Arrowverso Wiki
Advertisement

Os troféus do Batman, também chamados de Bat-troféus, são artefatos que Bruce Wayne coletou de criminosos que aterrorizavam Gotham City durante seus anos como Batman. Eles foram mantidos em segurança dentro de um cofre na Batcaverna, pois Bruce acreditava que eram objetos perigosos para o Departamento de Polícia de Gotham City ter em posse.

Em 2021, os troféus foram roubados por "Circe Sionis" e perdidos no Rio de Gotham. Eventualmente, eles foram reencontrados pela Bat Equipe.

História[]

Com o passar de suas aventuras, o Batman começou a guardar alguns objetos considerados perigosos na Batcaverna.

Em 2021, alguns desses objetos foram roubados por "Circe Sionis" a mando de Roman Sionis.[1] Entretanto, durante a batalha entre Kate e Ryan Wilder, os bat-troféus roubados caíram no Rio de Gotham[2] e acabaram sendo encontrados por outras pessoas.[3][4] Eventualmente, a Bat Equipe foi capaz de encontrar todos os bat-troféus e colocá-los de volta no cofre da Batcaverna.[5]

Lista de troféus[]

  • Videiras da Hera Venenosa: Uma muda de uma videira de crescimento rápido. Este foi o troféu mais cobiçado por Safiyah Sohail.[1] Essas vinhas não morrem a menos que tenham infectado outra pessoa, concedendo a esse indivíduo os mesmos poderes que Pamela Isley possui como Hera Venenosa.[6]
  • Flor ácida do Coringa: Uma flor que esguicha um líquido ácido, usado principalmente pelo criminoso conhecido como Coringa.[2]
  • Campainha do Coringa: Uma campainha elétrica que o Coringa usava para eletrocutar suas vítimas. O objeto descarregava uma forte, e extremamente perigosa, corrente elétrica pelo sistema de alguém.[6]
  • Venom de Bane: Um aparelho de aprimoramento médico vestível que apresenta vários tubos intravenosos e com ponta de agulha conectados à bomba principal que retém e administra um suprimento de Venom na corrente sanguínea do usuário, desencadeando dramaticamente efeitos semelhantes aos dos esteroides no receptor.[2]
  • Chapéu do Chapeleiro Louco: Um chapéu clássico que pertenceu a Jervis Tetch, o Chapeleiro Louco original. O chapéu possui um sistema tecnológico que permite seu usuário controlar a mente das pessoas.[3]
  • Lama do Cara-de-Barro: Uma amostra preservada da lama do Cara-de-Barro.
  • Guarda-chuva do Pinguim: Tem um padrão giratório que pode ser usado para colocar alguém em transe hipnótico.
  • Dente do Crocodilo: O dente carrega uma infecção altamente perigosa que infectou Waylon Jones, causando uma mutação que dá à vítima maior força, crescimento, durabilidade e até mesmo um agente paralisante em sua própria saliva.[7]
  • Nitrogênio líquido do Senhor Frio: Um recipiente especialmente projetado contendo uma quantidade desconhecida da fórmula exclusiva do soro de nitrogênio líquido de Victor Fries foi armazenado. A quantidade contida no recipiente era considerada suficiente para colocar um indivíduo em criostase, com o tipo certo de equipamento. A fórmula em si é altamente valiosa no mercado negro e no submundo de Gotham, pois muitos queriam comprar e fazer engenharia reversa de suas próprias versões do soro para usar em diversos fins.[4]
  • Chicote da Mulher-Gato: Um chicote customizado que pertenceu a Mulher-Gato.
  • Dente do Tubarão-Rei: Embora o Tubarão-Rei fosse um inimigo do Flash, o Batman, de alguma forma, conseguiu um de seus dentes.[8]
  • Toxina do medo do Espantalho: Um gás criado pelo Espantalho que causa alucinações em suas vítimas.[8]

Aparições[]

Batwoman[]

2ª Temporada

3ª Temporada


Quadrinhos[]

EARTH-PRIME[]

Curiosidades[]

  • É possível que alguns dos artefatos sejam biologicamente perigosos; dado que, como notado por Mary Hamilton, alguns deles eram selados em jarros com alertas.

Por de trás das câmeras[]

  • Nas histórias em quadrinhos da DC Comics, o Batman possui alguns itens armazenados na Batcaverna; tais como um tiranossauro rex mecânico, uma carta curinga e uma moeda gigante.

Referências[]

Advertisement