Arrowverso Wiki
Advertisement
Ray Palmer
Civil - Átomo

Ray Palmer.png

Informação
Ocupações Pré-Crise
Vigilante (em segredo)
CEO da Tecnologias Palmer (anteriormente)
Homem de negócios (anteriormente)
Filantropo (anteriormente)
Professor (anteriormente; 1958-1960)
Membro da Equipe Arqueiro (em segredo; anteriormente)
Membro das Lendas
Xerife (anteriormente; 1871)
Cavaleiro de Camelot (507)
Funcionário da Upswipz (anteriormente)
Cirurgião (linha do tempo alternativa)
Faxineiro nos Laboratórios S.T.A.R. (realidade alterada; anteriormente)
Assassino (linha do tempo aberrativa)
Pós-Crise
Vigilante (em segredo; anteriormente)
Membro das Lendas (anteriormente)
CEO da Palmer Tech (anteriormente)
Estado atual Vivo
Família David Palmer (pai)
Sandy Palmer (mãe)
Sydney Palmer (irmão)
Nora Darhk (esposa)
Sem nome (prima)
Bryce (futura quarta bisneta)
Universo de origem Terra-1 (pré-Crise)
Terra-Prime (pós-Crise)
Intérprete Brandon Routh
Jack Fisher (jovem)
Voz no Brasil Reginaldo Primo
Alter ego Coronel Frio (brevemente)
Alter ego Átomo
Codinome Sir Raymond de Palms (anteriormente)
Fonte
"Eu sou Ray Palmer. Posso usar ciência pra resolver tudo."
—Ray Palmer[fonte]

Dr. Raymond Carson "Ray" Palmer[1] (nascido em 1981[2]) é um homem de negócios e o antigo CEO da Tecnologias Palmer, conhecido anteriormente como Corporação Queen. Ele é o filho de David e Sandy Palmer e o irmão mais novo de Sydney Palmer, que, em ao menos uma versão do futuro, é considerado como o pai da indústria de robóticas. Ele é o esposo de Nora Darhk, o ex-noivo de Kendra Saunders e da falecida Anna Loring, e o ex-namorado de Felicity Smoak.

Depois de criar um exoesqueleto poderoso, Ray começou a operar como um vigilante na cidade de Starling City conhecido como Átomo. Enquanto testava uma nova função de seu traje, Ray acabou explodindo seu laboratório e encolheu de tamanho, ficando preso em uma forma minúscula incapaz de pedir ajuda. Por conta disso, em seis meses depois, ele foi considerado morto pelo público, e a cidade foi renomeada para "Star City" em sua homenagem. Eventualmente, Ray foi capaz de contatar Felicity, mas acabou sendo capturado por Damien Darhk e a C.O.L.M.É.I.A. por conta de sua tecnologia. Graças aos esforços da Equipe Arqueiro, Ray foi resgatado e começou a ajudá-los em sua luta contra Darhk.

Em 2016, Ray foi recrutado por Rip Hunter, um viajante do tempo, para entrar para as Lendas e ajudá-lo a derrotar Vandal Savage. Depois que seu traje foi destruído durante uma missão no Japão Feudal, Mick Rory entregou a arma de gelo para ele. Ray se apelidou de Coronel Frio, e passou a usar o armamento e óculos de Leonard Snart. Depois de conseguir uma nova estrela-anã, Ray construiu uma nova armadura de Átomo. Ele mais tarde foi nomeado como o Sir Raymond de Palms, Defensor de Camelot pela Rainha Guinevere em 507.

Ray acabou sendo possuído pelo demônio Neron depois de interferir na tentativa de Nora e John Constantine em destruí-lo, e sua alma acabou indo parar no Inferno. Depois que seu acordo com o demônio foi anulado, e sua alma resgatada do submundo, Constantine foi capaz de matar o demônio e Ray recuperou seu corpo. Apesar disso, sua popularidade com o público decaiu, já que eles ainda acreditavam que Ray era Neron.

Depois da Crise nas Terras Infinitas, Ray passou a morar na Terra-Prime e continuou com suas aventuras com as Lendas, dessa vez enfrentando os Encores. Quando Damien foi ressuscitado, ele deu sua bênção para que Ray pudesse se casar com Nora Darhk. Depois da cerimônia, eles deixaram as Lendas para que Nora pudesse se focar em seu trabalho como Fada Madrinha.

Índice

Biografia

Pré-Crise

Vida pregressa

Filho de David e Sandy Palmer, Ray nasceu em 1981 na cidade de Ivy Town. Ele também tem um irmão gêmeo, chamado Sydney. Ray teve uma infância solitária, e geralmente a ignorava lendo diversas coisas das histórias arturianas[3] enquanto se fingia ser "Sir Galahad", e até mesmo nomeou uma pequena barraca que havia montado numa floresta como a legendária Camelot.[1] Depois de assistir Star Wars quando criança, Ray decidiu se tornar um inventor e engenheiro.[4] Geralmente, Ray e Sydney brigavam um com o outro sobre quem iria jogar vídeo games, já que Sydney gostava de jogar Tecmo Bowl enquanto Ray preferia Legend of Zelda.[1]

Encontrando Gumball

Em 1988, Ray, enquanto fugia e procurava algum lugar para se esconder dos valentões que o perseguiam, acabou encontrado um bebê Dominador.[5] Ele acabou se tornando amigo do alienígena e o nomeou de "Gumball". Ray levou o alien para sua casa, onde lhe alimentou com doces e começou a assistir filmes com ele. Porém, a presença do Dominador acabou chamando a atenção de uma organização governamental, que queria capturar Gumball e estudá-lo.

Linha do tempo original: Ray tentou libertar seu amigo da organização, mas os agentes atiraram contra ele antes que pudesse escapar. O corpo de Ray foi encontrado pelas autoridades na floresta alguns dias depois, mas seu corpo estava tão machucado que foi preciso ser realizado uma identificação dentária. Um artigo escrito sobre o ocorrido acabou sendo publicado mais tarde pelo Ivy Town Times, apesar da família de Ray estar muito abalada para comentar sobre. A escola de Ray começou a trabalhar um "Jardim Memorial Ray Palmer", onde plantariam as comidas favoritas de Ray.

Ray Palmer criança se despedindo de Gumball.

Linha do tempo atual: A morte de Ray acabou afetando profundamente a linha do tempo, o que acabou chamando a atenção das Lendas, equipe no qual o Ray adulto fazia parte. Eles viajaram até 1988, um dia antes do ocorrido, e tentaram descobrir o motivo da morte de Palmer. Depois que Gumball, assim como Ray e Zari Tomaz, foi capturado pela organização, Ray tentou fugir com seu amigo alienígena. Antes que pudesse passar pela porta, ele foi salvo por Zari e o Átomo, salvando a vida da criança. Depois de fugirem, eles reuniram Gumball com sua mãe, e apesar de se sentir triste, permitiu que ele fosse embora. Ao voltar para casa, Zari garantiu a ele de que havia feito a coisa certa, e que ele iria encontrar pessoas com o qual se encaixava. Mais tarde, Ray criança se fantasiou de Átomo e foi pedir gostosuras ou travessuras com as Lendas.[1]

Vida adulta

Quando estudou na universidade, Ray foi um aluno do Professor Martin Stein em sua aula de "teoria quântica". Apesar de ser um dos melhores alunos da turma, Stein não se lembrou de Ray quando se reencontrou com ele anos mais tarde.[6]

Ray Palmer junto de sua noiva, Anna Loring.

Em algum momento antes da primavera de 2014, Ray se tornou o noivo de Anna Loring. Enquanto estavam em Starling City naquele mesmo ano, ambos acabaram sendo pegos pelo fogo-cruzado do ataque de Slade Wilson na cidade. Ray tentou lutar contra os soldados de Slade, mas foi facilmente subjugado, o que acabou resultando na morte de Anna. Despedaçado por sua perda, Ray prometeu a si mesmo que nunca mais iria perder alguém que amava, e iria encontrar uma forma de salvar sua cidade caso tivesse que enfrentar outro perigo.[7]

Comprando a Corporação Queen

Ray Palmer conhecendo Felicity Smoak.

Em 2014, Ray visitou a Tech Village em Starling City e conheceu Felicity Smoak. Ele ficou curioso do porque uma mulher tão inteligente trabalharia lá, e até mesmo deu uma dica de que conhecia alguém que procurava contratar alguém com seu intelecto brilhante. Depois que ela dispensou a proposta, ele quis informações a respeito de um comunicador de frequência via satélite, o que ela disse que não sabia sobre o que estava dizendo. Depois que ele demonstrou conhecimento tecnológico, Felicity sugeriu que usasse o modelo TX50, além de um programa de administração. Após isso, Ray usou o comunicador de frequência via satélite para hackear os servidores da Corporação Queen e encontrar dados brutos sobre o desempenho da empresa.

Ray se apresentando para a Corporação Queen.

Algum tempo, Ray visitou a Corporação Queen para fazer um lance pela companhia. Ele se apresentou a Oliver Queen e depois re-cumprimentou Felicity, e então foi até a sala de conferência, onde se desculpou por ter se atrasado. Ele mencionou que havia pego um helicóptero e o pousou no telhado. Depois de um discurso de Oliver, Ray se levantou e deu seu lance. Ele notou que um dos membros do conselho usava seu smartwatch, algo que ele era muito orgulhoso por ter inventado. Em seguida, Ray começou a falar sobre os números de desempenho da Corporação Queen, e os mostrou na tela, observando que os números (que ele havia recuperado anteriormente com a ajuda do comunicador de frequência por satélite) não eram grandes o suficiente para Wall Street. Ele notou, no entanto, que as baixas porcentagens não eram culpa de Oliver, mas da cidade como um todo. Ray continuou descrevendo suas esperanças de que, quando a corporação ressurgisse "ressurgisse das cinzas", levaria a cidade com ele, chamando essa nova versão da cidade de "Star City". O conselho elegeu Ray como o novo CEO e ele planejava mudar a marca da empresa para "Tecnologias Palmer".[8]

Alguns dias depois, Ray comprou a empresa que tinha as lojas da Tech Village como propriedade. Quando Felicity descobriu isso, Ray tentou contratá-la para a Tecnologias Palmer, mas ela acabou recusando a oferta. Ray percebeu que Felicity não estava zangada com ele, mas sim com algo que aconteceu, e tentou garantir a ela que as coisas melhorariam. Em sua promessa de Star City, Ray anunciou que daria metade de seu patrimônio líquido para o benefício de Starling City para se tornar Star City. O evento beneficente logo foi destruído por Simon Lacroix, embora Ray tenha saído ileso. Ray ficou surpreso mais tarde quando Felicity decidiu aceitar sua oferta de emprego.[9]

Se tornando o Átomo

Mais tarde, Ray contratou Gerry Conway como o assistente executivo de Felicity, a quem ele promoveu para a nova vice-presidente da Tecnologias Palmer, e transformou o escritório do antigo CEO para o dela. Ray pediu para que Felicity conseguisse os dados de um servidor que havia sido destruído pelo antigo CEO, dizendo que isso era necessário para reconstruir a Corporação Queen, assim como a cidade. Depois que ela recuperou os dados, ela perguntou se poderia tirar alguns dias de folgas para visitar um antigo amigo, que havia acordado de um coma recentemente. Ray permitiu isso, e depois que ela foi embora, começou a olhar as plantas do Exoesqueleto A.T.O.M..[10]

Ray estava visitando Felicity pela manhã em sua casa quando ela perguntou o que a empresa deles não estava usando. O homem iniciou o tópico sobre cogeração e fez alguns cálculos preliminares. Em vez de vender energia para a cidade, ele queria distribuí-la gratuitamente. A conversa foi interrompida pela campainha e a visitante era a mãe de Felicity. Palmer ficou surpreso com a diferença de personalidade entre as mulheres quando de repente ela o notou. A princípio ela pensou que ele estava ficando com sua filha, mas quando ela descobriu quem era o homem, ela o vinculou ao SmartWatch que ela havia comprado. Ray a apresentou ao protótipo do último modelo e o devolveu. Ele decidiu deixar as duas mulheres e saiu de casa.

Algum tempo depois, Ray encontrou Felicity chorando em seu escritório. Ele disse que enquanto realizava o plano para a transformação da cidade, ele não tinha pensado nos ataques de cyber-terroristas, que agora estavam ameaçando Starling City. Ele perguntou se ela gostaria de sair para beber lago, mas Donna apareceu no escritório. Nervosa, a mulher começou a gritar com sua filha, então Felicity pediu para que Ray saísse por um momento. No dia seguinte, Ray visitou o escritório de Felicity novamente, com quem queria conversar sobre a cogeração. Porém, ele notou que ela estava se abraçando com sua mãe, percebendo que as duas haviam se entendido. Felicity, que queria ficar na companhia de sua mãe antes que ela fosse embora, pediu por alguns dias de folgas, afirmando estar doente.[11]

Mais tarde, Ray adquiriu os direitos de uma mina onde pensou que encontraria uma liga de estrela anã e reagiu chamando esquemas para um projeto em que estava trabalhando, o Exoesqueleto A.T.O.M.. Ele beijou Felicity, o que o deixou confuso e saiu rapidamente.[12]

Ray visitou o refeitório de sua empresa e ficou surpreso ao começar a contar a Felicity sobre isso. A mulher explicou que se alimentava lá todos os dias como o restante da equipe, mas depois quis sair do escritório, acreditando que tinha uma reunião. Palmer percebeu o comportamento estranho de sua amiga e se lembrou do último beijo. Ele percebeu que Smoak estava com raiva porque ele fugiu nervoso logo depois dele. Ele queria explicar tudo para ela, mas ela não o deixou porque queria que os dois se esquecessem disso.

Ray mostrando o Exoesqueleto A.T.O.M. para Felicity.

Algum tempo depois, Ray localizou o telefone da garota no Verdant Club e ligou para ela. Quando a mulher foi até ele, Palmer disse que não se arrependeu do beijo, mas se sentia culpado. Ele contou a história sobre sua ex-noiva - Anna, que morreu durante a noite do cerco, dizendo que se culpava pela morte dela o tempo todo, já que ele falhou em protegê-la e, portanto, tentou não se vincular a outras mulheres. Depois dessa conversa, Felicity decidiu voltar ao escritório para encontrar Ray sentado sobre o microscópio. A mulher começou a perguntar a ele o que exatamente ele estava fazendo com a empresa, então Palmer decidiu mostrar a ela. Ele encurtou a explicação sobre seu projeto clandestino de miniaturização do equipamento militar do Departamento de Ciências Aplicadas e mostrou o exoesqueleto de Tecnologia Automática de Operações Mecânicas, graças ao qual o homem poderia ajudar muita gente, mas precisa da ajuda de um amigo.[7]

Em 19 de dezembro de 2014, Ray Palmer foi atacado pela Pilgrim, mas foi salvo por Rip Hunter e o Nuclear.[13]

Ray realizou o teste Alfa 37 em seu escritório, mas falhou. Felicity entrou na sala, e zombou dos alvos que Ray estava usando, o que era alguns palhaços. Ela tentou convencê-lo a não prosseguir com isso, insistindo que a armadura lhe protegeria apenas de forma temporária, e ele poderia morrer em campo. Ray mencionou que o Arqueiro, que não usa uma armadura, ainda estava vivo, mas Felicity ainda era incerta sobre isso. Para encerrar o assunto, Ray pediu para que ela consertasse o chip de uma das luvas. Naquela tarde, Ray visitou-a em seu escritório, onde percebeu que estava chorando. Ele perguntou sobre o chip, mas Felicity revelou que não tinha como consertá-lo. Ela então mencionou Anna, e como o exoesqueleto não iria trazê-la de volta, porque quando perdemos alguém, tal pessoa se vai para sempre. Ray notou o comportamento de sua amiga e ficou triste com isto, dizendo que ela não tinha direito de dizer o que sua ex-noiva iria gostar. No dia seguinte, Felicity se desculpou e disse que não poderia ajudá-lo. Ela entregou o chip e saiu da sala, deixando Palmer para trás.[14]

Ray encontrou uma Felicity pensativa no escritório naquela manhã, que havia informado o homem que a reunião só aconteceria dentro de três horas. Palmer disse que pediu ao prefeito para transferi-los por causa de um assassino que estava vagando pela cidade. A discussão voltou ao assunto do exotraje sobre o qual a mulher não queria ouvir e/ou falar. Decidindo que não o ajudaria na missão suicida, ela saiu. Algum tempo depois, Ray e Felicity entraram no prédio onde a reunião estava sendo realizada. Apesar de estar atrasado logo após entrar na sala, Palmer declarou que poderia fornecer ajuda financeira. Mesmo assim, ele sabia que o desenvolvimento levaria algum tempo e se ofereceu para chamar uma guarda nacional. De repente, o vidro quebrou e uma bomba de fumaça voou por ele. Logo depois disso, Brick apareceu com seus capangas, a quem ordenou que levassem o prefeito e os vereadores, e ordenou que matassem os demais. Ray tentou proteger Felicity a todo custo e se lançou sobre o bandido que ele dominou.

À noite, no escritório da Tecnologias Palmer, Felicity estava cuidando de uma amiga. Ele disse que agora tinha o objetivo de proteger seus entes queridos, especialmente ela. Algum tempo depois, todos ouviram o recado do criminoso que solicitava uma reunião. No local designado, Cegła começou a se exibir, pois a polícia não poderia atacá-lo por causa dos reféns que ele mantinha. O homem zombou de Ray, que em sua opinião só tem dinheiro que não vai resolver esse problema. Ele ordenou que todos os funcionários municipais deixassem a cidade em 24 horas e depois foi embora. Na manhã seguinte, Felicity interrompeu a reunião de Palmer e pediu que pegasse o helicóptero emprestado. Quando ela voltou, Ray deu a sua amiga o nanochip que ela consertou. Ele ficou surpreso que ela o ajudou em sua missão suicida, mas a mulher decidiu que, com a ajuda dela, havia uma grande probabilidade de que ela não morresse.[15]

Ray não tinha aparecido para trabalhar, o que deixou Felicity preocupada. Ray foi encontrado por ela trabalhando em seu exoesqueleto. Antes que Ray pudesse completar seu traje, Felicity negou e pediu que ele fosse tomar banho, comer e tirar uma soneca de pelo menos cinco horas, com o que Ray concordou. Depois do banho, Ray beijou-se com Felicity, e os dois fizeram sexo depois. Ray saiu furtivamente da cama, completou seu exoesqueleto e fez um test drive com a roupa.[16]

Conflito com Oliver Queen

Enquanto trabalhava no exoesqueleto em seu apartamento, Ray abriu a porta e viu Felicity, que estava zangada e o informou sobre as quedas nas ações da empresa na semana que ele esteve ausente, fazendo o homem perceber que tinha ficado sem trabalhar em sua própria empresa por uma semana inteira. Ray começou a explicar que estava trabalhando na luva, que não queria funcionar com o capacete. De repente, Felicity gritou para que ele parasse, pois Ray usaria seu ionizador sônico em um circuito de quatro pistas, o que acabaria fazendo o prédio explodir. Ray anunciou que não iria parar até que sua roupa seja bem feito, o que fez Felicity deixar o apartamento. Algum tempo depois, a mulher desconectou o desconectou do servidor e deu a ele duas soluções; O primeiro é uma tentativa de seis horas para quebrar a senha, enquanto o segundo é para comer, se lavar e dormir, e apenas depois disso que ele receberia a senha. Após o jantar e um banho, Palmer agradeceu por entregar a senha. Ray disse que quando estava com Felicity, ele não pensava em trabalho. Ela o beijou, fazendo com que eles acabassem na cama juntos. Algum tempo depois, Ray acordou e percebeu uma solução. Ele conseguiu completar o exotraje, então o vestiu e subiu no telhado do prédio, onde faz sua primeira tentativa de voo bem-sucedida.[17]

Ray casando John Diggle e Lyla Michaels.

Felicity levou Ray como seu acompanhante no casamento de John Diggle e Lyla Michaels. Depois que um padre não foi capaz de comparecer à cerimônia, Ray revelou que era um ministro licenciado, e então foi capaz de oficializar o casamento do casal. Depois que, aparentemente, o Arqueiro voltou a matar os criminosos, Ray apoiou a apreensão do vigilante em uma coletiva. Enquanto voava pela cidade uma noite, Ray viu o Arqueiro em um prédio próximo de corpos no chão. Ele usou o reconhecimento facial de sua armadura, e descobriu que Oliver Queen é o Arqueiro. Ao voltar para seu escritório na Tecnologias Palmer, Ray revelou para Felicity o que descobriu, e percebeu todas as mentiras que ela lhe contou o tempo todo. Lá, Felicity tentou explicar que Oliver estava sendo culpado e estava atrás do verdadeiro assassino, mas Ray não acreditou nela, dizendo que Felicity deixava que seus sentimentos por Oliver atrapalhar seu julgamento. Ele tentou mostrar suas provas para Laurel Lance, que era da promotoria, mas Laurel disse que seu testemunhamento e evidências não iriam ajudá-lo. Depois de analisar o pulso machucado da mulher, Ray rapidamente percebeu que Laurel era a Canário Negro. Percebendo que ninguém iria ajudá-lo, Ray decidiu fazer as coisas com suas próprias mãos.

Átomo confrontando Arqueiro e Arsenal.

Enquanto trabalhava em seu escritório na Tecnologias Palmer, Ray foi visitado por Oliver. Os dois começaram a conversar sobre o imitador que estava matando as pessoas, mas Ray ainda tinha certeza de que Oliver era o verdadeiro culpado, apesar do homem negar as afirmações. Oliver afirmou que Felicity estava correta, mas Ray negou, dizendo que seus sentimentos atrapalhava seu intelecto. Antes de sair, Oliver disse que Ray não tinha noção da ameaça que estava na cidade, mas ele afirmou, dizendo que iria detê-lo. Mais tarde, Ray fingiu uma chamada de emergência para atrair a atenção do Arqueiro e do Arsenal. O Átomo se encontrou com os vigilantes e começou a atacá-los, sendo capaz de derrubar Arsenal e nocauteá-lo com seu disparo. O Arqueiro tentou disparar uma flecha contra a armadura, mas ela apenas ricocheteou na roupa. Ray derrubou Oliver voando próximo dele, fazendo o vigilante cair no chão, além de desarmá-lo de seu arco. O Átomo se preparou para dar um último golpe, mas Oliver percebeu uma falha no exoesqueleto e usou uma pequena flechette, fazendo com que a armadura parasse de funcionar. O Arqueiro se levantou e chutou Ray no chão, apontando uma flecha para sua cabeça enquanto ele retirava seu capacete. Porém, o Arqueiro disse que não era a pessoa que Ray acreditava ser e decidiu poupá-lo, afirmando que ele tinha que se provar para Felicity confiando nela.

Mais tarde, Ray se encontrou com Felicity e se desculpou com ela, dizendo que ainda gostaria de trabalhar ao seu lado. Os dois então se beijaram. Durante um encontro com a prefeita Celia Castle e o Capitão Quentin Lance, Ray conversou com Laurel, dizendo que havia mudado de ideia e concordou que o Arqueiro estava sendo culpado. Então, os dois assistiram Celia ser morta pelo falso Arqueiro.[18]

Ray salvou Felicity de ser atingida por uma flecha, mas ele acabou sendo atingido. Ele foi levado para o hospital, onde estava em condição crítica. Os médicos foram capazes de remover a flecha, mas um deles explicou que havia um coágulo de sangue em seu cérebro, dizendo que Ray poderia durante a cirurgia para remover o coágulo ou caso isso se mexesse. Ray então pediu a Felicity para recuperar sua nanotecnologia, para que isso possa destruir completamente o coágulo. Ela o faz e injetou a nanotecnologia nele. Ray começou a morrer de efeitos colaterais, mas os efeitos colaterais pararam. Os médicos então descobriram em uma ressonância magnética do cérebro de Ray que o coágulo desapareceu. Ray, totalmente recuperado, agradeceu Felicity por salvar sua vida e disse que a ama.[19]

Ray e Cisco conversando sobre o Exoesqueleto A.T.O.M..

Afim de aprimorar seu exoesqueleto A.T.O.M., Ray e Felicity viajaram até Central City para pedir a ajuda dos Laboratórios S.T.A.R.. Ao chegar na cidade, Ray se apresentou para a Equipe Flash e conheceu Barry Allen. Enquanto melhorava sua armadura, Ray acabou desenvolvendo uma amizade com Cisco Ramon, a quem compartilhavam o mesmo senso de humor, intelecto e amor pela ciência. Ao ver Eddie Thawne entrar em conflito com seu relacionamento com Iris West enquanto mantinha o segredo de Barry, Felicity sugeriu que todos jantassem juntos. À noite, Ray comprou um restaurante para que pudessem ter privacidade durante o jantar, mas a noite acabou se tornando um horror. Quando a cientista Brie Larvan atacou a Dra. Tina McGee, Ray se vestiu como o Átomo e ajudou a salvá-la redirecionando as abelhas robóticas de Larvan para o oceano, e acabou caindo na van de Cisco e Caitlin Snow quando a energia de sua armadura acabou. Antes de saírem da cidade, Ray recebeu uma abelha robótica de Brie para estudar.[20]

Ao voltar para Starling City, Oliver, relutantemente, pediu a ajuda de Ray para capturar um meta-humano chamado Jake Simmons. Felicity e Oliver decidiram incluí-lo na Equipe Arqueiro para a missão. Em seu primeiro encontro com o homem, Ray atirou contra Jake, mas descobriu que o homem absorvia disparos elétricos, o que o fez perder o combate. Ao voltarem, Ray foi criticado por Oliver e seus amigos por não levar a missão a sério. Mais tarde, quando Jake sequestrou Felicity, Ray voou até o local e usou uma conexão remota para que Oliver controlasse seu traje, combinando sua tecnologia com a experiência e treinamento dele. Apesar de conseguirem inicialmente, Simmons percebeu o que estava acontecendo e destruiu a conexão, deixando Ray em apuros. Quando Jake estava prestes a matá-lo, Ray, com o encorajamento de Oliver, foi capaz de derrotá-lo, e em seguida o nocauteou. Depois disso, Ray esteve na despedida de Roy, que estava deixando a cidade.

Mais tarde, Ray levou Simmons para Central City, onde colocou Simmons no pipeline dos Laboratórios S.T.A.R. com Cisco. Porém, ele notificou Ray que Simmons estava em Opal City na noite da explosão do acelerador de partículas, fazendo com que ambos se questionassem como Simmons ganhou seus poderes. Enquanto trabalhava na armadura em seu escritório, Felicity entrou na sala, aparentemente triste, o que o deixou preocupado. Ela pediu para que pudesse usar o jato privado para ela e Oliver. Quando tentou explicar os motivos, Ray comentou sobre como a viu com Oliver antes de Roy deixar a cidade. Ele continuou, afirmando que ela não declarou seu amor por ele porque ainda sentia algo por Oliver. Felicity admitiu que ele estava certo e se desculpou. O casal acabou se separando, mas Ray permitiu que Felicity e Oliver usasse seu jato particular.[21]

Enquanto vestia seu traje, Felicity apareceu e os dois se reconciliaram, dizendo que ainda continuaram amigos e que sempre iria ajudar uns aos outros. Ray pediu para que Felicity assinasse alguns papéis, revelando que havia transferido a Tecnologias Palmer de seu nome para o dela. Ele mais tarde ajudou a Equipe Arqueiro em Nanda Parbat, depois que Felicity falhou em impedir que o avião decolasse. O Átomo interceptou a aeronave e a atacou com um disparo de energia. Depois de ser atingido por um míssil, ele decidiu voar por entre o avião. Ambos acabaram caindo no chão, e ele foi levado prisoneiro junto com o restante da Equipe Arqueiro, e depois exposto ao vírus alfa-ômega.[22]

Enquanto testava uma nova habilidade de seu exoesqueleto, o escritório de Ray acabou explodindo. Enquanto o público em geral acreditava que ele havia morrido, Ray de fato sobreviveu.

Porém, Ray e a Equipe Arqueiro foram capazes de sobreviver depois de terem sido expostos ao vírus, já que Malcolm Merlyn havia imunizado a todos secretamente. O Flash apareceu e resgatou os heróis da Liga dos Assassinos, e então Ray e eles voltaram para Starling City. Mais tarde, Ray e Felicity foram capazes de salvar a cidade contaminando o vírus que Ra's al Ghul pretendia lançar. Quando Oliver e Felicity decidiram sair da cidade, a mulher disse que esperava que Ray encontrasse um novo VP, e que gostaria que ele fosse feliz. Na manhã seguinte, Ray implantou a nanotecnologia em sua armadura enquanto testava uma nova descoberta em seu exoesqueleto, que o permitia encolher a si mesmo e outros objetos. Porém, durante isso, seu escritório acabou explodindo, presumivelmente matando Ray.[23]

No entanto, Ray acabou sobrevivendo a explosão, apesar de ter sido encolhido no tamanho de um átomo.[24] Depois da explosão, Ray acabou sendo enviado a um canteiro de obras, onde começou a ser perseguido por baratas.[25] Ele acabou sendo capturado pro Damien Darhk, o líder da C.O.L.M.É.I.A.. Ray enviou diversos pedidos de socorro para Felicity, dizendo que estava vivo e precisava de ajuda, mas ela nunca chegou a escutá-los.[24] Após o incidente da explosão, Starling City foi renomeada para "Star City" em homenagem a Ray.[2]

Capturado pela C.O.L.M.É.I.A.

Ray Palmer é resgatado pela Equipe Arqueiro.

Seis meses depois, Felicity foi capaz de decodificar uma das mensagens de Ray e acabou entrando em contato com ele, que explicou para a mulher que havia sido capturado. Foi revelado que seu sequestrador era Damien Darhk, o líder da organização C.O.L.M.É.I.A., e quem também tinha gravado todas as suas conversas com Felicity e começou a usá-las como influência. Damein queria usar o exoesqueleto A.T.O.M., mas não podia fazer isso por causa da roupa estar encolhida. Ray passou uma lista de itens para Felicity reunir, para que ela pudesse construir uma máquina que iria restaurar seu tamanho normal. Mais tarde, a Equipe Arqueiro, com a ajuda de Curtis Holt, foi capaz de invadir a instalação da organização terrorista e salvar Ray, restaurando-o ao seu tamanho natural, ao que ele comentou alegremente de que não estava morto. Ao voltar ao bunker, Ray descreveu como era ser encolhido e descobriu quem era Darhk. Ray explicou para Felicity que ela estava no controle da Tecnologias Palmer até que decidisse se revelar ao público.[25]

Alguns dias depois, Felicity pediu a ajuda de Ray para estudar o DNA de um fantasma da C.O.L.M.É.I.A., que estava faltando metade de seus marcadores genéticos, para, com sorte, rastrear a base de operações da organização. Enquanto eles trabalhavam, Felicity se perguntava por que Ray não se declarava vivo, mas ele evitou o assunto. Mais tarde, quando questionado novamente, Ray admitiu que, apesar da cidade ter sido renomeada em sua homenagem, ele se sentiu envergonhado de quão pouco sua vida havia alcançado quando o mundo acreditava que ele estava morto. Com a cidade ainda cheia de corrupção e a Palmer Tecnologias lutando para se recuperar da falência, Ray decidiu que precisava encontrar um novo propósito para sua vida. Mais tarde, após analisar o dente do Fantasma, Ray percebeu que a C.O.L.M.É.I.A. estava na Wolfman Biologics. Enquanto a Equipe Arqueiro se infiltrava na base para localizar o irmão de John, Andy Diggle, o Átomo chegou a tempo de ajudar o Arqueiro Verde e a Canário Negro.[26]

Protegendo a linha do tempo

Durante uma missão para proteger o Rei da França em 1637, Ray encolheu de tamanho e começou a monitorar o Rei Luís XIII. Depois de salvá-lo, Gideon detectou um terremoto temporal na Cidade de Nova York em 1942, e então as Lendas foram até lá para descobrir o motivo da aberração, e descobriram que a cidade havia sido dizimada pelos Nazistas. Ray encontrou Sara na biblioteca e ofereceu sua ajuda para lidar com a morte de Laurel. Ray e Martin começaram a olhar a linha do tempo, e descobriram que as Forças Aliadas ainda venceram a guerra, mas a batalha durou dois anos a mais que originalmente, o que resultou na morte de milhões de pessoas. Eles viram que o ataque ocorreu do depois do desaparecimento de Albert Einstein, e teorizaram que ambos eventos estavam conectados. As Lendas decidiram encontrar Einstein antes que os nazistas o forçasse a construir uma bomba atômica.

Eles chegaram e Nova York, e Ray seguiu Sara quando ela avistou Damien Darhk. Ele explicou que entendia seus motivos de querer matá-lo, mas pediu para que ela se segurasse depois de perceber que Darhk estava se encontrando com Nazistas, que estavam lhe dando urânio para a bomba atômica. Mais tarde, Ray revelou a "missão secundária" de Sara para o restante da equipe. Sara ficou zangada com isso, afirmando para Ray que ele era apenas um "cara rico" sem seu traje. Ray ignorou a ofensa, e disse para as Lendas que seu traje poderia localizar assinaturas do urânio que Darhk tinha em posse. Eles localizaram o homem e iniciaram uma batalha contra ele e seus aliados nazistas. Depois de resgatarem Mileva Maric, Ray tentou neutralizar a bomba com seu traje, mas isso não funcionou então eles foram embora. Depois de deixar os Einsteins com as autoridades, a equipe voltou para a Waverider e foram para debaixo d'água para encontrar o submarino nazista antes que eles explodissem a cidade. Apesar de uma dificuldade, Ray conseguiu usar o armamento da nave para derrubar o submarino. Porém, eles conseguiram lançar a bomba em um torpedo, e Rip decidiu usar a Waverider para interceptar o ataque. Para proteger a equipe, ele ativou um protocolo que enviou os membros das Lendas para múltiplos períodos do tempo.[27]

Ray se defendendo de uma dinossauro.

Por conta da medida protetora de Rip, Ray acabou indo parar a 70 milhões A.C. no passado.[27] Ele passou seis meses na era pré-histórica, onde também fez uma rivalidade com uma T-Rex mulher, animal a qual ele apelidou de "Gertrude", depois de roubar um de seus ovos para poder se alimentar.[28] Um dia, enquanto era perseguido por "Gertrude", Ray estava prestes a se defender com uma lança quando Nate Heywood e Mick apareceram para resgatá-lo. Depois disso, eles voltaram para a Waverider e continuaram a voltar no tempo procurando pelo resto da equipe. Depois que as Lendas foram reunidas na nave, Gideon tocou a última mensagem de Rip para eles. As Lendas então voltaram à 1942 para garantir que os Einsteins não fossem colocados em perigo novamente. Enquanto lá, Sara se desculpou com Ray por suas palavras. Ele a perdoou, e garantiu para sua amiga que eles trariam justiça para Laurel. Quando a equipe começou a voltar para a Waverider, eles foram confrontados pela Sociedade da Justiça da América.[27]

As Lendas conversando com a SJA.

As Lendas tentaram explicar sua missão para a equipe de super-heróis, mas a SJA não se convenceu disto e uma batalha se iniciou, no qual a Sociedade da Justiça foi capaz de derrotar as Lendas com facilidade. Depois do embate, os viajantes do tempo foram aprisionados em uma cela na base de operações da SJA. Presos, a SJA começou a questionar as Lendas sobre seus motivos de estarem lá. Depois que Nate revelou ser parente de Henry Heywood/Comandante Gládio, as Lendas foram libertadas, e então a SJA mandou que eles fossem embora de 1942. Porém, ao voltarem para a Waverider, as Lendas descobriram que alguém da SJA iria morrer, e então decidiram ficar em 1942 para ajudá-los.

Ray e Amaya capturados.

As Lendas se infiltraram em uma boate comandada pelos nazistas. Lá, ele começou a dançar com Amaya Jiwe/Vixen e explicou o motivo de terem ficado naquele ano. Porém, sua dança foi interrompida por um nazista, que mandou Ray fazer uma saudação a Adolf Hitler. Ray tentou fazer isso, mas eventualmente se negou e socou o homem, fazendo uma luta se iniciar. A SJA chegou instantes depois, e a Stargirl nocauteou o nazista com seu cajado. Na Waverider, a SJA concordou em trabalhar com as Lendas para impedir o plano do Barão Krieger e recuperar o Amuleto Askaran. Lá, Amaya, que estava irritada por Ray ter estragado seu disfarce, disse que ele não era um herói de verdade. Ray e Amaya foram atrás de Krieger, mas o homem usou uma amostra do soro de Eobard e se transformou em um monstro, e foi capaz de derrotar ambos heróis e prendê-los em uma prisão. Enquanto Amaya estava pronta para aceitar a morte, Ray não queria desistir e convenceu Krieger a lhe permitir recriar o super-soro. Ray aproveitou a oportunidade e nocauteou os guardas usando um microscópio. Ele então pegou seu traje e se reencontrou com o restante da equipe. Depois que Nate foi ferido, Ray usou o soro recriado (que iria lhe dar super poderes) para poder salvar a vida de Nate. Depois da missão, Amaya se desculpou e admitiu que Ray era um herói de verdade.[29]

Perdendo o exoesqueleto A.T.O.M.

Ray sendo ameaçado por samurais.

Enquanto conversavam sobre a condição de Nate, Ray e Stein perceberam que ele estava estável. De repente, os dois acabaram sendo nocauteados por Amaya, que havia se infiltrado na Waverider para matar Rory (depois de encontrar Rex Tyler morto, cuja últimas palavras foram "viajante do tempo"). Depois que Nate acordou e descobriu que tinha poderes, sendo capaz de transformar seu corpo em aço, Sara encarregou Ray de ajudá-lo a dominar essa habilidade. Porém, durante o treinamento na área de carga, os dois perceberam que Nate não conseguia ativar seus poderes a comando. Acreditando que ele precisava de um estímulo, Ray atirou contra ele. Porém, isso acabou fazendo com que a porta fosse danificado, sugando ambos homens para a zona temporal e prendendo-os no Japão Feudal. Ray foi capturado por samurais e levado para o Shogun Tokugawa Iemitsu. Ele confiscou a armadura de Ray e o aprisionou.

Aprisionado, Ray começou a ser torturado pelos samurais para descobrir mais sobre sua armadura. Eventualmente, ele foi resgatado por Sara, Amaya e Mick. Quando ele tentou voltar para seu traje, Ray percebeu que a armadura estava sendo usada por Tokugawa, que havia conseguido manusear a roupa, e fugiu do local com seus amigos. Depois de se encontrarem com Nate, as Lendas perceberam que o traje tinha que ser destruído para prevenir que o Shogun conquistasse o Japão. Como Nate era o único que podia enfrentá-lo, Ray começou a treinar como lidar com sua roupa. Nate ficou nervoso durante o treinamento, já que ele ainda não tinha conseguido dominar seus poderes, e sua incerteza acabou fazendo Ray ficar irritado, dizendo que iria ensinar a destruir a única coisa que lhe tornava um herói depois de ter passado dias e gastado dinheiro para construir. Ichiro Yamashiro notou que Ray estava estressado e lhe deu um conselho. O idoso disse que a armadura era algo que podia ser substituída, mas o homem que o utiliza não. Era a pessoa que utiliza a armadura que lhe dá seu significado.

Ray enfrentando Tokugawa Iemitsu.

Ray então decidiu que iria enfrentar o Shogun e destruir sua armadura. Para ajudá-lo em combate, Ichiro entregou a armadura e espada de seu filho, para que Ray pudesse utilizá-lo em batalha. Graças ao seu entendimento do traje, Ray foi capaz de acertar Tokugawa, mas o homem conseguiu superá-lo. Graças a chegada de Masako Yamashiro e Nate, Tokugawa foi derrotado e o traje acabou sendo sobrecarregado, e eventualmente explodiu. Ray ficou triste por ver sua armadura destruída, mas feliz por saber que suas habilidades não seriam abusadas. Ele se desculpou com Ichiro por ter danificado a armadura, mas ele disse a Ray que ela serviu ao seu propósito.[30]

Quando as Lendas receberam um pedido de ajuda de um viajante do tempo que caiu em 1860, durante a Guerra Civil americana, Ray ficou na nave, já que não tinha seu traje. Quando Rory voltou para a Waverider, infectado por um vírus zumbi, Ray e Stein começaram a procurar por uma cura. Porém, Mick escapou e Ray foi atrás dele, encarregando Stein de criar a cura. Martin tinha um medo de zumbis, mas Ray o tranquilizou e garantiu que iriam sobreviver. Quando Rory foi curado, ele decidiu entregar a Arma de gelo de Snart para Ray, para que ele pudesse se sentir como parte da equipe novamente.[31]

Ray e Mick usando as armas de frio e calor.

Ray passou um tempo treinando com a arma de gelo, e disse para Rory que iria fazer algumas modificações para melhorá-la, mas Rory lhe disse que não tinha nada de errado com a arma. Mick começou a passar mais tempo com Ray para ajudá-lo e ensiná-lo a como ser igual a Snart, frio e calculista. Quando uma aberração foi detectada na Casa Branca em 1987, as Lendas se infiltraram, mas se separaram para procurar pela aberração. Lá, Ray encontrou um pote de jujubas e quis pegar uma, mas acreditava que não poderia. Rory insistiu que ele não seguia mais as regras, e então Ray foi lá e roubou. Eles encontraram Damien Darhk e reportaram para a equipe. Quando Sara foi tentar matá-lo para vingar sua irmã, Ray e Rory foram impedi-la. O Serviço Secreto apareceu, e Ray optou ficar e lutar. Ele tentou usar a arma de gelo, mas o raio da arma acabou se encontrando com o raio da arma de calor de Mick, o que acabou desativando ambas armas. Eles foram derrubados, mas o Nuclear apareceu para salvá-los antes que fossem presos.

Mais tarde, durante uma tocaia com Mick, Ray começou a usar as roupas de Snart e tentou simular sua personalidade, mas Rory se irritou e disse para parar de tentar ser como Leonard, e que deveria ser apenas ele mesmo. Quando a versão mais nova de Stein foi esfaqueado pro Damien Darhk, Ray e Mick levaram-o para a Waverider. Na ala médica, Stein disse que não se reconhecia mais, o que Ray concordou, dizendo que se sentia daquela forma com sua versão atual, e que não sabia quem ele era. Quando as Lendas se infiltraram na Casa Branca para impedir Darhk, ele revelou que havia plantado uma bomba na sala de jantar. Ray e Rory foram desarmá-la, mas ele não encontrou uma forma de desativá-la. Ray então desmontou a arma de frio, com permissão de Mick, e foi capaz de desativar a bomba segundo antes de explodir.[32]

Ray mostrando o traje de Nate.

Depois de detectarem uma aberração no Velho Oeste, Ray ficou completamente animado para voltar para aquela época. As Lendas descobriram que Quentin Turnbull era o motivo da alteração da linha do tempo, que havia decidido fundar seu próprio país usando uma estrela anã para destruir a Primeira Ferrovia Transcontinental e cortar o exército militar dos EUA do restante do oeste. As Lendas se aliaram com Jonah Hex novamente para impedir o trem que detonaria os trilhos. Nate usou seus poderes para parar o trem, e Ray conseguiu acesso às estrelas anãs. Ele descobriu que havia partes suficientes para construir múltiplos exoesqueletos A.T.O.M.. Mais tarde, Ray foi capaz de reconstruir seu traje, e também criou um traje especial para Nate. Eles então foram chamados por Sara, que os alertou que precisavam voltar para 2016 depois que seus amigos pediram por ajuda.[33]

Enfrentando os Dominadores

Heróis enfrentando o Arqueiro Verde e Flash.

Ao chegarem em uma instalação secreta dos Laboratórios S.T.A.R., Ray e as Lendas se encontraram com a Equipe Flash e a Equipe Arqueiro. Eles também foram apresentados a Kara Danvers/Supergirl, uma super-heroína alienígena da Terra-38. Enquanto arrumava algumas coisas de seu traje, Ray conversou com Cisco sore a roupa. Quando Barry apareceu, ele perguntou onde Snart estava, e então Ray revelou que ele havia se sacrificado para salvá-los. Ray disse que Leonard morreu como um herói, mas Barry o corrigiu, dizendo que ele morreu como uma Lenda. Depois disso, os heróis treinaram com a Supergirl para se preparar para a batalha contra os Dominadores, mas eles foram facilmente derrotados pela heroína. Quando o presidente foi capturado, os heróis estavam prestes a sair para salvá-lo, mas Barry revelou que voltou no tempo e criou o Ponto de Ignição. Ray foi uma das muitas pessoas que ficaram bravos com Barry por isso, que usou a viagem do tempo para ganho pessoal apesar do trabalho das Lendas em manter a história segura. A Supergirl então liderou a equipe de resgate, deixando Barry e Oliver para trás, mas eles acabaram caindo em uma armadilha dos Dominadores e foram colocados sobre controle mental dos alienígenas. O Átomo, junto dos outros, atacou o Arqueiro Verde e o Flash, mas Ray foi derrotado por um raio disparado pelo velocista escarlate. Depois que a Supergirl, enganada pelo Flash, destruiu o dispositivo, todos voltaram ao normal. À noite, Ray e os outros perdoaram Barry por mudar a história, percebendo que eles fariam o mesmo caso estivessem na mesma posição que ele. Então, Ray (junto de Sara, Thea, Oliver e Diggle) foi abduzido pelos Dominadores.[34]

Presos na nave-mãe dos Dominadores, Ray e os outros foram colocados em uma realidade alternativa onde suas vidas continuaram como normalmente, sem seus afazeres de super-heróis. Ray foi um amigo da família Queen e convidado para o casamento de Oliver e Laurel. Quando se encontrou com Sara, os dois tiveram flashes de suas memórias na vida real, e perguntaram se já se conheciam, mas ambos negaram. Quando Oliver percebeu o que estava acontecendo, ele reuniu Ray e os outros para encontrarem uma forma de fugirem daquela alucinação. Antes de fugirem, eles lutaram contra os inimigos de seus passados, em seguida despertaram na nave dos alienígenas, no espaço-sideral. Eles conseguiram escapar em uma nave, e começaram a serem perseguidos pelos Dominadores, mas acabaram sendo salvos pela Waverider. Na nave, eles perceberam que os Dominadores estavam estudando suas mentes sobre meta-humanos. Gideon informou que os Dominadores estavam trabalhando em uma arma secreta, e agora estavam indo em direção da Terra.[35]

Átomo e os outros heróis prestes a enfrentar os Dominadores.

Ray acompanhou Sara, Barry e Oliver em um encontro com a nova presidente, mas aquilo foi uma armadilha feita pelo Agente Smith, que pretendia capturar Barry e entregá-lo aos Dominadores, que passaram a considerar os meta-humanos como uma ameaça depois da criação do Ponto de Ignição. Os heróis enfrentaram os agentes, e depois disso voltaram para o hangar. Barry revelou que havia decidido se render, mas Ray e os outros não concordaram com isso, e disseram que iriam enfrentar os Dominadores por conta própria. Quando o ataque começou, o Átomo se juntou aos outros heróis para um combate final. Enquanto lutavam, a Supergirl e o Flash prenderam um nano-dispositivo em todos os alienígenas, e quando Felicity os ativou, os Dominadores sentiram uma grande dor e foram forçados a recuar. Com a Terra salva, os heróis voltaram ao hangar para celebrar. Durante a festa, Ray comentou para Felicity que Kara se parecia muito com sua prima. Depois disso, as Lendas voltaram para suas missões de viagem no tempo.[36]

A Legião do Mal

Quando as Lendas encontraram uma aberração em 1927, eles foram até a cidade de Chicago, onde Ray e Nate encontraram Eliot Ness. Ray disse que era um policial que iria levá-lo até a delegacia próxima, mas então dois outros policiais apareceram, dizendo que eles foram encarregados de levá-lo. Ray deixou Ness ir, mas descobriu através de Nate que eles eram policiais contratados por Al Capone. As Lendas foram até as docas e conseguiram salvar Ness antes que fosse morto afogado, apesar do homem estar inconsciente. Ray e Nate foram até a delegacia, onde se passaram por Ness e um agente federal, para manter a linha do tempo intacta enquanto as Lendas estavam disfarçados no clube de Capone. Quando Ray e Nate chegaram com a policia, eles descobriram que Darhk e o velocista que procuravam havia sequestrado Sara e Martin. Eles então foram para o escritório de Capone, onde conseguiram encontrar seu seus amigos, escapando por pouco de serem mortos por Capone e seus homens até que Nate pulou na frente de Ray com seus poderes. No entanto, enquanto os dois estavam trabalhando no novo exoesqueleto de Ray, Jax veio correndo e revelou que Stein era realmente o velocista disfarçado, que estava atrás do medalhão que estavam em posse. Ray conseguiu salvar Jax de ser morto pelo velocista, mas ele conseguiu fugir. Eles então descobriram que Malcolm Merlyn saiu com o medalhão em troca de dar a localização de Sara para Stein. Eles conseguiram salvá-lo antes que Capone o jogasse no rio. Ray e Nate então colocaram a história de volta no curso.[37]

Ray e Amaya acordaram depois de ouvir Nate na biblioteca da nave, que procurava pelo mistério do medalhão. Nate então apelidou o trio inimigo como a "Legião do Mal", nome o qual Ray gostou. Eles descobriram que o medalhão era capaz de localizar a Lança do Destino, que tinha poderes de alterar a própria realidade. Quando as Lendas descobriram que a Legião estava em Los Angeles de 1967, eles foram até lá e encontraram Rip Hunter, que havia adquirido o nome de "Phil" e era o diretor de um filme. Infelizmente, a luta entre as duas equipes acabaram fazendo com que George Lucas decidisse desistir dos filmes. Isso resultou numa aberração na linha temporal, o que fez Ray esquecer seu conhecimento cientifico, já que foi os filmes de Star Wars (dirigidos por Lucas) que o inspirou a se tornar um inventor. Eles foram capazes de resgatar Rip, mas descobriram que ele não estava com a Lança, mas sim George. Ray, junto de Nate e Amaya, tentaram encontrar Lucas para conseguir a Lança, além de convencê-lo a voltar para a escola, mas acabaram sendo atacados por Darhk e Malcolm. Ray percebeu que seu exoesqueleto havia desaparecido e que Nate não tinha seus poderes, já que Ray não tinha se tornado um cientista e nunca inventou estas coisas.

Lendas vs Legião do Mal.

Quando descobriram que Lucas havia jogado a Lança fora, as Lendas foram ao lixão para encontrá-la. Enquanto Ray, Nate, Amaya e Lucas procuravam pelo objeto místico, Malcolm e Damien ligaram o compactador de lixo para motivá-lo a procurar mais rápido. Ray e Nate começaram a motivar Lucas para voltar à escola, senão eles não teriam seus poderes. Ao encontrarem a Lança, eles sabiam que não poderiam entregá-la, já que morreriam mesmo que entregassem o objeto aos homens. George admitiu o que queria fazer com sua vida, e isso acabou corrigindo a aberração, então Ray conseguiu seu traje de volta e Nate recuperou seus poderes. Usando-os, as Lendas foram capazes de vencer Darhk e Merlyn, e também roubar o medalhão. Tudo parecia a favor dos heróis, mas isso mudou depois que o velocista apareceu. Rip então apareceu depois de ter "recuperado" suas memórias, mas ele estava atuando para distrair a Legião. Durante o caos, as Lendas viram Rip ser sequestrado pela Legião do Mal. Ao voltarem para a Waverider, Ray, Nate e Amaya decidiram fazer uma maratona dos filmes de George Lucas.[4]

Ray trabalhou com as outras Lendas para descobrir mais sobre seu inimigo velocista. Quando Stein revelou que tinha uma filha, assim como ela era uma aberração temporal na linha do tempo, Ray teve a chance de trabalhar ao lado dela quando teve a ideia de conectar o medalhão com a Gideon. Ele então conheceu Lilly Stein, e juntos foram capazes de cumprir seu objetivo. Enquanto celebravam, Mick acabou revelando, acidentalmente, que ela era uma aberração. Ray sugeriu que ela conversasse com seu pai sobre isso.[38]

Ray esteve em seu quarto quando encontrou fezes de um rato, e teorizou que o animal havia embarcado na nave devido a Rory e seus mal hábitos. Quando um terremoto do tempo aconteceu, Ray se encontrou com Nate e Amaya na ponte. Gideon explicou que George Washington foi morto antes de liderar o exército americano até Delaware em 1776. Ray se encolheu para se infiltrar por entre os soldados. Rip Hunter, que havia sofrido lavagem cerebral e agora era membro da Legião do Mal, ativou uma onda de pulso eletromagnético que acabou desativando a armadura de Ray, deixando-o encolhido. Ele foi levado para a Waverider, onde começou a consertar Gideon. Na nave, ele acabou se encontrando com o rato e foi perseguido pelo animal. Quando seu poder foi restaurado, ele conseguiu consertar Gideon. Depois disso, ele celebrou o Natal com o resto das Lendas. Ray também capturou o rato e o entregou de presente de Natal para Mick.[39]

As Lendas conhecendo o Rei Artur.

Gideon foi capaz de usar o algoritmo de Lily e encontrou uma parte da Lança no ano de 3000. Porém, ao chegarem lá, as Lendas descobriram que Rip já havia roubado tal pedaço e matou o Dr. Meia-Noite logo em seguida. Depois disso, Gideon localizou outro fragmento da Lança na Britânia em 507 D.C.. Ray ficou animado por visitar aquele período do tempo, já que ele amava as lendas arturianas, apesar de Nate dizer que ele não deveria se animar. Ray, Nate, Jax, Amaya e Sara andaram pela floresta procurando pela Lança, enquanto Nate continuava corrigindo seus pontos de vistas sobre a Inglaterra medieval, especialmente seus equívocos quanto a cavalheiros de armaduras. Porém, naquele momento, diversos cavaleiros cercaram os heróis. Ray tentou conversar e explicar do porque estavam lá, mas ele acabou se animando ao perceber que aqueles eram os cavaleiros do Rei Artur, de Camelot. O líder do exército se revelou como sendo Genebra, e eles concordaram em levar as Lendas para o castelo. No castelo, eles encontraram o Rei Artur junto com os outros Cavaleiros da Távola Redonda. A alteza explicou que um cavaleiro estava sequestrando pessoas de seu reino, mas Ray garantiu-o de que ele e sua equipe não eram inimigos. O homem não confiou na palavra de Ray, e então pediu para que Merlin fosse chamado. Ray e os outros ficaram surpresos ao descobrir que Merlin era Stargirl, uma antiga membro da Sociedade da Justiça.

Ray estava festejando com os outros no castelo e rapidamente encontrou Sir Galahad e foi se apresentar ao mesmo. Ray disse a Galahad que ele era um grande fã do cavaleiro. Quando o rei voltou, parecia que ele capturou o cavaleiro que estava aterrorizando o reino, mas foi revelado que era um truque de Damien Darhk e Rip. Rip estava usando tecnologia de controle mental para ter Arthur como seu fantoche e exigiu que eles pegassem o fragmento da lança de Stargirl. Uma luta eclodiu em que Arthur matou Galahad enquanto Darhk exigia que eles entregassem a lança ou eles iriam liberar um exército com lavagem cerebral para destruir Camelot. Ray lamentou a morte de Galahad e pegou sua espada. Quando Genebra reuniu os cavaleiros para enfrentar a Legião, Ray estava presente para seu discurso inspirador e moveu-se para se juntar a eles na batalha. Nate o encontrou enquanto pegava a espada de Galahad e a infundiu com energia iônica de seu traje para torná-la mais forte. Nate disse a ele que a equipe tinha o fragmento de lança e estavam indo embora, embora Ray quisesse ficar e lutar pelo reino, pois isso significava muito para ele quando era criança. Nate avisou Ray que ele checou seus manuscritos e viu um do funeral de Ray, mas Ray aceitou tudo como parte do que seria uma verdadeira lenda.

Ray lutando por Camelot.

Genebra pegou a espada de Galahad e nomeou Ray como Sir Raymond de Palms. Ao amanhecer, a Legião se encontrou com os cavaleiros de Camelot no campo de batalha, e então os dois lados se colidiram em um combate brutal. Ray lutou ao lado de Stargirl, e então Nate, Amaya e Sara apareceram para ajudar na luta. Durante a luta, Ray perguntou para Nate se ele havia aparecido para lutar por um "reino imaginário", mas ele esclareceu que estava lá por seu amigo. Quando Stein e Rory conseguiram libertar os cavaleiros do controle da Legião, Ray assistiu todos os homens retomarem o controle de seus corpos, incluindo Artur. Depois de capturarem Rip, Darhk conseguiu escapar com seu cavalo. Ray foi atrás dele, ignorando os apelos de Nate para que voltasse.

Ray enfrentando Damien Darhk.

Ray encontrou o cavalo abandonado de Darhk na floresta. De repente, ele surgiu das árvores, dizendo que ele era apenas um nerd e não um cavalheiro. Ray não se intimidou com isso e estava disposto a lutar. As duas espadas se colidiram, e Ray usou sua espada iônica para destruir a espada de Darhk e nocauteá-lo. Damien admitiu sua derrota, mas ele puxou uma arma e atirou contra Ray. Nate conseguiu alcançá-lo e viu Ray no chão, aparentemente morto, e ficou com medo de que o manuscrito havia se tornado realidade. Ray então acordou e revelou que usava uma parte do exoesqueleto por debaixo da armadura. No castelo, Genebra disse para Ray que ele sempre seria bem-vindo a Camelot. Quando Ray voltou para a Waverider, Nate perguntou se ele queria ver como era lembrado na história de Camelot, mas Ray disse que preferia fazer seu futuro.[3]

Ray estava na ponte quando Rip foi capaz de fazer a nave se trancar e iniciar a auto-destruição. Jax conseguiu reiniciar a Gideon, mas a Waverider acabou caindo no mesmo período de tempo onde Ray ficou preso por seis meses. A inteligência artificial explicou que quando foi reiniciada, ela escolheu o lugar mais antigo do tempo para cair. As Lendas queriam ir embora, mas uma parte vital da nave acabou quebrando. Ray, como conhecia a área, se voluntariou para ajudar Nate e Amaya procurar a peça que faltava. Eles encontraram-a no território de Gertrude, e Ray explicou quem era a dinossauro. Ela acabou sentindo seu cheiro e começou a persegui-lo, e então Ray levou seus amigos até a cabana onde tinha ficado. Ao chegarem lá, os dois encontraram as bonecas das Lendas que Ray havia criado, e ele explicou que tinha se sentido solitário. Ele saiu para caçar algo para comer, e quando retornou, acabou interrompendo um momento entre Nate e Amaya.

Naquela noite, Ray contou para Nate que havia interrompido ele e Amaya de propósito, para que a existência da neta de Amaya não fosse colocado em perigo. Ele contou que, diferente deles, Amaya tinha um destino, e teria que retornar a 1942 em algum momento. Ray também contou para Nate o destino da vila de Amaya, e ao saber disso ele queria contar a verdade para ela, mas Ray disse que não podia. No dia seguinte, eles encontraram a parte que faltava da nave no ninho de Gertrude. Eles conseguiram pegá-lo, mas a dinossauro os flagrou. Ele e Nate se prepararam para lutar, mas Amaya usou seu totem para acalmar Gertrude. Ray reinstalou a peça na nave. Na Waverider, Ray e as outras Lendas reencontraram o verdadeiro Rip, cujas memórias haviam sido restauradas completamente. Depois disso, Rip relembrou onde o último pedaço da lança havia sido escondida.[28]

As Lendas conseguiram rastrear o Comandante Gládio até a NASA em 1970, onde ele era o supervisor de controle de missão da Apollo-13. Ray foi com Rip e rapidamente encontrou Henry Heywood em uma entrevista coletiva, e Ray deduziu que ele devia estar nervoso devido à crise que a Apollo-13 sofreu quando seu tanque de oxigênio explodiu. Ele então os avistou e rapidamente socou Rip assim que o viu. Ray então cumprimentou nervosamente o homem depois que Rip foi levado embora. Ele perguntou a Henry por que ele socou Rip e ele disse que aquilo era entre os dois. Quando os outros se juntaram a eles, Henry revelou que seu fragmento da lança estava seguro na bandeira de Neil Armstrong na lua. Quando souberam que o ônibus espacial não estava tendo problemas, perceberam que a história havia mudado.

Ray subiu a bordo da Waverider com os outros para verificar a nave e pegar o fragmento de lança quando viram que ela estava completamente fora do curso e se dirigia para a lua. Sara fez Ray encolher e dirigir-se ao ônibus espacial para descobrir o que estava acontecendo. Ele voou e entrou para descobrir que dois dos astronautas estavam inconscientes e Eobard Thawne estava lá. Ele se moveu para segui-lo, mas foi rapidamente localizado pelo velocista. Eles entraram em uma briga e, embora Thawne não pudesse usar sua velocidade, ele conseguiu danificar o sistema de propulsão de seu traje. Ray conseguiu atingir Thawne e então o amarrou. A parte da nave em que estavam separados pousou na lua, e Ray disse as Lendas que precisaria ser resgatado por eles, pois não poderia voar de volta com seu traje ou a nave.

Átomo com o último pedaço da Lança do Destino.

No lado de fora, Ray pisou na lua e andou até a bandeira de Armstrong, onde pegou a última parte da Lança. Porém, as Lendas disseram que a Waverider tinha sido danificada por uma chuva de meteoros, e por isso não conseguiriam pegá-lo. Ray percebeu que a única forma de sair de lá seria consertar a cápsula usando a estrela anã de seu traje. Enquanto consertava a nave, Eobard apontou que caso Ray não fizesse isso corretamente, a cápsula iria explodir durante o lançamento. Ele tinha certeza que para consertar a cápsula era preciso de duas pessoas, e então Eobard ofereceu uma aliança temporária, o que Ray, hesitantemente, aceitou. Enquanto trabalhavam juntos, Thawne lhe disse que era legal trabalhar com outro cientista, e comentou que ambos tinham algo em comum; cientistas que procuraram o impossível.

Ray desconsiderou suas palavras e Thawne disse que era fácil para Ray pensar nele como um monstro, mas ele havia conhecido os maiores monstros da história e argumentou que não era um deles. Ray discordou disto, mencionando que Thawne matou a mãe de Barry duas vezes, Rex Tyler e fez uma lavagem cerebral em Rip para que ele se transformasse em um assassino. Ray alegou que usou sua ciência e traje para tentar ajudar as pessoas, mas Thawne disse a ele que ele realmente era um átomo, porque não estava satisfeito com sua pequena vida e não havia vergonha de tentar ser maior. Ray perguntou se era para isso que ele queria a lança, mas Thawne disse que o que ele queria era viver. Eles terminaram de consertar o ônibus espacial e conseguiram decolar com sucesso e chegar a Waverider.

Ray Palmer confrontando Eobard Thawne.

Ray então foi para a ponte com os outros. Eles viram que precisavam reentrar na atmosfera da Terra sem a ajuda de Gideon e se eles não se posicionassem corretamente, eles iriam queimar ou seriam lançados na órbita do sol. Ray sabia que Thawne saberia o ângulo correto e Thawne facilmente disse a ele que era de 38 graus. A equipe estava tendo dúvidas sobre como confiar na resposta de Thawne e Ray acreditava que Thawne estava dizendo a verdade. Sara concordou e decidiu inclinar a nave para 38 graus. Para que a nave pudesse ficar em tal ângulo, Henry Heywood teve de se sacrificar para abrir a porta da área de carga, sendo sugado para fora da nave. Quando eles pousaram, Thawne vibrou por sua cela, mas Ray esteve esperando por ele no lado de fora com uma arma. Ray adivinhou que Thawne era um resquício do tempo, sendo perseguido por algo que tentava apagar a abominação que ele era. Então, o relógio de Eobard começou a apitar, e Ray disse que o velocista teria que ir embora antes de procurar a lança pela nave. Thawne sorriu, e garantiu que eles se encontrariam novamente. Em seguida, ele saiu correndo.[40]

Lutando pela realidade

As Lendas ao redor da Lança do Destino

Com todos os fragmentos encontrados, a equipe sabia que precisava tentar obter os fragmentos da Legião antes de tentar fazer um movimento contra eles. Rip revelou que a Legião estava operando do Ponto de Fuga, e então as Lendas foram até lá. Ray encolheu-se, passou pela base e encontrou Thawne em seu covil. Ele não pareceu perceber que eles estavam lá e ficou de olho nele até que o resto da equipe encontrou os fragmentos e os pegou. Quando os fragmentos foram colocados juntos, eles observaram enquanto se fundiam e a lança ficava inteira. Rip então os avisou que a lança iria tentá-los a usá-la jogando com seus desejos, sonhos e arrependimentos. Mick tentou destruí-la na frente deles com sua arma de calor, mas não o afetou de forma alguma. No entanto, revelou uma mensagem que Nate foi capaz de traduzir na revelação de que o Sangue de Cristo o criou e também poderia destruí-lo. Como a equipe não poderia ir à crucificação para preservar a linha do tempo, eles foram encontrar a única pessoa na Terra com pistas de onde Sir Gawain havia recuperado e escondido o sangue de Cristo em sua busca, J.R.R. Tolkien.

Ele estava servindo como oficial na Primeira Guerra Mundial e a equipe foi à França em 1916 para encontrá-lo. Quando recuperaram o famoso autor, ele revelou que o melhor lugar para encontrar respostas era no local de descanso de Sir Gawain em uma catedral. Ray foi com a maior parte da equipe até a catedral, onde encontraram os ossos de Gawain. No entanto, eles foram surpreendidos pelo retorno repentino de Leonard Snart, que havia sido recrutado pela Legião. Eles haviam voltado no tempo antes de Snart se juntar às Lendas e contou a ele sobre seu destino e ele concordar em se juntar a eles para mudar seu futuro. Darhk também apareceu com um pelotão de soldados alemães da Primeira Guerra Mundial que os atacou. Eles foram então forçados a fugir e voltar para a nave. Depois que Nate e Tolkien descobriram a localização do sangue, que estava no centro do campo de batalha, a equipe decidiu fazer com que os dois lados em conflito convocassem um cessar-fogo temporário. Eles conseguiram ter sucesso e chegaram ao sangue, mas através de Snart, Rory decidiu se juntar à Legião e deu a lança para eles. A Legião então usou seu poder para reescrever a realidade.[41]

Ray acabou sendo transformado em um faxineiro dos Laboratórios S.T.A.R., sem lembranças de sua vida passada. Ray foi chamado para o laboratório do reator, onde começou a limpar pedaços de vidro no chão derrubado por Martin, mas não foi capaz de reconhecê-lo. Porém, Ray tinha sentido que algo não estava certo, e, por instinto, construiu um dispositivo que restauraria as memórias de uma pessoa. Ele então foi encontrado por Nate e Rory, quem haviam decidido restaurar tudo ao normal. Nate ficou incerto se Ray seria capaz de ajudá-los, mas depois de mostrar o dispositivo que construiu, Rory o usou em Nate. Ele recuperou suas memórias, e em seguida socou Mick por sua traição. Rory usou em Ray, e também foi socado pelo mesmo. Os dois foram encontrados por Sara e Amaya, que eram assassinas leais de Darhk. Nate e Ray tentaram conversar com elas, mas nada funcionou. Ray usou sua criação em Sara, fazendo-a recuperar sua memória, mas Amaya conseguiu fugir.

Sara saiu para buscar Amaya, e mais tarde voltou com Jax. Eles descobriram que Thawne estava construindo um novo reator para destruir a lança. Eles perceberam que caso o objeto místico fosse destruído, a realidade não poderia ser restaurada ao normal, e aquele seria seu mais "novo normal". As Lendas então saíram para irem ao reator, mas deixaram Rory para trás, já que ninguém da equipe confiava no homem depois do que ele havia feito. Eles encontraram Stein no lugar, mas não conseguiram restaurar suas memórias, permitindo que ele acionasse o alarme silencioso e alertasse Thawne dos intrusos no laboratório.

Eobard destruindo a Lança do Destino na frente das Lendas e da Legião do Mal.

Thawne então correu até lá e retirou a lança das mãos das Lendas, e depois que sua equipe cercou os heróis, ele começou a avançar em direção do reator, pronto para destruir a lança. Porém, o restante da Legião do Mal, incluindo Rory, chegaram para impedi-lo, depois de chegarem na conclusão de que pretendiam usar a Lança para apagar Thawne da realidade. Uma luta então se iniciou, combate no qual a lança ficava mudando de mãos constantemente. Rory foi a última pessoa a segurar o objeto místico, e ele acabou se debatendo em quem deveria pegá-la. Ele então a entregou para Amaya, para que pudesse consertar as coisas. Contudo, antes que pudesse fazer isso, as Lendas assistiram horrorizados a mulher ser congelada pela arma de frio de Snart, e em seguida, depois de ser transformada em gelo, despedaçada pelo mesmo. Eobard pegou a lança e a destruiu na frente de todos. As Lendas estavam prontos para enfrentá-lo com tudo que tinham, mas Eobard, ao invés de lutar, acreditou que mantê-los vivos e presos naquela realidade seria melhor, onde ninguém de lá acreditaria que eles quase foram capazes de se tornarem "Lendas". Ray e os outros voltaram ao apartamento de Nate, onde Sara inventou um novo plano; voltar no tempo e impedir que perdessem a Lança do Destino em primeiro lugar.[42]

Primeiro, eles teriam que encontrar a Waverider. Mas felizmente a própria nave foi até eles, que havia sido encolhida. Rip explicou que Thawne usou o traje de Ray para encolhê-lo, e poderia ser usado para restaurar seu tamanho normal. Ray teorizou que Thawne deveria manter seu traje nos Laboratórios S.T.A.R., então as Lendas foram até lá para procurar pela armadura. Ray e Jax acabaram encontrando-a em uma sala de tecnologia, fazendo Ray tão feliz que ele até mesmo a beijou, para desconforto de Jax. Ray colocou seu traje, mas Daimen Darhk avistou ambos. Ray usou uma de suas manoplas para atirar contra um guarda, mas Darhk começou a enforcar o Átomo e Jax com sua magia. Rip distraiu Darhk, usando as armas da Waverider em miniatura para atacá-lo, permitindo que Ray e Jax pudessem recuperar o controle. Depois de restaurar o tamanho natural da Waverider, as Lendas viajaram até 1914. Rip alertou que eles não deveriam interagir com suas versões do passado, senão as consequências seriam catastróficas.

Thawne mata Ray Palmer.

Eles planejaram conseguir o sangue de Cristo, agora que sabiam onde estava enterrado, e deixá-lo na igreja para que suas versões do passado pudesse encontrar. Ray perguntou o que aconteceriam caso conseguissem fazer isso, e as Lendas perceberam que deixariam de existir, já que a Legião do Mal não teria conseguido usar a Lança do Destino, notando que eles eram aberrações na linha temporal. Ray usou seu traje para ir ao campo de batalha e tirou o sangue de onde foi enterrado, mas foi tirado dele por Thawne. Ray exigiu que o sangue fosse devolvido a ele, mas Thawne foi e esmagou o frasco em sua mão. O velocista então disse que havia sido instruído a apagar as Lendas o tempo todo e sentiu que deveria finalmente seguir esse conselho. A próxima coisa que Ray percebeu foi que Thawne correu até ele, deu um soco em seu peito e arrancou seu coração. Ray levou um momento para suspirar de horror antes de desabar no chão, morto. Seus amigos ficaram de luto por ele, mas Rip os lembrou de que o eu atual de Ray ainda está vivo e ele poderia ser salvo se eles conseguissem.

As Lendas foram capazes de cumprir com sua missão, incluindo a morte de Eobard nas mãos do Flash Negro, fazendo com que as mortes de Ray e Amaya fossem apagadas da linha do tempo. As Lendas voltaram para a Waverider, onde Rip disse que sairia da equipe, já que não havia mais nada para ensiná-los sobre viagem no tempo. Depois disso, eles decidiram tirar alguns dias de férias em Aruba. Porém, enquanto viajavam pela zona temporal, a Waverider acabou sendo atingida por uma tempestade temporal, fazendo a nave cair em Los Angeles de 2017. Ao saírem, eles descobriram que haviam quebrado o tempo quando interagiram com si mesmos, pois notaram que haviam prédios futurísticos e dinossauros correndo pela cidade.[43]

Aposentadoria temporária

As Lendas vendo Rip Hunter.

Enquanto as Lendas tentavam descobrir uma forma de consertar a linha do tempo que quebraram, eles estavam prestes a serem atacados por um dinossauro, mas o animal correu através de um portal e voltou para seu próprio período do tempo. De repente, vários portais começaram a abrir ao redor deles, e Rip saiu de um dos portais, explicando para a equipe que seus serviços não eram mais necessários agora que ele fundou a Agência do Tempo, uma organização profissional capaz de consertar os anacronismos sem os danos colaterais que as Lendas tinham. Ray e os outros ficaram surpresos com isso, já que fazia apenas 15 minutos que Rip deixou a equipe, mas o homem explicou que se passou 5 anos para ele.

Ray então decidiu viver em Silicon Valley, onde se revelou ao público depois de ter sido declarado como morto. Porém, apesar disso, sua reputação havia sido manchada após sua morte. Ele começou a trabalhar para Upswiped, uma companhia de tecnologia, e ficou infeliz pelo modo que decaiu na vida. Sara, depois de descobrir através de Mick que Júlio César estava em Aruba, contatou Ray e Mick para ajudá-la a capturar o ex-ditador e voltarem para sua antiga vida de viajantes do tempo. Eles voltaram para a Agência do Tempo, mas os agentes da organização os atacaram no minuto em que chegaram. Rip apareceu e libertou o trio, mas Nate o segurou e demandou saber se foi ele quem convenceu Amaya a voltar para 1942, porém Hunter esclareceu que foi ela quem pediu para voltar.

Depois disso, eles foram expulsos da Agência do Tempo depois que Mick arranjou uma briga com um turista, que estava fantasiado de Júlio César. Depois de testemunharem Mick expulsar um Aereus romano de uma máquina de venda automática, eles perceberam que ele estava dizendo a verdade sobre ter visto César. Com isso em mente, eles roubaram a Waverider e reuniram as Lendas, sem Amaya, a quem Nate se recusava a ver. Depois de viajarem para Aruba e capturarem César, as Lendas tomaram a decisão de retornar a 1942 por conta própria. No entanto, quando Nate tirou uma selfie com César, ele inadvertidamente permitiu que César roubasse seu livro de história sobre Roma, permitindo que César aprendesse sobre o futuro e conquistasse o mundo inteiro. A Agência do Tempo chegou antes que as Lendas pudessem agir, entretanto, e tentou assumir a operação apenas para que a Agente Ava Sharpe fosse capturada e a operação terminasse em um fracasso abjeto. Depois de alguma persuasão, Rip permitiu que Ray e as Lendas terminassem o trabalho, e Nate e Ray recuperaram o livro com sucesso: colocando a história de volta em seu curso correto.[44]

Voltando à viagem no tempo

Consertando anacronismos

As Lendas ouvindo a atualização sobre o anacronismo.

Depois que Ray, Nate e Jax fizeram engenharia reversa na tecnologia da Agência do Tempo para encontrarem anacronismos, as Lendas detectaram um anacronismo de Nível Um em Winsconsin de 1870, especialmente no circo de P.T. Barnum. Depois de investigarem, Ray, Nate e Jax encontraram o anacronismo que procuravam, e revelaram para as outras Lendas que ele era um tigre-dente-de-sabre. Ao tentar contê-lo o animal, eles acabaram aumentando-o e permitiu que ele escapasse de sua jaula. Ao voltarem para a Waverider, Ray e os outros descobriram que o anacronismo havia evoluído de Nível Um para Nível Quatro. Sara acabou viajando no tempo para pedir a ajuda de Amaya, o que enfureceu Nate.

Ray e Jax acompanharam Nate, que estava enfurecido, a um bar para beber, durante o qual Nate revelou seus poderes para P.T. Barnum. Quando questionado sobre suas habilidades pelo homem, Nate, que estava bêbado, revelou os poderes de Ray e Jax, incluindo dizendo que Ray poderia encolher. Ele, porém, disse que não podia fazer isto naturalmente, mas precisava de seu traje. Barnum acabou sequestrando ele e Jax para seu show. Eles foram forçados a vestirem-se como gêmeos raciais mestiços siameses. Quando a multidão começou a perder o interesse na apresentação, Barnum coagiu Nate a "se preparar", primeiro ameaçando-o, depois Amaya. Barnum então atirou em Nate várias vezes, apesar dos protestos de Nate, irritando Amaya a ponto de ela atacar Barnum, expulsando-o da tenda. Essa distração permitiu que Ray e Jax fugissem. Depois disso, Ray voltou para a Waverider, onde Amaya revelou às Lendas sua falta de controle sobre seus poderes. Ray junto com o resto deles prometeu ajudá-la.[45]

As Lendas sendo ameaçados pela A.R.G.U.S.

Ray e os outros ouviram Gary Green pedir a ajuda para resolver um anacronismo em Seattle de 2044, e então as Lendas decidiram ajudá-lo. A equipe conseguiu rastrear a pessoa responsável pelo anacronismo, mas acabaram se encontrando com uma meta-humana chamada Zari Tomz. Ray e as Lendas encontraram-a em seu esconderijo, e descobriram que ela era uma hacker extremamente habilidosa. Quando a equipe foi confrontada por drones da A.R.G.U.S., Zari hackeou os dispositivos e fugiu, fazendo com que os drones atacassem as Lendas. Eles foram cercados por agentes da organização, mas o Átomo, Sara, Mick e Nate enfrentaram-os, conseguindo escapar logo em seguida. Ao voltarem para a Waverider, eles começaram a discutir sobre Zari. Eventualmente, eles a rastrearam em um bar, e então Ray, Mick, Jax e Nate foram até lá. Quando Kuasa entrou no estabelecimento, as Lendas lutaram para proteger Zari e levaram-a para a Waverider. Zari concordou em ajudar a encontrar a mulher em troca de tirarem seu irmão, Behrad, da prisão. Apesar de hesitarem inicialmente, eles concordaram em ajudá-la.

Átomo se encontrando com Zari.

As Lendas cumpriram sua parte de seu acordo e foram até a prisão, onde descobriram que a A.R.G.U.S. estava fazendo experiências com meta-humanos. Quando Sara pediu para abrirem a cela de Behrad, Jax acabou abrindo a de todos da prisão. Durante a confusão, Zari acabou se separando das Lendas para pegar o que estava lá: o totem místico de sua família. Em seguida, ela fugiu. Usando seu traje, o Átomo encolheu de tamanho e começou a seguir Zari. Ray acabou encontrando-a no meio de uma floresta, onde diversas barracas haviam sido queimadas. Zari então contou a história de seu irmão, que havia sido morto pela A.R.G.U.S.. Ray se desculpou pela história trágica, mas a apressou para que fossem embora. No entanto, eles foram interrompidos pela chegada de Kuasa. Com a demora das outras Lendas, Ray não viu outra opção a não ser enfrentá-la por conta própria. Porém, ele foi facilmente derrotado pela mulher e começou a ser afogado por seus poderes de água. No entanto, Kuasa o soltou depois que Zari prometeu entregar o totem. Depois disso, eles foram resgatados.[5]

Salvando seu eu mais jovem

Depois que Zari concordou em entrar para as Lendas, Ray insistiu que a equipe fizesse atividades de confiança, mas todos não estiveram afim de fazer isto. Ray convenceu Mick a cair e que ele iria segurá-lo, porém, quando Rory o fez, Ray acabou desaparecendo devido a sua morte em 1988. Quando as Lendas voltaram para aquele ano, Ray acabou retornando, mas não sabia o que tinha acontecido. Ele então viu um jornal declarando sua morte, deixando-o surpreso por isso. Enquanto se preparavam para a missão, Ray ficou otimista por estarem em 1988, e disse que estava ansioso para mostrar alguns lugares para a equipe. Zari perguntou como ele conseguia ser tão otimista, o que Ray respondeu que ela devia tentar ser um pouco.

Depois que seu eu mais jovem saiu da escola, Ray e Zari o observaram à distância. Enquanto isso, ele conversou com as Lendas sobre os passos de sua versão criança. Ray também pediu para que deixassem-o longe de Mick, desejando não querer entrar para a vida do crime. No entanto, Mick e Jax anunciaram que sua versão criança estava roubando doces, o que deixou o próprio Ray surpreso, que afirmava que não tinha roubado nada na vida. Ray, Zari e Nate viram alguns valentões zoarem com ele, apesar de dizer que os garotos eram seus "amigos" e que estavam brincando com ele. Ao ir para a janela de seu quarto, Ray viu que sua versão criança estava alimentando um bebê Dominador chamado "Gumball". As Lendas voltaram para a Waverider, onde conversaram sobre os Dominadores e o bebê alienígena, que era um anacronismo.

Átomo e Zari vendo o bebê Dominador.

No dia seguinte, o Átomo e Zari foram até a casa para sequestrarem Gumball. Enquanto relembrava sua infância, Ray explicou quem era Billy Joel para Zari. Ao chegarem ao seu quarto, eles encontraram o alienígena no meio dos brinquedos de pelúcia de Ray. Porém, quando ouviram sua versão criança no andar de baixo, apesar de que a casa deveria estar vazia, Ray disse que estava se transformando no Mick. Ray encolheu de tamanho enquanto Zari se escondeu debaixo da cama, porém, Gumball começou a brincar com o Átomo em miniatura. O pequeno Ray o pegou e o colocou junto dos outros. Eles assistiram o jovem Ray e Gumball assistirem ao musical Cantando na Chuva. Mas quando sua mãe, Sandy, apareceu para confrontá-lo sobre matar aula, o Ray adulto pediu para que distraíssem-a depois de perceber que o Dominador estava ficando irritado. O jovem Ray decidiu fugir de casa e pegou o Átomo encolhido, colocando-o em sua bolsa. Ele então pediu para que Zari o seguisse.

Quando o jovem Ray se escondeu em uma cabana, fingindo estar na antiga Camelot, o Átomo pediu para que Zari entrasse na brincadeira. Contudo, eles acabaram sendo sequestrados pelo governo depois de serem sedados. Na instalação governamental, o Átomo aumentou seu tamanho e foi atrás de Zari. Quando seu eu mais jovem estava prestes a ser morto pelos agentes, o Átomo interviu e disparou contra os agentes federais, surpreendendo seu eu mais novo. O Átomo então começou a lutar contra os agentes que apareciam, e depois disso insistiu que fossem embora, mas a criança quis salvar Gumball. Ray retirou seu capacete, e depois de dizer algumas palavras, a criança começou a chorar. Percebendo isso, Zari apareceu e disse que iriam salvar Gumball.

As Lendas no Halloween de 1988.

Átomo, Zari e Ray criança foram até o bebê Dominador, onde foram confrontados por Smith e outros agentes governamentais. Gumball começou a controlar a mente dos homens, e Ray insistiu que sua versão criança reativasse os inibidores de poderes, acreditando que o alienígena iria matá-los. Porém, eles começaram a cantar "Good Morning", do musical que viram mais cedo. Eles então fugiram com algumas bicicletas que encontraram, e Zari, usando os poderes do totem, fizeram-os voar. Eles foram até a localização de Sara, onde entregaram Gumball para sua mãe. Depois que a situação foi resolvida, Ray e as Lendas participaram do Dia das Bruxas de 1988 junto com o Ray criança, que se fantasiou como o Átomo. Quando os valentões de mais cedo apareceram, as Lendas apareceram e disseram que eram amigo de Ray.[1]

Enfrentando os Darhks

Depois que corpos sem sangue começaram a aparecer em Londres de 1895, as Lendas suspeitaram que um anacronismo poderia estar acontecendo naquela época, e acreditaram que isto foi obra de um vampiro. Enquanto tentavam procurar por pistas, as Lendas se encontraram com Rip Hunter, que informou-os da ameaça de Mallus, um demônio antigo que estava recrutando aliados através do tempo para ajudá-lo a se libertar de sua prisão. Apesar do homem implorar por sua ajuda, as Lendas hesitaram em confiar nele. Rip disse que poderia fazer a Agência do Tempo deixá-los em paz caso concordassem em ajudá-lo, Sara então concordou com a troca. Acreditando que encontrar o vampiro era chave para Mallus, eles tentaram usar Nate como isca, mas o plano deu errado e Nate acabou sendo capturado. Ray notou que o corpo usava um relógio da Palmer Tech, e percebeu que a ameaça não era um vampiro. Eles e os outros se chocaram ao descobrirem que Damien Darhk seria ressuscitado, e se irritaram por Rip ter enganado eles. Rip fingiu em concordar que estava errado, mas acabou prendendo-os na Waverider. Depois que escaparam, as Lendas tentaram impedir a ressurreição, mas chegaram tarde demais e Darhk foi ressuscitado e estava matando os agentes da Agência do Tempo um por um. Os heróis tentaram enfrentá-lo, mas foram derrotados, e então Damien fugiu com sua filha, Nora Darhk. Ao voltarem para a Waverider, as Ray e as Lendas ainda estavam bravos com Rip, e então chamaram a Agência do Tempo para prendê-lo. Depois disso, a organização permitiu que eles continuassem viajando pelo tempo.[46]

Ray ajudando a separar o Nuclear.

Quando Martin decidiu se aposentar e se separar de Jax, Ray ajudou-os a desenvolver uma "cura Nuclear" para separá-los, mas ele acabou fazendo, acidentalmente, com que Jax e Martin trocassem de corpos. Depois de encontrarem um anacronismo em Hollywood de 1937, as Lendas foram até lá para investigar e encontraram Helena de Tróia em um set de gravações. Sua habilidade, chamado por ela de "maldição daa beleza", que seduzia todos os homens presentes, foi forçada a fugir. Quando Martin decidiu se aposentar e se separar de Jax, Ray ajudou-os a desenvolver uma "cura Nuclear" para separá-los, mas ele acabou fazendo, acidentalmente, com que Jax e Martin trocassem de corpos. Depois de encontrarem um anacronismo em Hollywood de 1937, as Lendas foram até lá para investigar e encontraram Helena de Tróia em um set de gravações. Sua habilidade, chamado por ela de "maldição da beleza", que seduzia todos os homens presentes, foi forçada a fugir. As Lendas foram até uma festa na onde Helena seria apresentada ao mundo, mas descobriram que Dark era seu agente. O homem, porém, não queria lutar. Sara então pegou Helena e fugiu com as Lendas. Quando Hedy Lamarry foi atacado pelos aliados de Darhk, as Lendas foram defendê-lo.[47]

Depois da luta contra os Darhks, Sara acabou ficando inconsciente. Sem a capitã da Waverider para liderá-los, as Lendas decidiram enfrentar um anacronismo por conta própria e viajaram para Vietnã em 1967. Ray, Zari e Amaya foram a um acampamento para conversar com um soldado, o único sobrevivente depois que seu pelotão foi atacado por um monstro. Enquanto conversavam com o homem, Zari percebeu que uma mulher os assistiam de longe. A moça os levaram até o monstro, e descobriram que ele era Gorila Grodd, que pretendia trazer a ordem ao mundo, começando pelo Vietnã, mas ele poderia iniciar a Terceira Guerra Mundial durante isso. Ray, Zari e Amaya inventaram um plano para impedir Grodd, mas o gorila acabou descobrindo isso e partiu para enfrentá-los. Mais tarde, Dick Rory, pai de Mick, invadiu o acampamento para matar a todos, mas Rory foi capaz de convencê-lo a não fazer isso. Depois que Grodd foi derrotado, as Lendas voltaram para a Waverider e viram que Sara acordou de seu coma.[48]

Crise na Terra-X

Átomo com os outros heróis.

Depois que metade das Lendas compareceram no casamento de Barry Allen e Iris West, Ray, Amaya, Nate e Zari ficaram na Waverider. Mais tarde, a nave recebeu um pedido de socorro dos Laboratórios S.T.A.R., enviado por Felicity, depois que os heróis foram derrotados por nazistas da Terra-X. As Lendas restantes viajaram até 2017, e o Átomo salvou Kara Danvers de Eobard Thawne, que estava realizando uma cirurgia para colocar seu coração em Overgirl. Ray então ajudou ela e Felicity a fugirem, mas o Átomo acabou sendo derrotado pelo Arqueiro Negro depois que o vilão o derrubou com uma flecha elétrica. Mais tarde, os heróis foram até a Waverider, onde descobriram que Martin havia morrido. Ray, Amaya e Zari lamentaram por isso no laboratório. Em seguida, o Átomo participou da batalha contra os nazistas em Central City. Depois da vitória, ele compareceu ao funeral de Martin Stein.[49]

Luta contra Mallus

Depois da perda do professor Stein, todos da equipe começaram a lidar com o luto de sua própria maneira. Leo Snart, sósia do Capitão Frio da Terra-X, decidiu ficar com as Lendas ao invés de voltar para seu universo nativos, e decidiu ajudá-los a expressar suas emoções com a ajuda de um fantoche, explicando que eles deveriam dizer ao boneco a última coisa que gostariam de ter dito para Martin. Contudo, a ideia não foi bastante para convencer a todos, e a terapia acabou sendo interrompida depois que um anacronismo foi encontrado na América do Sul em 1000. As Lendas foram até lá, onde descobriram que os Vikings idolatravam um novo deus: Beebo, além de sequestrarem um jovem Martin Stein. Depois de resgatá-lo, eles levaram-o para a Waverider, onde Stein explicou tudo que aconteceu.

Sara pediu a ajuda de Ava Sharpe com a missão. As Lendas então se infiltraram no campo dos vikings, mas quando roubavam o boneco, Rory acabou apertando a barriga de Beebo, fazendo-o falar. Então uma batalha começou, que acabou sendo interrompida depois que Damien apareceu em campo, fingindo ser Odin. Percebendo que não poderiam enfrentá-lo, as Lendas decidiram recuar. Mais tarde, o Átomo decidiu encolher de tamanho e usar o Beebo para convencer os vikings a idolatrarem Jesus e a ciência. Ray conseguiu convencer a todos, menos Freydís. Depois que as Lendas completaram a missão, Ray celebrou o Natal com as Lendas com uma festa de despedida para Jax.[50]

Constantine encarregando Ray de matar Sara.

Depois da missão, Ray e o restante das Lendas conheceram John Constantine, um exorcista conhecido e amigo de Sara. Ray e Zari se encontraram com uma jovem Nora Darhk, que estava a ser possuída por Mallus. Os dois levaram-a ao CC Jitters, onde começaram a cuidar dela e brincar de diversos jogos. Porém, depois que a garota viu seu pai ser morto pelo Arqueiro Verde na televisão, Nora acabou sendo possuída pelo demônio. Ela começou a atacar os dois, e apenas se acalmou depois que Damien apareceu. Ele estava prestes a matar Ray e Zari, mas optou por deixá-los viver e foi embora com sua filha. Ao voltar para a Waverider, Ray mostrou a saída para Constantine. Antes que o homem saísse, ele disse que caso Sara fosse possuída por Mallus, Ray teria que matá-la.[51]

Depois de voltarem de uma missão, Sara começou a repreender Zari por fazer alterações em Gideon (depois que ela havia implementado um sistema que procurava por "brechas" na linha do tempo, para que pudesse salvar seu irmão sem alterar a história), Ray tentou acalmar a capitã para prevenir que Mallus se manifestasse. Sara então ordenou que Zari consertasse a nave, apesar do desgosto da hacker, Zari seguiu as ordens de Sara e começou a reparar a nave, mas acabou sendo atingida por uma substância desconhecida, que a colocou em um coma. Depois de encontrarem-a caída, as Lendas levaram Zari para a ala médica e começaram a cuidar dela. Nas horas seguintes, Zari ficou presa em uma simulação criada por Gideon, que queria mostrar a ela que poderia confiar nas Lendas. Depois que ela acordou, Zari revelou a missão que Constantine encarregou para Ray.[52]

Quando Sara saiu para um encontro com Ava, as Lendas decidiram continuar procurando pelos totens de Zambeze. Eles partiram para pegar o Totem de Fogo em Detroit, mas ele já havia sido roubado por Damien de um museu. O segundo objeto místico que eles decidiram ir atrás foi o Totem da Terra, escondido pelo Barba Negra nas Bahamas de 1717. Durante a missão, os heróis foram capazes de pegar o Totem da Terra, mas acabaram perdendo o Totem Anansi. Ray conversou com Mick sobre sua preocupação com Nora depois de saber que ela iria morrer. Ray então decidiu voltar para 1717 e tentou convencê-la a desistir do plano e ir com ele, para que pudesse se salvar, mas ele foi nocauteado por Nora e acabou sendo capturado pelos Darhks.[53]

Átomo sendo resgatado pelo Kid Flash.

Ray foi capaz de informar as Lendas que foi sequestrado por Damien e Nora. Ele foi forçado a consertar o Totem do Fogo, mas não tinha os objetos necessários para fazer isso. Ray e Nora viajaram até 1962, na Berlim Ocidental, onde iriam pegar a fusão a frio inventado pelo cientista Bernhardt Vogel. Quando encontraram-o, Ray e Nora foram perseguidos por uma versão mais nova de Damien. Ray queria ajudar Vogel a voltar para sua família, mas ele e Nora ficaram surpresos ao ver que o Damien Darhk adulto apareceu para ajudá-los. Ray conversou com Damien sobre como ele tratava Nora, e conseguiu convencê-lo a aceitar que Nora era uma adulta. Damien nocauteou Ray e o amarrou, e então levou Vogel como isca para salvar sua filha. Ray notou que Darhk havia deixado sua armadura de Átomo para trás, e então Ray conseguiu se libertar e a vestiu. Ray salvou Vogel, mas havia chegado tarde demais, e o cientista entregou uma boneca para ele, que continha a fusão a frio. Nora apareceu e hesitou em matá-lo, e apenas demandou que Ray entregasse a boneca. Mas ele não fez isso, e atirou na rua, causando um anacronismo e permitindo que as Lendas pudessem encontrá-lo. Wally West/Kid Flash apareceu e o salvou, levando-o de volta para a Waverider. Na nave, ele disse que conseguiu a fusão a frio para consertar o Totem de Fogo, mas teriam que pegá-lo dos Darhks primeiro.[54]

As Lendas continuaram a perceber as diversas alterações na linha do tempo, e descobriram que um grande anacronismo ocorreu em Memphis de 1954, onde Elvis Presley nunca se tornou o "rei do rock & roll". Decidindo prevenir isso, a equipe viajou até aquele ano e foram até a missa do avô de Elvis. Quando ele começou a tocar sua guitarra, o totem de Zari começou a enlouquecer, obrigando os heróis a voltarem para a nave. Eles descobriram que Elvis era o dono do sexto totem: o Totem da Morte. Wally roubou o violão, mas a história não foi arrumada, explicando que devido ao totem, Elvis conseguiu ver o espírito de seu irmão enquanto tocava, o que lhe deu forças para continuar com o ramo da música. Ray e Mick encontraram Axl, o rato de Mick, morto, então Ray organizou o funeral para o animal, no qual Sara e Mick compareceram. Depois que Nate e Amaya pegaram o Totem da Morte de Elvis, Ray e as Lendas colocaram-o em uma caixa.[55]

Enquanto os anacronismos continuavam a aumentar, as Lendas perceberam que Mallus se fortalecia a cada segundo. Querendo prevenir que o demônio escapasse, Sara dividiu a equipe em duas divisões e os enviou em partes específicas do tempo para consertar a história. Ray ficou com Mick para consertar o Totem do Fogo, mas enquanto faziam isso, eles foram atacados por Sara, que foi possuída por Mallus através do Totem da Morte. Quando as Lendas voltaram das missões, eles encontraram Ray e Mick desmaiados, e então levaram-os para a ala médica. Depois que tudo voltou ao normal, Ray acordou.[56]

Ray, Sara e Gary na Corporação Ava.

Quando Ava desapareceu, Gary pediu a ajuda de Sara para encontrá-la, e Ray decidiu ajudá-los a encontrar ela. Na sede da Agência do Tempo, Ray hackeou os arquivos pessoais de Ava e descobriram que ela tinha pais em Fresno. Ao chegarem lá, eles descobriram que os dois eram apenas atores e não os pais biológicos de Ava. Eles voltaram para a Agência do Tempo, onde se encontraram com Ava e os confrontaram sobre invadirem seus arquivos pessoais. Depois de roubarem o portal do tempo de Ava, Ray e os outros viajaram até Vancouver de 2213 com a nave-mãe da organização. Ao chegarem, eles encontraram múltiplas Avas nas ruas da cidade, e perceberam que Ava Sharpe era uma clone. O trio se infiltrou na Corporação Ava, onde descobriram mais clones de Ava. Porém, enquanto estavam lá, eles acabaram acordando um acidentalmente. Ray disse que iriam embora, mas a clone disse que tinha de exterminá-los. Sara entrou em um combate com o clone e a subjugou facilmente.

Enquanto conversava com Sara, onde acreditavam que Ava Sharpe era um anacronismo, eles foram confrontados pela verdadeira Ava, onde os acusaram de roubar a nave-mãe da Agência do Tempo e seu portal do tempo. Ela perguntou o que estavam fazendo lá, mas Ray mentiu e disse que estavam investigando um anacronismo. Sara a confrontou e pediu para que parasse de mentir, mas Ava ficou confusa, e quando viu uma de seus clones, ela acabou desmaiando, fazendo o trio perceber que Ava não sabia que era uma clone. Depois que Sharpe acordou, eles tentaram fugir, mas foram confrontados pelas clones. Ava tentou se passar por uma dos clones, mas nenhuma acreditou e uma luta começou. Depois de voltarem para a Waverider, Ray apagou as memórias de Gary sobre os eventos.[57]

Ray e as Lendas prendendo Damien em uma cela mágica.

Nate alertou a equipe de que Amaya havia pegado a jump ship e voltou a 1998 para salvar Zambeze. Ao mesmo tempo, as Lendas receberam um pedido de socorro de Rip, que os avisou de que Grodd iria atrás de Barack Obama em 1979. Ray, Sara e Mick decidiram lidar com Grodd enquanto Nate e Wally tentavam impedir Amaya de mudar a história. Ray e sua equipe foram capazes de encolher Grodd e prendê-lo em uma jarra, mas então eles se encontraram com Damien, que pediu ajuda deles para salvar Nora de Mallus. As Lendas levaram-o para a Waverider, onde prenderam-o em uma cela mágica. Darhk entregou o Totem da Água como gesto de confiança, e explicou que queria impedir que sua filha fosse consumida por Mallus. Ray decidiu encolher de tamanho e ir para a orelha de Nora, onde fingiria ser Mallus. Depois de ver Mick assistindo O Senhor dos Anéis, Ray pensou em usar a voz de John Noble para se passar por Mallus. Ele viajou no tempo e se encontrou com Noble, onde conseguiu convencê-lo a dizer "novas falas" do filme.

Ray prosseguiu com o plano e entrou no ouvido de Nora. Ele então começou a reproduzir as falas gravadas por John Noble, e foi capaz de enganá-la. Depois disso, as Lendas voltaram para a Waverider, onde tentaram encontrar por brechas para salvar o vilarejo de Amaya, mas não houve nenhuma. Sara sugeriu que permitissem que Mallus escapasse para que pudessem matá-lo. As Lendas não concordaram com isso inicialmente, mas Darhk sugeriu que pudesse usar o Totem da Morte, já que o objeto místico estava ligado com ele. Porém, Sara disse que o Totem também estava ligado a ela, e então decidiu usá-lo. Ray se tornou o portador do Totem da Água.

As Lendas e Damien Darhk vendo Nora.

A equipe se reuniu em Zambeze e se prepararam para Mallus se libertar. Porém, enquanto a filha de Amaya, Esi Jiwe, defendia o vilarejo dos senhores de guerra, a linha do tempo não alterou. As Lendas perceberam que Darhk os traiu e libertou Grodd para atacar o vilarejo. As Lendas enfrentaram Darhk, mas ele usou os totens para atacá-los. Damien explicou que a única coisa que queria era apenas salvar sua filha, e então permitiu que Nora escapasse. Darhk atacou Ray, mas Sara o esfaqueou pelas costas e roubou seu totem. Eles foram ao lado de fora, onde assistiram Nora se transformar em Mallus.[58] As Lendas atacaram Mallus com os totens, mas eles não foram capazes de derrotá-lo e voltaram para a Waverider. Rip arrancou um driver do tempo da nave, e usou-o para explodir Mallus e a si mesmo, fazendo com que seu sacrifício permitisse que as Lendas escapassem.

Enquanto lidavam com a morte de Rip e reconsideravam as opções que lhes restavam, Sara decidiu ir até Salvation de 1874, onde poderiam se esconder de Mallus até que tivessem um plano para derrotá-lo. Quando Sara saiu, Ray libertou Damien, decidindo que iriam salvar Nora. Eles usaram a jump ship para voltar alguns minutos antes de Mallus matar Nora, onde Damien convenceu Mallus a entrar em seu corpo e emergir a partir dele, matando-o, mas salvando a vida de sua filha. Depois disso, Ray e Nora se reencontraram com as Lendas em 1874, onde inventaram um plano para derrotar Mallus de uma vez por todas.

Ray conversando com Nora antes de lhe entregar a pedra temporal.

Depois que o exército de Mallus começaram a invadir Salvation, Ray, Nora, Jonah Hex, Helena de Tróia, Ava, Kuasa e Jefferson Jackson começaram a lutar contra. Porém, o combate foi interrompido depois que Sara, Amaya, Nate, Mick e Wally usaram os totens para criar um Beebo gigante e começaram a enfrentar Mallus. Depois da derrota e morte do demônio do tempo, Ray se despediu de Nora, que estava sendo presa pela Agência do Tempo. Depois de pedir para conversar a sós com ela, Ray (que, secretamente, tinha começado a gostar dela) entregou a Pedra temporal de seu pai, para que pudesse escapar. Em seguida, as Lendas se despediram de Amaya, que decidiu sair da equipe e voltar permanentemente para 1942. Depois de salvarem o mundo novamente, as Lendas decidiram tirar alguns dias de férias e foram até Aruba. Enquanto relaxavam na praia, Constantine e Gary apareceram, dizendo que um novo perigo estava à solta na linha do tempo - explicando que Mallus não foi a única coisa que escapou de sua prisão.[59]

Caçando fugitivos mágicos

Perdendo Nate

Ray e as Lendas puxando Gary do unicórnio.

As Lendas impediram que uma aberração interferisse em uma turnê dos Beatles, e durante a missão, os membros da equipe começaram a demonstrar seu tédio por fazer a mesma coisa por meses, mesmo que Constantine tivesse mencionado que criaturas mágicas tinham sido libertadas. Zari acabou descobrindo que Ray ajudou Nora a fugir e o confrontou sobre isso. Eventualmente, as Lendas localizaram seu primeiro fugitivo mágico em Woodstock em 1969. Ao chegarem, eles descobriram que a criatura que iriam lidar era um unicórnio, e ficaram maravilhados pelo animal. Porém, o unicórnio acabou tirando o coração de uma mulher e começou a comê-lo, e em seguida as Lendas foram infectadas por seu glitter, deixando-os viciados. Ray alucinou e viu Nora e foi atrás dela e começou a beijá-la, mas aquilo era apenas uma árvore. Quando o efeito passou, Ray e as Lendas ajudaram Constantine em um ritual para mandar o animal para o Inferno. Porém, o unicórnio se segurou em Gary e começou a puxá-lo, fazendo as Lendas puxarem-o de volta.[60]

A segunda criatura mágica encontrada foi em Salém, durante o julgamento das bruxas, onde pessoas de uma vila morreram do dia para o outro. Ray, Sara Zari foram investigar o ocorrido sobre uma possível bruxa entre os aldeões, e sua busca acabaram levando-os até Prudence Hawthorne, uma adolescente cuja mãe foi acusada de bruxaria. As Lendas seguiram-a pela floresta, onde viram Prudence ser cercada por uma névoa brilhante. John Constantine demandou que o espírito maldito se revelasse, mas tal "espírito" era a Fada Madrinha de Prudence, que havia escapado da prisão de Mallus. A mulher se apresentou e começou a cantar uma música, mas foi interrompida. A Fada Madrinha acabou prendendo as Lendas em cipós e chamou corvos par atacá-los, mas depois que Zari disse para Prudence que estavam lá para ajudá-la, a garota pediu para que parasse.

As Lendas então levaram-as para a Waverider. Porém, Prudence, que estava preocupada com sua mãe, usou a magia da Fada Madrinha para desbloquear a porta e fugir. Ray e Mick tentaram impedi-las, mas a Fada Madrinha transformou ambos em porcos. Quando Nate chegou, enviado por Ava para procurar por evidência de que magia existia, Ray explicou (na língua dos porcos) a situação no qual as Lendas estavam lidando. Nate perguntou se ele poderia ajudá-lo na Agência do Tempo, o que Ray concordou, mas pediu que fosse carregado até lá. Na agência, Nate implorou para que Ray se transformasse de volta a humano, mas nada acontecia. Eventualmente (depois que Zari convenceu Prudence a desistir de sua conexão com a Fada Madrinha), Ray foi transformado de volta a sua forma humana na frente do pai de Nate.

Ray e Nate se despedindo.

Mais tarde, depois de obter roupas novas, Ray alegremente se encontrou com Nate, celebrando seus "dígitos" e abriu um portal de volta para a Waverider. Ray gesticulou para Nate, para que seguisse-o de volta para a nave, mas Nate disse a ele para ir em frente, anunciando que ficaria em 2018 por um tempo para trabalhar na Agência do Tempo e se reconectar com seu pai. Ray fez Nate prometer que as Lendas iriam "vê-lo no próximo" antes de dar um abraço de despedida. Ray trocou um olhar final com Nate, que lhe deu um sorriso tranquilizador, antes de retornar tristemente a Waverider sozinho, deixando seu melhor amigo para trás em 2018.[61]

Depois de deixar Nate, Ray continuou a trabalhar com as Lendas. Eles então viajaram para o Reino Unido depois que a monarquia britânica caiu após um "surto" da rainha Elizabeth. Lá, eles se encontraram com a banda The Smell, onde um dos membros era suspeito de ser um fugitivo mágico. Porém, Ray acabou sendo "sequestrado" pela banda, que acreditava que ele era um motorista de fuga. Ray passou por diversos testes antes de entrar na banda, incluindo roubar os cachorros da rainha. Durante isso, ele acabou formando uma conexão com Charlie, que era a fugitiva mágica que as Lendas procuravam. Depois que sua equipe o encontrou, Ray tentou impedi-los de mandá-la para o Inferno, mas isso não funcionou. Depois que a transforma assumiu a forma de Amaya Jiwe, Constantine tirou os poderes da fugitiva e as Lendas decidiram prendê-la em uma cela da Waverider ao invés de mandá-la para o Inferno.[62]

Ray e Sara vendo a situação de Constantine.

Enquanto perseguiam um fugitivo mágico no Acampamento Ogawa em 1995, Nate estava ocupado com a Agência do Tempo para ajudá-los na missão, então Constantine decidiu se unir a Ray. Os dois serviram trabalharam como conselheiros de acampamento, e foram encarregados da cabana dos garotos. Porém, apesar dos melhores esforços das Lendas, as crianças continuavam a desaparecer durante a noite. Eventualmente, eles descobriram que o fugitivo que procuravam era um Shtriga, que havia assumido a forma de Chad Stephens. Enquanto investigavam a floresta, Ray e Constantine encontraram as crianças desaparecidas, mas eles estavam na beira da morte. Enquanto Ray recitava um ritual, Constantine usou magia para fazer a força vital das crianças voltarem para seus corpos, fazendo com que a verdadeira forma do shtriga fosse revelado e permitindo que Sara e Ava o matasse. Porém, um dos garotos ainda estava em grande perigo. John então entregou sua própria força vital para o garoto, curando-o. Os dois voltaram para a Waverider, onde Ray e Sara pediram para que a Gideon o sedasse enquanto discutiam soluções para o problema do homem.[63]

Romance com Nora Darhk

Ray decidiu procurar por Nora Darhk, que havia escapado da Feira Renascença de 2018 para se esconder da Agência do Tempo, além de evitar usar sua magia para não ser localizada facilmente. Porém, Ray conseguiu encontrá-la de todo modo, e a salvou de um homem que estava dando em cima dela. Ele a levou para a Waverider, onde pediu para ela ajudar a salvar John. Contudo, Nora recusou, devido a sua magia ser de seu pai, mas eventualmente ela mudou de ideia e concordou entregar um pouco de sua força vital para Constantine. Ray a conectou em uma máquina, e depois de alguns instantes, Constantine se curou.

Ray vendo Nora se entregar para a Agência do Tempo.

Alguns minutos depois, John se levantou e saiu para fumar, para grande aborrecimento de Ray. Nora o agradeceu por ver o melhor nela, e disse que estava na hora de ir. Ray colocou a pedra temporal nas mãos de Nora, implorando para que ela viajasse para longe e se escondesse, e não lhe contasse para onde iria. Nora o relembrou o quanto as Lendas ficaram zangados com ele por ter a deixado escapar, mas Ray confessou que se importava mais com ela, e desejava que fosse livre. Nesse instante, ela agarrou sua mão e os dois viajaram para a Sede da Agência do Tempo em 2018. Ray disse para que fosse embora, mas Nora explicou que já estava cansada de fugir e que isso era parte de sua liberdade. Ela devolveu a pedra para Ray, dizendo que estava na hora de enfrentar seu passado. Quando os agentes começaram a se aproximar, ela apertou a mão dele mais uma vez, e Ray observou enquanto ela se entregava. Ela deu a ele um último olhar antes de ser escoltada.[64]

Um mês depois de serem separados, Nate voltou para a Waverider, onde Ray o cumprimentou alegremente apesar de Sara alertá-lo que Hank também estava na nave para uma inspeção. As Lendas notaram que um anacronismo havia sido localizado em Paris de 1920 e então foram até lá para investigar, mas Sara deixou Ray, Zari, John e Charlie na nave para que não causassem nenhum problema. Ray e Zari tentaram ensinar Charlie sobre a história de Amaya, para que ela pudesse se passar como ela, mas isso não funcionou. Depois de perceber os sentimentos de Ray por Nora, Constantine disse que ele era o único capaz de sair da nave sem ser notado.

Ray sendo criticado por Ava.

Ray usou a jumpship e voltou para 2018, onde implorou para que Ava deixasse-o visitar Nora, mas ela recusou. Porém, Mona Wu, a cuidadora dos fugitivos mágicos, acabou ouvindo a conversa e se ofereceu ajudá-lo. Ray se encolheu em um envelope, no qual Mona levou até a cela de Nora, dizendo que era uma carta amor. Infelizmente, Nora, embora por acidentalmente, usou sua magia para prender ela, Ray, Mona e Ava na cela. Eventualmente, Mona e Ava convenceram Nora a abrir a carta de Ray, e nesse instante elas o viram e ele pediu ajuda para sair da cola. Ao aumentar de tamanho, Ray explicou para as mulheres que queria ver Nora e saber se estava bem, o que ela achou "idiota, mas fofo". Ava, porém, o criticou por sua atitude e pediu para que as tirassem da cela, o que ele o fez.

Mais tarde, as Lendas se reagruparam na Waverider para se despedir de Nate com uma festa da pizza. Ray mencionou como a nave seria diferente sem seu melhor amigo lá, mas Nate garantiu que ele sempre poderia visitá-lo na Agência do Tempo. Ray ouviu quando Nate deu um discurso emocionante sobre seu crescimento como uma lenda e os lembrou de "aproveitar o passeio enquanto dura". Enquanto a Waverider voava para a zona temporal, Nate foi falar com Charlie em particular, e as Lendas restantes compartilharam um brinde juntos.[65]

Depois de descobrir que Nora gostava de homens com bigodes através de uma carta enviado pro ela, Ray usou um falso para tentar impressioná-la. Ele e as Lendas viajaram à 1856 para capturar Mike the Spike, um serial killer. Ray ajudou a filha de Didi Carbonnet a encontrar Mike, mas ele acabou sendo nocauteado pelo serial killer, que era um boneco. Eventualmente, Ray e as Lendas conseguiram derrotá-lo, e Mick acabou queimando a boneca e levaram seus restos para a Waverider.[66]

Depois que Mona Wu foi culpada de libertar Konane, um fugitivo mágico preso na Agência do Tempo, Ray e os outros foram atrás dela para prendê-la. Apesar de terem a capturado, as Lendas não sabiam se acreditavam nela ou não, já que a mulher dizia que alguns "homens de preto" estavam retirando fugitivos de suas celas, mas a discussão foi interrompida depois que uma aberração foi encontrada em 1961. Ao chegarem na Cidade do México, Ray e as Lendas descobriram que Konane era um lutador importante, e então ele e os outros decidiram apoiá-lo em uma luta falsa contra o El Cura, afim de proteger a história mexicana. Quando a Agência do Tempo apareceu durante a luta, Ray e as Lendas enfrentaram seus agentes, mas ele e as Lendas foram capazes de tornar Konane e El Cura em ídolos do México novamente.[67]

Ray e as Lendas fugindo da Agência do Tempo.

Depois disto, Ray e as Lendas viajaram para 1973 depois que o Presidente Richard Nixon começou a contar verdades para os Estados Unidos. Ele e Sara foram capazes sequestrá-lo, deixando Charlie para trás para se passar pelo homem. Contudo, eles começaram a serem perseguidos pela Agência do Tempo, então as Lendas roubaram um trailer e começaram a viajar pela estrada, fugindo de Hank e Nate, que os perseguiam. Enquanto investigavam a situação de Nixon, as Lendas descobriram que isso era por causa do Agente de Ma'at, que fazia todos falarem a verdade. Durante a jornada, o inseto entrou no corpo de cada membro das Lendas, fazendo-os contar a verdade sobre tudo que pensavam. Depois que Mona fugiu após ser magoada, Ray e Mick acabaram sendo capturados por Hank, mas graças a Nate, eles foram libertados e as Lendas foram perdoadas.[68]

Depois que Hank foi morto, e Nora era a principal suspeita, Ray e as Lendas compareceram ao funeral do homem. Ele estava em conflito sobre sua presença no funeral, mas Sara disse que Nate precisava do apoio de todos naquele momento. Durante lá, Constantine conversou com Ray sobre como funerais eram um meio de acesso dos espíritos ao mundo real, algo que Ray disse ter sido assustador. Quando tentou sair, Ray se encontrou com Nate, e os dois conversaram sobre Nora. No banheiro, Ray começou a ouvir um barulho no espelho, e apesar de dizer para si mesmo para não tirar o pano que o cobria, acabou tirando-o, vendo o reflexo de Nora. Ela explicou que não matou Hank e pediu por sua localização.

Ray e Nora dividindo uma cama.

Depois que as Lendas receberam um novo alerta em 1802, a equipe voltou para a Waverider. Porém, ao invés de acompanhá-los na missão, Ray disse que ficaria na nave. Depois de ir atrás de Nora, Ray a levou para a Waverider. Os dois começaram a conversar e ele perguntou quem matou Hank, o que ela revelou ter sido um demônio. Nora estava nervosa por estar na nave, mas Ray a tranquilizou, dizendo que estava feliz por ela estar lá. Quando Charlie apareceu, Ray a escondeu em um quarto. Eles então atualizaram a equipe de campo sobre a situação em 1802. À noite, Ray deixou que Nora dormisse em sua cama enquanto ele iria dormir na poltrona, apesar dela dizer que a cama era grande o suficiente para os dois. Apesar disso, ele decidiu dormir na cama junto de Nora, onde dividiram-a de forma estranha. Quando Nora tentou tocar em sua mão, Ray se virou e desejou-a boa noite. Sem o conhecimento de ambos, Ray e Nora foram afetados pela música "I Surrender", de Zari e Sunjay, e então cantaram seus sentimentos verdadeiros através de uma canção. Depois disso, eles tiveram uma noite de paixão.[69]

Preso no Inferno e derrotando Neron

Ray e Constantine vendo Nora.

Quando Constantine e Nora começaram a trabalhar juntos para derrotar Neron, Ray ficou preocupado que Nora poderia se machucar. Enquanto os dois discutiam entre si, Ray apareceu e perguntou se estava tudo bem. Nesse instante, Nate apareceu e se trancou na sala com o demônio, depois de descobrir que foi ele quem matou seu pai. Eventualmente, o trio foi capaz de abrir a porta e retirá-lo de lá antes fizesse algo. Mais tarde, depois de Nora e Constantine exorcizarem Neron para fora do corpo de Desmond e inciarem o processo de enviar o demônio para o Inferno, Ray, que estava assistindo as câmeras de segurança, foi até a sala. Constantine segurou Ray, deixando Nora a única par segurar o demônio. Porém, depois de atacá-lo, Neron acabou entrando no corpo de Ray e deixou Nora em um coma. Depois disto, no lado de fora da sede da Agência do Tempo, Ray se agachou para amarrar seus cardaços, mas um cachorro (que havia percebido algo sobrenatural nele) começou a latir em sua direção. Ray se assustou e disse que aquilo era estranho, já que os animais adoravam ele. Depois disso, ele começou a assoviar uma melodia tenebrosa enquanto caminhava.[70]

Ray percebendo que Neron está em seu corpo.

Algum tempo depois, Ray foi visitar Nora. Porém, ele começou a sufocá-la com seu travesseiro. Depois que conseguiu se controlar, ele notou algo sombrio se mexendo ao redor de sua mão, e percebeu que alguma coisa estava de errado com ele. Ray então começou a lutar contra a possessão de Neron, mas percebeu que não conseguiria fazer aquilo por conta própria. Ele tentou pedir a ajuda de Constantine, mas foi Gary quem apareceu para ajudá-lo. Os dois tentaram retirar Neron de seu corpo, mas falharam. Quando Nate apareceu na Waverider, Ray tentou fazê-lo ir embora, mas seu melhor amigo não entendia o que ele estava dizendo. Neron então começou a controlar o corpo de Ray e passou a atacar Nate. Quando o demônio estava prestes a matá-lo, Ray acabou fazendo um acordo com Neron; ele poderia tomar seu corpo desde que Nate fosse poupado, o que o demônio aceitou o acordo. A alma de Ray então foi enviada ao Inferno.[71]

Ray e Vandal Savage no Inferno.

No Inferno, Vandal Savage, um antigo inimigo das Lendas, foi enviado para torturar Ray, mas os dois acabaram conversando sobre Kendra e começaram a deixar sua rivalidade no passado.[72] Ray então foi teletransportado pelo Triumvirato até Constantine, que foi ao Inferno para resgatá-lo, para que o homem pudesse tomar uma decisão; salvar o corpo e a alma de Ray ou salvar Astra Logue, mas John decidiu salvar Astra.[73] Enquanto jogava Jenga gigante com Vandal, Ray começou a gritar porque uma peça caiu. Acreditando que ele estava em perigo, Nora (que havia sido transformada em uma Fada Madrinha) e John entraram para salvá-lo. Animado por rever seus amigos, Ray explicou sua situação e os convidou para jogar Jenga, além de apresentá-los a Vandal Savage. Depois de beijar Nora e se despedir de Savage, Ray foi levado de volta ao mundo real em forma de uma moeda de alma, já que seu corpo estava sendo usado por Neron.

Quando Neron quebrou sua promessa de não machucar Nate, Constantine foi capaz de exorcizar o demônio para fora do corpo, permitindo que a alma de Ray entrasse para seu corpo. Ele então começou a chorar pela morte de Nate, mas todos presentes no Heyworld começaram a cantar "Sweet Baby James", permitindo que Constantine usasse a magia do amor para ressuscitar Nate. Porém, sem perceberem isto, as Lendas acabaram alterando a linha do tempo, fazendo com que seu irmão, Behrad Tarazi, tivesse entrado para a equipe ao invés de Zari. Ray e Nate se abraçaram, e depois as Lendas partiram para iniciar uma nova aventura.[72]

Linhas do tempo apagadas

Depois que Constantine e Charlie quebraram a linha do tempo tentando salvar Desmond, Ray acabou sendo membro de versões alternativas das Lendas, como os Guardiões da Cronologia e os Fantoches do Amanhã, e até mesmo morreu em algumas destas linhas temporais. No entanto, depois que Constantine voltou no tempo e consertou seus erros, a linha do tempo foi restaurada e estes eventos foram apagados.[74]

Crise nas Terras Infinitas

Ray e Sara na noite de jogos.

Em 10 de dezembro de 2019, Ray e Sara estiveram em um bar em Star City, onde participaram de uma noite de jogos. Na última pergunta da noite, que era "qual a última música gravada por Janis Joplin", a dupla estiveram convencidos que sua resposta ("Mercedes Benz") seria a correta, porém o apresentador anunciou que as Lendas perderam. Ray revelou que quando foram a Woodstock em 2018, a falecida cantora percebeu Ray em seu traje, fazendo com que a história fosse alterada e a canção "Pequeno Homem Robô", apelido que Janis deu a Ray, fosse sua última composição. Neste instante, Lyla Michaels, que utilizava um traje, apareceu em cima de uma mesa. Embora Sara tenha questionado-a respeito de sua vestimenta, Lyla não a respondeu e cobriu ela e Ray em uma luz branca. Lyla, agora chamada de Precursora, revelou para Sara e Ray a respeito da Crise nas Infinitas Terras, um evento que destruiria todas as Terras do multiverso. Ela e Ray, ao lado de Barry Allen, foram enviados para fazer reconhecimento.

Ao serem levados para a Terra-38, Átomo, Canário Branco e o Flash impediram que a Supergirl derrubasse uma torre quântica que emergiu no meio de National City. Ray explicou o que era aquilo para os heróis. Em seguida, a Precursora revelou que esse era o plano do Monitor como a "última linha de defesa", o que iria atrasar a antimatéria de chegar na Terra enquanto eles pensavam em um plano. Ela também revelou a existência do Anti-Monitor, o indivíduo que queria destruir todas as Terras do multiverso. Ray também conheceu Kate Kane/Batwoman e perguntou se ele poderia fazer ajustes em seu traje, mas ela negou e o ameaçou. Quando Querl Dox revelou a localização da cápsula do filho de Superman e Lois Lane e revelou que havia sido encontrado em Star City 2046 da Terra-16, Ray e Sara perceberam que viajaram para um universo diferente em suas primeiras aventuras.

Átomo, Superman, Flash e Supergirl vendo os demônios das sombras.

Quando a batalha para salvar a Terra-38 começou, o Átomo lutou ao lado do Arqueiro Verde, Mia Queen e a Batwoman contra diversos demônios das sombras. Durante a luta, o Átomo pegou um dos batarangs da Mulher-Morcego e o modificou, permitindo que múltiplos demônios das sombras fossem destruídos. Quando a Supergirl, Superman e o Flash voltaram, eles perceberam que os céus estavam ficando vermelhos novamente, dando a entender que a torre quântica estava falhando. Os Super Primos foram aos céus e usaram sua visão de calor para recarregar o dispositivo, mas então diversos demônios das sombras começaram a aparecer. Os heróis deram tudo de si e começaram a lutar contra seus adversários, protegendo a torre enquanto o universo era evacuado. Porém, o Monitor apareceu no meio do combate, anunciando que a batalha havia sido perdida e teriam que se reagrupar. Novu então usou seus poderes para levar os heróis à Terra-1;[75]

Nos Laboratórios S.T.A.R., Ray e Mar Novu começaram a discutir. Ray explicou que o ser cósmico queria usar a Waverider, mas Ray disse que isso não seria possível já que as Lendas ainda estavam na nave. Porém, a Precursora disse que não precisavam da equipe, apenas do laboratório da nave, e então viajou até a Terra-74 para pegar a Waverider daquele universo. Abordo da nave, Novu começou a contar sobre sua mais nova descoberta; os Paragons, os únicos seres que poderiam derrotar o Anti-Monitor e salvar o multiverso. Ele revelou que Bruce Wayne da Terra-99 era um desses Paragons, o que surpreendeu Ray, que tinha acabado de descobrir que o homem é o Batman.

Ray conhecendo o Superman da Terra-96.

Ao invés de ir com os heróis recrutar os Paragons, Ray ficou na nave para construir o detector de Paragons. Enquanto trabalhava, Ray ouviu o Mick Rory da Terra-74 ler um livro adulto para Jonathan Kent. Ray parou e comentou que o livro era altamente inapropriado para o bebê, mas ficou surpreso ao ver que Jon havia gostado do livro. Logo depois de construir o detector, Ray foi apresentado ao Clark Kent/Superman da Terra-96, que é o seu sósia daquele universo. Animado por isso, ele começou a fazer diversas perguntas para o homem. Novu então pediu para que ligasse o detector de Paragons e Ray o fez, mas quando o dispositivo começou a indicar que havia um Paragon na nave, ele disse que deveria ter feito algo errado. Contudo, o Monitor confessou que a máquina funcionava perfeitamente, e revelou que Kate Kane era a Paragon da Coragem, não o Bruce da Terra-99.[76]

Ray, Iris e Ralph conversando com Ryan Choi.

Mais tarde, o restante da Equipe Flash chegou à Waverider. Ray e Cisco trabalharam juntos no detector de Paragons, que revelou os últimos nomes (J'onn J'onzz, Barry e o cientista Ryan Choi). Ray, Iris West-Allen e Raplh Dibny visitaram Ryan Choi em Ivy Town, curiosamente a cidade natal de Ray, para recrutar o homem. Ao encontrarem-o, Ray se surpreendeu ao descobrir que o cientista era seu fã. Ray revelou que ele era o Átomo, e Ralph revelou que ele é o Homem-Elástico, para facilitar o recrutamento, mas Ryan se recusou a ajudá-los, dizendo que queria passar as últimas horas que tinha com a sua família. Depois que Iris conseguiu convencê-lo a ajudar, o quarteto voltou para a Waverider e se preparar para a batalha que se aproximava.

Eventualmente, Ray, assim como todos os seres do multiverso (com exceção dos sete Paragons) foi morto quando uma onda de antimatéria destruiu a Waverider.[77] Porém, graças aos esforços dos Paragons e do Espectro, Ray Palmer foi restaurado em um novo universo um mês depois.[78]

Pós-Crise

Derrotando o Anti-Monitor

Átomo tirando uma selfie com Beebo.

Ray foi chamado por Sara a um bar em 2020. Quando foi abraçada pela capitã, Ray ficou confuso com isso, apesar de dizer que nunca recusava um bom abraço. De repente, J'onn J'onzz apareceu e Ray o cumprimentou alegremente, o que deixou Sara confusa, já que ele nunca havia conhecido o marciano. J'onn então restaurou as memórias da Terra-1 de Ray. Mais tarde, quando um Beebo gigante começou a atacar Star City, Ray acompanhou o Flash e a Supergirl na missão de derrotá-lo. O Átomo retirou seu celular e tirou uma selfie com o monstro gigante, o que irritou os heróis. Com a ajuda de Batwoman, eles perceberam que o Beebo era, na verdade, uma conjuração mágica e uma distração para os heróis.

Mais tarde, depois que Harrison Nash Wells revelou que o Anti-Monitor havia retornado, Ray, Nash e Ryan Choi começaram a construir uma arma capaz de encolhê-lo e enviá-lo ao Microverso, assim derrotando-o para sempre. Depois de finalizarem a bomba, o Átomo voou ao campo de batalha, onde salvou o Superman do vilão. Ele entregou a bomba para a Supergirl, fazendo com que Mobius começasse a encolher para sempre. Depois disso, o Átomo transformou o Superman para seu tamanho normal. Mais tarde, Ray, Sara e Mick ficaram no Bunker da Flecha, onde assistiram a presidente realizar uma coletiva sobre os eventos que aconteceram.[79]

Enfrentando os Encores

Átomo depois de explodir Rasputin.

Depois que a "missão especial" acabou, Ray, Sara e Mick retornaram para a Waverider, onde foram recebidos pelas Lendas com uma festa surpresa. Eles também descobriram que estavam gravando um documentário sobre as missões da equipe. Ray conversou com a equipe, onde falou sobre como as pessoas ainda tinham medo dele depois do incidente com Neron. Em seguida, as Lendas viajaram até 1917, onde descobriram que Grigori Rasputin havia sido ressuscitado. Depois de perceberem que o homem era praticamente imortal, as Lendas tiveram que inventar um plano para matá-lo. O Átomo entrou dentro de Rasputin, onde aumentou seu tamanho e o fez explodir. Mais tarde, ele e Behrad limparam o exoesqueleto. No lançamento do documentário, Ray e as Lendas concordaram em fingir e dizer que tudo gravado era falso.[80]

Depois que Constantine voltou do Inferno, as Lendas descobriram que Astra Logue estava por trás dos Encores. Depois de chegarem em Los Angeles de 1947, Ray e Constantine acompanharam Sara na missão a campo. O trio conheceu Jeanie Hill e Ray se fingiu de policial, e descobriram através da mulher que o Encore que procuravam era Benjamin Siegel, seu ex-namorado. As Lendas foram ao Iguana Azul, a boate de Bugsy. No lado de fora, Ray, vestindo um uniforme policial, aguardou pelo homem. Em seguida, Ray e os policiais da cidade cercaram-o em um beco. No departamento de polícia, Ray descobriu que os policiais que levaram Bugsy eram corruptos, e a arma que usava era especial. Quando Siegel estava prestes a sair da delegacia, Ray interrompeu o homem para revistá-lo e tirar sua arma, mas foi impedido. Depois que Siegel foi derrotado por Sara, as Lendas voltaram para a Waverider. Ao perceber que Constantine estava agindo de forma estranha, John aconselhou-o a tentar salvar Astra.[81]

Algum tempo depois, Ray sugeriu para Sara e John que voltassem no tempo antes que eles se tornassem do mal. Porém, ele saiu depois que Nora apareceu em seu quarto. Lá, ela demonstrou sua infelicidade por todas as crianças desejarem um pônei. Os dois começaram a conversar sobre o trabalho de Nora como Fada Madrinha, e Ray começou a preparar um clima romântico para sua namorada, mas ela acabou adormecendo na poltrona. Ele então a cobriu com um cobertor. Em seguida, as Lendas descobriram que um serial killer, Freddy Meyers, havia sido ressuscitado em 2004.

Ray e Nate conversando com Freddy Meyers.

As Lendas viajaram até o reencontro do Central City High em 2004. Enquanto Sara, Ava e Mick procuravam por Freddy dentro da escola, Ray e Nate vasculhavam aos arredores. Eles então encontraram um policial morto dentro de seu carro, onde sua garganta foi cortada pelo Assassino da Formatura. Os dois tentaram voltar para dentro da escola depois que Sara chamou por reforços, mas o Encore usou seus poderes mágicos para trancá-los no lado de fora. Ray tentou usar um canivete para abrir a porta, mas isso não funcionou. Sara sugeriu que usassem o plano de Ray. Então, Ray e Nate voltaram à Central City High de 1989. Depois de verem Freddy sofrer bullying de outras pessoas e ser convidado para a formatura por Tiffany Harper, a única pessoa que sobreviveu, os dois interviram e tentaram convencê-lo a não ir para a formatura, mas o garoto saiu correndo.

As Lendas tirando foto em Central City High em 2004.

Os dois voltaram para a Waverider e conseguiram o endereço de Freddy. Quando Nora começou a ter dores de cabeça, Ray perguntou se estava tudo bem, e ela explicou o que estava acontecendo. Nora revelou que havia se tornado a Fada Madrinha de Freddy, algo que Ray viu da maneira positiva, dizendo que ela poderia ajudá-lo a mudar. Quando o baile começou, Ray e Nate se encontraram com Nora. Ela o convidou para a formatura, o que Ray aceitou. Eles então assistiram Freddy dançar com Tiffany. Depois que Freddy realizou um passo de dança, que surpreendeu a todos, Ray e Nora dançaram juntos. Depois de completarem a missão, Ray, Nora, Nate, Zari Tarazi e Behrad se reencontraram com as outras Lendas em 2004 para celebrar o sucesso.[82]

As Lendas com a cabeça de Maria Antonieta.

Ray conversou com Nora enquanto ela trabalhava como Fada Madrinha, mas foram interrompidos por Mick. Antes de desligar, ele disse que a amava, e ela disse o mesmo. Ray, que estava na ala médica, perguntou o que Mick sentia, e depois de analisá-lo, deduziu que ele estava desenvolvendo sentimentos por Ali. Ray e as Lendas participaram de uma reunião de equipe, onde Ava, que era a capitã temporária, comentou sobre o A.L.O.H.A.. Gideon revelou que a Revolução Francesa estava com problemas em 1793. Eles então descobriram que Maria Antonieta, cuja aparência era semelhante aos de Nora, era o Encore que procuravam. Os membros masculinos das Lendas foram afetados pelo perfume mágico dela. Depois de serem salvos do encanto da Encore, as Lendas levaram-a para a Waverider.

Ray e Mick se escondendo de Maria Antonieta.

Enquanto conversava com Nora, Ray disse que ela tinha que fazer um "teste de ancestralidade" por conta sua semelhança com Maria Antonieta. Porém, Nora disse que "tinham muito que conversar" caso ele acreditasse que se parecesse com a mulher decapitada. Maria Antonieta roubou o perfume de Mari Antonieta e Ray foi avisar as Lendas sobre isso. Eles então descobriram que o corpo da Encore havia se soltado da maca no qual estava presa. Ray e Mick foram atrás do corpo decapitado de Maria Antonieta, mas ela conseguiu roubar a arma de fogo de Mick e começou a usá-lo contra eles. Eventualmente, os dois conseguiram derrotá-la logo quando Zari, Ava, Behrad e Nate retornaram para a Waverider. Mais tarde, as Lendas conversaram com uma projeção holográfica de Sara, onde garantiram a ela que haviam capturado o Encore.[83]

Ajudando Constantine

Depois que a morte de Constantine foi antecipada, Ray e os outros começaram a cuidar dele na ala médica para prevenir que ele morresse. Ray esteve em uma reunião convocada por Ava, que revelou um dispositivo que ela construiu sobre Encores e aplaudiu depois da introdução, mas ele foi o único feliz por isto. Ele então ouviu a explicação sobre a localização de um Encore no Japão em 1997, e foi encarregado de ficar na nave com Zari. Durante a missão, enquanto lia um jornal, Zari disse para Ray que eles estavam em uma época onde "a Grã-Bretanha estava prestes a devolver o controle de Hong Kong pra China". Contudo, Ray disse que isso não seria "muito relevante", mas agradeceu por sua ajuda e pediu para que ela continuasse procurando por pistas.

Constantine tentou sair da nave e Ray foi interceptá-lo, porém, ele acabou deixando-o ir, contanto que fosse junto. Eles foram até a casa de Constantine, mas ele desmaiou antes que pudesse realizar um feitiço de invocação. Ray realizou ressuscitação, e depois que Constantine voltou à vida, ele explicou que o culpado por isto foi Astra. Eles chamaram Nora e tentaram fazer com que a criança que ela cuidava, Pippa, desejasse que ele melhorasse, mas isso não funcionou. Ray e Gary continuaram a ajudá-lo, mas nada que Constantine fazia funcionava. Ele acabou se irritando e mandou os dois irem embora.

Ray, Constantine e Gary jantando.

Ray começou a cozinhar o jantar, ouvindo Gary chorar sobre se sentir impotente em ajudar John. O homem disse que gostaria que John fosse partir em paz, mas Ray respondeu dizendo que ele irá embora da maneira que viveu. Quando estava prestes a terminar sua frase, Constantine entrou e se chamou de "completo babaca". Eles se sentaram para comer, e Constantine entregou o testamento dele para que Ray lesse. John perguntou quais eram os desejos de Ray, e ele disse que gostaria de pedir Nora em casamento. Constantine o encorajou a pedir a Nora, dizendo que a vida era muito curta para viver de arrependimentos. Os dois ficaram tristes por ver que Constantine cometeu suicídio, mas se alegraram ao ver que Astra havia poupado sua vida e o reviveu.[84]

Casamento e deixando as Lendas

Seguindo o conselho de John, Ray decidiu pedir Nora em casamento. Então, ele, Behrad e Nate prepararam a casa de Constantine para isto. Quando Nora chegou, porém, ela ainda estava cuidando de Pippa, já que a criança ainda não havia descoberto seu desejo profundo. Enquanto continuava fazer o jantar, Nora foi até a cozinha e revelou que Damien Darhk estava lá, e Ray logo deduziu que ele era um Encore. Ray levou Pippa à Waverider e começou a lhe mostrar a série que assistia quando criança, chamado Rua Sem Saída do Sr. Parker. Ela disse que o programa era "ridículo", e então Ray lhe entregou 20 dólares para que continuasse a assistir. Quando se encontrou com Nate e Behrad, ele explicou a situação.

Os dois continuaram a assistir o seriado, e quando Pippa fazia algumas perguntas, ele a respondia. A garota perguntou porque Ray não estava com Nora, e ele explicou que sua namorada queria "espaço" enquanto estivesse com seu pai. A criança disse que Nora estava com vergonha de mostrá-lo a seu pai, e para provar seu ponto, ela invocou a Fada Madrinha, fazendo Nora aparecer na nave, mesmo ele tentando impedi-la. Ray então perguntou se ela estava o escondendo, o que sua namorada confirmou, com Ray dizendo que seria difícil esconder a verdade quando ele viesse à tona.

Ray, Nora e Damien na Rua Sem Saída do Sr. Parker.

Enquanto comia com Nate, Ray acabou se lembrando de que escondeu o anel de noivado na sobremesa. Ao chegar lá, ele tentou, à distância, conversar com Nora, mas ela não entendia o que ele estava dizendo. Quando Ava comeu a sobremesa, ela acabou encontrando o anel. Nora olhou para Ray, e ele a respondeu com um sorriso. Quando Constantine pediu Nora em casamento, já que eles estavam fingindo ser um casal, ela recusou a proposta. Nora então contou a verdade para seu pai. Ray, nervoso, se apresentou a Damien e pediu sua bênção para se casar com Nora. O homem acabou se irritando e usou seus poderes para enforcar Ray e atacar as Lendas. Pippa, Nate, Behrad e Charlie apareceram na casa, e para salvar a todos, a garota pediu para que as Lendas fossem levadas à Rua Sem Saída do Sr. Parker. Quando a série começou, Ray se tornou o Sr. Parker e conversou com Damien e Nora sobre como poderiam resolver seus problemas. Todas as Lendas que foram levados ao programa começaram a resolver seus problemas pendentes (como a discussão entre Sara e Ava, o medo de Gary por trens, e a briga entre Constantine e Charlie). Eventualmente, Nora e Damien se reconciliaram e se desculparam.

Ray e Nora se beijando em seu casamento.

Depois que todos resolveram seus problemas, Pippa desejou que todos voltassem ao normal. No mundo real, Ray e Damien apertaram suas mãos. Nora, com o anel de noivado em suas mãos, começou a dizer "aceito" repetidamente, e correu para os braços de seu namorado e começou a beijá-lo. Nora então disse que queria se casar naquele instante, o que ele concordou. Enquanto se beijavam, Damien interrompeu o momento, dizendo que ele ainda não havia se casado. Quando a cerimônia começou, Nate acompanhou Ray até o altar. Em seguida, Nora apareceu com Damien. Depois que eles se casaram, Ray foi parabenizado por seus amigos. Após a cerimônia, Damien agradeceu por tudo, e pediu que a apoiasse em seu trabalho como Fada Madrinha.[85]

Depois de se casarem, os dois voltaram para a Waverider, onde tiveram uma noite inteira de paixão. Ao acordar, Ray começou a ver suas fotos de suas primeiras missões com as Lendas. Com a voz de Damien ecoando em sua cabeça, Ray disse que eles deveriam seguir em frente e sair das Lendas, para que sua esposa pudesse se concentrar em seu trabalho como Fada Madrinha, o que ela concordou. Depois de se beijarem, e perceberem que precisavam escovar os dentes, o casal foi até o banheiro, onde encontrou Sara e Ava esperando por Zari. Depois que todas as Lendas chegaram, com exceção de Nate, Ray e Nora anunciaram que estariam deixando as Lendas, apesar de quem foi Mick que entregou a notícia.

Enquanto arrumava suas coisas no laboratório, Ray disse para Sara que Maria Antonieta e Rasputin haviam desaparecido, mas a capitã explicou que Astra puxou suas almas de volta para o Inferno. Ela perguntou se já havia contado a notícia para Ray, mas ele negou, dizendo que teria que esperar o momento certo. Sara disse que ele teria que fazer isso logo para aproveitar a última missão juntos. Ray então participou de uma reunião das Lendas sobre o Tear do Destino. Sara tentou fazer com que Ray falasse a verdade, mas Ray sempre desviava do assunto. As Lendas então voltaram para Londres de 1594, onde Charlie escondeu o primeiro pedaço do Tear.

A despedida de solteiro de Ray.

Eles desceram da nave, onde descobriram que Charlie havia deixado o anel do Tear com William Shakespeare. Eles tentaram assustá-lo para fazê-lo revelar onde estava o anel, mas o homem revelou que havia vendido o objeto. Quando o homem a quem William vendeu o anel chegou, Nate começou a contar seu plano. Sabendo que esta era sua última missão, Ray começou a chorar. Nate percebeu isso e perguntou se estava tudo bem, o que ele disse que tinha se emocionado. Charlie então apareceu com o anel, fazendo com que a missão acabasse. Ele então disse que iria para uma lua de mel com a Nora, mentindo de novo sobre sua saída da Waverider. Nate então disse que iria dar uma despedida de solteiro para Ray.

Durante a celebração, as Lendas acabaram ficando bêbados. Constantine tentou fazer com que Ray revelasse que ele iria sair da nave, mas foi Mick quem contou uma bomba, dizendo para sua equipe que tinha uma filha. Porém, eles acabaram iniciando uma briga de bar, e consequentemente revelaram seus super poderes, incluindo Ray exibindo seu exoesqueleto. Quando foram apagar a mente de William Shakespeare, Nate acabou, acidentalmente, apagando as memórias das Lendas. Eles então foram embora do bar, sem saber que haviam alterado a linha do tempo.

Ray conversando com Sara sobre sua saída das Lendas.

Ao voltarem para a Waverider, eles foram criticados por Sara, que revelou que Romeu e Julieta havia se tornado uma peça de super-herói. Eles então perceberam que Sara estava bêbada, e logo perceberam que algo aconteceu na nave. Sara chamou Ray para conversar em particular, onde ela perguntou do porque não ter contado que iria embora. Ray explicou que ao fazer isso, sua saída da equipe se tornaria oficial, e disse não ter certeza se gostaria que isso acontecesse. Ela então o relembrou da primeira vez que foram recrutados para as Lendas, dizendo que deixaram seu passado para trás e se tornaram algo novo, e que ele deveria fazer a mesma coisa. Ele disse que iria sentir saudades dela, e ela respondeu o mesmo. Os dois então se abraçaram.

As Lendas então voltaram para 1594 para consertar a linha do tempo. Ao chegarem lá, Ray partiu para conversar com William Shakespeare. Ao chegar até o homem, William começou a contar sua peça sobre os super-heróis. Ray então percebeu a verdadeira motivação da alteração; ele amava os personagens e não queria que os dois se separassem. Ray disse que eles precisavam de um final incrível. Entendendo a ironia da conversa, ele se sentou próximo ao homem, dizendo que "finais são necessários para o crescimento, não importa o quanto seja doloroso", e explicou que se encontrava na mesma situação. Ray então foi capaz de convencer William a escrever o final verdadeiro para a peça.

Nora e Ray deixando a Waverider.

Ao voltar para a Waverider, Ray conversou com Nate, e disse alegremente que a capa do livro deveria voltar ao normal a qualquer momento. Porém, ele disse que sabia que iria embora da nave, o que o deixou furioso. Os dois começaram a argumentar, mas foram interrompidos por Gideon, que revelou que Romeu e Julieta não foi escrito. Ray disse que a missão não acabou, mas Nate disse que ele poderia ir embora. Ray então voltou para seu quarto e arrumou suas coisas. Nora apareceu e disse que poderiam esperar as Lendas voltar da missão, mas Ray disse que já tinham ficado por muito tempo. Antes de ir embora, Ray se encontrou com Gideon uma última vez. A inteligência artificial perguntou se iria vê-lo novamente, o que Ray respondeu que esperava que sim. Engolindo suas lágrimas, ele pediu para que cuidasse das Lendas em sua ausência. Ray e Nora então abriram um portal para 2020.

Ray e Nate se despedindo.

Antes que pudessem atravessá-lo, Ray ouviu Nate chamando por ele e voltou correndo para a ponte. Seu melhor amigo disse que, apesar de estar triste, continuava feliz pela nova fase de sua vida. Ray se desculpou pela forma de que descobriu a verdade, e disse que queria que as coisas continuassem o mesmo e fossem novas ao mesmo tempo. Os dois, com lágrimas em seus olhos, disseram que se amavam e deram um último abraço. Depois disso, Ray e Nora foram embora da Waverider.[86]

Após sair das Lendas, Ray manteve contato com a equipe, incluindo Nate. No entanto, em algum momento, eles pararam de respondê-lo.[87]

Visitando Central City

Ray foi convidado para comparecer à Convenção de Tecnologia de Central City, e então ele resolveu viajar para Central City. No entanto, ao chegar, ele descobriu que seu hotel estava lotado, e então decidiu ficar no apartamento West-Allen, para a surpresa de Barry Allen e Iris West-Allen. Na manhã seguinte, ele conheceu Chester P. Runk, quem se voluntariou para ser seu tutor na convenção. No Jitters, Ray disse para Chester que havia decidido deixar sua vida como Átomo e Lenda para trás, e não iniciar uma nova empresa de tecnologia, expressando que seu único desejo fosse ter uma vida balanceada com sua esposa.

Flash e Átomo confrontando Despero.

Durante uma entrevista com Iris, Ray, após perceber o que estava fazendo, revelou que tinha planos para o futuro, mas não estava pronto para contá-los. Quando a entrevista acabou, as pessoas presentes foram atacadas por Despero, que estava procurando pelo Flash. Vendo que Barry precisava de ajuda, Ray decidiu vestir seu exoesqueleto, embora afirmasse novamente que não era uma Lenda. O Átomo se uniu ao Flash na luta contra Despero. Quando o alienígena arremessou um táxi nos heróis, o Átomo encolheu ele e o Flash, passando por dentro do veículo. Ray se encolheu novamente e estragou o cinto de Despero, fazendo-o ser teletransportado para longe. Após a batalha, Ray perguntou se Barry e sua equipe gostaria que ele ficasse na cidade, afirmando que Nora poderia lidar com "coisas sobrenaturais" enquanto ele estava na cidade, mas todos o tranquilizaram. Ray também percebeu que havia um meio-termo entre sua vida civil e atividades heroicas, e revelou para Chester que iria criar uma organização sem fins lucrativos para financiar jovens cientistas em homenagem a seu pai.[87]

Possível futuro

Em um futuro possível, o Átomo é visto lutando ao lado do Flash, Canário Branco e Capitão Frio contra uma criatura metálica. Barry teve uma visão desse futuro quando viajou pela Força de Aceleração.[88] Esse futuro não é mais possível devido a morte de Snart, apesar de que aquela versão do Capitão Frio visto na visão de Barry possa ser sua sósia da Terra-X, ou o Snart da Terra-1 foi ressuscitado de alguma forma.

Futuros apagados

Na meia-noite do dia 25 de abril de 2024, Ray (como o Átomo), Arqueiro Verde e a Mulher-Gavião ajudaram o Flash em sua batalha contra o Flash Reverso nas ruas de Central City. De algum modo, a luta fez com que os céus escuros fossem transformados em uma cor avermelhada. O combate fez com que diversos caminhões vazassem seus líquidos na rua, e também causou apagões em ao menos 20 quarteirões da cidade. Durante a luta, o Átomo ajudou o Departamento de Polícia de Central City a evacuar os prédios próximos do combate. Eventualmente, os dois velocistas desapareceram em um clarão de luz, deixando os aliados do Flash, incluindo Ray, para trás.[89] Porém, em um jornal de 2049, é mencionado a presença do Homem-Elástico, Batwoman, Canário Branco e a Supergirl, indicando que a linha do tempo foi alterada.[90] A linha do tempo foi alterada mais ainda depois da derrota de Cicada e a morte de Nora West-Allen, o que adiou a crise cinco anos.

Em outro futuro apagado, as Lendas foram um dos heróis que ajudaram o Flash em sua luta contra o Cicada, mas eles falharam (assim como a Supergirl, Arqueiro Verde e A Liga).[90]

Personalidade

Ray Palmer em suas roupas civis.

Quando criança, Ray era solitário a ponto de delirar, pois não queria enfrentar o fato de que o mundo é imperfeito. No entanto, ele finalmente superou seus traços solitários e delirantes no momento em que se tornou um adulto.

Já adulto, Ray é um empresário ambicioso, inteligente e carismático. Ele está altamente motivado para alcançar mais sucesso e está disposto a trabalhar honradamente e arduamente para conseguir o que deseja. Ray pode muitas vezes se encontrar balbuciando sem jeito, comparando-o a Felicity nesse aspecto. Ray também se importa muito com as outras pessoas, colocando-se entre uma arma e Felicity Smoak, e eventualmente rompeu com ela civilizadamente para permitir que ela perseguisse seu amor por Oliver Queen. Ray também é um amigo de confiança, mantendo os alter egos de Oliver e Barry Allen em segredo. Ray pode ocasionalmente ser teimoso, como quando ele acreditava que poderia enfrentar um meta-humano perigoso, mas não está acima de admitir isso. Mesmo depois de ser mantido em cativeiro por Damien Darhk por 6 meses, tal experiência não mudou sua atitude positiva e otimista. Ele é ingênuo quando se trata de mulheres, já que Ray acreditava que Valentina Vostok era uma pessoa inocente, apenas para descobrir da maneira mais difícil que ela estava realmente trabalhando para Vandal Savage.

Ao definir uma meta, ele parece ser muito persistente em alcançá-la, já que levou muito esforço para finalmente fazer Felicity trabalhar para ele. Ray parece ser um visionário também, já que dá coisas caras e aparentemente quer melhorar a cidade e fazê-la florescer novamente, levando Felicity a descrever Ray como "Barry com o corpo de Oliver". Ray pode ficar obcecado em completar esses objetivos.

Ray Palmer como Átomo

Por trás de sua atitude positiva, também existe um lado triste, pois Ray havia perdido sua noiva Anna, que foi morta na frente dele. Ray mencionou que ele não foi forte o suficiente para salvá-la, o que parecia ser uma motivação para explicar porque ele estava tão interessado em ajudar a cidade e treinar para se tornar mais forte. Ray às vezes pode ser teimoso e tirar conclusões precipitadas antes de esclarecer os fatos, apesar disso, Ray não hesita em se desculpar ou admitir quando está errado. Isso fez com que ele não visse o que o Arqueiro estava fazendo de bom e o atacasse usando o seu exoesqueleto, desafiando-o a matá-lo e provar que ele era o vilão que Ray pensava que ele era.

Ray também é conhecido por trabalhar demais, já que certa vez ele passou vários dias sem dormir, comer ou tomar banho enquanto ainda estava obcecado por seu traje. Foram necessárias as prodigiosas habilidades de programação de Felicity para tirá-lo de seu trabalho e fazê-lo fazer uma pausa. Suas tendências são mais comumente testemunhadas pela expressão de sua força de vontade indomável, já que ele nunca está propenso a desistir, seja enfrentando um inimigo ou em suas buscas de engenharia. Ray é simplesmente uma força imparável a ser reconhecida.

Ray é uma pessoa muito leal que não suporta ver pessoas em apuros. Embora seja um sábio personalidade, ele é considerado um "escoteiro", especialmente por gente como Leonard Snart e Mick Rory, ele é perigoso, confiante e às vezes implacável em combate. Ele está disposto a atacar sem restrições, usando todo o seu poder para derrotar seus oponentes. Ele também é criativo com suas habilidades, como combinar seus socos com suas rajadas de energia para bater mais forte. Ele também utilizou sua habilidade de encolher e voar para passar direto através de um dos Caçadores, perfurando-o como uma bala e aparentemente matando o homem. Ele também mostrou disposição para matar quando não interferiu na equipe chegando perto de desferir um golpe mortal em Chronos antes de ser revelado ser Mick Rory, e quando a equipe obliterou coletivamente o Pilgrim.

Após saber da mensagem enviada por Barry Allen do ano 2056, e que ele alterou a linha do tempo, ele criticou o Barry do presente por suas ações. Mas ele e os outros heróis decidiram perdoar Barry, com Ray dizendo que ele e os outros heróis ainda confiavam nele não importa a mensagem, no entanto, Ray também estava sendo hipócrita; pois ele teria feito exatamente a mesma coisa que Allen fez, se ele estivesse em um estado emocional, e não pensando com clareza. Também foi visto que Ray é um pouco constrangido com o fato de que teme não ser lembrado ou fazer algo muito significativo em sua vida. Foi esse fato que o levou a se juntar a Rip Hunter em primeiro lugar. Também foi visto quando ele mostrou sua raiva em ajudar Nate Heywood a aprender como destruir seu traje, acreditando que era a única coisa que o tornava um herói.

Poderes e habilidades

Poderes

  • Aplicações do exoesqueleto A.T.O.M.: Ray usa seu exoesqueleto avançado para replicar poderes semelhantes aos de meta-humanos e usuários de magia. Algumas das capacidades do traje podem afetá-lo de uma forma que ainda podem se aplicar a ele mesmo depois de ter removido o traje.
    • Alteração de tamanho: Ray é capaz de mudar seu respectivo tamanho, podendo encolher ou crescer para qualquer tamanho que ele escolher. Os efeitos ainda se aplicam a ele mesmo depois de tirar o traje. Isso permite que ele se infiltre onde quiser, com baixa probabilidade de ser pego quando encolher. Suas alturas maiores também aumentam proporcionalmente sua força e durabilidade, o que permitiu que ele lutasse contra o Leviatã e vencesse.[91] Na época da invasão da Terra-X, Ray foi capaz de aumentar apenas partes de seu corpo sem perder o equilíbrio ou controle, o que lhe permitiu alargar o braço para preencher um corredor inteiro e esmagar vários homens armados, deixando-os inconscientes.[49] Além disso, Ray também pode alterar o tamanho de outros objetos ao seu redor usando seu canhão de íons.
    • Disparos de energia: Ray é capaz de usar as capacidades ofensivas do traje para replicar disparos de energia meta-humana, como projeção de eletricidade e explosões de luz forte. As explosões de energia são capazes de enviar pessoas pelo ar, deixar um alvo inconsciente, quebrar pedras, amolgando metal e até causar pequenas explosões no impacto com superfícies mais duras e grossas.

Poderes anteriores

  • Totem de Água: Ray usou brevemente o Totem da Água quando as Lendas tentaram usar os seis Totens de Zambeze para atacar Mallus individualmente. Porém, eles logo descobriram que precisavam combinar os poderes para destruir o demônio. Ray entregou o totem para Wally West, e depois da derrota de Mallus, o totem foi entregue para Kuasa.
    • Geração de água: Usando o totem, Ray era capaz de gerar uma explosão de água.
  • Magia: Ray ajudou John Constantine a devolver as forças vitais para o corpo das crianças que haviam sido sequestradas por um Shtriga.
  • Conexão com Neron: Após uma tentativa fracassada de destruir Neron por Nora Darhk e Constantine através do exorcismo de Desmond, o demônio escapou e entrou no corpo de Ray.[70] Ray acabou fazendo um acordo com Neron, onde permitiu que o demônio dominasse seu corpo contanto que Nate Heywood não fosse morto.[71] Depois que Neron matou Nate, seu pacto com Ray foi anulado. Depois que o demônio saiu de seu corpo, Constantine o destruiu.[72]

Habilidades

  • Auge da condição física humana: Ray está em excelente condição física. Ele regularmente pratica exercícios moderados a extenuantes para manter seu corpo em ótima forma e aumentar sua mobilidade enquanto usa o o Exoesqueleto A.T.O.M. em combate. Ray se inspirou em Richard Branson, que malha duas vezes por dia, o que lhe dá 20 horas adicionais de produtividade por semana.[12]
  • Combate corpo-a-corpo: Ray possui experiência básica em combate desarmado, que inicialmente era mínimo. Ele provou usar boxing como seu estilo de luta, embora não seja tão habilidoso como combatentes profissionais. Em batalhas, Ray usa mais seu traje para aprimorar sua força durante combate próximo, um traço que é facilmente explorado por adversários que usam táticas (um exemplo disso sendo quando Ray tentou prender o Arqueiro, mas acabou sendo derrotado). Com o passar do tempo, e diversos treinamento que recebeu das outras Lendas, Ray se tornou mais adepto em combate desarmado sem seu exoesqueleto. Ele foi capaz de nocautear Scythian Torvil com um único soco, subjugar dois samurais quando suas mãos estavam amarradas, e lutar contra múltiplos clones AVA.
    • Espadachim habilidoso: Ray tem algum grau de proficiência no uso de espadas, como mostrado em uma batalha contra o Shogun no Japão Feudal; ele foi capaz de acertar alguns golpes sólidos no traje A.T.O.M. que o tirano estava a usar, usando em um esforço para aleijar o exotraje mirando em alguns de seus pontos fracos. No entanto, é possível que o Shogun não estivesse lutando com toda a sua capacidade. Ray mais tarde usou a espada de Sir Galahad em Camelot com grande efeito, canalizando a energia iônica de seu traje através da lâmina para ajudar a lutar contra o exército de cavaleiros controlados pela mente de Rip Hunter e até mesmo Damien Darhk.
    • Atirador habilidoso: Ray se tornou um atirador experiente ao longo dos anos usando o armamento de longo alcance de seu exoesqueleto. Usando o reconhecimento de voz do traje, Ray foi capaz de calcular a intensidade e os graus de um disparo de seu traje para destruir suas restrições.
  • Intelecto de nível genial/Grande visão de negócios/Liderança: Ray é muito inteligente, tendo um QI de 140 e três PhDs.[18] Seu intelecto fez dele um membro indispensável das Lendas. Ray também é um empresário habilidoso, sendo capaz de liderar com sucesso a Tecnologias Palmer, uma empresa multibilionária. Ele reconhece pessoas qualificadas e é excelente em recrutá-las para sua causa. Conforme revelado em uma linha do tempo aberração, Ray poderia ter aplicado seu intelecto para se tornar um M.D. em procedimentos cirúrgicos cardíacos avançados.[4] Ray também demonstrou ter atos de liderança, notado ele recebeu a assinatura de todas as Lendas em sua petição para se tornar capitão interino da Waverider na ausência de Sara Lance.
    • Engenheiro mestre: Ray provou ser altamente qualificado em engenharia, pois foi capaz de projetar e construir o exoesqueleto A.T.O.M. usando uma liga estrela anã como fonte de energia. Ele também desenvolveu vários outros dispositivos e produtos de sucesso quando era CEO da Tecnologias Palmer e enquanto membro da Equipe Arqueiro, como nanos-robôs cirurgiões e unidades de dispersão, smartwatches, etc. As habilidades de engenharia de Ray se mostraram a par com Cisco Ramon, que é um engenheiro mecânico conceituado.
    • Mestre cientista/físico: Ray é um bioquímico adepto, pois foi capaz de analisar e modificar o intensificador biomolecular de Eobard Thawne para ter efeitos duradouros e mais estáveis durante a Segunda Guerra Mundial, apesar da fórmula inicialmente ter sido feita com tecnologia do século 22.[29] Além disso, depois de receber os segredos da fusão a frio, Ray foi capaz de usar com sucesso sua energia para consertar o Totem de Fogo.[54]
    • Hacker de computador: Embora não esteja no mesmo nível que sua ex-namorada, Felicity Smoak, Ray é um hacker de computador habilidoso. Ele foi capaz de hackear os arquivos da Agência do Tempo e acessar os arquivos pessoais de Ava Sharpe.[57]
    • Poliglota: Ray é capaz de falar em latim[92] e francês.[66]
  • Vontade indomável/Alta tolerância à dor/Sobrevivente especialista: Após ficar disperso no tempo pelo protocolo de emergência da Waverider, Ray acabou caindo na Dakota do Sul no período Cretáceo e conseguiu sobreviver por seis meses antes de ser resgatado por Mick e Nate.[27] Ray mencionou que ele foi um escoteiro ao longo da vida, possivelmente dando-lhe ideias e recursos para sobreviver. Ele também demonstrou uma força de vontade significativa quando se trata de adversidades; Ray foi capaz de resistir à tentativa de tortura de Damien ao ser mantido em cativeiro por meses, recusando-se a divulgar os segredos da tecnologia de seu exotraje.[25] Ray também se recusou a consertar o Totem de Fogo para Damien e Nora, mesmo com a ameaça de morte, e apenas cedeu depois que Damien ameaçou sua mãe, Sandy Palmer.[54]
  • Ministro licenciado: Ray é um ministro licenciado, o que lhe permitiu oficiar o casamento de John Diggle e Lyla Michaels quando o padre não pôde comparecer.[18]
  • Culinária: Ray é um cozinheiro habilidoso. Ele foi capaz de fazer um jantar para ele e Nora Darhk durante um encontro.
  • Dança: Ray é um dançarino talentoso, notado quando ele realizou uma performance com Nora.

Equipamento

Pós-Crise

  • Exoesqueleto A.T.O.M.: Ray usa um exoesqueleto desenvolvido por si mesmo como seu alter ego heroico, o Átomo, para esconder sua identidade de seus inimigos quando sai para lutar contra o crime. A armadura foi projetada pelo próprio Ray, e ela é composta e alimentada por uma liga de estrela anã, tornando-a forte o suficiente para resistir a danos de balas, flechas e explosivos.

Pré-Crise

  • Exoesqueleto A.T.O.M.: Ray usa um exoesqueleto desenvolvido por si mesmo como seu alter ego heroico, o Átomo, para esconder sua identidade de seus inimigos quando sai para lutar contra o crime. A armadura foi projetada pelo próprio Ray, e ela é composta e alimentada por uma liga de estrela anã, tornando-a forte o suficiente para resistir a danos de balas, flechas e explosivos. As capacidades ofensivas do traje incluem projeção de eletricidade, explosões de luz, canhões de fótons e a capacidade de infundir energia iônica em objetos. Uma descoberta recente nas aplicações tecnológicas do traje é que ele permite a Ray miniaturizar alvos selecionados, incluindo ele mesmo. Alternativamente, ao carregar adequadamente o traje com energia suficiente, como impulso de tempo auxiliar da Waverider, o traje pode reverter os efeitos de encolhimento e aumentar o tamanho do usuário para a estatura gigantesca e aumentar proporcionalmente sua força. Durante as aventuras das Lendas no Japão Feudal, o A.T.O.M. foi destruído por Nate Heywood para evitar seu abuso.[30] Porém, Ray encontrou pedaços de um estrela anã no Velho Oeste, o que permitiu que ele criasse um segundo traje usando a sala de fabricação da Waverider.[33]

Equipamento anterior

  • Armadura de Oda Yamashiro: Ray usou essa armadura para se proteger durante um duelo contra o Shogun Tokugawa Iemitsu. Depois do duelo, Ray devolveu a roupa para seu dono, Ichiro Yamashiro.[30]
  • Arma de gelo e Óculos de Capitão Frio: Depois que o exoesqueleto A.T.O.M. foi destruído, Mick Rory ofereceu o antigo equipamento de Leonard Snart para Ray.[31][32] Porém, Ray teve que desmontar a arma de gelo para impedir que uma bomba explodisse, deixando a arma com poder insuficiente para operar. Depois de reconstruir seu exoesqueleto, Ray parou de usar a arma de gelo.[33]
  • Espada de Sir Galahad: Esta espada pertenceu ao Sir Galahad, um lendário cavaleiro dos Cavaleiros da Távola Redonda. Depois que o homem foi morto, Ray usou a espada para defender Camelot quando ela foi atacada por Damien Darhk e Rip Hunter. Ray usou seu traje para concentrar energia iônica na lâmina da espada, aprimorando-a sua força. Depois disto, Ray devolveu a espada para que ela pudesse ser enterrada junto com o cavaleiro caído.[3]
  • Totem de Água: Embora brevemente, Ray usou o Totem da Água. Mais tarde, ele entregou o objeto místico para Wally West.
  • Rifle da Força de Aceleração: Quando Eobard Thawne saiu de sua cela, ele se encontrou Ray, que estava esperando por ele com uma arma de velocista em mãos. Thawne riu da ironia ao afirmar que foi ele quem inventou o armamento em primeiro lugar. Ray manteve sua arma com ele, mas deixou Thawne ir, pois este não teria tempo de procurar na nave pelo fragmento da Lança do Destino por conta do velocista estar sendo caçado por algo.
  • Arma anti-magia: Ray inventou uma pistola baseada em nanites com um código tecnológico complexo escritos por Zari Tomaz. A arma foi feita para neutralizar a magia negra de Damien Darhk e Nora Darhk, simulando os efeitos de quando a arma de gelo e a arma de calor cruzam seus raios.
  • Cajado mágico de Tabitha: Quando Ray foi possuído por Neon, ele empunhou o cajado mágico de Tabitha, que tinha uma orbe para drenar a energia de emoções fortes, como o medo, e usá-lo para realizar feitiços mágicos mais avançados, como abrir um portal para o inferno. Depois de derrotar Neon e acidentalmente matar Nate, John usou isso para aproveitar o amor como energia para trazer Nate de volta à vida.

Aparições

Arqueiro

3ª Temporada

4ª Temporada

  • "Arqueiro Verde(fotografia)
  • "O Candidato(mencionado)
  • "Restauração(fotografia)
  • "Além da Redenção(voz)
  • "Assombrada(voz)
  • "Almas Perdidas"
  • "Brotherhood"
  • "A.W.O.L.m
  • "Desacorrentado(mencionado)
  • "Luz no Fim do Túnel(mencionado)
  • "O Choro da Canário(mencionado)

5ª Temporada

8ª Temporada


Flash

1ª Temporada

2ª Temporada

3ª Temporada

4ª Temporada

5ª Temporada

6ª Temporada

7ª Temporada

8ª Temporada


Lendas do Amanhã

1ª Temporada

  • "Piloto, Parte 1"
  • "Piloto, Parte 2"
  • "Laços de Sangue"
  • "Cavaleiros Brancos"
  • "À Prova de Falhas"
  • "Star City 2046"
  • "Abandonados"
  • "Noite do Gavião"
  • "Deixados Para Trás"
  • "Descendência"
  • "Os Oito Magníficos"
  • "Último Refúgio"
  • "Leviatã"
  • "Rio do Tempo"
  • "Destino"
  • "Lendário"

2ª Temporada

3ª Temporada

4ª Temporada

5ª Temporada


Supergirl

1ª Temporada

5ª Temporada

Batwoman

1ª Temporada

Vixen

2ª Temporada

Quadrinhos

The Flash: Season Zero

  • Smoak Signals part 1

Crisis on Infinite Earths Giant

Galeria

Artes conceituais

Imagens promocionais

Arqueiro

3ª Temporada

Lendas do Amanhã

1ª Temporada
2ª Temporada
3ª Temporada
4ª Temporada
5ª Temporada


Crossovers

Invasão!
Crise na Terra-X
Crise nas Infinitas Terras
Armageddon

Curiosidades

Por de trás das câmeras

  • Nas histórias em quadrinhos da DC Comics, o Átomo é um super-herói conhecido por sua habilidade de encolhimento. O herói original foi Al Pratt durante a Era de Ouro, e também um membro fundador da Sociedade da Justiça. Ray Palmer assumiu o manto durante a Era de Prata. Ele era um professor na Universidade Ivy que desenvolveu um equipamento que lhe permitia encolher a níveis subatômicos, enquanto mantinha a massa regular. Assim como na série, ele também era capaz de aumentar seu tamanho. Ray também foi um membro da Liga da Justiça, Titãs e do Esquadrão Suicida.
  • Ray Palmer é um dos personagens mais recorrentes de todo o Arrowverso. Ele já apareceu em todas as séries do multiverso compartilhado (como Arqueiro, Flash, Lendas do Amanhã, Vixen, Supergirl e Batwoman), com exceção de Superman & Lois e Raio Negro.
  • O relacionamento de Ray com Nora Darhk é uma referência ao casamento de Brandon Routh e Courtney Ford, quem interpreta Nora, na vida real.
  • Routh se tornou conhecido por interpretar o Superman (outro super-herói da DC) no filme Superman - O Retorno, em 2006. No Arrowverso, isso é referenciado pelo apelido de Ray como "Escoteiro", que é um dos muitos apelidos do Superman nos quadrinhos e em múltiplas mídias.

Referências

  1. 1,0 1,1 1,2 1,3 1,4 1,5 1,6 1,7 "Ligando Para Casa"
  2. 2,0 2,1 "Arqueiro Verde"
  3. 3,0 3,1 3,2 "Camelot/3000"
  4. 4,0 4,1 4,2 4,3 4,4 "Caçadores da Arca Perdida"
  5. 5,0 5,1 "Zari"
  6. "Piloto, Parte 1"
  7. 7,0 7,1 "A Escalada"
  8. "A Calma"
  9. "Sara"
  10. "Corto Maltese"
  11. "A Origem Secreta de Felicity Smoak"
  12. 12,0 12,1 "Prepare o Seu Arco"
  13. "Lendário"
  14. "Deixado Para Trás"
  15. "Cidade da Meia-Noite"
  16. "Nanda Parbat"
  17. "A Oferta"
  18. 18,0 18,1 18,2 18,3 "Tendências Suicidas"
  19. 19,0 19,1 "Inimigo Público"
  20. "Heróis"
  21. "Flecha Quebrada"
  22. "Esta é a Sua Espada"
  23. "Meu Nome é Oliver Queen"
  24. 24,0 24,1 "Assombrada"
  25. 25,0 25,1 25,2 "Almas Perdidas"
  26. "Brotherhood"
  27. 27,0 27,1 27,2 27,3 "Sem Tempo"
  28. 28,0 28,1 "Terra dos Perdidos"
  29. 29,0 29,1 "A Sociedade da Justiça da América"
  30. 30,0 30,1 30,2 "Shogun"
  31. 31,0 31,1 "Abominações"
  32. 32,0 32,1 "Comprometido"
  33. 33,0 33,1 33,2 "País Sem Lei"
  34. "Invasão!"
  35. "Invasão!"
  36. "Invasão!"
  37. "O Jeito de Chicago"
  38. "Legião do Mal"
  39. "Vira-Casaca"
  40. Viagem à Lua
  41. "Fraternidade da Lança"
  42. "Mundo Clandestino"
  43. "Aruba"
  44. "Aruba-Con"
  45. "Show de Aberrações"
  46. "O Retorno do Cafetão"
  47. "Caçando a Helena"
  48. "Bem-Vindos à Floresta"
  49. 49,0 49,1 "Crise na Terra-X, Parte 4"
  50. "Beebo, o Deus da Guerra"
  51. "Papai Darhk"
  52. 52,0 52,1 "Lá Vou Eu de Novo"
  53. "A Maldição do Totem da Terra"
  54. 54,0 54,1 54,2 "Onde os Velhos Pais Não Têm Vez"
  55. "Amazing Grace"
  56. "Necromancia Com a Pedra"
  57. 57,0 57,1 "Eu, Ava"
  58. "Ator Convidado, John Noble"
  59. "O Bonzinho, o Mau e o Fofinho"
  60. "O Virgem Gary"
  61. "Caça as Bruxas"
  62. 62,0 62,1 62,2 "Dancing Queen"
  63. "Mais Uma Chatice Americana"
  64. "O Tagumo Ataca!!!"
  65. "Suave é o Nate"
  66. 66,0 66,1 "Nada Disso, Bonequinho!"
  67. "Lucha de Apuestas"
  68. "A Fuga"
  69. "Espiritismo e Sensibilidade"
  70. 70,0 70,1 "A Berinjela, A Bruxa e o Guarda-Roupa"
  71. 71,0 71,1 "Ovo MacGuffin"
  72. 72,0 72,1 72,2 "Hey, World!"
  73. "Termos de Serviço"
  74. "Lendas do Meow-Meow"
  75. "Crise nas Infinitas Terras: Parte Um"
  76. "Crise nas Infinitas Terras: Parte Dois"
  77. "Crise nas Infinitas Terras: Parte Três"
  78. "Crise nas Infinitas Terras: Parte Quatro"
  79. "Crise nas Infinitas Terras: Parte Cinco"
  80. "Conheça as Lendas"
  81. "Saudades, Beijos Amor"
  82. "Arrase Qualquer Coisa"
  83. "Uma Cabeça do Seu Tempo"
  84. "Mortal Khanbat"
  85. "A Rua Sem Saída do Sr. Parker"
  86. "Romeu vs Julieta"
  87. 87,0 87,1 "Armageddon, Part 1"
  88. "Rápido o Bastante"
  89. "A Armadilha"
  90. 90,0 90,1 "Nora"
  91. "Leviatã"
  92. "Destino"
  93. "Deixados Para Trás"
  94. "Abandonados"
Advertisement