Arrowverso Wiki
Advertisement

Doutor Ryan Choi é um cientista e professor de física. Ele é o esposo de Amanda e o pai de Simone. Durante a Crise nas Terras Infinitas, foi revelado que Ryan era o Paragon da Humanidade.

Em um possível futuro da Terra-Prime, Ryan se tornou um vigilante e assumiu o manto de Átomo.[1]

Biografia

Pré-Crise

Vida pregressa

Enquanto crescia, Ryan se tornou um fã de Ray Palmer. Quando adulto, ele estudou ciência e se tornou um cientista e professor de física.

Em algum momento, Ryan se casou com Amanda. Eventualmente, o casal teve sua filha, Simone, em junho de 2019.[2]

Futuro apagado

Em um futuro apagado da Terra-1, entre 2018 e 2024, Ryan Choi criou um traje para o Flash.[3]

Crise nas Terras Infinitas

Sendo recrutado

Ryan hesitando em ajudar

Ryan hesitando em ajudar.

Em 10 de dezembro de 2019, seis meses depois do nascimento de Simone, Ryan esteve em Ivy Town conversando com sua esposa através do telefone a respeito do céu vermelho no lado de fora quando Iris West-Allen, Ray Palmer/Átomo (a quem Ryan era um grande fã) e Ralph Dibny/Homem-Elástico se aproximaram dele para pedir sua ajuda. Os três explicaram que estavam lá porque Ryan era o "Paragon da Humanidade", um dos sete heróis que poderia salvar o multiverso de sua destruição pelas mãos do Anti-Monitor, e precisavam de sua ajuda. Ryan não acreditou neles e decidiu ir embora para sua esposa e filha. Eventualmente, Iris conseguiu convencê-lo a ajudar.

Ao chegar na Waverider, Ryan conheceu os outros heróis. Nesse instante, a Precursora, que havia desaparecido misteriosamente sem deixar nenhum vestígio, ressurgiu. O Pária também apareceu, fazendo os heróis perceber que o retorno da Precursora era uma armadilha do Anti-Monitor. Controlando-a, Mobius matou Mar Novu e destruiu a Terra-1, a única Terra restante de todo o multiverso, com uma onda de antimatéria. Sabendo o que deveria ser feito, o Pária enviou os 7 Paragons ao Ponto de Fuga, onde o Anti-Monitor não poderia alcançá-los, enquanto a Waverider era destruído e os heróis presentes mortos pela antimatéria. No Ponto de Fuga, Ryan e os outros Paragons testemunharam o Superman desaparecer e ser substituído por Lex Luthor, que usou o Livro do Destino para se tornar o Paragon da Verdade ao invés do Homem de Aço.[2]

Enfrentando o Anti-Monitor

Por semanas seguintes, os Paragons ficaram presos no Ponto de Fuga, já que eram as únicas pessoas vivas. Durante as semanas, Barry Allen desapareceu na Força de Aceleração. Eles tentaram inventar ideias e planos para fugirem de lá, embora fosse impossível. Como cientista, Ryan se uniu com Lex para tentar usar os matérias que encontrassem para construir um teletransportador. Quando terminado, porém, a máquina não funcionou.

Algum tempo depois do retorno de Barry, Oliver Queen, que havia morrido no início do evento, foi até os Paragons como o Espectro, um ser que tinha conexão com todo o multiverso. Depois de desbloquear o verdadeiro potencial do Flash, eles tiveram um plano de voltar no tempo através da Força de Aceleração e impedirem Mar Novu de realizar seu experimento que deu origem ao Anti-Monitor em primeiro lugar.

Ryan convencendo Mar Novu a desistir

Ryan convencendo Mar Novu a desistir.

Enquanto os Paragons eram levados através da Força de Aceleração, o Anti-Monitor os atacou, fazendo com que os Paragons fossem separados. Ryan, Lex e Kara Danvers/Supergirl foram os únicos a chegarem em Maltus para impedir Novu. Lex revelou que ganhado poderes e nocauteou a Supergirl e Ryan para poder usar a ingenuidade de Novu a seu benefício. Quando acordaram, Ryan e a Supergirl foram até Novu. Enquanto a Garota de Aço enfrentava Lex, Ryan foi até Novu. Ele explicou as consequências de seu experimento e o que aconteceria com o multiverso caso ele continuasse com isso, conseguindo convencer o homem a desistir de sua ideia. Depois de separar a briga, Ryan, Supergirl e Lex foram pegos pelo Flash.

Os Paragons acendendo a chama

Os Paragons espalhando a chama.

Reunido com os Paragons no início dos tempos, Ryan ficou chocado ao saber que o universo de antimatéria ainda existia, apesar de ele ter impedido Mar Novu de prosseguir com sua viagem. Mobius explicou que outro Mar Novu do multiverso simplesmente veio em seu lugar. O Espectro disse aos Paragons que acenderia acender a faísca de um multiverso, mas eles teriam que abanar as chamas; ele deixou Lex descobrir como, já que nem mesmo o próprio Espectro sabia como apesar de sua consciência cósmica. Ryan ajudou os Paragons a lutar contra os demônios das sombras enquanto o Espectro lutava contra Mobius. A luta resultante causou uma bolha de matéria, que era o novo universo. A Supergirl percebeu que poderia usar a página que Lex roubou do Livro do Destino para terminar o novo mundo, concentrando-se no que encarnavam como Paragons. Suas vontades combinadas acabaram com o universo, explodindo Mobius e ferindo fatalmente o Espectro.[4]

Pós-Crise

Salvando a Terra-Prime

Após a Crise, Ryan foi devolvido à Terra-Prime, mantendo suas memórias pré-crise e tudo o que havia acontecido durante a Crise.

Ryan conversando com Sara

Ryan conversando com Sara.

Enquanto cuidava de sua filha, Ryan foi atacado por um demônio das sombras. Ele fugiu até o quarto de Simone e se trancou lá, mas o demônio da sombra apareceu mesmo assim. Quando estava prestes a ser atacado, Sara Lance apareceu e o salvou. Ryan foi levado até Star City, onde os heróis descobriram que o Anti-Monitor ainda estava vivo. Como não poderiam destruí-lo, Ryan sugeriu encolhê-lo até o microverso, sugestão que os outros apoiaram. Ele incentivou Sara, que estava desanimada por não conseguirem encontrar Oliver.

Enquanto os heróis enfrentavam o Anti-Monitor, Ryan, Ray e Harrison Nash Wells construíram a bomba encolhedora nos Laboratórios S.T.A.R.. O Flash apareceu para ajudá-los a finalizar a bomba antes de sair logo em seguida. Após a derrota do Anti-Monitor, Ryan assistiu a homenagem que a presidente fez para Oliver.[5]

Ajudando "Iris"

Algum tempo depois, ainda em janeiro de 2020, Ryan forneceu informações sobre a tecnologia que Amunet Black roubou a "Iris West-Allen".[6]

Possível futuro

Em algum momento antes ou durante 2049, Ryan assumiu a identidade de Átomo e se tornou um vigilante em Coast City.

Em 2049, Ryan enfrentou Tanner Freyr, que usou seus poderes para assumir sua aparência. Nora West-Allen e Bart Allen ajudaram-o a escapar do novo Cara-de-Barro, mas Ryan desapareceu em uma fumaça verde. Algum tempo depois, Ryan foi devolvido à Central City por Oliver Queen. Ele se reuniu com outros heróis para enfrentar Magog e seus aliados.[1]

Ponto de Ignição Reverso

A vida de Ryan na linha do tempo criada por Eobard Thawne foi alterada. Ele não tinha uma família e também tinha medo de se apaixonar. Presume-se que ele também era parte da Equipe Flash, e um amigo próximo de Chester P. Runk.

Ryan Choi no Ponto de Ignição Reverso

Ryan Choi no Ponto de Ignição Reverso.

Em 2031, Ryan esteve presente no jantar de ensaio de Thawne e Iris. Quando Barry apareceu, interrompendo a cerimônia, Ryan e os outros convidados encararam-o.[7] A Equipe Flash e Ryan Wilder/Batwoman atacaram Barry e o imobilizaram, mas ele conseguiu escapar.

Ao voltarem para os Laboratórios S.T.A.R., a Equipe Flash começou a procurar por Barry. Ryan foi conversar com Chester, que foi confrontado por Alex Danvers, questionando-o de sua atitude com Allegra Garcia. Depois que Chester explicou a situação e foi embora, Ryan culpou Alex por ter tentado bancar "a cupido". Ela perguntou do motivo dele não amar o amor, e Ryan explicou o que pensava. Alex disse que algum dia ele iria acordar sozinho e ficar triste por isso. Mais tarde, Ryan foi até Alex e disse que não queria se sentir sozinho, e explicou que apenas zoava do amor porque tinha medo de se apaixonar. Em seguida, ele e a Equipe Flash confrontaram Damien Darhk.[8]

Personalidade


Esta seção está incompleta. Você pode ajudar a expandi-la adicionando algumas informações.

Habilidades

  • Intelecto de nível genial/Engenheiro mestre/Físico: Ryan é um físico excepcional. Com um QI de 200, ele é capaz de compreender a pesquisa de Ray Palmer sobre manipulação de densidade subatômica. Ele também ensina física fundamental na Universidade de Ivy Town. Trabalhando com Lex Luthor, Ryan foi capaz de construir e reprojetar algumas das tecnologias dos Mestres do Tempo no Ponto de Fuga.
  • Vontade indomável: Ryan é o Paragon da Humanidade, o que significa que ele é um ser de vontade mais pura.
  • Combatente corpo-a-corpo: Ryan tem algumas habilidades em combate desarmado, já que foi visto derrotando demônios das sombras.

Equipamento

Aparições

Flash

5ª Temporada

  • "Nora(mencionado)

6ª Temporada

8ª Temporada

Arqueiro

8ª Temporada

Lendas do Amanhã

5ª Temporada

Quadrinhos

EARTH-PRIME

Galeria

Imagens promocionais

Crise nas Infinitas Terras

Por de trás das câmeras

  • Nas histórias em quadrinhos da DC Comics, Ryan Choi foi um estudante de Ray Palmer e o sucessor do manto de Átomo. Ele teve sua primeira aparição em Brave New World #1 (agosto de 2006).

Referências

Advertisement