Arrowverso Wiki
Advertisement
"Porque sempre tem que ser você que salva todo mundo?"
"Porque os nossos mundos podem ter sido destruídos, mas fomos poupados por alguma razão."
"Sorte."
"Eu me recuso a acreditar nisso. Eu acredito em continuar lutando. Esteja preso em outro mundo, tendo ou não seus poderes, você nunca se rende. Essa é a diferença entre nós dois.
"
Mon-El e Supergirl

"Supergirl Vive" é o nono episódio e a estreia de meia-temporada da segunda temporada de Supergirl, e o vigésimo nono episódio em geral. Ele foi exibido nos Estados Unidos em 23 de janeiro de 2017.

Sinopse[]

Kara fica comovida pela história de uma mulher desaparecida chamada Izzy e decide investigar apesar da ordem de Snapper Carr em esquecer. Kara leva Mon-El junto dela ao último local que Izzy foi, e a dupla se encontra atravessando um portal para outro planeta, a Lua dos Escravos, onde são vendidos como escravos. A líder é ninguém menos que Roleta. Para piorar as coisas, a Lua dos Escravos tem um sol vermelho, significando que Kara e Mon-El não podem utilizar seus poderes e estão presos no planeta sem nenhuma forma de retornar. Enquanto isso, na Terra, Alex se culpa pelo desaparecimento de Kara, temendo que está se concentrando demais em seu relacionamento com Maggie ao invés de cuidar de sua irmã.[1]

Elenco[]

Estrelando[]

Estrelas convidadas[]

Co-estrelando[]

  • Françoise Robertson como Regina Williams
  • Erika Walter como Mulher
  • Nikolai Witschl como Jo Gunraf

Curiosidades[]

  • O título do episódio é uma referência ao filme não-produzido do Superman, intitulado Superman Lives. O diretor desse episódio, Kevin Smith, foi quem escreveu o roteiro original do filme.
    • Mon-El nota que Jo Gunraf estava cozinhando uma "fera thanagariana". Em Superman Lives, o Superman iria enfrentar uma aranha gigante thanagariana.
  • Ao descobrir que um Dominador era um dos compradores de Maaldoria, Kara diz "[Eu] detesto esses caras". Isso é uma referência clara aos eventos do crossover Invasão!. Adicionalmente, a música que é tocada na cena também pertence ao crossover e é o tema principal do evento.
  • Quando é deixado sozinho em Maaldoria, Winn diz "Eu não sou camisa vermelha" para si mesmo algumas vezes. Na franquia Star Trek, o termo "camisa vermelha" foi criado por fãs para se referir aos personagens que morrem em missões enquanto usavam uma camisa vermelha.

Erros[]

  • J'onn diz que não poderia ajudar na missão de resgate pois havia silicato no ar de Maaldoria, que é tóxico para marcianos verdes. No entanto, silicato pode ser filtrado usando máscaras N95/KN95 ou respiradores com filtros de P95 ou P100.
  • Quando Winn diz para J'onn e Alex que não quer ir para Maaldoria, ele vai embora segurando um tablet. Na próxima cena, ele não está mais com o dispositivo em mãos.
  • Ao final do episódio, Winn é visto passando pelo portal de Maaldoria duas vezes. Na primeira, ele é empurrado pela Supergirl. Alguns minutos depois, ele é visto ao lado dela, ainda em Maaldoria, e passa pelo portal pela segunda vez seguida.

Referências[]

Advertisement