Arrowverso Wiki
Advertisement

"Máscaras tiveram vários significados ao longo do tempo. Enganar, disfarçar, entretenimento barato. Mas, como Jung disse, 'Todos nós usamos máscaras, tanto para criar uma impressão sobre os outros, mas também para esconder a nossa própria natureza.'"
—Máscara Negra[fonte]

Roman Sionis, também conhecido como Máscara Negra, é o líder da Sociedade de Rostos Falsos, o dono da Janus Cosméticos e o pai da falecida Circe Sionis. Depois da morte de sua filha, Roman decidiu se vingar das autoridades e destruir o sistema.

Biografia[]

Vida pregressa[]

Em algum momento, Roman se tornou o dono da Janus Cosméticos e teve uma filha, Circe Sionis. Em algum momento após 2018, Circe foi capturada pela Segurança Corvos e aprisionada no Asilo Arkham.[1][2] Em 2020, Circe foi morta durante um incêndio em Arkham, que havia sido feito por Alice.[3][2] Roman culpou a primeira Batwoman pela morte de sua filha, já que a heroína estava no Arkham durante o incêndio.[1]

Liderando a Sociedade de Rostos Falsos[]

Conhecendo a nova Batwoman[]

Após a morte de Circe, ele fundou e começou a liderar a gangue Sociedade de Rostos Falsos em Gotham City afim de conseguir sua vingança e destruir o sistema.[4]

A gangue então começou a vender uma nova droga chamada Snakebite pelas ruas de Gotham, o que chamou a atenção da Segurança Corvos. Durante a investigação da organização, os Corvos descobriram que a gangue era liderada pelo Máscara Negra.[4]

De algum modo, Roman conseguiu encontrar o corpo de Kate Kane depois que seu avião explodiu e a aprisionou em uma cela. Ele a visitou e disse que sua família havia a declarada como morta.

Roman então ordenou que a Sociedade de Rostos Falsos matasse o Comissário Forbes. No dia seguinte, Roman concedeu uma entrevista a Dana Dewitt a respeito da situação. Mais tarde, Roman ordenou que a gangue matasse todos aqueles envolvidos no assassinato, incluindo uma testemunha, Jordan Moore, mas ela foi salva pela nova Batwoman. Ele ordenou que Angelique Martin fosse capturada depois de dizer que ela queria sair da gangue. Em seu esconderijo, ele disse para Angelique que caso ela tentasse deixá-los, ela iria morrer.

Máscara Negra ameaçando Batwoman

Máscara Negra ameaçando Batwoman.

Depois que a Batwoman apareceu para salvar Angelique, ela foi nocauteada e amarrada. Por outro lado, o Máscara Negra disse ao cara que foi atrás de Jordan que ele falhou e estava fora, antes de matá-lo com uma serra. Batwoman perguntou a ele o que diabos ele estava fazendo, ele disse que era um "assunto de RH" e perguntou se ela era parte da "OSHA" e ela respondeu que estava atrás de Angelique.

O Máscara Negra perguntou quem ela pensava que ele era, e ela respondeu que era um "sádico senhor do tráfico". Ele então diz que entende porque ela pensa assim, mas ele estava apenas tentando se livrar dos Corvos e dos vigilantes de morcegos, depois que prenderam e mataram Circe. Ele disse que não precisava da ajuda dela e disse a seu capanga para ligar a serra, mas então Sophie Moore entrou e ele fugiu.

Mais tarde, o Máscara Negra contratou Evelyn Rhyme/Enigma para alterar a memória de Kate. Depois de levá-la até sua cela, ele as deixou sozinhas.[1]

Precisando de uma química[]

Ao comando do Máscara Negra, os assassinos do Comissário Forbes foram mortos para garantir seu silêncio.

Máscara Negra conversando com a Sociedade de Rostos Falsos

Máscara Negra conversando com a Sociedade de Rostos Falsos.

Uma semana depois, o Máscara Negra matou um membro de sua gangue. Esse homem era responsável pela distribuição de Snakebite, mas as encomendas acabavam sendo constantemente interrompidas pela Batwoman, que declarou guerra contra o Máscara Negra ao vivo na televisão. O Máscara Negra usou o homem como exemplo para os outros membros da Sociedade de Rostos Falsos. Ele disse aos outros que o estoque da droga é muito baixo para que alguém pudesse interromper a operação. Um dos membros da gangue lembrou ao Máscara Negra que ele havia mantido em segredo a fórmula para Snakebite, exceto para dois químicos, Oceano e Angelique Martin, com um desaparecido e o outro na prisão.

Em sua identidade civil, Roman foi ao quartel-general dos Corvos e disse para Jacob Kane que ele encontrou um recipiente de Snakebite que um de seus funcionários tinha e queria destruí-lo adequadamente. Jacob estava mais do que disposto a ajudar o cliente.

Quando Angelique estava sendo transferida para a proteção de testemunhas, o Máscara Negra enviou membros de gangue para matar seus guardas de transporte e capturá-la.[5]

Máscara Negra levou Angelique até ele e ameaçou queimá-la com ácido e produtos químicos se ela não concordasse em ajudar fazendo mais Snakebite. Em seguida, ele enviou caravanas de motoristas em veículos de alta velocidade para obter os ingredientes necessários para o processo.

Batwoman vendo Angelique como refém durante sua luta contra o Máscara Negra

Máscara Negra ameaçando matar Angelique caso não fosse liberado.

Dias depois, o Máscara Negra estava em um de seus depósitos quando encontrou Sophie Moore espreitando seu negócio; ele a capturou e a amarrou. Assim como ele planejava matá-la, a Batwoman chegou e começou uma batalha. O Máscara Negra foi capaz de atingir a heroína com força suficiente para fazer sua boca sangrar. Derrubando-a, ele estava prestes a atirar nela, mas Sophie se libertou e o feriu com um batarang. Os dois pegaram sua arma e o esmagaram. Elas perguntaram o paradeiro de Angelique, então Máscara Negra mostrou a eles uma tela onde Angelique estava sob a mira de uma arma. O líder da gangue disse a seu lacaio para atirar nela se ele não fosse libertado, fazendo com que Sophie e Batwoman obedecessem e permitindo que ele fosse embora.

Máscara Negra foi até onde Angelique estava fazendo mais Snakebite. Ele decidiu que o produto precisava ser testado e pediu a Angelique para experimentá-lo, mas ela disse que agora estava limpa e não se permitiria. Pensando que ela estava sendo rebelde, o Máscara Negra insistiu, a ponto de quase injetar nele mesmo. Angelique implorou que ele parasse e explicou que aprendeu a fórmula da droga auxiliando Oceano e por observação, não por treinamento formal. Máscara Negra percebeu que a droga era imprevisível e poderia causar morte em vez de euforia, levando-o a precisar de seu mestre químico.[6]

Roman e "Circe"

Roman e "Circe".

Após seis semanas de terapia e hipnose, Kate Kane foi transformada em uma réplica completa de Circe Sionis. O Máscara Negra removeu sua máscara na frente de Enigma, para que Kate/Circe não se confundisse e soubesse que "seu pai" estava no seu lado. Ele então removeu as bandagens no rosto de Kate colocou uma máscara nela, que era uma réplica do rosto de Circe. Quando "Circe" questionou do motivo dela estar usando uma máscara, Roman explicou que é porque seu rosto havia sido queimado em um incêndio em Arkham.

Mais tarde, o Máscara Negra capturou Oceano e o levou até um armazém abandonado onde Angelique estavam, para que assim a dupla trabalhasse junto para poder fazer mais Snakebite. O Máscara Negra ordenou que o processo fosse filmado, e deu a ordem para matar ambos depois que acabassem. Logo em seguida, "Circe" levou Alice até a mansão, já que ela havia ajudado a Batwoman no resgate de Oceano e Angelique. Originalmente, o Máscara Negra ordenou que "Circe" matasse Alice, mas antes que "sua filha" tivesse uma visão clara do disparo, o Máscara Negra mudou de ideia, dizendo que havia um trabalho para ela.[7]

Trabalhando com Alice[]

O Máscara Negra torturou Alice para descobrir a identidade da nova Batwoman, mas falhou. Alice conseguiu escapar de seu confinamento e também enganou "Circe" para revelar a identidade civil do Máscara Negra. Alice persuadiu Roman a não matá-la, mas a permitir que ela ganhasse sua vida fazendo um novo rosto para "Circe" com a "tecnologia de máscara".[2] Quando Roman viu o rosto de "Circe" restaurado, ele foi dominado pela felicidade e abraçou "sua filha"; ele recompensou Alice com sua liberdade, mas prometeu tirar sua língua se ela revelasse sua identidade secreta ou o que ela tinha feito por ele. Roman não conseguia entender por que Alice, que continuamente olhava para "Circe", estava hesitando em sair, então Roman pediu a dois membros da gangue para escoltar Alice para fora. Alice saiu sozinha.

Mais tarde, como Oceano e Angelique não estavam disponíveis, Roman contratou um novo químico e permitiu que uma versão em azul de Snakebite fosse feita.[8]

Personalidade[]

Roman Sionis

Roman em sua forma civil.

Em público, Roman apresenta a fachada de um legítimo empresário e um cavaleiro branco dedicado a ajudar o sistema legal.

Máscara Negra

Roman como Máscara Negra.

Depois que a filha de Roman, Circe Sionis, foi morta no incêndio do Asilo Arkham, Roman culpou a Batwoman por sua filha estar no Asilo durante o incêndio e ele decidiu se tornar Máscara Negra para se vingar dos culpados e mudar o sistema. Ele também não sente culpa, vergonha, remorso ou hesitação em matar alguém.

Escondido atrás de uma máscara, Roman é uma pessoa aterrorizante que usa o medo e a violência para conseguir o que quer. Ele recrutou todos os tipos de indivíduos e até sequestrou crianças para seu objetivo. Ele comanda sua gangue com punho de ferro, executando membros quando não conseguem atingir seus objetivos.

Habilidades[]

  • Intelecto de alto nível/Grande perspicácia para negócios/Estrategista/Liderança: Roman é altamente capaz de liderar a Sociedade de Rostos Falsos nos bastidores e pessoalmente.
    • Enganação/Manipulação: Roman é altamente habilidoso em enganar e manipular os outros em seu proveito. Ele consegue esconder sua identidade e atividades como Máscara Negra, colocando a fachada de um cavaleiro branco disposto a ajudar o sistema legal.
  • Combate corpo-a-corpo: Roman é um lutador corpo-a-corpo habilidoso. Ele foi capaz de desarmar e incapacitar Sophie Moore com um único chute na parte inferior das costas. Roman foi capaz de lutar contra Ryan Wilder como Batwoman e eventualmente ganhar a vantagem sobre ela, até fazendo sua boca sangrar. Quando Sophie entrou na luta, ele foi capaz de lutar por alguns instantes até ser dominado pelas duas.
  • Atirador especialista: Roman é bastante proficiente no uso de armas de fogo, principalmente revólveres.
  • Interrogador/Tortura: Roman é proficiente em interrogatório e tortura para obter informações ou fazer com que outros cumpram suas ordens.
  • Intimidação: Roman usa uma máscara de caveira negra e seu status como um senhor do crime para intimidar as pessoas.
  • Furtividade: Roman foi capaz de emboscar Sophie Moore. Falando com ela das sombras antes de aparecer atrás dela.
  • Alta tolerância à dor: Roman foi capaz de tirar um batarang de suas costas com pouco desconforto.
  • Contatos: Como empresário e senhor do crime, Roman tem muitos contatos no mundo do crime e na alta sociedade.

Equipamento[]

  • M1911A1: Roman usa esta arma como sua arma quando opera como Máscara Negra.
  • Máscara: Roman usa uma máscara de caveira negra para esconder sua identidade quando opera como Máscara Negra.[4]

Aparições[]

Batwoman[]

2ª Temporada[]

Por de trás das câmeras[]

Referências[]

Advertisement