FANDOM


m (Heatvision10 moveu a página Silêncio para Tommy Elliot através de um redirecionamento)
 
Linha 1: Linha 1:
{{Personagem|série = Batwoman|nome = Tommy Elliot|imagem = Tommy_Elliot.png|status = Vivo|familia = Sem nome <small>(pai; morto)</small> <br> Sem nome <small>(mãe; morta)</small>|universo = [[Terra-1]]|ator = [[Gabriel Mann]]}}'''Thomas "Tommy" Elliot''' é o antigo melhor amigo de infância de [[Bruce Wayne]], e atualmente um inimigo do mesmo.
+
{{Personagens
  +
|série = Batwoman
  +
|nome = Tommy Elliot
  +
|alterego = Silêncio <br> Bruce Wayne
  +
|imagem = <gallery>
  +
Tommy Elliot como Bruce Wayne.png|Bruce Wayne
  +
Silêncio.png|Silêncio
  +
Tommy Elliot.png|Tommy Elliot
  +
</gallery>
  +
|ocupações = Criminoso <br> Assassino em série <br> CEO da [[Propriedades Elliot]] <small>(anteriormente)</small>
  +
|afiliação = [[Propriedades Elliot]] <small>(anteriormente)</small> <br> [[Beth Kane|Alice]]
  +
|estado atual = Vivo
  +
|familia = [[Pai de Tommy Elliot|Sem nome]] <small>(pai; morto)</small> <br> [[Mãe de Tommy Elliot|Sem nome]] <small>(mãe; morta)</small>
  +
|universo = [[Terra-1]]
  +
|intérprete = [[Gabriel Mann]] <br> [[Warren Christie]] <small>(como [[Bruce Wayne]])</small>}}
  +
{{Citação|Silêncio...|Tommy Elliot|A Secret Kept From All the Rest}}
  +
'''Thomas "Tommy" Elliot''', apelidado de '''Silêncio''' por [[Vesper Fairchild]],<ref name=":3">"[[A Secret Kept From All the Rest]]"</ref> é um ex-magnata imobiliário, o antigo CEO da [[Propriedades Elliot]] e o antigo melhor amigo de infância de [[Bruce Wayne]]. Ao crescer ele se tornou um dos inimigos do Batman e o culpou por salvar sua mãe e planejando sua vingança contra o vigilante,<ref name=":0">"[[Caiu, Caiu, Caiu]]"</ref> apesar de separá-lo de sua personalidade de Bruce Wayne, a quem ele obsessivamente admira.<ref name=":1">"[[A Narrow Escape]]"</ref> Após ter seu rosto removido por Alice, a fim de encenar seu suicídio e evitar o corredor da morte, ele começou a trabalhar ao lado dela para conseguir um novo rosto,<ref name=":2">"[[If You Believe In Me, I'll Believe In You]]"</ref> que acabou sendo a réplica da face utilizada por Bruce Wayne, no que o permitiria se passar por ele.<ref name=":4">"[[O, Mouse!]]"</ref>
   
 
== Biografia ==
 
== Biografia ==
   
=== Vida anteriormente ===
+
=== Pré-Crise ===
Durante sua infância, Tommy tornou-se o melhor amigo de [[Bruce Wayne]]. Em 2005, os parentes de Tommy estiveram envolvidos em um acidente de carro, com seu pai sendo morto mas sua mãe sendo salva pelo Batman.<ref name=":0">"[[Down Down Down]]"</ref>
 
   
=== Retorno à Gotham ===
+
==== Vida pregressa ====
Em 2018, Tommy retornou à [[Gotham City]], acreditando que Bruce tinha voltado para a cidade, mas a prima de Bruce, [[Kate Kane]], o informa que Wayne não havia voltado. Kate então descobre que Tommy sabe a identidade de Bruce como o Batman, e depois encontra Elliot em uma festa onde ele havia plantado três bombas em elevadores, e iria destruir um deles. Eventualmente, ele é impedido pela Batwoman e [[Alice]], sendo enviado ao [[Asilo Arkham]] por conta de seus crimes.<ref name=":0" />
+
Tommy Elliot nasceu em [[Gotham City (Terra-1)|Gotham City]], filho de uma família rica. Ele possuía um relação complicada com sua [[Mãe de Tommy Elliot|mãe]], convencendo-se que ela apenas se casou com seu [[Pai de Tommy Elliot|pai]] por conta de seu dinheiro. Durante sua infância, Tommy tornou-se o melhor amigo do [[Bruce Wayne]].<ref name=":0" />
  +
  +
Em 2005, os pais de Tommy estiveram envolvido em um acidente de carro - que, aparentemente, foi causado por si mesmo - onde seu pai morreu. No entanto, sua mãe foi salva pelo Batman e nos próximos 13 anos passou a cuidar dela. Por conta disto, Tommy começou a odiar o Batman por "acorrentá-lo" em sua mãe.<ref name=":0" />
  +
  +
Algum momento após isto, Tommy fundou as [[Propriedades Elliot]]. Ao passar dos anos, ele conheceu a prima de seu melhor amigo, [[Kate Kane]], mesmo que ambos não se dessem muito bem.<ref name=":0" />
  +
  +
==== Acordos ilegais ====
  +
Em 2015, Tommy tornou-se um dos maiores clientes da [[Segurança Corvos (Terra-Prime)|Segurança Corvos]], e recebeu um detalhe pessoal liderado por [[Miguel Robles]]. Durante esta época, Tommy tornou-se obcecado pelos [[Diário de Lucius Fox|diários]] de [[Lucius Fox]]. Ele subornou Robles para agredir Lucius por um de seus diários. No entanto, a tentativa de extorsão deu errado, levando à morte de Lucius e Robles encobrindo-o e culpando [[Reggie Harris]].<ref name=":1" />
  +
  +
Três anos, em 2018, a mãe de Tommy morreu e ele herdou sua herança.<ref name=":0" /> Tommy comprou uma boate e o entregou a [[Johnny Sabatino]], comércio que servia para lavagem de dinheiro.<ref name=":2" /> Planejando uma vingança contra o Batman, Tommy pagou alguém para lhe dar uma "charada" a respeito da identidade do Cavaleiro das Trevas, descobrindo que seu melhor amigo, Bruce, era o vigilante.<ref name=":0" />
  +
  +
==== Planejando matar o Batman ====
  +
Algum tempo depois, após as pessoas acreditarem que Batman havia retornado a Gotham, Tommy viu uma oportunidade para realizar sua vingança e roubou uma arma criada para penetrar o [[Bat-Traje]] da [[Pesquisa e Desenvolvimento Wayne]].
  +
  +
[[File:Tommy Elliot na Torre Wayne.png|250px|thumb|Tommy conversando com Kate na Torre Wayne.]]
  +
Ele foi ao escritório de Bruce na [[Torre Wayne]], onde conversou com Kate a respeito de fazer mais dinheiro que Bruce, até mesmo comprando um prédio mais alto que o dele e planejando uma festa para comemorar. Tommy explicou que estava lá para convidar Bruce, na onde Kate informou-o que seu primo ainda não havia retornado. Eles então conversaram sobre o "retorno" do Cavaleiro das Trevas, onde Tommy disse que Batman deixou a mãe e irmã de Kate morrer. Ela respondeu dizendo que teve anos para passar por isto, e também notou que Batman havia salvo a mãe de Tommy, na onde este pediu para que ela entregasse o convite a Bruce. Kate insistiu que ele não havia voltado, mas do mesmo modo ele deixou o convite em cima da mesa de Bruce.
  +
  +
[[File:Tommy sendo confrontado por Kate.png|250px|thumb|left|Tommy sendo confrontado por Kate.]]
  +
Após descobrir que Tommy esteve envolvido no roubo de uma arma e que ele sabia sobre a identidade do Batman, Kate foi até ele em sua festa. Ela encontrou-o encarando a Torre Wayne, dizendo que, finalmente, foi capaz de olhar Bruce para baixo. Kate questionou-o do motivo de achar que Bruce havia retornado. Kate revelou que a [[Segurança Wayne]] iria rastrear a arma e o ladrão que o roubou. Ele foi emboscado por Kate, enquanto inspecionava a arma. Ela demandou que ele devolvesse, mas ele se recusou. Tommy explicou que ao salvar sua mãe, ele não recebeu sua herança e foi forçado a continuar assim, por isto o motivo de querer matar Batman, mas não Bruce Wayne. Tommy apontou uma arma em Kate e utilizou seu celular para cortar a energia do prédio, prendendo três pessoas nos elevadores, e dizendo que se o Batman não encontrasse-o no telhado, ele iria soltar os elevadores.
  +
[[File:Tommy Elliot é preso.png|thumb|250x250px|Tommy sendo preso.]]
  +
Após ir ao telhado, Tommy foi confrontado pela Batwoman, no qual percebeu que o Batman não havia retornado, como acreditava. Enfurecido, ele demandou que ela entregasse o Cavaleiro das Trevas. Eles lutaram enquanto a Batwoman carregava o neutralizador em sua luva, no qual permitiu desativar a arma. No entanto, Tommy agarrou seu celular e soltou um dos elevadores. A Batwoman utilizou um arpão de gancho duplo para prendê-lo, e começou a utilizá-lo para escalar. Tommy se aproveitou da oportunidade e começou a pisar nos dedos de Batwoman, quebrando seus ossos. Enquanto se distraía com sua frente, ele não notou que [[Beth Kane|Alice]] se aproximou por de trás e o nocauteou. Após isto, Tommy foi enviado ao [[Asilo Arkham]].<ref name=":0" />
  +
  +
Após isto, os estados de Tommy foram congelados.<ref name=":1" /> Ele pediu para que Sabatino pegasse o diário de Lucius e o colocasse no cofre de sua boate.<ref name=":2">"[[If You Believe In Me, I'll Believe In You]]"</ref>
  +
  +
=== Crise nas Terras Infinitas ===
  +
Durante a [[Crise nas Terras Infinitas]], Tommy, junto de todos os seres do [[multiverso]] e com exceção dos [[Paragons]], foi morto em uma onda de [[antimatéria]] em 10 de Dezembro de 2019,<ref>"[[Crise nas Infinitas Terras: Parte Três]]"</ref> mas foi ressuscitado quando os Paragons e o [[Oliver Queen|Espectro]] criaram um [[Terra-Prime|novo universo]].<ref>"[[Crise nas Infinitas Terras: Parte Quatro]]"</ref>
  +
  +
=== Pós-Crise ===
  +
  +
==== Vida em Arkham ====
  +
[[File:Tommy Elliot em Arkham.png|left|thumb|250x250px|Tommy Elliot em Arkham.]]
  +
Ainda aprisionado em Arkham, Tommy se tornou insanamente obcecado por Bruce, chegando ao ponto de falar apenas dele. Um dia ele interrompeu uma sessão psicanalítica que o Dr. [[M. Butler]] fazia com seus pacientes, insultando os outros prisioneiros e gritando dizendo que deveria ser tratado melhor. Butler tentou acalmá-lo e fazê-lo mudar de assunto, mas ele fracassou e demandou que Tommy fosse retirado.
  +
  +
Enquanto caminhava pelo corredor, Alice chamou Tommy como um "aspirante a Bruce Wayne". Ao desafiá-la a chamá-lo disto novamente, ela zombou dizendo que ele nunca seria Bruce Wayne. Enfurecido, Tommy esfaqueou-a. Enquanto Alice escondia sua arma e desatava a rir pedindo um médico, Tommy foi arrastado e enviado para a solitária.<ref name=":1" />
  +
  +
==== Fingindo sua morte ====
  +
[[File:Tommy, Alice e Mouse.png|thumb|250x250px|Tommy se aliando com Alice e Rato.]]
  +
Alguns dias depois, Tommy foi visitado por Kate, que revelou saber que ele havia matado Lucius. Não querendo responder suas perguntas, Tommy fingiu insanidade para ser escoltado pela segurança. Ao chegar em sua cela, ele se surpreendeu ao ver Alice lá dentro. Em seguida, o "Dr. Butler" chegou informando-o que seu pedido havia sido negado, e que os Corvos chegariam no dia seguinte para levá-lo ao tribunal. Alice ofereceu-o um jeito de fugir de Arkham, e dar-lhe um novo rosto caso ele dissesse tudo que sabia sobre o diário que Kate mencionou. O Dr. Butler revelou que, na verdade, era uma pessoa chamada [[Jonathan Cartwright|Rato]]. Tommy revelou que o diário possuía um método de matar a pessoa que utilizava o Bat-Traje, e também revelou que Bruce Wayne era o Batman.
  +
[[File:Tommy tem seu rosto removido.png|left|thumb|250x250px|Tommy tem seu rosto removido.]]
  +
Tommy seguiu o plano de Rato e Alice, onde teve seu rosto retirado e colocado em outra pessoa, cuja seria morto para fingir seu suicídio. Após isto, Alice enfaixou sua cabeça, dizendo que não ganharia um novo rosto até recuperarem o diário. Tommy ligou para Johnny Sabatino a respeito disto, no entanto, após um confronto com a Batwoman, Johnny revelou que preferiu vendê-lo ao invés de devolvê-lo a Tommy. Alice demandou que [[Margaret|Magpie]] fosse atrás do diário, e a entregou um localizador. Após Magpie falhar, Tommy foi deixado sem um novo rosto e também não revelou a Alice e Rato que o diário estava escrito em códigos, deixando-os enfurecidos após descobrirem isto.<ref name=":2">"[[If You Believe In Me, I'll Believe In You]]"</ref>
  +
  +
==== Silêncio ====
  +
[[File:Tommy e o professor Carr.png|thumb|250x250px|Tommy sequestra o Professor Carr da Universidade de Gotham.]]
  +
Devido a Alice tomar de "refém" seu novo rosto, Tommy foi forçado a trabalhar com ela. Ela planejava sequestrar Luke Fox para forçá-lo a traduzir o diário de Lucius Fox, enquanto ele e Mouse acreditavam que um linguista era mais adequado para fazer o trabalho e teria menos chances de atrair a atenção de Batwoman. Para fazê-lo, Tommy foi à [[Universidade de Gotham]] com algumas armas, onde matou algumas pessoas que estavam prestes a gritar quando o avistá-lo, e caminhou até sua vítima, o Professor [[John Carr]]. Ele apontou uma arma para John e o mandou fazer "silêncio".
  +
[[File:Silêncio e Parker.png|left|thumb|250x250px|Silêncio tentando sequestrar Parker Torres.]]
  +
Ele levou-o até Arkham, onde Alice, que estava rancorosa e ainda convencida de que deveriam sequestrar Luke, apenas deu ao professor noventa minutos para fazer o trabalho, durante todo o tempo o eletrocutando por obter "inspiração", até Carr finalmente morrer, e ela foi convencida a dar mais duas chances ao plano de Tommy. Elliot então se livrou do corpo de Carr ao jogá-lo em uma lixeira e sequestra um o agente Tony Kim. No entanto, Kim também não passou no teste de noventa minutos, levando Tommy a dizer a Alice que eles precisavam de mais tempo para fazê-lo. No entanto, Alice não o ouviu e sugeriu sequestrar [[Parker Torres]] a uma terceira e última tentativa antes de sua ideia ser realizada, pois devido a sua ação, todos os especialistas em criptografia de Gotham foram colocados sob vigilância dos Corvos. Como sugerido, Tommy sequestrou Parker e levou-a até o Asilo Arkham, onde foi interceptado pela Batwoman e, após uma luta, foi forçado a fugir.
  +
  +
Furioso por três sequestros terem falhado, Tommy aceitou o plano de Alice. Após Mouse descobrir a localização de Luke, ao ligar para ele e se passar por Kate, Silêncio foi até o local e o sequestrou, assim como também [[Julia Pennyworth]]. Após Tommy, Alice e Rato torturarem Julia repetidamente, Luke aceitou traduzir o jornal concordando em que dessem espaço para fazê-lo. Quando Batwoman se infiltrou em Arkham, oferecendo um par de óculos que poderia ajudar Alice a traduzir o diário, ela demandou que a troca fosse feita entre o objeto pela dupla. Embora Luke implorou para que Kate não fizesse isto, já que o diário continha informações de como matá-la, Tommy assistiu Alice aceitar a oferta, e apontou uma arma em Luke e Julia enquanto a troca era feita. Após finalizado, eles libertaram os prisioneiros.
  +
[[File:Silêncio e Alice.png|thumb|250x250px|Tommy e Alice decidindo fugir de Arkham.]]
  +
Em seguida, quando os Corvos e o DPGC foram ao Arkham, Tommy disse a Alice que seus disfarces haviam sido expostos. Eles colocaram fogo no hospício e criaram uma confusão na prisão para acobertar sua fuga. Após descobrir, através do objeto, a coisa necessária para penetrar no Bat-Traje, Alice questionou Tommy onde ela poderia encontrar [[Kryptonita|Kryptonita verde]].<ref name=":3">"[[A Secret Kept From All the Rest]]"</ref>
  +
  +
==== Tornando-se Bruce Wayne ====
  +
[[File:Bruce Wayne.png|left|thumb|250x250px|Tommy admirando seu novo rosto.]]
  +
Silêncio se enfureceu por ter ficado preso nos esgotos junto de Alice e Rato, incluindo ameaçando-a matá-la caso ela não entregasse seu novo rosto. Enquanto Rato falava com ele sobre o quão falha era sua ameaça, Alice decidiu que ela honraria sua promessa. Eventualmente ela lhe entregou seu novo rosto, embora não lhe dizia a respeito de sua nova aparência. Ela então revelou uma revista com Bruce Wayne a estampando, e Elliot percebeu que se parecia com seu antigo amigo de infância após utilizar um pedaço de vidro quebrado para se ver. Alice o instruiu a utilizar seu novo rosto para enganar Kate e pegar a Kryptonita.<ref name=":4">"[[O, Mouse!]]"</ref>
  +
  +
== Habilidades ==
  +
* '''Intelecto de alto nível/Grande perspicácia nos negócios/Especialista em estrategia/Líder''': Tommy é um indivíduo altamente inteligente e um estrategista extremamente qualificado, capaz de orquestrar um plano para roubar uma arma que penetraria o [[Bat-Traje]] sem deixar nenhum rastro. Ele também é um empresário e líder excepcional, como estave administrando e supervisionando as [[Propriedades Elliot]], tornando-a uma corporação de bilhões de dólares, finalmente conseguindo ganhar um patrimônio líquido maior do que [[Bruce Wayne]] no final de 2018, embora Bruce estivesse ausente de [[Gotham City (Terra-1)|Gotham City]] nos últimos três anos. Além disso, ele acreditava corretamente que [[Kate Kane]] sabia sobre a verdadeira identidade de Batman, assim como ele.<ref name=":0" />
  +
** '''Enganação/Manipulação''': Tommy é muito habilidoso em enganar, ele conseguiu se deixar louco com facilidade e enganou Alice e Rato para ajudá-lo a escapar de Arkham sem revelar que o diário de Lucius estava escrito em código.<ref name=":2">"[[If You Believe In Me, I'll Believe In You]]"</ref>
  +
** '''Esperteza em explosivos''': Tommy é experiente em montar bombas, manipulando algumas para detonar ao sinal vindo de seu celular.<ref name=":0" />
  +
* '''Combate corpo-a-corpo/Artista marcial''': Tommy é capaz de enfrentar alguém em combate corpo-a-corpo, e também possuí conhecimento de artes marciais. Em uma luta contra Kate, ele conseguiu acertá-la, ataques que a fizeram momentaneamente cair, embora brevemente.<ref name=":0" />
  +
** '''Atirador''': Tommy é altamente treinado ao uso de armas de fogo. Como Silêncio, ele utilizou duas armas .45 e demonstrou precisão quando sequestrou John Carr da biblioteca da Universidade de Gotham.<ref name=":3">"[[A Secret Kept From All the Rest]]"</ref>
  +
** '''Portador de facas''': Tommy tem alguma habilidade em usar facas, pois conseguiu esfaquear e ferir gravemente Alice enquanto estava em Arkham.<ref name=":1" />
  +
* '''Vontade indomável/Alta tolerância à dor''': Tommy é um indivíduo determinado, demonstrando uma notável resistência à dor, pois ficou com muito pouco desconforto ao remover seu rosto<ref name=":2">"[[If You Believe In Me, I'll Believe In You]]"</ref> ou mesmo depois de Batwoman colocar um [[Batarangs|Batarang]] em sua perna.<ref name=":1" />
  +
* '''Furtividade''': Tommy é altamente furtivo, sendo capaz de se infiltrar na Universidade de Gotham e derrotar as pessoas lá dentro. Ele também conseguiu se esgueirar por [[Luke Fox]] e [[Julia Pennyworth]] sem fazer um barulho.<ref name=":3">"[[A Secret Kept From All the Rest]]"</ref>
  +
  +
== Equipamento ==
  +
* '''Casaco''': Tommy utiliza um cajado enquanto opera como o criminoso Silêncio.<ref name=":3">"[[A Secret Kept From All the Rest]]"</ref>
  +
* '''Armas M1911 45.''': Tommy utiliza duas armas M1911 45. com silenciadores enquanto opera como Silêncio, com este sendo sua arma primária.
  +
  +
=== Equipamento anterior ===
  +
* '''Bandagens''': Tommy utilizou bandagens para cobrir seu rosto após ele ser removido por [[Beth Kane|Alice]].<ref name=":2">"[[If You Believe In Me, I'll Believe In You]]"</ref>
   
 
== Aparições ==
 
== Aparições ==
Linha 13: Linha 13:
   
 
==== 1ª Temporada ====
 
==== 1ª Temporada ====
* {{Ep|Down Down Down}}
+
* {{Ep|Caiu, Caiu, Caiu}}
  +
* {{Ep|A Narrow Escape}}
  +
* {{Ep|If You Believe In Me, I'll Believe In You}}
  +
* {{Ep|A Secret Kept From All the Rest}}
  +
* {{Ep|O, Mouse!}}
   
== Bastidores ==
+
== Por de trás das cenas ==
* Nos quadrinhos DC, [https://pt.wikipedia.org/wiki/Sil%C3%AAncio_(DC_Comics) Thomas Elliot] é o vilão Silêncio.
+
* Nas histórias da DC Comics, [https://dc.fandom.com/pt-br/wiki/Sil%C3%AAncio Thomas Elliot] é o antigo melhor amigo de infância de Bruce Wayne e um famoso neurocirurgião que se disfarça como o vilão "Silêncio", um mestre manipulador e um inimigo do Batman que utiliza outros vilões em seus esquemas para matar o Cavaleiro das Trevas.
   
 
== Referências ==
 
== Referências ==
Linha 22: Linha 22:
 
[[Categoria:Personagens]]
 
[[Categoria:Personagens]]
 
[[Categoria:Humanos]]
 
[[Categoria:Humanos]]
  +
[[Categoria:Personagens da Terra Um]]
 
[[Categoria:Vilões]]
 
[[Categoria:Vilões]]
 
[[Categoria:Pacientes do Asilo Arkham]]
 
[[Categoria:Pacientes do Asilo Arkham]]

Edição atual tal como às 22h56min de 26 de maio de 2020

"Silêncio..."
—Tommy Elliot[fonte]

Thomas "Tommy" Elliot, apelidado de Silêncio por Vesper Fairchild,[1] é um ex-magnata imobiliário, o antigo CEO da Propriedades Elliot e o antigo melhor amigo de infância de Bruce Wayne. Ao crescer ele se tornou um dos inimigos do Batman e o culpou por salvar sua mãe e planejando sua vingança contra o vigilante,[2] apesar de separá-lo de sua personalidade de Bruce Wayne, a quem ele obsessivamente admira.[3] Após ter seu rosto removido por Alice, a fim de encenar seu suicídio e evitar o corredor da morte, ele começou a trabalhar ao lado dela para conseguir um novo rosto,[4] que acabou sendo a réplica da face utilizada por Bruce Wayne, no que o permitiria se passar por ele.[5]

Biografia Editar

Pré-Crise Editar

Vida pregressa Editar

Tommy Elliot nasceu em Gotham City, filho de uma família rica. Ele possuía um relação complicada com sua mãe, convencendo-se que ela apenas se casou com seu pai por conta de seu dinheiro. Durante sua infância, Tommy tornou-se o melhor amigo do Bruce Wayne.[2]

Em 2005, os pais de Tommy estiveram envolvido em um acidente de carro - que, aparentemente, foi causado por si mesmo - onde seu pai morreu. No entanto, sua mãe foi salva pelo Batman e nos próximos 13 anos passou a cuidar dela. Por conta disto, Tommy começou a odiar o Batman por "acorrentá-lo" em sua mãe.[2]

Algum momento após isto, Tommy fundou as Propriedades Elliot. Ao passar dos anos, ele conheceu a prima de seu melhor amigo, Kate Kane, mesmo que ambos não se dessem muito bem.[2]

Acordos ilegais Editar

Em 2015, Tommy tornou-se um dos maiores clientes da Segurança Corvos, e recebeu um detalhe pessoal liderado por Miguel Robles. Durante esta época, Tommy tornou-se obcecado pelos diários de Lucius Fox. Ele subornou Robles para agredir Lucius por um de seus diários. No entanto, a tentativa de extorsão deu errado, levando à morte de Lucius e Robles encobrindo-o e culpando Reggie Harris.[3]

Três anos, em 2018, a mãe de Tommy morreu e ele herdou sua herança.[2] Tommy comprou uma boate e o entregou a Johnny Sabatino, comércio que servia para lavagem de dinheiro.[4] Planejando uma vingança contra o Batman, Tommy pagou alguém para lhe dar uma "charada" a respeito da identidade do Cavaleiro das Trevas, descobrindo que seu melhor amigo, Bruce, era o vigilante.[2]

Planejando matar o Batman Editar

Algum tempo depois, após as pessoas acreditarem que Batman havia retornado a Gotham, Tommy viu uma oportunidade para realizar sua vingança e roubou uma arma criada para penetrar o Bat-Traje da Pesquisa e Desenvolvimento Wayne.

Tommy Elliot na Torre Wayne

Tommy conversando com Kate na Torre Wayne.

Ele foi ao escritório de Bruce na Torre Wayne, onde conversou com Kate a respeito de fazer mais dinheiro que Bruce, até mesmo comprando um prédio mais alto que o dele e planejando uma festa para comemorar. Tommy explicou que estava lá para convidar Bruce, na onde Kate informou-o que seu primo ainda não havia retornado. Eles então conversaram sobre o "retorno" do Cavaleiro das Trevas, onde Tommy disse que Batman deixou a mãe e irmã de Kate morrer. Ela respondeu dizendo que teve anos para passar por isto, e também notou que Batman havia salvo a mãe de Tommy, na onde este pediu para que ela entregasse o convite a Bruce. Kate insistiu que ele não havia voltado, mas do mesmo modo ele deixou o convite em cima da mesa de Bruce.

Tommy sendo confrontado por Kate

Tommy sendo confrontado por Kate.

Após descobrir que Tommy esteve envolvido no roubo de uma arma e que ele sabia sobre a identidade do Batman, Kate foi até ele em sua festa. Ela encontrou-o encarando a Torre Wayne, dizendo que, finalmente, foi capaz de olhar Bruce para baixo. Kate questionou-o do motivo de achar que Bruce havia retornado. Kate revelou que a Segurança Wayne iria rastrear a arma e o ladrão que o roubou. Ele foi emboscado por Kate, enquanto inspecionava a arma. Ela demandou que ele devolvesse, mas ele se recusou. Tommy explicou que ao salvar sua mãe, ele não recebeu sua herança e foi forçado a continuar assim, por isto o motivo de querer matar Batman, mas não Bruce Wayne. Tommy apontou uma arma em Kate e utilizou seu celular para cortar a energia do prédio, prendendo três pessoas nos elevadores, e dizendo que se o Batman não encontrasse-o no telhado, ele iria soltar os elevadores.

Tommy Elliot é preso

Tommy sendo preso.

Após ir ao telhado, Tommy foi confrontado pela Batwoman, no qual percebeu que o Batman não havia retornado, como acreditava. Enfurecido, ele demandou que ela entregasse o Cavaleiro das Trevas. Eles lutaram enquanto a Batwoman carregava o neutralizador em sua luva, no qual permitiu desativar a arma. No entanto, Tommy agarrou seu celular e soltou um dos elevadores. A Batwoman utilizou um arpão de gancho duplo para prendê-lo, e começou a utilizá-lo para escalar. Tommy se aproveitou da oportunidade e começou a pisar nos dedos de Batwoman, quebrando seus ossos. Enquanto se distraía com sua frente, ele não notou que Alice se aproximou por de trás e o nocauteou. Após isto, Tommy foi enviado ao Asilo Arkham.[2]

Após isto, os estados de Tommy foram congelados.[3] Ele pediu para que Sabatino pegasse o diário de Lucius e o colocasse no cofre de sua boate.[4]

Crise nas Terras Infinitas Editar

Durante a Crise nas Terras Infinitas, Tommy, junto de todos os seres do multiverso e com exceção dos Paragons, foi morto em uma onda de antimatéria em 10 de Dezembro de 2019,[6] mas foi ressuscitado quando os Paragons e o Espectro criaram um novo universo.[7]

Pós-Crise Editar

Vida em Arkham Editar

Tommy Elliot em Arkham

Tommy Elliot em Arkham.

Ainda aprisionado em Arkham, Tommy se tornou insanamente obcecado por Bruce, chegando ao ponto de falar apenas dele. Um dia ele interrompeu uma sessão psicanalítica que o Dr. M. Butler fazia com seus pacientes, insultando os outros prisioneiros e gritando dizendo que deveria ser tratado melhor. Butler tentou acalmá-lo e fazê-lo mudar de assunto, mas ele fracassou e demandou que Tommy fosse retirado.

Enquanto caminhava pelo corredor, Alice chamou Tommy como um "aspirante a Bruce Wayne". Ao desafiá-la a chamá-lo disto novamente, ela zombou dizendo que ele nunca seria Bruce Wayne. Enfurecido, Tommy esfaqueou-a. Enquanto Alice escondia sua arma e desatava a rir pedindo um médico, Tommy foi arrastado e enviado para a solitária.[3]

Fingindo sua morte Editar

Tommy, Alice e Mouse

Tommy se aliando com Alice e Rato.

Alguns dias depois, Tommy foi visitado por Kate, que revelou saber que ele havia matado Lucius. Não querendo responder suas perguntas, Tommy fingiu insanidade para ser escoltado pela segurança. Ao chegar em sua cela, ele se surpreendeu ao ver Alice lá dentro. Em seguida, o "Dr. Butler" chegou informando-o que seu pedido havia sido negado, e que os Corvos chegariam no dia seguinte para levá-lo ao tribunal. Alice ofereceu-o um jeito de fugir de Arkham, e dar-lhe um novo rosto caso ele dissesse tudo que sabia sobre o diário que Kate mencionou. O Dr. Butler revelou que, na verdade, era uma pessoa chamada Rato. Tommy revelou que o diário possuía um método de matar a pessoa que utilizava o Bat-Traje, e também revelou que Bruce Wayne era o Batman.

Tommy tem seu rosto removido

Tommy tem seu rosto removido.

Tommy seguiu o plano de Rato e Alice, onde teve seu rosto retirado e colocado em outra pessoa, cuja seria morto para fingir seu suicídio. Após isto, Alice enfaixou sua cabeça, dizendo que não ganharia um novo rosto até recuperarem o diário. Tommy ligou para Johnny Sabatino a respeito disto, no entanto, após um confronto com a Batwoman, Johnny revelou que preferiu vendê-lo ao invés de devolvê-lo a Tommy. Alice demandou que Magpie fosse atrás do diário, e a entregou um localizador. Após Magpie falhar, Tommy foi deixado sem um novo rosto e também não revelou a Alice e Rato que o diário estava escrito em códigos, deixando-os enfurecidos após descobrirem isto.[4]

Silêncio Editar

Tommy e o professor Carr

Tommy sequestra o Professor Carr da Universidade de Gotham.

Devido a Alice tomar de "refém" seu novo rosto, Tommy foi forçado a trabalhar com ela. Ela planejava sequestrar Luke Fox para forçá-lo a traduzir o diário de Lucius Fox, enquanto ele e Mouse acreditavam que um linguista era mais adequado para fazer o trabalho e teria menos chances de atrair a atenção de Batwoman. Para fazê-lo, Tommy foi à Universidade de Gotham com algumas armas, onde matou algumas pessoas que estavam prestes a gritar quando o avistá-lo, e caminhou até sua vítima, o Professor John Carr. Ele apontou uma arma para John e o mandou fazer "silêncio".

Silêncio e Parker

Silêncio tentando sequestrar Parker Torres.

Ele levou-o até Arkham, onde Alice, que estava rancorosa e ainda convencida de que deveriam sequestrar Luke, apenas deu ao professor noventa minutos para fazer o trabalho, durante todo o tempo o eletrocutando por obter "inspiração", até Carr finalmente morrer, e ela foi convencida a dar mais duas chances ao plano de Tommy. Elliot então se livrou do corpo de Carr ao jogá-lo em uma lixeira e sequestra um o agente Tony Kim. No entanto, Kim também não passou no teste de noventa minutos, levando Tommy a dizer a Alice que eles precisavam de mais tempo para fazê-lo. No entanto, Alice não o ouviu e sugeriu sequestrar Parker Torres a uma terceira e última tentativa antes de sua ideia ser realizada, pois devido a sua ação, todos os especialistas em criptografia de Gotham foram colocados sob vigilância dos Corvos. Como sugerido, Tommy sequestrou Parker e levou-a até o Asilo Arkham, onde foi interceptado pela Batwoman e, após uma luta, foi forçado a fugir.

Furioso por três sequestros terem falhado, Tommy aceitou o plano de Alice. Após Mouse descobrir a localização de Luke, ao ligar para ele e se passar por Kate, Silêncio foi até o local e o sequestrou, assim como também Julia Pennyworth. Após Tommy, Alice e Rato torturarem Julia repetidamente, Luke aceitou traduzir o jornal concordando em que dessem espaço para fazê-lo. Quando Batwoman se infiltrou em Arkham, oferecendo um par de óculos que poderia ajudar Alice a traduzir o diário, ela demandou que a troca fosse feita entre o objeto pela dupla. Embora Luke implorou para que Kate não fizesse isto, já que o diário continha informações de como matá-la, Tommy assistiu Alice aceitar a oferta, e apontou uma arma em Luke e Julia enquanto a troca era feita. Após finalizado, eles libertaram os prisioneiros.

Silêncio e Alice

Tommy e Alice decidindo fugir de Arkham.

Em seguida, quando os Corvos e o DPGC foram ao Arkham, Tommy disse a Alice que seus disfarces haviam sido expostos. Eles colocaram fogo no hospício e criaram uma confusão na prisão para acobertar sua fuga. Após descobrir, através do objeto, a coisa necessária para penetrar no Bat-Traje, Alice questionou Tommy onde ela poderia encontrar Kryptonita verde.[1]

Tornando-se Bruce Wayne Editar

Bruce Wayne

Tommy admirando seu novo rosto.

Silêncio se enfureceu por ter ficado preso nos esgotos junto de Alice e Rato, incluindo ameaçando-a matá-la caso ela não entregasse seu novo rosto. Enquanto Rato falava com ele sobre o quão falha era sua ameaça, Alice decidiu que ela honraria sua promessa. Eventualmente ela lhe entregou seu novo rosto, embora não lhe dizia a respeito de sua nova aparência. Ela então revelou uma revista com Bruce Wayne a estampando, e Elliot percebeu que se parecia com seu antigo amigo de infância após utilizar um pedaço de vidro quebrado para se ver. Alice o instruiu a utilizar seu novo rosto para enganar Kate e pegar a Kryptonita.[5]

Habilidades Editar

  • Intelecto de alto nível/Grande perspicácia nos negócios/Especialista em estrategia/Líder: Tommy é um indivíduo altamente inteligente e um estrategista extremamente qualificado, capaz de orquestrar um plano para roubar uma arma que penetraria o Bat-Traje sem deixar nenhum rastro. Ele também é um empresário e líder excepcional, como estave administrando e supervisionando as Propriedades Elliot, tornando-a uma corporação de bilhões de dólares, finalmente conseguindo ganhar um patrimônio líquido maior do que Bruce Wayne no final de 2018, embora Bruce estivesse ausente de Gotham City nos últimos três anos. Além disso, ele acreditava corretamente que Kate Kane sabia sobre a verdadeira identidade de Batman, assim como ele.[2]
    • Enganação/Manipulação: Tommy é muito habilidoso em enganar, ele conseguiu se deixar louco com facilidade e enganou Alice e Rato para ajudá-lo a escapar de Arkham sem revelar que o diário de Lucius estava escrito em código.[4]
    • Esperteza em explosivos: Tommy é experiente em montar bombas, manipulando algumas para detonar ao sinal vindo de seu celular.[2]
  • Combate corpo-a-corpo/Artista marcial: Tommy é capaz de enfrentar alguém em combate corpo-a-corpo, e também possuí conhecimento de artes marciais. Em uma luta contra Kate, ele conseguiu acertá-la, ataques que a fizeram momentaneamente cair, embora brevemente.[2]
    • Atirador: Tommy é altamente treinado ao uso de armas de fogo. Como Silêncio, ele utilizou duas armas .45 e demonstrou precisão quando sequestrou John Carr da biblioteca da Universidade de Gotham.[1]
    • Portador de facas: Tommy tem alguma habilidade em usar facas, pois conseguiu esfaquear e ferir gravemente Alice enquanto estava em Arkham.[3]
  • Vontade indomável/Alta tolerância à dor: Tommy é um indivíduo determinado, demonstrando uma notável resistência à dor, pois ficou com muito pouco desconforto ao remover seu rosto[4] ou mesmo depois de Batwoman colocar um Batarang em sua perna.[3]
  • Furtividade: Tommy é altamente furtivo, sendo capaz de se infiltrar na Universidade de Gotham e derrotar as pessoas lá dentro. Ele também conseguiu se esgueirar por Luke Fox e Julia Pennyworth sem fazer um barulho.[1]

Equipamento Editar

  • Casaco: Tommy utiliza um cajado enquanto opera como o criminoso Silêncio.[1]
  • Armas M1911 45.: Tommy utiliza duas armas M1911 45. com silenciadores enquanto opera como Silêncio, com este sendo sua arma primária.

Equipamento anterior Editar

  • Bandagens: Tommy utilizou bandagens para cobrir seu rosto após ele ser removido por Alice.[4]

Aparições Editar

Batwoman Editar

1ª Temporada Editar

Por de trás das cenas Editar

  • Nas histórias da DC Comics, Thomas Elliot é o antigo melhor amigo de infância de Bruce Wayne e um famoso neurocirurgião que se disfarça como o vilão "Silêncio", um mestre manipulador e um inimigo do Batman que utiliza outros vilões em seus esquemas para matar o Cavaleiro das Trevas.

Referências Editar

  1. 1,0 1,1 1,2 1,3 1,4 "A Secret Kept From All the Rest"
  2. 2,0 2,1 2,2 2,3 2,4 2,5 2,6 2,7 2,8 2,9 "Caiu, Caiu, Caiu"
  3. 3,0 3,1 3,2 3,3 3,4 3,5 "A Narrow Escape"
  4. 4,0 4,1 4,2 4,3 4,4 4,5 4,6 "If You Believe In Me, I'll Believe In You"
  5. 5,0 5,1 "O, Mouse!"
  6. "Crise nas Infinitas Terras: Parte Três"
  7. "Crise nas Infinitas Terras: Parte Quatro"
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.