FANDOM



Rao é uma divindade Kryptoniana, simbolizado a luz do sol.

Biogarfia

Kara Danvers menciona Rao durante a cerimônia do funeral de sua tia Astra, e também durante a crise com o Music Meister.[1][2]

Depois do sacrifício de Mon-El, Kara Zor-El focou em seus atos heroicos como Supergirl, se reconectando com sua herança Kryptoniana, já que ela começou a meditar e rezar sobre a fé de Rao. Mas, ela não foi a única afetada por esta religião. Thomas Coville, salvo pela Supergirl no Voo 237, encontrou esperança em sua vida novamente e começou a procurar outros salvos por ela. Usando o conhecimento de uma capsula Kryptoniana encontrada pelo mesmo, Thomas criou o Culto de Rao, espalhando assim sua religião sobre a Terra, embora Kara Zor-El considerou os meios desse culto como errado, sem entender a mensagem que Rao passava, já que Coville idolatrava a Supergirl como uma das entidades. Mesmo assim, ela voltou para a sede do culto, deu um discurso. Em uma noite, no banheiro, Samantha Arias se olhou no espelho e se assustou ao ver seu rosto coberto por estranhos símbolos. Ela começou a ouvir sussurros atrás dela, e quando olhou ficou horrorizada ao ver uma mulher com um manto atrás dela. A mulher disse que Arias foi nascida pelo fogo de Rao.[3]

Personalidade

Rao é visto como um deus benevolente, guiando seus adoradores e dando-lhes esperança. Certas religiões, como o Culto de Rao, consideram os problemas e desafios terrestres parte do teste de Rao que seus escolhidos devem superar. Os misteriosos benfeitores do Culto pretendiam espalhar a ideia de reinar em nome de Rao para Samantha Arias e sua filha, Ruby Arias.[3]

Poderes e habilidades

Poderes

Aparições

Supergirl

1ª Temporada

3ª Temporada


Flash

3ª temporada

Referências

  1. "Verdade, Justiça e o Estilo Americano"
  2. "Dueto"
  3. 3,0 3,1 3,2 3,3 3,4 "Os Fiéis"
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.