai e sai furioso. Sentindo-se decepcionada com os dois, ela foi embora.[47]

Seguindo o conselho de Felicity, Oliver levou sua equipe à divisão de ciências aplicadas para prevenir que Slade replicasse o Mirakuru. Depois de testemunhar a coletiva de imprensa de Isabel sobre o assunto, os outros ficaram aliviados por terem machucado Slade, mas Oliver sabia que ele iria pressionar por outros meios. Mais tarde, Ned Foster se encontrou com Oliver e sua mãe para discutir como salvar a riqueza de sua família da apreensão da empresa por Isabel, e ele também soube por Moira que Isabel era anteriormente amante de seu pai, para seu choque. Além disso, Thea precisava assinar um documento que protegia seus bens para que Isabel não pudesse acessar o restante de sua riqueza.

Arqueiro ouvindo Laurel

Arqueiro percebendo que Laurel está prestes a descobrir sua identidade.

Quando a Equipe Arqueiro chegou ao bunker discutindo a prisão de Quentin e a partida de Roy, o Exterminador estave esperando por eles e os atacou. Oliver e Sara foram brevemente hospitalizados, mas logo receberam alta. Oliver foi até Thea para convencê-la a assinar os documentos, mas ela recusou. Ele também descobriu que Exterminador havia roubado a chave mestra de seu covil. O Arqueiro e o Canário, sem saber que estavam sendo seguidos por Laurel, a quem Slade contou sobre o segredo de Oliver, dirigiram-se ao Laboratórios S.T.A.R. para impedir que o Exterminador roubasse um biotransfusor, mas chegaram apenas a tempo de ver Caitlin Snow e Cisco Ramon explicar sobre o ataque. Mais tarde, a pedido de Laurel, o Arqueiro se encontrou com ela e ela começou a mostrar sinais de estar descobrindo a identidade dele.

Arqueiro resgatando Roy

Arqueiro resgatando Roy.

Oliver logo visitou Isabel para obter a localização de Slade e soube por ela que Robert sabia que Malcolm era o verdadeiro pai de Thea, mas ainda a amava de qualquer maneira e tentou dizer isso a Thea, apenas para que Felicity ligasse e o informasse sobre a localização do transfusor. Quando o Arqueiro chegou, ele viu que não era Slade quem providenciava o Mirakuru, mas Roy. Slade e Isabel então encurralaram-o e Oliver enfrentou os dois e resgatou Roy enquanto Diggle atirou em Isabel várias vezes, aparentemente matando-a. Após levar Roy de volta para o bunker, Oliver afirmou que eles iriam fazer uma cura. Mais tarde, ele falou com Thea sobre Robert estar ciente de sua verdadeira linhagem, mas ela não se importou. Laurel então apareceu para abraçá-lo por ser importante para ela, sem saber que ela agora estava totalmente ciente de sua verdadeira identidade.[48]

Enquanto passava um momento íntimo com Sara, Felicity ligou para informar Oliver que Roy havia acordado, mas estava atacando as pessoas. O Arqueiro, Canário e Diggle procuraram por ele, mas não o encontraram. Acreditando que Thea estava em perigo, Oliver pediu para que Diggle a protegesse. Mais tarde, Oliver e Sara encontraram Roy no esconderijo de Sara, mas foram atacados por ele. Durante a luta, Roy quebrou a perna de Oliver e matou um policial antes de fugir.

Apesar de ter sido ferido, Oliver se recusou em descansar. Ele acabou discutindo com Sara, que acreditava que a única forma de impedir Roy seria o matando. Em seguida, Oliver conversou com Moira, que havia desistido de sua campanha, e tentou convencê-la a continuar. Moira revelou que sabia que ele era o Arqueiro e declarou estar orgulhosa. Durante uma manifestação de Moira, Roy atacou o evento procurando por Thea. Oliver preveniu que Sara o matasse usando uma flecha para nocauteá-lo, mas colocando-o em um coma.

Oliver vendo Slade ameaçar Moira e Thea

Oliver vendo Slade ameaçar Moira e Thea.

Oliver saiu com Moira e Thea. Durante a viagem, Thea disse que sabia que Oliver estava ciente do problema de Roy, e Moira afirmou que iria consertar as coisas. No entanto, quando ela estava prestes a contar algo sobre Malcolm, a limusine deles foi atropelada por um caminhão. Quando Oliver acordou, ele viu Moira e Thea amarradas com Slade segurando uma arma, semelhante a Ivo segurando Sara e Shado como reféns na ilha, e forçou Oliver a escolher uma. No entanto, Moira se ofereceu e Slade a esfaqueou com sua katana, matando-a e deixando Oliver em estado de choque quando Slade jurou que mais uma pessoa morreria.[24]

Oliver decidiu se isolar de todo mundo e se escondeu, até mesmo perdendo o funeral de Moira. Eventualmente, ele foi encontrado por Diggle e Felicity e revelou que pretendia se render para Slade. Ao se encontrar com Thea, que planejava ir embora, Oliver a aconselhou em fazer isso. Enquanto estava no pier, Oliver foi drogado e acordou de volta no bunker. Laurel e Oliver se reconciliaram, e ela implorou para que não se rendesse e continuasse lutando contra Slade.

Sebastian e Oliver em um jantar

Oliver se encontrando com Sebastian.

Após descobrir que Sebastian era o Irmão Sangue, Oliver se encontrou com ele. Para tentar convencê-lo a desistir de sua aliança com Slade, Oliver revelou sua identidade, argumentando que Slade estava o usando apenas para seu próprio benefício, mas Sebastian não acreditou nele. Mais tarde, o Arqueiro chegou ao local do exército Mirakuru do Irmão Sangue enquanto Diggle tentou plantar uma bomba para explodir todos eles, mas Oliver foi atacado por um soldado Mirakuru. Laurel o salvou, mas eles foram perseguidos por mais 7. O Arqueiro decidiu explodir o telhado para se salvar.[49]

Enquanto o ataque a Starling continuava, o Arqueiro acordou e guiou Laurel para que ela pudesse explodir os escombros com seu arco e flecha. Arqueiro, Felicity e Diggle foram informados que a cura que Cisco e Caitlin produziram estava a caminho. Eles partiram na van para recuperá-la, mas também descobriu que o transporte havia sido atacado. O Arqueiro queria que Laurel fosse com eles para mantê-la segura, mas ela insistiu que poderia voltar sozinha e insistiu que a cidade precisava mais dele e ele, relutantemente, concordou em deixá-la ir.[50] Enquanto iam até a van, o Arqueiro salvou alguns civis, incluindo uma jovem mulher.[58]

No caminho, o Arqueiro foi chamado por Quentin, e pediu para que ele distraísse os soldados até que conseguisse a cura. No meio da viagem, a van foi atacada por soldados Mirakuru, forçando o trio a fugir, mas chegaram tarde demais porque a cura foi roubada. Oliver e Felicity se esconderam no esconderijo de Sara, enquanto Diggle foi resgatar Roy. Oliver começou a se culpar acreditando que havia falhado com a cidade mais uma vez, mas Felicity o convenceu a continuar tentando.

Oliver então recebeu um telefonema de Sebastian dizendo que ele tinha a cura e a daria a ele. Oliver e Diggle chegaram ao seu escritório, onde ele contou seu trauma de infância, confessando também que sua máscara foi criada como um meio de combater seus medos e que sempre quis ajudar Starling. No entanto, quando Sebastian disse a Oliver sua intenção de se redimir reconstruindo a cidade, Oliver repreendeu Sebastian por acreditar que ele ainda seria prefeito e não se intimidou com a ameaça de Sebastian de expor seu segredo caso Oliver expusesse o dele. Oliver levou a cura para a torre, mas viu na TV que havia caminhões do exército cercando a cidade, que Oliver sabia ser de Amanda Waller. Ele pediu para cancelar o ataque, mas ela negou. Oliver então decidiu testar a cura usando-a em Roy.[50]

Quando Roy acordou, a torre foi atacada por alguns soldados Mirakuru. Os 4 conseguiram escapar com a ajuda de Lyla, e explodiram a torre para matar os soldados. Oliver pediu para que Diggle e Lyla distraíssem Amanda até que conseguissem derrotar os soldados. Enquanto Felicity e Roy injetavam a cura em algumas flechas, Sara retornou com Nyssa e outros assassinos da Liga para ajudá-los. O Arqueiro e Canário confrontaram Slade e Isabel junto com os assassinos, e embora conseguissem matar Isabel, Slade escapou.

Roy Harper, Oliver Queen, Sara Lance, Nyssa al Ghul e a Liga dos Assassinos

Arqueiro, Canário, Nyssa e Roy prestes a lutar contra o exército de Slade.

Oliver, sabendo que sua casa estava sendo vigiada por Slade, levou Felicity até a mansão, onde fingiu confessar que a amava. Em seguida, o Arqueiro liderou sua equipe, os assassinos e alguns policiais contra o exército Mirakuru de Slade, que estavam tentando sair da cidade. Durante a luta, Slade ligou para Oliver e revelou que havia sequestrado Felicity. Ele foi confrontá-lo, mas descobriu que ele também havia sequestrado Laurel. Percebendo que Slade pretendia fazê-lo escolher entre quem salvar, Oliver distraiu Slade o tempo suficiente para que Felicity injetasse a cura nele. Durante a luta, Slade exigiu que Oliver o matasse para provar que era o assassino que sempre foi, mas Oliver se negou a fazer isso e o nocauteou.

Algum tempo depois, Oliver prendeu Slade em uma prisão da A.R.G.U.S. em Lian Yu e o visitou para agradecê-lo por lhe ensinar suas habilidades. Enquanto partia, Slade jurou que iria sair e se vingar. Oliver, Diggle e Felicity então voltaram para o avião.[51]

Guerra com a Liga dos Assassinos

Com o decorrer dos próximos meses, a Equipe Arqueiro continuou trabalhando com Quentin e Laurel em sua missão de proteger Starling City. Em uma dessas missões, o Arqueiro, Arsenal e Diggle perseguiram um caminhão carregado com explosivos ilegais. Quando o motorista, Vincent Steelgrave, tentou fugir, o Arqueiro o confrontou. Ele usou uma flecha para derrubá-lo e anunciou que ele havia "falhado com essa cidade" antes de nocauteá-lo. O grupo voltou para o bunker, onde Oliver riscou o nome de Steelgrave de uma nova lista de criminosos. Depois que todos saíram, Diggle, acreditando que Oliver estava apaixonado por Felicity, tentou convencê-lo a conversar com ela, mas Oliver negou gostar da mulher e explicou que havia mentido apenas para enganar Slade.

No outro dia, Oliver se encontrou com Laurel no lado de fora do DPSC. Ela o guiou até um pequeno palco onde Quentin declarou o Arqueiro como um herói, e anunciou que estaria desfazendo a unidade anti-crime. Após isso, Oliver voltou para o bunker e convidou Felicity para jantar, o que ela aceitou. Enquanto encurralava Calvin Nico durante uma missão, Oliver conversou com Felicity sobre o jantar. Os dois se encontraram em um restaurante italiano e começaram a conversar, mas foram atacados. Os dois acordaram e voltaram para a base, onde Oliver teorizou que o ataque deveria ter sido para ele.

Arqueiro é derrotado por Vertigo

Arqueiro é derrotado por Vertigo.

Depois de explicar a situação para Quentin, ele se encontrou com o detetive, que lhe deu o nome de um possível suspeito; Werner Zytle. Os dois acabaram sendo atacados por Werner, que disparou um dardo no pescoço de Oliver. Se auto-apelidando como "Vertigo", os dois começaram a lutar. O Arqueiro sentiu-se enjoada, e Werner explicou que havia injetado uma droga alucinante no vigilante que o faria ver seu pior medo. Oliver então viu a si mesmo e começou a lutar contra a alucinação, que, em realidade, era Werner. O Arqueiro perdeu o duelo e foi empurrado para a parede, mas Quentin efetuou alguns disparos, distraindo Werner e permitindo que o Arqueiro fugisse. Quando Quentin desmaiou, Oliver pediu para que Felicity chamasse uma ambulância.

Oliver voltou para o bunker e passou algumas missões para diggle e Roy. Em seguida, ele e Felicity foram até a Corporação Queen para um encontro com o conselho. Para suas surpresas, os dois conheceram Ray Palmer, que queria comprar a empresa e inová-la. Os dois realizaram discursos para tentar convencer o conselho, mas Oliver reconheceu que havia perdido para Ray. Oliver decidiu deixar sua persona civil de lado para se concentrar no vigilantismo.

Arqueiro derrota Vertigo

Arqueiro derrota Vertigo.

Ao voltar para a base, Diggle atualizou a equipe sobre os próximos alvos de Werner. Oliver e Roy se vestiram, mas Oliver pediu para que Diggle ficasse, pois iria ser um pai em breve, resultando numa breve discussão entre os dois. Ao chegar na arena, o Arqueiro pediu para que o Arsenal desativasse a bomba enquanto ele confrontaria Werner, que fugiu para o telhado. Embora fosse atingido por outro dardo alucinante, o Arqueiro conseguiu superar seus sintomas. Enquanto lutava contra Werner, a Canário surgiu para ajudá-lo a derrotar os outros capangas. O Arqueiro então prendeu Werner com uma flecha e o nocauteou. Após a batalha, Oliver conversou com Sara, que revelou seus planos de ficar na cidade.

Oliver foi até o hospital depois de descobrir que Lyla havia dado a luz. Ele então parabenizou o casal pelo nascimento de sua filha, e Diggle agradeceu Oliver pelo conselho. No corredor, Oliver conversou com Felicity. Ao voltar para o bunker, Oliver recebeu uma ligação de Barry, pedindo para que se encontrassem.[59]

Arqueiro ouvindo Barry contar sua história

Arqueiro ouvindo Barry contar sua história.

Oliver se vestiu e aguardou por Barry no topo de um prédio. Ao se encontrarem, Barry explicou como havia ganhado poderes de super-velocidade e que havia outras pessoas como ele em Central City, mas tinha dúvidas de sua capacidade em ser um vigilante. Oliver o aconselhou, afirmando que seus poderes eram um presente que ele poderia usar para fazer algo que nem o Arqueiro conseguiu fazer nos últimos anos: inspirar as pessoas e ser o guardião delas. Antes de partir, o Arqueiro sugeriu que ele usasse uma máscara. Ao se pendurar no topo de um prédio, Oliver viu Barry correr para longe, e admitiu para si mesmo que aquilo era "maneiro".[60]

Equipe Arqueiro vendo o corpo de Sara

Oliver, Roy e Felicity vendo o corpo de Sara.

No dia seguinte, Oliver conversou com Felicity e Roy enquanto iam para o bunker. Ao entrarem no esconderijo, o trio viu o cadáver de Sara na mesa, com três flechas presas no estômago. Enquanto Felicity tentava, desesperadamente, pedir para que levassem-a ao hospital, Laurel explicou o que aconteceu, afirmando que sua morte era "injusta". Oliver fechou os olhos de Sara e abraçou Laurel, que chorou em seus braços. Oliver levou Laurel até a Verdant, onde conversaram sobre o ocorrido. Oliver jurou que iria encontrar o assassino de Sara, ao que Laurel tentou sugerir que ela também ajudaria, embora Oliver recomendasse que ela já havia ajudado o suficiente até agora.

Oliver decidiu investigar a cena do assassinato e encontrou um pedaço de metal. Diggle apareceu e tentou convencê-lo a parar para lidar com a morte de Sara, mas Oliver afirmou que tudo que poderia fazer naquele momento era encontrar o assassino. Ele recebeu uma ligação de Felicity, que disse que Quentin queria encontrá-lo. Oliver compareceu ao encontro, temendo que o assunto fosse Sara, mas ficou aliviado quando o detetive lhe informou sobre um financiador, John Burke, que havia sido morto por meios semelhantes que Sara usava.

Ao voltar para o bunker, Oliver e Diggle teorizaram quem poderia ter o assassino. Oliver revelou que conhecia 10 arqueiros, e que todos eram parte da Liga dos Assassinos. Felicity interrompeu a conversa e revelou que o arqueiro estava atacando alguém. O Arqueiro confrontou o indivíduo e descobriu que ele usava uma máscara, assim como Malcolm. Diggle então informou a possibilidade do suspeito ser Simon Lacroix. Depois que Felicity encontrou Simon, o Arqueiro o atacou, mas ele conseguiu escapar. Ao invés de procurar Simon, Oliver decidiu procurar seus alvos. Enquanto faziam isso, ele acabou discutindo com Felicity. Roy apareceu no bunker e revelou que Thea havia ido embora de Starling City. Não muito tempo depois, Laurel informou sobre o próximo alvo de Simon, Tom Weston. Laurel implorou para que levassem-a, mas Oliver negou.

Arqueiro impedindo Laurel de matar Komodo

Arqueiro impedindo Laurel de matar Komodo.

Quando o Komodo atacou o evento organizado por Ray Palmer, o Arqueiro e Arsenal interfiram. Durante a luta, Komodo conseguiu escapar pulando pela janela. O Arqueiro o perseguiu e o encurralou, prendendo-o na parede com uma de suas flechas. Enquanto interrogava o homem, Laurel surgiu, apontando uma arma para Lacroix enquanto o acusava de matar Sara. Simon explicou que no dia da morte de Sara, ele estava em Blüdhaven. Oliver tirou Laurel da sala e a criticou.

No dia seguinte, Oliver informou Laurel que o álibi de Lacroix era verdadeiro, e insistiu em sua promessa de encontrar o assassino de Sara. No entanto, enquanto não tinham nada, ele sugeriu que revelasse a verdade para Quentin. Naquela noite, todos enterraram Sara em sua cova vazia. No bunker, Diggle decidiu voltar para a equipe e ajudar a encontrar o assassino de Sara. Oliver revelou que pretendia ir atrás de Thea e levá-la de volta para casa.[61]

O Arqueiro atacou um homem, questionando-o sobre a morte de Sara, dando-lhe uma evidência da cena contendo seu DNA. O homem confessou ter estado lá em cima bebendo, mas saiu quando Sara apareceu dizendo para ir embora. Oliver voltou para a base, frustrado porque a trilha havia esfriado. Felicity revelou ter encontrado a verdadeira localização de Thea: Corto Maltese. Os três homens decidiram ir para o país.

Oliver e Thea em Corto Maltese

Oliver e Thea em Corto Maltese.

Ao chegarem em Corto Maltese, enquanto Diggle e Roy se ajustavam no hotel, Oliver decidiu ir encontrar Thea. Ele encontrou sua irmã trabalhando em um bar, e os dois ficaram surpresos ao se ver. Eles se sentaram e começaram a conversar. Oliver explicou que tinha duas passagens e pediu para que voltasse à Starling com ele. Embora Thea reafirmasse seu amor por seu irmão e simpatizasse com seu pedido, ela se recusou a voltar, explicando que estava feliz em Corto Maltese.

Oliver decidiu ajudar DIggle que, a pedido de Lyla, foi encarregado de resgatar Mark Shaw, um agente da A.R.G.U.S.. Antes da missão, Oliver decidiu revelar a "verdade" para Thea. Diggle tentou fazê-lo perceber que, ao fazer isso, poderia perdê-la para sempre. Oliver decidiu arriscar a teoria de Diggle e se encontrou com Thea mais uma vez, e revelou sobre o suicídio de seu pai. Após a história, ele explicou que tinha medo de perdê-la. Oliver disse que seus pais haviam se sacrificado para que pudessem viver, e por isso deveriam ficar juntos. Depois de ajudar Diggle em sua missão, Thea decidiu voltar para Starling com Oliver e os outros.

Ao voltar para Starling, Oliver percebeu que Laurel estava machucada. Ela pediu para que a treinasse, mas Oliver rapidamente negou. Ao voltarem para o bunker, Nyssa perguntou onde Sara estava.[62] Oliver explicou que Sara havia morrido e sido enterrada. Nyssa saiu sem dizer alguma palavra, fazendo Oliver suspeitar dela. Ele então pediu para que Roy a seguisse enquanto ele iria conversar com Thea. Os dois se encontraram em um restaurante, onde Thea anunciou seu plano de comprar a Verdant de volta. Após o jantar, Oliver seguiu Nyssa até o antigo apartamento de Sara. Nyssa revelou que Malcolm estava vivo, para o grande choque de Oliver. Os dois voltaram para o bunker, onde Oliver mostrou provas de que Malcolm realmente havia sobrevivido ao Empreendimento.

Malcolm se explicando para Oliver

Oliver se encontrando com Malcolm.

Oliver e Nyssa trabalharam juntos e descobriram que Sara estava investigando um indivíduo chamando Ken Zhi Jansen, um monge budista que havia ajudado Malcolm. Oliver e Nyssa foram confrontar Jansen, no entanto, Oliver descobriu que Jansen havia morrido em 2012 e que era Malcolm quem usava seu monastério. Nyssa o encurralou, mas Malcolm conseguiu escapar. Ao voltar para o bunker, Oliver explicou para Laurel que Malcolm era um suspeito. Ela ficou furiosa por Oliver não ter o matado quando teve a chance e foi embora. Malcolm, secretamente, pediu para que Oliver encontrasse-o publicamente. Ao se encontrar com Malcolm, ele jurou que não havia matado Sara.

Na manhã seguinte, Oliver se encontrou com Thea para conversarem sobre Malcolm. Ao voltar para o bunker, Oliver contou sobre seu encontro com Malcolm, o que irritou Nyssa. Diggle relembrou a promessa de não matar que Oliver havia feito, mas também o relembrou de que Nyssa não havia feito tal promessa, e que ela provavelmente iria matar Malcolm quando o encontrasse.

Arqueiro encarando Malcolm

Arqueiro encarando Malcolm.

Quando Nyssa sequestrou Thea para atrair Malcolm, Oliver a encontrou em um armazém abandonado. Enquanto a equipe vigiava o perímetro, o Arqueiro soltou Thea, que fugiu, e, em seguida, lutou contra Nyssa. Malcolm interviu e os três lutaram entre si. Malcolm conseguiu prender Nyssa na parede, mas Oliver o derrubou. Ele jurou que não havia matado Sara enquanto Nyssa insistia que Oliver o matasse, relembrando-o que Merlyn foi o responsável pela morte de Tommy. Oliver decidiu não quebrar sua promessa e o soltou. Voltando para o bunker, Oliver declarou para Nyssa que Malcolm estava sobre sua proteção. Nyssa afirmou que ele havia feito uma nova inimiga antes de partir.[63]

Quando Felicity e sua mãe foram sequestradas por Cooper Seldon, um terrorista cibernético, o Arqueiro as salvou.[64]

Oliver conversando com Laurel sobre Ted Grant

Oliver conversando com Laurel sobre Ted Grant.

O Arqueiro e seu time começaram a investigar uma série de assassinatos de mafiosos, onde, na cena do crime, a palavra "Culpado" era escrita com seus sangues. O Arqueiro seguiu uma pista que o levou até a academia de Ted Grant, onde encontrou um outro corpo. Quando Ted retornou, o Arqueiro puxou uma flecha e se preparou para interrogá-lo, mas Laurel apareceu, se metendo entre eles. Os dois saíram para conversar e Laurel confessou que estava treinando com Ted para se tornar uma vigilante. Oliver continuou acusando Ted, mas ela explicou que os dois estavam jantando juntos quando o assassinato aconteceu. Oliver continuou suspeitando de Ted e decidiu investigá-lo. Ele encontrou uma sala secreta na academia dele, onde havia encontrado mais um corpo. Quando Ted voltou, os dois lutaram e o Arqueiro foi capaz de subjugá-lo, mas Ted o impediu, revelando que ele também foi um vigilante.

O Arqueiro e Ted foram até o lugar onde Grant havia, acidentalmente, matado alguém, mas foram atacados por um homem mascarado. A polícia os cercou e apreenderam Ted. Oliver e Laurel retornaram ao bunker, onde Roy confessou que acreditava ter matado Sara, pois estava tendo visões de sua morte. Diggle sugeriu que tirassem-o da equipe, mas Oliver negou. Quando Ted e Laurel foram sequestrados pelo homem mascarado, Arqueiro e Arsenal os resgataram. Durante a luta, Roy pediu para que Oliver não o abandonasse.

Oliver prestes a realizar uma técnica com Roy

Oliver prestes a realizar uma técnica com Roy.

Depois que Isaac foi preso pela polícia, Oliver conversou com Roy no bunker. Ele explicou sobre uma técnica que havia aprendido com uma mentora anos atrás, no qual iria permiti-lo revisitar suas memórias, e perguntou para Roy se ele estava disposto a abrir sua mente para ele. Roy aceitou e Oliver começou a guia-lo. Durante a sessão, Roy percebeu que não estava tendo flashes da morte de Sara, mas sim do policial que havia matado, e que estava vendo Sara porque ela e Oliver estavam lá quando aquilo aconteceu.[65]

Quando Isaac foi morto por outro arqueiro, Oliver investigou a situação. Sua investigação o levou até um apartamento que havia sido preenchido com fotos de si mesmo, com corações cercando-o. Com a ajuda de Felicity, foi descoberto que o apartamento pertencia a Carrie Cutter, uma mulher obcecada com o Arqueiro. Depois de derrotá-la e enviá-la para Amanda Waller, Diggle aconselhou Oliver a confessar seus sentimentos para Felicity. Ele decidiu fazer isso, mas a viu beijando Ray.[58]

A Equipe Arqueiro seguiu uma pista até Central City, onde Oliver descobriu que Barry havia se tornado um vigilante. Quando Barry e o detetive Joe West foram encurralados por um policial, o Arqueiro apareceu e os salvou. Barry se encontrou com a equipe de Oliver, onde Felicity sugeriu que se unissem para que se ajudassem. Embora hesitasse inicialmente, Oliver concordou com a união. Para ajudar Barry a encontrar um meta-humano, o Arqueiro interrogou um homem. No dia seguinte, no CC Jitters, Oliver informou Barry o nome que havia descoberto: Roy Bivolo.

Arqueiro segurando o Flash

Arqueiro segurando o Flash.

Oliver decidiu treinar Barry, pois acreditava que ele era muito inexperiente. Porém, durante o treino, Barry acabou se aborrecendo e decidiu ir atrás de Bivolo sozinho. No dia seguinte, os dois se encontraram mais uma vez, mas Barry afirmou na cara de Oliver de que ele estava com inveja de seus poderes. Ao ser informado que Barry estava atacando Eddie Thawne, o Arqueiro foi enfrentá-lo. Ele distraiu Barry tempo o suficiente para que "Harrison Wells" e Joe tirassem Barry dos efeitos dos poderes de Bivolo. Após isso, o Arqueiro e Flash prenderam Bivolo no pipeline.

Ao voltar para os Laboratórios S.T.A.R., Oliver pediu para que a equipe de Barry mantivessem sua identidade em segredo, o que eles concordaram. Ele se encontrou com Barry novamente com Jitters, onde Oliver viu Samantha Clayton pela primeira vez em anos.[5]

Voltando para Starling City, o Arqueiro e Arsenal invadiram a casa que, possivelmente, pertencia ao assassino do bumerangue, mas foram encurralados por agentes da A.R.G.U.S.. Ao voltar para o bunker, Oliver pediu para que Diggle conversasse com Lyla. Quando Caitlin e Cisco apareceram no esconderijo, Oliver ficou bravo. Em seguida, o Arqueiro e Arsenal confrontaram Digger Harkness, que estava atacando a A.R.G.U.S. atrás de Lyla. Antes que fossem atacados pelo Capitão Bumerangue, o Flash apareceu e os salvou. No bunker, Barry sugeriu que se unissem mais uma vez, ao que Oliver aceitou.

Seguindo uma pista de Quentin, o Arqueiro e Flash confrontaram os criadores dos bumerangues, Klaus Markos. Oliver torturou-o em busca de respostas, o que incomodou Barry. No bunker, Barry admitiu que deveria ter ouvido a Wells e Joe. Oliver disse que as coisas em Starling City não são "tão alegres", e que sua família e amigos foram assassinados. Barry o interrompeu, dizendo que viu sua mãe ser morta em sua frente e que não usava sua tragédia pessoal para torturar alguém quando estivesse estressado. Oliver esclareceu que se seu método de lidar com criminosos era tão pesado, ele tinha que ir embora. Quando acreditavam terem encontrado Harkness, o Flash e Arqueiro foram até a localização, mas haviam sido enganados. Quando retornaram, eles encontraram Lyla em uma condição séria. Barry levou-a ao hospital.

Arqueiro e Flash confrontando Capitão Bumerangue

Arqueiro e Flash confrontando Capitão Bumerangue.

Depois que Oliver começou a se culpar, Barry garantiu-o que não era sua culpa. Oliver disse a Barry que tudo que passou havia esgotado sua humanidade, Barry lhe garantiu que sua humanidade era o que o ajudou a passar por tudo. Quando o Flash e o Arqueiro chegaram a estação de trem onde encontraram Digger, ele disse que os heróis poderiam impedi-lo ou impedir que 5 bombas detonassem através de Starling City. O Flash saiu para desativar as bombas enquanto o Arqueiro cuidava de Digger. Oliver não conseguiu torturar Digger para forçá-lo a desativar as bombas, mas as duas equipes conseguiram desativá-las a tempo.

Após a derrota do Capitão Bumerangue, Oliver e Barry decidiram ver quem era melhor com uma luta,[66] mas Barry acabou vencendo o duelo.[67]

Depois que Ra's al Ghul perdeu a paciência, ele enviou Nyssa e mais alguns membros da Liga dos Assassinos para Starling City. Oliver foi confrontado pelo grupo, e Nyssa ameaçou matar 50 civis caso ele não encontrasse o assassino em 48 horas. Eventualmente, Oliver descobriu que Malcolm Merlyn estava por trás da morte de Sara e o confrontou. Após acusá-lo, Malcolm revelou que não foi ele que havia matado Sara, mas sim Thea, quem ele drogou com uma planta de Corto Maltese para obrigá-la seguir suas ordens. Oliver o criticou por sentenciar sua filha à morte, mas Malcolm não se importou com isso. Ele ameaçou mostrar o vídeo para Ra's caso Oliver dissesse algo para a Liga dos Assassinos.

Ra's mata Oliver

Oliver é esfaqueado por Ra's al Ghul.

Oliver percebeu que Malcolm havia usado Thea para fazê-lo lutar contra Ra's em um "julgamento por combate", para que, quando o derrotasse, pudesse livrá-lo do juramento que havia feito a Ra's e, também, livrar Thea. Oliver desafiou Ra's e, no dia seguinte, subiu uma montanha para a luta. Depois que Ra's explicou as regras do duelo, Oliver escolheu duas espadas como armas enquanto seu adversário lutaria com seus próprios punhos. Com o decorrer da luta, Ra's desarmou Oliver e tomou uma de suas espadas, e o esfaqueou pelo estômago usando a arma. Ra's então chutou o corpo de Oliver montanha abaixo.[68]

Oliver foi criticamente ferido, mas graças ao frio, sua perda de sangue foi desacelerada. O corpo dele permaneceu por 4 dias na neve até que ele foi encontrado e arrastado para uma cabana.[69] Depois de acordar de um pesadelo, Oliver percebeu que seus ferimentos haviam sido tratados. Ele caminhou pela cabana e descobriu que Tatsu e Maseo estavam cuidando dele. Quando os homens de Ra's al Ghul apareceram procurando por ele, Oliver se escondeu.[70]

Tatsu e Oliver sentaram-se na floresta e conversaram sobre Ra's, ouvindo-o explicar sobre como ele era um homem habilidoso e perigoso. Ao amanhecer, Tatsu levou Oliver até uma caminhonete que iria levá-lo de volta a Starling. Oliver pediu para que ela o acompanhasse, mas ela recusou seu convite. Ao voltar para Starling, o Arqueiro impediu que Malcolm matasse Danny Brickwell. Assim que Brickwell foi preso, o vigilante anunciou para a cidade que não iria falhar novamente. Após isso, Oliver foi ao loft de Thea com Malcolm. Enquanto sua irmã preparava chá, Oliver pediu para que Malcolm o treinasse[71]

Na noite seguinte, o Arqueiro e Arsenal perseguiram um criminoso, que foi derrubado pela Canário Negro. Percebendo que era Laurel, Oliver a repreendeu por ter se tornando uma vigilante e exigiu que parasse, algo que Laurel recusou de imediato. Ao voltar para o bunker, Oliver continuou discutindo com Diggle e Roy sobre a decisão de Laurel. Malcolm interrompeu a discussão para sugerir a Oliver que revelasse seu segredo para Thea. Depois que Werner Zytle fugiu de seu julgamento, Laurel tentou ir atrás dele, mas Oliver, mais uma vez, tentou impedi-la de continuar com seu vigilantismo.

Naquela tarde, Oliver revelou sua identidade para Thea. Para a surpresa dele, sua irmã não ficou zangada, mas sim orgulhosa por ser um herói. Os dois continuaram conversando sobre isso pelo restante do dia. À noite, o Arqueiro e Arsenal encontraram a Canário Negro, seriamente ferida e afetada por Vertigo, lutando contra Zytle. Oliver tentou persegui-lo, mas Zytle fugiu. Os dois levaram-a ao bunker, onde a Equipe Arqueiro acabou se voltando contra Oliver. Ele decidiu sair para clarear a mente, deixando sua equipe para lidar com a situação de Laurel. Diggle se juntou a ele e explicou que a equipe estava muito perto de encerrar seu vigilantismo por acreditar que Oliver estava morto. Foi então que eles perceberam que não faziam isso apenas por Oliver, mas por si mesmos e pelas pessoas de sua cidade. Ele disse a Oliver que criou algo ótimo, mas questionou se ele poderia lidar com isso.

Arqueiro e Canário Negro

Arqueiro e Canário Negro confrontando Vertigo.

Quando Laurel se recuperou das alucinações, Oliver foi até ela e a convidou para confrontar Zytle junto dele. O Arqueiro e a Canário Negro encontraram Werner, que havia sequestrado alguns cientistas. Ele acabou incendiando o local para acobertar sua fuga. Enquanto o Arqueiro resgatava os reféns, a Canário Negro perseguiu e derrotou Zytle. Depois que Thea foi atacada por um assassino de Ra's, Oliver foi ver como sua irmã estava. Por sugestão de Malcolm, Oliver e Thea saíram de Starling City e foram à Lian Yu para treinar.[72]

Oliver e Thea treinaram em Lian Yu. Depois de ter um pesadelo durante a noite, Oliver decidiu ir visitar Slade, mas descobriu que sua cela estava vazia. Após informar Thea sobre a fuga de Slade, Malcolm ligou para Oliver e confessou que foi ele quem soltou Slade. Os dois decidiram ir embora, mas foram nocauteados por Slade. Eles acordaram na antiga cela dele, e Oliver e Slade acabaram discutindo, enquanto Slade provocava Thea pelos segredos que seu irmão mantinha.

Oliver convendendo Thea a não matar Slade

Oliver convencendo Thea a não matar Slade.

Os dois escaparam e perseguiram Slade pela floresta, mas Oliver se feriu em uma das armadilhas. Thea o confrontou por suas mentiras e perguntou o que aconteceu com Sara. Oliver então revelou que Malcolm havia a drogado e a forçou a matá-la, para o grande choque de sua irmã. Antes que Thea pudesse reagir à revelação, Slade os atacou mais uma vez. Os irmãos Queen foram capazes de derrotá-lo e Thea se preparou para matá-lo como vingança pela morte de Moira, mas Oliver a convenceu a não fazer isso. Ao invés disso, eles aprisionaram-o em sua antiga cela mais uma vez.

Quando voltaram para Starling City, Oliver pediu para Thea não dizer nada a Laurel. Voltando ao loft, Oliver confrontou Malcolm por ter usado Slade como parte do treinamento, que quase resultou nas mortes dos dois. Ele então permaneceu em silêncio enquanto ouvia Thea discutir com Malcolm.[73]

Apesar da situação entre eles, Oliver e Thea continuaram treinando com Malcolm. Enquanto treinava sozinho, Oliver foi confrontado por Laurel, que havia descoberto sobre a manipulação de Malcolm. Oliver foi até Thea, mas descobriu que ela havia informado a Liga dos Assassinos sobre o paradeiro de Malcolm. O Arqueiro viu Nyssa sequestrar Malcolm, mas ele conseguiu capturá-la. Oliver decidiu ir atrás de Malcolm, contra os protestos de Laurel e Felicity. Após conseguir a localização de Nanda Parbat, Thea tentou convencer seu irmão a não ir, mas ele não lhe deu ouvidos.

Oliver ouvindo Ra's

Oliver ouvindo a proposta de Ra's.

Acompanhado por Diggle, os dois chegam à Nanda Parbat e encontram Malcolm, mas acabam caindo em uma armadilha orquestrada por Ra's e são capturados. Ra's então revela para Oliver que queria que ele assumisse seu lugar como líder da Liga dos Assassinos.[74] Ra's mostrou Nanda Parbat para Oliver enquanto tentava convencê-lo a aceitar sua oferta, mas ele gentilmente recusa.

Voltando para Starling, Thea ficou aborrecida por seu irmão ter realmente resgatado Malcolm. À noite, o Arqueiro, Arsenal e Canário Negro perseguiram um criminoso, que conseguiu escapar. Com a ajuda de Felicity, eles conseguem descobrir sua identidade. No bunker, Oliver revelou para Diggle sobre a oferta que havia recebido de Ra's, dizendo que estava considerando aceitá-la. Eventualmente, o Arqueiro, Arsenal, Canário Negro e Nyssa conseguem derrotar Murmur. Depois de conversar com Felicity, Oliver se lembra do motivo de sua cruzada e informa Maseo de que estaria recusando definitivamente a oferta de Ra's.[75]

Algum tempo depois, o Arqueiro ajudou o Flash a confrontar Mari McCabe, uma meta-humana de Detroit.[76] Após uma perseguição, Mari explicou que nunca esteve em Central City e pediu para que nunca mais fossem até sua casa.[77] Ignorando os avisos de Mari, o Arqueiro e Flash retornaram para sua residência após descobrirem que ela havia se tornado uma vigilante. Antes de irem embora, Oliver afirmou que a vida de um vigilante não era nada fácil, mas acreditava que ela conseguiria aguentar.[78]

Oliver compareceu ao casamento de Diggle e Lyla. Durante a cerimônia, a equipe descobriu que alguém estava se passando pelo Arqueiro e estava matando pessoas. No bunker, Oliver teorizou que Ra's estava tentando persuadi-lo para que aceitasse a oferta. Enquanto analisava as flechas usadas pelo imitador, Felicity informou Oliver que Ray Palmer, ciente de sua identidade, planejava detê-lo com seu exoesqueleto. Oliver foi até a Tecnologias Palmer para tentar convencê-lo de que não era o culpado, mas Ray não quis ouvi-lo e jurou que iria detê-lo.

Arqueiro discutindo com Ray

Arqueiro discutindo com Ray Palmer.

Enquanto o Arqueiro e Arsenal respondiam a um chamado de emergência, eles foram emboscados pelo Átomo, que havia montado uma armadilha para capturá-los. Ele atacou os vigilantes, mas o Arqueiro conseguiu derrotá-lo. Ray insistiu para que o matasse e provasse que Felicity, que havia o defendido, estava errada. Oliver hesitou, mas optou por abaixar a flecha, aconselhando-o a seguir os instintos dela. Ele então foi embora com Roy. Quando Diggle voltou de sua lua de mel após ter sido forçado a participar de uma missão do Esquadrão Suicida, ele informou Oliver sobre a morte do Pistoleiro.[79]

Depois que Maseo se fantasiou de Arqueiro e matou o prefeito de Starling e hospitalizou Ray, Oliver decidiu ir atrás dele. Ele foi até Nyssa para pedir por sua ajuda, mas ela se recusou a trair seu pai, mas acabou mudando de ideia e entregou a localização de um esconderijo usado pela Liga. O Arqueiro e sua equipe foram confrontar Maseo, mas foram interceptados por Ra's. Ra's ofereceu duas escolhas para Oliver: substituí-lo ou passar sua vida na prisão. Quando a polícia começou a cercá-los, o Arqueiro e sua equipe fugiram.

Oliver no DPSC

Oliver se rendendo no DPSC.

Enquanto visitava Diggle, Oliver descobriu que sua identidade foi exposta e Quentin havia iniciado uma caçada para sua apreensão. A equipe se reuniu para planejar algo, mas Oliver decidiu se entregar para não causar mais problemas. Enquanto era levado para a prisão, Quentin o culpou pelas mortes de Sara, Moira e Tommy, afirmando na cara de Oliver que ele não era um herói, mas sim um vilão. Antes que pudesse continuar, o transporte foi atacado por Roy, que se rendeu para a polícia usando o traje de Arqueiro.[80]

Como Roy, fantasiado de Arqueiro, se entregou, a polícia foi obrigada a soltar Oliver e não o acusou de nenhum crime. Ele se sentiu culpado por fazê-lo assumir a culpa por suas ações e tentou convencê-lo a não ir para a prisão, mas Roy insistiu que o deixasse continuar como uma forma de agradecer por tudo que havia feito por ele no passado. Oliver decidiu ir resgatar Roy, mas o bunker acabou sendo invadido por Quentin e outros policiais. Como estava sendo vigiado por Quentin, Oliver pediu para que Ray enfrentasse Jake Simmons, um meta-humano que estava atacando a cidade. Depois que Ray foi derrotado, Oliver sugeriu que Ray confiasse em seus instintos, e não apenas na tecnologia.

Thea disse para Oliver que Roy foi atacado pelos presidiários. Oliver decidiu libertá-lo, mas Diggle o lembrou que ele poderia acabar na prisão, mas Oliver ainda estava decidido sobre isso. Diggle tentou impedi-lo, o que quase levou a um confronto físico entre eles, mas Oliver simplesmente declarou que havia perdido tudo e não iria perder Roy. Quando Oliver saiu do prédio, Felicity o seguiu, conseguindo convencê-lo de que ele não podia mais ser o Arqueiro por causa de Ra's.

Oliver se despedindo de Roy

Oliver se despedindo de Roy.

Na segunda vez que confrontou Simmons, Ray usou um sistema de rede neural para que Oliver pudesse controlar seus movimentos do escritório e o ajudou a derrotar o meta-humano. Quando Oliver retornou para sua casa, ele viu Thea em lágrimas, e foi informado por Quentin que Roy foi morto, deixando Oliver perturbado e sentindo-se culpado. Sua equipe revelou que Roy estava vivo e tudo era parte de um plano para fingir sua morte, bem como o do Arqueiro, para que a polícia parasse de persegui-los. Roy se separou da equipe para começar uma nova vida logo depois.[81]

Ao voltar para casa, Oliver encontrou Thea sangrando no chão depois de ter sido atacada por Ra's. Ele então usou seu telefone para ligar apressadamente para a emergência. No hospital, os doutores informaram-o de que não poderiam fazer nada para salvá-la. Oliver foi contatado por Maseo e, depois de confrontá-lo no telhado, decidiu aceitar a oferta de Ra's para salvar a vida de Thea. Enquanto se preparava para levá-la à Nanda Parbat, Malcolm tentou convencer Oliver a levá-la para outro lugar, mas Oliver sabia que apenas o Poço de Lázaro poderia curá-la. Oliver ignorou os avisos de Malcolm e continuou decidido com seu plano.

Oliver segurando Thea

Oliver segurando o corpo de Thea.

Oliver, Felicity, Diggle e Malcolm embarcaram em um avião para Nanda Parbat, onde foram recebidos por Ra's e outros membros da Liga. Ele então entregou o corpo de Thea para que pudesse ser preparado para a ressurreição. Ela saltou para fora do Poço e tentou atacar Oliver, mas foi nocauteada. Quando acordou, ela teve dificuldade em se lembrar de Oliver e, embora isso o entristecesse, ele estava feliz por ver sua irmã viva. Como era a última vez que supostamente veria seus amigos, Oliver transou com Felicity, que o drogou para que a equipe pudesse fugir. O plano falhou, mas Oliver convenceu a Liga a não matar seus amigos antes de se despedir de todos eles. Oliver renunciou à sua antiga vida, assumindo o papel de aprendiz na Liga com um novo traje e o nome "Al Sah-him" até que estivesse pronto para assumir o cargo de "Ra's al Ghul".[82] A permanência de Oliver em Nanda Parbat foi um plano orquestrado por ele e Malcolm para desfazer a Liga dos Assassinos de dentro para fora.[83]

Depois de ser torturado por Ra's por semanas, a personalidade civil de Oliver foi, aparentemente, "morta", permitindo-o abraçar completamente sua persona de Al Sah-him. Ra's contou sua história com Damien Darhk e instruiu Oliver a matar Nyssa, pois a considerava uma ameaça para sua ascensão. Oliver foi à Starling City e lutou contra Nyssa, mas antes que pudesse matá-la, a Equipe Arqueiro interviu. Mais tarde, Oliver sequestrou Lyla e ofereceu trocá-la por Nyssa. Ele lutou contra a Equipe Arqueiro mais uma vez, no qual desarmou Diggle e se preparou para matá-lo, mas Thea disparou uma flecha que atravessou seu braço. Oliver partiu a flecha e foi embora com Nyssa. Voltando para Nanda Parbat, Ra's sugeriu que ele se casasse com sua filha, e também revelou seu plano de destruir Starling City.[84]

Oliver confrontando o Flash Reverso

Oliver confrontando o Flash Reverso.

De alguma forma, Barry contatou Oliver e pediu por sua ajuda para enfrentar o Flash Reverso. Ele foi à Central City e ajudou Barry e Nuclear durante a luta. Enquanto o Flash resgatava o Nuclear, que havia sido atacado pelo velocista, Oliver usou uma flecha com nanites para desabilitar a velocidade do Flash Reverso temporariamente. Os dois lutaram, mas Oliver acabou perdendo assim que Eobard recuperou seus poderes. Antes que o velocista o matasse, o Flash retornou e o atacou. Com o Flash Reverso derrotado, Barry agradeceu pela ajuda e elogiou o novo traje de Oliver. Antes de ir embora, Oliver disse que, em breve, poderia precisar de um favor.[85]

Em Nanda Parbat, Oliver descobriu que Maseo havia entregue o vírus Alfa-Ômega para Ra's. Isso o deixou chocado, mas Oliver manteve a surpresa para si mesmo. À noite, ele compareceu a um jantar com Ra's e Nyssa. Após isso, Oliver se encontrou com Malcolm e o informou sobre o plano de Ra's. Como Ra's estava agindo muito mais cedo do que esperado, Oliver pediu a Malcolm que revelasse o plano para a equipe. Quando Maseo o encontrou, Oliver explicou que estava conversando consigo mesmo. Os dois se sentaram e conversaram sobre seu tempo em Hong Kong. Oliver esteve presente quando Ra's confrontou a Equipe Arqueiro e assistiu a rendição de seus amigos. Depois que eles foram presos, Oliver tentou se explicar para Diggle, mas ele ainda estava furioso por suas ações. Quando Malcolm entregou Oliver para Ra's, ele foi capaz de convencê-lo que Merlyn estava mentido. Ele então assistiu Ra's matar a Equipe Arqueiro com o vírus e, em seguida, se casou com Nyssa.[83]

Durante a viagem para Starling City, Oliver revelou suas mentiras para Ra's. Ele então libertou Nyssa e eles lutaram contra os assassinos na aeronave, mas Ra's conseguiu escapar com o vírus. Quando pousaram o avião, Oliver e Nyssa se reuniram com a Equipe Arqueiro. Ele explicou que seu plano era sabotar o avião para matar Ra's e destruir o vírus, consequentemente morrendo na explosão, mas tudo havia mudado. Quando a equipe descobriu que Damien Darhk estava na cidade, eles decidiram usá-lo para atrair Ra's.

Oliver, Malcolm, Diggle e Nyssa foram ao hotel onde Darhk estava hospedado, mas ao chegarem descobriram que ele havia ido embora horas atrás. Ra's contatou Oliver e o informou que o vírus havia sido ativado. Oliver decidiu enfrentá-lo mais uma vez e começou a se preparar para o duelo enquanto a equipe procurava pelo vírus. Os dois se encontraram e lutaram novamente, mas Oliver foi capaz de vencer o duelo e matou Ra's, cravando uma espada no estômago dele.

Oliver and Felicity drive off into the sunset

Oliver e Felicity indo embora de Starling City.

Depois disso, Oliver decidiu deixar de ser um herói para a cidade porque o Arqueiro estava "morto", e optou por ter uma vida com Felicity sabendo que existiam outros heróis que poderiam ocupar seu lugar. Ele também entregou o título de Ra's al Ghul para Malcolm, mas o avisou que ele nunca o perdoaria pela morte de Sara e por transformar Thea em uma assassina, mas estava disposto a deixá-lo ir se ele não fosse atrás dele ou de seus amigos novamente. Ele também deu a Thea o nome de vigilante "Speedy" e se despediu dela. Mais tarde, Oliver partiu com Felicity, feliz por uma mudança de ritmo.[86]

Conflito com Damien Darhk

Oliver e Felicity passaram os próximos 5 meses viajando pelo país e eventualmente decidiram se mudar para Ivy Town. Eles também fizeram amizade com seus vizinhos, Adam e Laura Hoffman, para quem Oliver revelou sua intenção de pedir Felicity em casamento durante um jantar romântico. No entanto, seus planos foram interrompidos por Thea e Laurel, que pediram por sua ajuda para lutar contra um novo grupo criminoso. Oliver hesitou em ajudá-las, mas Felicity incentivou que o fizesse. Quando voltou para a cidade, Oliver comentou sobre o estado decadente dela.

Arqueiro Verde confrontando Damien Darhk

Arqueiro Verde confrontando Damien Darhk.

Quando reencontrou Diggle, ele, que ainda estava zangado pelo sequestro de Lyla, declarou que não queria Oliver na equipe. Ele entendeu seu pedido e garantiu que sua passagem era temporária. À noite, Oliver, usando uma máscara de esqui, ajudou a Equipe Arqueiro atacar um grupo de Fantasmas e seu líder, Damien Darhk, que consegue escapar. Após interrogar um dos Fantasmas, Oliver descobriu que o plano deles era explodir a estação trem. Antes da missão, Oliver usou um novo traje que Cisco havia criado antes de se aposentar. Ele então confrontou Darhk no trem. Os dois lutaram, mas Oliver acabou perdendo por conta dos poderes mágicos de seu adversário. Quando Damien começou a absorver sua força vital, Diggle o salvou.[87]

Depois de uma missão, Oliver criticou Thea, repreendendo-a por seus métodos violentos. Depois que criminoso atacou Jessica Danforth, que estava concorrendo ao cargo de prefeita, a equipe começou a procurá-lo. Eventualmente, Felicity encontrou o indivíduo. O Arqueiro Verde e Speedy foram confrontá-lo, mas Thea acabou perdendo o controle e quebrou seu braço, fazendo com que um furioso Oliver mandasse-a embora. Ao voltar para o bunker, os dois continuaram discutindo e se enfrentaram. Oliver percebeu que a mudança repentina de Thea estava ligada com o Poço de Lázaro e contou a verdade para sua irmã. Quando Lonnie sequestrou Madison Danforth, a Equipe Arqueiro foi resgatá-la. Horrorizado, Oliver assistiu Thea incendiar o criminoso. Após o ocorrido, os dois se entenderam.[88]

Com Thea e Laurel fora da cidade, Oliver e Diggle foram forçados a trabalhar juntos. Os dois localizaram alguns membros da C.O.L.M.É.I.A., que conseguiram escapar antes de serem interrogados. Quando Oliver foi atacado por Jeremy Tell, um meta-humano, ele e Diggle conversaram e se reconciliaram. Oliver também informou Diggle que foi Mina Fayad quem contratou o Pistoleiro para matar seu irmão. A dupla foi confrontar Fayad, mas descobriram que ela havia sido morta por Damien Darhk. Mai tarde, os dois perseguiram Jeremy e conseguiram derrotá-lo.[89]

Oliver anunciando sua candidatura

Oliver anunciando sua candidatura.

Com as palavras de Quentin em mente, Oliver decidiu concorrer ao cargo de prefeito e revelou isso para a Equipe Arqueiro, e em seguida lhes mostrou o novo bunker. À noite, Felicity localizou o esconderijo das pessoas que mataram dois policiais e roubaram algumas drogas. Oliver e a equipe foram investigar o armazém e descobriram que as pessoas por trás do ataque também eram policiais. Com a ajuda de Quentin, Oliver orquestrou um plano para capturá-los, mas sua ideia deu errado e os alvos fugiram. O Arqueiro Verde e a Equipe Arqueiro foram resgatar Quentin depois que ele foi sequestrado pelos policiais. Oliver foi atacado e encurralado por Liza Warner, mas Quentin conseguiu convencê-la a soltá-lo. No dia seguinte, Oliver anunciou publicamente sua candidatura.[23]

Quando Sara, recém-ressuscitada, começou a atacar criminosos aleatórios, o Arqueiro Verde e sua equipe encontraram-a em uma boate e a confrontaram, mas ela conseguiu escapar antes que pudessem subjugá-la. Oliver e Felicity perceberam que Sara estava tentando encontrar Thea. A teoria deles provou-se correta quando Thea foi hospitalizada após ser atacada por Sara. Quando Sara tentou matá-la no hospital, Oliver e Laurel a protegeram. Eles montaram uma armadilha na Verdant e conseguiram capturá-la. Oliver pediu ajuda de John Constantine, e ele, Constantine e Laurel foram ao Purgatório para resgatar a alma de Sara e levá-la de volta para seu corpo.[90]

Arqueiro Verde sendo confrontado por Damien Darhk

Arqueiro Verde sendo confrontado por Damien Darhk.

Enquanto Oliver trabalhava em sua campanha, Felicity descobriu que Ray estava vivo e foi capturado por Damien Darhk, que queria seu exoesqueleto, mas não poderia usá-lo enquanto estava pequeno. Sua determinação em encontrar Ray e a culpa por não estar lá para receber suas mensagens fizeram com que Oliver tivesse algumas inseguranças e dúvidas sobre o relacionamento deles, embora Diggle lhe garantisse o contrário. Mais tarde, a Equipe Arqueiro (também incluindo Curtis Holt) foi capaz de invadir a instalação onde Ray estava preso, libertá-lo e restaurá-lo ao seu tamanho normal. Durante a invasão, o Arqueiro Verde foi confrontado por Darhk, que usou sua telecinese para prendê-lo. Ele tentou desmascará-lo, mas Oliver conseguiu escapar. Depois que Ray foi resgatado, Oliver e Felicity fizeram as pazes.[91]

Enquanto Oliver intensificava sua campanha para prefeito, Damien o abordou e ofereceu seu apoio financeiro e relações públicas em troca de impedir seu projeto de restauração da baía, mas Oliver o rejeitou educadamente. Nesse ínterim, o Arqueiro Verde e sua equipe continuaram a atormentar as operações da C.O.L.M.É.I.A. em Star City, culminando em um ataque contra o QG dos Fantasmas para resgatar Andy Diggle, que aparentemente está trabalhando para a organização de boa vontade. Depois que a equipe extraiu Andy e o manteve prisioneiro em seu esconderijo, Oliver encorajou Diggle a não desistir de seu irmão.[92]

Uma semana depois, Barry pediu ajuda de Oliver para proteger Kendra Saunders, que estava sendo caçada por um homem desconhecido. Pelo clima estranho entre eles, as equipes decidiram organizar uma festa no apartamento de Oliver e Felicity. A celebração foi atacada pelo indivíduo, mas ele fugiu. Enquanto discutiam no bunker, Malcolm revelou que o indivíduo se chamava Vandal Savage, e que ele era muito perigoso. Depois que Kendra foi sequestrada pelo Gavião Negro, o Arqueiro Verde e Flash a resgataram. Eles sequestram o Gavião Negro e o interrogam. Carter explicou a história deles com Vandal, para a surpresa de todos. Oliver e Barry assistiram Carter treinar Kendra, sem sucesso, em sua tentativa de fazê-la desbloquear seus poderes.

Arqueiro Verde e Flash confrontando Vandal Savage

Arqueiro Verde e Flash confrontando Vandal Savage.

O Arqueiro Verde e Flash foram à Central City atrás do Cajado de Hórus, mas Vandal havia chegado primeiro. Os dois heróis tentam enfrentá-lo, mas seus esforços são inúteis e são derrotados. Antes que Vandal conseguisse destruir a igreja com eles dentro, Barry os tira de lá. Depois disso, Oliver e Barry foram ao Jitters, onde ele viu um menino chamar Samantha de "mãe".[93]

Enquanto as equipes trabalhavam em uma forma de neutralizar o Cajado, Oliver seguiu Samantha até sua casa e a confrontou sobre seu filho. A mulher explicou que havia conhecido o pai do garoto 2 meses depois de sua relação. Enquanto ia embora, Malcolm informou Oliver sobre um encontro que havia organizado com Vandal. Ele, o Flash e Malcolm se encontraram com Vandal, que exigiu a rendição de Kendra e Carter.

Após o encontro, Oliver pediu para Barry analisar o fio de cabelo que havia pego do filho de Samantha. Oliver voltou para a casa de Samantha para confrontá-la novamente, e ela finalmente admitiu que Moira pagou 1 milhão de dólares para mentir sobre o aborto espontâneo, e Samantha não queria que William crescesse como um playboy como seu pai. Oliver, no entanto, disse a ela que era seu direito conhecer seu próprio filho e implorou a Samantha para não esconder a existência de William de Felicity, mas Samantha deixou claro que se Oliver quisesse se envolver na vida de William, ele manteria esse segredo. Quando Oliver voltou para casa, Felicity já sabia sobre William e ficou furiosa quando Oliver tentou mentir para ela sobre o assunto.

Arqueiro Verde pedindo para o Flash correr

Arqueiro Verde pedindo para o Flash correr.

Apesar de estar perturbado, Oliver ordenou que Barry, Kendra e Carter fossem ao ponto de encontro, onde Kendra e Carter atacariam Savage enquanto Barry roubava o cajado, mas ordenou que sua equipe ficasse para trás. Na reunião, no entanto, as emoções conflitantes de Kendra a impediram de usar seus poderes e Savage conseguiu matar ela e Carter. Embora o Flash roubasse o cajado de Savage, as luvas não funcionaram. O Arqueiro Verde interveio e disse ao Flash para correr. Nesse momento de distração, Savage recuperou o cajado e o usou para produzir uma onda de choque que matou o Arqueiro Verde instantaneamente e todos em Central City.

Enquanto fugia da onda, Barry voltou no tempo até o momento do encontro. Após o encontro, Oliver, notando que Barry estava agindo de forma estranha perguntou o que estava acontecendo. Barry explicou o que aconteceu durante o confronto contra Savage, e sugeriu que ele contasse a verdade para Felicity sobre William. Ao voltar para a fazenda, Oliver pediu para que Cisco ajudasse no treinamento de Kendra ao invés de Carter.

Depois que Barry recuperou uma amostra do meteorito, Oliver ordenou que todos fossem para o ponto de encontro. Na troca, o Arqueiro Verde e Flash "entregaram" Carter e Kendra, mas antes que ele os atacasse, o Arqueiro Verde os libertou de suas amarras e eles. O grupo começou a atacar Savage e na distração, o Flash roubou o cajado e o usou contra Savage. No entanto, Flash lutou para usar o cajado e o Arqueiro Verde o ajudou, e juntos eles mataram Savage.

Oliver e William brincando

Oliver brincando com William.

Após se despedirem de Carter e Kendra, Barry conversou com Oliver sobre William e a verdade para Felicity. Oliver estava incerto se deveria se envolver na vida de William, mas Barry, que havia crescido sem um pai, o convenceu a se tornar próximo de seu filho. No dia seguinte, Oliver visitou Samantha e a confrontou com a verdade. Em troca de poder se envolver na vida de William, Oliver prometeu não dizer nada para ninguém, condições que Samantha concordou. Oliver foi até o quarto do garoto e os dois brincaram juntos.[25]

Depois que Damien atacou a baía de Star City, Oliver denunciou a conexão de Darhk com a C.O.L.M.É.I.A.. Como vingança, Damien atacou a festa de campanha de Oliver e sequestrou Diggle, Thea e Felicity. Oliver decidiu trocar sua vida por seus amigos, mas Damien revelou seu plano de matá-los em uma câmara de gás. Enquanto Oliver assistia seus amigos respirarem o gás, a Canário Negro e o Arqueiro Verde (em realidade, Malcolm Merlyn) interferiram e salvaram a vida dos amigos de Oliver. Quando Damien fugiu, Malcolm o perseguiu, mas foi espancado por Darhk até que Oliver apareceu para salvá-lo. Depois que o grupo foi embora, Oliver pediu Felicity em casamento. Enquanto os dois voltavam para casa, sua limousine foi atacada por Fantasmas e o motorista morreu, obrigando Oliver a dirigir o veículo de volta para casa. No entanto, quando chegou em casa, Felicity estava desmaiada.[94]

Depois que Felicity, após passar por múltiplas cirurgias, se tornou paraplégica, Oliver ficou furioso. Eventualmente, ele e a equipe obtiveram um endereço com a possível localização de Darhk, mas quando chegaram apenas encontraram alguns Fantasmas mortos e um símbolo anarquista desenhado, fazendo-os deduzir que Machin estava procurando se vingar de Damien. Depois que o Arqueiro Verde localizou Lonnie e o interrogou, Oliver decidiu soltá-lo para que ele fosse até Darhk. Ele o seguiu até a casa de Damien, onde a equipe salvou a família de Darhk, embora Lonnie conseguisse escapar. Apesar de salvar sua família, Damien não demonstrou nenhuma gratidão e declarou que iria deixá-lo viver para que pudesse passar um pouco mais de tempo com sua família. Após isso, Oliver visitou Felicity no hospital.[95]

Após Felicity voltar do hospital, ela começou a questionar seu papel na equipe. Tentando ajudá-la, Oliver tentou tranquilizá-la e garantiu que seu super-poder era seu cérebro. Quando a Shadowspire invadiu a A.R.G.U.S. procurando pelo "Rubicon", um projeto desenvolvido pela organização, e matou Waller quando ela se recusou a entregar os códigos, o Arqueiro Verde e sua equipe, com a ajuda de Felicity, os impediram. Ao voltar para casa, Oliver e Felicity conversaram sobre seus passados. Ele jurou que iria encontrar uma forma de curar sua paralisia.[96]

Quando Thea começou a adoecer, Oliver a visitou e se recusou a ir para uma missão quando foi convocado, mas sua irmã o convenceu a atender o chamado. O Arqueiro Verde perseguiu um criminoso e conseguiu derrubá-lo, e ao desmascará-lo, se surpreendeu ao descobrir que era Roy. Ao voltar para o bunker, Oliver explicou para a equipe sobre seu encontro com Roy. Após descobrir que Ruvé Adams havia entrado na corrida para prefeita, Oliver, como Arqueiro Verde, pediu para que organizasse uma reunião com Darhk.

Oliver ao lado de Thea

Oliver ao lado de Thea.

Analisando o que Roy havia roubado anteriormente, Felicity deduziu que ele estava sendo controlado pelo Calculador. Ao confrontá-lo, o Arqueiro Verde disparou uma flecha no olho esquerdo dele. Assim que Roy desmaiou, a equipe levou-o até o bunker, onde fingiram sua morte e removeram a lente de contato que o Calculador usava para vigia-lo. Após salvar Roy e frustrar os planos do Calculador, Oliver é informado que Thea havia entrado em um coma. Enquanto visitava sua irmã no hospital, Nyssa apareceu oferecendo-o a cura para a sede de sangue de Thea caso ele matasse Malcolm.[97]

Oliver ficou indeciso sobre o que fazer, pois apesar de todas as coisas ruins que Malcolm havia feito, ele ainda era o pai de Thea. Oliver se encontrou com Malcolm e o informou sobre a oferta de Nyssa. Depois que Nyssa ameaçou um massacre em Star City, Oliver foi visitá-la, pedindo por uma prova de que o Lótus realmente funcionava. A equipe levou Thea, ainda hospitalizada, para o bunker, onde descobriram que o Lótus realmente funcionava. Depois que Malcolm falhou em matar Nyssa para roubar o Lótus, Diggle encorajou Oliver a matá-lo.

Troca entre Oliver e Nyssa

Troca entre Oliver e Nyssa.

Enquanto Malcolm detalhava sobre o dia em que conheceu Thea, Oliver sugeriu que ele lutasse contra Nyssa. No entanto, antes do duelo iniciar, Oliver entrou no lugar dela. Os dois lutaram e, após uma luta intensa, Oliver subjugou Malcolm. Ao invés de matá-lo, ele decepou sua mão, removeu o anel e o entregou para Nyssa em troca do Lótus. Ele voltou para o bunker e deu o resto do elixir para Thea, que, segundos depois, se curou, para o alívio de seu irmão e do restante da equipe.

Mais tarde, Oliver, Laurel e Malcolm visitaram Nyssa, que agora havia se tornado uma Ra's al Ghul. No entanto, para a surpresa de todos, Nyssa anunciou que havia desfeito a Liga dos Assassinos e libertou todos seus membros do juramento. Depois de anular seu casamento com Oliver, ela jogou o anel no fogo. Malcolm jurou que iria se vingar por Oliver ter o traído. No loft, Oliver e Felicity conversaram. Ele sugeriu que adiantassem seu casamento, o que ela concordou.[98]

Após um debate eleitoral contra Ruvé, Oliver e sua equipe a seguiram, mas foram atacados pelos Fantasmas e a perderam de vista. Enquanto conversava com Thea, sua irmã revelou que sabia sobre seu filho e o apoiou na decisão de mantê-lo em segredo. Durante um outro debate eleitoral, a Equipe Arqueiro preveniu que um grupo criminoso atacasse o evento. Durante a festa de noivado de Oliver e Felicity, Curtis revelou para o casal a existência de um chip que poderia curar a paralisia de Felicity.[99]

Após o implante do chip, Oliver ajudou Felicity em sua fisioterapia. Os dois foram confrontados por Damien, revelando que havia sequestrado William e, para tê-lo de volta, Oliver teria que desistir de sua campanha até sexta-feira. Assim que Darhk foi embora, Oliver revelou para Felicity que William era seu filho. Ele tentou se explicar dizendo que não havia lhe dito nada por causa de Samantha. Quando Samantha começou a entrar em pânico pelo sumiço de seu filho, Oliver revelou sua identidade como Arqueiro Verde para tranquilizá-la de que iria encontrá-lo. Notando que Darhk usava magia, Oliver e Laurel sugeriram chamar uma amiga deles para ajudar, Mari McCabe/Vixen.

O Arqueiro Verde foi à Detroit, onde ajudou a Vixen derrotar três homens armados antes de pedir por sua ajuda. Ao voltar para Star City, Oliver a apresentou para sua equipe. Enquanto Mari localizava William, Oliver perguntou para Diggle se o sequestro de seu filho era culpa sua. Diggle, imediatamente, negou isso, relembrando-o que ser um pai não era apenas considerar "e se", mas sim pensar na segurança de sua criança. Quando Vixen encontrou a localização do garoto, o Arqueiro Verde e ela confrontaram Darhk e o machucaram, mas ele ainda conseguiu derrotá-los e fugiu.

Oliver conversando com Mari

Oliver conversando com Mari.

Ao voltar para o bunker, Damien ligou para o Arqueiro Verde e disse que os termos haviam mudado. Para ter William de volta, Oliver precisava desistir da campanha imediatamente. Mari se desculpou por não ter sido de muita ajuda, mas teorizou que os poderes de Darhk devem ser originários de algum objeto místico. Oliver organizou uma coletiva e declarou sua desistência e apoio a Ruvé. Darhk ligou novamente com um novo local para entregar William. Enquanto aguardavam, Mari conversou com Oliver, que queria manter seu filho por perto para protegê-lo. Mari, no entanto, explicou que, talvez, deixar William crescer sem ele seja o melhor para sua segurança.

No hotel, o Arqueiro Verde, Canário Negro, Espartano e Speedy atacaram os homens de Darhk enquanto Vixen roubava o ídolo. Durante o ataque, no entanto, Darhk confrontou os três e começou a enforcá-los, mas Vixen foi capaz de quebrar o ídolo e cortar o acesso de Darhk a seus poderes. O Arqueiro Verde então dominou e derrotou Darhk e fugiu quando a polícia encontrou William. No DPSC, Quentin disse a Oliver e Thea o que William disse aos detetives, que Darhk não o sequestrou, mas sim Malcolm. Mais tarde, Oliver conversou com Mari quando ela estava saindo da cidade, que o lembrou do que ela disse antes, que ficar fora da vida de William era a melhor coisa a se fazer, ao que ele concordou. Oliver então fez uma mensagem gravada para William para ele ver após seu aniversário de 18 anos. Depois de gravar a mensagem, Felicity colocou seu anel na mesa e declarou que eles não poderiam continuar namorando sem confiança. Nesse exato momento, seu implante espinhal foi ativado e ela conseguiu andar novamente, mas foi embora aos prantos.[100]

Uma semana depois, a Cupido retornou à Star City e começou a matar casais famosos. Apesar do Arqueiro Verde e Speedy conseguirem salvar uma de suas vítimas, a Cupido escapou. Para capturá-la, Oliver e Felicity orquestraram um casamento falso para atrair a atenção dela. O plano funcionou e Cupido atacou a cerimônia, ameaçando explodir o prédio com eles dentro. Felicity conseguiu distraí-la tempo suficiente para que a Equipe Arqueiro a confrontasse. Depois que Cupido foi presa, Oliver implorou para que Felicity reconsiderasse sua decisão, mas ela afirmou que sua mente já havia sido formada.[101]

Após seu término definitivo, Oliver mergulhou de vez em suas missões como Arqueiro Verde. No entanto, seu estresse crescia cada vez mais. Quando Curtis ficou animado por estar ajudando a equipe, Oliver gritou com ele, relembrando-o que pessoas poderiam morrer caso se distraíssem. Depois que Brie Larvan foi derrotada, Oliver se desculpou com Curtis.[102]

Suspeitando que Andy trabalhava para Darhk, Oliver tentou interrogá-lo, mas foi impedido por Diggle. Mais tarde, Oliver e Laurel conversaram sobre a atual situação da equipe, com ambos reconhecendo que ela estava se desfazendo. Ela comentou que estava considerando aceitar o cargo de promotora, algo que Oliver apoiou. Quando Damien organizou uma rebelião em Iron Heights, a Equipe Arqueiro foi confrontá-lo. Como suspeitado, Andy revelou sua aliança com Darhk e o ajudou a recuperar seus poderes. Durante o ataque, Darhk usou uma das flechas de Oliver para esfaquear Laurel.

Oliver nos últimos momentos de Laurel

Oliver nos últimos momentos de Laurel.

Oliver a levou até o hospital, e eventualmente o restante da equipe apareceu. Após a cirurgia de Laurel, a Dra. Schwartz permitiu que fossem vê-la. Laurel explicou que pretendia se aposentar do vigilantismo após aquela noite, mas admitiu que não conseguiria parar de ser a Canário Negro pois ser uma vigilante a fazia se sentir viva. Assim que os outros se retiraram, Laurel garantiu para Oliver que estava feliz por ter encontrado Felicity, e que torcia para que eles voltassem. Mas ela também admitiu que embora não fosse o amor de sua vida, ele sempre seria o amor da sua.[103] Ela então o fez prometer que não iria deixar o manto da Canário morrer com ela, e que iria procurar alguma sucessora para que, assim, uma parte dela continuasse lutando com a equipe.[104] De repente, Laurel começou a convulsionar e acabou morrendo às 23:59, deixando Oliver e a equipe devastados.[103]

Quando a "Canário Negro" foi avistada, Quentin acreditou que era Laurel. Oliver o levou de volta ao hospital e lhe mostrou o corpo de sua filha. Eventualmente, a equipe descobriu a identidade da farsante e foi confrontá-la. Oliver conseguiu convencê-la de que a verdadeira Canário Negro não iria gostar de ter alguém sujando seu manto com sangue. Evelyn percebe que o Arqueiro Verde estava certo e devolve o grito da canário para ele.

Oliver dando um discurso no funeral de Laurel

Oliver realizando um discurso no funeral de Laurel.

No dia seguinte, Oliver realizou um discurso no funeral de Laurel, refletindo sobre seu relacionamento com ela e o desejo que ela tinha de querer salvar a cidade. Ele também revelou para os presentes que Laurel era a Canário Negro. Após o enterro, Barry se encontrou com Oliver, desculpando-se por ter perdido o funeral por conta de um novo inimigo. Oliver admitiu que não se sentia mais culpado pela morte de Laurel, mas, mesmo assim, pretendia matar Darhk pelo que ele fez. Ele foi até a limousine, onde conversou com Felicity.[54]

no bunker, Oliver conversou com a equipe, informando-os que vingar a morte de Laurel era o objetivo principal. Ele também disse que Constantine entrou em contato e que lhe disse que havia encontrado uma maneira de neutralizar os poderes de Darhk. Oliver também deixou claro para todos que não queria arriscar outro ataque a Darhk até que eles encontrassem uma solução permanente para derrotá-lo.

Enquanto se preparava para sua viagem à Hub City, Felicity convenceu Oliver a deixá-la acompanhá-lo. Após chegarem na cidade, os dois se encontraram com Esrin Fortuna em um casino. Em uma câmara secreta, Esrin informou Oliver que para combater a magia negra de Darhk, ele precisaria usar a "Luz da Alma", a magia oposta. Inicialmente, Oliver falhou no teste de Esrin por ter sido sobrecarregado por sua própria escuridão interna. Ele culpou o feitiço, mas Esrin o corrigiu e disse que o culpado era ele mesmo. Felicity insistiu que continuasse tentando. Ao voltar para Star City, Oliver descobriu que Darhk havia sequestrado Lyla. Ele ajudou a Equipe Arqueiro a salvá-la e acabou enfrentando Darhk mais uma vez. Durante a luta, Oliver conseguiu usar a luz da alma, para o grande espanto de Darhk.[105]

Depois que Thea desapareceu, Oliver partiu para encontrá-la. Felicity localizou-a nos Glades, mas quando chegou, Oliver não a encontrou em lugar algum. Ele descobriu que sua irmã estava em uma cidade subterrânea construída por Darhk depois de ter sido sequestrada por Malcolm. Oliver e Diggle foram resgatá-la e Oliver libertou Thea do controle de Merlyn. Ao descobrir que Lonnie estava tentando destruir Tevat Noah, o Arqueiro Verde, Espartano e Thea foram confrontá-lo enquanto Malcolm evacuava as pessoas. Apesar de seus esforços, Lonnie conseguiu destruir a arca. Em seu último suspiro, Ruvé pediu para que Oliver salvasse sua filha.[106]

Enquanto confrontava Darhk, que ameaçava matar Donna caso Felicity não o ajudasse, Thea apareceu com Nora Darhk e ameaçou matá-la caso ele não soltasse Donna e Oliver. Darhk obedeceu ao pedido e foi embora com sua filha. Oliver, Thea e Diggle levaram Curtis, que havia sido ferido por Darhk, ao bunker e conseguiram estabilizar sua condição. Eles foram ao quartel-general da C.O.L.M.É.I.A., onde viram 15 mil misseis serem ativados por Darhk.

Depois que os misseis foram ativados, Oliver começou a questionar sua capacidade de salvar as pessoas, mas Felicity o motivou. Percebendo que o povo de Star City estava em pânico, Oliver realizou um discurso para o público e conseguiu tranquilizá-los. Eventualmente, Felicity e Curtis conseguem desativar os misseis.

Arqueiro Verde segurando Damien Darhk

Arqueiro Verde segurando Damien Darhk antes de matá-lo.

À noite, o Arqueiro Verde, com a ajuda dos civis de Star City, lutou contra Darhk e os Fantasmas. Oliver usou a luz da alma para remover os poderes de Darhk, deixando-o sem suas habilidades especiais. Os dois continuaram lutando e, eventualmente, Oliver conseguiu subjugar Darhk por fim. Ele então pegou uma de suas flechas e, após ouvir as provocações de seu inimigo derrotado, a cravou no estômago de Damien, matando-o de uma vez por todas. Após isso, Thea e Diggle anunciaram que estariam deixando a equipe.

No dia seguinte, enquanto visitava a lápide de Laurel, Oliver recebeu uma ligação do conselho. Ao ir para a prefeitura, Oliver descobriu que havia sido eleito o novo prefeito de Star City.[107]

Pecados do passado

Pelos próximos 5 meses, Oliver continuou lutando nas ruas sozinho, recebendo apenas a ajuda de Felicity. Apesar disso, o relacionamento dos dois continuava complicada e, apesar de terem dormido juntos uma vez, ela insistia que ainda não havia mudado de ideia. Conforme o crime na cidade aumentava, Felicity sugeriu que Oliver montasse uma nova equipe, mas ele rapidamente recusou a ideia por acreditar que, eventualmente, Diggle e Thea voltariam. Oliver também ignorava suas prioridades como prefeito enquanto Thea, sua chefe de gabinete, cobria suas ausências.[104] Em algum momento, Oliver conheceu Nate Heywood, que havia o procurado após perceber que as Lendas haviam desaparecido. Os dois encontraram a Waverider e Mick Rory, que explicou o que aconteceu com a equipe. Ele acabou se despedindo e voltou para Star City.[108]

Tobias conversando com Oliver Queen

Oliver ouvindo as provocações de Tobias Church.

Para honrar a memória de Laurel, Oliver criou uma estátua da Canário Negro e a colocou nas docas da cidade. Durante a cerimônia de revelação, Oliver foi sequestrado por Tobias Church, que estava atrás do Arqueiro Verde. Oliver conseguiu escapar de suas amarras e matou alguns dos capangas de Church, chocando Thea, que havia se vestido para resgatá-lo. Oliver explicou que havia voltado a matar quando necessário, acreditando que a morte de Laurel era culpa sua por ter hesitado em matar Darhk quando teve a chance. Thea, acreditando firmemente que Laurel não iria querer que ele fizesse isso, decidiu se aposentar de vez do vigilantismo. Após seu resgate, Oliver montou uma unidade anti-crime. Ele também concordou em formar uma nova equipe.[104]

Durante uma noite, o Arqueiro Verde abordou Cão Raivoso e o convidou para ingressar a equipe. Ao ver Curtis usar seu equipamento no bunker, Oliver notou que ele iria precisar de mais treinamento. Felicity recrutou também Evelyn, a garota que havia se passado pela Canário Negro. Oliver começou a treiná-los usando as táticas que havia aprendido anos atrás, mas Felicity comentou que seu método de treino era muito "cruel e rígido". Oliver ignorou sua nota e continuou com o treino, mas os recrutas decidiram desistir depois de serem criticados após uma missão. Após lidar com Church e recrutar Retalho para a equipe, Oliver revelou sua identidade e se desculpou por seus métodos. Todos então decidiram voltar para a equipe.[109]

Oliver descobriu que Thea havia eleito Quentin como vice-prefeito sem sua permissão, e que essa atitude estava sendo arduamente criticada pela jornalista Susan Williams. Oliver pediu para que Thea lidasse com isso. Naquele dia, ele conheceu Adrian Chase em seu escritório. Com a ajuda dos recrutas, Oliver e a equipe apreenderam Derek Sampson, um traficante de drogas.[19]

Oliver e Diggle fugindo da prisão

Oliver e Diggle fugindo da prisão.

Quando Lyla revelou que Diggle estava preso, Oliver decidiu imediatamente tirá-lo da prisão, apesar de Felicity não gostar muito da ideia. Oliver reuniu Chase e Quentin, revelando que pretendia tirar alguns dias de "férias" e pediu para que continuassem trabalhando no caso de Church. Antes de partir, Oliver discutiu com Felicity e os recrutas sobre sua decisão, mas continuou decidido. Com a ajuda de Lyla, Oliver se infiltrou na prisão e foi até a cela de Diggle, mas descobriu que ele havia sido movido para outro lugar. Eventualmente, Ollie encontrou Diggle, que estava hesitante em ir embora. Oliver argumentou que se ele buscava redenção, ele deveria fazer isso como Espartano, e não estando dentro de uma prisão. Isso o convenceu a fugir. Os dois escaparam pelo esgoto e se encontraram com Lyla.[110]

Ao voltar para Star City, Oliver apresentou Diggle para os recrutas. Após descobrir que Rene havia sido sequestrado por Church, Oliver conseguiu resgatá-lo, mas descobriu que ele havia revelado sua identidade ao criminoso. Ao mesmo tempo, Oliver lidava com assuntos da prefeitura durante o dia. Sabendo que sua vida estaria em risco, Oliver trocou de lugar com Christopher Chance. Sua teoria provou-se correta e ele foi atacado após sair da prefeitura, mas era Chance, cujos poderes lhe permitiam se regenerar, quem "morreu" em seu lugar. Naquela noite, o Arqueiro Verde confrontou Church, que o alertou sobre um indivíduo chamado "Prometheus", revelando que essa pessoa estava atrás dele.[111]

Assim que o Prometheus assassinou uma dona de casa, o Arqueiro Verde e Adrian Chase analisaram a cena. Ao voltar para a prefeitura, Oliver percebeu que as coisas estavam saindo do controle. Quando os habitantes de Star City iniciaram um protesto violento por conta das ações de Prometheus, o Arqueiro Verde e sua equipe os dispersaram. Enquanto treinava, Oliver acabou se culpando por tudo que estava acontecendo e foi aconselhado por Diggle. Naquela noite, Felicity informou Oliver que Prometheus tinha acesso à polícia.[112]

Arqueiro Verde confrontando o Vigilante

Arqueiro Verde confrontando o Vigilante.

Quando Prometheus começou a matar civis, cujos nomes eram anagramas das pessoas da Lista, Oliver confessou para os recrutas que ele era o Capuz. Isso abalou todos, especialmente Evelyn, que acusou Oliver de ser um hipócrita por impedi-la de buscar vingança pela morte de seus pais. Ao mesmo tempo, um indivíduo chamado Vigilante surgiu na cidade. Embora conseguissem o encurralar, o Vigilante sempre escapava de suas mãos. Oliver conversou com Susan Williams e os dois começaram a flertar. À noite, a Equipe Arqueiro planejou um assalto a banco para capturá-lo. O plano funcionou e o Vigilante os atacou. O Arqueiro Verde conseguiu derrotá-lo e prendê-lo, mas ao tentar desmascará-lo, ele acabou ativando uma armadilha, que o distraiu e permitiu que o Vigilante fugisse.[113]

Alguns dias depois, o Arqueiro Verde e Espartano encurralaram e atacaram o Vigilante, mas Barry os tirou de lá. No apartamento de Felicity, ele pediu ajuda deles para enfrentar os Dominadores, alienígenas que haviam caído em Central City. Oliver e outros heróis foram a um hangar abandonado, onde foram apresentados a Kara Danvers/Supergirl. Oliver insistiu que Barry liderasse o grupo, já que foi ele quem os uniu. Antes de começarem a treinar, Martin Stein e Jefferson Jackson revelaram uma mensagem que encontraram na Waverider. Barry explicou que havia alterado a linha do tempo e isso havia mudado a vida de algumas pessoas. Jax sugeriu que contassem aos outros, mas Oliver pediu para que, por hora, se focassem apenas nos Dominadores.

Oliver e Barry no cofre do tempo

Oliver e Barry no cofre do tempo.

Oliver e os outros heróis treinaram contra a Supergirl, mas Cisco, que havia encontrado a mensagem, confrontou Barry sobre isso. Barry anunciou para todos sobre o Ponto de Ignição, revelação que enfureceu todos, especialmente Sara e Ray. Felicity interrompeu a discussão para revelar que o presidente havia sido sequestrado pelos Dominadores. Todos se voltaram contra Barry e decidiram deixar ele e Oliver fora da missão. No Cofre do Tempo, Oliver conversou com Barry sobre a situação. Ele tentou tranquilizá-lo ao garantir que se tivesse seus poderes, ele faria a mesma coisa e salvaria seus pais sem nem pensar duas vezes. Quando os outros heróis, controlados pelos Dominadores, atacaram os Laboratórios S.T.A.R., Oliver e Barry os enfrentaram e conseguiram libertá-los. Após a confusão, Oliver, Thea, Sara, Ray e Diggle foram abduzidos pelos Dominadores.[114]

Oliver, Thea, Sara, Ray e Diggle foram colocados em uma realidade alternativa onde o Queen's Gambit nunca afundou. Apesar da vida feliz de Oliver, gradualmente, ele percebeu que aquela realidade era mentira e todos decidiram ir embora, mesmo que isso significasse deixar seus pais e Laurel. Antes de ir embora, Oliver admitiu para Laurel que a amava, percebendo que não merecia seu amor e que ela merecia alguém melhor. O grupo saiu da simulação e fugiram da nave dos Dominadores com a ajuda da Waverider.[115]

Heróis vs Dominadores

Arqueiro Verde e outros heróis prestes a lutar contra os Dominadores.

Ao voltar para a Terra, Oliver explicou para Barry e os outros o que havia acontecido. Durante a preparação para um encontro com o governo, Oliver pediu para que Kara não fosse com eles, explicando que, antes de tudo, fazia reconhecimento sobre uma situação na qual não entendia. No entanto, o encontro acabou sendo uma armadilha para sequestrar Barry, quem os Dominadores estavam atrás. Barry decidiu se render, mas todos se opuseram a sua decisão. Quando os Dominadores começaram a invadir Central City, o Arqueiro Verde e os outros lutaram contra eles e, eventualmente, os alienígenas recuaram e fugiram. Após a vitória, Oliver se desculpou com Kara e, em seguida, saiu para beber com Barry.[67]

Durante a noite da festa de Natal na Prefeitura, Curtis e Paul foram atacados por Prometheus, que cortou o pescoço de Curtis com uma shuriken atada com uma droga que Oliver conhecia. Ao saber que a droga tinha ligações com a Farmacêutica Claybourne, Oliver e a equipe presumiram que Prometheus era Justin Claybourne, que estava tentando matar Oliver e agora sabia sua identidade secreta. Seguindo as pistas de que Prometheus estava deixando, Oliver enfrentou Prometheus e os dois se igualaram na batalha. Eventualmente, Rene interveio e tentou atacar Prometheus, mas suas armas foram tiradas de suas mãos por Evelyn, que revelou sua aliança ao criminoso. Ela acusou Oliver de não ser um herói, mas uma fraude. Após a traição, a equipe descobriu que Justin havia sido cremado, e era impossível para ele ser o Prometheus.

Depois que o Detetive Billy Malone, que também estava conduzindo uma investigação, enviou a foto de um bebê para Felicity, a equipe descobriu que a criança era o filho ilegítimo de Justin Claybourne, mas seus arquivos estavam inacessíveis. Oliver teorizou que o Prometheus deveria ser o filho de Claybourne, que estava atrás dele por ter matado seu pai. Ele também percebeu que Prometheus havia treinado com uma de suas antigas professoras, Talia al Ghul, explicando que havia reconhecido um de seus movimentos.

Arqueiro Verde percebe que matou Billy

Arqueiro Verde percebe que matou Billy.

Eventualmente, Oliver encontrou Prometheus no lugar onde havia matado Claybourne. Ele perguntou se Oliver hesitou quando matou seu pai, mas também afirmou que não se tratava de vingança. Enquanto os dois lutavam, Prometheus provocou Oliver das sombras, dizendo-lhe que sabia tudo sobre quem ele era e iria mostrar como tudo que Oliver Queen toca morre. Vendo Prometheus atrás dele, Oliver atirou três flechas em seu peito, matando-o, mas então percebeu que suas espadas estavam presas em sua mão e um dispositivo de alto-falante em seu peito. Oliver se aproximou do corpo e removeu a máscara, mas, para sua grande tristeza, descobriu que aquele era Billy Malone, que estava com a boca colada. Oliver ficou devastado por ter matado um homem inocente.

Oliver voltou ao bunker e confessou para Felicity o que tinha acontecido. Em lágrimas, Felicity garantiu que aquilo não era sua culpa, mas sim de Prometheus. Oliver questionou-se Prometheus estava certo, e que todos ao seu redor estavam destinados a morrer. Acreditando nisso, Oliver pediu para que a equipe ficasse longe dele. Diggle imediatamente se negou em fazer isso. Após visitar Susan Williams, Oliver voltou ao bunker e encontrou Laurel Lance.[13]

Oliver ficou surpreso com a presença de Laurel, que alegou ter sido salva por Sara e as Lendas usando a tecnologia avançada da Waverider para consertar sua embolia. Ela também explicou que, da perspectiva de Oliver, isso ainda não aconteceu. Muito feliz, Oliver a abraçou. Felicity revelou a Oliver que John foi recapturado e estava preso. Ao visitar John, Oliver ficou feliz em saber que seu amigo estava planejando lutar contra as acusações contra ele. Oliver então pediu a Adrian para defendê-lo. Mais tarde, Oliver foi a uma festa no apartamento de Felicity com a Equipe Arqueiro para comemorar o retorno de Laurel.

Oliver conversando com a Sereia Negra

Oliver conversando com a Sereia Negra.

No entanto, Felicity suspeitou do retorno de Laurel e decidiu investigar. Ela percebeu que ela não era a Laurel, mas sim sua sósia da Terra-2. Enquanto a Sereia Negra atacou Rory e Felicity, Oliver interviu, forçando-a fugir. Oliver descobriu que a Sereia Negra foi solta do pipeline pelo Prometheus. Mais tarde, a Sereia Negra contatou Oliver, pedindo-lhe para se encontrar com ela na estátua da Canário Negro. Enquanto ela ofereceu um dispositivo que permitiria localizá-lo Prometheus, Felicity ordenou que os recrutas atacassem-a. Uma batalha começou, durante a qual a estátua de Laurel foi destruída, e Oliver eventualmente sedou a Sereia Negra com um dardo. Ao interrogá-la, Oliver descobriu que ela estava apaixonada por seu sósia da Terra-2 e depois que ele morreu, ela se mudou para Central City, onde ganhou seus poderes e fez uma "série de más escolhas".

Oliver tentou convencê-la de que poderia se redimir, mas Felicity se intrometeu, acusando-o de deixar que seus sentimentos por Laurel atrapalhassem seu julgamento. Ela decidiu soltá-la, mas implantou nanites nela. A Equipe Arqueiro confrontou Prometheus, mas Oliver perdeu o duelo. Quando a Sereia Negra se preparou para atacar Felicity, Oliver tentou fazê-la desistir, o que não funcionou, mas Felicity foi salva por Curtis enquanto a Sereia Negra foi presa na A.R.G.U.S.. Enquanto assistia a estátua destruída de Laurel ser limpa, Oliver admitiu para Felicity que iria honrar o desejo de Laurel e encontrar uma nova Canário Negro.[116]

Após descartar algumas opções, Oliver decidiu investigar Tina Boland, uma antiga policial que, graças às suas habilidades de combate e grito sônico, era a candidata perfeita para ser a Canário Negro. Ele viajou à Hub City com Curtis e Rene, e se encontrou com Tina. Oliver lhe ofereceu um cargo na equipe, mas ela recusou. Oliver a encontrou novamente e, para tentar convencê-la, revelou sua identidade e explicou sua história, mas mesmo assim não foi o bastante para convencê-la. Após ajudá-la se vingar de Sean Sonus, Tina decidiu aceitar a oferta de Oliver. Ela também revelou que Tina Boland era apenas uma identidade falsa, e seu nome verdadeiro era Dinah Drake.[117]

Assim que Diggle foi solto da prisão, Oliver e sua equipe viajaram à Rússia após descobrir que J.G. Walker, o general que havia culpado John, estava lá. No entanto, assim que desembarcou no país, Oliver foi recebido com hostilidade por Anatoly e a Bratva, que ainda estavam zangados por seu envolvimento na morte de Alexi Leonov. Oliver concordou em conceder uma última ajuda à Bratva em troca da localização de Walker. Após cumprir a ordem da Bratva com a ajuda de Dinah, Oliver pediu para Diggle e Felicity não se rebaixarem ao seu nível, pois queria provar a Prometheus que nada estava além da redenção. Ao receber a localização de Walker, o Arqueiro Verde e sua equipe impediram-o de detonar uma bomba nuclear e o apreenderam.[118]

Oliver impedindo James Edlund

Oliver impedindo James Edlund.

Na Prefeitura, Oliver discutiu com Chase a respeito da morte do Detetive Malone. Durante a conversa, um atirador invadiu um prédio e começou a atirar contra todos, mas fugiu. Oliver cuidou dos feridos, mas o ataque causou a morte de cinco pessoas, e mais tarde mais duas morreram. O Arqueiro Verde procurou pelo responsável, mas se encontrou com o Vigilante e os dois lutaram. Mais tarde, com o aconselhamento de Quentin, Oliver decidiu aprovar uma lei anti-armas. Ele recebeu um telefonema de que James iria atacar o hospital, então Oliver foi até lá e o convenceu a se render para a polícia.[119]

Enquanto procurava pela identidade do Prometheus, Oliver conhece sua mãe, Amanda Westfield. Ele tenta implorar para que revelasse o nome verdadeiro de seu filho, mas Amanda se recusa a fazer isso. Ao descobrir que o Arqueiro Verde foi atrás de sua mãe, Prometheus divulga o envolvimento de Oliver na morte do Detetive Malone para a imprensa, o que faz com que a Unidade anti-crimes começasse a caçá-lo. Enquanto confrontava Cupido, China White e Liza Warner com o restante de sua equipe, o Arqueiro Verde foi atacado pela Unidade anti-crimes, sendo forçado a deixá-las fugir para que pudesse escapar do esquadrão. Ao descobrir que Thea havia arruinado a carreira de Susan, Oliver demonstrou sua decepção pela atitude de sua irmã. Eventualmente, Oliver convenceu o Capitão Frank Pipe a desistir da caçada ao explicá-lo que o Arqueiro Verde havia sido enganado pelo Prometheus. Após isso, a Unidade anti-crimes ajudou o Arqueiro Verde a derrotar China White, Cupido e Liza Warner.[120]

Insatisfeito pelas ações de Oliver, Prometheus revela ao público que ele esteve interferindo na caça ao Arqueiro Verde. A Prefeitura passou a considerar um impeachment por suas ações, acreditando que seu gabinete era corrupto. Enquanto andavam pela cidade, a limousine de Oliver, Thea, Quentin e Dinah é atacada pelo Vigilante. Não tendo outra opção, Oliver decidiu arruinar a reputação do Arqueiro Verde e denunciá-lo como um "matador de policiais". Durante a conferência, Oliver esclareceu que havia encoberto o vigilante pois ainda acreditava que ele era um herói. Eventualmente, a Prefeitura decidiu abortar o impeachment após a conferência. Após isso, Thea se demitiu e Oliver e Susan terminaram.[121]

Oliver ameaçando Adrian

Oliver ameaçando Adrian.

Com a ajuda de Curtis, a localização de Talia foi descoberta. Oliver foi confrontá-la em seu templo, onde ela explicou que estava ajudando Prometheus a se vingar não só pela morte de seu pai, mas também o seu; Ra's al Ghul. Oliver ficou surpreso pois não sabia que ela era filha de Ra's. Talia também revelou a identidade de Prometheus: Adrian Chase. Ao voltar para Star City, Oliver, como Arqueiro Verde, invadiu a casa de Adrian e confrontou sua esposa, Doris. No entanto, a polícia apareceu lá por uma denúncia feita por Adrian, forçando Oliver a fugir. Felicity montou um pendrive com provas de que Adrian era Prometheus, e Oliver o entregou para Pike, que foi hospitalizado. Oliver confrontou Chase no hospital, que o provocou relembrando-o que todas as pessoas ao seu redor estavam destinadas a morrer.

Ao descobrir que Adrian havia sequestrado Susan, Oliver e Diggle foram confrontá-lo. Oliver também levou Doris na tentativa de tentar apelar para seu lado humano, mas ele a esfaqueou. Enquanto Diggle tratava da mulher, Oliver e Chase lutaram novamente. Durante a luta, Oliver foi atingido por uma flecha tranquilizante, disparada por Talia. Ao acordar após seu desmaio, Oliver percebeu que estava em outro lugar, sendo mantido em cativeiro por Chase e Talia. Chase admitiu que não planejava matá-lo, mas sim fazer pior. [122]

Com o passar de uma semana, Adrian torturou Oliver de diversas formas, tentando fazê-lo admitir que gostava de matar. No entanto, Oliver não se rendeu à tortura e continuou resistindo. Quando Adrian, aparentemente, matou Evelyn, ele disse furioso que iria matá-lo. Chase perguntou do motivo, ao que Oliver respondeu que porque queria e porque gostava de matar. Contente pela honestidade, Adrian afirmou que suas ações resultaram nas mortes de Moira, Laurel e Tommy. Antes de deixá-lo ir, Chase queimou a tatuagem da Bratva de Oliver. Ao voltar para o bunker, Oliver confessou para sua equipe que estava se aposentado do vigilantismo.[123]

Oliver se distanciou de todos e se recusava a deixá-los voltar ao campo. Sabendo que matar Adrian seria difícil, Oliver contatou Anatoly e pediu para que a Bratva desse um jeito no promotor. Anatoly concordou, mas pediu para que deixasse Star City fabricar drogas para eles. Quando foi confrontado por Diggle, que havia descoberto o pedido, Oliver explicou que Adrian havia lhe mostrado que ele era um monstro. Assim que a Equipe Arqueiro salvou Chase, Oliver atacou Diggle, mas suas palavras convenceram-o a desistir do ataque. Oliver pediu para Anatoly cancelar o assassinato, mas ele se negou, revelando que havia sequestrado reféns para caso mudasse de ideia. Oliver e a equipe resgataram os reféns, mas decidiram deixar Anatoly ir. Graças a Felicity, foi encontrado evidências de que Adrian era Prometheus e Oliver divulgou as provas para a polícia e a imprensa.[124]

Oliver encarando Felicity

Oliver encarando Felicity.

Com o decorrer das semanas, Oliver e a equipe começaram a procurar por Adrian, mas não conseguiram encontrá-lo. Ao descobrir que Felicity havia se aliado com a Helix, um grupo hacktivista, em troca de sua ajuda para encontrar Chase, Oliver a confrontou, implorando para que não ajudasse-os. No entanto, Felicity mencionou que Oliver estaria disposto a fazer qualquer coisa para salvar a cidade, assim como ela estava. Quando a Helix tentou libertar Cayden James de sua prisão da A.R.G.U.S., Oliver ajudou Lyla e sua organização a preveni-los, mas a Helix, com a ajuda de Felicity, conseguiu fugir com o homem.[125]

Ao voltar para o bunker após o ocorrido, Oliver e Felicity começaram a discutir. No entanto, o esconderijo acabou explodindo graças a uma bomba plantada por Adrian. O pulso eletromagnético também desativou o chip implantado em Felicity, prevenindo-a de andar. Com o oxigênio acabando e acreditando que eles poderiam muito bem morrer, Oliver revelou a Felicity o que Adrian o fez confessar; seu medo de que ele realmente gostasse de matar pessoas. Ele também disse que, apesar de acreditar que não confiava nela, ele confiava e sempre confiaria. Eventualmente, Oliver e Felicity conseguiram escapar do bunker com a ajuda de Diggle e da equipe. Enquanto se recuperava, Felicity visitou Oliver e pediu desculpas por sua hipocrisia, tendo começado a entender suas decisões anteriores. Ela também reiterou sua declaração de seu tempo preso juntos, contando a Oliver sobre como ele não era um monstro e que ele deveria descobrir que tipo de homem ele era.[126]

Quando voltou para a Prefeitura, Oliver recebeu uma encomenda de Adrian, que usou seu nome de nascimento. O pacote era os restos de Henry Goodwin, que possuía o DNA de Robert. Oliver descobriu que Chase estava tentando recriar uma arma biológica. Darren Coffman, antigo advogado de Chase, entregou um pendrive para Oliver, contendo um vídeo de Robert confessando seu envolvimento na morte de Goodwin. Após assistir ao vídeo, Oliver decidiu não continuar sua cruzada no vigilantismo por seu pai. Ao confrontar Chase novamente, Oliver revelou que seu pai planejava deserdá-lo por sua psicopatia. Chocado por isso, Chase se rendeu e permitiu-se ser preso. Após mostrar o vídeo para Thea, Oliver anunciou publicamente o envolvimento de seu pai na morte de Goodwin.[127]

Adrian provocando Oliver

Oliver atacando Adrian durante a transferência.

Em seu aniversário, Oliver ficou contente por Adrian estar preso. No entanto, ele descobriu que Rene, Dinah e Curtis foram sequestrados pelos aliados de Chase. Ao visitá-lo na prisão, Adrian revelou que seus aliados tinham ordens para matá-los a não ser que fosse solto, mas Oliver se negou em fazer isso. Ele então pediu para que Diggle e Felicity fossem embora da cidade. Voltando no bunker, Malcolm se revelou. Eventualmente, ele descobriu que Thea, Quentin e William também foram sequestrados. Não tendo outra opção, Oliver e Malcolm decidiram soltar Adrian, que fugiu com um helicóptero. Oliver contatou Nyssa e pediu por sua ajuda. No bunker, o trio descobriu que Adrian se escondia em Lian Yu. Após chegar na ilha, Oliver visitou Slade em sua cela.[128]

Enquanto conversava com Slade, Oliver notou que ele estava diferente. Ele explicou que os efeitos do Mirakuru haviam desaparecidos há muito tempo. Oliver ofereceu-lhe a chance de ir embora caso ajudasse-o resgatar seus amigos e família, e também lhe daria informações sobre seu filho. Slade concordou em ajudá-lo e, em seguida, Oliver também soltou Digger Harkness de sua cela. O grupo se reuniu e encontrou Thea, Curtis, Felicity e Samantha presos em jaulas no meio da floresta. Oliver correu para salvá-los, mas Harkness revelou sua aliança a Chase. Uma luta se inicia, mas Digger foge com Talia, abandonando Evelyn. Oliver instruiu o grupo a ir até o avião.

Oliver foi rastrear Talia e Harkness com Nyssa e Slade. Enquanto procuravam-os, Slade e Oliver conversaram como o passado de Oliver continuava voltando para assombrá-lo porque ele sofria de culpa de sobrevivente enquanto se culpava pelo suicídio de seu pai e tudo o mais que aconteceu com ele. Slade também diz a Oliver que para ele seguir em frente, precisaria se perdoar por seus pecados, mesmo que fosse a coisa mais difícil para ele fazer. Oliver e Slade bolaram um plano. A ideia funcionou e Oliver foi levado até os outros membros da Equipe Arqueiro. Eles escaparam, mas foram interceptados por Adrian e a Sereia Negra. Durante a luta, Adrian fugiu e Oliver foi atrás dele.

Oliver e William assistindo Lian Yu explodir

Oliver e William assistindo Lian Yu explodir.

Oliver subiu no barco de Adrian e o atacou, exigindo saber onde William estava. Embora distraído, Adrian mostrou que William estava no barco com ele. Adrian então deu uma escolha: matá-lo e salvar seu filho, mas ao fazer isso fará com que as bombas em Lian Yu explodam ou ele salvará todos na ilha não o matando, mas se sobrevivesse, ele iria matar William. Hesitante no início, Oliver abaixou o arco, mas atirou na perna de Adrian e segurou William em segurança. Adrian parabenizou Oliver pela vitória e disse a ele como seria solitário para ele e seu filho enquanto ele apontava uma arma para si mesmo e puxava o gatilho. Oliver e William assistiram Lian Yu explodir com todos que eles conheciam.[129]

Após a explosão, Oliver e William voltaram para ilha. Ao chegarem na encosta, Oliver pediu para William esperar no barco. Ele então correu pela floresta e se encontrou com Slade, que lhe garantiu que a maioria de seus amigos haviam sobrevivido, mas também informou que Thea havia sido gravemente ferida. Oliver encontrou Samantha, que estava morrendo. Em seus últimos suspiros, ela pediu para que cuidasse de William.

Ao voltar para Star City, Oliver colocou Thea, que estava em coma, em um hospital. William também começou a morar em seu apartamento.[104]

Ataques de Cayden James

Cinco meses depois, o Arqueiro Verde impediu um ataque terrorista de Alex Faust. No entanto, durante o combate, as explosões fizeram Oliver se lembrar dos acontecimentos em Lian Yu. Oliver também tentava se aproximar de seu filho, mas William se distanciava cada vez mais por culpá-lo pela morte de Samantha. Para a surpresa de Oliver, Fausto conseguiu escapar com a ajuda da Sereia Negra. A Equipe Arqueiro foi à Prefeitura para confrontar a Sereia Negra, mas descobriram que estavam sendo distraídos enquanto a Sereia Negra atacava o bunker. Oliver conseguiu voltar a tempo, mas ela e Fausto escaparam antes de serem capturados. Enquanto vistava Thea no hospital, Slade se revelou para Oliver. Ele o agradeceu pelas informações de seu filho e disse que iria embora para procurá-lo. Ao voltar para casa, Oliver sentou-se para conversar com William. Após receber uma ligação de Felicity, Oliver colocou no Canal 52 e descobriu que uma foto dele como Arqueiro Verde havia vazado.[104]

Diggle aceita se tornar o Arqueiro Verde

Oliver entregando o manto de Arqueiro Verde para Diggle.

Oliver tentou despistar os repórteres e declarou que a imagem era falsa durante uma coletiva de imprensa. Apesar disso, o FBI enviou a agente Samanda Watson para investigá-lo. Oliver tentou continuar com sua vida normalmente, mas durante uma conversa com William, ele teve que ir embora para lidar com um problema causado por Anatoly e a Bratva, enfurecendo seu filho. O Arqueiro Verde confrontou Anatoly, que explicou o motivo de seu retorno. No entanto, ao invés de prendê-lo, Oliver causou uma distração para permiti-lo fugir. Após discutir com Anatoly e cortar os laços com o mesmo, Oliver percebeu que não poderia continuar sendo o Arqueiro Verde e um pai ao mesmo tempo. Ele se encontrou com Diggle e pediu para que ele assumisse o manto enquanto ele se aposentaria do vigilantismo.[130]

Oliver tentou dar seu apoio para William, que se preparava para uma prova, mas o garoto não ficou contente com seus esforços. Na prefeitura, Oliver foi confrontado pela agente Watson. Enquanto trabalhava, Quentin informou que uma lei anti-vigilante estava sendo criada por Emily Pollard, mas Oliver se recusou em aprová-la. Naquela tarde, Oliver visitou Felicity e pediu por conselhos sobre como lidar com William. No dia seguinte, Oliver descobriu que a vereadora da cidade estava planejando apresentar a lei anti-vigilante para a câmara.

Depois que Rene pediu para voltar a ser o Arqueiro Verde, Oliver foi ao bunker para conversar com Diggle. John explicou que ele não sabia como tomar decisões em campo igual a ele. Oliver garantiu que ele também tinha suas dúvidas, e que, com o tempo, aprenderia a lidar com isso. Ele garantiu ao seu amigo que ele poderia ser um herói bem melhor do que ele. Ao voltar para casa, Oliver encontrou Felicity ensinando William. No dia seguinte, Oliver visitou a câmara municipal e declarou seu protesto contra a lei anti-vigilante. Ele também convocou uma emenda que iria transformar a lei anti-vigilante em um referendo para a cidade. À noite, Oliver visitou Felicity e lhe entregou um presente, uma cópia da chave de seu apartamento. Os dois então se beijaram.[131]

Oliver e Felicity conversando com a Equipe Arqueiro

Oliver e Felicity conversando com a Equipe Arqueiro.

Oliver e Felicity saíram para jantar, mas ela teve que ir embora para lidar com uma situação envolvendo a equipe. Algumas horas depois, Oliver foi ao apartamento de Felicity e descobriu que Cayden James planejava fazer algo horrível. Ele insistiu que a acompanhasse na missão, mas Felicity negou. Apesar disso, Oliver seguiu Felicity e salvou ela e Alena de alguns criminosos. No entanto, sua boa ação acabou sendo criticada por Felicity. Mais tarde, Oliver e Felicity se entenderam. Enquanto a Equipe Arqueiro estava em campo, incluindo Felicity, Oliver operou como o Sentinela. Enquanto beijava Felicity, Oliver recebeu uma ligação de Slade Wilson.[132]

Oliver concordou em ajudar Slade a encontrar seu filho, Joe Wilson, como gratidão por ter o ajudado a resgatar William. Depois de conversar com Felicity, Oliver se encontrou com Slade à noite e os dois saíram da cidade. Em Kasnia, os dois se encontraram com um informante, que lhe concedeu informações sobre Joe. Em um quarto de hotel, Slade explicou seu plano. Oliver acreditava que seu filho iria entender que ele havia mudado. Slade expressou sua alegria por Oliver ter recebido uma segunda chance com William, mas disse que nem muitos pais possuíam tal chance. Mais tarde, Oliver retornou e informou que Joe havia morrido durante uma briga na prisão. Os dois voltaram à prisão para ver o corpo de Joe, mas descobriram que ele foi sequestrado. No quarto de hotel, Slade se preparou para ir atrás de seu filho. Graças a Felicity, eles haviam encontrado um local. Oliver queria acompanhá-lo, mas Slade insistiu que ficasse, já que havia prometido que não precisaria do Arqueiro Verde. Sabendo que Oliver não iria lhe obedecer, Slade drogou a água dele, fazendo-o desmaiar.[133]

Oliver e Slade se despedindo

Oliver e Slade se despedindo.

Enquanto Slade distraía Joe, Oliver procurou pelo receptor de uma bomba. Ele acabou lutando contra alguns homens, mas foi subjugado e capturado. Quando se reencontrou com Slade, ele fingiu que aquela era a primeira vez que se viam desde Lian Yu. Oliver tentou convencer Slade a não matá-lo, mas para sua surpresa, ele o libertou de suas amarras. Após nocautear Joe, Oliver comentou para Slade que sua atuação havia sido bastante convincente. Os dois então fuigram de Joe e dos Chacais. Antes de ir embora, Oliver se despediu de Slade. Ao voltar para Star City, Oliver ouviu William falar sobre seu projeto escolar.[134]

Durante um evento comunitário no Dia de Ação de Graças, Oliver foi preso pela agente Samanda Watson. Após exigir conversar com seu filho, Oliver garantiu para William de que ele havia mantido sua promessa de não ser o Arqueiro Verde. Após seu julgamento, Oliver foi visitar Diggle no hospital, que foi internado por conta de um ferimento que havia ganhado após a explosão de Lian Yu e o uso de drogas para estabilizar sua condição. Os dois acabaram discutindo e Oliver declarou que havia cometido um erro pedindo para ele ser o Arqueiro Verde. Ele então visitou o quarto de Thea e voltou até John, se desculpando por suas palavras. Quando Cayden James atacou o show de Billy Joel, Oliver o confrontou. Ele descobriu que não havia nenhuma bomba no estádio, e que Cayden havia chamado sua atenção apenas para anunciar sua vingança contra ele.[135]

Heróis reunidos

Arqueiro Verde e outros heróis negando a negociação do Arqueiro Negro.

Oliver foi à Central City para comparecer ao casamento de Barry e Iris. Durante o jantar de ensaio, ele pediu Felicity em casamento, mas ela negou. Quando nazistas atacaram a cerimônia, Oliver ajudou os outros heróis a combatê-los.[136] Oliver interrogou o sósia de Tommy Merlyn da Terra-X nos Laboratórios S.T.A.R., mas ele se suicidou. Mais tarde, o Arqueiro Verde, Flash e Supergirl confrontaram o Arqueiro Negro, Flash Reverso e Overgirl, mas o trio conseguiu escapar com o Prisma em mãos. Assim que a Overgirl foi localizada, o Arqueiro Verde e outros heróis foram confrontar os nazistas, mas acabaram perdendo o duelo e foram levados para a Terra-X.[137] Com a ajuda dos Defensores da Liberdade, os heróis presos na Terra-X invadiram uma instalação nazista.[138] Ao voltar para a Terra-1, Oliver salvou Felicity de seu sósia nazista. Durante a luta final, o Arqueiro Verde matou o Arqueiro Negro. Após a vitória dos heróis, Oliver e Felicity se casaram junto com Barry e Iris.[139]

Após o casamento, Oliver e Felicity presentearam Barry e Iris.[140]

Ao voltar para Star City, Oliver e Felicity organizaram uma festa para celebrar o noivado. Durante a comemoração, Quentin informou Oliver que alguém da equipe iria testemunhar contra ele no julgamento. No bunker, Oliver, Felicity e Diggle conversaram sobre a traição e decidiram vigiar Dinah, Curtis e Rene. O trio descobriu que Dinah estava se encontrando às escondidas com Vincent Sobel, fazendo Oliver suspeitar que ela era a traidora. Thea apareceu e revelou que Quentin havia sido sequestrado. Cayden ligou para um telefone, exigindo que roubasse um amplificador da A.R.G.U.S., caso contrário ele mataria Quentin. Após a missão, Oliver revelou para Dinah suas suspeitas e os dois começaram a discutir, até que Rene se intrometeu e revelou que ele era o traidor. Enfurecido, Oliver exigiu que fosse embora.

Algum tempo depois, Oliver se acalmou e entendeu as razões de Rene, apesar de ainda se sentir traído. Enquanto conversava com Thea, ela elogiou sua atitude de ver as coisas pela perspectiva dele, argumentando que, eventualmente, ele poderia perdoá-lo. Antes da troca com Cayden, Oliver pediu para Diggle chamar toda a equipe, incluindo Rene e Dinah. No entanto, Cayden percebeu que o dispositivo havia sido sabotado e ordenou que seus capangas matassem o Arqueiro Verde. Ao voltar para o bunker, Oliver expulsou Rene da equipe por ter desobedecido suas ordens. Dinah e Curtis também deixaram o time.[141]

Arqueiro Verde é encurralado por Cayden e seus aliados

Arqueiro Verde é encurralado por Cayden e seus aliados.

À noite, Oliver se encontrou com Diggle e Felicity e descobriu que o bunker havia sido comprometido. O Arqueiro Verde se encontrou com Jerry Bertinelli, que o informou que Cayden estava tentando controlar o porto da cidade. Quando Felicity encontrou Cayden, Oliver foi confrontá-lo sozinho, mas foi encurralado por seus aliados, entretanto conseguiu fugir. Na A.R.G.U.S., Diggle tentou convencer Oliver a chamar Dinah, Curtis e Rene de volta, mas ele recusou-se em fazer isso, embora concordasse em compartilhar informações com Dinah referente a Vincent, que estava ajudando Cayden. Oliver se encontrou com Jerry e aceitou se unir a ele, mas Bertinelli foi morto enquanto Cayden e seus aliados fugiram. Oliver percebeu que precisava de ajuda e se desculpou com Dinah, Curtis e Rene, mas eles não quiseram voltar para a equipe.[142]

Quando Cayden começou a atacar Star City através da tecnologia, Oliver decidiu estabelecer zonas seguras. Enquanto trabalhava na prefeitura, Cayden o confrontou em seu escritório e exigiu dez milhões de dólares. Após ouvi-lo explicar a morte de seu filho, Oliver percebeu algumas discrepâncias. Oliver descobriu que William estava em perigo, então ele foi resgatá-lo, mas notou a decepção do garoto por ter quebrado sua promessa de não ser o Arqueiro Verde. Durante uma coletiva de imprensa, Oliver anunciou a identidade de Cayden James. No bunker, Felicity informou Oliver que alguém havia falsificado as provas de que foi o Arqueiro Verde quem matou Owen Post. À noite, Oliver trabalhou com a Nova Equipe Arqueiro durante um confronto contra Cayden. De volta ao apartamento, William aprovou seu retorno ao vigilantismo. Em seguida, Oliver autorizou a transferência de dinheiro.[143]

Oliver e outros policiais aguardaram a chegada dos agentes da A.R.G.U.S. na praia, mas assistiram-os morrer eletrocutados. Quando o Vigilante foi localizado, o Arqueiro Verde e Espartano o confrontaram, mas Cão Raivoso e Sr. Incrível revelaram que ele estava os ajudando a impedir Cayden James. Com a ajuda de Vincent e Alena, ambas equipes encontraram uma localização de Cayden e atacaram seu esconderijo, mas o confronto subsequente resultou na morte do Vigilante. Ao voltar para o bunker, Oliver e sua equipe descobriram que alguém estava manipulando Cayden para fazê-lo atacar a cidade e a ele.[144]

Arqueiro Verde ameaçando Cayden James

Arqueiro Verde ameaçando Cayden James.

Com a breve ajuda do Flash, o Arqueiro Verde e Espartano interceptaram Cayden James e entregaram a prova de que ele era inocente. O homem pediu para que os dois entregassem Anatoly, Laurel e Ricardo Diaz para ele. Apesar de hesitar, Oliver concordou com seu pedido. William demonstrou sua vontade de acompanhá-lo em campo, mas Oliver exigiu que ficasse no bunker. Eventualmente, Oliver e a Nova Equipe Arqueiro conseguiram derrotar Cayden e preveni-lo de explodir uma bomba escondida na cidade. Com a situação resolvida, Oliver prometeu a William que sempre iria protegê-lo. Oliver visitou Cayden no DPSC. Ele prometeu que sua rendição não era nenhum tipo de plano, e lhe entregou uma lista com os possíveis lugares onde seus aliados poderiam estar se escondendo, junto com o número das contas bancárias para extrair o dinheiro de volta.[145]

Ascensão de Ricardo Diaz


Esta seção está incompleta. Você pode ajudar a expandi-la adicionando algumas informações.

Arqueiro Verde confrontando um homem

Arqueiro Verde confrontando um homem.

Ao lado de sua equipe e do FBI, o Arqueiro Verde invadiu o DPSC atrás dos policiais que trabalhavam para Diaz. Após o ataque, Oliver organizou uma reunião com seus aliados. Ele saiu do departamento e ligou para Anatoly, questionando-o onde Ricardo estava. Ele foi informado de que, desde que soube que o FBI estava em Star City, Diaz não parava em um único lugar. Anatoly começou a agir de maneira estranha, o que chamou a atenção de Oliver. Mais tarde, ele se desculpou com Diggle sobre seu desentendimento. Alguns segundos depois, Anatoly entrou no DPSC com a localização de Diaz.

Oliver, a Equipe Arqueiro e o FBI foram até o local entregue por Anatoly, mas acabaram caindo em uma armadilha montada por Diaz. Ao voltar para o DPSC após a missão, Oliver foi conversar com Rene, que foi uma das pessoas que havia caído na armadilha. Quentin, que estava aflito pelo sequestro de Laurel, assim como Diaz ameaçá-la de morte, acabou discutindo com Oliver. Ele o seguiu até o lado de fora do departamento e pediu para que confiasse nele, garantindo que tudo daria certo. Quando Quentin se encontrou com Diaz, Oliver impediu que o FBI interrompesse o encontro.

Depois que Quentin foi sequestrado por Diaz, Oliver informou Dinah que haviam o encontrado. Ele também se desculpou por ter sido insensível quanto a morte de Vincent. Felicity apareceu e lhe perguntou sobre sua "turnê de despedidas" e perguntou o que havia prometido a Watson em troca da imunidade da equipe. Oliver admitiu que, praticamente, iria desistir de ser o Arqueiro Verde. Ela tentou convencê-lo a não fazer isso, mas Oliver já estava com a mente formada.

Arqueiro Verde confrontando Diaz

Arqueiro Verde confrontando Diaz.

Durante a invasão, o Arqueiro Verde encontrou Quentin, ferido e baleado. A Canário Negro o instruiu a ir atrás de Diaz enquanto ela cuidava do homem ferido. Oliver perseguiu Diaz até o telhado do prédio, onde o desarmou. Ricardo exigiu que o matasse, mas Oliver hesitou em fazer isso. Quando Diaz equipou uma arma, Oliver disparou uma flecha em sua mão, desarmando-o. Os dois começaram a lutar, desferindo socos sólidos uns nos outros. Eventualmente, Oliver cravou uma flecha no peito de Diaz. Ricardo se levantou, afirmando que a única forma de pará-lo seria o matando. Laurel concordou com isso e usou seu grito sônico para arremessá-lo do telhado. Oliver acabou ficando bravo com Laurel, pois sabia que aquela queda não iria matá-lo. Após a missão, Oliver informou Sandra de que Felicity havia desenvolvido um algoritmo para encontrar os policiais corruptos de Diaz. A agente afirmou que, apesar de Diaz ter escapado, seu acordo não havia sido alterado, ao que Oliver concordou.

Oliver conversando com a imprensa

Oliver conversando com a imprensa.

No dia seguinte, Oliver visitou Quentin no hospital antes de sua cirurgia. Quentin, percebendo o que Oliver havia feito, comentou que seu sacrifício era muito grande, mas ele o corrigiu, dizendo que perder sua equipe e cidade havia sido sua penitência. Enquanto aguardava por Quentin, Watson, acompanhada por outros agentes, apareceu para apreendê-lo. Oliver os acompanhou sem protestar, dizendo para Felicity que a única forma de protegê-los era daquela maneira. Antes de ser levado, a Dra. Elisa Schwartz informou que Quentin havia morrido. Oliver foi levado ao DPSC, onde conversou com Felicity e se despediu de William. No lado de fora, Oliver confessou ser o Arqueiro Verde.

Seguido de sua coletiva de imprensa, Oliver foi levado para a prisão, onde ouviu os criminosos ameaçá-lo.[146]

Guerra com o Nono Círculo

Tempo em Slabside
Oliver em Slabside

Oliver em Slabside.

A estadia de Oliver na prisão foi recebida com hostilidade pelos outros detentos, já que grande parte deles estavam lá por causa do Arqueiro Verde. Após malhar, um detento, Stanley Dover, pediu pela proteção de Oliver, mas ele se negou em ajudá-lo. Quando dois detentos começaram a brigar entre si, Ben Turner tentou matar Oliver, mas um policial o levou para a solitária. Algumas horas depois, Oliver recebeu a visita de Diggle, que o informou que o FBI continuava a procurar Diaz. Ele teorizou que, talvez, Ricardo tenha ido embora para sempre, mas Oliver tinha certeza de que o criminoso estava se escondendo.

Ao voltar para sua cela, Danny Brickwell chantageou Oliver para fazê-lo participar de sua operação. Durante o almoço, Brickwell e Sampson espancaram Stanley na tentativa de obrigar Oliver a participar da operação, mas ele continuou negando se envolver. De volta a sua cela, Oliver explicou para Stanley que não podia se envolver para não prolongar sua sentença, pois queria voltar para sua família o mais rápido possível.

Oliver conversando com Felicity na prisão

Oliver conversando com Felicity na prisão.

Enquanto tomava banho, Oliver foi atacado por alguns detentos. Ele foi derrubado no chão, com um deles revelando que Felicity havia sido morta. Ao voltar para sua cela, Oliver tentou, desesperadamente, ligar para Felicity, mas o policial não permitiu. Ele foi levado para a área de visitantes, onde viu Felicity. Oliver pediu para que ela voltasse ao Programa de Testemunhas, mas Felicity afirmou que estava cansada de se esconder e que, a partir de agora, iria revidar. No lado externo de Slabside, Oliver atacou Brickwell e seus outros colegas.[147]

Após passar dois dias na solitária Oliver foi solto. Ele se reuniu com Stanley, e os dois conversaram sobre seu próximo passo. Durante o almoço, Oliver confrontou Brickwell, mas ele não estava cooperando. Percebendo que a única forma de conseguir respostas seria ajudando-o, Oliver hackeou o sistema da prisão para descobrir informações sobre Peter Yorke, mas ele não era um policial corrupto. No lado de fora, Brickwell exigiu que Oliver matasse o policial. Enquanto Yorke revirava sua cela, Oliver alertou que alguém o queria morto, mas Yorke não se importou com seu aviso. Durante o jantar, Oliver fingiu ter sido esfaqueado por Yorke. Após o incidente, o policial foi retirado da sala e Oliver desmaiou.[148]

Oliver enfrentando Derek Sampson

Oliver enfrentando Derek Sampson.

No dia seguinte, Brickwell informou Oliver sobre o "Demônio", o informante de Diaz. À noite, depois que os detentos foram soltos de suas celas após o desaparecimento repentino dos guardas, Oliver e Stanley decidiram procurar pelo Demônio, mas acabaram sendo encurralados e atacados por Turner e outros detentos. Oliver conseguiu fazer Turner ajudá-lo entrar no refeitório para que pudesse se encontrar com Brickwell. No refeitório, Oliver foi forçado a lutar contra Sampson. Após vencer Derek, Oliver exigiu saber onde o Demônio estava, ao que Brickwell revelou que o indivíduo estava no segundo nível. Com essa informação em mente, Oliver esfaqueou os guardas presentes. No dia seguinte, ele foi transferido para o segundo nível.[149]

Oliver foi mantido isolado de outros detentos pelo psiquiatra Jarrett Parker, sendo deixado sem comida ou água. Ele realizou um "teste" psiquiátrico para avaliar seu estado mental, a fim de determinar se estava pronto para ser colocado próximo de outros prisioneiros. Oliver se esquivou das perguntas feitas por Parker, afirmando que tudo que havia feito foi para proteger sua família. Cansado da resistência de seu paciente, Jarrett injetou uma droga em Oliver, que o forçava a responder suas perguntas. Apesar disso, Oliver continuou resistindo. Eventualmente, Parker submeteu Oliver a terapia de eletrochoque, onde ele forçou Oliver a reviver alguns momentos de sua vida, como o suicídio de seu pai, só que dessa vez trocando Robert por ele e sua versão mais jovem por William. Após essa seção, Oliver se apresentou a Parker como "Detento 4587".[150]

Oliver conversando com Talia em Slabside

Oliver conversando com Talia em Slabside.

Eventualmente, um guarda apareceu para levar Oliver ao Segundo Nível. Ele se aproximou de um detento e começou a questioná-lo a respeito do "Demônio", mas o homem o derrubou. No chão, Oliver assistiu um guarda eletrocutá-lo e o arrastá-lo para uma sala. Enquanto dormia em sua cela, Oliver sentiu a presença de alguém. Os dois começaram a lutar e Oliver conseguiu derrubá-lo, no entanto, ele não realizou o golpe final ao descobrir quem era seu adversário: Talia al Ghul. Oliver rapidamente percebeu que ela era o "Demônio", ao que a mulher confirmou e revelou que estava ajudando Diaz por ele ter a resgatado de Lian Yu. Oliver comentou que seu pai sentiria vergonha por ver sua filha trabalhar com um homem desprezível como Diaz. Talia revelou que havia uma forma de escapar de Slabside e pediu por sua ajuda, mas Oliver negou em se envolver com isso.

Durante o jantar, Oliver encontrou o corpo do detento com quem tentou conversar ser carregado para fora. Ele se aproximou de Talia, que o informou que Jarrett Parker estava envolvido no ocorrido, ridicularizando-o por ter caído no papo do terapeuta. Oliver tentou pedir a ajuda dela para impedir que isso continuasse, mas Talia não demonstrou nenhum interesse e foi embora. Ao avistar um guarda, Oliver foi até ele e pediu para se encontrar com Jarrett Parker. Durante sua sessão com Parker, Oliver tentou questioná-lo sobre a morte do outro detento, mas acabou desviando de assunto.

Oliver foi até Talia mais uma vez, concordando em ajudá-la desde que ela fizesse o mesmo por ele. Talia hesitou, pois ainda guardava rancor por Oliver ter matado Ra's. Oliver se desculpou, admitindo que, no calor do momento, estava pensando apenas em sua cidade e em sua família e acabou se esquecendo da família dele. Ele relembrou de como eles confiavam um no outro no passado, e pediu para que, ao menos, tentassem encontrar a confiança entre eles novamente.

Oliver e Talia orquestraram uma briga, que foi interrompida quando os guardas os eletrocutaram. Ao acordar amarrado, Jarrett lamentou sobre seu fracasso. Oliver afirmou friamente que o doutor era um monstro. Quando o homem se aproximou, preparando-se para injetar uma droga em seu corpo, Oliver o agarrou pelo pescoço, afirmando ser Oliver Queen, e o jogou no chão. Ele então lutou contra os outros guardas e os derrubou. Oliver usou um pendrive para transferir alguns arquivos, que provariam o que acontecia no Segundo Nível. Oliver pediu para que Talia entregasse o pendrive a Felicity, optando por ficar em Slabside para cumprir sua pena. Ao voltar para sua cela normal, Stanley informou Oliver sobre a visita de Felicity.[151]

Enquanto almoçava, Oliver e Stanley observaram um guarda. O mesmo homem se aproximou de Oliver para informá-lo de que alguém estava o visitando, surpreendendo-o, já que suas visitas haviam sido suspensas. Ao ir na sala de visitas, Oliver se encontrou com Laurel, que tirou fotos de seus ferimentos. Ela revelou que estava trabalhando com Felicity para tirá-lo de Slabside. No entanto, Oliver demonstrou insatisfação por isso e pediu para que ficasse fora de sua vida. Depois que Stanley foi retirado de sua cela após ser acusado de matar um guarda, Oliver foi até Brick e o questionou, mas ele afirmou não ter nenhum envolvimento.

Oliver conversou com Stanley na solitária e prometeu ajudá-lo. Ele foi até o banheiro, onde encontrou a arma do crime ensanguentada, rapidamente percebendo que aquela era a adaga de Ben Turner. Oliver o entregou para os guardas e assistiu Turner ser levado. No dia seguinte, Oliver agradeceu Laurel, que havia conseguido iniciar uma investigação de abuso em Slabside. Enquanto almoçava com Stanley, ele agradeceu por ter o tirado da solitária, comentando sobre a adaga pertencer a Turner. Oliver o questionou sobre como ele sabia que a adaga era de Turner, já que não havia mencionado isso. Enquanto o observava comer, Oliver começou a perceber que havia algo errado.[152]

Último duelo contra Diaz

Oliver foi acordado por um guarda, que o informou sobre sua soltura naquele dia. Na cafeteria, Stanley pediu para que Oliver o ajudasse quando saísse. No entanto, Oliver disse que não iria fazer nada, afirmando que ele pertencia àquele lugar. Ele revelou que sabia da verdade, e que havia sido Stanley quem matou Dunbar, não Turner. Dover tentou se defender, argumentando que havia feito a mesma coisa que o Arqueiro Verde faria. Oliver o corrigiu dizendo que não matava inocentes. Oliver jurou que, quando saísse, faria de tudo para deixá-lo preso lá para sempre. Oliver visitou Turner na solitária e se desculpou, prometendo que iria dar um jeito de tirá-lo de lá.

Após ser levado para sua cela, um guarda informou Oliver de que ele havia um visitante. Ao ir à sala de visitantes, Oliver encontrou Ricardo Diaz, disfarçado, aguardando por ele. Diaz ameaçou Oliver, dizendo que iria atrás de William e Felicity. Oliver se enfureceu tentou quebrar o vidro usando o telefone. Quando os guardas o seguraram, Oliver tentou alertá-los de que Diaz estava no outro lado, mas eles não o ouviram e o eletrocutaram. Ele foi levado para sua cela mais uma vez, onde Oliver tentou alertar o guarda sobre Diaz. O homem garantiu que os guardas de Slabside eram muito bem treinados e capazes de enfrentar Ricardo caso ele tentasse invadir a prisão.

Oliver conversando com Turner em Slabside

Oliver conversando com Turner em Slabside.

Oliver conseguiu sair de sua cela, mas foi avistado pelos guardas. O homem pediu gentilmente para que Oliver se deitasse no chão, mas ele recusou. Enquanto Oliver lutava contra os guardas, ele fugiu para o terceiro andar de Slabside. Enquanto corria, Oliver foi interceptado por Brick e Samson, que revelaram estar trabalhando para Diaz. O trio começou a lutar, mas Oliver acabou perdendo. Turner apareceu e ajudou Oliver a derrotar os dois criminosos. Eles foram até uma sala, onde Oliver tentou usar seu celular para chamar a Equipe Arqueiro, mas Diaz interrompeu a ligação para provocá-lo.

Oliver derrota Ricardo Diaz

Oliver derrota Ricardo Diaz.

Oliver e Turner lutam contra os outros detentos para chegar até o refeitório e salvar os guardas que Diaz manteve como refém. Enquanto procurava por mais reféns, Oliver foi atacado por Stanley, que usou uma droga para nocauteá-lo. Oliver consegue distraí-lo e o faz se aproximar perto o bastante para que pudesse derrubá-lo e se soltar. Oliver encontra Diaz e começa a lutar com ele, mas acaba fugindo. Os dois se encontram novamente e lutam mais uma vez. A batalha deles vai parar no nível básico, onde Oliver, no final, obtém a vantagem e derrota Diaz, prendendo-o em sua antiga cela.

Ao final do dia, Oliver foi, enfim, solto. No lado de fora, ele encontrou Felicity e Diggle esperando por ele. Oliver e Felicity então se beijaram.[153]

Novo Arqueiro Verde
Oliver olhando para uma flecha

Oliver olhando para a flecha do novo Arqueiro Verde.

Após ajudar Felicity, Oliver anunciou de que não iria ao evento que o celebraria, mas acabou mudando de ideia. Durante o evento, Oliver realizou um discurso para os presentes. Quando as luzes foram apagadas, Oliver viu alguém ser morto por uma flecha. Ele se reuniu com a Equipe Arqueiro e, apesar deles terem certeza de que o Novo Arqueiro Verde não era um assassino, Oliver decidiu investigar isso por conta própria. No dia seguinte, Oliver analisou os arquivos que tinham sobre o novo vigilante e deduziu que o alvo do Novo Arqueiro Verde era Clayton Ford, um homem rico que construiu uma clínica nos Glades.

Naquela noite, Oliver, Dinah e Rene se encontraram com o Novo Arqueiro Verde. Apesar de Rene insistir de que poderia confiar neles, o vigilante se recusou em ouvi-los. Oliver, mesmo assim, perguntou ao indivíduo se ele era um assassino, pois toda Star City acreditava que sim. Quando o vigilante fugiu sem respondê-lo, Oliver foi atrás dele, mas não conseguiu capturá-lo. Pela manhã, Oliver, Dinah e Rene se reagruparam no DPSC. Eles foram informados que o Novo Arqueiro Verde era inocente e que alguém estava tentando culpá-lo pelos assassinatos. Ao descobrir que Ford havia sido morto, Oliver decidiu ir atrás de Max Fuller para alertá-lo.

Oliver se encontrou com Fuller em uma boate. Durante a conversa, ele percebeu que Max estava escondendo algo e se esquivava de suas perguntas. Em seguida, Oliver voltou para casa e pediu para Felicity investigá-lo. Alguns segundos depois, a porta foi explodida e um homem com arco e flecha entrou, atacando o casal. Oliver conseguiu derrotá-lo, mas se surpreendeu ao descobrir que Felicity tinha uma arma. Depois que o DPSC foi embora, Oliver e Felicity acabaram discutindo.

Oliver confrontando Max Fuller

Oliver confrontando Max Fuller.

No DPSC, Oliver foi capaz de deduzir que Fuller era o responsável pelos assassinatos recentes. Dinah o convenceu a ir atrás de Fuller como Arqueiro Verde. Oliver se encontrou com Diggle no antigo bunker, onde recebeu seu antigo traje de volta. Em seguida, o Arqueiro Verde invadiu a boate de Fuller e lutou contra seus capangas. Ele confrontou o homem, distraindo-o tempo suficiente para que Dinah e o DPSC entrasse na boate para apreendê-lo. Ao voltar para o departamento, Oliver e Dinah foram criticados por Pollard, que exigiu a apreensão de Oliver. Dinah esclareceu que o Sr. Queen estava trabalhando para o DPSC e, portanto, não era mais um vigilante. Antes de ir embora, a prefeita afirmou que aquilo não havia acabado.

Quando voltou para o apartamento, Oliver e Felicity conversaram e se entenderam.[154]

Túnel do Tempo
Oliver encarando Iris

Oliver encarando Iris.

Em um dia, Oliver acordou em um lugar desconhecido, para sua grande estranheza. Então, ele ouviu Iris West-Allen, a esposa de Barry, chamá-lo para a refeição. Ao sair do quarto, ele percebeu que estava no apartamento de Barry e Iris. Quando se aproximou de Iris, ela o beijou, para a surpresa e confusão de Oliver. Notando que seu "esposo" estava agindo de forma estranha, Iris o chamou de "Barry" e perguntou se estava tudo bem. Ela acabou tendo que sair para lidar com uma chamada de emergência e entregou o anel do Flash para Oliver. Ao usar seus poderes de super-velocidade para vestir o traje, Oliver perguntou para si mesmo o que Barry havia feito daquela vez.

Oliver no Flashtime

Oliver no Flashtime.

Enquanto corria por Central City, Cisco informou Oliver sobre um assalto ocorrendo nos Laboratórios Ivo. Após algumas tentativas, Oliver conseguiu chegar ao seu destino, onde confrontou um criminoso. Não sabendo o que fazer, Oliver gritou para o homem que ele "falhou com essa cidade". Através dos comunicadores, Cisco notou que aquela não era a fala dele. Oliver tentou atacar o criminoso, mas acabou correndo em direção de uma parede e caiu. Quando foi cercado pelos criminosos, eles abriram fogo contra ele, mas Oliver usou o Flashtime para desacelerar o tempo. Ele começou a correr ao redor do grupo e, em seguida, disparou um raio contra eles. O disparo acabou chicoteando pelos homens e atingiu um contêiner de metal. Percebendo o estrago que havia feito, Cisco sugeriu que "Barry" fosse embora e deixasse o resto para o DPCC.

Ao ir para os Laboratórios S.T.A.R., Oliver pediu para que Caitlin o analisasse, mas ela não encontrou nada de errado e afirmou que ele estava completamente saudável. Percebendo que precisava encontrar Barry, Oliver saiu da ala médica, mas foi seguido por seus companheiros de equipe até o corredor. Iris perguntou se havia algo errado, ao que Oliver respondeu que precisava falar com "Oliver Queen". Oliver correu até Star City e salvou Barry e Diggle. Conforme Diggle vomitava, Barry elogiou o traje que Oliver estava vestindo.

Em um bunker improvisado, Oliver tentou analisar a situação, mas Barry estava se distraindo fazendo outra coisa. Oliver o interrompeu e pediu para que levasse aquilo a sério. Apesar de seu pedido, Barry continuou levando as coisas na brincadeira, o que aborreceu Oliver. Ele explicou que o fato de terem trocado de vida era "um pouco maneiro". Ao descobrir que Oliver havia acordado na cama com Iris, Barry começou a levar as coisas a sério.

Barry e Oliver no pipeline

Oliver e Barry presos no pipeline.

Os dois voltaram ao Laboratório S.T.A.R. e explicaram a situação para a Equipe Flash, mas eles não acreditaram neles. Enquanto Oliver já havia desistido de que eles iriam ajudá-los, Barry disse que tudo que ele precisava fazer era convencer Iris. Como pedido, Oliver foi conversar com ela, mas ele começou a se sentir estranho e desmaiou. Algum tempo depois, Oliver e Barry acordaram no pipeline. Barry sugeriu que fossem até a Terra-38 e pedissem ajuda de Kara, teorizando que apenas as pessoas da Terra-1 haviam sido afetadas. Oliver ensinou Barry como deslocar seu dedão para que conseguissem sair de lá. Depois que Barry conseguiu destruir o inibidor da cela, ele ensinou Oliver como vibrar.

Vingança de Barry

Barry conseguindo sua vingança contra Oliver.

Depois que Barry convenceu Iris a lhe entregar o extrapolador, os dois foram até Smallville da Terra-38. Quando chegaram, eles assustaram Lois Lane, que os ameaçou com um martelo. Kara apareceu e tranquilizou a jornalista, garantindo que os dois eram seus amigos. Os dois perceberam que Kara os reconheceu por suas verdadeiras identidades e eles se tranquilizaram. Os dois começaram a treinar, mas Oliver acabou se irritando pelas atitudes de Barry, além de se vingar pelas flechadas que levou nas costas quatro anos atrás. Oliver tentou fazê-lo se enfurecer para atacá-lo, mas isso não funcionou. Ele tentou atacá-lo, mas Barry se agachou e fez Oliver cair. Barry explicou que se Oliver soubesse usar seus poderes de verdade, ele não teria tocado nele.

Mais tarde, Oliver admitiu que ele deixava sua fúria se sair sobre melhor, e tinha ficado irritado ao ver Barry usando suas habilidades para se divertir. Barry, no entanto, disse a Oliver que isso era o oposto absoluto para ele e que ser o Flash significava abrir mão de sua dor e pensar nas pessoas que ele amava. Naquele momento os dois perceberam que Oliver era um velocista melhor quando estava feliz, e Barry um lutador mais habilidoso quando estava com raiva, então com o incentivo de Kara (que estava ouvindo) eles decidiram ser mais parecidos um com o outro para serem mais eficazes. Cisco apareceu e admitiu que a Equipe Flash acreditava neles, e em seguida pediu para que voltassem para Terra-1.

Arqueiro Verde (Barry), Flash (Oliver), Supergirl e Superman passaram por uma brecha e começaram a atacar A.M.A.Z.O.. Eles se revezaram para atacá-lo, tentando impedi-lo de copiar seus poderes e desequilibrá-lo, com Barry e Oliver adotando as atitudes um do outro, a equipe pareceu trabalhar de forma bastante eficiente. No início, o plano pareceu funcionar e Superman o enterrou no chão. No entanto, o androide voltou para a superfície e copiou seus poderes e habilidades, sendo capaz de dominar os heróis facilmente. A Equipe Flash considerou as possibilidades do que eles poderiam fazer e perceberam que, graças a Harrison Sherloque Wells, eles podiam simplesmente desligar o Amazo. Barry desenvolveu um plano e disse a Oliver para trazer A.M.A.Z.O. de volta para eles.

Os Supers e Oliver contendo Amazo

Oliver, Supergirl e Superman contendo A.M.A.Z.O..

Como instruído, Oliver levou A.M.A.Z.O. de volta para eles, onde foi atacado pela Supergirl. O Flash, Supergirl e Superman seguravam o robô enquanto o Arqueiro Verde usou uma flecha de kryptonita, carregada com um vírus, para atacar o robô. O androide acabou desligando e, não muito tempo depois, explodiu. Nos Laboratórios S.T.A.R., os heróis celebraram sua vitória. Cisco informou Oliver, Kara e Barry de que havia visto uma figura misteriosa. Após ver a vibração de Cisco, Oliver desenhou a figura misteriosa e identificou um prédio atrás dele: a Torre Wayne.[155]

Em Star City, Oliver, Barry e Kara ajudaram Diggle durante uma operação da A.R.G.U.S.. Em seguida, o grupo foi até a base da A.R.G.U.S., onde Barry e Oliver explicaram sua situação para Diggle e Curtis. Curtis recomendou chamar Felicity, e Oliver respondeu que já haviam feito isso. Quando ela apareceu, Oliver pediu para que Barry não falasse nada sobre a troca de corpos, já que nem mesmo a Equipe Flash havia acreditado neles, e pediu para que fingisse ser ele. Enquanto se preparavam para ir à Gotham, Oliver e Barry discutiram a respeito da existência do Batman.

Oliver, Kara e Barry sendo assaltados em Gotham

Oliver, Barry e Kara sendo assaltados em Gotham.

Chegando em Gotham, Oliver sugeriu irem até Vesper Fairchild para encontrar o outro indivíduo na vibração de Cisco. No entanto, no dia seguinte, enquanto iam até Vesper, Oliver, Barry e Kara foram presos por reagirem a um assalto. Na cela do DPGC, Kara criticou Barry e Oliver. O trio foi solto algumas horas depois, com a policial informando-os que alguém havia pago a fiança. Eles foram levados até a Torre Wayne, onde Kate Kane se apresentou. Ela disse para irem embora de Gotham assim que resolvessem seus problemas.

Com a ajuda de Kate, Oliver, Barry e Kara usaram o reconhecimento facial e encontraram John Deegan, um psiquiatra do Asilo Arkham que realizava experimentos em seus pacientes. O trio se reuniu com Diggle, Cisco e Caitlin no lado de fora de Arkham. Oliver acompanhou Diggle até o laboratório de Deegan, que reconheceu Oliver. Quando ele exigiu que desfizesse a bagunça que havia feito, Deegan negou. Ele então soltou os detentos de Arkham para acobertar sua fuga. Oliver usou seus poderes para colocar os pacientes de volta em suas celas. Oliver tentou atacar Nora Fries, mas seu disparo atingiu uma caixa com o gás do medo. Oliver e Barry começaram a lutar entre si até que a Batwoman apareceu e os derrubou. Depois que a situação foi resolvida, os heróis conseguiram roubar o Livro do Destino de Deegan, e então a Batwoman ordenou que eles fossem embora da cidade.

Heróis confrontando Monitor

Heróis confrontando Monitor.

Na A.R.G.U.S., Barry e Oliver conversaram sobre os fardos que carregavam, e Barry encorajou seu amigo a conversar com Felicity sobre a situação. Eventualmente, o Flash da Terra-90 apareceu diante dos heróis e os alertou sobre a ameaça de Mar Novu. Ao verem que o indivíduo estava na Terra-1, os heróis (junto com o velocista veterano) foram confrontá-lo. O Monitor revelou que estava testando os universos para encontrar um único que poderia impedir uma crise iminente. Depois de fazer o Flash da Terra-90 desaparecer, Novu roubou o livro e o entregou para Deegan.

Deegan alterou a realidade mais uma vez, transformando Barry e Oliver em criminosos conhecidos como "Gêmeos do Gatilho". Eles então foram confrontados por policiais (que assumiram a forma de Ricardo Diaz, Malcolm Merlyn e Joe Wilson). Depois de escaparem deles, Barry e Oliver foram confrontados pelo "Superman".[20]

Oliver e Barry perceberam que aquele não era o verdadeiro Superman, mas sim Deegan, que havia roubado sua aparência. Os dois causaram uma distração e conseguiram fugir. A dupla decidiu ir até a Terra-38 e encontrar o verdadeiro Superman, mas para isso precisariam de Cisco. Quando foram até o apartamento dele, os dois foram teletransportados para outro lugar, tendo sido convocados por Mar Novu. O ser cósmico notou a persistência deles e os elogiou antes de devolvê-los à realidade. Barry notou que se eles eram criminosos, Cisco também deveria ser.

Oliver e Barry encontraram Cisco em um bar e, após algumas tentativas, conseguiram convencê-lo a ajudá-los. O trio foi parar na Fortaleza da Solidão, onde explicaram a situação para o Superman. Eles voltaram até os Laboratórios S.T.A.R., onde salvaram Kara e uma versão alternativa de sua irmã. Enquanto o Superman lutava contra Deegan, Oliver enfrentou Diggle e Nevasca. Quando a realidade foi alterada, Oliver recuperou suas habilidades e traje de Arqueiro Verde, mas Deegan havia roubado o Livro do Destino mais uma vez e estava o usando para destruir a realidade.

Oliver realizando um acordo com Novu

Oliver realizando um acordo com Novu.

Kara e Barry decidiram correr ao redor da Terra para atrasar Deegan, dando tempo suficiente para os heróis pensarem em uma solução, mas o Superman revelou que eles morreriam se fizessem isso. Ao saber disso, Oliver, rapidamente, vetou o plano e pediu para que pensassem em outra coisa. Apesar disso, os dois decidiram continuar com a sugestão de Barry. Oliver confrontou Mar Novu em sua dimensão, onde exigiu que os destinos de Barry e Kara fossem alterados, argumentando que os dois eram a melhor chance que tinham de vencer a Crise próxima.[156] Em troca da alteração dos destinos de Barry e Kara, Oliver concordou em ajudá-lo a se preparar para a Crise quando a hora chegasse.[157] Novu concordou com os termos de Oliver e lhe entregou uma flecha especial.

Oliver, então, usou a flecha especial para destruir o Livro do Destino, fazendo a realidade voltar ao normal. Oliver, Barry e a Equipe Flash se despediram de Kara e seus amigos, que estavam retornando à Terra-38. Depois disso, Barry e Oliver saíram para beber em um bar, onde Oliver se recusou a receber o abraço de Barry. Oliver se desculpou ao receber um telefonema de Batwoman, que o informou que Deegan havia feito um novo amigo em Arkham.[156]

Conhecendo sua meia-irmã

Oliver acompanhou Dinah em uma cena de crime, onde encontraram uma amostra de sangue do Novo Arqueiro Verde. Dinah notou que como o laboratório do DPSC estava ocupado, eles iriam demorar para analisá-lo. Oliver sugeriu que usassem seus recursos para analisar o sangue, o que Dinah concordou após hesitar brevemente. Oliver voltou até seu apartamento e entregou o sangue para Felicity, que descobriu que a vigilante por baixo do capuz era irmã de Oliver. Oliver admitiu que estava em choque, mas não surpreso, já que seu pai era cheio de segredos. Ao descobrir que um depósito em Orchid Bay estava em funcionamento, Oliver descobriu que o armazém pertencia a sua mãe.

Oliver conhecendo Emiko

Oliver conhecendo Emiko.

Quando diversas caixas chegaram ao seu apartamento, Oliver encontrou uma carta escrita por seu pai. Na carta, ele revelava a existência de sua filha, Emiko Adachi, e pedia para que Walter a ajudasse caso morresse. Para a decepção de Oliver, Emiko e sua mãe haviam sido abandonadas após a morte de Robert. Oliver quis se apresentar para Emiko, mas tinha medo de como ela iria reagir caso o visse. Com a motivação de Felicity, ele decidiu conhecê-la. Oliver encontrou Emiko nos destroços da antiga mansão Queen.[8]

Traído por Emiko

Esta seção está incompleta. Você pode ajudar a expandi-la adicionando algumas informações.

Preparos para a Crise

Tirado de sua família
Oliver conversando com Mar Novu

Oliver sendo recrutado por Mar Novu.

Decidindo se esconder do Nono Círculo, Oliver e Felicity se mudaram para fora cidade onde poderiam cuidar de sua filha, Mia, sem serem caçados pelo grupo. À noite, no entanto, Oliver foi visitado por Mar Novu, que estava lá para recrutar sua ajuda afim de impedir a crise que se aproximava, além de relembrá-lo de seu acordo que haviam feitos na troca de alterar o destino de Barry e Kara para salvá-los. Novu revelou que Oliver teria de ajudá-lo a "evitar o inevitável", também revelando que Queen morreria durante o evento. Felicity se aproximou, negando que Novu levasse-o. Apesar de não poder evitar sua morte, Novu afirmou que Oliver poderia evitar a morte de sua esposa e filha.

Oliver subiu as escadas, onde olhou para sua filha uma última vez. Enquanto Felicity chorava pela partida de Oliver, dizendo que sempre haveria algo para atrapalhar sua felicidade, ele a fez prometer que ela fará qualquer coisa para proteger Mia e William. Ela concordou, dizendo que não importasse onde Oliver estivesse, ele sempre estaria com ela, e que o amor deles é maior que o universo. Eles se abraçaram e beijaram-se uma última vez, e Oliver então partiu para ajudar Novu.[157]

Ida para a Terra-2

Como sua primeira missão, Oliver foi enviado à Terra-2 para recuperar partículas de estrela-anã. Após reencenar seu retorno de 8 anos atrás, Oliver se surpreendeu com algumas mudanças daquele universo, como a morte de Thea e que Malcolm Merlyn era seu padrasto ao invés de Walter. Ao invadir o laboratório das Empresas Queen-Merlyn, enquanto procurava por seu objetivo, Oliver lutou contra o Capuz daquele universo. Laurel interrompeu o duelo e o levou até seu bunker. Após questioná-la sobre Chase e ser tranquilizado de que ele era um "dos mocinhos", Oliver explicou sua missão na Terra-2.

Arqueiro Verde confrontando Malcolm da Terra-2

Arqueiro Verde confrontando Malcolm da Terra-2.

No dia seguinte, Oliver foi criticado por Novu por ter interferido nos eventos da Terra-2. Ele foi até a sala de Curtis Holt, onde descobriu o envolvimento de Merlyn no projeto da estrela-anã. Acreditando que, assim como na Terra-1, ele era o Arqueiro Negro, Oliver foi confrontá-lo como Arqueiro Verde. Para sua surpresa, o Arqueiro Negro surgiu pela janela e começou a enfrentá-lo, mas conseguiu escapar.

Na manhã seguinte, Oliver ouviu Malcolm conversar com Dinah Drake a respeito do ataque. Antes de sair da mansão, Oliver foi apresentado ao seu guarda-costa, John Diggle. Para sua surpresa, aquele era o Diggle da Terra-1, que havia ido atrás dele. Oliver foi pressionado a falar a verdade, e admitiu para seu melhor amigo que iria morrer na Crise. Diggle continuou insistindo que deixasse-o ajudar, mas Oliver foi firme em sua decisão de distanciá-lo.

Oliver foi confrontar Tommy após descobrir sua identidade como Arqueiro Negro, mas foi sequestrado. Eventualmente, ele conseguiu escapar e se encontrou com Diggle. Os dois acabaram discutindo, com Oliver acreditando que a Terra-2 era um universo melhor por ele não estar lá, mas Diggle o convenceu de que estava errado. Oliver e Diggle se uniram a Laurel e Adrian e conseguiram impedir que Tommy realizasse o Empreendimento.

Oliver vendo a Terra-2 ser destruída

Oliver vendo a Terra-2 ser destruída.

Antes de ir embora com as partículas de estrela-anã, Oliver foi até o DPSC, onde se despediu de Tommy e Moira Queen. Laurel os interrompeu, informando-os que a cidade estava sendo atacada. Antes que pudesse responder, uma onda vermelha começou a destruir todo o departamento de polícia. Oliver também viu Moira e Tommy morrerem diante de seus olhos. Diggle abriu uma brecha e a atravessou, enquanto Oliver ficou observando a sala desaparecer. Laurel chamou por seu nome e Oliver a apressou a atravessar o portal antes que a onda os alcançassem.[158]

Retorno a Hong Kong

Oliver despertou na Terra-1, onde Novu revelou que a destruição da Terra-2 foi por conta de sua intervenção nos eventos daquele universo. O ser cósmico exigiu que ele parasse de desobedecê-lo e começasse a seguir suas ordens. Novu então pediu para que lhe entregasse um homem chamado Robert Wong. Diggle entrou no quarto, apressando-o para irem embora. Ao sair no corredor, os dois lutaram contra uma gangue local. Oliver, Diggle e Laurel correram para o lado de fora e descobriram que estavam em Hong Kong.

Oliver atualizando Tatsu da missão

Oliver atualizando Tatsu da missão.

Notando que Laurel estava, desesperadamente, tentando voltar para casa, Oliver tentou dizê-la que a Terra-2 havia sido destruída e não tinha nada para voltar, mas ela não lhe deu ouvidos. Oliver e Diggle decidiram continuar com a missão de Novu sem a ajuda dela. Após usarem um computador da A.R.G.U.S., Oliver descobriu mais informações sobre Wong, mas ele e Diggle foram atacados por outra gangue local. Após terem sido salvos por Tatsu, que agora era uma vigilante em Hong Kong, Oliver a informou sobre sua missão. Ela decidiu ajudá-los encontrar Wong.

O trio localizou Wong, mas eles foram atacados pela Tríade. O Arqueiro Verde perseguiu seu alvo, mas ele foi interceptado por China White. Ao se infiltrar em uma instalação secreta, Oliver descobriu que a Tríade pretendia recriar o lançamento do vírus Alfa-Ômega. Tatsu questionou a confiança cega de Oliver em Novu, comparando-a com a mesma confiança que teve em Waller anos atrás, embora Oliver garantisse de que aquilo era diferente. Ele admitiu que estava fazendo aquilo para que sua família pudesse sobreviver.

Oliver conversando com Tatsu

Oliver conversando com Tatsu.

Oliver decidiu usar o vírus que ele roubou para trocá-lo com Wong. No momento da troca, o Arqueiro Verde tentou convencer China a lhe entregar Wong, argumentando que o mundo corria perigo, mas ela ainda insistiu pelo vírus. Quando a luta começou, Oliver conseguiu recuperar Wong e o vírus. No dia seguinte, ele pediu ajuda de Laurel em suas missões. Oliver também admitiu para Tatsu que ela estava certa e que iria investigar mais sobre Novu.[159]

Reencontrando Thea

Após chegar à Nanda Parbat, Oliver lutou contra Thea, que não havia o reconhecido e tinha o atacado. Os dois se sentaram para conversar e colocar assunto em dia, como o nascimento de Mia. Oliver revelou que precisava de informações sobre Mar Novu, e também disse que iria morrer logo. Thea, no entanto, disse que não acreditava nisso, mas decidiu ajudá-lo mesmo assim.

Oliver, Thea e Talia nas catacumbas

Oliver, Thea e Talia nas catacumbas.

No dia seguinte, Oliver e Thea foram atacados por alguns assassinos, mas Talia al Ghul os dispersou. Ela decidiu ajudá-los para que ficasse quite com Oliver. Talia os levou até as catacumbas, onde encontraram As Crônicas de Al-Fatih. Após queimar o pergaminho, Oliver encontrou o mapa que iria levá-los até a tumba de Al-Fatih. Antes que pudessem partir, Athena e a Guilda Tânatos os encurralaram e exigiram o mapa. Após escaparem de Athena e seus seguidores, Talia explicou as intenções da mulher. Acreditando que Thea estaria em perigo, Oliver pediu para que ela se afastasse da missão.

Oliver conversando com Thea sobre sua missão

Oliver conversando com Thea sobre sua missão.

Oliver e Talia continuaram seguindo seu caminho, mas ao chegarem no topo, ele foi traído por Talia e acabou desmaiando. Oliver foi encontrado por Thea algum tempo depois. Ele reconheceu que poderiam chegar ao topo da montanha mais rápido se fossem pela frente, ou seja, a escalando. Os dois pararam para conversar sobre seus passados. Thea afirmou que eles não poderiam mudar o futuro, e o passado servia como prova de que não podiam fazer isso. Oliver reconheceu que Thea havia amadurecido muito com o passar dos anos.

Oliver abraçando Thea

Oliver abraçando Thea.

Ao chegarem no topo da montanha, Oliver e Thea foram encurralados por Athena, que havia sequestrado Talia. Enquanto Thea ia atrás de Talia, prevenindo-a de restaurar a Liga dos Assassinos, Oliver ficou para trás e lutou contra Athena e seus seguidores. Depois que a situação foi resolvida, Thea leu o diário de Al-Fatih, que revelava que Novu iria causar a Crise. Em seguida, Oliver e Thea se despediram, com sua irmã pedindo para que não morresse. Os dois então se abraçaram, sem saber que aquela seria a última vez que se viriam.

Oliver foi engolido por um clarão de luz e teletransportado de volta para o bunker, fazendo Diggle, Dinah e Rene estranharem sua aparição. Ao se virar, os heróis notaram a presença de três outros indivíduos, com a mulher loira chamando-o de "pai".[160]

Passando tempo com Mia
Oliver ouvindo William se assumir

Oliver ouvindo William se assumir.

Percebendo que aqueles eram seus filhos do futuro, Oliver revelou para Dinah e Rene sobre o nascimento de Mia. Ele se desculpou por descobrirem daquela forma. Oliver levou seus filhos ao seu antigo apartamento. Para sua infelicidade, ele descobriu que Mia e William não tiveram a oportunidade de crescer juntos. Ele se desculpou por isso ter acontecido e sugeriu que sentassem e conversassem, mas Mia saiu para tomar banho. Após relembrar o passado, William se assumiu gay para Oliver. Ele admitiu que já sabia disso, e que continuava o amando da mesma maneira.

No dia seguinte, a Equipe Arqueiro se reuniu e descobriram que havia um novo Exterminador em Star City. Naquela tarde, Oliver, Laurel e Dinah foram resgatar Mia, William e Connor Hawke quando eles caíram em uma armadilha do Exterminador. Ao voltar para o bunker, Mia, William e Connor revelaram novas informações do futuro que eles haviam omitido. Mia decidiu ir atrás do Exterminador. Oliver tentou fazê-la desistir da ideia, mas ela o ignorou. Ao voltar para o bunker, Mia, William e Connor revelaram novas informações do futuro que eles haviam omitido. Mia decidiu ir atrás do Exterminador. Oliver tentou fazê-la desistir da ideia, mas ela o ignorou. Enquanto aguardava por atualizações, Oliver conversou com William, culpando-se por ter abandonado sua filha.

Arqueiro Verde impedindo Mia de matar Grant

Arqueiro Verde impedindo Mia de matar Grant.

Quando Mia e Laurel voltaram, elas informaram a Equipe Arqueiro que Grant pretendia explodir Star City. Quando Grant e seus seguidores foram localizados, a Equipe Arqueiro foram atrás deles. O Arqueiro Verde e Mia trabalharam juntos e derrotaram alguns de seus seguidores, enquanto Connor, William e Curtis desativavam as bombas. Quando Grant foi derrotado e desarmado, Mia se preparou para matá-lo, a fim de prevenir seu futuro, mas Oliver entrou na frente, prevenindo-a de realizar o disparo. Após hesitar momentaneamente, Mia abaixou o arco.

Após a missão, Mia agradeceu Oliver por ter a impedido de matar Grant. No dia seguinte, Oliver levou Mia até o túmulo de seu pai. Ela perguntou se já havia perdido alguém durante seus anos como vigilante, ao que ele confirmou. Em lágrimas, Mia perguntou se a culpa, algum dia, iria embora. Oliver admitiu que não, mas, eventualmente, aprenderia a viver com isso. Ele então pediu permissão para ajudá-la. Naquela noite, enquanto jantava com seus filhos, Curtis ligou para informar Oliver de que ele teria que viajar à Rússia para conseguir plutônio.[161]

Oliver treinando com Mia

Oliver treinando com Mia.

Oliver treinou arquearia e combate com Mia. Curtis os interrompeu para informá-los que havia localizado o general Alexi Burov em Moscou, que, antes de seu desaparecimento, estava trabalhando em uma máquina de gerador de pulso. Enquanto Diggle iria atrás do plutônio, Oliver convidou Mia e William para acompanhá-lo até a Rússia. Ao chegar na Rússia, Oliver se reencontrou com Anatoly.

Ao descobrir que a Bratva estava envolvida, Oliver decidiu afastar Mia e William da missão, apesar dos protestos de sua filha. Ele, Anatoly e Laurel se encontraram com o general, mas ele esteve ciente da identidade de Oliver e não iria entregar os projetos da arma de bom gosto. Oliver concordou em lutar em seu nome em troca dos projetos. Laurel tentou persuadi-lo a desistir, mas Oliver estava convincente de que iria ganhar.

Oliver conseguiu derrotar seu adversário, mas quando o general estava prestes a lhe entregar os planos da arma, a Bratva apareceu, com Mia como refém. Os homens mataram o general e sequestraram Oliver e Mia. Quando a Bratva ameaçou matar sua filha, Oliver revelou o que era o projeto que estava atrás. Eventualmente, os dois foram resgatados por Laurel e Anatoly.

Oliver e Mia em um clube de luta

Oliver e Mia no clube de luta.

Ao voltar para o bar de Anatoly, Oliver decidiu enviar Mia e William de volta para Star City, para o grande desagrado deles. Durante sua discussão com Mia, Oliver afirmou que iria protegê-los a todo custo. Durante uma conversa com Anatoly, Oliver admitiu que tinha vergonha e medo de seus filhos descobrirem o que havia feito no passado. Anatoly conseguiu convencê-lo a deixá-los participar da missão ao invés de afastá-los. Ao lado de Mia, Oliver e sua filha lutaram contra seis assassinos enquanto Laurel e Anatoly recuperavam os projetos da arma.

Após o sucesso da missão, Oliver e os outros se reuniram no bar de Anatoly para celebrar. Antes de irem embora, Oliver conversou com Anatoly uma última vez. Os dois se despediram com um abraço e foram embora. Ao voltarem para Star City, Laurel informou Oliver e Diggle que Lyla estava trabalhando com o Monitor. O trio foi confrontá-la, mas eles desmaiaram após serem atingidos por dardos tranquilizantes.[162]

Preso em um loop
Arqueiro Verde e Quentin confrontando um criminoso

Arqueiro Verde e Quentin confrontando um criminoso.

Oliver acordou em seu apartamento, tendo aparentemente cochilado no sofá. Seus filhos entraram e explicaram que a situação com Lyla havia sido resolvida, e informaram-o que estava atrasado para a festa beneficente do prefeito. Chegando no prédio da Palmer Tech, Oliver descobriu, para sua surpresa, que Quentin era o prefeito. Antes que pudesse continuar conversando, um policial revelou que um criminoso havia tomado o DPSC como refém. O Arqueiro Verde acompanhou Quentin em campo, e o vigilante desarmou o criminoso de sua arma. No entanto, o prédio acabou explodindo.

Oliver acordou, novamente, no sofá de seu apartamento, confuso. Ele foi até a festa beneficente, onde tentou explicar para Diggle o que estava acontecendo, mas ele não acreditou nele. Enquanto Quentin distraía o criminoso, Oliver foi atrás da bomba e encontrou Laurel, que também estava presa no loop temporal, lá. Ele a instruiu a encontrá-lo na festa beneficente após o loop se reiniciar.

Na festa beneficente, Oliver explicou para Laurel que a morte de Quentin era o catalisador do reinício, teorizando que precisariam salvá-lo para sair do loop temporal. Oliver foi inspecionar a bomba novamente, e Diggle o motivou a continuar tentando. Após rastrearem o componente químico da bomba, o Arqueiro Verde, Canário Negro e Quentin foram até um prédio. No entanto, aquilo era uma armadilha. Lyla apareceu, afirmando que estava tentando ajudá-lo e que não podia "lutar contra isso" e atirou contra Quentin, reiniciando o loop.

Oliver, Laurel e Quentin encontraram a pessoa que contratou os mercenários e decidiram ir atrás dele, mas, durante a luta, Quentin foi baleado e morreu. O loop reiniciou mais uma vez, mas, desta vez, Laurel não estava mais nele. Lyla se encontrou com Oliver e o aconselhou a "aceitar o inevitável" para que o loop terminasse. Oliver e Quentin foram atrás de Anderson White, mas foram encurralados novamente. Quentin aconselhou Oliver a aceitar seu destino, e que não poderia alterá-lo.

Oliver percebe que não pode mudar seu destino

Oliver percebe que não pode mudar seu destino.

Quando o loop se reiniciou mais uma vez, Oliver percebeu que não poderia salvá-lo, não importasse quanto tentasse. Após se despedir de Quentin, Oliver foi parar em uma sala vazia da Palmer Tech, onde Lyla o cumprimentou. Oliver percebeu que não poderia prevenir sua morte na Crise, e que precisava parar de tentar alterar seu destino. Lyla garantiu que tudo que ele havia feito tinha um propósito. Oliver perguntou o que deveria fazer em seguida, ao que a mulher pediu para que se preparasse para a última missão.

Ao acordar no mundo real, Oliver conversou com Laurel sobre sua aventura recente. Os dois foram ao lado de fora e descobriram que estavam em Lian Yu.[163]

Última missão

Lyla explicou para a Equipe Arqueiro que precisariam ativar um dispositivo em Lian Yu, cuja energia era essencial. Quando o avião de Roy, Dinah e Connor foi derrubado, Oliver e a equipe se dividiram para ir atrás deles. Durante a busca, Oliver foi atacado por um de seus antigos inimigos, Billy Wintergreen. Após escapar dele, Oliver se reencontrou com Yao Fei, que havia sido ressuscitado pela energia mágica da ilha. Depois de derrotarem Billy e seu grupo, Lyla, após ativar o dispositivo, foi embora. Oliver se despediu de Diggle, William e Roy. Enquanto conversava com Mia, Lyla retornou, anunciando que a Crise havia começado e que estava lá para levá-lo.[164]

Crise nas Terras Infinitas

Luta na Terra-38 e primeira morte

Oliver presenteando Mia

Oliver entregando um traje para Mia.

Após o início da Crise, Oliver, ao lado de Mia, foi um dos heróis recrutados pela Precursora. Ele (junto de Mia, Superman, Batwoman e Lois) foi então levado para a Terra-38, que seria o próximo universo a ser destruído. Os heróis foram levados para uma sala, onde Lyla começou a explicar a situação. Oliver admitiu ter testemunhado a destruição de um universo pessoalmente. Em outra sala, Oliver presenteou Mia com um traje. Ela hesitou em vesti-lo, mas Oliver insistiu que ela deveria ser a próxima pessoa a assumir seu manto.

Nas ruas de National City, Barry revelou para Oliver que ele iria morrer durante a crise. Em negação, Oliver exigiu conversar com o Monitor, furiosamente. Ele foi levado até sua dimensão, onde Oliver o relembrou de seu acordo: Kara e Barry deveriam viver. No entanto, Novu o corrigiu, afirmando que seu acordo havia sido feito com outra ameaça em mente, e aquele que estavam enfrentando era uma nova. Ele se recusou em dar mais detalhes e enviou-o de volta para a Terra-38.

Oliver e Mia antes do ataque dos demônios das sombras

Arqueiro Verde e Mia Smoak.

Oliver se reagrupou com os outros heróis após terem sido encarregados de proteger a torre quântica. Quando os demônios das sombras começaram a atacá-los, o Arqueiro Verde e os outros heróis os enfrentaram. Durante o combate, Oliver foi salvo por Mia. Com o decorrer da luta, os demônios das sombras acabaram superando os heróis, tanto por quantidade quanto por força. Apesar de seus esforços em proteger a torre quântica conforme a Terra-38 era evacuada, eles começaram a perder a batalha.

Morte de Oliver Queen

Oliver morre.

Depois que Novu teletransportou os heróis de volta para a Terra-1, Novu afirmou para Oliver que estava na hora de ir embora. Ele perguntou se o planeta havia sido evacuado, e ao descobrir que ainda havia pessoas na Terra, Oliver se negou em sair. Ele disparou uma flecha de antimatéria no Monitor, imobilizando-o, e continuou lutando. Apesar de susa flechas terem acabado, Oliver continuou firme contra os demônios das sombras. Novu foi capaz de se recuperar e teletransportou a si mesmo e Oliver, completamente ferido, à Terra-1 antes da Terra-38 ser destruída. Após se despedir de seus amigos e Mia, Oliver sucumbiu ao seus ferimentos e morreu.[2]

A oferta

Após morrer, a alma de Oliver foi parar no Purgatório[165] enquanto seu corpo foi levado para a Waverider da Terra-74. Incapaz de aceitar sua morte, Mia e Barry, com a relutância de Sara, pediram ajuda de Constantine para ressuscitá-lo. Eles levaram-o até a Terra-18 e usaram seu Poço de Lázaro para trazer Oliver de volta à vida. Apesar disso ter sido um sucesso, Constantine não foi capaz de restaurar a alma de Oliver.[166]

Oliver aceita a oferta de Jim Corrigan

Oliver aceita a oferta de Jim Corrigan.

Com a ajuda de Lúcifer Morningstar, da Terra-666, Diggle, Mia e Constantine foram ao Purgatório para trazer a alma de Oliver para seu corpo. Inicialmente, sem se lembrar de suas memórias, Oliver os atacou, mas rapidamente se lembrou de quem eram. Quando estava pronto para partir, Jim Corrigan se aproximou, oferecendo-o um propósito maior. Oliver aceitou a oferta de Corrigan, que transportou os aliados de Oliver para fora do Purgatório.

Após a Terra-1 ser destruída por uma onda de antimatéria, ela avançou diante a Waverider. A antimatéria destruiu a nave e o corpo físico de Oliver.[165]

Recriando o multiverso e segunda morte

"Você falhou com esse universo!"
—Oliver Queen para o Anti-Monitor[fonte]

Após ser treinado por Corrigan, Oliver, agora como o Espectro, foi ao Ponto de Fuga para recrutar os Paragons. Ele revelou que a chave para a salvação de tudo seria a Força de Aceleração e desbloqueou o verdadeiro potencial de Barry. No entanto, o Anti-Monitor os atacou e Barry perdeu Sara, Kate, J'onn e a Oliver na Força de Aceleração. O Espectro utilizou partes de sua essência para evitar que eles caíssem para fora da Força de Aceleração, e que Barry deveria encontrá-los e levá-los ao Início dos Tempos.

Oliver enfrentando Mobius

Oliver enfrentando Mobius.

Após Barry encontrar a todos e levá-los ao Início dos tempos, os Paragons enfrentaram os demônios das sombras enquanto Oliver lutava pessoalmente contra o Anti-Monitor. Após uma breve conversa, as duas entidades cósmicas entraram em um árduo confronto. Oliver foi capaz de superá-lo e após dizer que Mobius havia "falhado com este universo", ele utilizou os poderes de ambos para dar início a um novo multiverso.

Sara e Barry com Oliver

Oliver com Sara e Barry em seus últimos momentos.

Após o confronto de ambos, e a aparente destruição de Mobius, Barry e Sara foram ver Oliver uma última vez. Ele alertou aos seus amigos mais próximos para continuar a serem os heróis que são, e que não parassem de proteger o novo universo que esteve destinado a criar. Ele também os fez prometer que cuidariam de sua família. Com uma última lágrima, Oliver faleceu, em paz e satisfeito que seu sacrifício e destino valeram a pena.[3]

Pós-Crise

Graças a seus poderes, Oliver criou um único universo para que todos seu aliados pudessem morar na mesma Terra. Ele também usou seus poderes para ressuscitar alguns entes queridos, mas optou por deixar seu pai morto, já que desfazer sua morte iria causar uma grande mudança na linha do tempo.[167]

Carreira como vigilante

Capuz indo atrás de John Byrne

Capuz indo atrás de John Byrne.

Em algum momento após derrotar Justin Claybourne, Oliver decidiu ir atrás de outro nome da Lista: John Byrne, um traficante humano. Após chegar em seu quartel-general, Diggle pediu para que Oliver não matasse Byrne e o entregasse para a polícia, para que, assim, pudesse enfrentar a justiça. No entanto, Oliver comentou que "morte é a justiça" para pessoas como Byrne. Quando John foi localizado, o Capuz invadiu seu esconderijo e enfrentou seus capangas. Ao confrontar Byrne, Oliver decidiu seguir o conselho de Diggle e não o matou. Após voltar para seu quartel-general, Oliver conversou com Diggle, admitindo que nem todos da Lista deveriam morrer e que, agora, poderia confiar nele.[168]

Em algum momento após isso, Oliver conheceu Barry Allen, que criou sua primeira máscara.[169]

Durante o Empreendimento, o Capuz foi capaz de salvar a vida de Tommy Merlyn.

Depois que Slade Wilson retornou à Starling City para infernizar a vida de Oliver, ele sequestrou Thea, Moira e Oliver. Quando se preparou para matar Moira, Oliver se soltou de suas amarras e derrubou Slade, salvando a vida de sua mãe.

Eventualmente, Oliver se casou com Felicity e, juntos, tiveram uma filha, Mia. No entanto, Oliver foi forçado a deixar sua família para salvar o planeta.[168][170]

Ajudando Barry pela última vez

Após a criação da Terra-Prime, Oliver percebeu que um novo multiverso surgiu a partir dele. Então, como seu dever como Espectro, Oliver continuou observando todas as Terras enquanto também as designava.

Oliver e Barry reencontrando-se no Purgatório

Oliver e Barry reencontrando-se no Purgatório.

Em 14 de março de 2023, Oliver viu que Ramsey Rosso, um dos inimigos de Barry, planejava infectar o multiverso com suas células através de Wally West, que conseguia projetar sua consciência em outros universo graças à sua conexão com a Força de Aceleração. Depois que Wally matou Barry, Oliver reencontrou-o no Purgatório. Após um breve abraço, Oliver informou o plano de Ramsey para Barry, assim como também revelou a existência de um novo multiverso.

Quando Ramsey abriu uma brecha para o multiverso, Oliver notou que seus poderes estavam sendo enfraquecidos. Percebendo a insegurança de Barry, Oliver explicou que a dor de perder alguém nunca iria embora, e ele teria que aprender a conviver com ela. Oliver socou Barry, fazendo-o ressuscitar no mundo real. Oliver também o acompanhou ao mundo dos vivos, explicando que poderia interferir caso o multiverso estivesse em perigo. Nos Laboratórios S.T.A.R., Oliver vestiu seu traje de Arqueiro Verde mais uma vez, preparando-se para ajudar o Flash na batalha contra Hemoglobina.

Arqueiro Verde e Espartano encarando Hemoglobina

Arqueiro Verde e Espartano encarando Hemoglobina.

Os dois confrontaram Hemoglobina e Kid Flash, e enquanto Barry enfrentava Wally, Oliver lidou com Ramsey. Ele afirmou ao vilão que o multiverso não lhe pertencia, mas Rosso não se abalou por isso. Ao invés disto, Hemoglobina instruiu seus soldados a atacarem o Arqueiro Verde. Oliver lutou contra os policiais infectados, e então Diggle apareceu e atacou Ramsey. Os dois se abraçaram enquanto Ramsey se transformou em um monstro de sangue. Eventualmente, Barry e Wally retornaram e ajudaram Oliver e Diggle. Afirmando que Ramsey "falhou com essa cidade", Oliver disparou uma flecha no portal para o multiverso. A onda de energia fechou a brecha e também tirou os poderes de Ramsey, assim como o curou de sua doença mortal.

Assim que Ramsey foi preso pela A.R.G.U.S., Oliver conversou com a Equipe Flash no apartamento de Barry e Iris. Ele também explicou para Diggle que a caixa verde que havia encontrado foi feito para testá-lo. Os dois então se abraçaram e disseram que se amavam, permitindo que Diggle, enfim, se despedisse de Oliver.

Oliver e Barry bebendo juntos pela última vez

Oliver e Barry bebendo juntos pela última vez.

Após isso, Oliver e Barry saíram para beber em um bar. Enquanto conversavam sobre o multiverso, Barry perguntou quantos Flashes existiam. Oliver afirmou que havia bastante, mas garantiu que nenhum deles se comparava a ele. Enquanto Oliver se preparava para ir embora, Barry perguntou se estava fazendo a coisa certa. Oliver parou, e perguntou se ele estava "protegendo a cidade como um anjo da guarda", e lhe reafirmou que o raio havia escolhido ele. Oliver olhou para Barry uma última vez e lhe desejou feliz aniversário antes de desaparecer do mundo dos vivos.[167]

Reencontrando Felicity

Oliver e Felicity no pós-vida

Oliver e Felicity no pós-vida.

Em 2040, depois que Felicity apareceu no pós-vida, Oliver, silenciosamente, a observou explorar o antigo escritório de sua mãe. Quando ela o viu, os dois se abraçaram e se beijaram, felizes por estarem reunidos. Felicity revelou que achava que a vida após a morte seria diferente que o escritório da mãe de Oliver. Ele a corrigiu, dizendo que aquele era o local onde se viram pela primeira vez e que era uma "longa história" a respeito disto. Eles foram até a janela, onde Oliver disse que tinha "todo o tempo do mundo" para contá-la, agora que estavam juntos novamente.[168]

Futuros apagados

Crise de 2024

Em 2024, o Arqueiro Verde se aliou ao Flash, Mulher-Gavião e o Átomo para enfrentar o Flash Reverso nas ruas de Central City. No entanto, durante a luta, o Flash e Flash Reverso desapareceram em um clarão de luz, deixando Oliver e os outros para trás.[171]

Enfrentando Cicada

Em algum momento, o Arqueiro Verde tentou ajudar a Equipe Flash a encontrar o Cicada, mas falhou.[172]

Morte

De acordo com os livros de história da linha do tempo de Eobard Thawne, Oliver Queen estava destinado a morrer com 86 anos, em 2071 ou 2072.[85]

Realidade reescrita

Damien Darhk with his trophies

A máscara de Oliver na coleção de Damien Darhk.

Em uma realidade reescrita criada pela Legião do Mal com a Lança do Destino, o Arqueiro Verde foi derrotado e, consequentemente, morto por Damien Darhk. Ele manteve a máscara de Oliver guardada como troféu em uma coleção em seu escritório, que continha máscaras de outros heróis como: Espartano, Flash, Canário Negro, Vigilante, Cão Raivoso, Retalho e Felicity Smoak. Além da máscara, Darhk também manteve uma flecha quebrada de Oliver na coleção.[173]

Legado

"O Oliver que eu conheci há oito anos não é o mesmo que nos despedimos hoje. Oliver sempre me disse que para poder salvar a cidade, ele tinha que se tornar outra pessoa, tinha que se tornar outra coisa. Sempre achei que ele estava falando do Arqueiro Verde... hoje eu percebi que ele queria se tornar um homem melhor. O melhor homem que ele sabia como ser. Ele nos guiou a todos nessa jornada, ele mudou tudo. Oliver trouxe heróis ao mundo, ele inspirou este mundo. Inspirou a todos nós aqui. Eu era o irmão dele, e Oliver Queen era o meu."
—Discurso de John Diggle no funeral de Oliver[fonte]

Logo após a derrota do Anti-Monitor e a criação de um novo multiverso, que incluía a Terra-Prime, a presidente dos Estados Unidos se dirigiu à sua nação sobre a crise. Ela também notou que as ações dos heróis do planeta, assim como a de Oliver Queen, foram de grande heroísmo. Ela também dedicou um minuto de silêncio pelo sacrifício final de Oliver.

Memorial do Arqueiro Verde

O memorial do Arqueiro Verde na Sala da Justiça.

Logo após isso, os maiores heróis da Terra (Flash, Supergirl, Superman, Raio Negro, Caçador de Marte, Batwoman e Canário Branco) se reuniram em um hangar abandonado, onde eles realizaram um memorial privado para Oliver. Eles disseram algumas palavras em sua homenagem e agradeceram por ter lhes dado a chance de continuar com sua vida. Barry revelou a intenção de criar uma equipe, para que pudessem enfrentar novas ameaças juntos. Todos concordaram em entrar para o grupo, e Barry também revelou que havia criado um lugar especial para Oliver como um membro honorário, para honrar sua carreira como super-herói e sacrifício.[170]

Oliver Queen foi honrado também em Star City, onde uma estátua foi construída em sua homenagem. Seus amigos e família (incluindo indivíduos que Oliver ressuscitou no pós-crise, como Moira Queen, Emiko Adachi e Tommy Merlyn), incluindo aliados de combate (como Kara e Barry) e antigos inimigos (como Nyssa e Talia al Ghul) compareceram ao seu funeral e memorial.[168]

O legado de Oliver Queen continuaria vivendo através de seus aliados, Sara Lance e Barry Allen, que prometeram continuar lutando em seu nome, e também Kara Danvers, que jurou proteger o mundo da mesma forma que Oliver fez com Star City. Além disso, sua filha, Mia Queen, após alguns dias de hesitação, decidiu abraçar o legado de seu pai e se tornou a Arqueira Verde em 2040.[174]

Quando o testamento de Oliver foi lido, ele deixou sua máscara original para Barry.[169]

Uma consequência que Oliver não havia previsto foi que, após ter aprimorado os poderes de Barry, sua energia acabou infectando a Força de Aceleração, que acabou morrendo e deixou todos os velocistas sem seus poderes.[175]

Quando Despero confrontou Barry a respeito de um futuro Armagedom, assim como o papel do velocista na destruição da Terra, ele chamou o Raio Negro para ajudá-lo a retirar seus poderes. No entanto, Jefferson relembrou Barry de que Oliver iria insistir de que não parasse de lutar e não desistisse de si mesmo. Se lembrando disto, e sabendo que Oliver o desaprovaria por perder a fé em si mesmo, Barry decidiu lutar contra as afirmações de Despero.[176]

Personalidade


Esta seção está incompleta. Você pode ajudar a expandi-la adicionando algumas informações.

Poderes e habilidades

Poderes

  • Oliver usando magia

    Oliver utilizando sua magia contra Damien Darhk.

    Magia da luz: Aceitando o quão invencível a magia de Damien Darhk é, Oliver aprendeu través de Esrin Fortuna de como contraria-lá. Dado que os poderes de Damien vem da absorção e manipulação da magia das trevas (como morte e medo), Erin ensinou a Oliver como canalizar energia positiva (como alegria e esperança), ato que ele pode realizar canalizando-o para a tatuagem mágica que John Constantine havia lhe dado. Após um período difícil de superar sua escuridão interior, ele foi capaz de repelir Darhk facilmente através de sua magia negra. Mais tarde, quando Darhk aprimorou sua magia negra, Oliver provou ser capaz de aproveitar a esperança de todos os cidadãos de Star City de aprimorar sua magia de luz para neutralizar mais uma vez a magia negra de Darhk.
"Eu sou Oliver Queen, mas também sou outra coisa."
"Tipo o que?"
"Alguns podem me chamar de fantasma. Um Espectro que está em sintonia com o multiverso.
"
—Oliver Queen e Barry Allen[fonte]
  • Olhos de Oliver brilhando

    Olhos de Oliver brilhando.

    Fisiologia de Espectro: Enquanto a alma de Oliver esteve no Purgatório, ele recebeu poderes espirituais de Jim Corrigan e se tornou o novo Espectro. Após treinar e se preparar para a batalha final contra o Anti-Monitor, a voz de Oliver se tornou mais profunda e seus olhos brilhavam em verde. Como descrito por si mesmo, Oliver esteve em sintonia com o próprio multiverso, mesmo após sua destruição. Oliver se tornou um dos seres mais poderosos de todo o multiverso.
    • Manipulação de antimatéria: Oliver foi capaz de manipular a antimatéria durante sua luta contra o Anti-Monitor. Ele conseguiu dispersa-la e, combinado com a matéria, usou-a para destruir o Anti-Monitor temporariamente e recriar o multiverso, ao custo de sua vida.
    • Conhecimento cósmico: Como Espectro, Oliver demonstrou um profundo conhecimento de como a realidade funcionava. Embora soubesse que poderia recriar o multiverso no início dos tempos, ele não tinha ideia de como "espalhar as chamas" para cumprir o objetivo.
    • Cronocinese: Graças a sua conexão com o multiverso, Oliver foi capaz de levar os Paragons até o Início dos tempos.
    • Escudo de energia: Oliver foi capaz de se proteger dos ataques de Mobius com um escudo de energia azul, forte o suficiente para resistir aos disparos de antimatéria de seu adversário.
    • Viagem interdimensional: Oliver é capaz de viajar através de dimensões, como fez para ir do Purgatório até o Ponto de Fuga. Ele também pode usar essa habilidade para se comunicar com pessoas através da Força de Aceleração.
    • Levitação: Oliver é capaz de levitar.
    • Materiacinese: Oliver é capaz de manipular matéria.
    • Previsão do futuro: Em seus últimos suspiros, Oliver alertou Barry e Sara de que a Crise nas Terras Infinitas não havia terminado, apesar da aparente morte do Anti-Monitor.
    • Aprimoração de poder: Oliver foi capaz de aprimorar os poderes de Barry e sua conexão com a Força de Aceleração. No entanto, isso acabaou envenenando a própria Força de Aceleração, que, alguns meses despois, acabou morrendo.
    • Força sobre-humana: Oliver era forte o suficiente para conter o Anti-Monitor com um aperto firme em seus ombros, apesar do Anti-Monitor exibir força facilmente maior que a do Superman da Terra-96 enquanto possuía a Precursora.
    • Criação de receptáculo: Oliver pode criar uma forma corpórea para habitar ao passar do Purgatório para o mundo real para resgatar e ajudar os Paragons. Neste corpo humano corpóreo, Oliver ainda é capaz de morrer, como mostrado quando ele usou seus poderes de Espectro para destruir Mobius, custando sua vida.

Poderes anteriores

  • Oliver usando os poderes de Barry

    Oliver usando os poderes de Barry.

    Conexão com a Força de Aceleração/Fisiologia meta-humana: Em uma realidade alterada, criada por John Deegan utilizando o Livro do Destino, Oliver adquiriu os poderes meta-humanos de Barry Allen. Estes poderes são acessados através de uma conexão com a Força de Aceleração, adquirido quando ele foi atingido por um raio e exposto a diversos produtos químicos. Isso alterou e sobrecarregou seu DNA, células e neurotransmissores, aumentando sua fisiologia para além do pico da condição humana. Isso lhe permitiu lidar facilmente com os rigores de seus poderes, incluindo atrito de alto nível, inércia, pressão do ar, oxigênio reduzido, vetores e impacto cinético.
    • Fator de cura acelerado: As moléculas de Oliver se movem a taxas aceleradas, reparando os danos muito mais rapidamente e com mais eficiência do que os seres humanos normais. Sem tratamento, a maioria dos danos cura em horas, se não em minutos, sem sinais persistentes. Depois de levar um tiro nas costas com duas flechas, apesar da dor inicial, Oliver se recuperou rapidamente. Seu corpo pode decompor os alimentos com mais eficiência do que um ser humano comum para produzir pouco desperdício e se recuperar em segundos, se não estiver imune a qualquer doença ou contaminante.
    • Vibração corporal: Oliver pode vibrar seu corpo para vários efeitos. Ele pode vibrar seus membros para atravessar perfeitamente através de alvos altamente sólidos. Ao vibrar suas moléculas na frequência do ar, Oliver pode fisicamente passar através da matéria sólida.
    • Eletrocinese: Oliver pode produzir eletricidade amarela de seu corpo. É comumente visto enquanto corre. Embora usado principalmente para aumentar sua velocidade a níveis mais altos, ele pode ser focado em lançar raios para atordoar ou repelir os inimigos.
    • Durabilidade sobre-humana: Oliver possui resiliência desumana, mais comumente vista de não ser afetada pelo acúmulo de impulso. Ele pode sofrer ataques e esforços, até sobreviver a impactos que facilmente matariam humanos normais, embora ele não seja invulnerável nem imune à dor.
    • Processo mental sobre-humano: O sistema de Oliver e o processamento de pensamentos são capazes de captar e reter informações com a mesma rapidez e eficiência. Mesmo usando sua velocidade bruta, ele pode pensar claramente, reagir a eventos e executar ações muito antes que humanos normais possam percebê-los. Isso permite que Oliver perceba o mundo como se estivesse quase congelado. Ele pode ver e ouvir normalmente, mesmo enquanto se move em velocidades mais rápidas que o som, onde isso normalmente seria impossível.
    • Velocidade sobre-humana: Oliver pode se mover em velocidades vastas. Ele pode atravessar estruturas e tetos verticais e chegar a locais distantes em segundos.
    • Resistência sobre-humana: Oliver pode lidar com o estresse de corridas extremas sem angústia perceptível, deixando-o funcionar por muito mais tempo do que humanos normais sem impedimentos. Sua resistência aumentada se deve à sua fisiologia aumentada, que acumula pouca ou nenhuma toxina de ácido lático ou fadiga.

Habilidades

  • Intelecto de alto nível/Grande perspicácia nos negócios/Grande perspicácia política/Mestre tático/Líder: Oliver era um homem muito perspicaz e metódico, alerta e adaptável à situação. Ele aprendia rápido, tendo adquirido grande conhecimento, senão maestria, em vários campos; isso implica que seus problemas acadêmicos eram devido à falta de motivação ou esforço. Oliver foi altamente tático, tanto na preparação quanto em ação, ele foi capaz de analisar rapidamente a situação e a melhor forma de lidar com ela. Mesmo operando sozinho, Oliver conseguia rastrear seus alvos com eficiência e determinar o melhor curso de ação em várias missões. Oliver era um líder altamente eficaz, tanto como empresário quanto como líder da Equipe Arqueiro. Ele logo foi capaz de motivar e inspirar o povo de Star City, o que mais tarde o ajudou a se tornar prefeito, apesar de não ter formação política. Oliver consegue se lembrar de quase tudo que estuda e lê; depois que ele voltou de Lian Yu, Oliver reconheceu nomes da Lista apenas por ouvi-los em uma conversa. Oliver também era bom em perceber aberturas e fraquezas nos estilos de combate de seus oponentes.
    • Especialista/hacker em computador: Durante o tempo de Oliver na A.R.G.U.S., ele se tornou bastante proficiente em lidar com programas e redes. Ele foi capaz de hackear um sistema para transferir dinheiro de/para contas bancárias, configurar uma rede para monitorar atividades criminosas em Star City, obter informações protegidas e contornar programas de segurança. Oliver também pode substituir ataques básicos em seu sistema na Flecha-Caverna. No entanto, parece que suas habilidades não eram iguais às de Felicity Smoak, já que Oliver costumava pedir ajuda a ela antes mesmo de ela se juntar ao time. No entanto, as habilidades de Oliver melhoraram com o tempo devido ao treinamento de Felicity. Enquanto estava na Prisão de Segurança Máxima de Slabside, ele conseguiu invadir sua rede usando um computador antigo na biblioteca para procurar o perfil de Peter Yorke.
    • Culinária: Enquanto estava preso em Lian Yu, Oliver aprendeu a cozinhar animais para se alimentar. Durante seus cinco meses de aposentadoria em Ivy Town, Oliver se tornou um chef extremamente talentoso, com muitos elogiando suas habilidades culinárias em vários estilos. Os pratos mais aclamados de Oliver incluem seus suflês e frango cordon bleu.
    • Motorista/Piloto especialista: Oliver é capaz de dirigir vários veículos, como carros e motocicletas. Ele usou uma motocicleta para alcançar Winnick Norton enquanto evitava facilmente o trânsito. Oliver também foi ensinado por seu pai a pilotar um avião. Trabalhando junto com Nyssa, ele foi capaz de fazer um pouso forçado com segurança de um avião em queda.
    • Investigador especialista/Forense: Oliver pode determinar muito do que aconteceu em uma área com poucas evidências, procurando informações e seguindo as pistas. Ele era muito preciso com a perícia, era capaz de analisar a cena do crime; por exemplo, Oliver determinou que Floyd Lawton era o atirador que visava os licitantes das Indústrias Unidac depois de analisar uma das balas do atirador e pesquisar o modus operandi. Ao investigar a cena do assassinato de James Holder, Oliver deduziu onde a bala perdida de Lawton havia caído e a estudou minuciosamente.
    • Mestre interrogador/torturador: Durante o tempo de Oliver com A.R.G.U.S., ele se tornou um excelente interrogador e torturador. Ele era capaz de infligir muita dor física a um alvo sem matá-lo e até mesmo usar jogos mentais para piorar o desconforto.
    • Mestre do engano/manipulador: Oliver pode ser muito enganador, efetivamente convencendo todos de que ele não é um vigilante por anos por meio de vários estratagemas cuidadosamente projetados, até mesmo enganando um teste de polígrafo mantendo um batimento cardíaco constante. Oliver até providenciou para que Peter Yorke perdesse seu emprego na Prisão de Segurança Máxima de Slabside esfaqueando-se enquanto fazia parecer que Yorke era o perpetrador. Oliver é hábil em guerra psicológica, usando os planos de seus inimigos contra eles enquanto finge derrota.
    • Conhecimento médico: Oliver poderia cuidar da maioria dos ferimentos em si mesmo ou em outras pessoas; como ferimentos de bala, sabendo muito sobre anatomia humana. Com Yao Fei Gulong, Oliver aprendeu a manipulação de pontos de pressão; ele foi capaz de paralisar um indivíduo em um estado aparentemente morto e desfazê-lo.
    • Meditação: Oliver era hábil em meditação. Ele foi capaz de guiar outras pessoas na recuperação de memórias. Empregando ele mesmo essa habilidade, Oliver poderia resistir a técnicas avançadas de lavagem cerebral por um longo período de tempo.
    • Multilíngue: Oliver era fluente em russo, cantonês, mandarim, japonês, espanhol, tibetano e árabe.
    • Conhecimento do oculto: Oliver ganhou grande conhecimento sobre magia e o mundo sobrenatural. Ele foi capaz de identificar imediatamente os poderes mágicos de Damien Darhk e distingui-los dos poderes meta-humanos.
    • Oliver fabricando suas flechas

      Oliver fabricando suas flechas.

      Engenheiro qualificado/Metalúrgico: Oliver provou ser um engenheiro capaz. Aprendendo com seu pai, Robert Queen, ele conseguiu consertar um rádio quebrado quando nem mesmo Slade conseguiu. Seu tempo na Bratva aumentou suas habilidades construtivas, já que Oliver podia criar dispositivos eletrônicos, explosivos, forjar suas próprias flechas e até mesmo projetar arcos e flechas improvisados usando vários itens de quartos de hotel. Oliver também era capaz de criar joias, projetando um colar de ponta de flecha para Sara Diggle.
  • Vontade indomável/Alta tolerância à dor/Mestre sobrevivente: Uma pessoa motivada e determinada, Oliver era conhecido por continuar lutando até o fim. Ele era bastante resistente à dor e às drogas, permitindo-lhe continuar lutando ou até mesmo sobreviver a situações de quase morte. Depois de ser treinado pela Liga dos Assassinos, a tolerância de Oliver à dor era quase desumana, ele foi capaz de levar uma flecha pelo braço enquanto mal expressava desconforto.[84] Mesmo depois de cair no poço de um elevador, sendo empalado nas costas e inalando gás metano, Oliver permaneceu consciente por tempo suficiente (com uma injeção de adrenalina) para colocar ele e Felicity em segurança.[177] Oliver também demonstrou uma poderosa força mental; depois de ser injetado com a Morte Vermelha, ele foi capaz de dominar a tortura psicológica da droga usando a memória de sua família e amigos.[128] Demorou seis dias de tortura física e mental de Adrian Chase para quebrá-lo (embora isso fosse mais por culpa do que por autopreservação), mas logo depois ele recuperou seu espírito de luta.[123]
  • Intimidação: Ao se tornar um vigilante, Oliver desenvolveu uma presença intimidadora, a ponto de a maioria dos criminosos o temer e ceder informações de bom grado. Oliver foi capaz de ameaçar muitos indivíduos na Lista para corrigir seus erros e abster-se de mais corrupção. Através de sua reputação, Oliver pode manipular as ações de seus alvos. Mesmo depois que sua identidade como Arqueiro Verde foi exposta ao público, Oliver ainda era temido pela maioria de seus inimigos.
  • Mestre combatente corpo-a-corpo/Artista marcial: Oliver era um extraordinário combatente corporal e artista marcial, classificando-se facilmente entre os melhores do multiverso. Suas habilidades continuaram melhorando com o treinamento de vários professores e autotreinamento, capaz de competir, se não superar, os combatentes mais perigosos individualmente; como Slade Wilson, Ra's al Ghul, Damien Darhk, Ricardo Diaz, Vandal Savage e Dante. Ele também foi capaz de derrotar seu sósia da Terra-X, que superou facilmente o esforço combinado de Rene Ramirez, Curtis Holt e Dinah Drake. O estilo de combate de Oliver era extremamente imprevisível, provado ser flexível e preciso em suas manobras, mudando facilmente de tática e padrões de ataque para se adequar à situação para derrubar sistematicamente seus inimigos. De Slade, ele aprendeu; Eskrima, Muay Thai, Krav Maga, Karate, Silat, Boxe, Systema, Jujutsu e Judo. De Tália; aprendeu Taekwondo, Shurikenjutsu, Bōjutsu, Wing Chun, Sambo, Hapkido, Capoeira, Luta profissional, Kickboxing, Kyusho Jutsu e Jeet Kune Do. De Ra's al Ghul; aprendeu Taijutsu, Kenjutsu, Tai Chi, Kung Fu, Wushu, Aikido e Panantukan. Ele também provou ter alta proficiência em golpes de grappling e pontos de pressão.
    • Arqueiro Verde apontando uma flecha

      Arqueiro Verde apontando uma flecha.

      Arquearia: Sua habilidade característica, o domínio de Oliver no arco e flecha durante sua carreira de vigilante tornou-se conhecido por nunca falhar. Ele pode atirar com precisão em alvos de grandes distâncias com um agrupamento tão compacto, pregar várias bolas de tênis quicando em uma parede sem errar em rápida sucessão, atirar em objetos de indivíduos sem prejudicá-los e manter sua precisão em movimento rápido, mesmo enquanto dirige veículos. Oliver também pode antecipar um projétil inimigo para bloquear uma flecha e disparar várias flechas simultaneamente. Ao longo de sua carreira como arqueiro vigilante, ele se tornou conhecido por nunca errar. A proficiência de Oliver com seu arco foi igualmente eficaz em combate corpo a corpo; ele foi capaz de alternar entre luta corpo a corpo e atirar com facilidade.
    • Manuseio de facas: Oliver era extremamente mortal com facas, ele foi capaz de matar um homem com uma única punhalada. Ele foi visto praticando habilmente técnicas de luta com faca Kali com John Diggle[10] e conseguiu segurar Talia na ponta da faca rapidamente, bem como desarmar Diaz com sua própria faca. Oliver era letalmente proficiente com facas em combate de longo alcance e podia utilizar suas flechas como facas improvisadas para incapacitar seu inimigo; ele jogou uma faca de cozinha desequilibrada a 3 metros de distância para desarmar China White de sua adaga enquanto ela tentava esfaquear John.
    • Atirador mestre: Oliver tinha pontaria e habilidade notavelmente precisas com vários tipos diferentes de armas de fogo. Durante seu tempo com A.R.G.U.S., Oliver também se tornou um atirador experiente, ele foi capaz de atirar com precisão em seus alvos em movimento a mais de um quilômetro de distância.
    • Luta com bastão: Após meses de treinamento com Slade, Oliver aprendeu a lutar de frente contra ele usando bastões de eskrima. Essa habilidade permitiu que ele derrotasse Thea, Laurel e John simultaneamente. Ele também emprega seu arco como uma arma contundente improvisada para usar contra seus inimigos.
  • Oliver treinando

    Oliver treinando.

    Pico da condição física humana: Oliver estava em uma forma física excepcional após cinco anos intensos de treinamento de sobrevivência, obtendo um físico bem musculoso e condicionado que ele mantém através de treinamento intenso e extenuante. Ele passou pelo treinamento do Serviço Secreto Australiano de Inteligência e da Liga dos Assassinos, o último dos quais ele passou pelo mais alto nível de treinamento para se tornar o próximo Ra's al Ghul. Oliver era forte o suficiente para incapacitar rapidamente, arremessar no ar ou até mesmo quebrar o pescoço de inimigos muito maiores com facilidade. A durabilidade de Oliver o deixou imperturbável por um taco de sinuca quebrado em seu peito e foi capaz de suportar golpes de inimigos muito mais fortes, como kryptonianos, apesar de sofrer ferimentos internos depois que Overgirl o esmurrou, Oliver conseguiu recuperar a consciência em segundos e se levantar. A resiliência de Oliver permitiu que ele sobrevivesse sendo empalado no peito e jogado de uma montanha por tempo suficiente para receber ajuda médica.
    • Acrobacia/corrida livre: Oliver era muito manobrável e gracioso, ele era capaz de perseguir e ultrapassar inimigos através de vários terrenos sem desperdício de esforço ou tempo, até mesmo escalar prédios e correr de telhado em telhado com facilidade. Na batalha, Oliver provou ser muito ágil e evasivo, ele foi capaz de se esquivar de ataques de várias direções com movimentos coordenados, giros e curvas fechadas sem perder o equilíbrio.
    • Sentidos aguçados: Oliver foi capaz de perceber o perigo antes que qualquer outra pessoa em sua vizinhança o fizesse, mostrando audição e visão visivelmente aguçadas. Suas habilidades agudas de percepção oferecem ajuda em situações prejudiciais. Oliver também foi capaz de antecipar os padrões de ataque de Barry Allen (que se movia a Mach 1 na época) para atacá-lo com sucesso e pegar o próprio ataque do último. Os reflexos e a agilidade de Oliver podiam bloquear ou pegar uma flecha que se aproximava (mesmo por trás) e vencer vários inimigos simultaneamente, até mesmo atacando antes que oponentes armados pudessem atirar nele à queima-roupa.
  • Furtividade/Infiltração/Fuga: Oliver era muito esquivo. Ele podia entrar e sair da maioria dos edifícios guardados silenciosamente e sem ser detectado, seguir seus alvos por longos períodos de tempo sem ser notado e desaparecer rapidamente de vista mesmo em plena luz do dia. Oliver também era hábil em usar pirotecnia para criar várias explosões sutis e cortinas de fumaça para mascarar sua fuga. Como alternativa, ele se destaca em se infiltrar em áreas altamente fortificadas, tendo se infiltrado sem esforço na A.R.G.U.S. e o Solntsevskaya Bratva para se encontrar com suas respectivas cabeças, nunca acionando nenhum alarme em nenhum momento e deixando de ser visto com a mesma perfeição. Oliver também era um mestre da fuga, ele conseguiu se libertar de vários confinamentos; como ter sido capaz de quebrar silenciosamente as algemas enquanto estava amarrado a uma cadeira.

Fraquezas

  • Escuridão interior: Se Oliver tiver mais escuridão do que luz dentro de sua alma, então ele não apenas será incapaz de usar a Luz da Alma, mas também fortalecerá seus inimigos que usam magia negra.

Fraquezas de uma realidade alterada

  • Temperaturas frias: Como a velocidade é produzida pelo acúmulo de calor nos átomos, Oliver é vulnerável a temperaturas extremamente frias. Nessas condições, a velocidade de Oliver será bastante reduzida. Além disso, a exposição direta a esse frio prejudicará temporariamente suas capacidades de cura.
  • Campos de força: Oliver tem uma dificuldade muito maior em passar por campos de força.
  • Absorção de energia cinética: Como as habilidades de Oliver são derivadas do movimento, a remoção da energia cinética que ele acumula o deixará em um estado de paralisia temporária.
  • Tecnologia de amortecimento de poderes: Como a maioria dos poderes meta-humanos, a super-velocidade de Oliver pode ser efetivamente neutralizada pela tecnologia de amortecimento de poderes. Enquanto estava preso no pipeline com Barry, Oliver foi incapaz de vibrar.

Equipamento

  • Traje de Espectro: Após ter se tornado o Espectro, Oliver ganhou um novo traje, que se parece com seu novo traje de Arqueiro Verde, mas com um manto verde por cima de sua cabeça.

Equipamento anterior

  • Traje de Arqueiro Verde: Oliver usou um traje protetor enquanto operava em campo como Arqueiro Verde, para poder esconder sua identidade e proteger seus amigos e família de seus inimigos. O traje foi criado por Cisco Ramon depois que o antigo traje de Oliver foi confiscado e destruído pela polícia.
    • Máscara: O traje de Oliver era acompanhado por uma máscara verde. No entanto, depois que sua identidade se tornou conhecimento público, Oliver parou de usá-la.[154] Apesar disso, depois que Emiko e o Nono Círculo foram derrotados, Oliver voltou a usar a máscara.[158]
    • Flechettes: Oliver carrega pequenos projéteis guardados nas luvas do traje, que equivalem a facas de arremesso.
  • Segundo arco recurvo personalizado: Após a morte de Adrian Chase, Oliver começou a usar um novo arco recurvo prata Hoyt Formula Faktor HP com membros pretos.
  • Aljava: Oliver carrega uma aljava verde nas costas, usada para armazenar suas flechas.
    • Flechas especiais: Oliver usou flechas personalizadas, como flechas incendiárias que explodem em contato. Em algumas ocasiões, ele também é conhecido por usar setas embutidas em dispositivos de gravação e escuta.
      • Flecha de kryptonita: Oliver possui flechas com pontas feitas de Kryptonita Verde, caso uma Supergirl malvada apareça. Não se sabe como ele conseguiu encontrar a kryptonita.
      • Flecha de antimatéria: Em algum momento antes da Crise, Oliver, de alguma forma, adquiriu flechas metafísicas misturadas com antimatéria. Ele o usou pela primeira vez para evitar que o Monitor o teletransportasse para fora da Terra-38, a fim de garantir que a evacuação fosse completa.
  • Trajes de Arqueiro: Oliver usou um traje protetor para esconder sua identidade enquanto operava como o Arqueiro. Barry Allen criou uma máscara de micro-fibra para que precisasse parar de usar tinta para cobrir os olhos. Algum tempo depois, Cisco Ramon criou um novo traje, que era 25% mais leve e podia carregar 15% mais dispositivos.[178]
  • Arco recurvo personalizado: Oliver, como o Arqueiro, usou como sua arma de escolha um arco recurvo personalizado. Ele apresentava membros recurvos padrão e um riser que tinha um invólucro de metal para a mão. Este arco foi dado a ele por Talia al Ghul durante seu tempo na Rússia, um ano antes de ele voltar para casa. Ele foi destruído por Malcolm Merlyn.
  • Ervas de Lian Yu: Oliver trouxe ervas de Lian Yu com ele que poderiam neutralizar a maioria dos tipos de drogas e venenos e até mesmo curar infecções.
  • Equipamento de coleta de sangue: Oliver tinha equipamento de coleta de sangue para emergências médicas.
  • Arco longo de fibra de carbono: Este arco serviu como um reserva de Oliver, depois que seu arco recurvo personalizado foi cortado ao meio por Malcolm. Pertenceu a seu falecido mentor Yao Fei Gulong.
  • Telefone fantasma: Oliver usou este telefone fantasma para ligar para Quentin, do outro telefone fantasma que ele deu a ele anonimamente, sempre que ele precisava de sua ajuda.
  • Filtro de voz: Oliver usou um filtro de voz para disfarçar sua voz em uma natureza profunda e distorcida sempre que ele estava conversando com indivíduos que não sabiam de sua identidade como Arqueiro.
  • Traje da Liga dos Assassinos: Quando foi parte da Liga dos Assassinos, Oliver, como Al Sah-him, usou um traje protetor para esconder sua identidade. Embora não se saiba com quais materiais a roupa foi feita, sabe-se que kevlar foi usado em sua produção.
  • Espada: Quando foi parte da Liga dos Assassinos, Oliver usou uma espada.
  • Arco recurvo Martin: Quando foi parte da Liga dos Assassinos, ele ganhou um novo arco recurvo totalmente preto.
  • Anel da Cabeça do Demônio: Tendo derrotado Ra's al Ghul em combate, Oliver herdou um anel específico que o mestre assassino usava, que simboliza sua posição como a Cabeça do Demônio. Oliver o manteve por tempo suficiente para passar o título de Ra's al Ghul para Malcolm como parte de um acordo por sua ajuda na derrota de Ra's.

Equipamento de uma realidade alterada

  • Traje de Flash: Após ter trocado de vida com Barry, Oliver usou seu traje enquanto operava como o Flash.
  • Anel de Flash: Oliver usava um anel em seu dedo, que armazenava o traje de Flash.

Aparições

Arqueiro

1ª Temporada

2ª Temporada

3ª Temporada

4ª Temporada

5ª Temporada

6ª Temporada

7ª Temporada

8ª Temporada


Blood Rush

  • "Mr. Queen Is Unavailable(mencionado)
  • "Heroic Deeds(mencionado)

Flash

1ª Temporada

2ª Temporada

3ª Temporada

4ª Temporada

5ª Temporada

6ª Temporada

7ª Temporada

8ª Temporada

9ª Temporada


Vixen

1ª Temporada

2ª Temporada

Lendas do Amanhã

1ª Temporada

2ª Temporada

3ª Temporada

4ª Temporada

5ª Temporada


Supergirl

1ª Temporada

3ª Temporada

4ª Temporada

5ª Temporada

6ª Temporada


Batwoman

1ª Temporada

Quadrinhos

Arrow

{{Scroll|

  • "Test Drive"
  • "[[Time's Arrow
  • "Prey"
  • "China White"
  • "Diggle"
  • "Fathoms(mencionado)
  • "Moscow"
  • "Boys Night"
  • "[REC.]"
  • "Falling"
  • "Caged"
  • "Huntress Year One"
  • "Limbo"
  • "Shanghai"
  • "6:15 to Starling City"
  • "Sins of the Father"
  • "Two Minute Warning"
  • "Wintergreen"
  • "Make it Rain"
  • "Detour"
  • "Back from the Deadshot"
  • "Hunters"
  • "Diamond in the Rough"
  • "The Pieces Missing"
  • "Lapse"
  • "Lone Hunter"
  • "Aftermath"
  • "Shado of the Past"
  • "Patient Zero"
  • "No Way Out"
  • "From the Darkness(flashbacks)
  • "Potential(flashbacks)
  • "You Owe Me"
  • "Sacrifices: Part 1"
  • "Sacrifices: Part 2"]]"

Arrow Season 2.5

  • "Return"
  • "Descent"
  • "Acolyte"
  • "Ascension"
  • "Following"
  • "Outnumbered"
  • "Haunted"
  • "Awakenings"
  • "Transitions"
  • "Gone"
  • "Assault"
  • "Assurances"
  • "Choice"
  • "Flames"


The Flash: Season Zero

Arrow: The Dark Archer

  • "Sacrifice(mencionado)

EARTH-PRIME

Galeria

Artes conceituais

Arqueiro

3ª Temporada
4ª Temporada
8ª Temporada


Imagens promocionais

Arqueiro

1ª Temporada
2ª Temporada
3ª Temporada
4ª Temporada
5ª Temporada
6ª Temporada
7ª Temporada
8ª Temporada


Crossovers

Flash vs. Arqueiro
Heroes Join Forces
Invasão!
Crise na Terra-X
Túnel do Tempo
Crise nas Infinitas Terras


Curiosidades

Por de trás das câmeras

  • Nas histórias em quadrinhos da DC Comics, Oliver Queen é o Arqueiro Verde. Ele é um super-herói vigilante que combate o crime usando um arco e flecha e também já foi parte de múltiplas equipes, como a Liga da Justiça. Sua primeira aparição ocorreu em More Fun Comics #73 (setembro de 1941).
    • Oliver mentindo sobre os eventos após o naufrágio do Queen's Gambit é uma reminiscência das múltiplas histórias que a DC Comics inventava para explicar as histórias de origem do Arqueiro Verde após os eventos retcon. Foi estabelecido em Arqueiro Verde: Ano Um que Oliver, de fato, mentiu sobre o naufrágio para não se expor e arriscar revelar sua identidade secreta.
    • O tempo em que Oliver operou como um agente da A.R.G.U.S. é uma referência ao tempo em que, nos quadrinhos, Connor Hawke passou como agente da CIA na China.
  • O traje de Arqueiro de Oliver foi uma skin alternativa do Arqueiro Verde no jogo Injustiça: Deuses Entre Nós.
  • Stephen Amell dublou, em inglês, o Arqueiro Verde no jogo Lego Batman 3: Beyond Gotham. Ele também narrou o DLC de Arqueiro.
  • Esta adaptação de Oliver Queen é bastante semelhante a Bruce Wayne/Batman. Isso é muito diferente da versão dos quadrinhos do personagem, que é mais alegre.
    • A dinâmica que Oliver compartilha com Barry Allen/Flash é semelhante a amizade entre Batman e Superman: um herói com poderes alegre e um vigilante sério que usa dispositivos.
    • Assim como o Batman, Oliver possui flechas de kryptonita para caso um kryptoniano do mal apareça.[137]
    • O relacionamento de Oliver com Ra's al Ghul tem uma forte semelhança com o que o personagem compartilha com Batman nos quadrinhos, com Ra's querendo que Oliver/Batman o suceda em seu mandato como chefe da Liga dos Assassinos e se case com uma de suas filhas.
    • O sentimento recorrente de culpa de Oliver por suas ações é uma reminiscência do sentimento de culpa que domina Batman por deixar alguns de seus companheiros serem mortos em ação por seus vários inimigos.

Referências

  1. 1,0 1,1 1,2 1,3 "Danificado"
  2. 2,0 2,1 "Crise nas Infinitas Terras: Parte Um"
  3. 3,0 3,1 "Crise nas Infinitas Terras: Parte Quatro"
  4. 4,0 4,1 "Musa de Fogo"
  5. 5,0 5,1 "Flash vs. Arqueiro"
  6. 6,0 6,1 6,2 "Identidade"
  7. 7,0 7,1 7,2 "Vingança"
  8. 8,0 8,1 "Vidas Destruídas"
  9. 9,0 9,1 9,2 9,3 9,4 9,5 9,6 9,7 "Piloto"
  10. 10,0 10,1 10,2 10,3 "Fim de Ano"
  11. 11,0 11,1 11,2 "Confie, Mas Verifique"
  12. 12,0 12,1 12,2 "Honra Teu Pai"
  13. 13,0 13,1 13,2 13,3 "O Que Nós Deixamos Pra Trás"
  14. 14,0 14,1 14,2 "Vertigo"
  15. 15,0 15,1 15,2 "Pistoleiro Solitário"
  16. 16,0 16,1 16,2 "A Odisseia"
  17. 17,0 17,1 17,2 "No Flagra"
  18. "Prova Viva"
  19. 19,0 19,1 "Confiança"
  20. 20,0 20,1 "Túnel do Tempo, Parte 2"
  21. 21,0 21,1 "Ponto Fraco"
  22. 22,0 22,1 22,2 "Invasão à Domicílio"
  23. 23,0 23,1 "Além da Redenção"
  24. 24,0 24,1 24,2 "Raiva Incontrolável"
  25. 25,0 25,1 "Lendas de Ontem"
  26. 26,0 26,1 26,2 "O Empreendimento"
  27. 27,0 27,1 "Um Homem Inocente"
  28. 28,0 28,1 "Legados"
  29. 29,0 29,1 "Queimado"
  30. 30,0 30,1 "Esquiva"
  31. 31,0 31,1 "O Retorno da Caçadora"
  32. 32,0 32,1 "Salvação"
  33. 33,0 33,1 "Negócios Inacabados"
  34. 34,0 34,1 "Sacrifício"
  35. 35,0 35,1 "Cidade de Heróis"
  36. 36,0 36,1 "Bonecas Despedaçadas"
  37. 37,0 37,1 "Calvário"
  38. 38,0 38,1 "Ao Lado do Inimigo"
  39. 39,0 39,1 "Estado contra Queen"
  40. 40,0 40,1 "O Cientista"
  41. 41,0 41,1 "Três Fantasmas"
  42. 42,0 42,1 "Raio de Explosão"
  43. 43,0 43,1 "Tremores"
  44. 44,0 44,1 "A Hora da Morte"
  45. 45,0 45,1 "A Promessa"
  46. 46,0 46,1 "Pássaros Feridos"
  47. 47,0 47,1 "Exterminador"
  48. 48,0 48,1 "O Homem Embaixo do Capuz"
  49. 49,0 49,1 "Cidade de Sangue"
  50. 50,0 50,1 50,2 "Ruas de Fogo"
  51. 51,0 51,1 "Impensável"
  52. "Traição"
  53. "Escuridão na Periferia da Cidade"
  54. 54,0 54,1 "O Choro da Canário"
  55. "Liga dos Assassinos"
  56. "Herdeira do Demônio"
  57. "Esquadrão Suicida"
  58. 58,0 58,1 "Prepare o Seu Arco"
  59. "A Calma"
  60. "Piloto"
  61. "Sara"
  62. "Corto Maltese"
  63. "O Mágico"
  64. "A Origem Secreta de Felicity Smoak"
  65. "Culpado"
  66. "Os Ousados e Os Corajosos"
  67. 67,0 67,1 "Invasão!"
  68. "A Escalada"
  69. "Deixado Para Trás"
  70. "Cidade da Meia-noite"
  71. "Rebelião"
  72. "Canários"
  73. "O Retorno"
  74. "Nanda Parbat"
  75. "A Oferta"
  76. "Episódio 1"
  77. "Episódio 4"
  78. "Episódio 6"
  79. "Tendências Suicidas"
  80. "Inimigo Público"
  81. "Dois Arqueiros"
  82. "O Caído"
  83. 83,0 83,1 "Esta é a Sua Espada"
  84. 84,0 84,1 "Al Sah-him"
  85. 85,0 85,1 85,2 "Acerto de Contas"
  86. "Meu Nome é Oliver Queen"
  87. "Arqueiro Verde"
  88. "O Candidato"
  89. "Restauração"
  90. "Assombrada"
  91. "Almas Perdidas"
  92. "Fraternidade"
  93. "Lendas de Hoje"
  94. "Dark Waters"
  95. "Blood Debts"
  96. "A.W.O.L."
  97. "Liberto"
  98. 98,0 98,1 "Pecados do Pai"
  99. "Código de Silêncio"
  100. "Sequestrado"
  101. "Corações Partidos"
  102. "Luz no Fim do Túnel"
  103. 103,0 103,1 "Onze e Cinquenta e Nove"
  104. 104,0 104,1 104,2 104,3 104,4 "Legado"
  105. "Gênesis"
  106. "Perdido no Dilúvio"
  107. "Divisão"
  108. "Sem Tempo"
  109. "Os Recrutas"
  110. "Punição"
  111. "Alvo Humano"
  112. "E Assim Começa"
  113. "Vigilante"
  114. "Invasão!"
  115. "Invasão!"
  116. "Quem é Você?"
  117. "Segundas Chances"
  118. "Bratva"
  119. "Porte de Arma"
  120. "Devorador de Pecados"
  121. "Combatendo Fogo com Fogo"
  122. "Xeque-mate"
  123. 123,0 123,1 "Kapiushon"
  124. "Equipe Desfeita"
  125. "Dangerous Liaisons"
  126. "O Túnel"
  127. "Honre Seus Pais"
  128. 128,0 128,1 "Desaparecidos"
  129. "Lian Yu"
  130. "Tributo"
  131. "Parente Mais Próximo"
  132. "Inversão"
  133. "O Retorno do Exterminador"
  134. "Promessas Mantidas"
  135. "Dia de Ação de Graças"
  136. "Crise na Terra-X, Parte 1"
  137. 137,0 137,1 "Crise na Terra-X, Parte 2"
  138. "Crise na Terra-X, Parte 3"
  139. "Crise na Terra-X, Parte 4"
  140. "Não Corra"
  141. "Diferenças Irreconciliáveis"
  142. "Dividido"
  143. "Nós Caímos"
  144. "Tudo à Toa"
  145. "O Maior Truque do Diabo"
  146. "Sentença de Vida"
  147. "Inmate 4587"
  148. "Os Caçadores de Longbow"
  149. "Cruzando Limites"
  150. "Segundo Nível"
  151. "O Demônio"
  152. "Devido Processo"
  153. "A Redenção de Slabside"
  154. 154,0 154,1 "Sem Máscara"
  155. "Túnel do Tempo, Parte 1"
  156. 156,0 156,1 "Túnel do Tempo, Parte 3"
  157. 157,0 157,1 "Você Salvou Essa Cidade"
  158. 158,0 158,1 "Starling City"
  159. "Bem-Vindo a Hong Kong"
  160. "Salto de Fé"
  161. "Tempo Presente"
  162. "Prochnost"
  163. "Reiniciar"
  164. "Purgatório"
  165. 165,0 165,1 "Crise nas Infinitas Terras: Parte Três"
  166. "Crise nas Infinitas Terras: Parte Dois"
  167. 167,0 167,1 "It's My Party and I'll Die If I Want To"
  168. 168,0 168,1 168,2 168,3 "O Fim"
  169. 169,0 169,1 "Maratona"
  170. 170,0 170,1 "Crise nas Infinitas Terras: Parte Cinco"
  171. "A Armadilha"
  172. "A Morte do Vibro"
  173. "Mundo Clandestino"
  174. "Arqueira Verde & As Canários"
  175. "Morte da Força de Aceleração"
  176. "Armagedom, Parte 3"
  177. "O Túnel"
  178. "Fundamentos"
  179. "Processo Nº 11-19-41-73"
  180. "Túnel do Tempo, Parte 2"
Advertisement