Arrowverso Wiki
Advertisement

"Sim, eu passei 327 anos no Inferno. E qual foi o meu crime? Eu usei um pouco de mágica em Salém, tentando ajudar uma menina cuja mãe foi acusada de bruxaria."
—Tabitha para Nora Darhk[fonte]

Tabitha (morta em 2019), conhecida anteriormente como a Fada Madrinha, foi uma bruxa amaldiçoada com o poder de realizar desejos. Ela serviu a diversos humanos, mas eventualmente foi banida pelos mesmos para a dimensão de Mallus. Depois que Mallus se libertou, diversos fugitivos mágicos de sua dimensão, incluindo Tabitha, escaparam.

Tabitha se escondeu em Salém durante o julgamento das bruxas, onde pretendia se vingar dos humanos, mas acabou sendo enviada ao Inferno por John Constantine e as Lendas. Eventualmente, ela foi libertada por seu amante, o demônio Neron. Após sua liberdade, ela enganou Nora Darhk para fazê-la tomar sua maldição como Fada Madrinha, libertando Tabitha. Durante a batalha final contra as Lendas em Heyworld, Tabitha acabou sendo devorada por Wickstable.

Biografia[]

Realizando desejos[]

O papel original de Tabitha era conceder desejos a várias crianças com quem ela tinha um contrato. O seu poder dependia do contrato que tinha com o "afilhado": embora pudesse influenciar a opinião deles, não podia exercer o poder sem o desejo do "afilhado". Ela tinha pouco amor por seus "bichinhos de estimação", já que garotas vaidosas costumavam pedir-lhe bugigangas mesquinhas, como sapatos de vidro, em vez de algo que valesse a pena.[1] Em algum momento, ela se envolveu romanticamente com Neron.[2] Eventualmente, humanos a baniram para o reino de Mallus, uma "dimensão horrível" no qual muitos outros seres mágicos foram aprisionados.[1]

Libertada do Inferno[]

Tabitha é libertada do Inferno

Tabitha é libertada do Inferno.

Eventualmente, Neron foi capaz de possuir o corpo de Ray Palmer e sequestrou John Constantine, e em seguida deixou as Lendas presas na Era do Gelo para não interferirem em seu plano de trazer Tabitha de volta. Eles voltaram a 55 A.C., onde Neron obrigou Constantine a abrir um portal para o Inferno. John procurou a ajuda de seu ancestral, Konstentyn, para banir Neron, mas o homem se voltou contra ele e o prendeu. Apesar de se libertar, John não foi capaz de impedir que seu ancestral abrisse o portal do inferno. Depois que Constantine decidiu ir ao submundo para trazer Ray de volta, Neron realizou um ritual para permitir o retorno de Tabitha. Assim que ela saiu do portal, triunfante, os dois se beijaram.

O casal retornou para 2019 na Agência do Tempo, onde Tabitha salvou Gary Green de ser atacado por Wolfie, usando seus poderes para transformá-la de volta a Mona Wu. Em seguida, eles levaram-a até uma cela de prisão.[2]

Se livrando da maldição[]

Tabitha conversando com Nora Darhk

Tabitha conversando com Nora Darhk.

Enquanto Gary recebia uma massagem, Tabitha continuou a sugerir que ele usasse seus poderes para se vingar das Lendas, sugerindo que enviassem-os ao inferno assim como ela uma vez foi. Apesar de suas tentativas, Gary ainda não queria machucá-los. Porém, ele mudou de ideia e desejou um clube do livro obrigatório. Ela então teletransportou Sara, Ava e Nora Darhk até o escritório de Gary. Tabitha usou seus poderes para fazer o trio de mulheres lerem O Colecionador rapidamente, rindo com Gary enquanto faziam isso. Quando elas tentaram atacá-lo, Tabitha congelou-as no ar, e prosseguiu para tentar manipulá-lo para fazê-las pagarem. Em seguida, Tabitha usou seus poderes para teletransportar Gary, Sara e Ava até a Waverider. Ela deixou Nora para trás, afirmando que não tinha nenhum problema com ela. Elas começaram a conversar sobre Neron e do porque ela estava a ajudando. Antes de mandá-la embora, Tabitha afirmou que elas poderiam ter sido amigas em uma vida passada.

Nora se torna uma Fada Madrinha

Tabitha se livra da maldição de Fada Madrinha.

Depois da conferência da Palmer-X, na qual Mona foi torturada para obrigá-la se transformar em Wolfie, Neron ordenou que Tabitha levasse Nora até uma cela de prisão. Tabitha o fez, e levou a mulher até a cela de Mona, que estava ferida. Ao ver a mulher, Nora perguntou do porque estava a ajudando, e Tabitha afirmou que bruxas devem ajudar umas as outras. Antes de partir, Tabitha alertou que poderia chamá-la caso precise. De volta à Waverider, Tabitha ajudou Gary a torturar as Lendas. Depois que Nora chamou por ela, Tabitha disse que tinha que ir embora. Gary perguntou do porque, mas ela reafirmou de que não eram amigos. Na cela de Mona, Tabitha convenceu Nora a trocar de lugar como Fada Madrinha, para que pudesse salvar Mona. Quando isso foi feito, a maldição foi desfeita e Nora assumiu seu cargo. Tabitha riu por ter enganado a mulher, notando que ela não podia ajudar Mona já que ela não era seu protegido atual, e sim Gary. Em seguida, Tabitha e Neron impediram Charlie, que havia libertado todas as criaturas mágicas, de fugir. Quando o demônio tentou matá-la, Tabitha a impediu, dizendo que tinham todas as criaturas mágicas em uma só.[3]

Morte[]

Tabitha foi até a cela de Charlie, onde começou a provocá-la, tentando induzi-la a mostrar aos humanos o verdadeiro medo. Ao se reencontrar com Neron, Tabitha e o demônio se beijaram. Ela então usou seu cajado para forçar Charlie a se transformar. Durante uma conferência ao vivo, Tabitha manipulou Charlie para fazê-la se transformar em um monstro, assustando todos presentes. As Lendas apareceram, e Tabitha entrou em combate com Sara, mas eventualmente foi derrubada pela assassina. Quando eles começaram a fugir com Charlie, Tabitha impediu Neron de segui-los, afirmando que já tinham conseguido o que precisavam.

Tabitha e Wickstable

Tabitha e Wickstable em Heyworld.

Tabitha e Neron começaram a absorver as almas dos humanos com medo até seu cajado, dizendo para seu amante que seu reino estava prestes a se concretizar. Depois que as Lendas criaram um parque de diversões, Heyworld, para mostrar aos humanos que não tinham motivo para temer as criaturas mágicas, Tabitha e Neron foram até lá para confrontá-los. Ela usou sua magia para transformar Wickstable em um dragão adulto, e caminhou para cima do palco, afirmando que todos lá iriam servir ao seu "propósito infernal". Tabitha continuou a controlar o dragão para espalhar o medo nos humanos, mas uma Zari Tomaz criança foi capaz de ajudar Wickstable, que estava prestes a devorar Sara, a se libertar do controle mental. Ela foi atingida pelo dragão e derrubou seu cajado, e, assim que se levantou, correu até ele. Contudo, antes que pudesse alcançá-lo, Tabitha acabou sendo devorada por Wickstable.[4]

Linha do tempo alternativa[]

Tabitha teve destinos diferentes nas linhas do tempo criadas por John Constantine.

Tabitha como Capitão Frio

Tabitha como Capitão Frio.

Na linha do tempo das "Sereias do Espaço-Tempo", ela foi responsável pelos assassinatos de Mick Rory, Ray Palmer e Nate Heywood, fazendo com que os integrantes sobreviventes da equipe abordassem uma tática mais violenta contra criaturas mágicas. Em outra linha do tempo, na dos "Fantoches do Amanhã", Tabitha foi capturada pelas Lendas, mas acabou formando um Mick Rory devido ao seu problema com a equipe serem "fantoches da Agência do Tempo". Tabitha transformou as Lendas em fantoches, literalmente, e continuou a trabalhar com Mick, incluindo voltar a sua vida de crime como Onda Térmica, onde Tabitha se tornou a Capitã Frio. Todas as linhas do tempo foram desfeitas depois que Constantine restaurou a linha do tempo original.[5]

Personalidade[]

Tabitha tentou parecer generosa e adorável, alegando que seu único desejo é tornar o mundo um lugar melhor. No entanto, ela era de fato vingativa e desdenhosa dos humanos, chamando-os de "animais de estimação" ou mesmo "pestes". Ela desprezava a vaidade de seus encargos anteriores, achando-os muito gananciosos. Tendo sido banida por humanos para o reino de Mallus, ela passou a odiar a humanidade e quis se vingar.

Seu próprio desejo em relação a Prudence era convencer a garota a se tornar o instrumento de sua vingança contra os humanos, enviando o fogo do inferno sobre suas cabeças. Ela ficou chocada quando John Constantine pretendia mandá-la para o Inferno, mas se recusou a cumprir sua proposta de pacto, alegando que não havia como ajudar John, já que ele era mais condenado do que ela, e que o ser que vinha atrás dele era muito mais terrível do que o próprio inferno.

Poderes e habilidades[]

Poderes[]

  • Magia: Tabitha tinha poderes mágicos impressionantes por conta própria. John Constantine até pensou em fazer um pacto com ela para ser protegido do demônio Neron.[1]
    • Telecinese: Ela foi capaz de prender o pescoço de Charlie telecineticamente.[3]
    • Condição física aprimorada: Tabitha demonstrou ter um grau de força desumana, permitindo-lhe lutar em pé de igualdade e até mesmo empurrar Sara Lance para trás por um breve período.
  • Conhecimento temporal: Apesar de ser de um período do tempo diferente, Tabitha sabia quem Constantine era e quem estava atrás dele.[1]
  • Imortalidade: Tabitha foi capaz de sobreviver por 300 anos no Inferno sem envelhecer.[3]
  • Magia através de seu cajado: Após ter sido libertada da maldição da Fada Madrinha, Tabitha recuperou sua aparênia original, incluindo seu cajado, que possui propriedades mágicas.[3]
    • Controle de biomatéria: Com seu cajado, Tabitha era capaz de controlar seres, como metamorfos e até mesmo um dragão. Porém, essa habilidade não é muito forte, já que Wickstable foi capaz de se libertar do controle.[4]
    • Transformação: Com seu cajado, Tabitha foi capaz de transformar Wickstable em um dragão adulto (e depois que ele a devorou, ele foi transformado de volta).[4]
    • Drenagem de energia: O cajado de Tabitha é capaz de drenar energia de emoções fortes, como medo ou amor. Ele pode ser usado para realizar feitiços mágicos mais avançados.[4]

Poderes anteriores[]

  • Magia através da varinha de Fada Madrinha: Com a varinha de Fada Madrinha, Tabitha, apesar de herdar sua maldição, tinha poderes mágicos impressionantes.
    • Realização de desejos: Tabitha era capaz de realizar desejos de outras pessoas.
    • Teletransporte: Tabitha era capaz de se teletransportar em faíscas azuis.
    • Clorocinesia: Tabitha era capaz de usar seu poder para amarrar e restringir as pessoas com videiras.
    • Manipulação de animais: Ela podia convocar corvos e controlá-los para atacar pessoas.
    • Conjuração: Tabitha era capaz de criar objetos simples, como uma bola de cristal.
    • Espionagem: Ela podia espionar outra pessoa usando uma superfície reflexiva, como uma bola de cristal.
    • Transformação: Tabitha podia transformar humanos em animais, como porcos.
    • Biocinesia: Com um gesto de varinha, ela foi capaz de impedir John Constantine de falar.
    • Telecinese: Com um gesto de sua mão, Tabitha foi capaz de arremessar John Constantine para longe sem tocá-lo.
    • Aparição: Ela era capaz de teletransportar pessoas de um local para outro.
    • Pirocinese: Tabitha era capaz de convocar fogo do poço do Inferno para queimar as pessoas de Salém.
    • Alteração de realidade: Tabitha foi capaz de usar alguns de seus poderes por capricho, como transformar a realidade em um musical, semelhante ao de Music Meister.

Habilidades[]

  • Persuasão: Tabitha foi amaldiçoada para ser uma Fada Madrinha, portanto, não era capaz de realizar magia sozinha, contando com os desejos de sua protegida para lançar magia. Para fazer o que ela quer, ela precisava persuadir seu pupilo a pedir esse desejo.[1]
  • Canto: Tabitha é uma cantora competente.[1]
  • Combatente corpo-a-corpo hábil: Tabitha tem algumas habilidades em combate corpo-a-corpo, capaz de enfrentar Sara Lance duas vezes, embora ela tenha sido derrotada no primeiro encontro, ela conseguiu empurrá-la brevemente para trás no segundo.[4]

Fraquezas[]

  • Seres superiores: Quando oferecido a chance de lutar contra Neron, Tabitha reusou a oferta imediatamente, preferindo ser banida para o Inferno do que ser uma inimiga do demônio.[1]
  • Dragões: Apesar de sua magia, Tabitha pode ser facilmente derrotada, notado quando ela foi devorada por Wickstable.[4]

Fraquezas anteriores[]

  • Dependência de hospedeiro: Tabitha não pode usar seus poderes por conta própria, e precisa de um protegido para que possa realizar desejos. Além disso, se ela for libertada de seus comandos, Tabitha perderá seus poderes até que um novo hospedeiro fosse encontrado.[1] Desde que entregou a varinha de Fada Madrinha para Nora Darhk, assim, sendo libertada da maldição, Tabitha não possui mais essa fraqueza.[3]

Equipamento[]

  • Cajado: Depois de entregar sua varinha de Fada Madrinha para Nora Darhk, Tabitha foi libertada de sua maldição e recuperou sua aparência normal, incluindo seu cajado.[3]

Equipamento anterior[]

  • Varinha de Fada Madrinha: Tabitha usava uma varinha mágica para realizar sua mágica. Assim que fosse libertada de um humano, sua varinha desaparecia, mas ela retornava assim que fosse encarregada de outra criança.[1] Desde que passou sua maldição para Nora, Tabitha perdeu o acesso completo da varinha.[3]
  • Tiara: Quando era a Fada Madrinha, Tabitha usava uma tiara em sua cabeça. Ela acabou perdendo-a quando foi enviada ao Inferno.[1]

Equipamento de uma linha do tempo alternativa[]

  • Arma de frio: Em uma linha do tempo alternativa, Tabitha fez um pacto com Mick Rory, onde assumiu o manto de Capitão Frio. Porém, essa linha do tempo foi apagada pelas Lendas.[5]

Aparições[]

Lendas do Amanhã[]

4ª Temporada

5ª Temporada


Por de trás das câmeras[]

  • Historicamente, as Fadas Madrinhas são personagens de contos de fadas, associadas principalmente com a história de Cinderela, com poderes mágicos que atua como mentor ou pai de alguém no papel que se esperava que um padrinho real desempenhasse em muitas sociedades. Na Cinderela de Perrault, ele conclui a história com a moral cínica de que nenhuma vantagem pessoal será suficiente sem as conexões adequadas.
  • Jane Carr já dublou (em seu idioma original, nesse caso, o inglês) uma Fada Madrinha na série animada Os Padrinhos Mágicos.

Referências[]

Advertisement