Arrowverso Wiki
Advertisement

"Acho que você não é o único com algumas surpresas."
—Sue Dearbon para Ralph Dibny[fonte]

Susan "Sue" Dearbon é a filha de Richard e Penelope Dearbon e uma antiga socialite que cresceu com um estilo de vida luxuoso. Ela mais tarde se tornou uma ladra com o objetivo de desfazer o Buraco Negro e fingiu ser uma pessoa desaparecida, cujo caso era investigado por Ralph Dibny. Enquanto investigava Joseph Carver, Sue se disfarçou como uma traficante de armas chamada January Galore, e brevemente usou o apelido de Genoa.

Após a morte de Carver e da derrota de Eva McCulloch, Sue e Ralph deixaram Central City para desfazer outras organizações criminosas. Ela acabou retornando à cidade para ajudar a Equipe Flash roubar uma máscara de um museu, mas decidiu ficar.

Depois que seus pais foram presos, Sue passou a administrar os negócios de sua família. Ela ajudou Iris West-Allen a investigar a Fantasma de Coast City.

Biografia[]

Pré-Crise[]

Vida pregressa[]

Filha de Richard e Penelope Dearbon, Sue nasceu em uma linhagem de família extremamente rica. Ela também frequentou o MIT e jogava polo.[1]

Em algum momento, Sue desapareceu, fazendo com que seus pais contratassem Ralph Dibny, um investigador particular, em junho de 2019 para poder encontrá-la.[2]

Investigando o Buraco Negro[]

January Galore vendo Barry e Ralph lutar

"January Galore" vendo Barry e Ralph lutar.

Enquanto investigava o Buraco Negro e as atividades criminosas da organização secreta, Sue foi ao leilão de Remington Meister como January Galore,[3] utilizando uma máscara de cera falsa para modificar sua aparência além de também fingir um sotaque britânico para disfarçar sua voz verdadeira,[4] e esperou no corredor antes que o evento pudesse começar. Ela também conheceu Barry Allen e Ralph, sem saber que Dibny era o investigador que estivera procurando por ela. Durante o leilão, ela ofereceu 500 milhões pelo Anel de Fogo, mas sua oferta foi superada por Barry, que fingiu estar bêbado. Em seguida, ele iniciou uma luta contra Ultravioleta no palco enquanto Ralph enfrentava Meister. Sue ficou na plateia para assistir a batalha, além da ativação do Anel de Fogo, que mirava em Central City para destruí-la. Ela foi embora quando Meister e Ultravioleta foram derrotados e a polícia chegou para apreendê-los.[3]

Crise nas Terras Infinitas[]

Quando a Crise nas Terras Infinitas começou, Sue, assim como todos os seres do multiverso, foi morta quando uma onda de antimatéria atingiu a Terra-1 em 10 de dezembro de 2019.[5] Graças aos esforços dos Paragons e do Espectro, Sue foi ressuscitada um mês depois em um novo universo.[6]

Pós-Crise[]

Conhecendo Ralph Dibny[]

"Você é Sue Dearbon."
"Em carne e osso. E você é?
"
Ralph Dibny e Sue Dearbon[fonte]

Depois de descobrir uma possível ligação entre Joseph Carver e o Buraco Negro, Sue viajou de Paris a Xangai na procura de informações a respeito disto.[4]

Sue conhecendo Ralph

Sue conhecendo Ralph.

Em fevereiro de 2020, Sue retornou a Central City depois de descobrir sobre a investigação de Ralph, além de poder roubar algo que procurava para sua investigação. Eles se conheceram quando o apartamento de Sue explodiu. Depois disso, Ralph quis saber quem estava tentando matá-la, e ela disse que era seu ex-namorado, afirmando que tinha uma "queda por pessoas más". Sue então começou a inventar uma história de John Loring e as "listas de clientes dele". Quando Dibny tentou ligar para os pais de Sue, ela jogou o celular do homem pela janela, explicando que Loring poderia rastreá-lo. Quando Ralph se ofereceu a encontrar Loring, Sue disse que seus pais teriam "jogado dinheiro fora" caso ele acabasse morto, e ofereceu acompanhá-lo.

Os dois foram ao armazém onde Loring faria um leilão para as armas que possuía. Quando ela tentou ir até lá, Ralph a impediu, dizendo que ele tinha o "elemento surpresa" por John não saber que estavam indo. Porém, Sue interviu quando viu que Ralph estava prestes a morrer afogado. Os dois foram ao CC Jitters, onde estudaram as provas que tinham depois que a câmera fotográfica de Dibny foi destruída. Eles foram interrompidos pela chegada de Cecile Horton, uma meta-humana telepata, que se surpreendeu por Ralph ter a encontrado, o que Sue corrigiu, dizendo que foi ela quem o encontrou. Depois, eles foram investigar outro armazém que Loring possuía. Quando chegaram a um beco sem saída, Ralph revelou que tinha poderes meta-humanos para salvar a vida deles, o que a chocou e a fez perceber que Dibny era o Homem-Elástico.

Sue se preparando para enfrentar Ultravioleta

Sue desafiando Ultravioleta.

Sue, disfarçada como um policial, e Ralph, disfarçado como Joe West, invadiram um banco para roubar os "documentos" que provavam que Loring era culpado por seus crimes. Depois de contarem suas histórias, Sue pediu pela honra de pegar o que estava dentro de uma caixa. Depois de pegá-lo, Sue nocauteou Ralph com um chute, o que o surpreendeu. Ela então fechou a cela de onde estavam, afirmando que ele não era a única pessoa com algumas surpresas na manga. Enquanto saia do local, ela foi parada por Loring e seus homens, que estavam armados. Ela então percebeu que o Homem-Elástico havia escapado da cela e usou sua mão para protegê-la dos disparos, o que a enjoou e pediu para que ele deixasse-a ir, algo que Dibny disse que iria fazer depois que "aqueles idiotas" ficassem sem munição e que iria levá-la para Iron Heights. Eles então foram surpreendidos quando os disparos acabaram, logo percebendo que Ultravioleta havia chegado para pegar o diamante que estavam em posse.

A vilã conseguiu nocautear Ralph, e Sue começou a zombar dela. Depois de um breve diálogo em Espanhol entre elas, as duas mulheres começaram a lutar entre si. Apesar do treinamento de Ultravioleta, Sue foi capaz de facilmente fazer com que a batalha saísse ao seu favor. Porém, depois de algum tempo, Sue começou a perder depois de ser arremessada a uma mesa de vidro pela vilã. Pensando em um plano de fuga, ela jogou a caixa do diamante para o Homem-Elástico, que estava sentado no chão assistindo ao combate. Quando Ultravioleta caminhou em direção da caixa, Sue aproveitou a distração que havia causado para fugir. Enquanto saia pela porta, ela mostrou o diamante em suas mãos para Ralph e sorriu, caminhando tranquilamente para fora.

Sue analisando o Diamante do Buraco Negro

Sue analisando o Diamante do Buraco Negro.

Em seu esconderijo, Sue analisou o diamante e colocou-o em uma máquina para analisá-lo profundamente. Depois disto, ela pegou a joia em sua mão e disse "que comece o jogo".[1]

Investigando Joseph Carver[]

Algumas semanas depois, Sue, disfarçada como January Galore, encontrou Cisco Ramon hackeando as câmeras de segurança de um banco. Enquanto flertava com ele para distraí-lo, Sue desativou as câmeras e subiu as escadas, onde abandonou seu disfarce. Ela foi em direção dos servidores do banco, onde hackeeou as finanças do Primeiro Banco Nacional. Depois de conseguir o dinheiro e a informação que precisava, Sue cumprimentou Ralph e Cisco, e foi elogiada por Ramon pelo seu sotaque britânico falso, o que ela agradeceu e explicou como conseguiu fazê-lo tão convincente. Enquanto os dois estavam distraídos, Sue usou um gancho para levantar-se para cima, fugindo por uma janela e escapando a tentativa de prisão de Ralph.

Sue entregando o diamante para Ralph

Sue entregando o diamante para Ralph.

Depois disto, Sue foi para uma empresa de investimento, onde usou o nome "Genoa", como o salami, para não ser descoberta. Porém, seu disfarce logo foi arruinado pela chegada de Ralph, que chamou-a por seu nome verdadeiro. Ralph então disse que ela é "estupidamente rica", fazendo com que a mulher perguntassem-os como se conheceram e perguntou se eles eram casados, na qual ambos responderam que aquilo seria "nojento". Ralph então revelou que sabia do plano de Sue, e que seus pais estavam sendo chantageados por Joseph Carver, a pessoa na qual Sue estava investigando, e que o dinheiro deles estavam indo para uma conta do Buraco Negro, teoria no qual Sue confirmou. Ralph ofereceu sua ajuda novamente, a qual Sue aceitou, não diretamente, mas através de seus comentários irônicos. Ela então entregou o diamante do Buraco Negro para Ralph, dizendo para que ele olhasse bem, dizendo que ela havia encontrado "algo interessante", e que ele também irá encontrar.[4]

Ajudando a Equipe Flash[]

Algum tempo depois, Sue foi até o apartamento de Ralph quando viu que seus pais estavam lá. Ela fingiu que aquela era a primeira vez que o encontrava, e pediu desculpa por ter perdido a "noção do tempo" e causar tanto alvoroço pelo seu desaparecimento. Ralph e Sue foram para conversar. Sue o confrontou do motivo de ter chamado seus pais, algo o que Ralph não respondeu diretamente, mas explicou que havia descoberto algo relacionado ao Buraco Negro com o diamante que ela entregou, dizendo que havia ido ao armazém onde Carver guardava as provas contra os pais de Sue e que o local havia pegado fogo, garantindo que agora eles estavam seguros. Porém, Sue revelou que Joseph havia ligado para eles algum tempo atrás, dizendo que ele "havia mudado", e que agora ela podia ir para casa.

Sue e Homem-Elástico vs. Dra

Sue e Homem-Elástico enfrentando Dra. Luz e Sunshine.

Porém, Carver não havia mudado e não desistiu de chantagear os pais de Sue, mas ela se voluntariou para assumir o lugar de seus pais, já que ela era "mais valiosa" que eles. Ela se dirigia para se encontrar com Carver quando foi interceptada por Ralph, onde admitiu para ele que o preço que pagou pela liberdade de seus pais foi começar a trabalhar com Joseph, garantindo a Dibny que iria traí-lo e, eventualmente, matá-lo. Ralph tentou fazê-la desistir do plano, mas Sue não deu ouvidos e o nocauteou com um spray. Porém, quando uma luta entre o Equipe Flash, a equipe de Eva e os seguranças de Carver começou, Sue voltou para salvar Ralph da Dra. Luz. Enquanto a batalha continuava, Sue e os membros da Equipe Flash foram cercados. No último instante do confronto, Eva McCulloch declarou que a batalha havia acabado ao anunciar a morte de Carver.

Sue então foi culpada por Eva pela morte de Joseph. Prevendo que isto poderia causar consequências para Sue, Ralph foi até ela para avisá-la.[7]

Sue e Joe no DPCC

Sue e Joe vendo uma mão sair do espelho.

Durante o ataque de Eva McCulloch em Central City, Sue se disfarçou de uma policial e foi ao DPCC, onde alertou Joe West de que as pessoas que estavam com ele não eram seus pais verdadeiros, mas sim reflexos criados por McCulloch. Quando uma mão começou a sair de uma superfície reflexiva para pegar o detetive, Sue o alertou, salvando sua vida.

Mais tarde, Sue e Ralph invadiram a McCulloch Technologies. Eles encontraram provas de que Eva era quem matava Carter, mas quando foram embora, Eva explodiu o prédio com Ralph dentro. Seu rosto acabou sendo reduzido a algo descrito como "batatas amassadas", já que ele foi queimado seriamente e começou a fazê-lo derreter. Os dois foram aos Laboratórios S.T.A.R. para pedir ajuda da Equipe Flash, onde explicou a situação para eles.

Depois que seu nome foi limpo, Caitlin Snow convidou Sue para ingressar à equipe, mas ela recusou o convite gentilmente. Sue revelou que ela e Ralph iriam embora para poder desfazer outras organizações criminosas semelhantes ao Buraco Negro espalhadas pelo mundo.[8]

Desde então, Sue e Ralph sobrevoaram ao redor do mundo fazendo missões. Em algum momento, eles foram ao país da Tunísia, onde lidaram com uma situação envolvendo lasers.[9] Ela também roubou uma granada atordoante de fótons. Para conseguir o dispositivo, tinha sido preciso "duas viagens pra Nova Déli, um acidente de helicóptero e uma adolescente muito letal".[10]

Em algum momento, Sue invadiu um casamento real. Para evitar ser presa, ela comprou o castelo.[11]

Voltando à Central City[]

Quando Chester P. Runk ligou pedindo ajuda para roubar uma máscara, Sue retornou à Central City e estudou o objeto que seus aliados queriam ajuda para roubar. Finalizando seus preparos, Sue foi aos Laboratórios S.T.A.R. e explicou a Chester e Cecile sobre as vantagens e desvantagens do roubo. Enquanto ouvia os dois conversarem, Sue notou que havia algo errado e expressou suas preocupações para Chester, afirmando que o roubou estava "fácil demais", mas ele garantiu que estava tudo bem.

Sue se preparando

Sue se preparando.

À noite, Sue invadiu o museu. Ao notar sensores de movimento nas paredes, ela usou uma granada de fumaça para revelar os lasers. Usando suas habilidades de balé, Sue atravessou a sala e os desligou, permitindo que Cecile descesse do teto. Quando um guarda apareceu, as duas se esconderam e Sue usou um dardo tranquilizante para derrubá-lo. Enquanto Cecile pegava a máscara, Iris West-Allen alertou Sue de que aquela não era a verdadeira Cecile. No entanto, a reação de Sue foi tardia, e a meta-humana a controlou para usar a arma para derrubá-la.

Ela acabou sendo levada aos Laboratórios S.T.A.R. e tratada por Caitlin. Ao acordar, ela ouviu a Equipe Flash teorizar sobre o que tinha acontecido com Cecile. Quando Chester tentou sugerir um plano, Sue o interrompeu, dizendo para todos que outra pessoa deveria pensar em uma estratégia depois de tudo que havia acabado de acontecer.

Depois que Cecile e Barry Allen foram salvos, Sue se desculpou com Chester por sua atitude grosseira. Ela revelou que iria ficar por mais um tempo em Central City e convidou a equipe para beber no hotel em que ficaria.[9]

Quando Ultravioleta atacou Allegra Garcia e Chester no Jitters, Sue interviu e a desafiou para uma luta, mas quando a polícia começou a aparecer, a criminosa fugiu. Nos Laboratórios S.T.A.R., Sue explicou o motivo de sua estadia prolongada na cidade e perguntou onde estava "as armas grandes" da equipe, mas descobriu que Barry e Nevasca estavam fora, para sua grande surpresa. Apesar da falta de gente, todos decidiram derrotar Ultravioleta.

Chester revelou um mapa com as localizações de Ultravioleta nas últimas horas. Sue notou um padrão e foi capaz de decifrar sua próxima ida, que era uma clínica pública. Depois de carregar a granada de fótons, Sue e Allegra interceptaram Ultravioleta na clínica, que estava atacando um médico. Sue pulou do telhado, alertando ao homem para fugir. A granada foi usada e Ultravioleta presa, mas ela revelou que aquele era o homem que havia a transformada em uma arma.

Sue e Allegra questionando Ultravioleta

Sue e Allegra questionando Ultravioleta.

As duas levaram-a ao pipeline e começaram a interrogá-la, mas Ultravioleta não respondia nenhuma das perguntas que faziam. Sue afirmou que ela deveria responder a elas ou a polícia, garantindo a criminosa de que suas celas não eram tão "confortáveis". Depois de ouvir Esperanza explicar sua história, Allegra prometeu que iriam ajudá-la capturar o médico que estava atrás. Sue tentou alertar Allegra de que trabalhar em uma missão com a assassina seria "suicida", mas Allegra continuou decidida em ajudá-la e a tirou da cela, para o grande aborrecimento de Sue.

Sue interrompeu o treino das primas no laboratório de velocidade, onde começou a provocar Ultravioleta. As duas começaram a lutar, mas o duelo acabou fazendo com que Chester fosse ferido. Ela pediu ajuda de Chester para convencer Allegra de que Ultravioleta não estava disposta a mudar, mas ele recusou. Sue então decidiu fazer aquilo por conta própria. Ela encontrou Allegra e contou a história de seus pais e o Buraco Negro, mas, apesar disso, ela continuou decidida em ajudar sua prima.

Mais tarde, Sue foi atrás de Allegra, que tinha ido até Ultravioleta. Quando ela havia sido cercada por múltiplos homens, Sue apareceu. Ela aconselhou-a ir atrás de sua prima, prometendo que iria enfrentar aqueles indivíduos. Embora saísse-se bem inicialmente, Sue começou a ser superada, mas conseguiu recuperar o controle da batalha e venceu. Ela saiu para ajudar Allegra, mas a encontrou vitoriosa sobre Ultravioleta. Depois que tudo foi resolvido, Sue voltou aos Laboratórios S.T.A.R. e se despediu de Allegra e Chester.[10]

Depois que seus pais foram colocados em prisão domiciliar, Sue passou a administrar os negócios de sua família.[12]

Ajudando Iris[]

Sue visitou Iris e Allegra antes de ir à Coast City lidar com assuntos familiares. Ela convidou Allegra para acompanhá-la em sua viagem, mas Iris se voluntariou. Em Coast City, elas começaram a procurar pelo Fantasma quando Sue, notando que havia algo errado com Iris, perguntou se estava tudo bem. No entanto, o celular de Iris rastreou o Fantasma no CC Jitters da cidade.

Iris e Sue conversando com Tinya

Sue e Iris conversando com Tinya.

No Jitters, Sue e Iris descobriram que o Fantasma de Coast City era, na verdade, uma adolescente chamada Tinya Wazzo. Iris se ofereceu para ajudá-la, mas Tinya se recusou. Antes de ir embora, ela usou seus poderes para estragar o celular de Iris, prevenindo a dupla de encontrá-las. Enquanto aguardava por seu celular abaixar o aplicativo, Sue perguntou novamente para Iris sobre o que ela escondia. Ela então contou sobre sua doença temporal. Ouvindo isso, Sue a aconselhou a parar de tentar fugir do problema. Elas conseguiram encontrar Tinya. Sue e Iris conversaram com ela e conseguiram convencê-la a deixá-las ajudá-la encontrar sua mãe. Então, naquela noite, Sue, Iris e Tinya passaram a noite em um hotel luxuoso.[12]

Sue acompanhou Iris e Tinya ao antigo orfanato da garota. Quando a recepcionista afirmou que não poderia ajudá-las, pois a mãe biológica de Tinya não queria contato, Sue ligou para seu tio, que era o dono do orfanato. O trio então conseguiu as informações que queriam e foram embora. Elas visitaram a mãe de Tinya, e Sue e Iris ouviram Tinya conversar com a mulher. No entanto, Iris começou a sentir dores de cabeça e a fez desaparecer.[13]

Sue tentou explicar a situação para Tinya, mas Iris começou a se contorcer de dor. Ela então pediu para que a garota fosse embora. Sue cuidou de Iris até que ela acordasse, o que aconteceu algumas horas. Tinya apareceu e a confrontou. Sue tentou atacar a jovem, que avançou em Iris, mas apenas atravessou seu corpo. Ela então assistiu a adolescente usar seus poderes para fazer Iris desaparecer. Sue a questionou o que havia feito, então Tinya a ameaçou fazer o mesmo com ela caso tentasse encontrá-la novamente. Naquela noite, Sue viajou à Central City e disse para Barry que Iris havia desaparecido.[14]

Deon conversando com Sue e Iris

Deon conversando com Sue e Iris.

Sue avisou Barry de que Iris tinha voltado, e saiu do apartamento para deixá-los sozinhos. Na manhã seguinte, depois que Barry saiu para ajudar o DPCC, sugeriu chamar algo para comer. Naquela noite, Sue e Iris foram visitadas por Deon Owens, que explicou que a doença temporal estava infectando a Força Imóvel. Instantes depois, ele desapareceu misteriosamente. Sue tentou distrair Iris, que estava preocupada por não ter conseguido ver seu futuro. As duas então conversaram sobre o tempo que as pessoas tinham no mundo. Quando Iris começou a ser puxada para fora da linha do tempo, Sue a ajudou a se manter no presente.[15]

Não muito tempo depois, Sue notou que havia um "homem bonitão" na cozinha do apartamento e perguntou quem era. O indivíduo se apresentou como Eddie, mas Iris sinalizou que ele estava mentindo. Enquanto ela o distraía, Sue tentou chamar por ajuda, mas o fantasma queimou a mão dela. As duas tentaram fugir, mas quando Iris foi girar a maçaneta, sua mão foi queimada. Joe apareceu e tentou ajudá-las a escapar, mas ele e Sue acabaram sendo pegos pelo vilão. Eventualmente, o Morte Nuclear foi libertado e Sue e Joe conseguiram escapar das visões atormentadoras que estavam vendo.[16]

Sue compareceu ao funeral de Nevasca junto da Equipe Flash.[17]

Personalidade[]

Com uma personalidade mercurial e a capacidade de contar mentiras lindamente elaboradas, a personalidade de Sue é difícil de descrever, pois não se tem ideia de quem ela realmente é ou o que ela realmente quer. Enquanto Cecile sentiu que Sue estava atraída por Ralph, Sue demonstrou que estava enojada com sua presença. No entanto, uma coisa é verdade sobre Sue: ela é uma sobrevivente e fará o que for necessário para atingir seu verdadeiro objetivo; se os outros sabem o que é ou não, não é problema dela.

Sue parece valorizar a família a ponto de se tornar membro do Buraco Negro apenas para proteger seus pais. A motivação de sua caça contra Joseph Carver foi unicamente para preveni-lo de chantagear seus pais. Depois de passar algum tempo ao lado de Ralph, Sue passou a considerar ele e a Equipe Flash como aliados, e até mesmo os ajudou em sua guerra contra Eva McCulloch.

Habilidades[]

  • Pico da condição física humana: Sue está na melhor condição física com reflexos rápidos, demonstrado quando ela se esquivou da explosão ultravioleta com facilidade. Ela foi forte o suficiente para derrubar Ralph com um único chute. Ela também não se incomodou de ser atingida por Ultravioleta durante sua luta.
  • Intelecto de alto nível/Tática habilidosa: Sue é muito inteligente e uma excelente investigadora, tendo se formado no MIT.[1]
    • Investigadora especialista: Sue é uma pessoa muito perspicaz; ela foi capaz de determinar rapidamente que Joseph Carver e o Buraco Negro estavam conectados junto com o diamante que John Loring tinha.
    • Manipulação: Sue é altamente qualificada na arte do engano, usando uma história falsa para enganar Ralph Dibny e ajudá-la a roubar um diamante. Sue também tem uma identidade e disfarce como January Galore, uma traficante de armas.[4]
    • Multilinguismo: Sue é capaz de falar francês, espanhol[1] e italiano[4] fluentemente.
  • Especialista em combate corpo-a-corpo/Artista marcial: Sue é uma combatente corpo-a-corpo altamente e artista marcial qualificada, como visto quando ela enfrentou Ultravioleta. Mais tarde, ela foi capaz de desarmar rapidamente e derrubar a Dra. Luz com pura facilidade e também foi capaz de ir de igual para igual contra Sunshine e até mesmo dominá-la brevemente. Seu estilo parece ser composto por boxe, taekwono, muay thai, judô e aikido.
  • Vontade indomável/Alta tolerância à dor: Uma pessoa determinada e corajosa, Sue é quase destemida e quase nunca desiste na maioria das situações. Sue também tem alta tolerância à dor, como ela não exibiu nenhum sinal de desconforto de seu quarto explodindo ou sendo atingida repetidamente por Ultravioleta.

Equipamento[]

  • Traje: Sue usa um traje tático preto enquanto opera em campo.[1]
  • Arma tranquilizante: Sue usou uma arma carregada com dardos tranquilizantes para derrubar um guarda.[9]
  • Gancho: Sue usa um gancho, que o prende ao redor de sua cintura, para poder entrar e sair dos lugares que invade.[9]

Equipamento anterior[]

  • Diamante do Buraco Negro: Para poder ajudar seus pais, que estavam sendo chantageados por Joseph Carver,[7] Sue procurou o diamante para descobrir a localização do armazém do Buraco Negro.[1] Sue o entregou para Ralph, acreditando que ele pudesse ser útil para ajudar ele e a Equipe Flash.[4]
  • Granada atordoante de fótons: Em uma de suas aventuras, Sue roubou este dispositivo. Ela o usou para atrasar Ultravioleta e poder prendê-la.[10]

Aparições[]

Flash[]

5ª Temporada

6ª Temporada

7ª Temporada

8ª Temporada


Galeria[]

Imagens promocionais[]

Flash[]

6ª Temporada[]

Por de trás das câmeras[]

  • Nas histórias em quadrinhos da DC Comics, Sue Dearbon é a esposa de Ralph Dibny. Ralph conheceu Sue depois de invadir seu baile sob o pretexto de perseguir ladrões de joias. Eles se apaixonaram e se tornaram um casal de combatentes do crime. Sua primeira aparição nos quadrinhos foi em Flash #119 (março de 1961).
  • O disfarce de Sue, January Galore, é uma paródia da personagem Pussy Galore, do filme 007 contra Goldfinger.

Referências[]

Advertisement