Arrowverso Wiki
Advertisement

"A vida toda eu achei que era amaldiçoada. Mas, agora eu vejo que a maldição foi pro bem."
—Banshee Prateada[fonte]

Siobhan Smythe foi a antiga assistente pessoal de Cat Grant na CatCo Mídia Internacional e a ex-namorada de Winn Schott. Após Kara Danvers expor seus planos de vender uma informação da Supergirl para o Planeta Diário, Siobhan foi demitida de seu emprego por Cat.

Logo após isso, Siobhan descobriu que uma maldição em sua família lhe dava o poder de grito sônico de uma banshee. Com isso em mente, Siobhan decidiu se tornar uma criminosa chamada Banshee Prateada. Ela se aliou com Leslie Willis/Curto-Circuito para se vingar de Cat e Kara, mas ambas foram derrotadas pela Supergirl e o Flash.

Biografia[]

Vida pregressa[]

Quando Siobhan tinha 17 anos, ela flagrou seu pai tendo um caso com outra mulher, consequentemente traindo sua mãe.[1]

Trabalhando na CatCo Mídia Internacional[]

Rivalidade entre Kara e Siobhan começa

Rivalidade entre Siobhan e Kara começa.

Siobhan Smythe foi contratada por Cat Grant para ser sua nova assistente, junto de Kara Danvers. Quando Kara chegou no trabalho, Siobhan se apresentou a ela. Cat então designou Siobhan como "Assitente #1", enquanto Kara era a "Assistente #2", muito para sua confusão. Siobhan então entregou o café para Cat, bebida no qual Kara também havia pegado. Cat pediu para que Siobhan chamasse James Olsen e Lucy Lane para seu escritório, e encarregou Kara de atender o telefone. Siobhan virou seu cabelo em Kara antess de sair.

Mais tarde, Siobhan tentou flertar com James, mas foi dispensada. Ela então observou, secretamente, Kara e James conversando e caminhando para longe.

Na manhã seguinte, Siobhan hostilizou Kara, enviando-lhe mensagens sobre o relacionamento entre ela e James, ousadamente perguntando se eles estavam namorando ou se eram "amigos com benefícios", o que Kara negou ambos. Não convencida, Siobhan continuou enviando mensagens e irritou Kara ao aparentemente acusá-la de ser "obcecada" por James. Cat chegou e disse a Kara para se controlar, citando que Siobhan não havia "dado uma espiada", para a satisfação desta última. Quando Kara foi chamada, ela pediu a Siobhan para pedir o almoço de Cat, que esta recitou perfeitamente e zombou de Kara por não fazer seu trabalho. Irritada, Kara saiu e Siobhan piscou para Winn Schott, sorrindo com sua reação desconfortável.

Siobhan tentou ouvir a conversa particular entre James e Lucy, mas James a notou e fechou a porta. Naquela noite, ela observou James conversando com Cat na varanda do prédio.

No dia seguinte, Siobhan disse a Kara que ela havia terminado seu trabalho para ela. Farta, Kara disse que não gostava dela, mas Siobhan respondeu que estava lá para se tornar "a próxima Cat Grant", não para fazer amigos. Siobhan detalhou suas ambições maciças, primeiro aspirando ser promovida a repórter júnior em alguns meses, e então ganhar experiência e reconhecimento suficientes para construir sua própria marca de mídia de notícias. Ela zombou de como, entretanto, Kara estará "marcando reuniões de depilação [para ela]". Imperturbável, Kara desafiou que elas veriam qual delas ficava.[2]

Relacionamento com Winn Schott[]

Enquanto Siobhan esperava para entregar a correspondência a Cat, Winn tentou conversar com ela, mas ela o dispensou. Kara explicou que Cat preferia que sua correspondência fosse aberta antes, mas Siobhan se recusou a ouvi-la. Cat chamou todos em seu escritório para uma chamada em conferência. Siobhan mostrou um pacote que Cat deveria ver pessoalmente, mas ela queria que fosse aberto para que todos vissem, provando que Kara estava certa. James o abriu para encontrar um pen drive contendo os nomes dos membros do Diamond Discretions, um site de trapaça e uma carta implorando a Cat para divulgar publicamente essas informações. Ela disse a Siobhan para "derreter" o pen drive. Posteriormente, Siobhan descobriu que um dos nomes na unidade era seu pai, o que a deixou muito chateada.

Durante os ataques cibernéticos de Indigo, Cat disse a Siobhan para ligar para seu corretor de investimentos, mas ela hesitou por um momento e Kara aceitou a atribuição.

No dia seguinte, Siobhan estava tendo problemas com a copiadora, então Winn a ajudou removendo um papel atolado. Siobhan lamentou sobre como ela não podia confiar em ninguém nem em nada em sua vida. Depois de algumas sondagens de Winn, Siobhan revelou que está com raiva por descobrir por Indigo que seu pai foi listado como um membro platinum da Diamond Discretions e falou sobre pegá-lo tendo um caso quando ela tinha 17 anos. Siobhan abruptamente descartou a preocupação de Winn que o deixou para faça as cópias.

Siobhan beijando Winn

Siobhan beijando Winn.

Mais tarde, na CatCo, Winn abordou Siobhan quando ela estava prestes a entrar no elevador. Ele falou sobre os problemas de sua própria família e empatizou com a situação dela, entendendo como é ter seus pais te decepcionando. No entanto, Winn garantiu a Siobhan que ainda havia pessoas que estarão lá para ela se ela permitir. Comovida, Siobhan beijou Winn apaixonadamente, mas o avisou para não falar sobre isso com ninguém. Ela então o empurrou para dentro do elevador para beijar.[1]

Demitida[]

Siobhan continuou seu relacionamento secreto com Winn, mas Kara os flagrou em um armário. Enquanto Kara expressava seu enjoo por isso, Siobhan declarou que aquela era "[sua] deixa".

No dia seguinte, Siobhan foi pega de surpresa quando Kara se vestiu de forma diferente que o usual, além de entregar uma lista de possíveis substitutas para Cat. Quando Cat presenteou-a com ingressos para uma boate, Siobhan questionou-a se ela sabia dançar, mas Kara dispensou o comentário e disse que não se importava com seu ciúmes.

Siobhan após ser demitida da CatCo

Siobhan após ser demitida da CatCo.

Quando a Supergirl teve suas inibições destruídas pela kryptonita vermelha, Siobhan flagrou a heroína permitir que K'hund, um criminoso, escapasse após um combate. Ela mostrou a gravação para Cat, mas sua chefe recusou-se a publicar este furo por falta de informações, o que irritou Siobhan. Ela decidiu enviar o vídeo para Perry White, do Planeta Diário, planejando usar isto para se tornar uma repórter em Metrópolis. No entanto, Kara, usando sua super-audição, ouviu sobre isso e enganou Siobhan para tirá-la de sua mesa para que pudesse imprimir o email. Quando Cat descobriu a traição de Siobhan, ela a demitiu instantaneamente, e revelou que havia convencido Perry a não contratá-la. Enquanto Siobhan limpava sua mesa, Kara declarou que aquela era "[sua] deixa", irritando-a.[3]

Após isso, Siobhan passou a ser rejeitada pela indústria de mídia de National City, com ninguém querendo contratá-la devido a sua demissão pela "Rainha de Todas as Mídias". Planejando vingança contra Kara, Siobhan se infiltrou no prédio da CatCo e enviou um email para Cat usando o laptop de Kara. Na noite seguinte, Siobhan foi chamada para o escritório de Cat, acreditando que Kara havia sido demitida e estaria prestes a recuperar seu emprego. No entanto, Cat revelou que Winn analisou o email, e descobriu que o padrão de digitação do email era igual ao de Siobhan. Cat ordenou que ela saísse do prédio, alertando-a que seria presa caso pisasse na CatCo novamente.

Os poderes de Siobhan são ativados

Os poderes de Siobhan são ativados.

Naquela noite, Siobhan ficou bêbada em cima de um prédio. Quando a Supergirl passou voando pelo céu, Siobhan exclamou para a heroína que a odiava também. Winn apareceu, preocupado que ela pretendia pular, mas Siobhan zombeteiramente garantiu a ele que "[tinha] auto-estima demais" para pensar em suicídio. Siobhan então criticou Winn por se voltar contra ela enquanto ele tentava explicar que recorrer a um comportamento criminoso e manipulador não a levaria a lugar nenhum. De repente, um dos saltos altos de Siobhan quebrou, fazendo-a gritar pela beirada do prédio enquanto caia em direção do chão. Para a surpresa de Siobhan e Winn, as ondas sonoras de seus gritos interromperam sua queda quando ela estava prestes a se espatifar no pavimento - fazendo um buraco gigante no concreto no processo.[4]

Se tornando a Banshee Prateada[]

Winn levou Siobhan para ser examinada pelos médicos do D.O.E., que deduziram que ela não era uma alienígena. Enquanto implorava para Winn ajudá-la, Siobhan começou a ouvir um grito em sua cabeça, enquanto também tinha visões de uma banshee. Siobhan deu a entender que já vinha lidando com essas visões há algum tempo, afirmando que acreditava ter sido amaldiçoada "por toda a vida". Enquanto caminhava para fora, ela viu Leslie Willis/Curto-Circuito em sua cela.

Mais tarde naquela semana, Siobhan estava caminhando pelas ruas de National City quando as visões e gritos voltaram. Do nada, ela furiosamente invadiu CatCo e gritou contra Kara, mandando-a voando para fora de uma janela. No entanto, Kara foi resgatada pelo Flash, que acidentalmente viajou para a Terra-38 enquanto usava o protótipo táquion para aumentar sua velocidade.

Mais tarde, Siobhan, aparentemente perturbada, consultou sua tia Sinead para obter ajuda. Ela soube que, anos atrás, na Irlanda, um de seus ancestrais roubou algo de uma banshee. Em retaliação, a banshee lançou uma maldição sobre todas as mulheres da família do ladrão; sempre que um membro feminino da família de Siobhan é injustiçada, ela é possuída pelo espírito de uma banshee. Assim que seus poderes atingirem seu potencial máximo, ela seria capaz de enviar seu grito para qualquer lugar do mundo. No entanto, a menos que Siobhan matase o objeto de sua raiva, seu grito destruiria sua alma. Isso fez Siobhan decidir matar Kara. Acreditando que a Supergirl a resgatou, ela decidiu que precisava passar pela super-heroína primeiro para ter uma chance contra Kara.

Curto-Circuito e Banshee Prateada confrontando Supergirl e Flash

Curto-Circuito e Banshee Prateada confrontando Supergirl e Flash.

Lembrando que Curto-Circuito estava presa no D.O.E., e queria matar Cat e Supergirl, ela invadiu as instalações e deu seu grito sônico à distância, destruindo a prisão da vilã. Siobhan então atraiu Curto-Circuito para um armazém abandonado e se ofereceu para formar uma equipe. A mulher concordou prontamente, mas sugeriu que Siobhan comprasse um novo traje e uma reforma. Siobhan pintou o rosto de branco com um forte delineador preto e colocou uma peruca prateada - assumindo uma aparência semelhante à banshee que ela via em suas visões. Por sugestão do Livewire, ela começou a se chamar "Banshee Prateada". Quando a Supergirl e o Flash encontraram Curto-Circuito naquele armazém, a Garota de Aço estava prestes a derrotá-la quando Banshee Prateada usou seu grito sônico, fazendo seus ouvidos sangrarem. Após ser apresentada por sua parceira, as duas enfrentaram os dois heróis, que fugiram após perceberem que não venceriam a batalha.

Curto-Circuito, Cat e Banshee Prateada

Banshee Prateada e Curto-Circuito sequestram Cat.

Curto-Circuito e Banshee Prateada então invadiram CatCo, com Siobhan chegando no elevador privado de Cat. Winn tentou uma última vez falar com ela, apenas para ela arremessá-lo ao lado. A dupla então sequestrou Cat e a acorrentou a um banco no Parque, usando seus poderes para manter civis e policiais longe. Quando Curto-Circuito estava prestes a matar Cat, Supergirl e o Flash apareceram. Banshee Prateada tentou usar seus poderes neles, mas isso não teve efeito; os dois heróis usavam tampões de ouvido aprimorados que o Flash construiu. Enquanto o Flash lutava contra Curto-Circuito, Siobhan atacou Supergirl assim que Cat foi libertada. Curto-Circuito tentou bater um helicóptero, mas Supergirl voou na frente da explosão para evitar um desastre potencial. Quando Curto-Circuito e Banshee Prateada estavam prestes a atacar uma Supergirl incapacitada, os habitntes da cidade correram para protegê-la. Curto-Circuito estava prestes a eletrocutar todos eles quando um carro de bombeiros a encharcou com água. A eletricidade de Curto-Circuito saiu do controle e atingiu Siobhan, que a incapacitou.

Siobhan então foi presa pelo DPNC, que, com a ajuda do Flash, agora era capaz de conter meta-humanos.[5]

Quando Winn mostrou a ficha criminal de Curto-Circuito para o resto dos Superamigos, ele exibiu o nome de Siobhan e o fato de que ela era afiliada à criminosa.[6]

Para a batalha da Supergirl contra Pureza, Winn desenterrou a mesma tecnologia que ela e o Flash usaram para combater Siobhan.[7]

Personalidade[]

Siobhan Smythe

Siobhan em sua identidade civil.

Siobhan é uma jovem ambiciosa, arrogante, esnobe, manipuladora e egoísta, pois dinheiro e fama são seus sonhos. Ela idolatra Cat Grant, aspirando a se tornar uma magnata da mídia como ela. Siobhan não tinha interesse em conhecer ou mesmo trabalhar com seus colegas funcionários da CatCo Mídia Internacional. Ela desprezava quase todos, considerando-os inferiores, a menos que fosse necessário manter o favor em seu caminho para o sucesso, como visto com Cat. Ela é incansavelmente decidida a ser a melhor e frequentemente tenta superar Kara Danvers como assistente de Cat. Siobhan é mesquinha e intrometida também, como visto quando ela frequentemente tentava escutar conversas privadas e importantes e antagonizar Kara insultando suas roupas e seu relacionamento com James Olsen.

A atitude de Siobhan parece resultar, pelo menos em parte, de ter testemunhado seu pai trair sua mãe, fazendo-a acreditar que ser compassiva e amigável apenas resultou em ser esfaqueada pelas costas. Quando Winn Schott sentiu empatia por sua dor, entendendo como é perceber que seus pais não são as pessoas que você pensava que eram, Siobhan se apaixonou por ele; Winn era uma das poucas pessoas além de sua família a quem ela tratava com decência.

Apesar do desejo de ser jornalista, Siobhan não tem noção do trabalho árduo ou da ética exigida para a área, pois sua traição e deslealdade não conhecem limites, apesar de ter passado por dores semelhantes em relação ao caso de seu pai. Quando Siobhan gravou Supergirl deixando um K'hund escapar, ela queria que isso fosse divulgado independentemente de a super-heroína ser ou não uma impostora, apenas se preocupando com o reconhecimento que isso traria. Depois que Cat se recusou a divulgar o furo, Siobhan planejou trair sua chefe sem hesitação e enviar o vídeo para Perry White, do Planeta Diário, o maior concorrente de Cat. Isso fez com que ela fosse (com razão) demitida e colocada na lista negra da indústria de mídia de National City.

Siobhan provou ser hipócrita; ela desenvolveu um rancor contra Kara por tê-la demitido, considerando-a uma "garota loira malvada" que arruinou sua vida enquanto se recusava a reconhecer a imoralidade de sua tentativa de vender uma história falsa por motivos egoístas ou pelo fato de ela ter sido muito mais cruel a Kara desde seu primeiro dia na CatCo. Siobhan ainda tentou, e falhou, em fazer com que Kara fosse demitida de CatCo como vingança, o que arruinou seu relacionamento com Winn.

Banshee Prateada

Siobhan como Banshee Prateada.

Ao perceber a existência de seus poderes, Siobhan rapidamente se corrompeu e os abraçou, desejando sua vingança contra Kara e Cat, que acabou se tornando uma perigosa obsessão. Ela inicialmente desejou matar Kara para libertar sua alma, mas decidiu ir atrás de Supergirl, matar Cat e assumir o controle de National City com Curto-Circuito, sem se importar com quem se machucou no processo. Siobhan perdeu toda a sua humanidade, tornando-se uma verdadeira vilã.

Poderes e habilidades[]

Poderes[]

  • Maldição da Banshee: Os poderes de Siobhan são originários de uma maldição mágica que está em sua família. Com isto, ela desenvolveu certos poderes derivados disto.[5]
    • Grito sônico da Banshee Prateada

      Siobhan Smythe usando seu grito sônico.

      Grito sônico sobre-humano: Por conta da maldição de sua família, Siobhan é capaz de emitir ondas sonoras de alta frequência através de seu grito. Tais ondas são poderosas o suficiente para quebrar vidro e concreto, e também pulverizar cimento. O grito sônico também lhe permite usá-lo como levitação, permitindo-a flutuar sobre o ar.[4] O grito é forte o suficiente para derrubar dois adultos de uma vez, capaz de atordoá-los ou até mesmo matá-los. Nem mesmo Kryptonianos são imunes a esta habilidade, ou porque os poderes de Siobhan vêm de uma maldição mágica (os kryptonianos não são protegidos dos efeitos da magia), como um efeito colateral de sua audição aprimorada, ou possivelmente ambos. Ela também pode direcionar seus gritos a grandes distâncias e até mesmo enviá-los a alvos específicos, como pode ser visto quando ela ensurdeceu a Supergirl sem afetar o Curto-Circuito e o Flash. Com tempo suficiente, seus poderes crescerão ao ponto de Siobhan poder mandá-la gritar para qualquer lugar do mundo ao se concentrar em seu alvo.[5]
    • Força sobre-humana: O espírito de banshee que dominou Siobhan também aprimorou sua força física. Ela foi capaz de arremessar Winn Schott com extrema facilidade, e usando apenas uma única mão ao fazê-lo. Após abraçar completamente seus poderes, Siobhan foi capaz de desferir um golpe em Supergirl que a lançou para longe.[5]

Habilidades[]

  • Combate corpo-a-corpo experiente: Siobhan demonstrou ter uma habilidade moderada de combate desarmado.[5]

Aparições[]

Supergirl[]

1ª Temporada

2ª Temporada

3ª Temporada


Flash[]

3ª Temporada[]

4ª Temporada[]

Por de trás das câmeras[]

  • Nas histórias em quadrinhos da DC Comics, a Banshee Prateada é uma super-vilã com poderes sônicos amaldiçoada para se tornar uma banshee, e acabou se tornou uma inimiga do Superman e Supergirl. Sua primeira aparição foi em Action Comics #595 (dezembro de 1987).
    • Diferente de Supergirl, onde Siobhan e Kara se tornaram inimigas à primeira vista, nos quadrinhos da DC, especialmente nos Novos 52, elas se tornaram melhores amigas logo após se conhecerem. Notavelmente, Siobhan era a única pessoa da terra capaz de entender Kryptonês devido a sua natureza de Banshee Prateada.
  • A atriz de Siobhan, Italia Ricci, é casada com Robbie Amell, quem interpretou Ronnie Raymond/Nuclear em Flash.

Referências[]

Advertisement